O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

FOLGA NO DESPORTO....VAMOS DISCUTIR POLITICA !!!

 ●  10 comentários  ● 
Ilustres Benfiquistas....e não só !!!
PORQUE, HÁ MAIS VIDA PARA ALÉM DO NOSSO  SAGRADO CLUBE E, DADO O MOMENTO PARTICULARMENTE DIFÍCIL QUE O NOSSO PAÍS ATRAVESSA, FAÇAMOS UM INTERVALO NO DESPORTO E VAMOS DISCUTIR A CAUSA DA NOSSA MISÉRIA E DESGRAÇA.

O que a Troika queria Aprovar e Não conseguiu!!!!!!
Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas.

Nenhum governante fala em:

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.) dos três ex-Presidentes da República.

2. Redução do número de deputados da Assembleia da República para 80, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode.

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários! e administradores com 2º e 3º emprego.
4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euro/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? e se não são verificados como podem ser auditados?

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma do Mouzinho da Silveira, em 1821.

7. Redução drástica das Juntas de Freguesia. Acabar com o pagamento de 200 euros por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75 euros nas Juntas de Freguesia.

8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação! que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas actividades.

9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;.

10. Acabar com os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes...

11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado e entes públicos menores, mas maiores nos dispêndios públicos.

12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.

13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contri! buintes que vivem em tugúrios inabitáveis.

14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total. HÁ QUADROS (directores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES, QUE NÃO NOS DÁ COISA PÚBLICA.

15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de
PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCIPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder.

16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar.

17. Acabar com as várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e> entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.

18. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP.

19. Perseguir os milhões desviados por Rendeiros, Loureiros e Quejandos, onde quer que estejam e por aí fora.

20. Acabar com os salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos.

21. Acabar com os lugares de amigos e de partidos na RTP que custam milhões ao erário público.

22. Acabar com os ordenados de milionários da TAP, com milhares de funcionários e empresas fantasmas que cobram milhares e que pertencem a quadros do Partido Único (PS + PSD).

23. Assim e desta forma, Sr. Ministro das Finanças, recuperaremos depressa a nossa posição e sobretudo, a credibilidade tão abalada pela corrupç! ão que grassa e pelo desvario dos dinheiros o Estado.

24. Acabar com o regabofe da pantomina das PPP (Parcerias Público Privado), que mais não são do que formas habilidosas de uns poucos patifes se locupletarem com fortunas à custa dos papalvos dos contribuintes, fugindo ao controle seja de que organismo independente for e fazendo a "obra" pelo preço que "entendem".
25. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimónios de forma indevida e à custa do País, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controlo, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efectivamente dela precisam;

26. Controlar rigorosamente toda a actividade bancária por forma a que, daqui a mai! s uns anitos, não tenhamos que estar, novamente, a pagar "outra crise".

27. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efectivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida.

28. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu património antes e depois.

30. Pôr os Bancos a pagar impostos.

*Ao "povo", pede-se o reencaminhamento deste e-mail.
> POR TODOS NÓS E PELOS NOSSOS FILHOS.
----------------
Vamos lá a desopilar e deitar cá para fora toda a nossa raiva e frustração!!!

10 comentários blogger

  1. Boas noite Viriato !

    Aqui fica a minha contribuição a acrescentar a tudo aquilo que foi escrito e que eu assino por baixo !

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Vomxdz1ggNI

    Enquanto não tivermos alguém com " tomates " para ir para a televisão baixar o pau em cima dos banqueiros, estamos bem f»?"#%$&(»*dos ...

    ResponderEliminar
  2. acrescentaria um ponto 31.
    Varrer, definitivamente, do NOSSO Benfica o Oliveira e afins! E isso só depende de nós!...

    ResponderEliminar
  3. POR ESTAS E POR OUTRAS ESTE " SÍTIO " NUNCA MAIS É UM PAÍS.

    Vencimentos com valores médios em termos de carreira...

    G.N.R...............€ 800,00 - Para arriscar a vida.

    Bombeiro...........€ 960,00 - Para salvar vidas.

    Professor...........€ 930,00 - Para preparar para a vida.

    Médico...........€ 2.260,00 - Para manter a vida.

    Deputado...... € 6.700,00 - Para nos lixar a vida.

    ResponderEliminar
  4. ó master, esse ponto deverá ser o nº1

    sem apelo nem agravo!!!

    ResponderEliminar
  5. Vês como é o nosso país? às vezes até penso que merecemos isto e muito mais...não se está a atacar ou a defender o LFV e os comentários são escassos!!
    Que fado o nosso!!!

    ResponderEliminar
  6. SHADOWS

    A rapaziada ainda não fechou o queixo de tão parvo e espantado que está ante a tormenta que aí vem, que nem vontade têm de escrever.

    Mas há muitos a ler, porque mo dizem as estatísticas.

    Daqui a pouco já por aí vem, mais um saboroso poste sobre o CRAC.

    ResponderEliminar
  7. Este povo se não existisse tinha que ser inventado!

    O que nos vai valendo, é que o bom humor nunca se esgota...

    Revisão d'Os Lusíadas na Crise

    À rasca espalharei por toda a parte...

    I
    As sarnas de barões todos inchados
    Eleitos pela plebe lusitana
    Que agora se encontram instalados
    Fazendo o que lhes dá na real gana.
    Nos seus poleiros bem engalanados,
    Mais do que permite a decência humana,
    Olvidam-se de quanto proclamaram
    Nas campanhas com que nos enganaram!

    II
    E também as jogadas habilidosas
    Daqueles tais que foram dilatando
    Contas bancárias ignominiosas,
    Do Minho ao Algarve tudo devastando,
    Guardam para si as coisas valiosas.
    Desprezam quem de fome vai chorando!
    Gritando levarei, se tiver arte,
    Esta falta de vergonha a toda a parte!

    III
    Falam da crise grega todo o ano!
    E das aflições que à Europa deram;
    Calam-se aqueles que, por engano,
    Votaram no refugo que elegeram!
    Que a mim mete-me nojo o peito ufano
    De crápulas que só enriqueceram
    Com a prática de trafulhice tanta
    Que andarem à solta só me espanta.

    IV
    E vós, ninfas do Douro onde eu nado,
    Por quem sempre senti carinho ardente,
    Não me deixeis agora abandonado
    E concedei engenho à minha mente,
    De modo a que possa, convosco ao lado,
    Desmascarar de forma eloquente
    Aqueles que já têm no seu gene
    A besta horrível do poder perene!

    ResponderEliminar
  8. e todos esses que enumeras são aqueles que vem apelar à repartiçao "equitativa e justa" por todos!!!!!!!
    são sempre os mesmos...quem mais "comeu" quer con
    tinuar a encher-se a custa de quem trabalha e não contribuiu nem contribui para o defice
    é vergonhoso!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  9. Marinho Pinto e Carvalho da Silva fazem parte da lista de 49 PERSONALIDADES públicas com avenças semanais na RTP e na RDP. O líder da CGTP ainda não assinou o contrato com o canal do Estado, mas a verba que foi acordada é de 600 euros por cada programa, transmitido uma vez por semana - 2400 EUROS POR MES. Esta é a mesma remuneração que recebe o bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto, e também o presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores, pelo programa ‘Justiça Cega', todas as segundas--feiras na RTP Informação.

    ResponderEliminar
  10. joaquim pereira21 outubro, 2011 13:18

    a liberdade e isto mesmo uns fodem os veem

    o que me lixa mais o cerebro e ver os grandes esquerdistas(?) (miguel portas)metidos nesta intrujice.

    por faço minhas as palavras de jesus (o outro nao e o treinador) quando subiu ao ceu:


    jesus quando quando subiu ao
    disse a todos os mortais
    fodam se voçes na terra que a mim
    nao me fodem mais

    os politicos sao mendigos armados em ricos

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking