O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

domingo, 1 de março de 2015

Avatar

Finanças: Os 3 Grandes (1º Semestre de 2014/2015)

 ●  + 54 comentários  ● 

Fonte: Relatórios e Contas da Benfica SAD, Porto SAD, Sporting SAD (1 º Semestre de 2014/2015)

Benfica: A Benfica SAD continua a ser a SAD que factura mais em Portugal, tendo alcançado os 102,9M€ de proveitos e 89,7M€ de custos, originando 13,2M€ de lucros. 

Seguindo as boas práticas de gestão, a Benfica SAD tem os proveitos operacionais equilibrados face aos custos operacionais, e a venda de jogadores (44,5M€) permitiu cobrir o investimento em jogadores + custos com a venda de jogadores (19M€), e também os custos financeiros e custos de investimentos (16,9M€). Esta época, com a aquisição do Benfica Stars Fund existem custos de investimento "líquidos" a rondar os 6M€ que estão considerados nesta última rúbrica.

Uma SAD em Portugal tem de vender sempre jogadores para pagar as contratações e os custos com os juros da Banca, e é isso que o Benfica tem feito. A Benfica SAD obteve 44,5M€ com as mais-valias do Enzo Perez, Oblak, Markovic e Cardozo. Com a venda do Bernardo Silva (15,75M€) e Franco Jara (1,5M€), que apenas serão registadas no 3º Trimestre de 2014/2015, a Benfica SAD já assegurou 60M€ de mais-valias com a venda de jogadores, que permitem cobrir os 30M€/Ano de aquisições (amortizações), os 25M€/Ano de custos financeiros com os empréstimos e os 5M€ de custos excepcionais de investimento relativos à aquisição do Benfica Stars Fund. 

Em termos de Activo e Passivo, o Benfica tem a sua situação equilibrada com um Activo de 434M€ e Passivo de 429,2M€, sem ter necessidade de recorrer a VMOC's como a Sporting SAD fez, ou sem recorrer a Interesses sem Controlo como aconteceu com a Porto SAD. Os 2 rivais neste 1º Semestre tiveram de recorrer a aumentos de capital das SAD's para cobrir prejuízos que têm vindo a acumular.

Até final da época, a Benfica SAD poderá alcançar os 170M€ de proveitos e 170M€ de custos mantendo a sua situação equilibrada em termos de actividade da SAD, sem necessidade de vender jogadores até Junho de 2015.


Porto: A Porto SAD viu a sua situação financeira e patrimonial agravar-se imenso nos últimos meses. Sem o Aumento de Capital da SAD poderia correr o risco de ficar de fora das Competições Europeias, devido aos prejuízos acumulados.

Em termos de Proveitos Operacionais, a Porto SAD, alcançou 51,3M€ e teve Custos Operacionais de 60M€, tendo um saldo negativo "crónico", mas este saldo ainda é mais negativo do que aparenta porque a Porto SAD registou nesta época o prémio de participação na Champions League que normalmente registava no final da época passada, já que costumava fazer o registo no exercício económico em que o apuramento acontecia.

Em termos de Venda de Jogadores a situação também não está famosa. Segundo o orçamento previsional do início da época, a Porto SAD necessitava de 66M€ de mais-valias com venda de jogadores para equilibrar as suas contas e até agora ainda só conseguiu obter 23,4M€. Até Junho de 2014/2015 terá de vender pelo menos 2 titulares para tapar o "buraco" financeiro desta época, e ainda terá de vender mais 1 ou 2 titulares no início do próximo exercício económico. A juntar a este facto existe 3 emprestados com permanência incerta (Casemiro, Oliver e Tello). A grave situação financeira da Porto SAD permite compreender a "campanha" que Pinto da Costa tem feito nas últimas semanas na comunicação social para vender Jackson, Danilo, etc. e que aliás era pouco habitual no Presidente do Porto. O "desespero financeiro" assim obriga.

O mais grave das contas semestrais apresentadas é o facto de a Porto SAD no 2º Trimestre (Outubro a Dezembro) ter apresentado 22M€ de prejuizos obtidos apenas em 3 meses, e mesmo desde o início da época, considerando os 24,5M€ de mais-valias com jogadores, apresenta 8,5M€ de prejuízos. Foi a única SAD dos 3 grandes com prejuízos no 1º Semestre de 2014/2015.

Em termos de Activo e de Passivo, a Porto SAD tinha capitais próprios negativos que apenas foram resolvidos com a incorporação de 47% da EuroAntas (detentora do Estádio do Dragão) nas contas da Porto SAD, tendo o Porto realizado a consolidação segundo o método integral, considerando 100% dos Activos e 100% dos Passivos dessa empresa, eliminando operações intra-grupo e considerando os Interesses Sem Controlo (58,3M€) que dizem respeito ao Porto Clube. Mesmo com os 47% da EuroAntas a Porto SAD tem 3,7M€ de capitais próprios negativos (relativos à empresa-mãe) e é muito provável que nos próximos tempos tenha necessidade de realizar novo aumento de capital social da SAD, passando os restantes 53% da EuroAntas de forma a que o Capital Próprio atribuível à empresa-mãe (Porto SAD) fique positivo.

Até final da época, a performance da Porto SAD dependerá do montante que a Porto SAD conseguirá realizar em vendas. Sem nenhuma venda a Porto SAD poderá ter mais de 45M€ de prejuizos em 2014/2015. Se conseguir mais-valias superiores a 45M€ poderá então ter Proveitos e Custos equilibrados, a rondar os 160M€.


Sporting: A Sporting SAD facturou metade da Benfica SAD e gastou 1/3 da Benfica SAD, tendo apresentado 53,8M€ de proveitos e 30,1M€ de custos.

Para estes resultados, muito contribuiram 4 situações GRAVES:

1ª situação: Acontece que para esses resultados muito contribuiu o registo a 100% da venda do Rojo, e é pouco compreensível como é que os auditores da Pwc permitiram registar toda a mais-valia do Rojo, sem a realização de uma provisão, tendo em conta o litígio da Doyen com o Sporting no TAS (Tribunal Arbitral do Desporto). Só nesta operação existem 15,75M€ de proveitos questionáveis, que por norma não deveriam ter sido registados da forma que o foram. A Doyen só recebeu 3M€ e reclama pelo menos 18,75M€ + juros de mora.

2ª situação: Por outro lado, para tal resultado positivo a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros atribuido pelo NovoBanco e Millenium Bcp, que terá superado os 10M€, neste Semestre. Ou seja, sem a influência dessas 2 situações "anormais", a Sporting SAD teria facturado 38,8M€ e teria custos de 40M€, apresentado resultados negativos no 2º Semestre de 2014/2015.

Ao nível dos Activos e Passivos, surgem outras 2 situações igualmente graves face às 2 situações que referi anteriormente (caso Rojo e perdão de juros). 

3ª situação: A Sporting SAD teve de recorrer a uma reestruturação financeira que envolveu um aumento de capital da SAD, passagem da SPM para a SAD (empresa detentora dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade), e recorreu a 127,9M€ de VMOC's, que são obrigações (financiamento) que serão obrigatoriamente convertidas em acções dentro de 10 Anos. E quanto às VMOC's das 2 uma: ou o Sporting dentro de 10 Anos arranja os 127,9M€ para adquirir as VMOC's ou a Sporting SAD passará a ser detida maioritáriamente pela Banca. Apesar de as VMOC's não serem registadas contabilisticamente como Passivo, na prática são responsabilidades que o Sporting terá de assumir se quiser manter o controlo maioritário da SAD.

4ª situação: Com base na informação do R&C, sabe-se que o Sporting "valorizou" os direitos de superfície do Estádio de Alvalade em 208M€ "brutos" e 147M€ líquidos!!! Se os direitos de superfície de Alvalade valem esse montante, gostaria de saber quanto valem os direitos de superfície do Estádio da Luz!

Considerando as 4 situações (contabilização indevida do "Caso Rojo", Perdão de juros por pressão junto da Banca, VMOC's que poderão levar à venda do Sporting à Banca, valorização "anormal" dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade) arrisco-me a afirmar que nem o Vale de Azevedo se lembraria de tais atitudes.

54 comentários via blogger

  1. Eagle tenho uma duvida em relação ao R&C do Porto, pelo que vi nos dois últimos relatórios não aparece os valores da venda do Fernando. Será que a renovação foi mesmo só pelo twiter ou o mangala foi por 30 para o Fernando ter ido de borla.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Fernando foi vendido antes de 30 de Junho de 2014, como tal é do exercício económico anterior 2013/2014:

      "d) alienação dos direitos de inscrição desportiva do jogador Fernando ao Manchester City, pelo montante de 15.000.000 Euros, que gerou uma mais-valia de, aproximadamente, 5.298.000 Euros, após dedução: (i) do efeito da actualização financeira das contas a receber a médio prazo originadas por estas transacções; (ii) de custos com serviços de intermediação prestados pela Onsoccer Internacional Gestão de Carreiras, SA; (iii) da proporção no valor de venda do passe detidos por terceiros (20%); (iv) valores a pagar ao jogador a título de indemnizações; e (v) do valor líquido contabilístico do passe à data da alienação, no montante global de, aproximadamente, 9.702.000 Euros;"

      Eliminar
    2. A Porto SAD em 2014/2015 apenas vendeu:
      - Mangala 30,5M€ com mais-valia de 22,8M€
      - Defour por 6M€ com mais-valia de 2,6M€
      outras mais-valias 0,4M€

      Adicionando outras receitas de 2,9M€ com jogadores e custos de 5,3M€ com jogadores, chega-se aos proveitos com jogadores no valor de 23,4M€

      Eliminar
  2. Ui. Foste mexer num ninho de vespas. Devem estar a chegar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vêem... pois agora que as participadas começam a entrar nos universos das SAD e a serem consolidados os resultados começa a ver-se o buraco.
      Se pensar-mos que por exemplo no caso do FCP falta ainda incorporar a Porto Comércio e Serviços... então começamos a entender a dimensão do buraco. Para já, e com a inclusão da EuroAntas, o passivo subiu dos 45M para os 278.5M... coisa pouca portanto.

      Luis Ribeiro

      Eliminar
  3. Corrige-me se estiver errado: Ao utilizar o método integral, o valor da Euroantas já está totalmente relevado no Capital Próprio (os tais 58M€). Sendo assim, se fizerem um aumeno to de Capital Social, será uma mera formalidade, visto não ir afectar o montante do Capital Próprio (apenas mudança de rubrica). Sendo assim, neste momento parece-me que essa SAD não tem mais incorporações no seu universo que possa salvaguardar o fairplay financeiro, quando derem cabo desse superavit que neste momento o capital próprio apresenta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o valor da EuroAntas está considerado como capital próprio, mas não como capital próprio (da empresa-mãe). A Porto SAD tem 47% da EuroAntas, em como tal aparecem os 58,3M€ de capital próprio da EuroAntas que dizem respeito ao clube. Na prática esses 58,3M€ não são capital próprio da SAD. São do Clube!

      O Capital próprio da SAD (empresa mãe) é de - 3,7M€. Não chegou passar apenas 47% da EuroAntas.

      Com um aumento de capital os valor de "interesses sem controlo" passariam para capital social.
      Só que para isso acontecer, tal situação ainda agravaria mais a situação do "Porto Clube" ao perder o controlo do Estádio, e ao nível das contas do clube a situação acabaria por ser prejudicial.

      Eliminar
  4. B. Eagle consegue confirmar se o nosso Benfica esta no caminho certo ou mais trabalho tem de ser feito? E o porto para onde caminham e conseguem recuperar ou para o ano tarao piores?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morley, a Benfica SAD neste momento é a mais sustentável, mais equilibrada e que mais factura em Portugal.

      Para a próxima época, se o Benfica quiser pode vender Gaitan, Salvio, Cancelo e Cavaleiro. Já tem propostas para isso e pode obter mais de 80M€ "brutos" e cerca de 70M€ de mais-valias. As propostas existem e são reais.

      Já o Porto para equilibrar este e o próximo exercício precisa de 45M€ + 70M€ de mais-valias.
      115M€ de mais-valias representam cerca de 150M€ "brutos".
      A Porto SAD nesse cenário teria de vender até 30 de Junho de 2016 Jackson, Danilo, Alex Sandro, Herrera e Brahimi.
      Tenho dúvidas que essas 5 vendas rendessem 150M€ "brutos", porque Danilo e Alex Sandro continuam sem renovar (com 1 ano e meio de contrato), Jackson caminha para os 29 anos e Brahimi tem a Doyen com grande %.
      Além das 5 vendas necessárias existem 3 emprestados com continuidade incerta (Oliver, Casemiro, Tello).

      Dos 11 titulares do Porto, 8 podem ter de sair até Junho de 2016.
      Já ao Benfica basta vender 2 titulares para estar descansado até Junho de 2016.
      Perante isto, responde-me tu.. quem achas que está pior? :)

      Eliminar
    2. Obrigado, boa analise como sempre!!

      Eliminar
  5. B E:
    Gostava que me explicasses se souberes, a receita bruta da BTV que disses-te onte jà està incluido
    as receitas de publicidade ou é so o dinheiro dos 9.90 por mês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A BTV tem 3 principais fontes de receita: Subscrições, Venda de direitos internacionais, Publicidade no canal.

      Eliminar
  6. Pergunta de um iliterado em termos de contabilidade...

    Muito se fala em activos e passivos.
    Qual o activo das 3 SAD + Clube... e qual o passivo?

    Luis Ribeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A informação pública é a das 3 SAD's.

      Quanto a clubes, sabe-se que o Benfica Clube tem cerca de 30M€ de passivo exigivel.
      Do Porto Clube pouco se sabe.
      Do Sporting Clube descobriu-se recentemente capitais próprios negativos superiores a 200M€.

      Eliminar
    2. Eagle, as contas dos lagartos não passaram a ser consolidadas? Pelo menos eles assim o afirmam.

      Eliminar
    3. As contas consolidadas conhecidas eram antes da reestruturação do Sporting, que aconteceu agora.
      Como tal teremos de aguardar pelas próximas contas consolidadas do clube Sporting.

      Eliminar
  7. Ou seja conclusão, a CS e os faccisosos podem então presumir que:

    O Benfica esconde dívida, mente, e escamoteia e tem um gigantesco passivo.

    O porto continua tudo na mesma, o negócio segue as usual como nos últimos anos e não há motivo para alarmes.

    O sporting não teve perdão de dívida ou juros isso é invenção e houve milagre financeiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL... de facto algumas mentes iluminadas tentam passar essa ideia na comunicação social.
      É pena a realidade ser outra :)))

      Dentro de uns tempos irei publicar a mais aprofundada investigação sobre as finanças dos 3 grandes, reportando aos últimos 15 anos, e as conclusões vão ser engraçadas :)

      Eliminar
    2. Obrigado Eagle :)

      Sim será muito interessante analisar essa futura publicação. Aguardarei ansiosamente.

      Já agora e porque das contas dos outros não entendo bem. Como é que é possível que há sensivelmente 2 anos eles tivessem um passivo nas Euro Antas de 21.6M€ e agora passando 47% da Euro Antas para a porto Sad eles tenham aumentado o passivo, da sad, em mais de 45Milhoes ? Batem certos os números ? Será que aumentaram o passivo em 10M provenientes da EuroAntas e os restantes 35M provem dos maus resultados da SAD ?

      http://4.bp.blogspot.com/-VErBAfQo8K8/UVQnAuZuSVI/AAAAAAAAK88/6CsJGniFu0c/s1600/AngelinoFerreira_ojogo_28-03-2013.jpg

      Eliminar
    3. está a confundir "divida financeira" com passivo ;)
      Passivo engloba mais rúbricas além da dívida financeira.

      Eliminar
  8. Benfica Eagle, o perdão dos juros pode ser considerado um acto de gestão. O apelidar de grave pode ser exagerado não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde quando é que uma empresa "FALIDA", que nem tem dinheiro para pagar juros, é um "acto de gestão"???

      Vou ter de comprar novos manuais de "gestão" LOL

      Eliminar
  9. Eagle,

    uma duvida. Na pagina 69 do R&C do Porko: "Por seu turno, o saldo registado na rubrica “Outros passivos
    correntes e não correntes” em 31 de Dezembro e em 30 de Junho de 2014 corresponde,
    essencialmente, a adiantamentos recebidos assim como a facturação antecipada à referida entidade
    relativamente aos direitos acima referidos aplicáveis a épocas futuras. "

    Eles já anteciparam 24M de receitas de TV de epocas futuras?

    Saudações,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Porto tem antecipado várias receitas junto da Olivedesportos, etc., para não recorrer à banca pagando juros pelos empréstimos.
      Isso já era conhecido nos anteriores R&C's. Só demonstra de que lado Joaquim Oliveira se encontra.
      A alguns clubes paga atrasado. Ao Porto até adiante dinheiro de várias épocas.

      Eliminar
    2. a Olivedesportos é accionista da Benfica SAD com uma participação de 2,6% ? (Porto SAD 10% e Sporting SAD 5,4%)

      Eliminar
  10. O que o Porto fez com a EuroAntas não foi o que o Benfica fez com a Benfica Estádio em 2009? Posso estar enganado mas penso que a Benfica SAD tem 100% da Benfica Estádio. O que o Porto está a fazer é o que o Benfica fez: tirar do clube e meter na SAD. Estou errado? Abraço

    António Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Silva, a questão é que a Porto SAD considera os 100% dos activos e passivos da EuroAntas, mas apenas tem 47% do capital social da EuroAntas.
      Como tal é preciso lembrar que o Capital Próprio da "empresa-mãe" continua NEGATIVO, apesar de a Porto SAD ter ficado com 47% do Estádio.
      Ou seja, Fizeram um aumento de capital que nem chegou para tapar o "buraco" financeiro, e isso é grave.
      O Porto continua com mais de 20M€/Trimestre de prejuízos, sem venda de jogadores. É um ABSURDO!

      Eliminar
    2. Mas isso é legal? A SAD ao ficar com 47% do capital social da EuroAntas não deveria ficar com 47% dos activos e 47% dos passivos?
      Ao que tudo indica a Porto SAD vai necessitar de novo aumento de capital. Então quer dizer que se os restantes 53% da EuroAntas passam para a SAD os activos e passivos mantêm-se inalterados? Só o capital próprio é que vai alterar por alteração do capital social? Volto a questionar se isso é legal...
      Abraço

      António Silva

      Eliminar
    3. É legal a partir do momento em que colocaram no Balanço os interesses sem controlo de 58,3M€, e o capital próprio da empresa-mãe com -3,7M€ negativos.

      Sim, se existir aumento de capital do Porto Clube, através do dinheiro da compra dos 53% da EuroAntas, passam os interesses sem controlo para capital social, e isso não irá alterar activos e passivos. Continua a ser legal.
      Nesse cenário desaparecem interesses sem controlo e o capital social da Porto SAD aumentaria 58M€.
      Só que quando isso acontecer o Porto Clube fica numa situação mais complicada.

      A Porto SAD poderia ter utilizado o método de consolidação integral, proporcional ou de equivalência patrimonial.
      Apesar de ter 47% utilizaram o método integral, já que é um método mais transparente.

      Nesse aspecto até concordo com o método utilizado, até porque em breve, é muito provável que tenham mesmo de passar os 100% da EuroAntas para a Porto SAD devido a prejuízos acumulados.

      Eliminar
  11. Os 10M do perdão do sporting são anuais ou absolutos?
    Em relação ao nosso SLB esperava que já estivessemos na situação que considero ideal: resultado operacional a cobrir boa parte ou totalidade dos custos financeiros.... Uma situação em que não estejamos a necessitar de vender para pagar custos financeiros era o ponto de partida ideal para levar o clube a outro nível no panorama nacional e europeu....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Juntando o financiamento bancário às VMOC's (que também deveriam pagar juros normais) chegamos a um valor de financiamento semelhante ao do Benfica: Cerca de 300M€ que deveriam pagar juros.

      O Benfica paga cerca de 24M€ de juros ANUAIS.
      O Sporting deveria pagar um valor semelhante em termos ANUAIS.

      Os 10M€ foi o perdão neste SEMESTRE (6 meses). A continuar a tendência serão 20M€ de perdão de juros neste época.

      É um ABUSO e um ESCANDALO para todos nós, que sendo particulares ou empresas, nunca teremos alguns empréstimos com juros de 0% ou taxas médias globais de juros a rondar os 2%.

      Eliminar
    2. (Continuação)

      Quanto ao Benfica, e aos clubes portugueses: os Proveitos OPERACIONAIS fazem a cobertura dos Custos OPERACIONAIS. No Benfica isso sempre aconteceu. No Porto e Sporting, nem sempre isso aconteceu.

      Os proveitos (mais-valias) com venda de jogadores fazem a cobertura das contratações de jogadores + custos financeiros.

      Em termos operacionais o Benfica é de longe o clube mais sustentável.
      Daqui a uns tempos irei apresentar uma análise das 3 SAD's, desde 2000 até agora, onde isso ficará claro.

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Percebo mas olhando para os números são muitos encargos financeiros em relação aos resultados operacionais, na minha opinião. Para não falar que contar com vendas de jogadores para cobri-los é viver no risco e pouco sustentável no longo prazo. Fico a aguardar essa análise.

      Eliminar
    4. Islander, a meio do mês essa análise irá sair e irá dar muito que falar.
      Se existiram ou existem clubes a "viver no risco" ... são o PORTO e o SPORTING!
      Espero que a meio do mês possa aparecer e comentar essa análise que irei publicar.
      Cumprimentos

      Eliminar
  12. Eagle, antes de mais agradeço o teu trabalho que, pelo menos a mim, muito me elucida. Será que me podes ajudar a perceber a valorização dos "planteis" nos activos? Tivemos a caricata situação, que expuseste, dos 94 milhões do record que será o "valor" do nosso plantel no activo da SAD? No entanto não percebo como é que este valor surge, parece que há uma avaliação do plantel? quem é que a faz? E pergunto se é feita do mesmo modo nos 3 clubes?

    Um abraço benfiquista
    Luís Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Plantel, a preço de custo (pagamento da transacção a clubes + prémio de assinatura a jogadores) custou 175M€.

      Ao nível de cada contratação existem regras para a contabilização.

      Um exemplo: Samaris contratado por 10M€ e contrato de 5 anos.

      No Ano 0 (momento da contratação) o passe tem de ficar avaliado na contabilidade por 10M€ (PREÇO DE CUSTO).
      Final do Ano 1, o passe fica avaliado por 8M€ (PREÇO DE CUSTO - 20% de Amortização)
      Final do Ano 2, o passe fica avaliado por 6M€ (PREÇO DE CUSTO - 40% de Amortização)
      Final do Ano 3, o passe fica avaliado por 4M€ (PREÇO DE CUSTO - 60% de Amortização)
      Final do Ano 4, o passe fica avaliado por 2M€ (PREÇO DE CUSTO - 80% de Amortização)
      Final do Ano 5, o passe fica avaliado por 0M€ (PREÇO DE CUSTO - 100% de Amortização)

      A essa desvalorização dos passes chama-se "Amortizações" e têm de ser consideradas nos custos anuais da Benfica SAD.

      Se todos os jogadores (plantel A + plantel B + emprestados) custaram 175M€, e agora valem 94M€ (na contabilidade) isso significa que ao longo dos contratos os jogadores já foram Amortizados em 81M€.

      Se por exemplo o Samaris fosse vendido no final do 2º ano, o seu passe valia na contabilidade 6M€.
      Se o Benfica o vendesse por 20M€, então a sua mais-valia contabilística (de forma simplista) seria (20M€-6M€=14M€).
      E é mais-valia de 14M€ que entra como receita do exercício (proveitos). Por isso é que muita gente confunde os 2 valores. (preço de venda e mais-valia são diferentes). Nos proveitos com jogadores aparecem os valores das mais-valias contabilísticas, e não o valor total das vendas.

      Um Abraço

      Eliminar
    2. PS: O que expliquei são regras contabilísticas. Todas as empresas têm de amortizar os investimentos, conforme as regras definidas.

      Eliminar
    3. Obrigado amigo e até um próximo pedido meu (n publiques é só um agradecimento)

      Luís Martins

      Eliminar
    4. Luis Martins, um colega já tinha publicado o comentário.
      Sem problemas.
      Abraço

      Eliminar
  13. Porque é que a rubrica "outros proveitos" do porto é tão baixa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque o Benfica coloca as competições europeias nessa rubrica "outros proveitos", e o porto não.
      É apenas uma forma de categorização de receitas. Embora considere que a categorização do Benfica faça mais sentido.

      Eliminar
  14. Caro Eagle,

    Parabéns por mais um excelente Post.
    Já me torno repetitivo nos elogios, mas tenho que realçar a forma correctissima como apresentas as contas.
    Como tenho dito desde algum tempo, a parede aproxima-se e há quem corra na sua direcção em alta velocidade.
    Felizmente o Benfica inverteu a tendência de aumento do endividamente e seguindo esta linha estratégica vai naturalemtne dominar o futebol português ( no campo, pois é aí que se joga lealmente ) nos próximos anos.
    O que é curioso é que nesta conjuntura o Porto continue a tentar travar o inevitável através de investimento desmesurável!
    Estou também curioso sobre o que irá ocorrer nos próximos 6/7 meses, i.e., o que é que PC irá entregar ( jogadores) a Lopetegui no próximo ano.
    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro R. agradeço o comentário e também estou curioso para ver o plantel da próxima época.

      Na minha óptica, o Porto terá de baixar os custos operacionais em pelo menos 20M€/Ano, até porque no próximo exercício não vai poder registar o prémio de participação na champions, em julho. o mesmo vai ser registado no final desta época. Isso implicaria baixar novamente os salários de 70M€/Ano para 50M€/Ano.

      Já se sabe que foram resgatar o André André e o Sergio Oliveira para o meio-campo, com o aval de Lopetegui.
      São 2 jogadores baratinhos, e sairão Oliver e Casemiro, jogadores com salários elevados.

      Jackson, Danilo e mais 1 ou 2 titulares devem sair (com salários elevados).
      Adrian Lopez está a desvalorizar e é uma dor de cabeça para resolver (salário elevado).

      No balanço, o Porto ainda tem mais de 45M€ de contratações realizadas por pagar, e das vendas efectuadas tem apenas cerca de 20M€ por receber.
      Sem os fundos de investimento a ajudar (1ª época em que isso vai acontecer) estou muito curioso para analisar a política de contratações do Porto no próximo verão.

      Abraço

      Eliminar
    2. Benfiquista atento03/03/15, 14:31

      Na minha opinião o Porto vai ter de baixar os salários anuais por um valor superior aos 20M indicados pelo BA já que isso são apenas 5M/trimestre. Quando sabemos que o Porto tem os custos financeiros a aumentar e resultados líquidos por trimestre superiores a -20M terão de baixar os custos operacionais que nesta altura já estão a 120M/ano (60M/semestre), entre 30% e 40%.
      Tem razão no prémio da Champions, mas no próximo ano de certeza que não irão ter os restantes 11M de prémios que tiveram neste primeiro semestre.
      Estão a apostar em jogadores portugueses que têm salários baixinhos, custam pouco e são adeptos do Porto. Vamos é ver a qualidade do plantel. Adepto do clube não é automaticamente sinónimo de qualidade.

      Eliminar
    3. É natural que num mundo ideal teriam de baixar os salários em mais de 20M€/Ano.
      No entanto acho isso muito difícil no curto prazo. Contratos de longa duração.
      É uma rubrica difícil de baixar de um momento para o outro.
      Só com uma razia no plantel é que isso poderia acontecer.

      Eliminar
  15. os andrades ja so devem 12 milhoes (ou 16, ja nao sei bem) do estadio que fiacara pago num par de anos. acho que é o maior trunfo deles sobre nos e o sporting

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Juízo! O Porto sem venda de jogadores até Junho de 2015 fica com mais de 100M€ de prejuízos em 5 épocas (2010-2015). O desespero para vender jogadores é grande.

      Eliminar
    2. Benfiquista atento03/03/15, 14:39

      Exacto! Juízo! No último 1,5 anos o Porto teve 18,5M de EBITDA, o Benfica teve 125M. Uma diferença que diz tudo sobre a gestão dos 2 clubes.
      O Porto pouco pagou do estádio e restantes instalações já que a maioria dos custos foram pagos pela CMP e pelo erário público em subsídios. Como o centro de treinos do Olival pago pela CMG que lhes custa 3000 €/mês de aluguer e que levaria 445 anos a pagar sem encargo de juros.
      Agora até passaram a alugar as piscinas de Campanhã por 2300€/Mês, que são da CMP. O Benfica construiu e pagou as suas com o seu dinheiro.
      Gerir uma empresa com equipamentos pagos com o dinheiro dos outros é muito fácil. O Porto agora é conhecido na cidade do Porto como o Futebol Outsourced do Porto.

      Eliminar
  16. Bom dia!
    BE Segundo vi num blog do sporting eles apresentam os valors arrecadados 31,2 (proveitos operacionais) sem contar com os valores da venda do Rojo, segundo percebi tu não concordas com estes valores apresentados desta forma certo?

    Rafael

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é nos proveitos operacionais que se registam as mais-valias com a venda de jogadores.
      Se for ver à tabela que coloquei no topo deste post, verifica que existe uma rúbrica de proveitos com jogadores onde o Sporting registou 20M€. Foi nessa rúbrica que o Sporting registou indevidamente a grande parte do Rojo.

      Ou você leu mal, ou o blog nem sabia dessa rúbrica.

      Eliminar
  17. http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/desporto/detalhe/infografia_benfica_e_o_campeao_da_divida_sporting_leva_a_taca_nos_lucros_e_porto_fica_com_prejuizos.html

    ResponderEliminar
  18. Presumo que as contas do EAGLE continuem a bater certas...Sobretudo depois das vendas do Gaitan e do Salvio que geraram uns quantos milhões...E a continuarem a encher estádios assim...Com a vantagem que levam no campeonato...E as recentes vitórias sobre os principais adversários...Concordo que a SAD do seu clube seja a mais sustentável, mas não creio que a diferença entre activo e passivo seja essa. Já agora, a valorização dos jogadores não depende também dos resultados desportivos, da qualidade de jogo apresentada e da forma em que se encontram?

    ResponderEliminar
  19. As contas dos primeiros nove meses das três SAD mostram uma evolução favorável dos números do Sporting, que apresenta os lucros mais elevados. O Benfica baixou o passivo mas continua a ter o maior endividamento, enquanto a Porto SAD continua com resultados negativos. Conheça todos os números.

    in http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/desporto/detalhe/infografia_benfica_e_o_campeao_da_divida_sporting_leva_a_taca_nos_lucros_e_porto_fica_com_prejuizos.html

    junho de 2015......
    quem esconde o quê?

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes