O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Avatar

Será por isto que Jesus não aposta na formação?

 ●  + 37 comentários  ● 


Para quem não consegue ler o que destaco na foto, resumindo, diz basicamente que o Jesus considera que os míudos da formação não têm capacidade física para o plantel principal sendo, na generalidade, jogadores muscularmente franzinos, tendo o treinador da equipa principal já exposto essas queixas ao Presidente.

Ora duas notas sobre isto:

1. UM ANO (ou mais) DE ATRASO!
Há imenso tempo que neste blog eu refiro que parece que o trabalho a sério do LORD só começa nos séniores, quando na verdade deveria começar no último ano de juvenil e ir ganhando expressão de relevância de acordo com o aumento da idade até atingirem um ponto mais efectivo no último ano de junior e no primeiro de sénior (ou de equipa B).

Não é preciso perceber de fisiologia para saber isto, nem deveria ser preciso o Jorge Jesus se queixar para se melhorar este aspecto. E mais: Não é só o aspecto físico que importa melhorar, mas também o acompanhamento mental (psicológico) dos jovens, nomeadamente de quem entre para um "plano de elite" (the best between the best) e que os prepare, por exemplo, para uma primeira temporada de mais trabalho e menos jogos, quando chegam à equipa principal. Mas há mais: Um acompanhamento "tutorado", ou seja, agarrar em quem já fez este percurso (não tem que ser só no Benfica, mas preferencialmente) e trazê-los para o Seixal para serem "tutores" do processo de evolução destes jovens. Lembro-me de nomes como o Veloso, Chalana, Simões, José Augusto, Bastos Lopes, Diamantino... bastam 2 ou 3 para suportar um plano destes, em estreita ligação com Jorge Jesus e com o líder do futebol do SLBenfica.

Ou seja, estamos a começar a perceber onde está o real problema, tal como eu há umas semanas aqui levantei a questão: Se investimos e não aproveitamos o problema ou está no treinador que não quer ou tem preconceitos... ou está na área de formação que não os prepara adequadamente além das valências técnicas.

2. NÃO É PRECISO "DEVOLVER A MERCADORIA"
Aqui eu e o treinador temos pontos de vista diferentes. O mister Jesus tem todos os recursos "à mão" para poder recuperar o tempo perdido e por os miúdos a trabalhar o físico. O Quique Flores, ou melhor o Paco Ayastaran, fez isso com o David Luiz, DiMaria e Cardozo, resultado? Foi o tal "trabalho invisível" que levou tantos a gozarem o espanhol, mas que no ano seguinte fez com que estes jogadores se apresentassem ao mais alto nível fisica e fisiologicamente mais adaptados às exigências.

Mas isto depois é uma "pescadinha de rabo na boca". Estarão os miúdos prontos para passar um ano a "dar no duro" nos treinos e com trabalho extra, sem jogarem ou jogando pouco? Estará o Jesus pronto para acompanhar esse trabalho, transmitindo-lhes a confiança necessária para eles encararem esse trabalho?

Não é o perfil do Jesus "formar jogadores" mas sim "Formar Equipas", por isso... este ponto não acontece e os míudos acabam dispensados, vendidos, emprestados ou devolvidos à B, como aconteceu com o João Teixeira e que, olhando à próxima época tem agora quatro jogadores à frente dele: Samaris, Cristante, Fejsa e Amorim.

CONCLUSÃO: Percebo o Jesus e ele tem mesmo que impor mudanças.

Ou seja, o tempo encarregou-se de responder à minha pergunta que era, diga-se, fundamental ser respondida. Pelos vistos o grande problema não está na qualidade dos jogadores, nem no treinador ser preconceituoso, o problema está no que não é dominado nem por uns (jogadores) nem pelo outro (treinador) que é o errado, incompleto e porventura incompetente "Processo de Transição das Camadas Jovens".

Não sabem fazer? Vão a Barcelona, Madrid, Clairefontaine, Amesterdão... há tantas opções e passem tempo a conversar com os melhores do Mundo sobre esta matéria.

Deixem de continuar a dar palestras sobre formação... e passem a ouvir palestras sobre o que fazer para maximizar os resultados com a formação, porque aqui não temos, por enquanto, muito para ensinar a ninguém, embora eu acredite que na Direcção do Futebol de Formação se acredite que somos bons nisso, lá está depois o "jogo dos egos" tão típico do Benfica... todos acham que fazem bem o seu trabalho e a culpa é sempre do próximo.

A qualidade do jogadores está lá! Do melhor que há na Europa porque a nível de formação e prospecção somos mesmo muito bons. O processo de transição é penoso e fraquíssimo, para não dizer inexistente.

Modelos há muitos, eu sem conhecimentos técnicos nem nada que se pareça já sugeri um que pode ter uma ideia a ser (muito) melhorada e ser criado um modelo mais estruturado e científico: O que é a Formação? Em três grandes clubes e no NGB...

Agora a questão importante para isso tudo é: Qual a capacidade de quem tem a necessidade (treinador da equipa principal) influenciar quem tem a oferta (direcção do Caixa Futebol Campus)? Um "reporta" ao Rui Costa, o outro ao Domingos Soares Oliveira... algo aqui está a falhar logo de base!

Quem tem a necessidade, tem que liderar! Não o treinador mas a Direcção. Ou seja, o futebol de formação, pelo menos a partir dos Juvenis em que deve existir o tal "Plano de Elite" deve estar na mesma dependência hierárquica do futebol profissional. Ou na pior das hipóteses, pode haver uma Direcção do CFC (Armando Jorge Carneiro) para efeitos operacionais e uma Direcção do Futebol (Rui Costa) para efeitos técnicos. Um define o quê, quem, como e quando deve ser "entregue" ao futebol profissional, o outro responsabiliza-se por ter os meios e efectivar o trabalho que o permita.

Ou então continuem a "brincar aos egos" e a fingir que formam seja quem for, esperando pela sorte que ele apareçam fortes e possantes sozinhos.

37 comentários via blogger

  1. Bom post! Ao inicio julgava que o caixa futebol campus tinha sido construído com esse propósito em mente, mas pelos vistos não...

    - Tiago Cardoso

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me do Roderick Miranda a tentar ganhar lances a adversários e parecia sempre patético, sem duvida que na formação se desenvolve muito a componente técnica dos jogadores, mas falta sem duvida a componente física que é necessária nos grandes clubes (vejam o Ronaldo, Balle e Figo antes e depois de chegarem ao Real Madrid).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e porque raio isso não acontece no Benfica desde a saída do Ayastaran???

      Eliminar
    2. E por que é que ainda não se deu novamente trabalho ao excelente preparador físico Paco Ayastaran ?

      Há 2 ou 3 anos atrás, numa entrevista ao AS, o homem até se 'ofereceu', sem dobrar a cerviz, tanto foram os elogios à grandeza do Sport Lisboa e Benfica - Clube e aos seus adeptos.

      Eliminar
  3. A formação é uma área de grande complexidade e que sendo extremamente exigente está também dependente de variadíssimos factores, quer de natureza técnica ( aqui não me estou a referir especificamente ao jogo mas sim técnica de formar que engloba questões fisiológicas, técnica individual, desenvolvimento psico-motor, táctica ...) quer de natureza cultural (onde se inclui o meio de origem, a família, o meio onde está inserido, o grupo de amigos ...), além de variáveis de contexto.
    Claro que as metodologias utilizadas e a competência dos formadores têm grande importância neste processo verdadeiramente aliciante e no qual eu já desenvolvi trabalho embora a um nível diferente.
    Para tornar o processo ainda mais complexo existe desde há algum tempo uma premissa fundamental que reside em primeiro formar o homem e só depois o atleta de competição, algo com o qual eu concordo em absoluto, mas que não é uma situação que mereça a concordância de todos.
    E agora vem a variável mais interessante – a dos resultados. É que neste processo querem-se obter resultados, que podem ser diferentes segundo o ponto de vista:
    - desviar jovens de problemas sociais, formando-os para a vida
    - ganhar competições jovens
    - integrar progressivamente jogadores jovens nos planteis seniores exigindo resultados às equipas
    - alimentar com jogadores jovens os planteis séniores exigindo resultados exigindo resultados às equipas
    - formar jogadores jovens para vender e rendibilizar estruturas

    Por isso os resultados da formação no futebol e também em áreas massificadas onde a oferta é imensa são tão dificeis de atingir da forma como os agentes pretendem.
    Isto não significa que não se aposte nessa área e que a metodologia não seja determinante.

    O que eu acho é que no desporto poucas coisas são facilmente linearizadas e muito menos a formação.

    Se assim não fosse, como se explica que a Argentina, o Brasil ou a Colômbia sejam viveiros fantásticos de jogadores?
    Mas por outro lado tenho a convicção que na Alemanha e Bélgica há de facto metodologia de trabalho que resulta em equipas e jogadores seniores de grande qualidade.

    Ainda assim tenho a convicção que a formação do Benfica nos há-de dar muitas alegrias num futuro próximo.

    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebi NADA do que escreveste ou seja de onde querias chegar.

      Desculpa

      Eliminar
    2. Eu percebi tudo o que ele escreveu e concordo. Já tu que és um conhecido especialista na matéria naturalmente não percebeste nada. O post mostra que de facto temos aqui o maior especialista de fisiologia do treino em Portugal. Pena estar-se a perder-se um talento destes em blogues manhosos.

      Eliminar
  4. É por isso que o Talisca está a ser aposta firme, não? É muito forte fisicamente... Não me venham com essas histórias das qualidades físicas... O fortíssimo Luis Felipe é melhor que o Cancelo? O pujante Jara é superior ao Bernardo?? E por falar em Bernardo, experimentem comparar a estrutura física do melhor jogador do mundo (Messi) quando começou a jogar no Barcelona com a estrutura do Bernardo... Quem tem qualidade deve jogar. Ponto. Essas desculpas para não haver aposta na formação não me convencem nem um pouco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso foi o que referi: se será uma boa desculpa (e nesse caso não faz sentido ele não trabalhar os miúdos nesse sentido) ou se há favorecimento de terceiros ou, o que eu acho, uma guerra de egos entre ele e o Armando

      Eliminar
  5. E o Jonas quando é que assina? Sim porque eu acredito que está feito e em Janeiro vai o Enzo e mais dinheiro para o Valencia e isto é tudo uma novela mas o Jonas vem para o SLB via Valência (rescinde mas com destino já certo para nós)

    A ver vamos se não tenho razão.
    Já digo isto mal vi no dia 31 a rescisão dele

    Alberto.

    ResponderEliminar
  6. Já tenho essa ideia há muito tempo, que por ser algo objectivo, nem é bem ideia, para mim é facto, já que só de olharmos para os miúdos da formação percebemos que não tem capacidade fisica para estar no plantel principal. Por muita qualidade técnica que tenham, imaginem jogos com Bayer Leverkusen, ou os jogos fora no inverno no norte. Olhem para o Cristante, e vejam como um miúdo de 19 anos já aguenta o choque de um jogador robusto e experiente.

    A nivel psicológico também existem debilidades, mas isso não é só do Benfica, isso é transversal, não é por acaso que, saldo raras excepções, as nossas selecções não têm estofo para os momentos decisivos. O jogador português sempre foi mentalmente fraco, apesar do exemplo que contraria tudo isso, Ronaldo, dos jogadores mais fortes a nivel mental que já vi jogar.....mas nesse caso desconfio que para isso muito contribuiu Alex Ferguson, não deixando de dar o devido crédito à academia do sporting, que trabalha realmente para fornecer a equipa principal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então tantos milhões gastos e falhamos no essencial?

      Eliminar
    2. Mas uma coisa são os investimentos em aquisições, outra é a implementação de planos de desenvolvimento fisico e mental dos jogadores da formação.

      Os investimentos em contratações têm de acontecer. Se pagamos a mais só o tempo e resultados o dirão, mas acho que o futebol profissional já deu provas que sabe descobrir jogadores, potenciá-los e vendê-los com margens muito interessantes, e é nessa linha que são feitas as contratações desta época também.

      Quanto ao trabalho na formação....a nivel mental concordo que a presença e acompanhamento de velhas glórias do clube, nomeadamente jogadores que demonstravam força mental, é muito importante. Mas o jovem jogador português tem, acima de tudo, de ser mais humilde, e não se julgar logo um Ronaldo porque foi jogar para o Benfica e tem um penteado xpto....todos os dias aqueles miúdos têm de levar um banho de humildade e saber que no dia seguinte têm de trabalhar ainda mais para serem melhores que na véspera, e trabalhar sempre com máxima concentração, determinação e ambição.

      A nivel fisico, não percebo nada disso, mas sei que o trabalho de musculação antes dos 21/22 anos impede o crescimento total que um jovem pode ter. Mas torna-se complicado depois jogar contra equipas que têm miúdos de 18/19 anos já perto de 1,90m. A partir dos 21/22 anos acho que todos os jogadores deveriam desenvolver a componente fisica ao máximo. Isso muitas vezes dita ganhar ou perder um lance que pode decidir um jogo.

      Eliminar
  7. É mais que obvio que o JJ nao aposta nos da casa devido à questão física.
    Olhem para as contratações dos jovens estrangeiros que têm logo lugar na equipa. Cristante, Talisca, Cesar
    Podem jogar bem ou mal, mas aguentam a bola quando recebem uma carga. Conseguem ganhar muitas bolas de cabeça. E isto pode decidir muitos jogos.
    Vejam o jogo ontem de Portugal Sub-21, nao se podia fazer cruzamentos porque eles tinham mais fisico, logo a estratégia de jogo estava limitada e defensivamente era um problema sempre que havia uma bola parada.´
    O JJ entende e bem que os jogadores têm de primeiro ter fisico para os poder evoluir no plano tecnico-tactico.
    A formação tem de acompanhar as necessidades das competições


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para bem das tuas teorias do mundo perfeito... é bom que seja mesmo como eu escrevi senao isso quer dizer que o Jesus nao aposta nos jogadores por preconceito...

      Eliminar
  8. Ainda o ano passado saiu uma notícia semelhante... A CS não precisa de muito para ter o rebanho a seguir as balelas com que enche os jornais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Encontraram finalmente mais uma razão para criticar o clube, agora nas pessoas do JJ, dos fisioterapeutas e nos especialistas que gerem o LORD. Uns incompetentes!!

      Eliminar
  9. Talisca forte fisicamente? LOL

    Cristante aguenta as cargas? LOL presumo que sejas presença assídua nos treinos do Milan, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os jovens têm de ganhar "caparro".
      Analisem o que era Cristiano Ronaldo no Sporting e o que é agora.
      Não basta ser bom. Até o próprio Messi ganhou "caparro".
      Esse aspecto fisico está a ser um falhanço, e admira-me que só agora... passados muitos anos .. se perceba a existência desse problema.

      Eliminar
  10. E tu?
    Mister eu e o meu EGO!!!!
    Assistias aos treinos do Milan?
    Como sempre cais que nem um pato nas tuas próprias limitações ao nível do conhecimento.
    Quem é que te disse que um futebolista para ser forte fisicamente tem de ter um grande caparro??
    Vou voltar a repetir,vai tirar um curso de treinador,para deixares de escrever banalidades,para não chamar outra coisa.
    Podes mandar mais um para o lixo,da tua sapiência!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao fui eu que escrevi, sem nunca ter visto o jogador, que ele é forte fisicamente ou que tem capacidade fisica.

      Eliminar
  11. "O Benfica foi distinguido pela UEFA como o clube que “melhor interpretou os valores da competição” na primeira edição da UEFA Youth League, na qual os “encarnados” foram derrotados na final pelo FC Barcelona (3-0). “A UEFA considerou que o Benfica utilizou esta competição de uma forma exemplar como uma plataforma de desenvolvimento para complementar os seus programas de formação e treino”, revelou o Benfica."

    ResponderEliminar
  12. Concordo em absoluto. O erro na formação está na capacida fisíca que é franzina e logo muito mais precoce a lesões.

    Reparam no puto franzino (Cristiano Ronaldo) quando saiu do Sporting e após um tempo de estar no Manchester...
    Vejam a estrutura física do Bale antes e depois de ir para o Real Madrid...

    DH

    ResponderEliminar
  13. Com que então o Correio da Manhã já éfonte pera grandes teorias. eheheheh

    Vê-se logo que não percebes nada de futebol. Percebes de bola, de futebol não percebes.

    É que a suposta notícia do CM é tão ridícula que o facto de te baseares nela mostra o que percebes.

    E quanto ao que se faz no Seixal estás muito longe de saber o que se faz, ou não te baseavas no Correio da Manhã.

    Ganha juízo e escreve do que sabes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim o CM só serve se fosse para dizer que a notícia queria dizer que o Teixeira está a ser preparado para ser lançado

      Eliminar
    2. O CM sóserve para usar no wc e não é para ler!

      Eliminar
  14. Eu penso que não é nos anos de formação (juniores, infantis,…), que os jogadores evoluem mais fisicamente, mas nos primeiros anos de seniores, apartir dos 18-20 anos para cima, pois o corpo aí, com trabalho específico de musculação, ganha mais em massa muscular. Vê-se frequentemente nos grandes clubes europeus, jogadores saírem da formação, ou contratados com corpo franzino, e só depois ganharem caparro, com trabalho específico. Vêm-me à memória alguns exemplos : Ronaldo (o fenómeno), ganhou músculo não no PSV, mas no Barcelona. Cristiano só desenvolveu no Manchester. Lembro-me também de Evra quando saiu do Monaco, e como ficou no Manchester. Nasri no City. E mais haverá certamente.

    Por isso, apesar desse trabalho de musculação poder e dever ser já iniciado nos anos de formação, nada impede os clubes de trabalhar os jogadores nos primeiros anos de senior. Di Maria quando chegou da Argentina, com a idade que tinha não podia obviamente ter o físico que tem hoje. João Teixeira, com 20 anos, ainda vai a tempo. Trabalhar, trabalhar…

    Jonny

    ResponderEliminar
  15. "(...) em estreita ligação com Jorge Jesus e com o líder do futebol do SLBenfica."

    Líder? Qual líder? Alguém sabe quem é o líder do futebol do Benfica? Se souberem e tiverem oportunidade, perguntem-lhe então porque é que continuamos sem ter um guarda redes, um defesa central e um ponta de lança em condições.

    Já agora, considerando que Jesus considera os jogadores da formação franzinos, Messi e Neymar nunca jogariam no Benfica?

    Quando é que o Benfica arranja um presidente? Com tanta merda de funcionários que há na estrutura, não se consegue arranjar ninguém para trabalhar os miúdos nas camadas jovens? Nem que seja lagarto ou murcão?

    ResponderEliminar
  16. O problema é que neste momento o Benfica não sabe como fazer a transição para a equipa A, nunca foi apresentado um plano, não se pode estar dependente do que o Jesus quer, porque amanhã ele vai-se embora e pufff, lá se foi o trabalho. Temos de ter um plano concreto sem dependencias de treinador, temos de criar um perfil, uma identidade, se o objectivo do Benfica daqui para a frente é ter sempre equipas à "Jesus" aí sim, concordo com o artigo, há que trabalhar o aspecto fisico, pois o futebol de Jesus requer ser-se forte fisicamente.
    Acho que este é o melhor momento para começarmos a definir uma identidade, temos jogadores acima da média nas camadas jovens, é necessário elaborar um plano para poder aproveitá-los.

    Mouse

    ResponderEliminar
  17. Finalmente escreves um post construtivo!!!!! Conforme sabes sou um acerrimo critico da forma como colocas as coisas mas desta vez utilizaste o cerebro!

    Até que enfim que consegues perceber que o jogador nao está pronto para ser titular no Benfica A! Até que enfim que percebes que não é por se ter toque de bola e visão de jogo que se consegue jogar 90 minutos ao ritmo a que joga a nossa equipa! Se assim fosse ai, ainda nos dias de hoje, era craque (modéstia á parte :D )!

    Não só temo que tenhas razão quanto á guerra de egos como tenho quase a certeza que estás!

    Se a ideia fosse mesmo criar condições para o treinador ter condições para apostar nos jogadores que vêm da formação não se cometeriam tantos erros como se cometem! Ou faz algum sentido ir buscar um avançado polaco de 17 anos (que a seguir é despachado), um lolo plá que de seguida tb é despchado, um aramiz que tambem já foi, um funes mori que tambem já foi...e agora mais dois avançados jovens que chegaram este ano...e que no proximo já cá não deverão estar! Será que os minutos de jogo que estes gajos todos tiraram a um Rui Fonte ou a um Guedes (sim, porque o guedes o ano passado tinha 16 anos mas ao ve-lo no meio dos da sua idade parecia que tinha 20) não lhes teriam permitido ser agora muito mais fortes naquilo que o JJ diz serem as suas carencias?!....

    não há justificação nenhuma para que não se preparem jogadores A SERIO quando estes já têm todo o potencial que se lhes reconheçe!

    ResponderEliminar
  18. Meus caros,
    A formação é para enganar tolos !
    É assim no SLB ,no SCP e no FCP
    Foi dada importância aos jovens do SCP porque não havia dinheiro para nada, ou seja não havia mesmo outra possibilidade, mas se olharmos para o SLB ou FCP onde aparentemente existe dinheiro o aproveitamento é zero porque o importante é movimentar dinheiro em compras, pagar comissões etc etc .
    Os clubes grandes falam da formação , agora ate esta na moda , centros de treino Seixal, Alcochete e Olival , todas as condições de trabalho , campos de futebol, ginásios , instalações hoteleiras , médicos, massagistas alimentação cuidada não falta nada …. Ou será que falta ?
    Quem foi campeão nas camadas jovens este ano ????
    Pois é amigos , foi o Braga e o Guimarães !!!!!
    Como simpatizantes do SLB,SCP E FCP devíamos todos corar de vergonha !!!!!
    Tudo que esses senhores treinadores e dirigentes dizem é areia para os nossos olhos , pois são as estruturas dos clubes grandes que não pretendem formar jogadores para poderem depois dar desculpas com a parte física, técnica, o gato ou o cão para depois poderem pagar 6 milhões por um Italiano e o FCP pagou quase 1 milhão por um guarda redes mexicano para a equipa B .
    Espero que alguém me possa explicar como é possível deixarmos ( SLB,SCP,FCP) que o Braga e o Guimarães sejam campeões nas camadas jovens , intrigante não ???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então fomos campeões de juniores e juvenis em 2012/2013 e iniciados e juniores c em 2013/2014 por sorte?

      Eliminar
  19. nem sei porque estas preocupado, é que de certeza a nossa grande estrutura já anda à muito a fazer isso, devias era de apoiar mais isso sim é que fazia toda a diferença.

    ResponderEliminar
  20. Não,não é intrigante!!!!
    Intrigante é tu não saberes como essas duas equipas foram campeãs e de que maneira-
    Isso sim é deveras intrigante!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  21. Benfica By GB,

    É possível que eu não me tenha conseguido fazer entender.
    O que eu quis dizer é que:
    - há vários objectivos e interesses na formação
    - há poucas certezas quanto à melhor forma de fazer a transição para o futebol sénior ( vê por exemplo que aquilo que o AJAX fax que consiste em em todos os escalões jovens terem o mesmo sistema tactico é neste momento colocado em causa por causar pouca versatilidade tactica aos jogadores )
    - há imensas metodologias que num sitio podem resultar e em outro não ( a questão cultural é importante)

    e ainda que no benfica penso estar-se a fazer um bom trabalho, mas que é sempre possível ser melhorado.

    Agora quando me dás como exemplo o Real Madrid digo-te que os resultados residem essencialmente na venda de jovens jogadores para outros clubes 8 também não sei se este será um objectivo do Real!) e há neste momento muito pouco aproveitamento dos valores na equipa sénior.

    Agora uma coisa é certa:
    - há trabalho a desenvolver.

    Pedro R.

    ResponderEliminar
  22. Benfica by GB, parece q estas a fazer um esforço muito grande para desculpar o JJ. Normalmente concordo com o que escreves e admiro o fact de seres um acérrimo defensor da formação. Agora a questão do "caparro" não me parece que me faça muito sentido.

    Vamos por partes:

    O padrão de jogo da equipa principal é diferente do padrão das equipas da formação. Naturalmente isso acarreta diferentes recrutamentos das diferentes dimensões do jogador o (fisiológica, psicomotora blá blá blá blá). Basicamente o jogo mais vertical dos seniores requisita diferentes deslocamentos a diferentes velocidades etc.

    Naturalmente as equipas jogam em contextos diferentes e com adversário que apresentam uma forma de jogar que "convida" a um determinado padrão de decisão nos nossos jogadores jovens. Mesmo que quiséssemos apresentar um padrão semelhante aos seniores seria difícil porque o contexto não validaria o que nós pretendíamos.

    Está questão é sensível mas a pergunta a ser feita é simples. Queremos formar jogadores ou equipas? Porque a mim parece-me que, num ano bom, sobem 2 a seniores.....e isso diz tudo.

    O JJ só agora é q se apercebeu destas incoerências processuais? Deve andar muito ocupado a olhar ao espelho a perguntar "espelho meu espelho meu, há melhor treinador do que eu?"....

    Concluindo, isto do físico n é desculpa. Se n foi feito antes o jogadores entra na mm e faz-se um acompanhamento mais detalhado nesta fase de adaptação a um novo padrão de solicitação. E o facto de estar exposto a situações de jogo/treino específicas q estimulam esse padrão apenas acelera essa adaptação (às vàrias dimensões).

    Isto para mim é mais música do JJ.

    SGE

    ResponderEliminar
  23. Benfica by Gb. Concordo em grande parte com os teus posts sobre a formação e acho que este é um ponto interessante e muito importante para o JJ. Soube nesta pré época que o JJ pediu ao BSilva para jogar com mais intensidade para puder entrar na equipa senior, que nesta equipa jogava se muito ritmo. Na altura achei que era mais uma da embirraçoes do nosso JJ, porque considero o BSilva esta ao nível do plantel principal mas curiosamente quando vi o vídeo dele a fazer testes médicos no Monaco ve-se numa determinada altura o prepfisico/medico a pedir mais intensidade no exercício da bicicleta e ele a não corresponder, ajudando o até no exercício ( nao estou a dizer que esta e a razão de o bsilva ter sido emprestado, foi apenas um conjunto de situações que me fez pensar). Como é obvio perante esta situaçao/talento se fosse treinador do Benfica preferia ter o jogador a evoluir perto de mim e fazer esse trabalho físico controlado de modo que ele não perdesse outras qualidades do que empresta lo para o monaco. Também reparei na pré época aquando das entradas de gaitan/salvio nos jogos a diferença de velocidade/intensidade destes face aos restantes e na altura pensei aqui é que ve que estes dois são de outro campeonato. Na minha opinião o Bsilva para chegar ao nível deles apenas lhe falta ksso porque ao nível de tomada de decisão e técnica parece me igual. As oportunidades a Bebe, ivan (ano passado), jara jogadores que meu ver são fortes fisicamente mas que a nível técnico e tomada decisão ja não o são, fez me perceber que o JJ prefere pegar nesse tipo de jogadores e trabalha-los do que jogadores como o Bernardo, o que para mim nao faz muito sentido. Neste caso a opção talisca em vez de joao Teixeira também so a compreendo perante este possível ponto de vista de JJ.

    Portanto acho e conhecendo o trabalho do Lord que este teu post toca na ferida mostrando aquele que pode ser a grande lacuna da formação aos olhos do JJ. So acho que este trabalho a ser feito a partir dos juvenis desse abranger todos os jogadores e não apenas um grupo restrito. O que não falta é pessoal a tirar Ed.Fisixa e a que querer trabalhar no Benfica, um salario de CMatins da para montar uma equipa de apoio ao Lord para a formação.


    Saudações, Delpiero

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes