O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O Partido do Norte

 ●  6 comentários  ● 
Não sei se Portugal precisa de um partido do Norte. Mas não reconheço a Pinto da Costa qualquer espécie de idoneidade para o reivindicar, arvorando-se em alegado defensor dos portugueses do norte. O protagonismo que tem tido nas últimas décadas nas alegadas manobras de bastidores do futebol nacional, retiram-lhe qualquer réstia de autoridade para se queixar do centralismo lisboeta. Não tem credibilidade porque, alegadamente, defraudou as espetativas democráticas que centralizaram no Porto o poder efetivo do futebol nacional, revelando, eventualmente, total desprezo pelos adversários, sujeitando-os à sua ilimitada e doentia ambição. No entanto, esta faceta política, que recusa a outros dirigentes desportivos sempre que lhe convém, constitui um dos pilares centrais da sua estratégia, que tem dado bons frutos ao Futebol Clube do Porto. Esta autoproclamada representatividade do norte, serve os interesses de vários alegados notáveis do Porto e outros defensores da regionalização, muitos dos quais parecem não hesitar em subordinar as leis da República aos interesses da alegada região norte e do seu espúrio clube representante. Assim, a principal vantagem do FCP face aos adversários é de natureza política uma vez que, alem do alegado controle efetivo das instituições desportivas de que é, eventualmente, beneficiário líquido, parece disfrutar de uma certa passividade das instituições que têm a incumbência de combater a corrupção desportiva. Na verdade, parecem saber, que o fim da corrupção no futebol traduzir-se-á numa perda desportiva do FCP que será utilizada sem escrúpulos, como instrumento político de afrontamento do Governo e restantes órgãos de soberania, com consequências eventualmente imprevisíveis ao nível da agitação social. É esta a principal razão do vínculo regional do FCP; os dividendos desportivos que daí resultam. Parece pois que, a alegada e continuada falta de verdade desportiva no futebol nacional, é entendida pelos principais agentes políticos e económicos como útil e necessária à estabilidade da Pátria, funcionando como compensação de setores socialmente mais voláteis, como o dos os cidadãos do norte, pela continuada degradação económica a que têm sido sujeitos. A instrumentalização política do futebol de que acusam Salazar é hoje, mais que nunca, despudoradamente utilizada. E é assim que muita gente parece pretender construir o progresso da Nação. E é também assim que muita outra gente descrê desta nossa terceira República.

6 comentários blogger

  1. Eu até apoaria esse Partido do Norte, capitaneado pelo corrupto mais mafioso que tem este futebol tuga, desde que o programa desse partido fosse escrito por esse velho careca e rico, numa cela da Prisão de Pinheiro da Cruz, que é onde devia estar, se este Portugal fosse um País a sério e se tivesse uma justiça também a sério!!!

    Pinheiro da Cruz, porquê???
    Porque aquele estabelecimento prisional, está inserido numa vasta área agrícola e lá, poderia dedicar-se ao plantio da fruta, tão do seu agrado.

    ResponderEliminar
  2. Um partido do norte liderado pelo apolitico corrupto seria a melhor maneira de acabar com o cagar do peidoso. Remedio santo.

    ResponderEliminar
  3. Qualquer semelhança com o que se passa em Portugal é pura coincidência ...

    http://www.youtube.com/watch?v=MEL48khJHRQ&feature=player_embedded

    ResponderEliminar
  4. estou com o farfalho.. (porra mais uma vez)

    basta ver o Rui Rio no Porto.

    ResponderEliminar
  5. excelente texto p alguém de ampla visão!

    ResponderEliminar
  6. Excelente texto!!!

    Enquanto continuamos a discutir o sexo dos anjos, a realidade está aí para durar! Entretemo-nos a debater o apoio ao gato preto, branco ou malhado e nada fazermos para mudar de paradigma!

    A culpa é sempre do presidente do Benfica, seja lá ele qual for! Não somos agentes activos, as nossas acções diárias não contam! São os outros, os que nos representam, que sozinhos têm de vencer a "guerra". O nosso "grande" contributo é o voto e as criticas que vamos fazendo!!!

    Somos contra a SporTv e não queremos que o Benfica renove o contrato, mas somos assinantes (não é o meu caso, obviamente)!!!

    E assim continuamos... Mudam as moscas mas a porcaria é sempre a mesma e nós nada temos a ver com isso...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking