O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

sábado, 2 de agosto de 2014

Avatar

Mais um leitor que quis substituir o Benfica by GB...

 ●  + 17 comentários  ● 
Antes de mais, as minhas mais sinceras desculpas pela falta de romantismo e floreado do meu texto, mas quando se escreve o que se sente, pouco disso importa.

Sou um leitor assíduo de tudo o que é blog Benfiquista. Faço-o porque interessa-me saber o que vai na alma daqueles que, como eu, vibram com o Glorioso. Não criei nenhum espaço de opinião pessoal (e nem o farei) porque o tempo não me permite, mas também porque sei que a forma como vivo e respiro Benfica é-me muito particular. Escrevo hoje porque ao fim de 24 anos (sei que sou muito novo e que isso fará com que muita gente deixe de ler o meu texto neste ponto por achar que me falta credibilidade), depois de ter precisamente começado a gostar do Benfica na sua época mais negra (este facto está mais do que comprovado), para "desabafar". Se fizerem as contas reparam que nasci em 1990; vi o Benfica ser campeão 5 vezes (91, 94, 2005, 2010 e 2014) e como se ainda não bastasse, cresci no Porto. Aprendi a gostar de futebol durante a hegemonia do F.C.Porto (sim, foi hegemonia, independentemente de como foi conseguida) e mesmo assim nunca pestanejei quando os meus avós e os meus pais, naquela brincadeira semi-inocente que gostam de fazer aos putos, me perguntavam: "Quem é o maior?".
Mas porque estou para aqui a dizer esta "palha" toda? Para dizer que vejo em 90% dos blogs benfiquistas uma crítica desmedida e por vezes pelo simples facto de que o Benfiquista nunca está contente. Ora porque os negócios são mal feitos, ou porque não ganhamos nada, ou porque o Porto é melhor que nós, ou porque o nosso presidente é um gatuno... Ora bem, sabendo eu que muitos dos escritores destes blogs tem mais de 25 anos de sócio, proponho-lhes o seguinte: candidatem-se a presidência do Glorioso. Sim, atirem-se de cabeça. Para vocês, as vossas criticas e ideias são perfeitamente fundamentadas e plausíveis; 50% do universo benfiquista na internet concorda com vocês... Por isso, na pior das hipóteses, devem ter algumas chances de serem presidentes do Benfica! Mas... é complicado, não é? Uma coisa é escrever atrás de um computador e outra é simplesmente comandar o exército movido por 6 milhoes de pessoas (que eu acredito até serem mais). É complicado passar das palavras para a acção. E atenção: acredito do fundo do coração que alguns de vocês fossem capazes de fazer melhor do que o Vieira. Tenho confiança cega nisso. De trazer as "trutas" mais apetecíveis, de fazer negócios da China, etc. E por falar em "trutas": queixámo-nos ultimamente que vendemos ao desbarato uma equipa campeã e que faltam níveis de competitividade, e que este ano vai ser literalmente um "Ai Jesus"... Esquecemo-nos apenas de que somos um clube de Portugal e da Liga Portuguesa, sem poder financeiro e que vive dos encaixes monetários que faz. O Porto foi campeão europeu e vendeu toda a equipa; o Benfica ganhou tudo internamente e seguiu o mesmo caminho. Talvez se fossemos um clube da Liga espanhola (ou pelo menos com o seu poderio económico) não precisássemos de o fazer. Mas eu prefiro vender jogadores a ter de deixa-los jogar contrariados (ou acham que se não vendêssemos o Garay, por exemplo, ele ia ter o mesmo rendimento desportivo de outras épocas?). O propósito do Benfica é construir uma equipa vencedora, sim, com a recente politica de contratar jovens valores para mais tarde realizar encaixes avultados. Tem de e vai ser assim. Não há volta a dar. E uma equipa vencedora não se faz só com jovens da formação. Aqui é um dos pontos em que mais concordo com vocês: Talvez seja mais eficaz e quem sabe melhor apostar nos jovens que formamos. Não na quantidade que todos nós desejaríamos. Fico bastante satisfeito se pelo menos o Cancelo, André Almeida, João Teixeira e Paulo Lopes ficarem no plantel este ano. São 4 jogadores que fizeram a formação connosco. Nenhum clube do mundo tem uma equipa 100% formação. Precisamos jogadores de outros campeonatos outras características, outras idades. Precisamos de acreditar neles com tanta fé como acreditamos nos jovens da nossa formação. Porque? Porque são do Benfica, porra! O ano passado foi uma choradeira sem fim, um desanimo desmedido porque não ganhariamos nada... E no fim, os que agoiraram o nosso fim esconderam-se atrás dos festejos da tripleta. Porque é que sou do Benfica? Porque vibro com as vitórias, choro com as derrotas, fico em suspense durante o mercado de transferências... E isto não é viver? Sim, eu VIVO Benfica. Não gosto de tudo o que o Benfica me dá, mas amo tudo o que o Benfica me faz sentir. E sabem onde é que uso as minhas críticas? No estádio, no meu lugar anual renovado todos os anos desde que fiz 18 anos. Lá é onde eu sonho, onde in loco eu vibro e, sinceramente, é lá que as pessoas ganham credibilidade para efectuar todas as críticas e opiniões. É mostrar aos jogadores e direcção no "tribunal da Luz" de 65 mil pessoas num jogo contra o Vila Praia de Ancora que nos somos a forca que os move e que apontaremos as suas falhas, mas aplaudiremos os seus sucessos. Vivam o Benfica, não esperem apenas por uma escorredela de alguém para usar as vossas técnicas de crucificação. Lembrem-se: somos do Benfica e isso nos envaidece! 

17 comentários via blogger

  1. Bruno Paiva02/08/14, 02:38

    Bem esse texto claramente se vê que não foi escrito por uma pessoa de 24 anos, mas concordo com aquilo que foi escrito.

    Apoiado

    ResponderEliminar
  2. Outro atrasado. Para ler merdas destas vou ao blogue dos "verdadeiros" talibãs, onde tudo é perfeito e Vieira é enormérrimo e é o maior presidente de sempre e blá blá blá...

    ResponderEliminar
  3. Pelos vistos trata-se de um post anónimo mas com um tema que muito me apraz comentar por achar que tenho a resposta para a questão muito pertinente, de os supostos benfiquistas que têm criticas mordazes constantes aos actuais dirigentes e/ou treinador não se mobilizarem.

    Eles podiam candidatar-se ou no mínimo juntar assinaturas para questionarem o que lhes suscita duvidas ou não concordam.

    Podiam mas não o fazem porque na realidade a maioria não são benfiquistas, outros não são sócios e os que são, não são parvos apesar de darem a meu ver muitas vezes essa imagem.
    Os poucos e constantemente discordantes sócios do Benfica (dou o beneficio da duvida que sejam) sabem que a sua dimensão eleitoral é da dimensão dos votos nulos e como não podem usar da difamação nem da insinuação que tanto gostam, não têm coragem nem motivação para sequer convocar pedidos de esclarecimento.
    Sabem que apenas seriam insultados pelos restantes devido ao tom e argumentação do seu discurso.
    Alguns já tentaram e tiveram essa experiência.

    Como o teriam de fazer ponderada e educadamente preferem então esta coisa do dizer mal online ou declarações bombásticas quando lhes colocam um microfone na frente (dois ou três pseudo-notáveis e Más Linguas de longa carreira) e assim sentem-se diferentes, julgam até que para melhor que os que defendem o nome do Benfica discordando ou concordando quando e onde o têm de fazer mas com respeito e ponderação.
    Na realidade são meros cobardes para quem o conceito de democracia assim como os estatutos do Benfica são uma coisa que tem os seus dias!
    São para evocar só quando dá e como dá jeito.

    Por exemplo alguns despudoradamente acusam o presidente de ter forjado a sua atual condição de associado.
    Como ferozes opositores e dizendo-se acalorados benfiquistas, bastaria colocar uma ação judicial por fraude eleitoral mas espera lá que está calor!

    A maioria desta minoria passe o termo, formou-se após a construção do novo estádio quando deixou de ser possivel adquirir bilhetes de sócio apenas com a condição de associado da claque, ser apenas sócio da claque era muito mais barato.
    Começou aí a luta anti-Vieira, esse malandro!; )
    Tudo o resto que se seguiu é o alimentar de maus habitos misturado com a sede de protagonismo e vitorias a todo custo.

    Desde a presidência de Jorge de Brito que tenho desenvolvido esta opinião acerca dos Má Lingua crónicos, entretanto o futebol evoluiu, nasceram novas tecnologias de comunicação mas apenas uma coisa mudou no seu comportamento e aparente motivação.
    Antes eram casos isolados e os sabichões nas derrotas ou na incerteza do sucesso, depois da questão da obrigatoridade de serem associados do clube para acompanhar constantemente a claque, passaram a bando organizado e solidario.

    São contra o futebol industria mas querem que o clube compre e mantenha os melhores.
    Querem portugueses e jovens da formação mas flipam, ofendem tudo e todos quando não ganham sempre.
    Querem saber tudo ao pormenor mas indignam-se com a verdade e esta é sempre mentira ou inoportuna.
    É a logica da batata!

    Como os portistas e sportinguistas se preocupam muito com o que é melhor para o Benfica são os maiores aliados destes iluminados na imprensa e online.
    Aí é que por vezes duvido da sua inteligencia ou benfiquismo, por aparentemente não se questionarem da razão deste apoio incessante que recebem.
    Até os Guilhermes Aguiares da vida defendem a sua argumentação falaciosa em publico e as alminhas acham aparentemente normal!
    Certamente que o maior objectivo dos tentáculos do sistema corrupto é correr com um mau presidente e um mau treinador do Benfica.
    Lá está, a logica da batata!



    ResponderEliminar
  4. Este post é uma lição para muitos pseudo benfiquistas militantes do bota abaixo...
    Sendo o autor, ainda jovem segundo as suas próprias palavras, ainda mais é de enaltecer.
    É por estes e não só que sinto orgulho em ser do Benfica e ter consócios com este....
    RA

    ResponderEliminar
  5. Contratem este rapaz sff.

    Parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Algumas coisas que retive...

    O André Almeida, apesar de ter sido contratado já senior, é da formação.

    O Paulo Lopes, apesar de ter sido jogador do Benfica há mais de 15 anos, também é.

    Quem tem coragem para liderar o tal exército de 6 milhões não ganhou títulos em 13 anos porque estava a recuperar financeiramente... Afinal o clube, segundo li, não tem dinheiro e precisa sempre vender tudo. O clube precisa, segundo aqui li, de vender mais de 100M num ano... Ora quem vende assim está nas lonas, mas foi porque andamos a gastar para vencer anos a fio? Não...

    Candidatem-se? Pois, mas cuidado com as antecipações dos actos eleitorais em cima da hora e com a purga pública encomendada para exovalhar a vida privada. Ah e já agora, 25 anos de sócio não chegam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salgueiro Encarnado02/08/14, 14:58

      Eu referi precisamente que o André Almeida e o Paulo Lopes são da formação, daí referir-me a 4 (com o Cancelo e o Teixeira).

      Pois, esse tem coragem para isso. Mas no momento da verdade tu votaste no...?

      Eliminar
    2. Eu? Votei no Tadeu, depois no Vilarinho, depois no Vieira e nos outros dois actos em branco porque num não gostei da "golpada" do Vieira e no outro não me revi no programa de Vieira nem nas atitudes do Rangel

      Eliminar
    3. Salgueiro Encarnado02/08/14, 15:43

      Ao menos deste a tua voz e mostraste o teu descontentamento da forma possível. Mas quantos outros sócios fizeram o mesmo? Quantos é que não "atiraram pedras" durante todo o tempo e na altura das eleições "esconderam a mão", quase como que deixando o destino efectuar algum tipo de "justiça divina"? Esses é a que me refiro! Ou então aqueles que dizem que nenhum dos candidatos é Benfiquista o suficiente ou que não traria nada de benéfico ao clube. Pois bem: candidatem-se e mostrem a toda a gente o vosso PLANO de remodelação!

      Eliminar
  7. NauBenfica02/08/14, 12:46

    QUEM POSTA NÃO TEM DE ASSINAR?

    ResponderEliminar
  8. Rui Soares02/08/14, 13:25

    A crítica nem sempre é feita por pessoas com qualidade de empreendedor. A vida em sociedade é rica e diversificada. E não é preciso ser Presidente dum clube de futebol para criticar um Presidente dum clube de futebol. A competência que é necessária para ser crítico não é a mesma que é necessário para ser gestor.

    Ora, a pergunta que te faço é se queres suprimir a crítica? Queres criar a PIDE versão II? Também criticamos os políticos e a maioria não quer ser Primeiro Ministro. Preferes o silêncio? A obediência sem contestação, sem ruído?

    Eu perdi a minha confiança pessoal de adepto no Luís Filipe Vieira. Isso não me permite fazer avaliações para além disso mesmo, em relação à pessoa. Parece boa pessoa. Enquanto Presidente do Benfica, já o defendi radicalmente contra o Sobral no maisfutebol. Mas, o negócio Roberto, a comunicação do negócio Garay, a própria gestão do Benfica tipicamente tuga, não me permite apoiar o Luís Filipe Veira. Tenho esse direito ou preciso de te pedir autorização?

    Isto não é um exército. Se quiseres viver num regime militar, emigra para a Coreia do Norte. Lá tens o chefe supremo das forças armadas e, se abrires a boca, atiram-te aos cães para seres comido. Vamos obedecer e seguir o Querido Líder?

    O problema do Benfica é um problema de gestão. A dívida de curto prazo é monumental. E é a causa da preparação imperfeita desta época. Pessoalmente, defendo a venda do Gaitan e do Enzo, desde que o dinheiro do Gaitan seja reinvestido na equipa de futebol. Dava para injetar o valor que falta: 1 GR, 1 DC, 2 médios e 1 avançado. Penso que com 40 milhões conseguimos isso.

    O problema não é ter que vender jogadores, miúdo. O problema está na diferença entre executar um plano de gestão vs gerir o problema BES e a dívida de curto prazo que supostamente poderia ser renovado até ao fim do mundo. E, nessa confusão de quem não sabe o dia de amanhã, por falta de planeamento, contratamos jogadores de valor médio, que nada acrescentam ao Benfica.

    Eu acredito que o Benfica ainda vai injetar valor no plantel. Tarde. Mas, mais vale tarde do que nunca.

    Se não sabes viver numa sociedade democrática, se não sabes valorizar a diferença de opinião, não leias... Ignora a crítica.

    Acabaste de ler que não apoio o Luís Filipe Vieira. Mas, votava LFV em vez de Rangel. Votava LFV em vez de Bruno de Carvalho. Votava LFV em vez de Moniz. Reconheço competência ao Moniz, mas sem perceber exatamente o papel da Ongoing, em princípio votava LFV. Voto Rui Costa se ele assumir essa responsabilidade. O facto de não apoiar o LFV não significa que não possa criar uma lista com os méritos dele, que são muitos. Também não significa que vou apoiar o primeiro que aparecer. Prefiro o LFV a muitos outros.

    Convidava o LFV para jantar cá em casa com muito prazer. E posso voltar a confiar nele como Presidente. Peço uma reestruturação da dívida de curto prazo, uma gestão desportiva com um líder ao qual o treinador deve OBEDIÊNCIA, excepto a autonomia técnica de treinar e a comunicação mais transparente. Os erros assumem-se. Não foi possível vender o Garay por um preço melhor. Paciência. Mas, comunica-se isso sem qualquer ambiguidade.

    ResponderEliminar
  9. Ora até que enfim que aqui vejo uma crítica compés e cabeça sem recorrer ao insulto ou ao bota abaixo fácil.
    Parabéns é destas críticas que fazem do nosso clube o maior e mais diversificado do mundo.
    Tal com ao autor do post, também me sinto orgulhoso de ser consórcio do autor desta crítica/comentário
    RA

    ResponderEliminar
  10. Salgueiro Encarnado02/08/14, 14:43

    Peço desde já desculpa pelo meu nome não aparecer no texto, mas quando enviei o texto coloquei este meu nick no assunto do e-mail (talvez não tenha sido o melhor local para o colocar). Desengane-se desde já quem acha que não tenho 24 anos (25-01-1990), porque essa realmente é a minha idade. Escrevi este texto, como disse, simplesmente como um desabafo. Aproveitei a oportunidade dada para escrever para o blog Benfiquista mais visto na Internet. E se o fiz foi para libertar este peso das costas e tentar mostrar a toda a gente que há muito mais do que boas ou más decisões por quem governa o nosso "exército" (gostava também que tivessem percebido o teor metafórico desta palavra), há o viver o Benfica. E mais do que palavras, há os actos! Que devem ser postos em prática por quem está descontente de uma forma que ELEVE AINDA MAIS O BENFICA, e não simplesmente pelo prazer da crítica desmedida. Mas o que interessa mesmo é que somos todos do maior clube de Portugal, e por muito que o Benfica nos desiluda, isso nunca vai mudar. Porque mesmo quando os nossos pais nos castigavam e não nos davam o que queríamos, continuavam a ser os nossos heróis...

    ResponderEliminar
  11. Ora, a pergunta que te faço é se queres suprimir a crítica? Queres criar a PIDE versão II? Também criticamos os políticos e a maioria não quer ser Primeiro Ministro, criticamos o treinador e não queremos ser treinadores, criticamos o Papa e não queremos ser o Papa, criticamos os ladõres e não queremos ser ladrões, criticamos os pedófilos e não queremos ser pedófilos, criticamos os racistas e não queremos ser racistas, criticamos os puristas das nacionalidades nos clubes e não queremos ser nacionalistas, queremos qualidade. Preferes o silêncio? A obediência sem contestação, sem ruído? Vivemos em democracia, posso não concordar com a critica, posso não respeitar uma opinião, mas defenderei até a morte o direito de teres a tua opinião. Vivá a democracia.

    Lana Abreu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salgueiro Encarnado02/08/14, 16:40

      Nao percebeste o meu texto (ou então não me expliquei bem): não quero suprimir a critica de maneira alguma! Tem e DEVE de ser feita. Ma há formas e formas de criticar. Sou apologista de que uma crítica sem acção é uma crítica sem fundamento. Não vale a pena dizeres que tudo deve ser mudado e não mostrares como mudar!

      Eliminar
  12. Rui Soares02/08/14, 16:03

    Tens que respeitar mais as palavras. A crítica é fundamental à evolução das ideias. Não há actos sem ideias. E uma palavra escrita é um acto. Uma palavra publicada é um acto. Queres saber a razão pela qual o Jara nunca será jogador para o Benfica? Age muito, mas não tem muitas ideias.

    Tens 24 anos. Já deves ser licenciado. Talvez pai. Talvez mestrado. Possívelmente empregado. Casa própria. Não tens 14 anos. Tens 24 anos, certo? Não és demasiado novo.

    Queres saber porque razão o Ricardo Salgado passou de bestial a besta? Porque nunca se sujeitou à crítica. Quando tinha empresas com prejuízos, em vez de fechar as empresas que davam prejuízo ou reestruturá-las a existir essa viabilidade, pedia dinheiro emprestado ao banco onde ele próprio decidia a quem emprestar dinheiro. Se tivesse nesse processo alguém a criticar, a dizer não, a ser uma pesta, não tinha destruído tanto valor.

    E queres saber como podes ELEVAR o teu próprio acto de criticar, porque também és um crítico, nem que sejam criticando quem critica, assinado a crítica com o teu nome verdadeiro, como eu faço.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes