O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 15 de novembro de 2014

O Sr José Luis, mais um a olhar por nós

Avatar
 ●  3 comentários  ● 
Faleceu o Sr José Luis.
Não conhecia o senhor, mas sempre que o víamos a trabalhar, era evidente a dedicação ao nosso Benfica.

Basta percorrerem as redes sociais para perceber o sentimento que despertava nos jogadores.

Os nossos sentimentos à família.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

EXCLUSIVO: CR7 nomeado para prémio Nobel

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
A Academia Sueca acaba de nomear o CR7 para premio Nobel da Paciência. Na base do prémio está a dedicação e espírito de sacrifício do jogador português ao aguentar jogar com o Postiga na mesma equipa

Portugal - Armenia

Avatar
 ●  9 comentários  ● 

Se fosse o Paulo Bento a colocar este onze era o caos.  Postiga e Bosingwa a titulares é ridículo.

Benfica faz Portugal vencer

Avatar
 ●  12 comentários  ● 
Nos Sub19, 3 dos 4 golos foram marcados por jogadores do Benfica (Renato, Hildeberto e Guedes)... E foram os 4 assistidos por jogadores nossos (Hildeberto 2, Baldé e João Lima).

Este é da formação e vale 50M€

Avatar
 ●  25 comentários  ● 

Este é o terceiro jogador que na mesma semana a imprensa tràs à estampa a dizer que tem saudades do Benfica, que gosta muito do Benfica e tudo e tudo.

Isto não é por acaso, à falta de notícias, a imprensa sabe que o "povão" adora estas frases! Esquecem-se logo das alianças, casamentos e exibições sem graça.

No entanto, não é por acaso que os demais não mereceram qualquer destaque aqui no blog, mas o David Luiz sim. É que só me apetece escrever sobre os que dizem aquilo sem ser para ficar bem na fotografia, ou porque perceberam que "meteram o pé na merda" atrás do dinheiro.

Um era aqui o "maior goleador estrangeiro de sempre", e agora não tem a nata de assistentes que jogavam 10 como se fossem 11, para ele poder andar ali só para o ultimo toque durante 7 anos "in a row". Assim eu também tinha saudades, disso e dos aumentos de salário anuais sob chantagem de sair.

O outro passou aqui de fugida, sempre teve esse plano na cabeça do empresário e de quem o trouxe, e saiu para ganhar bem mais em Inglaterra. Esqueceu-se que não é por acaso que aquilo é a melhor liga do Mundo e um jogador que aqui era fantástico mas ainda inconstante e imaturo... lá só poderia ter dificuldades. Assim eu também teria saudades.

Porém este é brasileiro, sim, não nasceu cá, não... mas sente o Benfica como se tivesse jogado aqui desde os 9 anos, porque é de uma humildade e sentido de gratidão muito invulgares nos jogadores de futebol.

O David Luiz poderia perfeitamente ser um adepto. Porta-se como tal. "Furava o protocolo" se sentisse que isso faz feliz quem apoia o Benfica. Não foi uma nem duas vezes que o viamos de volta dos miudos da formação, ou nos jogos das modalidades, simplesmente por sim... porque era o Benfica.

Por isso, meu menino, nós também queremos que voltes, se possível ainda na plenitude das tuas imensas capacidades físicas e técnicas, porque humanas dificilmente alguem te igualará.

O hóquei em patins "à Benfica".

Avatar
 ●  16 comentários  ● 

"A equipa de Hóquei em Patins do Sport Lisboa e Benfica mostrou o seu cariz solidário ao marcar presença, na noite desta quarta-feira, numa partida com o Sesimbra a fim de angariar fundos para ajudar Catarina Santos, ginasta de 12 anos, pertencente ao Clube Recreativo e Desportivo Brasileiro Rouxinol que sofreu um acidente durante um treino de trampolins que a deixou paraplégica.

Sensibilizados com a situação que assola a jovem e a sua família, os hoquistas do Benfica, em conjunto com os do Sesimbra, decidiram agir, organizando um jogo de solidariedade que contou com uma moldura humana interessante nas bancadas.

Tal atitude emocionou o pai de Catarina Santos, que recebeu, no fim da partida, uma camisola do Sport Lisboa e Benfica." - SL Benfica.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Fala mais do que sabe ou fala mais do que desejam?

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

Em Junho Bruno de Carvalho dizia à RTP: "A bipolarização é aquilo que me ofende. Se calhar, estou a pôr a nu o que é uma mentira há 12 anos. A aliança existe há muito tempo. Aliança entre os que fazem bipolarização do futebol português. Preferem outros clubes mais fracos que não conseguem dar luta. Claro que é o Benfica e FC Porto" 

Agora, em entrevista à SportingTV, o Presidente daquele clube referiu que "Aquilo já não é aliança, já é casamento"

Acrescentando que "Benfica e FC Porto não gostaram das propostas do Sporting. O Benfica demorou um bocadinho mais a demonstrar o descontentamento (...) Os dois clubes afastaram o Sporting da mesa de conversações, com a destituição de Mário Figueiredo", contou. 


"O Sporting tinha um interesse grande em discutir o futebol português, mas a certa altura os clubes queriam discutir a destituição do Mário Figueiredo (...) Não havia propostas, ideias, caminho... O Sporting recusa-se a falar em nomes sem saber o que vai acontecer", justificou.

"Não há projeto nenhum, escolheram uma pessoa com um conflito com um dos grandes, com gravidade, mesmo não sendo, ainda, culpada (...) Escolheram uma pessoa com conflito com o Sporting. Os outros é que são elegantes e temos que os louvar?", questionou, acrescentando que "o Sporting colabora com a Liga mais do que todos os clubes juntos e voltará a enviar as propostas".
in DN

A pergunta que se impõe aos nossos leitores é: 

1. Fala demais, ou seja, diz o que ninguém diz e torna-se num "Marinho Pinto" do futebol que diz as verdades incómodas e tem dificuldades em saber parar?

2. É propagandista e fala do que não sabe apenas para criar a ilusão aos sportinguistas de que defende outro contexto para o futebol e assim se perpetuar no clube imune aos resultados?

O exercício ao contrário.

Avatar
 ●  30 comentários  ● 

Nos últimos dias tem sido intenso o debate sobre que atletas do Sporting ou do FC Porto teriam lugar na equipa do Benfica.
Esse tema será sempre alvo de grande debate e certamente que as nossas opiniões nunca serão unânimes.

O que desafio os nossos amigos a fazerem é o exercício inverso.
Da equipa tipo do Benfica, quem teria lugar de caras nas equipas de Sporting e FC Porto?


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Este sim é o Zé Nuno Martins que conheço.

Avatar
 ●  35 comentários  ● 

"Na semana passada fui muito incorreto, mesmo grosseiro. Não é meu hábito usar linguagem imprópria. Envergonhei-me do que disse e hoje tenho de pedir desculpa às pessoas que magoei, de modo involuntário", comentou José Nuno Martins no programa Benfica 10 Horas, da BTV.

"Magoei três pessoas. O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho e o seu ilustre sócio Rogério Alves, que não são pessoas das minhas relações nem havia motivo para qualquer ofensa sobre elas, e Diamantino Miranda, meu amigo há anos, acerca de quem usei linguagem que não é própria, e deixo-lhe um abraço sentido", continuou.

Para concluir, o diretor do jornal das águias fez uma comparação com os adeptos que usam petardos nas bancadas da Luz: "Não posso criticar quem usa petardos para depois usar expressões incorretas e tão simbolicamente explosivas como um petardo. Espero não voltar a repetir. Essa não é a maneira de defender o Benfica".

Visto no Mágico SLB.

Sim. São os mesmos.

Avatar
 ●  48 comentários  ● 

"O presidente da SAD do Estoril,Tiago Ribeiro, comentou a Record esta polémica, afastando qualquer tipo de efeitos colaterais. “De forma alguma. As relações com o FC Porto são ótimas e, como sabem, fazemos vários negócios com eles e assim continuará. Não assisti ao episódio, mas terá sido algo no calor do jogo.”

Reconhecendo a existência do episódio com Tozé, o dirigente elogiou o jogador. “Acho que a exibição dele é boa para ambas as partes. No dia em que ele regresse ao FC Porto, o clube pode ficar satisfeito pelo profissionalismo demonstrado aqui”, vincou." - Record.


É claro que não se esperava outra coisa de Tiago Ribeiro. Também não seria de esperar uma gritaria ou declarações inflamadas de raiva.

O que já é uma demonstração de servilismo é quando alguém "cai sempre para o mesmo lado".

Não viu as agressões a Nuno Lobo, mesmo nas suas "barbas" e agora não negando o episódio onde um jovem que serve neste momento o Estoril é assediado com agressividade dentro do seu próprio estádio, nem uma palavra de condenação.

"No calor do jogo"...? 
No túnel ainda é jogo? E já agora o que fez o puto? Uma falta rude sobre um colega de profissão? Agrediu verbalmente algum dirigente ou atleta adversário? 
Não. O puto marcou uma penalidade decisiva e até se "desculpou" para os adeptos portistas.

Este episódio deixa evidentes vários pontos.

O facto de Tiago Ribeiro, o porta voz nos postos de gasolina e após isso, é claramente um vassalo do FC Porto.
É o que posso dizer de alguém que não repudia publicamente uma pressão e agressividade inaceitáveis para com um atleta por ele ter apenas...cumprido o seu papel como profissional de futebol.
Alguém que assobiou para o lado quando o presidente da sua Associação é agredido na sua casa.

Mas também fica evidente, para os que convenientemente andam mais esquecidos disto, que os métodos e mentalidade do FC Porto de Pinto da Costa não mudaram e não mudarão.

A noção deles de verdade desportiva é o Kleber não jogar e seria o puto ter enviado a bola para a bancada. Daí a sua raiva no final da partida. Este FC Porto de Pinto da Costa só sabe viver assim.

Daí continuar a ser inexplicável a aliança entre o Benfica e o FC Porto. Ou dito à maneira de Tiago Ribeiro, o "consenso" ou a "convergência" com os dirigentes que procuram viciar o futebol português desde o primeiro dia que entraram no futebol.

Este FC Porto de Pinto da Costa é o mesmo com que o Benfica escolheu Luis Duque. 
Sim. São os mesmos.

São estes os parceiros credíveis para a regeneração do futebol português? 
É com estes que se pode esperar que o futebol fique mais justo, mais limpo e mais honesto?

É nisto que nos pedem para mais uma vez acreditarmos, como aconteceu com Fernando Gomes? 

Só é enganado novamente quem quer. 

--------------------------------------------------------------------------------

Atualização:
"O médico Nélson Puga e o treinador adjunto Rui Barros foram dos mais ativos no apertão a Tozé no final do Estoril-FC Porto.
Ambos fizeram várias acusações ao médio, questionando o seu profissionalismo." - Record.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Gaitan: Renova e Baixa cláusula. Como Interpretar

Avatar
 ●  28 comentários  ● 

Boa notícia na Luz! Um dos melhores e mais fantasístas jogadores que passaram nos últimos anos pelo campeonato português foi reconhecido pelo SLBenfica, alegadamente, com um aumento de ordenado.

Porém, o SLBenfica reduz a margem negocial de uma futura transferência e a clausula de rescisão desce para os 35M€ (menos 10M€). 

Portanto, o contrato passa para além de 2016 (vai para 2018), o que evita que a meio da próxima época tivéssemos que lidar com uma situação semelhante à de Garay.

Alguém vê algum problema ou sinal na redução da clausula para os 35M€?

No momento económico actual já todos perceberam que as clausulas são apenas um elemento negocial. Ou seja, se for muito baixa não há negociação, mas se for alta o clube ganha um ténue (é verdade) argumento para fazer subir as paradas.

O que acham desta revisão?

Também não viu, Tiago Ribeiro(Estoril)?

Avatar
 ●  16 comentários  ● 

"Elementos ligados ao FC Porto acusaram Tozé, que no último defeso trocou os dragões pelo Estoril, de falta de profissionalismo. Em causa estava a grande penalidade que o médio ganhou e transformou.

O jogador do Estoril viveu um drama que quase o deixou a chorar." - Record.

Assim como não viu as agressões a Nuno Lobo da AFL, Tiago Ribeiro, pelo seu silêncio também deve desconhecer a pressão que realizaram a um seu jogador, no seu próprio estádio.

Tiago Ribeiro, o porta voz do "consenso", perdeu o pio? Ficou com o Kleber a ver o resumo?

Rui Gomes da Silva dixit:

"SAUDADES DE TÚNEIS QUE DÃO CAMPEONATOS!!!

"Tribunal da Relação confirma condenação de todos os jogadores do FCP"

"Tozé apertado no túnel na Amoreira"

OU SERÁ QUE SE PREPARAM PARA ... NOVOS TÚNEIS???"

Benfica e arbitragens.

Avatar
 ●  77 comentários  ● 

Mais uma jornada passou e o Benfica mantém-se no primeiro lugar, recuperando parte do que perdeu quando visitou Braga.

Há duas conclusões a reter desta jornada: o Benfica continua a apresentar um futebol fraco mas que vai chegando para os adversários mais limitados, e que o ataque que se vinha insinuando nas últimas semanas às arbitragens dos jogos do Benfica teve ontem o seu início oficial.

O futebol do Benfica continua sem apresentar uma qualidade aceitável para o seu custo. 
E aí, por muito que incomode algumas alminhas, o dedo tem que ser apontado a Jorge Jesus. O treinador mais caro da história do clube está a viver uma nova fase "Emerson" em várias vertentes. 

A insistência de que todos têm que se adaptar ao lugar 6, continuando a ignorar a opção mais válida neste momento que é o André Almeida é um exemplo disso. Também a insistência de colocar o André como defesa esquerdo é incompreensível quando não só se tem um defesa esquerdo apto no plantel neste momento como também temos a equipa B onde ir buscar alguém que esteja rotinado nessa posição. 

Para o treinador do Benfica, o que não pode estar em causa é a sua concepção do jogo e por isso também se explica que só a muito custo abdique de Talisca que tirando os momentos de golo nos últimos jogos, é um peso relativamente morto na equipa perdendo bolas atrás de bolas e sem ter poder de embate.

Não entendo o desaparecimento do Cristante, um jogador que custou 6M e a dificuldade em colocar Samaris a render na posição que melhor faz e que não é a 6.

Não faz sentido contratar jogadores que se tenham notabilizado numa determinada posição para depois estar a forçar que joguem noutra em que não estão rotinados só porque o treinador ganhou a mania de que vê mais que os outros.

Também não se entende a justificação dos "jogadores cansados" quando estamos ainda no início de Novembro e o jogo da Champions foi na passada terça-feira e em casa. Como disse alguém ontem, o que faria Jorge Jesus se treinasse em Inglaterra? Pedia três plantéis?
Costuma-se dizer que um jogador motivado corre aquilo que já aparentava não conseguir. Será cansaço ou será "cansaço" deste treinador? Fica a questão.

Há outro ponto importante que mencionei acima. As arbitragens.
Há uma dificuldade muito grande dos intervenientes nos jogos em serem honestos nas análises que fazem às arbitragens dos seus jogos. Em especial quando erros dos árbitros podem eventualmente ter beneficiado ou favorecido as suas equipas.

Também nisso o Benfica não é exemplo para ninguém. Não temos sido beneficiados pelas arbitragens, mas o lance de fora de jogo ontem marcado ao Nacional podia e devia ter tido outro tratamento da parte do Benfica.
É nestes momentos que se nota a ausência de um director ou administrador para o futebol que viesse assumir esse papel e que arrumasse logo essa questão. Como não há ninguém entre Jesus e Vieira, ninguém veio a terreiro derrubar esta falsa questão dos benefícios ao Benfica.

Daí que continuará na ordem dos próximos dias os "benefícios" da arbitragem ao Benfica, sendo que mais uma vez essas teorias e conversas terão um fim bem objectivo: continuar a cavar um diferendo entre Benfica e Sporting o que só servirá os interesses do FC Porto.

Espero que o Benfica possa encontrar uma forma de abafar estas conversas sobre a arbitragem de forma célere. 

domingo, 9 de novembro de 2014

Ah e tal o Benfica não joga nada...

Avatar
 ●  60 comentários  ● 
Pois, mas ganha!
Outros não jogam nada... e não ganham! Isso é capaz de querer dizer alguma coisa.

Nós não vemos os treinos...

Avatar
 ●  31 comentários  ● 
Eis o argumento mais sólido que podem ter os treinadores, especialmente quando passam um ano a seguir o contra-senso de "se queres os adeptos do teu lado, afasta-os".

É verdade que não vemos os treinos, mas também é verdade que há quem os veja e também tenha muitas questões que coloque em causa - mas não vou por aí. Porém todos vemos os jogos e não apenas os da equipa principal, mas também da equipa B e até dos juniores.

Se és dos que já chegaram a um ponto onde consideras que questionar seja o que for é crime, não continues a ler. Contudo, se como eu entendes que como adepto também tens opinião e que isso não quer dizer obrigatoriamente que estejas contra seja quem for, então continua.

Olhando para o nível exibicional da equipa principal que tarda em convencer, apesar de vencer, é perfeitamente aceitável que nos questionemos se algumas escolhas são mesmo pelos treinos, pelo mérito ou se é apenas teimosia.

Quando disse aqui que este ano tínhamos que ter Jesus, porque plantel não havia... Houve logo quem viesse tentar provar-me o contrário pela maravilhosa estatística. Raios parta, nunca mais contratamos "a estatística" para ganhar jogos, porque se é tão boa para justificar escolhas, também devia dar para ganhar jogos - o Cardozo que o diga, que aquilo anda escasso de golos!

Porém, parece óbvio que o Benfica tem a felicidade de ter três super jogadores que têm levado a equipa ao colo: Salvio e Gaitan, e um Enzo em rotação baixa, mas ainda assim mais alta que 80% do futebol português.

Pois só que faltam mais 8 jogadores para fazer uma equipa inicial e depois são precisos mais 5 ou 6, pelo menos, para fazer uma época. Está bom de ver que temos aqui um problema...

Olhamos para a convocatória para hoje e voltamos a ver apenas dois meios ala - os tais "motores" Salvio e Gaitan - e depois 101 jogadores para o meio e 5 para o ataque. Desnorte? Não creio...

Pelo caminho fica Cristante, que era um craque quando chegou e não só não o demonstrou em campo, como lá aparece poucas vezes. Será que do Milan para o Benfica é preciso aprender tanto? Será que no "berço da táctica" se trabalha tão mal? 
Fica o Bebé que quando chegou não tardou a jogar na equipa principal e rapidamente a mostrar o que era em Manchester: fraquíssimo.
Fica o Cesar que veio pela mão de Jorge Jesus mas se mostrou talvez o pior central dos actuais (incluindo os da equipa B).
Fica o "estranho caso" do Sulejmani que passou de alternativa aos titulares a ausência dos convocados, mesmo quando não há alternativas. Ou seja, Jesus prefere não ter, do que ter Sulejmani que foi... Titular na final da Liga Europa.

Na comitiva estão porém, Nelson Oliveira e Jara - que têm sido pouco mais do que elementos decorativos no plantel, especialmente o português. E estão ainda Benito - que ontem Jesus disse preferir o André Almeida na posição dele - e Paulo Lopes, um terceiro guarda-redes inferior em muito a alguns guarda-redes da formação (e falo dos mais novinhos).

Assumindo que Benito vai para o banco para a eventualidade de André Almeida ter que ser chamado durante o jogo a substituir alguém (Maxi, Samaris ou calhando Julio César), assumindo que não será necessário o Paulo Lopes ir ao banco porque o Julio César consegue dormir sem se lesionar, então de fora ficarão o Paulo Lopes e o Nelson Oliveira (de novo).

Portanto, quando vemos os jogos da equipa B há três ou quatro jogadores que destacam logo, mas curiosamente os que mais o fazem são precisamente onde o Benfica tem convocatórias - já por mais que uma vez - sem quaisquer alternativas: Gonçalo Guedes e Hélder Costa.

Alguém consegue explicar porque estes miúdos, ou pelo menos um deles, não está no banco de suplentes?

No ataque, continuamos com a produtividade muito abaixo do desejável. Lima não marca, Jonas chegou agora e Derley não joga quando está em campo quanto mais marcar. Ora, dito isto, e olhando para o facto de termos na equipa B o Rui Fonte a marcar que se farta...

Alguém consegue explicar porque o Rui Fonte, que já não é um miúdo em formação, não está no banco como alternativa aos titulares?

... E nem me venham com as tretas do campeonato da II Liga, porque na verdade o Benfica B apanha equipas mais fortes que algumas fraquíssimas da nossa I Liga, além de que os três jogadores que referi jogam e rendem num contexto onde não podem ter jogadores como Salvio, Gaitan ou Luisao a ajudar no seu rendimento.

Olhemos agora para o sentido inverso, Nelson Oliveira e Cristante (especialmente) sao jogadores que, genericamente, todos concordam serem jogadores com potencial e com qualidade para ter proveito. Ora, se assim é e se não são opção no plantel principal... Porque não estão a evoluir na equipa B?

Alguém consegue explicar porque Cristante e Nelson Oliveira e não treinam no plantel principal, mas jogam com mais regularidade na equipa B até "voltarem a ganhar o ritmo e contexto táctico" que Jesus quer deles para apostar?

Eu percebia essa não utilização na B se a ideia fosse estar a preparar o Rui Fonte ou o Ruben Pinto para serem alternativas na equipa A, o que não acontece.

Estas três questões são, para mim, inexplicáveis face aos acontecimentos e ao rendimento da equipa principal.

Claro que há depois outras que se podem levantar, mas que concordo que são mais discutíveis, como é o caso de Lindelof estar a demonstrar na equipa B um poder defensivo que Jardel e Lisandro não parecem vir a acompanhar num futuro próximo. Ou porque motivo joga Ruben Pinto na B, quando Dawidowicz tem mais qualidade mas não tem ritmo regular. Ou se Nelson Semedo não poderia ser alternativa a Maxi Pereira para um regime de maior rotatividade que o uruguaio se nota que "pede" fisicamente. Ou porque Samaris continua a falhar num posição onde Almeida mostra ser mais e melhor. Mas estas são já questões que podem ser perfeitamente discutíveis.

ranking