PROPOSTA DE REVISÃO DOS ESTATUTOS DO SPORT LISBOA E BENFICA
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 26 de junho de 2013

PROPOSTA DE REVISÃO DOS ESTATUTOS DO SPORT LISBOA E BENFICA

 ●  + 70 comentários  ● 
(Proposta de Bruno Carvalho, ex candidato a Presidente, na sua pagina do Facebook)

Deixemos a mensagem de celebração dos 5.000.0000 de leitores. Podem revisitar a mensagem no topo da barra lateral.

Leiam, por favor, com atenção, tentem perceber a mensagem e não o mensageiro... e comentem a proposta, não o proponente nem juizos de valor sobre o mesmo. Serão capazes?


Estão sempre a queixar-se que os "opositores" só falam para as eleições, quando se tenta falar fora desse contexto, era importante valorizar a mensagem e não apontar a "agendas escondidas".

"Há muito que me oponho aos actuais estatutos do Sport Lisboa e Benfica.

Bem sei que foram aprovados pelos sócios, mas tal foi feito em cenário pós-eleitoral (em Abril de 2010), onde quase todos os devaneios são permitidos a quem ganhou as eleições, e foram aprovados numa Assembleia Geral em que estiveram presentes apenas 200 sócios.

Os estatutos do Benfica são opacos e muito pouco democráticos, parecendo mais destinados a perpetuar no poder quem dirige o Benfica do que dar a palavra aos sócios na vida do Clube.

Assim, e depois de ouvir opiniões de vários Benfiquistas que quiseram participar nesta reflexão de enorme importância para a vida do Clube, deixo aqui 13 sugestões para a revisão dos estatutos que se impõe e se quer urgente:

PONTO 1
- Proposta: Equiparação dos direitos dos Sócios Efectivos aos dos Sócios Correspondentes.
- Artigos Alterados: Artº 17º, 18º
- Razões: Os Sócios Correspondentes pagam quotas menores do que os Sócios Efectivos porque moram a mais de 50 Km de Lisboa.
Isso é perfeitamente normal porque um Sócio Correspondente terá um custo superior face a quem mora em Lisboa se quiser ir às instalações do Clube para, por exemplo, acompanhar os jogos ao vivo.
Os Sócios Correspondentes não podem servir para apenas pagarem quotas para depois não terem quaisquer direitos electivos.
Tal não faz sentido. Os Sócios Correspondentes não podem ser tratados como “carne para canhão”.
Deste modo, proponho que as quotas dos Sócios Correspondentes se mantenham mais baratas, mas que, em termos de direitos electivos, tenham os mesmos direitos dos Sócios Efectivos.

PONTO 2
- Proposta: Alteração do peso dos votos de cada sócio conforme a seguinte tabela (que é igual aos anteriores estatutos):
* Sócios com mais de um 1 ano e até 5 anos: 1 voto
* Sócios com mais de 5 anos e até 10 anos: 5 votos
* Sócios com mais de 10 anos: 20 votos
- Artigo Alterado: 51º
- Razões: Actualmente existe a seguinte distribuição do peso dos votos:
* Sócios de 1 ano até 5 anos: 1 voto
* Sócios de 5 anos até 10 anos: 5 votos
* Sócios de 10 anos até 25 anos: 20 votos
* Sócios com mais de 25 anos: 50 votos
A tabela actual parece-me claramente desajustada, dando demasiado peso a sócios mais antigos que, podendo ter uma maior importância nas decisões, não devem, no entanto, ser os únicos a decidir os destinos do Clube, retirando o entusiasmo aos mais novos e trazendo algum sentimento de imobilismo e de desânimo.
Os antigos estatutos eram bastante mais equilibrados nessa matéria, tendo um sócio de esperar um período razoável de 10 anos para atingir a plena capacidade eleitoral em vez dos actuais 25 anos que é um período de tempo extremamente longo.
Deste modo, proponho a reposição da distribuição do peso dos votos anterior.

PONTO 3
- Proposta: As Casas do Benfica, Filiais e Delegações deixam de ter direito a voto.
- Artigo Alterado: 52º
- Razões: As Casas do Benfica, Filiais e Delegações são muito importantes na vida do Benfica, mas são isso mesmo: Casas, Filiais e Delegações. Não são pessoas, não são sócios.
Quem manda nos clubes são os seus sócios e todos os membros das Casas, Filiais e Delegações podem e devem ser sócios do Benfica e logo já têm direito a votar.
As Casas do Benfica, Filiais e Delegações poderem votar é tão estranho como, por exemplo, se as Juntas de Freguesia pudessem votar nas eleições legislativas do país e não fossem apenas os cidadãos a votar.
Os únicos com direito a votar devem ser os sócios do Sport Lisboa e Benfica.
Mais ninguém.

PONTO 4
- Proposta: Duração dos mandatos dos Órgãos Sociais de 3 anos.
- Artigos Alterados: 42º, 55º
- Razões: No Benfica, os mandatos sempre foram de 3 anos, tendo sido aumentado para 4 anos nos últimos estatutos.
Num Clube, 4 anos é um ciclo demasiado longo e afasta os sócios tempo demais da vida democrática do Clube.
É importante que os dirigentes proponham coisas novas e expliquem os seus projectos aos sócios e nada melhor para isso do que eleições.
Ciclos mais curtos do que 3 podem afectar a estabilidade de quem lidera os destinos do Clube.

PONTO 5
- Proposta: Alteração das condições para se poder ser membro de um Órgão Social do Benfica para o seguinte:
* Antiguidade mínima de 5 anos como Sócio Efectivo ou Correspondente ininterruptos face à data das eleições
* Terem um cadastro criminal limpo
* Nos casos dos Presidentes da Mesa da Assembleia Geral, Direcção e Conselho Fiscal, obrigatoriedade de terem, pelo menos 35 anos de idade
- Artigos Alterados: 53º, 61º, 65º
- Razões: A antiguidade mínima de 5 anos foi a exigida ao actual Presidente do Benfica das 3 primeiras vezes que foi eleito, bem como era o exigido quando foram eleitos Presidentes como Ferreira Queimado, Borges Coutinho, Fernando Martins, João Santos, Jorge de Brito, Manuel Damásio ou Manuel Vilarinho.
Não há nenhum motivo para que esse prazo seja alargado.
A introdução da obrigatoriedade dos 35 anos, igual à exigida para Presidente da República, garante a maturidade dos Presidentes dos Órgãos Sociais.

PONTO 6
- Proposta: Qualquer membro de um Órgão Social, inclusivamente o Presidente da Direcção, poderão ser remunerados.
- Artigo Alterado: 44º
- Razões: O tempo do desporto amador já passou.
O desporto actual é altamente profissionalizado e não faz sentido que os únicos amadores sejam os dirigentes.
As necessidades dos grandes clubes exigem profissionalismo e dedicação exclusiva.
Tal não pode ser exigido sem uma contrapartida remuneratória.

PONTO 7
- Proposta: Só poderá haver voto electrónico, desde que acompanhado de voto físico que permita recontagens. Em caso de recontagem, prevalecerá o voto físico.
- Artigo Alterado: 57º
- Razões: o valor mais importante quando se pretende que haja democracia é a confiança.
Assim, quem vota, tem que ter a certeza que os resultados correspondem à votação real.
É por isso mesmo que, quando há dúvidas, se pede a recontagem dos votos.
O voto electrónico é muito prático e permite um rápido apuramento dos resultados, mas sem o correspondente voto físico torna-se totalmente insuficiente porque não permite recontagens.
Há, também, sempre a suspeita de que o voto electrónico é um meio que não é 100% seguro sendo permeável a manipulações.
Daí a necessidade de eliminar quaisquer suspeitas, o que só é possível com o voto físico.

PONTO 8
- Proposta: Proibição estatutária de exercícios com contas de exploração negativas. A verificação de um prejuízo nas contas anuais significará a queda da Direcção e de todos os Órgãos Sociais e a convocação de eleições no prazo de 60 dias. Se por alguma razão extraordinária for necessário que um exercício apresente resultados líquidos negativos, esse orçamento deverá ser levado a uma AG Extraordinária para o efeito e deverá ser aprovado por 2/3 dos votos.
- Artigo Alterado: NOVO
- Razões: Exercícios negativos põem em risco a sobrevivência do Clube.
Desta forma, as Direcções devem ajustar os seus gastos às receitas geradas e serem impedidas de comprometer o futuro do Clube.
Qualquer irresponsabilidade conduzirá, de imediato, à destituição de todos os Órgãos Sociais e à convocação de eleições.

PONTO 9
- Proposta: A não aprovação do Orçamento ou do Relatório e Contas do Sport Lisboa e Benfica em Assembleia Geral obrigará a Direcção à sua reapresentação em nova Assembleia Geral que decorrerá, exclusivamente para esse efeito, no prazo máximo de 30 dias após o chumbo inicial. Um segundo chumbo implicará a queda da Direcção e de todos os Órgãos Sociais e a convocação de eleições no prazo de 60 dias.
- Artigos Alterados: 35º e 36º
- Razões: A apresentação do Orçamento e do Relatório e Contas são o momento em que qualquer Direcção recebe o apoio dos sócios para o trabalho que está a desempenhar.
O Orçamento mostra o rumo que a Direcção propõe para o Clube.
O Relatório e Contas demonstra até que ponto as perspectivas se confirmaram ou não.
O chumbo de qualquer um destes documentos torna inviável a prossecução da actividade de qualquer Direcção, uma vez que significa a quebra de confiança entre os sócios e quem dirige o Clube.

PONTO 10
- Proposta: Alteração das condições mínimas exigidas para a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária, passando a ser necessários 4.000 votos e exigindo-se a presença de somente 50% dos subscritores do pedido.
- Artigo Alterado: 55º
- Razões: Uma AG Extraordinária não deve ser uma coisa comum, que se convoque todos os dias e por qualquer motivo, mas também não deve ser algo quase impossível de se realizar.
Propõe-se o mínimo de 4.000 votos para a convocação de uma AG Extraordinária, mas com o novo peso dos votos (ver Ponto 2) qualquer sócio com mais de 10 anos passará a dispor de 20 votos, o que alarga substancialmente o universo dos sócios com o número máximo de votos, facilitando-se, desta forma, e de uma maneira substancial, a obtenção dos votos necessários para a sua convocação.
A redução da percentagem exigida de presenças obrigatórias aos subscritores do pedido de uma AG Extraordinária tornará o processo mais simples.
Assim, convocar uma AG Extraordinária não se tornará um acto banal, mas também não será nada de impossível.

PONTO 11
- Proposta: Alterar o actual sistema de contagem de votos nas Assembleias Gerais e substituí-lo por um que permita a eficaz e correcta contagem dos votos.
- Artigo Alterado: NOVO
- Razões: Para quem nunca assistiu a uma AG do Benfica, provavelmente não acreditará como é que é possível que, em pleno século XXI, alguém possa contar os votos de forma tão deficiente. Os sócios vão colocando o braço no ar e uma ou duas pessoas andam a contar os votos.
Ninguém presente na AG tem a mínima confiança nos resultados obtidos.
Como já tive oportunidade em dizer atrás, a confiança é um elemento essencial numa democracia e é preciso que haja um sistema de contagem de votos que dê todas as garantias aos sócios de que os resultados coincidem realmente com a votação efectuada.

PONTO 12
- Proposta: Renumeração dos sócios, pelo menos, a cada 5 anos em vez dos 10 actuais.
- Artigo Alterado: 15º
- Razões: O mundo acelerou muito e, actualmente, fazer algo a cada 10 anos faz pouco sentido.
Todos sabemos que os sócios gostam de ter números baixos e fazer a actualização dos números a cada 5 anos pode funcionar como uma ferramenta de marketing.

PONTO 13
- Proposta: Obrigatoriedade na participação em pelo menos dois debates, com o mínimo de 1 hora cada, dos candidatos a Presidente de Direcção. Os debates deverão ser realizados, em directo, pelo canal de televisão do Clube. No caso de haver um só candidato, os debates serão substituídos por duas entrevistas que deverão ser conduzidas por, pelo menos, 3 jornalistas de órgãos de comunicação social independentes do Clube e que deverão ser convidados para o efeito pelo canal de televisão do Benfica.
- Artigo Alterado: NOVO
- Razões: Quem quer ser Presidente do Benfica terá que debater com os restantes candidatos os projectos para o Clube como parte do processo de esclarecimento dos sócios.
Só conhecendo os diversos projectos, com clareza, é que os sócios poderão ter um voto esclarecido e informado.
No caso de haver um só candidato, deverão ser conhecidos os projectos que são apresentados para o Clube.

Este conjunto de propostas, estou em crer, devolverá o espírito democrático que sempre presidiu aos destinos do Benfica e que está no código genético do nosso Clube.

As pessoas passam e o Benfica permanece.

Quanto melhores forem os estatutos, quanto mais os sócios puderem influenciar e participar a vida do Clube, melhor será o futuro do Benfica.

O que me move é uma única coisa: a luta pela glória e grandeza do Benfica.

Viva o Benfica!

Bruno Carvalho"

70 comentários blogger

  1. Nunca na vida! Vê-se perfeitamente que ele pensou em tudo o que é preciso mudar para se poder candidatar. Até posso estar de acordo com alguns pontos mas era incapaz de subscrever uma coisa destas.
    Presidente do Benfica remunerado? NUNCA!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada26 junho, 2013 14:59

      Não só ele, mas muitos mais... Ou será que só ele se encpntra nestaas circunstâncias?!

      Eliminar
    2. É melhor ter um pato bravo a encher os bolsos à conta da notoriedade que o clube lhe dá. Com "protocolos" e "parcerias" que ninguem sabe para que servem.

      Eliminar
    3. E alguém que vá para lá receber salário todos os meses, não vai enriquecer à custa do clube? Temos que pensar cuidadosamente no assunto. Tal como disse, até posso estar de acordo com alguns pontos mas neste sou absolutamente contra. Somos um clube diferente também por isto. Os nossos presidentes não enchem os bolsos às nossas custas. Mas esta é só a minha opinião.

      Eliminar
    4. É bem verdade o que vc diz. Estas propostas mais não visam do que derrubar a Direcção actual e lançar a campanha do proponente. Ele tenta enganar os incautos, metendo algumas clausulas que até se pode estar de acordo, com outras que a serem colocadas nos estatutos lançariam o caos no Clube. Eleições por tudo e por nada serviriam os interesses de quem? Instabilidade permanente.Seria uma arma contra qualquer direcção implicando que ninguem SÉRIO E HONESTO quisesse conduzir os destinos do Clube. Seria a DESTRUIÇÃO total do Clube e a entrega do mesmo nas mãos de aventureiros. Há blindagens demasiado fortes?Pode até haver mas só com blindagens dessas se garante que aventureiros no SLB nunca mais. E veja-se como o proponente se quer perpetuar(ele sim) no poder ao querer remunerar os cargos sociais. Numa ASSOCIAÇÃO colectiva sem fins lucrativos não é permitido remunerar-se os dirigentes.Faz parte da Lei e não dos Estatutos. O proponente que crie um Clube com esses estatutos e depois verá o resultado do objectivo. DEMAGOGIA...

      Eliminar
    5. Hás-de explicar qual foi a notoriedade que ele conseguiu depois de ser Presidente do SLB que não tinha antes de ser Presidente do SLB...Só quem não percebe nada do que fala é que dá bitaites sobre para que servem os protocolos e parcerias...
      PS - Espero que publiquem o que escrevo senão terei que chegar à conclusão que por se faz a propaganda da democracia agindo-se de forma ditatorial...

      Eliminar
    6. Claro que tinha de ser escrito por um anónimo. Enfim.....quem não consegue contradizer a mensagem, ataca o mensageiro. O habitual, portanto.

      Eliminar
  2. Águia Preocupada26 junho, 2013 14:41

    Totalmente de acordo com a revisão dos Estatutos. Os pontos apresentados e por certo outros mais, carecem de análise e discussão muito profundas de forma a afastar o mais posssível desconfianças e oportunismos e sobretudo perpectuações no poder.
    É, penso eu, altura de se criar um movimento que dê amplitude e publicidade a uma rápida revisão, de forma a que as próximas eleições já se possam efectuar de acordo com novas regras.
    Se somos benfiquistas, devemos querer melhorar SEMPRE a regras que regem a vida do clube e não mantê-las estáticas e imutáveis.
    Os pontos apresentados, poderão e deverão suscitar dúvidas, discussões, análises e alterações, mas é isso que penso ser necessário e salutar para o clube e seu engrandecimento. Haver no clube, gente que o pensa, com alma e amor, é sinónimo de vitalidade e vontade de o elevar cada vez mais a patamares superiores.
    Desejo e espero que a discussão que este espaço está a propôr tenha a elevação que o nosso clube de coração merece!
    Voltarei à discussão.

    ResponderEliminar
  3. Eu não votei em Bruno Carvalho mas estou completamente de acordo em tudo mesmo em tudo.
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  4. À primeira vista subscrevo inteiramente todos os pontos.

    ResponderEliminar
  5. Águia Preocupada26 junho, 2013 15:20

    Como contributo, assim à priori, às alterações propostas, tenho como certezas:

    Ponto 5 - Acho muito pouco a obrigatoriedade de 5 anos de sócio(a). Eu proporia 10 anos! E para o caso de presidente, a idade mínima de 35 anos e não só para os outros menbros dos O.S.

    Ponto 10 - Acho a exigência de 4.000 votos, talvez demasiado peauena, tendo em conta a dimensão do clube! Talvez entre os 5 e os 7.500 seria a minha proposta!

    Como dúvidas:

    Ponto 1 - A igualdade entre os sócios efectivos e correspondentes não me parece ser muito correcta! Se pagam menos, não podem usufruir dos mesmos direitos!

    Ponto 6 - Bem sei que os tempos mudaram... Mas a remuneração ainda não encaixa muito bem na minha cabeça. A não remuneração tem um contra muito significativo: a pouca possibilidade de podermos ter um presidente jovem (com 35, 40, 45 anos). É quanto a mim, a questão que maior debate me suscita!

    Quanto a todos os outros pontos, ABSOLUTAMENTE DE ACORDO pelo menos na sua base genética!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou fazer 20 anos de sócio correspondente, tenho acções, tenho redpass, este ano fiz mais de 7000km para ir ver o Benfica à Luz. Portagens, gasóleo, almoços e jantares, dia perdido de trabalho. Achas que não devo ter o mesmo direito dos sócios efectivos por pagar menos de quotas, mesmo vivendo a 300km do estádio?

      Eliminar
    2. Águia Preocupada26 junho, 2013 18:26

      Pensei nisso tudo que argumentas aqui. Mas é opcção de cada um ser sócio efectivo ou correspondente! E não é mais uma meia dúzia de euros - desconheço o valor da quota - que impedirá alguém de ser sócio efectivo!
      Mass claro, a discussão de uns estatutos, é isto mesmo!

      Eliminar
    3. Todos os euros contam nesta fase. Salvo erro são 50 euros a mais, já dá para, pelo menos, dois bilhetes.

      Eliminar
    4. Águia Preocupada26 junho, 2013 21:46

      Olha, eu por exemplo não poderia fazer o que fazes... Andar 7000 Km + portagens + almoços + jantares... Não tenho situação financeira para isso... Pago as quotas, tenho Titulo Fundador (há 10 anos não havia crise, hoje não comprava o lugar) e já vou além do que deveria!
      Mas enfim, cada um sabe as linhas com que se cose!

      Eliminar
    5. Águia Preocupada26 junho, 2013 22:14

      Agora a propósito: Os sócios pagam os bilhetes todos? É que dantes haviam os dias de sócio que eram de borla 3 por ano se a memória não me falha... Sei que eram uns quantos e que foram diminuindo, mas a memória já não é o que era!

      Eliminar
  6. Esta proposta, para alguns, será demasiado democrática! Chegará, para esses, a roçar o "abutrismo"!
    Mais grave, para mim, foi a recente alteração ter sido votada por 200 sócios! Destes, quantos pertenceriam às Casas?!

    ResponderEliminar
  7. Não vejo, sinceramente, como é que alguém possa ser contra esta alteração de estatutos.

    Pessoalmente não vejo grande problema em termos mandatos de 4 anos.

    As casas do SLB terem direito a 50 votos é aberrante.

    A remuneração do Presidente não me choca. Sejamos sérios, ser presidente do SLB obriga a uma dedicação de 24H, pelo menos é o que eu EXIJO, quem tiver negócios privados vai estar sempre dividido. Ou então precisamos de alguém que seja milionário e agora queira dedicar-se à bola. Não me parece que isso seja o melhor para o clube.

    ResponderEliminar
  8. Eu acho que falta algo que hoje em dia se discute muito nos grandes países, sobretudo após a recessão mundial de 2008: limite de endividamento!

    Ninguém fala nisso, mas penso que só com uma única alteração a esse ponto, terminaria com todos os abutres que gravitam à volta do Benfica.

    Actualmente, tal limite não existe e se formos a ver bem, cada vez mais o Benfica se financia de empréstimo em empréstimo, quando é um clube que está num mercado altamente previlegiado, como é o futebol e como tal poderia facilmente se tornar auto-sustentável.

    A ver se no fim-de-semana, escrevo algo mais aprofundado sobre este assunto. Até lá, fica o desabafo e a ideia.

    ResponderEliminar
  9. Concordo com a generalidade mas, com algumas ressalvas, nomeadamente:

    Ponto 1 – não faz sentido a alteração porque se (a opção de Efectivo e Correspondente é do Sócio) a justificação dos direitos de ser eleito cai pela base. Então os custos de deslocação são elevados para os jogos e deixam de o ser para reuniões directivas e para o trabalho do dia-a-dia!! Ou passam a haver ajudas de custo para deslocação!!!

    Ponto 4 – concordo mas, a argumentação está errada, as eleições já foram anuais, bianuais e trienais. Onde andava o Sr. Bruno de Carvalho!!!.

    Ponto 5 – diminuição de 25 anos para 15 ininterruptos como sócio efectivo. Desta forma permite que quem se tenha associado aos 20 anos possa ser eleito aos 35.

    Ponto 6 - concordo mas, conjugado com o ponto 1 os eleitos Correspondentes passam também a ter ajudas de custo!!!

    Ponto 7 – assim para que serve o Voto electrónico, para poupar a tinta da esferográfica !!

    Ponto 11 – concordo com o principio mas, qual é efectivamente a sugestão!!! Como sugere que se processe??

    Ponto 12 – não reputo de importante, e implica um encargo adicional desnecessário aos sócios do clube.


    Abraço
    João

    ResponderEliminar
  10. Ponto 1 - Totalmente contra a equiparação. Se pagam menos porque hão de ter os mesmos direitos? Eu sou sócio efectivo e vivo na Dinamarca. Quem prefere ser sócio correspondente tem que aceitar ter menos direitos. A desculpa de viverem a mais de 50 km não se justifica.

    Ponto 2 - Não concordo, nem com o sistema vigente nem com a proposta. Por mim seria assim:

    Sócios com mais de um 1 ano e até 5 anos: 1 voto
    Sócios com mais de 5 anos e até 10 anos: 5 votos
    Sócios com mais de 10 e até 20 anos: 10 votos
    Sócios com mais de 20 anos: 20 votos

    Ponto 3 - Não concordo com a quantidade de votos que têm, porém aceitaria que tivesse cada uma dela 2 votos.

    Ponto 4 - Por mim continuaria com períodos de 4 anos. Não vejo razão para se mudar.

    Ponto 5 - Concordo com a parte dos 35 anos de idade, porém discordo dos 5 anos de sócio. Acho que 10 anos de sócio é mais adequado.

    Ponto 6 - Por mim pode continuar como está, sem vencimento pois não considero que ter ordenado é garantia de qualidade, mas eu percebo porque o Bruno carvalho quer mudar este artigo...

    Ponto 7 - Por mim fica como está actualmente.

    Ponto 8 - Eu também quero sempre exercícios positivos, mas não vivo no mundo da lua. Um exercício negativo de 1.000€ põe em risco o clube???

    Ponto 9 - Discordo pois seria apenas um momento em que por qualquer razão se poderia destituir a direcção. O orçamento até pode estar muito bom, mas se existir uma época desportiva fraca o orçamento seria chumbado.

    Ponto 10 - Manter o actual

    Ponto 11 - Totalmente de acordo com a alteração.

    Ponto 12 - Concordo com a revisão de 5 em 5 anos, mas se se mantiver a actual de 10 em 10, não vejo problema.

    Ponto 13 - Não vejo razão para isto estar nos estatutos.

    Ponto Final - Creio que os estatutos só poderão ser alterados em 2015, mas não tenho certeza disto. Quanto ao Bruno Carvalho não gosto da personagem. Do que vi, li e ouvi até hoje não me convence para entrar como dirigente no Benfica.

    ResponderEliminar
  11. Aguia Sonhadora26 junho, 2013 16:19

    Com mais ponto menos ponto estou de acordo com as propostas a alteracoes dos estatutos,acho muito mais democratico assim,agora como tem feito o nosso presidente nos ultimos anos ate parece ele o dono do Benfica faz o que quer altera aqui altera ali faz tudo o que lhe da na gana,gostei muito da frase o Benfica permanece e nos nao, por isso chegou a altura dessa mudanca de estatutos eu concordo.

    ResponderEliminar
  12. Concordo na generalidade com a proposta de Alteração Estatutária apresentada por Bruno Carvalho discordando somente de:

    Não concordo que exista uma redução de mandatos de 4 para 3 anos, um clube como ao SLBenfica não pode estar sempre em eleições e não pode ser gerido no curto prazo, claro que existe sempre o argumento que uma má direção demora mais tempo a sair, mas é para isso que existem Assembleias Gerais? Certo? Depois estes estatutos nesse ponto são bem claros, concordando que um orçamento ou Relatório e Contas chumbado 2 deem direito a novas eleições.

    Relativamente às remunerações faz sentido, mas é um ponto sensivel, mas prefiro que isto seja discutido desta forma, ou seja transparente, do que virem as virgens ofendidas dizer que jamais...pois...e depois temos tipos a aproveitarem-se do clube pela sua notoriedade...mas a fazerem os seus negócios...(estou a falar no geral), portanto creio que deve ser discutido sendo que em caso de avançar deve estar bem definido os escalões remuneratórios de cada cargo, bem como as suas responsabilidades e deveres.

    Ás virgens arrenpendidas recordo os escandalosos ordenados que são pagos aos administradores da SAD do SLBenfica, que ainda tem direito a prémios por desempenho (neste caso então surreal pois desportivamente que é a principal actividade do SLBenfica os resultados são o que são).

    ResponderEliminar
  13. Obviamente que louvo a iniciativa, apesar de não concordar com algumas coisas, no geral concordo com muitas das ideias aqui referidas. Mas estou à espera do momento em que vão dizer que isto é fazer oposição à direcção e da evocação do nome de Vale e Azevedo, já não deve demorar muito...

    ResponderEliminar
  14. Sem fazer uma analise muito profunda sobre os diversos pontos, com uma diferença de pormenores num ou noutro, parecem-me bem, acho que os actuais estatutos não são adequados ao clube, mas eu acrescentava, outro ponto a constar em futuros estatutos, que nenhum associado do Benfica se possa candidatar a qualquer orgão social do clube, que seja ou tenha sido socio quer do Porto quer do Sporting, isto jamais deve ser permitido

    ResponderEliminar
  15. Concordo com todos os pontos. O único que me suscita alguma dúvida é o dos 4000 votos para a AG, mas não sei como é agora, nem faço ideia de qual será o número razoável de votos para se poder convocar uma.

    De resto, concordo totalmente com todas as propostas, só faria bem ao Benfica estas serem aprovadas, primam por mais transparência e mais democracia.


    Em relação ao presidente ser remunerado, não vejo qualquer problema. Ou acham lá por não ser remunerado no papel o de agora não saca que se farta? É uma falsa questão e impede pessoas que poderiam ser muito válidas para o clube de se poderem candidatar. Sendo o Benfica um clube do povo, porque raio é que o presidente tem de ser rico??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada26 junho, 2013 18:36

      Neste momento são necessátios 10.000 votos...

      Eliminar
    2. Parece-me um pouco demais, realmente.

      Eliminar
  16. Ó GB quando é deixam de aceitar comentários anónimos,quem opina tem medo de dizer o nome? porquê?

    ResponderEliminar
  17. Eu não vou com a cara do bruno Carvalho mas aqui o que interessa mesmo é analisar estas propostas. De facto estão aí muito boas ideias e concordo com praticamente tudo. É isto que se pede: apresentar ideias que sejam boas para o Sport Lisboa e Benfica.

    ResponderEliminar
  18. alterações a pensar nele
    ehehehehehhehhhehehhehh

    lá no clube dele só há um candidato
    ninguem se atreve

    eheheheheheheeheheheheheeheheheh

    o que ele pensa
    já nos esqueceu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. está a falar de quem zé?

      do Bruno Carvalho não deve ser porque ele é Benfiquista, só vê Benfica.

      Ah, já sei, está a falar do Vieira, peço desculpa, esse é que é portista, sabe o nº de sócio dele do FCP?

      é esta falta de raciocínio que faz com o que os Benfiquistas andem felizes com gnhar apenas 2 em 10 campeonatos ... Parabéns!!!

      Eliminar
  19. Aguia preocupada deves viver em Lisboa certamente.
    Pois não sabes o que é estar a 500 kms do nosso benfica, querer estar lá todos os dias e não poder.
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada26 junho, 2013 18:39

      Efectivamente vivo em Lisboa e olha, estou a escrever e a ver a nossa Catedral!
      Mas tens que ter em mente que esta questão não pode ter em conta as distâncias, o ordenado de cada um... enfim, uma infindável lista de questões!

      Eliminar
  20. a maior parte destes pontos visam, como bem aparece no primeiro comentário, dar mais peso a uma candidatura do bruno carvalho, seja nas eleições propriamente ditas, seja desestabilizando a gestão do clube. o ponto referente às contas em negativo e o que se reporta aos mínimos para convocação de AG são disso exemplo.

    no mais, haverá alguns pontos com os quais até poderia concordar, mas não posso apoiar uma revisão estatutária quando o objectivo é fácil de perceber: tornar incomportável a direcção do clube de modo a poder candidatar-se futuramente, tendo alguma hipótese nessas eleições.

    demasiado simples de desmontar. para alguém que quer tomar conta de um clube como o slb não chega. no mais, acabar com esta frase: "O que me move é uma única coisa: a luta pela glória e grandeza do Benfica" quando se vê que o objectivo é claramente outro, não abona em nada a favor do proponente.

    um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Para alguém que quer tomar conta de um clube como o SLB" ?? ACORDA, André da Silveira!! Alguém JÁ TOMOU CONTA do SLB!

      Eliminar
    2. Águia Preocupada26 junho, 2013 18:43

      É pena que alguns que se dizem benfiquistas, sejam tão curtos de raciocínio...
      Então os estatutos antes dos actuais, que eram bem mais equilibrados e muito próximos dos que agora se propôem, foram feitos a pensar em quem? Em Bruno Carvalho não foram com certeza!

      Eliminar
    3. É assim tão difícil perceber o raciocínio do André da Silveira? Ele não está a defender o Vieira, está sim, a criticar a postura hipócrita do Bruno Carvalho, a querer parecer que está preocupado com o clube quando dá para ver claramente que ele quer é fazer-se ao tacho e arrumar mais facilmente a concorrência, não olhando a meios (desestabilizar o benfica, criando conflitos e até pondo em causa negociações e investimentos importantes para o clube) para atingir um fim.

      Resumindo: O Bruno Carvalho é tão ganancioso que quanto mais longe estiver do Benfica melhor.

      E mais uma vez repito, ninguém está a defender o Vieira. Por isso não venham com essa treta do "Vieirista" e não sei que mais...

      Eliminar
    4. JF, que conheces de Bruno Carvalho para afirmares isso? aposto que nada ...

      Mas de Vieira já sabes a incompetência e vigarice ..... mas continuas a apoiar...Parabéns!

      Eliminar
    5. Águia Preocupada27 junho, 2013 14:17

      BC tem o mesmo direito que Vieira... Se acusas o BC de querer fazer-se ao tacho propondo a alteração dos estatutos, a última alteração foi para quê? Para perpectuar o Vieira no poder!
      Ah! Pois é! Isso não te choca! Com e para Vieira, tudo é legítimo!

      Eliminar
    6. Concordo com o JF. O BC não engana ninguém. E quem o defende e diz que o conhece, também não. Lembro~me bem do que dizia e das sugestões que dava. É um perfeito troll! Mas um troll perigoso!
      E quem lhe fez estas mudanças dos estatutos não terá sido ele! Até gostava de ter o nome do advogado que fez isso!








      Eliminar
  21. Para quem acha mal o presidente ser remunerado, o que acham, por exemplo, dos vencimentos milionários dos dirigentes da SAD?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que ainda por cima são assumidos lagartos e tripeiros.... mas isso o povo gosta ... depois parece que também gostam de só ganhar 2 em 10 campeonatos ....

      Eliminar
    2. Todas pessoas que trabalham são sócios do Benfica desde o primeiro dia. Por isso não entendo o comentário desta nova estrela que apareceu de repente aqui a defender o BC.


      Eliminar
  22. A minha opinião é (e vale tanto como a do Bruno de Carvalho):

    1- NÃO CONCORDO. Sou sócio desde 1985, vivo em Bruxelas e sou sócio efectivo e pago as quotas como qualquer outro, porque hei-de eu ter os mesmos direitos que outro (sócio correspondente) que anda a pagar menos que eu ?

    2- NÃO CONCORDO. Porque nesse caso um rapaz que se fez sócio aos 8 anos logo que complete os 18 anos tem logo direito ao máximo de votos e sinceramente eu quando tinha 18 anos nem sabia o que era melhor para mim quanto mais para o Benfica, País, enfim seguia sempre a opinião dos País ou dos outros.

    3- CONCORDO. As casas do Benfica quanto muito deviam dar o apoio ao candidato e não votar porque é um pouco como duplicação de votos, ou seja as pessoas que estão à frente das casas e que votaram num Presidente obviamente que farão com que a casa vote também no mesmo.

    4- NÃO CONCORDO, aliás até escreveu aí uma mentira porque antes de ser de 3 em 3 anos antes era de 2 anos em 2 anos e antes disso de 1 em 1 (embora fossem outros tempos obvio) O clube precisa de estabilidade e daí os 4 anos. Se os sócios realmente quisessem e vissem durante a próxima época que o Presidente do SLB estava a fazer um PÉSSIMO trabalho, podiam tirar a confiança ao Presidente, organizar-se-ia uma AG e pedir-se-ia eleições antecipadas (tal e qual como se fez no Sporting) Além do mais andar a fazer eleições de 2/3 anos em 2/3anos é dispendioso!!!

    5- Concordo. No entanto admito que não me choca se um tivesse menos de 5 anos.

    6- Não concordo. Não ser remunerado não significa amadorismo, significa amor e paixão ao clube. Aliás eu até sou apologista que o Presidente da República não devia ser remunerado, mas enfim o Sr. Cavalo Silva tem muitas despesas a pagar e está pobre (Quando a consituição liberal foi feita em Portugal os representantes do povo, os deputados, não eram remunerados e se o BDC fala em alguns pontos de tradição aqui está outra)

    7- Não concordo, se o Bruno de Carvalho acrescentar um novo ponto a dizer que reembolsa as viagens de Bruxelas-Lisboa para votar então passarei a defender firmemente o voto físico.

    8-Não Concordo, senão andávamos sempre em eleições, Portugal então todos os anos tinham um novo governo hehe. Acho este ponto interessante mas SÓ concordaria se não fosse imediata. O povo é soberano e no Benfica é os sócios, acho que em caso de prejuízos os sócios é que têm de ditar se a Direcção é para continuar ou não e não o dinheiro...

    9- Não concordo, porque novamente estou contra a imediata queda da Direcção.

    10- Não tenho conhecimento para aferir se o actual funciomanto está a funcionar mal e se o novo traria realmente grandes melhorias.

    11- Concordo. No entanto não aparece a sugestão.é por papelinhos é levantando-se da cadeira um a um ?

    12- Não concordo, pois vejo isso como um custo desnecessário! Sinceramente é um orgulho ser um o sócio 186xx no entanto não sinto todos os anos a ânsia de saber se vou ser o 12xxx ou 11xxx. Todos os sócios têm que ter orgulho em serem sócios sejam o 7800 ou o 154831 ou 256001 e não sentirem-se importantes com mais razão e exigirem mais favores que os sócios com número mais alto. assim como está, está bem!

    13- Concordo.

    Resumindo e concluíndo, retire uns pontos da proposta, reveja outros pontos e seria com bom agrado que os sócios votariam na proposta

    ResponderEliminar
  23. Acho piada a alguns comentários. Acusam o B.Carvalho de querer uns estatutos á medida dele. Então respondam-me, e o Vieira alterou os estatutos à medida de quem?
    Não gosto do B.Carvalho mas concordo na generalidade com as propostas dele. Há artigos nos actuais estatutos que mais parecem ser da idade média.
    E sou absolutamente a favor da remuneração do presidente. Caso contrário a qualidade fundamental para se ser presidente não será a qualidade profissional e competência do candidato mas exclusivamente a grossura da sua conta bancária.
    Mas esqueçam...o Vieira não vai deixar alterar nada que o possa pôr em causa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada26 junho, 2013 19:31

      Ia precisamente dar esta resposta ao André Silveira!... Alterar estatutos só se for a favor de LFV, como aliás fez com estes últimos... Vieira deve ter nascidpo para o Benfica com o "cu" virado para a lua... Tudo lhe é permitido...Enquanto a outros, até o respirar o ar do Estádio da Luz cria desconfiança!
      Haja paciência!

      Eliminar
  24. Tenho a certeza que esta é uma discussão que deve ser realizada agora e não no meio de eleições!

    Na análise concordo com o Bruno Paiva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, não sei se a minha análise será a mais correcta, porque há pessoas mais entendidas que eu, no entanto como disse é apenas a minha opinião e será a que defenderei, caso ninguém me convença doutra melhor.

      saudações benfiquistas

      Eliminar
  25. A maioria das propostas apresentadas pelo BC traduzem medidas pró democráticas, que promovem a voz dos Benfiquistas nos destinos do clube. Até podia ter sido o Saddam Hussein a escrever isto que continuavam a ser medidas pró democráticas.

    O situação atual dos votos das casas do Benfica é uma aberração que me envergonha como benfiquista. Certamente há maneiras melhores de se incentivar a criação de casas do Benfica.

    Sobre a remuneração...penso que toda a gente na SAD recebe demasiado e que o presidente recebe de menos - paguem-lhe em bónus ao fim do ano, indexado ao nivel do individamente do clube.

    Não sei se fará sentido ter nos estatutos debates obrigatórios mas como é que vou estar contra uma medida que resultaria numa discussão pública sobre o futuro do meu clube? Como é que alguém pode estar contra coisas como esta? Das duas uma. Ou não têm confiança na vossa cabeça ou não têm confiança na cabeça do resto dos sócios.

    Para terminar, nem sabia que sócios que vivam a mais de 50km e que(como é lógico)paguem menos quotas não tenham os mesmos direitos eleitorais. Isto é demasiado idiota para ser verdade. Espero que o BC esteja a gozar porque isto não pode ser verdade.

    Se eu acho que o BC dava um bom presidente do Benfica? O que raio é que isso tem a ver com esta discussão?

    O Hitler chegou ao poder através de eleições. Qual vos a parece ser a melhor maneira de ter evitado uma coisa destas? Por lá um ditador que impedisse que ele se candidatasse OU usaram a cabeça quando vão por a cruzinha?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mats Magnusson em relação aos sócios correspondentes o que acontece é que quem viva a mais de 50km tem direito a inscrever-se como sócio correspondente NO ENTANTO não é obrigatório, pode muito bem ser sócio efectivo e continuar a pagar no multibanco ou internet como sócio efectivo se assim o desejar!

      Em relação aos votos:
      Direito de voto
      O direito de voto é atribuido a todos os sócios efectivos e correspondentes com mais de um ano de filiação associativa, sendo-lhes atribuido o número de votos descrito em baixo.

      Esta informação está no site e não sou eu que o digo:
      http://www.slbenfica.pt/pt-pt/socios/vantagensebenef%C3%ADcios.aspx

      No entanto para ser mais especifico há determinadas coisa que os sócios correspondentes não podem fazer (como por exemplo serem eleitos para os orgaos sociais) É para isto que o BDC quer igualdade de direitos ?? Epa eu sinceramente discordo.

      Se quiseres saber mais, para te informares, vai ler os estatutos do clube sobretudo os artigos 12 e 17

      Eliminar
  26. ACERCA DA LUTA SPORTV ..BENFICA TV
    RETIRAMOS ESTES COMENTÁRIOS DA NET

    “”CUIDADO...MUITO CUIDADO! Vão começar as manobras para deitar abaixo a direção do Benfica, inclusivé com a cumplicidade de certos "benfiquistas notáveis" que na sombra estão sempre à espreita da sua

    Noticia exelente estava mesmo á espera desta noticia, digo mais vou mandar cancelar o pacote dos 120 canais, só quero 15 canais porque o resto é para boi dormir, assim 15 canais mais Benfica tv pago 25 euros Exelente.

    Se és bom chefe de família só podes ser anti-sportv

    CUIDADO...MUITO CUIDADO! Vão começar as manobras para deitar abaixo a direção do Benfica, inclusivé com a cumplicidade de certos "benfiquistas notáveis" que na sombra estão sempre à espreita da sua oportunidade.

    Eu também já cancelei a sportv.

    Tenho de agradecer à SportTV o facto de ter criado as condições para que os jogos do benfica deixem de ser transmitidos. Só é pena, mesmo assim ter de "levar" com o benfica nos jogos fora. Deviam desaparecer de vez.

    É caro?Tão fácil!Estes canais não fazem falta!...Basta desistirmos deles ou exigir redução de taxas!...Está nas nossas mãos!...Bastava unirmo-nos...Quanto pagam pelas transmissões desportivas!...Muita lavagem passa aqui!

    A ERC NÃO PODE CONTINUAR A PACTUAR COM O MONOPÓLIO DA SPORTV. A SPORTV SEMPRE TENTOU ABAFAR TUDO E TODOS MAS ISSO ESTA A ACABAR. QUALQUER BENFIQUISTA INTELIGENTE, JAMAIS DEVIA TER SPORTV.

    CUIDADO...MUITO CUIDADO! Vão começar as manobras para deitar abaixo a direção do Benfica, inclusivé com a cumplicidade de certos "benfiquistas notáveis" que na sombra estão sempre à espreita da sua OPORTUNIDADE””

    PS- ARRANCA A BENFICA TV E LOGO APARECE UM ARTISTA
    A FALAR DE ESTATUTOS. O QUE ELE PENSA JÁ TODOS ESTÃO
    A VER.

    ResponderEliminar
  27. FRUTARIA+ O PREOCUPADO DOS ESTATUTOS+SPORCATV=ANTI BENFICA=ANTI BENFICA/TV

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LFV - O que lhe posso dizer é isto: o Benfica tem, não vamos esconder, toda a gente sabe a relação que tenho com o Joaquim, não vou esconder isto a ninguém…

      DN - Joaquim Oliveira?

      LFV - O Joaquim Oliveira, não escondo a nenhum benfiquista que sou amigo dele. (DN 12/07/09)

      Eliminar
  28. ANTI-XICOS-ESPERTOS27 junho, 2013 00:46

    É PERGUNTAR AO PREOCUPADINHO DOS ESTATUTOS O QUE ELE DESEJA PARA A RELAÇÃO BENFICA-SPORCA TV.

    O BENFICA NÃO DESEJA PAUS MANDADOS NEM QUER INFILTRADOS NEM TESTAS DE FERRO

    VÁ DISCUTIR OS ESTATUTOS DO CLUBE DELE AQUELE ONDE NINGUEM TEM CORAGEM DE SE APRESENTAR A ELEIÇÕES

    ResponderEliminar
  29. Muitos dos pontos fazem sentido até, mas tem alguns que são estúpidos, dá para ver claramente que foram feitos/modificados à imagem dos pontos menos bons do Vieira, somente para o autor desta revisão de estatutos ganhar vantagem para uma suposta recandidatura no futuro.

    ResponderEliminar
  30. 1 sócio 1 voto, assim é que devia ser.

    ResponderEliminar
  31. uma pessoa um voto...Isto sim é democracia...

    Argumentar democracia com votos a terem diferentes pesos é não entender o conceito de democracia...

    Era como se a minha avó tivesse 50 votos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse 1 pessoa, 1 voto o LFV ganhava com a mesma percentagem. Por isso não percebo a discussão.

      Eliminar
  32. LFV e o melhor presidente do SLB desde que eu nasci (tenho 32 anos) e por o que sei dos melhores.de sempre e so um burro e que nao ve isso, mas aqueles que o atacam sao os mesmos que teem memoria curta e tentam atirar areia para os olhos dos Benfiquistas tentando ate transformar Vale e Azevedo num bom presidente, um verme que roubou o clube e para aqueles que nao se lembram prometeu Rui Costa,Fernando Couto e que teriamos a.espinha dorsal da.seleccao,pois tivemos foi a.espinha dorsal de reformados e mancos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Longe de mim defender o vigarista do Vale e Azevedo, mas curioso mencionares "espinha dorsal da selecção", já que o Vieira já prometeu isso mais do que uma vez.
      Realmente, se a estupidez pagasse imposto......

      Eliminar
    2. A "espinha dorsal da selecção" não terá sido uma promessa mas um objectivo ou um desejo. Eu também quero ganhar o euro milhões mas isso não é uma promessa. É um desejo.

      Eliminar
  33. Meu deus, os Vieiristas aprenderam o mesmo paleio de LFV ao acusar tudo e todos de abutres e comentários depreciativos da pessoa, só falta mesmo invocar João Vale Azevedo para estar perfeita a colagem!!
    Um Benfiquista e um sócio deve por dever ajudar o Benfica, Bruno de Carvalho na minha opinião está a fazê-lo da melhor forma! Creio que a maior parte dos pontos são do acordo de todos, os pontos 1, 3, 5, 6, 7, 9 e 13 são importantes para a transparência e poarticipação dos socios no clube bem como um incentivo á participação de todos!

    Na minha opinião deveria haver um ponto em relação ao endividamento, deveria haver uma preocupação em ter nos estatutos um tecto de endividamento bem como um teto de renumeração dos orgaos da SAD (não sei se será possivel)...

    Acho engraçado que existam aqui defensores dos estatutos atuais sabendo que foram aprovados por 300 sócios num dia que ninguém quase soube e aprovar ao memso tempo um ponto que tira LFV da presidencia do Benfica!!

    "A Câmara Municipal do Seixal anunciou esta quarta-feira que vai assinar um protocolo com o Benfica para ampliar o Centro de Estágio do Seixal e criar lá dentro um estádio municipal. O protocolo vai ser assinado sexta-feira, a partir das 11.30 horas, no auditório dos Serviços Centrais.

    «A Câmara Municipal do Seixal e o Sport Lisboa e Benfica Futebol SAD assinam um protocolo que irá permitir ampliar o Centro de Estágio e criar um Estádio Municipal», pode ler-se no comunicado. Na assinatura do protocolo vão estar Luís Filipe Vieira e Alfredo Monteiro, autarca do Seixal."

    Mas o que é isto??? Será que estamos em Portugal??? O centro de estágio do Benfica não chega para os 104 jogadores??? O Benfica atual é isto meus amigos, construções, protocolos, transferências, parcerias, viagens muitas viagens, inaugurações de casa do Benfica e comissões!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. O caso do Seixal deveria ser apresentado e aprovado aos sócios em AG.

      Quais os direitos com que a Camara fica no Caixa F. C.?????

      Eliminar
    2. Dúvido que assim seja, porque pelo que o texto diz, o papel vai ser assinado amanha ás 11.30H!!
      Ampliar como?

      Eliminar
    3. Desde quando é que o Benfica não foi construções, protocolos, transferências, parcerias, viagens muitas viagens, inaugurações de casa do Benfica ??? (só as comissões é que é recente, mas que clube hoje em dia não tem que pagar balurdios aos sanguessugas dos empresários para comprar jogadores? mais vale acabar com a treta do futebol que não traz pão saude educacao a ninguem...)

      Quantos estádios teve o SL Benfica ? quantos campos andou a tentar alugar/comprar para aumentar o se patrimonio ? quantos protocolos o Benfica não chegou a fazer com outras organizações, associações ? quantas transferências de jogadores não se fez nos anos 90?80? e as viagens aos territorios ultramarinos ? Africa, Brasil (julgo que até à India)? e as parcerias com a publicidade/marcas etc ? vem do inicio do milenio não?

      O que falas aqui destas extravagâncias é contra qualquer equipa do Top 10/20/30 da UEFA, não é pura e simplesmente contra o Benfica

      Eliminar
  34. BENFIQUISTA DO CORAÇÃO27 junho, 2013 10:19

    NÃO ACREDITO

    NUMA LETRA
    NUMA PALAVRA
    NUM PARÁGRAFO
    EM NENHUMA IDEIA
    QUE ESTE CAVALHEIRO
    ESCREVA SOBRE O BENFICA

    NÃO GOSTAMOS DE "INFILTRAÇÕES"

    QUEM GOSTAR
    PODE COLOCAR
    UMAS ASINHAS
    E RUMAR AO CEU
    DA INGENUIDADE

    NÃO PODEMOS ESQUECER
    O SEU COMPORTAMENTO
    QUANDO CONCORREU A ELEIÇÕES

    HAJA MEMÓRIA

    DAQUELE LADO
    É COMO DA ESPANHA

    NEM BONS VENTOS
    NEM BONS CASAMENTOS

    ResponderEliminar
  35. Fiz o artigo para apresentar o meu blog, mas considero que tenho de colocar aqui porque a iniciativa veio daqui, por isso aqui fica a minha opinião sobres os pontos:

    Ponto 1

    Não concordo porque se trata de uma opção e não uma imposição. Não se trata "carne para canhão", trata-se de um benfiquista que preferiu pagar menos, mesmo sabendo que tem menos direitos, porque não vai ser muito activo, se o quiser ser escolhe a outra opção.

    Ponto 2

    Concordo que a tabela actual não é nem de longe nem de perto a ideal, mas a do Bruno Carvalho também não me agrada porque acho que falta uma categoria. 10 anos de sócio não pode ser a ultima categoria. Para mim seria assim:
    * Sócios de 1 ano até 5 anos: 1 voto
    * Sócios de 5 anos até 10 anos: 5 votos
    * Sócios de 10 anos até 20 anos: 10 votos
    * Sócios com mais de 20 anos: 20 votos

    Ponto 3

    Concordo, as casas do Benfica não tem nada que votar, são como o nome indica casas para benfiquistas e esses sim é que votam.

    Ponto 4

    Sinceramente aqui não tenho grande opinião, pois há vantagem em ser 4 anos e há vantagens de ser a 3 anos. Mas acho que 4 anos é um bom período, dando tempo para que o trabalho seja desenvolvido, se for necessário eleições antecipadas há mecanismos para isso.

    Ponto 5

    Não concordo nada com a proposta, 5 anos?? Nem pensar, é muito pouco tempo de sócio e possibilita aparição de oportunistas. Concordo que os 25 anos é muito tempo, juntamente com a idade, no me ver 15 anos de sócio e sim, a idade devia ser a partir de 35 anos.

    Ponto 6

    Neste ponto estou dividido, pois quero um Presidente a 100% no clube, sem negócios paralelos e ai claro que tem de ter um salário, por outro lado o Presidente do Benfica não pode ser alguém que queira ir para o poleiro. Talvez um salário definido pelos sócios, ficando nos estatutos, mas se isso acontecesse os dirigentes da SAD também deviam ter.

    Ponto 7

    Sinceramente em 2013 isto não faz sentido, o voto tem de ser electrónico e se vamos por em causa, então algo mais grave se passa no Benfica e não é só alteração dos votos. Uma votação seja de que maneira for pode ser sempre posta em causa.

    Ponto 8

    Com o futebol moderno anda teríamos novas direções todos os anos. Se algo está mal com a direção, seja nas contas ou noutro lado qualquer, há maneiras de antecipar as eleições.

    Ponto 9

    A mesma resposta do 8, há maneiras de antecipar as eleições, agora se é chumbado o orçamento então terá de ser apresentado outro, ou o mesmo alterado. Se por ventura for novamente chumbado então os sócios terão de se mexer se querem realmente a direção continue com aquele orçamento ou "provocar" eleições antecipadas.

    Ponto 10

    Como temos actualmente é necessário 10.000 votos, o que sinceramente não acho assim tão difícil de conseguir. Neste momento são preciso 200 sócios com 50 votos, 500 com 20 votos, ou 1000 com 10 votos, que sinceramente num universo de 250.000 sócios não me parece nada impossível e se realmente se muda-se o ponto 2, então ainda era mais fácil.

    Ponto 11

    Concordo, actual é ridícula, levantar e depois contar, como já disse, estamos em 2013. Por mim electrónico e há varias soluções, comandos, levantar e ir votar num posto electrónico, sei lá.

    Ponto 12

    Aqui, claro que não me importava que fosse todos os anos, mas é um custo muito grande. Sinceramente teria de saber ao certo quanto custa e se compensa mesmo fazer 5 anos, em vez de 10 anos. Não considero muito importante.

    Ponto 13

    Concordo, a Benfica Tv tem de estar activa na altura das eleições para informar de quem de direito, os sócios do Sport Lisboa e Benfica. Concordo que era importante estar definido que os candidatos tenham debates entre eles, para discutir os problemas dos clube e para apresentarem as propostas que defendem nos olhos do seu opositor.

    Bem claro que isto é a minha opinião que vale o que vale, ou seja, o mesmo que qualquer outro sócio.

    ResponderEliminar
  36. Mesmo já sendo desactualizado, seguem os meus comentários:

    Ponto 1 e 2, para mim resolvia-se segundo a seguinte regra: 1 sócio 1 voto, cada sócio só poderá ter direito a voto depois de 5 anos de sócio;
    Ponto 3 de acordo;
    Ponto 4 de Acordo, mas mais importante é a obrigação de existirem Listas separadas para os diferentes Órgãos sociais, para que o Presidente da AG não achar que depende do Presidente da Direcção. Além disto é importante a limitação de mandatos, a serem mandatos de 4 anos a limitação deveria ser de 2 mandatos, a serem de 3 anos então a limitação seriam 3 mandatos;
    Ponto 5 decorre dos pontos 1 e 2, pelo que estou de acordo;
    Ponto 6 apenas se justifica a remuneração dos Órgãos Directivos da SAD visto ser uma empresa, mas aceito que o Presidente do Clube possa ser remunerado;
    Ponto 7 de acordo;
    Ponto 8 não pode estar redigido dessa forma, os orçamentos devem ser tendencialmente positivos, mas sendo negativos devem estar sujeitos à aprovação da AG,
    Ponto 9, de acordo excepto se for no primeiro ano de mandato, pois não se justifica que as AGs sobre os Orçamentos se sobreponham às AGs eleitorais,
    Ponto 10 o que decorre dos pontos 1 e 2 é que sejam considerados os sócios e não os votos, em meu entender devem ser necessários 1.000 sócios para convocar uma AG,
    Ponto 11 de acordo pois é da mais básica democracia acabar com votos de braço no ar;
    Ponto 12 de acordo, não faz sentido ter um número artificial de sócios;
    Ponto 13, acho que não faz muito sentido falar onde sejam os debates, pois se hoje há BTV ninguém nos garante que a mesma existirá daqui a 10 ou 20 anos.

    Ainda relativo às AGs acho que deveria a Direcção ficar mandatada para estabelecer uma rede de comunicação interna nas Casas do Benfica, para que permitam a participação nas AGs bastando a ida à Casa do Benfica mais próxima em vez de ter que ir ao local físico. Deste modo a participação seria concerteza muito mais alargada e o voto nas casas somar-se-ia ao voto no local da AG o que aumentaria a representatividade e aumentaria a participação associativa.

    ResponderEliminar
  37. Chego com algum atraso a esta discussão, mas nem por isso vou deixar de registar a minha opinião (à atenção de futuros retardatários como eu...)

    Ponto 1 — Discute o proponente, e os comentadores, sobre manter/modificar as qualidades de sócio, equiparar/distinguir as duas actualmente existentes. Na minha opinião, uma terceira via impõe-se: acabar pura e simplesmente com a distinção (baseada na localização). O Benfica só deve ter um tipo de sócio, o "Sócio"; todos iguais, na quota, nos deveres e nos direitos. A Carbonária já foi, e há muito tempo. Fala-se tanto de "hoje em dia", de modernidade, de passado e futuro, e ninguém vê que "hoje em dia" 50km não tem já relevância nenhuma, ninguém coloca sequer a hipótese de desvalorizar o factor geográfico, de o retirar desta questão. Se eu morar no Cartaxo sou correspondente? O que é isso de "correspondente"? Hoje em dia, como todos sabem, até as assembleias, reuniões e congressos podem ser efectuados por por visioconferência! (No meu modesto blog dou mais "asas" a este assunto, que aqui é pesado demais).

    Ponto 2 — Não está mal. Mas, por espírito de contrariedade, ouso propor um meio termo entre o que existe e o que é pedido: 1/<5 anos: 1 voto; 5/<10 anos, 5 votos; 10/<15 anos 10 votos; >15 anos, 20 votos.

    Pontos 3, 8, 9, 11, 12 e 13 — Quem pode discordar do principio? Agora se é necessário, urgente, relevante, indispensável, coisa a ver melhor, possível... na sê.

    Ponto 4 — Rejeitado. O que está, está bem.

    Ponto 5 — 25 anos é muito, 5 é pouco. Dez anos de associativismo ininterrupto acho que é suficiente para reduzir o risco de "infiltrações", se é mesmo isso que tal requisito pretende, e não idoneidade clubística. De resto, nós cá estamos para recusar o voto a qualquer quinta coluna.

    Ponto 6 — Rejeitado. O Benfica é um clube! A SAD é outra coisa. Se alguém tem necessidade de recursos para comprar as couves pá sopa, que se dedique à sua actividade profissional e deixe o associativismo para mais tarde. O presidente e os restantes membros dos OS não são "amadores", como lhes chama a proposta; são "voluntários", que oferecem o seu saber pelo bem de todos. Esta não é uma função, é um ministério! Não venham baralhar conceitos, misturando "desporto amador" com tarefas directivas.

    Ponto 7 — Falsa questão. Desde há dezenas de anos que existe forma de votar fisicamente (em um ou muitos locais) mas a leitura desses registos ser electrónica. Do mesmo modo, há maneiras fiáveis de garantir a 100% que ao carregar num determinado botão o output é correcto; basta instalá-las.

    Ponto 10 — A ponderação inscrita no número de votos não creio que seja o melhor método. Mais uma vez a sociedade civil dá o exemplo, em petições, moções e iniciativas similares, privilegiando a quantidade de proponentes a qualquer outra qualidade (idade, instrução, posição, etc.). Por isso, uma convocação de AG Extraordinária deveria ficar dependente unicamente de um determinado número de requerentes em pleno uso de direitos e não de "votos". Quantos, não sei; algo à volta de 5% dos sócios? Será muito? E quem tem culpa de pertencer a um clube gigantesco? Ok, de 1% (que já dá algo superior a 2 mil)?

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares