O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 18 de setembro de 2010

O Xistrema

 ●  4 comentários  ● 
Todos conhecem o "historial" de roubos do Xistra ao SLBenfica, ao ponto de haver quem lhe chame de... Xistrema, tamanhas são as ligações e fáceis associações do que ele faz ao que o Sistema "pede".

Porém também não se podem esquecer dos serviços de dissimulação já levados a cabo por Xistra para enganar o "povão". A expulsão de Falcão o ano passado com o Paços foi um exemplo...

Quem conhece bem o Sistema, sabe que eles optam sempre por ir criando condições para que os "roubos de igreja" sejam rapidamente esquecidos ou que os "roubados" não tenham muitos motivos para fazer perdurar as queixas.

O SLBenfica tem um "histórico de inabilidades" na relação com o Sistema, como ficou destacado no tópico Perspectivas interessantes. Nunca percebemos que a seguir aos "roubos" descarados, apareciam sempre nomeações esquisitas e uns benefícios que se encarregavam de "desmontar" os argumentos de que estariamos a ser espoliados.

São muitos os exemplos do passado, até mais recente, em que as nossas "choradeiras" foram "caladas" com uma ou outra arbitragem que nos fez andar jornadas sem poder sequer questionar nada. Lembram-se da final Taça da Liga? Do jogo com o Braga de Jesus na Luz?

Pois... e o resultado foram 25 pontos de atraso para o primeiro nesse ano, depois de (mais uma vez) no início da temporada terem arrumado com as ambições do SLBenfica de Quique Flores que, recordo, ao fim de muitos anos voltou a conseguir estar em primeiro no campeonato durante a prova... ao que se seguiram os roubos na Luz com o Nacional e no Dragão.

Quando se escolhe "berrar" e "chorar" como tem sido nos últimos anos, o resultado é esse... E o que eu temo é que volte a acontecer. Os lugares de topo da Liga têm que ficar reservados para o FCPorto e SCBraga, com o Sporting a ter que garantir um lugar na Liga Europa.

Posto isto, imaginem lá o jeito que não dava a FCPorto, SCBraga e até ao SportingCP se amanhã o Xistra se resolvesse enganar nuns lances que levassem o SLBenfica à vitória! A uma vitória condicionada... A uma vitória que voltasse os "holofotes" da vergonha para a Luz e para a "choradeira" da arbitragem de Guimarães, obrigando-nos a calar a questão da arbitragem para que...

... Na jornada seguinte pudessem novamente "por-nos a mão no bolso" e favorecer o SCBraga e assim afastar de vez o SLBenfica da luta pelo título, a 12 pontos do FCPorto, a 9 do SCBraga e a 4 do SportingCP!

A solução para isto? É a mesma de sempre! A mesma que Jorge Jesus utilizou na época passada e que tão bons resultados deu... sermos mais fortes em campo! Assumirmos à partida que vamos jogar contra um adversário difícil, um rival de sempre, mas que não chega sermos mais fortes, vamos ter também que ser mais eficazes e mais sólidos psicologicamente para não reagir às dificuldades causadas pelas arbitragens.

Se o SLBenfica estiver a vencer por 2-0 ou 3-0, um penalty, um fora de jogo, seja o que for não terá qualquer importância e tornará bem mais complexa a missão de ajudar os de Braga quando os visitarmos.

E já todos sabem o que acontece aos de Braga quando não têm a sorte do jogo, como em Sevilla, ou os árbitros amigos como em Portugal? São só meia dúzia...

Posto isto, e respondendo também ao excelente desafio do pjsimões em Treinador de Bancada - Leitores do GB, apostaria num 4-4-2 bem aberto nas alas com:

Julio César; Maxi Pereira, Luisão e David Luiz, Fábio Coentrão; Javi Garcia, Gaitan e Carlos Martins, Aimar; Weldon e Saviola.

O ataque em mobilidade e velocidade com Weldon e Saviola (Cardozo já todos sabem que por mim seria castigado pelo gesto, mesmo tendo pedido desculpa... a pedido de Jesus). Julio César retornaria à baliza, pois já afirmei que entendo que Roberto poderá estar a melhorar o enquadramento psicológico, mas precisa de espaço e tempo.

Por falar em questões psicológicas, como disse acima o "derby" deve ser preparado com muita atenção aos detalhes do adversário, mas também às variáveis que podem influenciar o jogo como acima expliquei. Até porque em termos de qualidade de equipa e treinador... a balança está claramente a nosso favor.

4 comentários blogger

  1. o xistra e mais uma porcaria de arbitro que devia ser despachado do futebol portugues.

    não quero tirar pessoas deste blog mas gostava que viessem ver este blog:

    http://santos-sempre-benfica.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. O jogo com o braguilha é na Luz, a próxima deslocação é à madeira

    ResponderEliminar
  3. Não sei o que vai acontecer logo, porque a perda de pontos deixa o Benfica num estado de pré-depressão, e essa coisas tornam-se contagiantes, sendo que, depois de hoje marítimo e Braga, com o Schalk pelo meio não será fácil.

    Mas que raio, penso eu depois de cair em mim, até eu que sou uma pessoa positiva por natureza ando com receio antes dos jogos.

    A verdade é que esta equipa não me transmite confiança nem ambição na forma como tem jogado.
    Que hoje tudo mude, um grande jogo(e sem espinhas) contra os lagartos mudaria e muito o cenário.

    Vamos lá a isso!

    ResponderEliminar
  4. é isso mesmo que mais temos de temer, e que os dirigentes têm de aprender a antever, não chega só denunciar, temos de atrapalhar os movimentos, temos de nos antecipar, mesmo que não derrotando o sistema, lhe retiremos aficacia ao ponto de equilibrar estas probabilidades que nos sao tao desfavoraveis.

    quanto a nomes de arbitros, sao marionetas, seja este ou akele, o k interessa é que movimenta os cordelinhos.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking