Reestruturação do Grupo Empresarial do Benfica
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Reestruturação do Grupo Empresarial do Benfica

 ●  + 2 comentários  ● 
Começo por afirmar, como ponto prévio que nem sequer me passa pela cabeça que os temas abaixo não sejam alvo de uma AG do Clube, quiçá histórica, pelo formato alargado que permita a participação de todos quantos quiserem.

Há semanas criou-se uma pseudo-bronca com a história dos capitais próprios negativos do Benfica e dos milhões de euros de prejuizo. Rapidamente sairam a terreiro os especialistas em blogs, jornais, televisões a dizer que era o fim do Mundo e mais além... ou a dizer que não era rigorosamente nada e que a reestruturação da SAD a coisa resolvia-se e/ou com o Fundo de Jogadores.

O tema não é pacífico e muito menos para mim que não sou nada dado a estas coisas dos números e da gestão:
- Há quem coloque condições para os valores de integração da Benfica Estádio
- Há quem se esteja marimbando, resguardados no chavão de que o Clube tem maioria na SAD
- Há quem simplesmente... se oponha por tradicionalismo, dizendo que o estádio é do clube e dos sócios, não dos accionistas da SAD.
- Há de tudo...

... E na minha opinião ninguém detém a verdade! Aliás, este tema pode até parecer que não, mas envolve antes da estratégia e contabilidade... muita sensibilidade, pelo que de uma coisa eu estou certo:

- Nem que seja por respeito aos sócios mais velhos e menos esclarecidos nestes temas, é absolutamente VITAL que haja uma AG para debater este tema antes de o submeter à votação.

Bem sei que o "modus operandis" habitual desta direcção não deixa grande espaço à discussão, é chegar ali meter um documento com 50 ou mais paginas à frente dos sócios, dar.lhes uma explicação de 1h de um dos Vices ou do Presidente a falar... meter a malta a falar 2minutos cada um, mas que pouco ou nada dizem e os que dizem falam é de futebol... e siga para votação.

NÃO PODE SER! O assunto em causa é demasiado sério para ser discutido com a leviandade, por exemplo, com que se marcaram e realizaram as eleições, ou que ano após ano se votam os R&C.

Como em muitos temas da vida do Benfica, neste caso também não há "branco ou preto"... este tema tem uma imensidão de cinzentos a ter em conta, como os critérios de avaliação e valorização do activo Estádio, o papel dos accionistas no aumento de capital, a nova estrutura accionista pós incorporação, os mecanismos de protecção do Clube perante movimentações accionistas e OPA hostis, etc.

Dizer, depois, que este assunto ou o fundo de jogadores (AKA empréstimo bancário que tem como garantia a venda parte dos passes) são as milagrosas soluções para a crise das contas do Benfica, parece-me (no minimo) uma visão exclusivamente técnica do problema.

Podemos todos juntar-nos em grupo, dar as mãos e chorar sobre as contas, antes de gritarmos de alegria que fizemos uma manobra contabilística ou de antecipação de receitas que resolveu a cura para o cancro e a fome em África.

O que precisamos é de sustentabilidade de, de uma vez por todas, colocar de parte os tais "amigos" e olhar a sério para os interesses do Clube, e quanto a este tema da reestruturação do Grupo Empresarial, já se sabe que será como a história da faca e do melão:

"Caia a faca no melão, ou melão na faca... quem se lixa é sempre o melão!"

Ou seja, seja qual for a decisão, a Administração da SAD vai sempre ser criticada e elogiada (seja porque não resolveu as contas, seja porque tirou o estádio ao Clube). A dimensão da critica ou do elogio vai depender da postura do Presidente e da capacidade de não se armar em ditador como num passado recente:

Bem sei que o Presidente é um accionista de referencia da SAD e tem interesse pessoal também nesta situação, mas a minha opinião é que acho errado privilegiar a SAD, e os seus accionistas, sem cuidar do Clube e do seu futuro. Podemos até avançar neste processo com a SAD, mas é preciso proteger o presente e o futuro do Clube (e não falo apenas em posição accionista, pois essa ninguém pode amanhã garantir que não se voltará a alterar).

O que para mim vai ser fundamental perceber neste processo é:

Para que precisa a SAD deste aumento de capital, se ele não se traduzir em entrada de dinheiro ? Reestruturação apenas - para quê? Cumprimento do artigo 35º apenas - quantos não cumprem?

Se assim for, quem ganha com esta operação, e o que ganham os accionistas da SAD como Joaquim Oliveira- o inimigo... que só é amigo para o Presidente?

Em que condições fica o Benfica, caso a operação se concretize, para poder acompanhar um futuro aumento de capital ?

Estas, e outras perguntas, terão de ser respondidas em Assembleia Geral do Clube e não apenas da SAD.

2 comentários blogger

  1. O Estádio da luz é propriedade não do clube mas sim da Benfica Estádio um empresa ,tal como é a SAD, que são detidas pelo SLB em maioria do capital por isso não me choca que passe para a SAD alias e mais lógico que assim seja já que as receitas e encargos são da sua responsabilidade,a equipa joga no estádio da Luz então deve ter direito as receitas e pagar os encargos da sua actividade...Uma assembleia para que?não acho que seja necessario o clube continua a deter a maioria por isso acho que deve avançar. Paulo Chagas sócio do SLB

    ResponderEliminar
  2. Paulo,
    Já vi q se enquadra naqueles que "ah e tal há maioria do Clube, pronto".

    eu nao penso assim, porque como explica e bem o ForumBenfica, é fundamental NÃO OFERECER DE BANDEJA mais de 49M€ a accionistas como Joaquim Oliveira.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares