Procedimento Relvas para formar "treinadores à Porto"
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 20 de junho de 2013

Procedimento Relvas para formar "treinadores à Porto"

 ●  + 22 comentários  ● 

O que têm em comum, no seu percurso os treinadores que são formados por... equivalência?

Assim se inunda a I Liga da treinadores "amigos" que "fazem uns jeitinhos" e se ajuda a formar clubes campeões.

*****



A Federação Portuguesa de Futebol confirmou ao Maisfutebol que «há treinadores sem o nível III que estão a frequentar o curso de nível IV, casos, por exemplo, de Marco Silva (Estoril) e Pedro Emanuel (Arouca)», ambos da I Liga. 

Há mais seis situações semelhantes, admitiu a FPF. Na Liga 2012/13, para além dos já mencionados, mais três orientaram equipas sem ter nível IV: Nuno Espírito Santo (Rio Ave), Paulo Fonseca (P. Ferreira, agora no FC Porto), e Sérgio Conceição (Olhanense/Académica) 

A notícia de que havia técnicos a saltar níveis foi avançada pelo jornal «i» e o Maisfutebol foi procurar respostas, depois de Nicolau Vaqueiro, ex-candidato à presidência da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) ter considerado que o caso podia causar danos na classe. 

A FPF explicou que «apesar de o curso ser reservado a possuidores de nível III, não houve cursos abertos durante três anos, devido a uma série de compatibilidades que tinham de existir com a secretaria de Estado e outras instituições, mas as pessoas não podiam deixar de trabalhar» durante esse período. 

Nessa medida, «a FPF avaliou currículos de acordo com os critérios estabelecidos e permitiu que treinadores ou adjuntos de nível II que tenham trabalhado nos últimos 2 anos pudessem concorrer». Ou seja, «houve um processo de equivalência para oito treinadores», cujos casos serão presentes «a uma comissão de avaliação, constituída por um júri que engloba membros da ANTF, da federação e ainda dois especialistas». 

Reclamações não são novas 

Normalmente, a FPF divulga as listas com os nomes dos técnicos que frequentam este cursos, mas neste caso não o fez. Ainda assim, garante que o fará, «como sempre», assim que as equivalências sejam analisadas. O facto de haver treinadores de II nível a frequentar o curso que começou a 16 de junho levantou alguma indignação junto de outros técnicos, com habilitação de nível III, conforme nos relata Nicolau Vaqueiro. Situações do género não são novas, como se pode ver pelo caso de Fernando Couto

«Não se pode pôr treinadores contra treinadores, mas houve muitos que pagaram o III nível com o intuito de fazer o IV. O que não se entende é que se faça um curso de nível IV seguido de outro de nível idêntico, com oito candidatos que não tinham nível III», afirmou ao Maisfutebol. 

«Não sei se é normal dar-se prioridade aos treinadores que estão nas liga profissionais, mas é uma incorreção a todos os níveis», acrescentou. De facto, para se frequentar o UEFA Advanced Pro, o nível mais alto, dá-se prioridade a quem treine nas ligas profissionais, ou seja, há uma hierarquia, como se pode verificar numa consulta aos critérios do curso que teve início a 20 de maio. 

No entanto, o primeiro pré-requisito é, precisamente, ter o curso de UEFA Advanced, o denominado III nível. Nicolau Vaqueiro diz que alertou «que isto era uma bomba», para depois referir-se à questão das equivalências: «As pessoas em causa são treinadores de excelência, mas a ANTF tem de estar presente! 

Creio que a ANTF devia ter emitido um parecer forte sobre esta matéria, porque temos de ter credibilidade. 

Creio que o Estado permite essas equivalências devido a uma Lei de 2012, mas o Estado devia preocupar-se com o rumo do país e não com estas questões desportivas.» Apesar de considerar que os treinadores de nível III que não foram aceites nos cursos de nível IV «terem o direito de ser ressarcidos do dinheiro que pagaram para frequentar o nível III», Nicolau Vaqueiro lembra que «houve um congresso em que o secretário de Estado falou de todas estas questões e só apareceram 37 treinadores». 

********


Já agora uma nota: O ano passado o Benfica meteu 2M€ no Paços Ferreira para trazer dois jogadores que de nada serviram para o Benfica. Em troca, o Paços basicamente ofereceu o título ao FCPorto... E estes, este ano, por 450mil foi lá buscar um treinador e um jogador (Josué) e já lá meteu mais dois jogadores e um treinador (Costinha)... e ainda lhe emprestam o estádio do Ladrão para a Champions.

Se alguém tiver a ideia absurda de permitir que o Oblak ou qualquer jogador ligado ao SLBenfica actue com aquela camisola... é caso para desconfiar das intenções.

22 comentários blogger

  1. Só uma correcção: Quem ofereceu o campeonato ao porto não foi o Paços, foi o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto. Devem estar a chover picaretas aqui na cidade para eu concordar com o Pedro Carneiro, mas usar o paços como desculpa não cola.

      Eliminar
    2. É por isso que é o teu corrupto presidente lhe concede todas estas oferendas.

      És mesmo carneiro.

      Eliminar
    3. Com muito orgulho, já você ser de sangue azul como apregoa, pela educação que demonstra ter, duvido muito.

      Eliminar
    4. Exactamente.Por isso o campeonato passa a ser disputado só entre o SLB e os corruptos.Para quê haver mais equipas a disputar o campeonato? O Nacional ao receber os corruptos trocou 3 titulares por 3 juniores,O Presidente do Nacional sempre andou de braço dado com o lider dos corruptos(ouçam no youtube) e o M.Machado todos sabemos que morre de amores pelo JJ.Abriram as pernas.Espantoso foi ver o Braga "perder" o jogo com o Nacional.Se tivesse ganho, o PF teria que ganhar aos corruptos de quisesse ir ao play-off da CL.Tudo conjugado para o PF abrir as perninhas em troca de benesses.Uns jogam o campeonato contra 15 adversários e outros contra 6/7. O resto está garantido.

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pensei que tivesse sido o hugo miguel e o proença...

      não vi o mesmo campeonato que tu....

      Eliminar
  3. Bolinhas... és tu???

    ResponderEliminar
  4. Ou quem ofereceu o campeonato ao Benfica foi o justiceiro Jackson Martinho o homem que falha penalties dourados: jogos com o olhanense e Marítimo que teriam dado mais 4 pontos ao porko.
    É que depois do Benfica ter ficado com 4 pontos de avanço o porko teve sempre penalties nos jogos em que o empate teimava em empatar. Quando perdia em casa 0-1 com o Rio Ave o ladrão teve mais um penaltie dourado falhado pelo Jackson. Não satisfeito com o sucedido o corrupto que apitava o jogo ainda teve o desplante de marcar um 2º penaltie dourado. James, menos justiceiro que Jackson não falhou. Na 2ª parte depois do 2º golo do porko o árbitro faz vista grossa a um atropelamento a Ukra dentro da área.
    Isto é uma breve súmula da enésima época vergonhosa.
    Depois um dos melhores Benficas de sempre é que ofereceu o campeonato ao porko.
    Das duas uma, ou há pessoas que nasceram ontem ou então dormem a uma eternidade o sono feliz dos inocentes/ingénuos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor Benfica de sempre perdeu o campeonato no final, a liga Europa e a taça para o Guimarães. O Porto e o Paços estiveram por trás deste final de época desastroso. . Agora a sério vá.

      Eliminar
  5. Aguia Sonhadora20 junho, 2013 17:26

    O porto teve varios ofertores por esta ordem,primeiro o proprio Benfica,segundo o Estoril,terceiro o pacos,quarto xistralhadas,olegariadas,proencadas e por ai fora,isso nunca mais endireita com todos esses treinadores afectos ao porto,o Benfica que empreste jogadores o pacos ,estoril,olhanense e por ai fora somos mesmo uma direcao de anjinhos vesgos.

    ResponderEliminar
  6. A partir do momento em que os jogos do Benfica em casa e os da premier league passem na Benfica TV, não tenham dúvidas...estamos no Ano Zero da luta contra a máfia. Se isso não acontecer vamos continuar a ser os bobos da festa.

    ResponderEliminar
  7. O problema é que esta conversa dos niveis de treinadores sem niveis exigidos, se quisessem seria logo resolvida, fácil quem não tem habilitações não pode ser treinador, simples! Mas como a ANTF está-se a cagar para isto, vamos tendo barbaridades destas "«Não se pode pôr treinadores contra treinadores, mas houve muitos que pagaram o III nível com o intuito de fazer o IV. O que não se entende é que se faça um curso de nível IV seguido de outro de nível idêntico, com oito candidatos que não tinham nível III»,
    È mesmo á Relvas como dizes!!
    Mas quem ganha com estas irregularidades todas?? Todos os agentes do futebol como é lógico, por isso tudo anda caladinho durantes vários anos atenção!!!

    ResponderEliminar
  8. http://portugal-online.yolasite.com/

    ResponderEliminar
  9. E então? O JJ também frequentou o curso de treinadores sem ter a 4ªclasse.

    ResponderEliminar
  10. Claro que não tinham cursos, não os havia. Muitos deles nem puderam ir para o estrangeiro por causa disso. Uma vergonha para a FPF.

    ResponderEliminar
  11. Para ser treinador em Portocal é preciso a benção do papa. Os abençoados podem então partir à conquista do futeluso, com pouco ou nenhum nível, à espera das grandes elegias de um freitas bobo ou de um outro qualquer filósofo do "futebolês". Este filósofos são conhecidos por usarem a palavra "estrutura" em vez da palavra "sistema".

    ResponderEliminar
  12. http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/alemanha/interior.aspx?content_id=828635

    No Benfica é globalização... Mas os alemães é q são burros!!

    ResponderEliminar
  13. põe e dispõe!

    põem os árbitros que querem a internacional e despromovem os que não interessa.

    põem os treinadores que querem nas equipas da I liga e saltam níveis e os que não interessam são despedidos (Na época passada passámos a época toda com treinadores como o Nuno Espírito Santo no Rio Ave e o Pedro Emanuel na Académica como sendo o Treinador Principal e a comandar as hostes e depois nas fichas técnicas, por não terem o nível necessário apareciam com outro estatuto, sendo o adjunto normalmente a aparecer na ficha técnica como o Técnico principal

    põem as equipas que querem na I divisão e as que lhes dão mais trabalho tentam puxar para a 2 divisão (o Gil Vicente esteve em risco...)

    pões os jogadores que lhes interessa num determinado clube para lhes estenderem o tapete (com um penalti ou expulsão, etc) e fazerem a vida negra ao outro.

    põe os dirigentes nos organismos da LIGA e FPF que lhes fazem as vontades e metem os outros descredibilizados!

    O que precisamos é dum Dexter, de um Batman, de um Justiceiro porque para o ano haverá mais do mesmo.

    Ainda me lembro que há uns 20 anos atrás a solução era o Benfica usar um orçamento de 3 milhões de contos contra 800mil contos dos corruptos. Assim vai-se ganhando claro, no entanto isso acabou por nos levar a imensas dívidas, portanto espero que não voltemos a esse caminho!

    Ou então que se use o orçamento não no futebol, mas para combater o polvo!

    ResponderEliminar
  14. O Benfica não paga cursos de treinador a ex-jogadores seus comprovadamente benfiquistas? Está na hora de fazê-lo. Está na hora de entrarmos no jogo do PORCO, investindo aí.

    ResponderEliminar
  15. nem de propósito:
    Desportivo de chaves, treinado por joão pinto, está sob suspeita.

    http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/desporto/desportivo-de-chaves-sob-suspeita

    "os flavienses terão pedido um futebolista que "facilitasse" no jogo entre as duas equipas, na 29ª jornada (penúltima). Como contrapartida, terão avançado com três mil euros e a promessa de um contrato por dois anos, a começar já na temporada 2013/14."

    Eles têm a (mesma) escola toda...

    É, também, muito engraçado que na notícia se refiram ao treinador apenas como "antigo internacional português", sem qualquer referência ao ÚNICO clube onde jogou TODA a sua carreira.
    Mais engraçado ainda é que só nos últimos 30 anos houve não um, nem dois, mas sim 3 (!) Joões Pintos internacionais portugueses. E, mesmo assim, na notícia não sentiram qualquer necessidade de explicitar qual deles era o "treinador"...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares