O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Ranieri despedido do Leicester. Mandam os resultados.

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 
"Leicester City Football Club has tonight (Thursday) parted company with its First Team Manager, Claudio Ranieri. 

Claudio, appointed City manager in July 2015, led the Foxes to the greatest triumph in the Club’s 133-year history last season, as we were crowned champions of England for the first time. His status as the most successful Leicester City manager of all time is without question. 


However, domestic results in the current campaign have placed the Club’s Premier League status under threat and the Board reluctantly feels that a change of leadership, while admittedly painful, is necessary in the Club’s greatest interest." - Site oficial do Leicester.

21 comentários blogger

  1. O jota podia ir para lá, já que garantiu que o argelino dos cotovelos rendia o dobro do Vardy.

    Zé Pincel

    ResponderEliminar
  2. A prova de que não existe qualquer pingo de gratidão no futebol, mesmo em Inglaterra.

    E a prova de que decisões estúpidas podem ser tomadas em todo o lado.

    No dia seguinte de um resultado negativo sim, mas longe de irrecuperável, na Champions.

    O Leicester está numa posição de manutenção na Premier League. Caso o clube desça, com um novo treinador, deveriam implantar um par de cornos de bizonte na cabeça de cada um dos decisores.

    O que Rainieri e o Leicester alcançaram o ano passado foi absolutamente fantástico. Provavelmente não haverá uma outra combinação de factores, nos próximos 133 anos, que lhes dê outro título igual.

    Rainieri não merecia isto.
    Rainieri merecia ficar pelo menos até ao final da época.
    Mesmo que o Leicester descesse de divisão.

    Saudações binfiquistas,
    CP

    PS: Este gesto é semelhante ao Benfica despedir o Rui Vitória por já ter estado com 7 pontos de avanço e agora estar apenas com 1.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundo consta, RANIERI, apenas de prémio por ter ganho o campeonato, recebeu 6M. Tenho uma pena dele que nem sonham.

      Eliminar
    2. Em sentido contrário, entre nós existe "gratidão" que não se justifica de todo, quando temos um treinador de futsal que consegue, de forma continuada e sustentada, transformar um grupo de atletas de eleição, em quantidade e qualidade, numa "equipa" que não é capaz de fazer o que qualquer equipa minimamente digna desse nome faz: jogar como equipa.
      Fico absolutamente escandalizado com a insistência em manter Joel Rocha, que já provou ser o maior flop da história recente do futsal, depois de ter dispensado outros bem mais capazes e que não desceram tão baixo como este...
      PQP!!!

      Eliminar
    3. Exactamente... com o senão de no Leicester a contestação vir na sequencia de um avolumar de maus resultados sem fim à vista , e de às tantas deixar de haver condições para a continuidade...enquanto que entre nós o malhar sistemático no director , estrutura e equipa se inscrever em pleno ciclo vitorioso do clube ( mais uma das nossas originalidades...deve ser unico em todo o mundo...), a ponto de fazer perigar a continuação do sucesso...chega ( pasme-se ! ) a falar-se de apito dourado esquecendo
      que o menor dos méritos de LFV não foi certamente , quase sózinho , ter destapado a careca ao
      " sistema " , e permitir-nos saber que tudo aquilo de que suspeitávamos ( e muito mais ! ) era RIGOROSAMENTE VERDADE !

      S.A.

      Eliminar
  3. É o que vai acontecer ao prof de ginástica se não ganhar o Tetra.
    Curiosidade: O RV sempre renovou? É que depois dos maus resultados o assunto morreu na CS...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meéeé
      És carneiro vai marrar no bruno.

      Eliminar
    2. Sou carneiro sou, tenho é olhos na cara. RV não é treinador para o Benfica.
      Depois da derrota em Setúbal parece-me que a direcção perdeu a crença nele, para nunca mais se ouvir falar na renovação. Ou ganha o tetra com plantel pornográfico ou sai. Ainda bem.


      Eliminar
    3. O não-treinador é campeão e ganha quantas vezes menos que o vosso?.. C@g@lh@0?.. :-)

      Eliminar
    4. Carneiro, não te preocupes que o Rui Vitória não sai mesmo que acabe em 5º lugar. Vai cumprir o contrato até ao fim. Tu não mandas nada.

      Eliminar
  4. Águia Preocupada23 fevereiro, 2017 21:40

    Como alguém escreveu antes, no futebol a ingratidão é muitas vezes o lema...
    Contra todas as expectativas, o Ranieri fez campeão um clube insignificante que jamais pensou que tal pudesse acontecer. Depois de um resultado que até se pode considerar positivo e de ter chegado onde chegou - coisa pouca pelos vistos! - concluem que o homem não serve!
    Enfim! É a selva do futebol!

    ResponderEliminar
  5. Não foi isto que tinha acontecido ao Boloni também? :D

    ResponderEliminar
  6. Inacreditável, como alguém já comentou não há gratidão no futebol. E pior que isso, não se dá tempo aos treinadores para trabalharem num projecto, numa equipa. O Ranieri será para sempre recordado pelos adeptos do clube, já quem o dirige...

    ResponderEliminar
  7. Nao sabemos o que se passa no balneario do Leicester.Talvez nao houvesse condicoes para ele continuar.

    John D

    ResponderEliminar
  8. benfiquista a serio24 fevereiro, 2017 02:51

    eu só quero é ganhar ao chaves.

    fica aqui o meu 11 ideal:

    ederson, semedo, luisao, kindelof, eliseu, samaris, pizzi (horta), salvio, cervi, jimenez, mitroglou.

    ResponderEliminar
  9. Mandam os resultados e o futebol jogado! Ver o Leicester a jogar é medonho, aquilo não é futebol!
    E a gratidão pelo Ranieri está lá, mas primeiro está o clube, SEMPRE!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas já era medonho o ano passado! É naquela onda de o Leicester ter sido campeão por falta de comparência da oposição e não por um futebol digno desse nome. Quando a competição acabou com as férias e voltou para jogar à bola, o Leicester remeteu-se à sua mediocridade e aé estão gloriosamente a lutarem para não descer e orgulhosamente a virem levar 5 secos ao Dragão para ver se se aguentavam no jogo seguinte.

      Nao há pena nenhuma.

      BF

      Eliminar
  10. "A reacção só apareceu quando constatámos que nos tinham tirado cinco pontos em dois jogos e oferecido dois (ou quatro) a quem interessava.

    Ter razão antes do tempo - diz-se em política - é igual a não ter razão... Mas não ter capacidade analítica para perceber e saber ler os dados que a realidade nos oferece ou, lendo-os a tendo a percepção deles, não extrair, daí, as devidas conclusões, é, também, um erro que pode custar muito caro.
    Em política, claro. Todos os que por lá andam (ou que andaram ou que lá querem voltar) sabem bem do que falo! Mas, no futebol, também! Ou pior, porque no futebol, não há tempo nem espaço que fiquem vazios por mais do que uns décimos (ou milésimos) de segundo! Dentro do campo, por maioria de razão!
    Mas, também, fora das quatro linhas, onde, tantas vezes, se conseguem as condições para que o trabalho no relvado não seja ensombrado por quem não quer que ganhemos e que usa tudo o que pode (e o que não pode, mesmo que seja proibido) para que nós não ganhemos!
    Esta reedição do Apito Dourado, é, assim, o regresso de um filme que já conhecemos, anunciado por quem teve capacidade para o anunciar e não se coibiu de dizer ao que vinha!
    Então uma invasão de centro de treinos de árbitros não exigiria uma repulsa institucional fortíssima precisamente de quem era o objecto principal (mesmo que indirectamente) dessa acção?
    Pois exigia!
    Mas não aconteceu!
    Então o anúncio feito pelos líderes de uma claque inimiga (não confundir com adversários, porque não se trata disso) de que ou a arbitragem entrava por outro caminho ou então teriam que se haver com os meninos,... não merecia uma violenta posição de quem era o destinatário natural dessas movimentações?
    Pois merecia!
    Mas não se viu nem ouviu nada sobre isso!
    Então as sucessivas nomeações de árbitros dali da zona, para os jogos da equipa em causa, porque mais fáceis de controlar, não impliciria uma voz forte de alguém para denunciar o que se estava a preparar?
    Pois implicava!
    Mas não apareceu!
    E; já agora, mesmo não sendo do nosso campeonato, a famosa história do Clube Futebol Canelas (porque tme quem tem lá dentro e segue os métodos que segue,... a acreditar no que lemos) não mereceria uma palavra de ninguém (até porque, um dia destes, corremos o risco de os vermos a jogar contra nós, numa qualquer competição profissional, com tudo o que isso possa implicar)?
    Pois mereceria!
    Mas não surgiu!
    Ou seja, a reacção só apareceu quando constatámos - como no ano passado - que nos tinham tirado 5 pontos em dois jogos e tinham oferecido 2 a quem interessava (ou 4, se contarmos com a embalagem e a inércia com que iam e que não os fez parar... no jogo contra o Tondela).
    Mais vale tarde que nunca... dir-me-ão! Bem sei! Mas iremos a tempo? Muito a tempo, continuarão a dizer-me! Talvez! Mas - para memória futura - nada como reafirmar o que sempre defendi (como é publicamente conhecido): uma atitude preventiva em relação a estas matérias...

    ResponderEliminar
  11. Vieira pensa a mesma coisa
    Estou tanto ou mais à vontade em aqui o afirmar porque, do que conheço, e soube, por experiência própria, feita de 7 anos de convívio, é essa a posição do Presidente do Benfica.
    O que me preocupa, não é, por isso, o que pensa, o que quer e o momento em que pensa e que Luís Filipe Vieira, sobre mais esta vergonha que se está a viver no futebol português. Não, não é! Porque quem teve a coragem de lutar como ele lutou - quase sozinho, ou mesmo sozinho - contra o monstro da corrupção e do Apito Dourado, tem créditos ilimitados sobre isso.
    O que me preocupa é outra coisa. O que me preocupa são... os conselhos!
    Sabemos, por experiência, que há sempre duas linhas que, no interior das organizações, se enfrentam de forma contínua e permanente. Quem não ouviu falar de pombas ou falcões, de entre as figuras principais de uma qualquer administração americana? Ou entre a linha negra e a linha vermelha dos partidos mais revolucionários? Ou de movimentos revisionistas nos partidos comunistas tradicionais? Para não falar dos traidores kautsquistas ou trotsquistas que combateram o marxismo-leninismo e que deram origem às III e IV internacionais? Ou dos sociais democratas, como traidores reformistas de uma qualquer revolução a todo o vapor? Ou para usar a prata da casa, numa invocação de uma citação de quem penso ter sido (no que estarei muito bem acompanhado) o maior estadista português, o Rei D. João II,... «há tempos de usar de coruja e tempos de voar como o falcão»!!!
    Pois há!
    Mas usar de coruja contra quem rouba de forma descarada só pode acabar mal!!!
    Também nesta guerra sem quartel,... que é a de combater as ajudas a quem só quer que percamos!
    No futebol - que faz parte da vida, da sociedade e que trata de... poder - também há sempre estas duas realidades...
    Nada de mal nessa dicotomia... até porque o Benfica não foge à realidade, antes faz parte dela!
    O que me preocupa, é poder ser essa a estratégia vencedora e seguida (como, me parece, o foi até aqui).
    Podem crer que cá fora, entre os sócios, os adeptos os simpatizantes, não há - entre as águias - pombas que queiram esperar mais para só começarmos a reagir depois de termos perdido (de nos terem sonegado...) mais pontos.
    Ou depois de os terem oferecido a outros.
    E não podemos contar com a ajuda de ninguém para esta luta que terá de ser permanente e contínua até à conquista do 36!
    Só com nós.
    Que somos muitos, mas só poderemos contar connosco!
    Os outros - convençam-se - não vão ter contemplações.
    E se, em momentos específicos, poderemos ouvir as vozes escandalizadas de quem foi prejudicado, como o Tondela foi (e falar, ali, logo depois do jogo... é de uma coragem digna de enaltecer e sublinhar), só se ouvirão vozes contra nós.
    Porque uns e outros só querem que não ganhemos.
    Ou, para voltar a desligar as coisas pelos nomes... o clube anti-Benfica do Porto e o clube anti-Benfica de Lisboa só querem que percamos, sendo indiferente, entre eles e para eles, quem possa ganhar!!!

    Adulterar a verdade
    Mas, voltando ao relvado,... que diferença abissal no comportamento das equipas de arbitragem... Na véspera de dois jogos europeus... a nós põem-nos a jogar 10 contra 11,... 50 minutos. A outros, inventam um penálti e põem-os a jogar 11 contra 10,... 50 minutos. Lembram-se dos tempos do Apito Dourado, onde ouvimos e vimos facilidades em jogos cá dentro para poderem estar descansadinhos para jogarem lá fora? Pois é, apesar de ainda nos atirarem à cara com essas vitórias na Europa para tentar disfarçar a forma como conseguiram as vitórias por cá,... como se umas e outras não fossem faces da mesma moeda.
    Por isso - disse e repito - não compreendo que não se tenha carregado em cima da arbitragem do último domingo...
    Porque fomos objectivamente prejudicados. Desta vez não teve relevância... mas só falaremos se Mitroglou ou outro qualquer não desatar um dos muitos nós que todos - no campo e cá fora - nos irão criar para que não consigamos o tetra/36?

    ResponderEliminar

  12. Como também não percebi como se deixa sem referência - repetida e continuada - os ataques nos adeptos indefesos do Benfica... por pretensos adeptos do Braga quando as claques do Benfica ainda lá não tinham chegado.
    Apesar de - e nisso andou muito bem o Benfica - se ter alertado as forças policiais para essa eventualidade...
    As gentes de Braga, mesmo as mais fanáticas, nunca entrariam nessas agressões, tanto mais que, ao que se percebe, quem atacou os adeptos do Benfica não estará identificado e... não estava lá para ir ao jogo.
    Como diz o outro, para bom entendedor... Ou... meia palavra basta... Nas agressões, como em tudo o resto!!!
    Carrega Benfica!!!"

    Rui Gomes da Silva, in A Bola

    ResponderEliminar
  13. Claro, feliz e infelizmente. Só que a questão central é mais por aqui - aquele futebolzinho de merda (que de vez em quando, ainda que poucas vezes e até me benzo!, também nos toca a nós e é bastante criticado, curiosamente...) não ajuda nem um pouco. Até os jogadores parecem estar fartos de charutos prá frente e tractores em full speed. Bah. Uma vez é giro, duas torna-se um vómito. É que não deve ser fácil conviver com um chefe durante horas e horas e anos a fio. Em grupos de vinte e tal-trinta e tal pessoas. Não é totalmente à toa que os treinadores raramente ficam muitos anos no mesmo clube. Para além disso, esta é a vida normal do Leicester. Na época passada aconteceu a tempestade perfeita. Se querem crescer a sério, então têm de jogar muitoooooooooooo mais à bola. Tudo certo.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking