O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Luís Felipe Vieira e Jorge Jesus: um ano de Tudo ou Nada?

Avatar
 ●  12 comentários  ● 
Quem vai acompanhando o que neste blogue se vai escrevendo, vai percebendo as opiniões de cada um, tal como também toda a gente percebe que a figura de Luís Felipe Vieira tem sido ponto fulcral no "enredo" deste blogue e figura central de muitas discussões. Como sabem, há eleições em Outubro de 2012, e cada um de nós saberá pensar pela sua cabeça e ponderar o que será melhor para o Benfica nessa altura.

Apraz-me apenas perceber que para LFV este pode muito bem ser o ano do tudo ou nada. Há seguramente muito trabalho de bastidores a ser feito, com outros nomes e projectos a aparecerem no próximo ano, e LFV sabe que o sucesso/insucesso desportivo desta época será um trunfo importantíssimo nessa batalha.

E se me parece que se as eleições tivessem sido realizadas por exemplo em Julho último, LFV entraria nessa luta numa posição extremamente fragilizada (tal foi a desilusão da época anterior), parece-me também que nesta altura LFV se encontra numa posição bem mais forte depois da resolução de alguns dossiers que geraram optimismo junto dos sócios, bem como o prenúncio da resolução de outros dossiers ainda mais importantes que podem marcar o seu "reinado” e colocar definitivamente o seu “selo” na história do clube.

E esse trunfo chama-se negociação dos direitos televisivos, com Pais do Amaral à mistura, anunciando-se um cenário que poderá vir a revolucionar definitivamente o futebol português, dando-se a tão desejada machadada no monopólio Olivedesportos que pode vir a ferir gravemente a cadeia do poder, com valores a superar até as expectativas dos benfiquistas mais optimistas.

A aquisição ainda, por parte da BenficaTV, de um pacote de 190 jogos internacionais é sinal de que o assunto está a ser tratado por LFV com a seriedade que o assunto justifica e que os benfiquistas exigem, dando ao Benfica uma posição de força que não se conhecia até hoje. Se LFV é inteligente, e seguramente que é, sabe que é esta negociação que fará dele um “imortal” ou apenas mais um que passou pelo clube, é esta negociação que poderá valer para ele a reeleição ou a saída pela porta dos fundos.

A juntar a isto, temos neste defeso a possível venda do “naming” do estádio e a excelente venda do Roberto num negócio que "chocou" o país e que resolveu um enorme (e caríssimo) problema.

Temos ainda nesta altura um plantel bem mais forte do que na época passada, com alguns jogadores novos que chegaram “baratos” e podem muito bem vir a valer muito dinheiro num futuro próximo. Temos o negócio Fábio Coentrão, onde os 5 milhões de desconto no valor da cláusula me parecem justificar plenamente a mais-valia que Garay é neste plantel. E temos Witsel, dois bons guarda-redes a custo zero, um defesa esquerdo campeão do mundo, um Rodrigo que vai ser um caso sério (e tanto que aqui se criticou o negócio, que não foi de 6 milhões porque a sê-lo teria de ter sido comunicado à CMVM e não foi), um Nolito que promete, e alguns outros que terão ainda de procurar o seu espaço mas a quem se reconhece valor.

O melhor elogio que posso fazer à forma como este plantel foi formado, é que Jorge Jesus não terá este ano grandes argumentos para justificar um eventual insucesso. E tudo isto sem grandes desvarios financeiros, com o valor das vendas a superar claramente o das compras. E este até era o ano em que uma certa "irresponsabilidade" seria justificada, não só por ser ano de eleições mas também por ser o último ano fora do rigoroso controlo financeiro da UEFA à gestão dos clubes europeus.

No relvado, os benfiquistas têm tudo para estar optimistas. Com Witsel a tornar o 4-3-3 uma realidade (que jogador! Nos 90 minutos mostrou que "sabe", e perto do final do jogo, numa jogada com Zokora em que resistiu a meio minuto de pancada e intimidação sem chutar a bola para longe, mostrou que nos seus pés a bola não queima e que tem fibra de campeão), a permanência de Pablo Aimar (quais problemas físicos quais quê!!), justificada pela sua enorme classe e experiência e por permitir aos reforços crescer na sua sombra, exigindo-lhes ao mesmo tempo rendimento máximo, juntando-se ainda um banco de luxo sem os banais Weldons, Kardecs, Menezes e Peixotos.

No negativo, há pois o folhetim Danilo que se arrastou tempo demais, há um Benfica sem portugueses no 11, se bem, que eu seja da opinião que a cultura do Benfica é GANHAR, bem mais do que a nacionalidade dos seus jogadores, e ainda uma "aposta" na prata da casa que parece resultar mais das necessidades dos regulamentos do que de uma aposta consciente. Os maiores prejudicados acabarão inevitavelmente por ser os jogadores.

Para Jorge Jesus e LFV este é pois um ano de tudo ou nada, sabendo-se que a paciência dos adeptos é curta e que o grau de exigência é máximo. Os dados estão lançados e no papel o optimismo é legítimo mas... a tarefa é, como sabemos, monstruosa. O sistema que rege o futebol português mantém-se, há um Sporting em crescendo e ainda um FCP que se adivinha fortíssimo. Talvez não chegue sermos apenas melhores, teremos de ser muitíssimo melhores. Seremos capazes?


P.S. Àqueles que se insurgem, julgando sempre que a revolta que sentem é sinónimo de terem razão, questionando-se por exemplo sobre os porquês dos jogos amigáveis do Benfica não passarem na BenficaTV e serem vendidos a terceiros, talvez fosse bom que antes de escreverem barbaridades pensassem um bocadinho. Se os jogos televisionados são para os clubes uma importantíssima fonte de receita, porque razão se privariam os clubes dessa receita, dando os direitos (de borla) a si próprios? Talvez no futuro meus caros, quando a BenficaTV for um canal mais profissional e mais bem estruturado, com subscrição talvez, capaz de gerar receitas comerciais que justifiquem a aventura.

12 comentários blogger

  1. Excelente análise.

    Apenas acho que o Sporting não vai conseguir chegar-se aos 2 da frente.

    Benfica e Porto têm planteis do melhor que há na europa. Tirando os 7/8 tubarões habituais não há muito melhor por ai.

    Para ganharmos em regularidade ao Porto acho que precisamos só de 2 coisas. Muito apoio dos adeptos e menos invenções do nosso Jesus....

    ResponderEliminar
  2. Discordo desse TUDO ou NADA.

    Simplesmente no Benfica, desde há algum tempo,~procura-se, contra o sistema e a falta de meios, corrijir defeitos de epoca para epoca.
    Não temos cepos, nem mafiosos na gestão do clube e muito menos nas estruturas que controlam o futebol cá do burgo.

    Portanto, se estamos melhores e estamos isso deve-se aos dirigentes, tecnicos, socios e adeptos e atletas do clube.

    Força Benfica

    ResponderEliminar
  3. redmoon: 100% de acordo.
    parabéns e abraço deste benfiquista
    sócio slb nº218219

    ResponderEliminar
  4. Ó REDMON, tudo o que escreves é...CATEDRA !!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. E tudo isto sem grandes desvarios financeiros, com o valor das vendas a superar claramente o das compras??????

    ora ou desconheces os valores ou es ingenuo

    witsel 6,5 milhoes e poderá subir
    enzo 5,5 milhoes
    b cesar 5,5 milhoes
    garay 5,5 milhoes por 50%
    Melgarejo 1 milhao
    derlis 1 milhao
    leo 1 milhao
    emerson 2,5 milhoes
    eduardo desconheço quanto pagam pelo emprestimo
    sem contar com premios dos que vieram a custa 0

    ou eu nao sei fazer fazer contas ou gastaram mais de 28 milhoes e como no negocio do coentrao ja tinham vendido grande parte do passe so fizeram entra 18 e 20 milhoes nao sei precisar o correcto

    portanto quando escrevem convem saber um pouco para nao dizerem barbaridades destas

    ResponderEliminar
  6. E tudo isto sem grandes desvarios financeiros, com o valor das vendas a superar claramente o das compras??????

    ora ou desconheces os valores ou es ingenuo

    witsel 6,5 milhoes e poderá subir
    enzo 5,5 milhoes
    b cesar 5,5 milhoes
    garay 5,5 milhoes por 50%
    Melgarejo 1 milhao
    derlis 1 milhao
    leo 1 milhao
    emerson 2,5 milhoes
    eduardo desconheço quanto pagam pelo emprestimo
    sem contar com premios dos que vieram a custa 0

    ou eu nao sei fazer fazer contas ou gastaram mais de 28 milhoes e como no negocio do coentrao ja tinham vendido grande parte do passe so fizeram entra 18 e 20 milhoes nao sei precisar o correcto

    ResponderEliminar
  7. Parabens Redmoon pela excelente postadela, na minha apreciacao esta super ja uma vez o elogiei e pena que nao escreva mais vezes focou assuntos de elevado interesse na vida do nosso Benfica com os quais concordo plenamente especialmente este ultimo porque nao os jogos do nosso Benfica na BTV agora meditemos no assunto havera outros meios como publicidade que cubram esses tais 40 milhoes desse sr Pais a mim nao me parece mas sobre este assunto nao faltarao Benfiquistas mais eslarecidos que eu nesta materia.

    ResponderEliminar
  8. Redmoon, à tua maneira - que bem sabes fazer - disseste o que aqui tem sido dito:

    - Bom plantel com excelentes contratações
    - LFV pode fazer história se der "murro na mesa" com Oliveira
    - Jorge Jesus tem tudo para fazer uma grande temporada

    Quanto às eleições, duvido que apareça algum projecto que leve o meu voto. Se até Dezembro não aparecer alguém que faça parte activa do SLBenfica (não é oposição cega!) e esteja em condições em Outubro de avançar e seja possível que os projectos sejam discutidos, analisados e debatidos... talvez até considere.

    Caso contrário, penso que não haverá condições para substituir Luis Filipe Vieira. Outros não tere, não quer dizer que ele tenha o meu voto, como aconteceu nas últimas.

    O meu voto para LFV não depende dos resultados deta temporada. Se fosse por aí... já tinha porque fez um bom trabalho.

    O meu voto para LFV vai depender da ruptura com Joaquim Oliveira e da antecipação das eleições para meio de Junho (com os planteis de férias) - acho desnecessário fazer eleições com a época a meio.

    ResponderEliminar
  9. @ NFM e a venda do Roberto não conta?

    ResponderEliminar
  10. Foi um Cristian Rodríguez aparentemente tranquilo aquele que atendeu o telefonema de Record, ontem à tarde. Afinal, mais do que serenidade, o Cebola estava desiludido... com os dragões. Não pela sua história no FC Porto, mas sim pela forma como, diz, tem sido tratado nos últimos tempos.

    “Não me ligaram a dar os parabéns pela conquista da Copa América nem nada. Não acho que esta seja uma conquista de pouca importância, mas pronto... Além disso também não me disseram quando tinha que me apresentar. Por acaso falei com o Alvaro Pereira e ele é que me disse que temos de estar no Porto já no domingo, dia 7”, afirmou, vincando o seu estado de espírito face a este “esquecimento” portista: “Essencialmente estou triste com o clube. Estou triste pelo que está a acontecer, porque sempre respeitei oFC Porto e eles também me respeitam, portanto, estranho...”

    ResponderEliminar
  11. Cristian Rodriguez, jogador pelo qual o Porto pagou 7 milhões por 70% do passe além de um ordenado elevado.

    Mais um grande desvio que fizeram!!!!

    ResponderEliminar
  12. Tenho defendido isto no meu blog, com todas as condições dadas a JJ, não haverá desculpas para a falta de sucesso.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking