O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 24 de abril de 2012

A muleta falaciosa

 ●  46 comentários  ● 
Na sequência da minha crónica anterior "Porque não ganha o Benfica IV", o colega Manuel fez um comentário que aqui reproduzo, por, revelar um campo de análise do futebol mais abrangente que tem sido sistematicamente ignorado, mas que é vital para um correto enquadramento e decifração dos "motores" do espúrio ascendente da supremacia desportiva Portista nesta República da Treta.

Ao futebol o que é do futebol e à política o que é da política! Afastem-se em definitivo os "trafulhas" que minam "todos os dias" os alicerces da Democracia e denunciem-se os cobardes, os hipócritas e os lambe-botas que entronizam os "fascistas" do futebol luso.

Quanto aos Benfiquistas, não tenham ilusões; nenhum Presidente por si só, fará o trabalho que compete a todos!

Eis o Comentário do Manuel com o qual estou de acordo, em geral (descontando uns excessos de linguagem):

Caro António, só conhecemos uma infinitésima parte.

Quando o António fala de regionalização do Porto "pela porta do cavalo" é capaz de ter acertado em cheio! Só espero que os portugueses não estejam a dormir.

Sei de pessoas (com nomes) que lideraram a campanha que levou Passos Coelho ao poder e que funcionam com outras pessoas como "grupos de pressão", vulgo "lobbying", a favor de interesses da cidade do Porto! Para mim, "grupos de pressão" mais não é do um pleonasmo para "tráfico de influências". O que é o mesmo que dizer: CORRUPÇÃO!!


Já repararam nas simpatias clubísticas de muitos dos membros do governo? À semelhança da CS, colocam pessoas da mesma seita. 

Eles gostam de falar do Porto como sinónimo do norte, mas isso não passa de demagogia barata, para enganar os papalvos e os pacóvios que são enganados há mais de cem anos. Eles defendem apenas os seus interesses pessoais, não apenas económicos, mas também de vaidade e de poder. 

O que eles querem é o pobo do norte calmo para os poder continuar a explorar como têm feito até aqui. É no norte que está o maior atraso em quase tudo, a maior corrupção, compadrio, tráfico de influências, ordenados mais baixos, a maior dose de ignorância no que toca a quase tudo. E não me venham dizer que a culpa é do centralismo pois isso acontece desde os tempos do fascismo. Quem os mantém nesse estado é quem os explora. E eu não sou de esquerda! Sou simpatizante da direita! Mas não sou estúpido!

A ideia de que "no Porto trabalha-se, em Coimbra estuda-se e em Lisboa divertem-se" vem do tempo do fascismo. Era uma maneira de confortar os desgraçados que, ignaros e iletrados, amouxavam a trabalhar de sol a sol por tuta e meia. Para os confortar lançavam-lhes esses "clichés". E os imbecis ainda agora repetem a ladainha como se fosse verdade. Papalvos!


Eu sei do que falo pois nasci e fui educado no norte. Por sorte saí cedo. E abri os olhos! 

As palavras do Eanes, outro imbecil que, à semelhança de outros, como o Noronha do Supremo, ainda vive dentro da redoma de vidro do século XIX, prova o que digo. São tão reaccionários que só de lá saem com os pés para a frente. Oxalá não demore.

O que ele diz, que o Porto melhorou a auto-estima das gentes do norte é mentira. Ou melhor, melhorou a auto-estima mas foi das pessoas do PORTO! Não do norte! Mas acima de tudo, melhorou a auto estima desses gestores e caciques que, com ressentimentos e complexos tremendos de inferioridade, aproveitando-se da revolução dos cravos, viram a sua oportunidade para conseguir o que gostam: relevância social e satisfação dos seus egos pessoais de visibilidade e poder. Assim como económica, claro! Sabe-se lá com que meios!


Agora o que não se pode fazer é, para melhorar a auto estima de uma cidade, utilizarem-se meios totalmente ilegais, corruptos, prostituição e tráfico de carne humana, para conseguir os seus fins. Não se pode melhorar a auto estima de uma parte da população DIMINUINDO A AUTO ESTIMA DA OUTRA PARTE. É como uma manta curta. Se a puxamos para nós, descobrimos o parceiro do lado.

Melhorou a auto estima com investimentos ilegais, com corrupção de políticos e de outros agentes, com a corrupção de juízes, da polícia, de gestores públicos, etc. Com meios ilícitos. 

Mantidas as respectivas diferenças, foi exactamente o que aconteceu aos alemães. Para aumentarem a sua baixa auto estima começaram uma guerra, assassinaram milhões de judeus inocentes até caírem em si e perceberem o que tinham feito. E só passado duas gerações conseguiram recuperar a sua verdadeira auto estima, racionalizar e esquecer a ignomínia que lhes causou todo essa vergonha da sua história. 

É o que vai acontecer aos andrades. Irão ser conhecidos para todo o sempre como OS CORRUPTOS. Os putanheiros, os mafiosos, os que filmam juízes e árbitros com putas para os chantagear. Tudo em nome da... REGIONALIZAÇÂO. A ambição final dos caciques e dos capos do Porto. Mas não do verdadeiro norte.

46 comentários blogger

  1. Felizmente há muita gente no norte de Portugal que não se revê nestes corruptos. No entanto, isso poderá não ser suficiente.

    ResponderEliminar
  2. Miguel Costa - Viana do Castelo24 abril, 2012 21:02

    Não entendo este texto. Tentei, mas não cheguei lá.

    A parte que mais me intrigou é mesmo esta: "É no norte que está o maior atraso em quase tudo, a maior corrupção, compadrio, tráfico de influências, ordenados mais baixos, a maior dose de ignorância no que toca a quase tudo. E não me venham dizer que a culpa é do centralismo pois isso acontece desde os tempos do fascismo."

    No norte há mais corrupção? Em que dados se baseou para afirmação tão peremptória? Os maiores casos de corrupção que surgiram em Portugal nos últimos anos situaram-se, não no Porto, mas em Lisboa. E muitos deles com ligações travessas aos governos centrais. Falo de Freeports, BPNs e afins...E esses sim, têm custado MUITO dinheiro ao erário público. Talvez os dirigentes do BPN (um deles até era conselheiro de estado... em Lisboa) fossem todos do FCP. Mas tanto quanto eu sei, Dias Loureiro era mesmo adepto benfiquista. Claro que isso aliado ao facto de ele ser da Guarda só vem corroborar a sua afirmação: no Norte é que está a corrupção e o tráfico de influências...

    No norte é que está a maior dose de ignorância no que toca a quase tudo? Mas que ignorância é essa? Índices de alfabetização? Percentagem de licenciados? Talvez a malta do sul tenha mais acesso a museus, deve ser isso...

    Quanto aos ordenados, é mesmo verdade.

    E se tudo isto vem, como defende no seu texto, desde os tempos do fascismo, e o centralismo não veio alterar o estado das coisas, talvez fosse bom para a malta do norte que houvesse uma mudança. Talvez a regionalização viesse abater um pouco as doses de ignorância...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era para nem comentar este post mas o teu comentário obrigou-me a isso.

      Claro que à volta do Governo se gera corrupção e tráfico de influências. Não querer ver isto...

      Mas para quem conhece o país no plano industrial e comercial não duvides que os maiores nichos de corrupção estão no norte.

      Ou imaginas e esqueceste a roubalheira que foi a gestão da metro do Porto e os milhares de milhões que gerou de passivos com toda a gente a meter a mão à descarada.

      Ou não sabes ou esqueceste o deboche que foi o Plano de Pormenor das Antas.

      Ou tens dúvdas de que Braga é uma cidade de caciques das mais corruptas deste país que até dizem que a máfia galega campeia em Braga.

      Continuar a querem esconder o sistema corrupto implantado no futebol português, depois de tudo o que foi ouvido e provado só tem um nome para quem o apoia e com ele pactua. Má fé de gente sem escrupulos.

      Não há inocentes.

      Eliminar
    2. Ó pazinho, a ignorância está normalmente ligada a níveis mais baixos de literacia. Sim, existem números! Ou preferes um desenho?

      Concordas quanto aos ordenados. Ora ainda bem. E, já agora, tens números?

      Eliminar
    3. Águia Preocupada25 abril, 2012 00:31

      Ó Conde! E a Casa da Música? Esqueceste?

      Eliminar
    4. Miguel Costa - Viana do Castelo25 abril, 2012 02:28

      Por acaso não conheço os números dos níveis de literacia em Portugal. Até poderão ter mais significado no Norte, mas quem acusa esta região de "maior dose de ignorância no que toca a quase tudo" há-de ter dados concretos em que se basear. Caso contrário será só mais um demagogo.

      Quanto aos ordenados, por exemplo: http://expresso.sapo.pt/mapa-dos-salarios-em-portugal=f574045

      E caro conde: negar a corrupção que grassa no futebol português, é ter palas nos olhos. Mas qualquer associação entre os interesses de um clube corrupto e da cidade que o apoia, com os anseios de toda uma população da região norte do país, é pura estupidez.

      E podem atirar à vontade que os maiores nichos de corrupção no plano comercial e industrial estão no norte. Que o norte está pejado de caciques e oportunistas. Mas a grande corrupção, aquela que fere realmente os interesses públicos, está instalada em Lisboa. Entre adeptos de todos os clubes (do SLB também, se é que isso interessa).

      Eliminar
    5. Pois caro Águia, bem lembrado. Acabou a multiplicar por cinco.

      Podemos também lembrar essa que não foi só o caso da casa da musica mas no geral a "porto capital europeia da cultura", talvez um dos exemplos mais pegados do que é a corrupção e a guerra havida nas diversas direcções para ver mais se abotoava.

      Eliminar
    6. Eu disse no meu primeiro comentário que, logicamente, num país corrupto como este a cabeça do polvo é o governo com Benfiquistas, portista e submissos, porque o governo é colorido e até os que vão do Porto (cidade) rápidamente esquecem as origens. E a fartazana.

      Depois temos pelo país nicos de corrupção uns mais visiveis do que outros, ão esuqcendo que ninguém fica imune.

      Depois caro Miguel não penses que o Porto é unicolor. Não é. Há muitos Benfiquistas, Salgueiristas e Boavisteiros e todos estes não podem com os seguidores do corrupto porque se assim fosse podes ter a certeza que Rui Rio não teria sido reeleito duas vezes.

      Braga e Vale do Ave são a corrupção no seu expoente se lembro-te só que na decada de 90 o Vale do Ave era a região do mundo com mais ferraris por Km. quadrado e até te podria dar exemplos concretos em que a actividade industrial era só para disfarçar o resto.

      Amigo, há muita coisa que pare mas não é.

      E que este é o pais mais corruptto da Europa, que até ultrapassou a Itália pela direita é a mais pura das verdades. Eu já disse isso há 10 anos numa entrevista a uma televisão e hoje ainda estou mais ciente dessa verdade.

      Português, é bicho raro...por muito que nos custe.

      Eliminar
  3. "É no norte que está o maior atraso em quase tudo, a maior corrupção, compadrio, tráfico de influências, ordenados mais baixos, a maior dose de ignorância no que toca a quase tudo."

    Esta frase, para além de nojenta, revela uma total ignorância sobre a realidade do país. Enfim, nem vale a pena comentar muito mais. Quem diz uma coisa destas, já está num nível tal de degradação mental que possívelmente já não tem cura possível.

    É triste, muito triste que o clube que eu AMO há mais de 50 anos, albergue adeptos que pensam assim. Vou confortar-me com o pensamento que são apenas uma minoria insignificante os que pensam assim...

    Ricardo Tavares

    ResponderEliminar
  4. copiado de outro
    blogue

    SE HOUVESSE JUSTIÇA
    DESPORTIVA
    ESTA SERIA A CLASSIFICAÇÃO REAL
    DO CAMPEONATO

    Tabela Anti-Lixívia Extra-Forte:

    Benfica.......62 ( -13)...75
    Corruptos...66 (+5)...61
    Sporting.......53 (+2)...51
    Braga..........59 (+10)...49

    ISTO DEVIA SER ESFREGADO
    EM PASPALHOS APINTADORES

    GENTE SEM ALMA
    PASPALHOS
    QUE VIRARAM UM CAMPEONATO
    DO AVESSO

    UM TÍTULO
    QUE SE FOR PARA
    OS COISOS
    VALE TANTO COMO MERDA

    ResponderEliminar
  5. e o burro sou eu? Ja tinha alertado para as barbaridades destes senhores!

    ResponderEliminar
  6. Tenho 36 anos, sou Benfiquista desde que nasci e vivo e trabalho no Porto há 15. Sou um adepto incondicional da regionalização e em resposta ao sr antonio barreto e ao seu detestável texto não tenho pejo nenhum em dizer que a unica coisa boa em lisboa é o estádio da Luz, de resto podia muito bem fechar indefinidamente para obras

    Tenho dito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó complexado, e que tal fazeres o que disse o primeiro ministro? Baza daqui!!! Emigra!!! Para mim é tão bom o Norte, como o Centro ou como o Sul. Para mim é tão mau o Norte, o Centro ou o Sul!! eu quero é um Portugal melhor mas com esta corja a governar-nos temos bem lixados!!! Regionalização com os caciques que temos na politica? Tavas bem lixado...

      Eliminar
    2. Miguel Costa - Viana do Castelo25 abril, 2012 02:35

      Centralismo com os cacique que temos na política? Se fores do norte tás bem lixado.

      O que está mal não é a regionalização em si. É a cambada de oportunistas políticos que pululam no nosso país. E são eles que devem ser combatidos. E porque é que os grandes órgãos de decisão política hão-de estar concentrados numa única cidade que, por coincidência, tem um maior nível de vida do que o resto do país. Porque não aproximá-los das populações?

      Mas concordo consigo, o mal está na corja, não nas políticas administrativas.

      Eliminar
    3. Com esse radicalismo só tens uma coisa a fazer: Vira androide. Ou será que conheces bem o Porto.

      Olha eu adoro Lisboa e até sou de vem longe....lá do Vimioso.

      Eliminar
  7. Subscrevo o post.

    Obviamente os pintistas, acham que ganhando titulos, escondem as miserias das suas gentes e o dominio de caciques e padrecas faz o resto.

    Querem um regionalismo à maneira do que dizem existir no país (via Lisboa), querem ser a capital de segunda, para melhor manterem o status nas populações. Esse é o sonho dos pintistas que esbanjam frustrações sempre que alguem lhes conta as verdades.

    A proposito de verdades pintistas, quem fundou o clube, em que ano e onde estão as actas de tal fundação?

    Sei que da wikipedia desapareceram dados antigos de valor historico, substituidos pela versão pintista/mediatica moderna.
    Tal como nomes de ex-presidentes, como Cesario Bonito ex-chefão da pide no Porto.

    ResponderEliminar
  8. Faço aqui um desafio aos autores dos 2 posts!
    Falam de regionalização como se fala de receitas de comida, e no entanto gostava que aqui nos digam se o que falam é verdade sobre esse Norte tão podre, curupto e ressabiado, isto é, em que se baseam (nomes de politicos, estatisticas, ducumentos, etc) para tais afirmações se apresentarem AQUI provas concretas vou pôr ao dispor destes senhores provas que desmente quase tudo o que falam, MAS PROVAS MESMO! COM FOTOS, DOCUMENTOS DATADOS, uma entrevista num canal televisivo e posso até disponibilizar o meu contato pessoal ao senhor António Barreto para uma troca de ideias! Regionalização é assunto que desconhecem por completo! E não é no norte que o fabricam nem no FCP como o afirmam!

    Sobre o polvo pintista como dizem lavem a boca antes de falar das pessoas do norte sou a favor da regionalização e quem não a quer (malta do sul) tem pavor do CRESCIMENTO DO GIGANTE NORTE CARAGO!

    "Mantidas as respectivas diferenças, foi exactamente o que aconteceu aos alemães. Para aumentarem a sua baixa auto estima começaram uma guerra, assassinaram milhões de judeus inocentes até caírem em si e perceberem o que tinham feito. E só passado duas gerações conseguiram recuperar a sua verdadeira auto estima, racionalizar e esquecer a ignomínia que lhes causou todo essa vergonha da sua história."

    Ainda bem que saís-te do Norte! Que afirmação mais triste e repugnante, comparar um capitulo Nazi,a mancha mais que negra da humanidade ao Porto e norte Português...enfim!
    Gente como tu felizmente existem uma ou duas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que a cidade do Porto quer a regionalização eu seu, mas quem não quer é o Minho e Trás-os-Montes.

      Ficar a depender do Porto...Deuns nos livre...antes o amaldiçoadado terreiro do Paço.

      Eu sei onde te doi mas vais continuar a gemer.

      Eliminar
  9. Não retiro uma vírgula ao texto que escrevi. E, sim, existem estatísticas e números que podem confirmar isso que afirmo. E quando se fala de corrupção, referimo-mos, obviamente à pequena corrupção, ao amiguismo, ao compadrio, ao nacional-porreirismo que está bem disseminado no norte de Portugal. Que muita gente não conheça não significa que não seja verdade ou que não exista. Que está melhor do que há 10 ou 20 anos, sem qualquer dúvida. Mas existe e é a realidade.

    O norte é a parte do país mais atrasada e isso explica-se com a corrupção. Falar de regionalização como se fosse a panaceia não sabem do que estão a falar. Nesse caso as regiões de outros países, Espanha, Itália, deviam ser o exemplo de desenvolvimento, mas estão tanto na merda como tudo o resto! Pelo contrário, são actualmente um dos grandes obstáculos para se sair da crise. E isto é um facto!

    Criar estruturas que custam mais dinheiro ao erário público é um disparate, quando todo mundo, TODO O MUNDO, está a tentar diminuir o peso e os custos do Estado para que os contribuintes - TODOS OS CONTRIBUINTES - paguem menos impostos. Isto sim devia ser o objectivo de qualquer governo e de toda a gente! Os impostos são um mal necessário, mas são um cancro, abafam a criatividade e o incentivo à criação de emprego! A não ser que as pessoas arranjem maneira de fugir a eles! Não é assim que vão lá!

    E vou dar apenas um pequeno exemplo para não me alongar muito, de outro modo estaria toda a noite a escrever. Expliquem-me a pouca vergonha que é a protecção das autoridades policiais a grupos de adeptos do clube do Porto que tomou conta da noite do Porto, tomou conta das discotecas, do tráfico de droga, do tráfico de mulheres, etc., etc. Tudo isso com cumplicidade das autoridades policiais, e judiciais também, em que são os próprios polícias que recebem para não se mexerem. Meus amigos se não sabem, não falem pois deviam era ter vergonha! Tudo o que aconteceu FOI ABAFADO! TIME AFTER TIME! Porquê?

    E podia falar de muito mais coisas! Podia dar dezenas, DEZENAS, de exemplos! Mas fico por aqui. Hoje!

    Querem saber mais? Leiam os posts do blogue "pulpuscorruptus" que são bastantes. Nem precisam de acreditar em tudo, basta que acreditem em apenas 10%!!

    Graças a Deus existe muita gente como eu que, observando de longe, vêm melhor a floresta do que as pessoas que, dentro dela, apenas vêm as árvores! Vocês nem conhecem a história a metade! Tristes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se existem estatisticas, mostra! e so paleio paleio e mais paleio e quem mais diz mal do norte sao os dos sul!

      Eliminar
    2. pudera les blogs alusivos ao benfica!! le alguns portistas para ver se mudas de opiao! emprenhas pela escrita benfiquista como podes ter opiao alusiva a realidade?? nao acredites em tudo o que les pois nao vives no norte nao sabes do que falas...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    4. Miguel Costa - Viana do Castelo25 abril, 2012 03:11

      "E, sim, existem estatísticas e números que podem confirmar isso que afirmo."
      - De certeza? Estatísticas que comprovam maiores níveis de corrupção, ou de "maior dose de ignorância no que toca a quase tudo" (nem sei o que isto significa...)

      "E quando se fala de corrupção, referimo-mos, obviamente à pequena corrupção"
      - Obviamente. Então e a grande corrupção? Aquela que circula nos corredores da assembleia da republica e que mexe realmente com os interesses do estado? Essa não interessa para o caso?

      "O norte é a parte do país mais atrasada e isso explica-se com a corrupção."
      - Que norte? Mais atrasada em quê? Ganham menos, é certo, mas isso até poderá ser explicado pelo centralismo político.

      "Nesse caso as regiões de outros países, Espanha, Itália, deviam ser o exemplo de desenvolvimento, mas estão tanto na merda como tudo o resto! Pelo contrário, são actualmente um dos grandes obstáculos para se sair da crise. E isto é um facto!"
      - Isso seria um facto se tivesse dados concretos que o fundamentassem como tal. O que não é o caso. Então está a resumir a crise europeia à existência de regiões, que funcionam como obstáculos à solução da crise. Então e porque não fala de países como a Suiça - uma confederação - ou de outros que, apesar de mais pequenos que Portugal, admitem níveis significativos de regionalização - como a Holanda, Bélgica, ou Áustria?

      E depois deambula sobre um caso de corrupção policial no Porto - ainda bem que não há polícia corrupta no Sul - e termina com a referência a um site que expõe a corrupção no futebol (que em Portugal é sinónimo de FCP e Pinto de Costa). O que é que o futebol tem a ver com o resto é que fica por perceber (tal como a referência anterior à Alemanha nazi)

      Mas falando de corrupção, novamente, porque não falar de freeport, de BPN, de face oculta? Fala de FCP Pinto da Costa, porque não SCP e Pereira Cristóvão. O norte tem um Valentim Loureiro, o sul um Isaltino Morais.

      Homem, se tem alguma coisa a dizer, diga, não sugira!

      Eliminar
    5. Miguel Costa

      Nos corredores da Assembleia e no Terreiro do Paço há gente do Note/Centro e Sul, Benfiquistas, Lagartos e androides.

      Eles querem e governar a vidinha deles, dos seus e dos amigos.

      O Resto é coversa. Regionalização, nã sei que idade tens mas eu no 25 de Bril (faz hoje anos) já tinha vindo da guerra do Ultramar e fui assistindo ao crescimeto da corrupção neste país (é pior que no tempo da outra senhora, que ainda conheci).

      Digo-te só uma coisa: Ser governado a partir do Porto seria bem pior para a tua terra Viana e a minha, Bragança.

      Não duvides.

      Eliminar
  10. Águia Preocupada25 abril, 2012 00:12

    Não queria comentar este texto, porque o acho demasiado incisivo, o país tão pequenino e este ser um espaço de discussão de temas futebolísticos.
    Mas isto descambou para onde menos devia. Num país tão pequeno, estarmos a acusar regiões disto e daquilo, não faz sentido.
    Sou do centro, embora viva e ame Lisboa, a minha cidade sem dúvida.
    Mas gosto muito do Porto e quiçá mais ainda do norte. Para passeio, privilegio o norte em detrimento do sul.
    Conheço gente boa e menos boa em todo o país. Mas constato e isso parece-me que não tem discussão, que o corrupto do Porto, é uma figura negativa para a cidade e para o próprio norte. A "guerra" provocada por esta figura contra o sul, é a demonstração cabal e ilustrada do complexo de inferioridade que demonstra possuir e que pretende transmitir aos seus apaniguados. Para tal, não tem olhado a meios para tentar atingir os seus fins. E é esta imagem de complexos inegáveis e parolos que levam a que muitos vejam no norte, todos os defeitos descritos pelo AB. Erradamente por certo, mas a culpa está neles.
    Por mim, sei separar o Porto (cidade) e o norte, dessa figura sinistra e odiosa que tão mal faz à região que diz defender, mas cujas atitudes quer políticas quer desportivas vão em sentido contrário!

    ResponderEliminar
  11. Post cheio de demagogia e mentiras. São coisas como estas que fumentam os discursos de Pinto da Costa. Sou Benfiquista e nasci e cresci no norte, amo o norte e reconheco todas as qualidades a esta zona do país. Gente lutadora, empreendedora e activa e só mais uma coisa, a universidade portuguesa melhor cotada internacionalmente é a Universidade do Porto, na qual, orgulhosamente me licenciei.

    ResponderEliminar
  12. Podia omitir a minha opinião, como normalmente faço quando sinto que a intervenção cairá num vazio sem fundo, contudo, desta vez, sinto-me obrigado a alertar que este post, é, no mínimo, uma barbaridade desprezível, que só revela uma total ignorância e falta de consciência social e política de quem o escreveu. Sou de Lisboa, não tenho qualquer relação pessoal e familiar com o norte do país, mas tenho sérias dificuldades em reduzir o assunto da corrupção e análogos a um conjunto de predicados tão simplistas e forçados. E não escrevo por sentir-me arreliado com a desconsideração, mas escrevo por estar empanturrado com a insipiência das análises e das sínteses de quem se debruça em questões extremamente profundas e complexas, sem ter uma noção dialéctica da história social dos povos, das regiões, das pátrias e das nações! Estou cansado da superfluidade das críticas e das opiniões de quem se acha mais letrado e douto que os outros, para depois estenderem-se em conclusões absurdas, conclusões essas que são, por vezes, mais nocivas que a ignorância dos mal dotados e infelizes. Não sou erudito! Não sei se existe conluio que favoreça a regionalização! Mas sei que uma análise tão pouco profunda, sem sustentação científica, sem um esteio da sociologia, que se debruça numa matéria essencialmente social, não pode estar perto da verdade!
    Peço, encarecidamente, ao autor do texto, que não veja a minha intervenção como uma altercação maliciosa, mas somente como um desabafo de quem está gasto com tantas e constantes deduções frágeis, que podem ser mal interpretados por quem não consegue fazer um exercício crítico dos conteúdos.

    Sinceros cumprimentos.

    ResponderEliminar
  13. Como disse num comentário acima não era minha intenção comentar o post até porque não concordo com alguns epitetos dirigidos à malta cá de cima porque eu gosto pouco da conotação que a palavra "Norte" ganhou aproveitada por caciques que a utilizaram como divisionismos para se manter no poder, assim à maneira de um individuo que governa há quase 40 anos (((o outro comemorou agora 30. Nada como um bom inimigo, geralmente imaginário))) aquele jardim à beira mar plantado.

    Eu sou Transmontano e não quero para a minha região a regionalização. Mal por mal prefiro o terreiro do passo do que caciques sem escrupulos avidos de protagonismo e caminhos invios tentando afrontar o equiparar-se a uma cidade que é há muito reconhecida e aceite pela grande maioria a capital do país.

    Mas regionalizar o quê se este país é mais pequeno que qualquer região dos grandes países. Para darmos mais azo ao "fraticidio".

    Já se esqueceram que no referendo um dos distritos que mais refutou a regionalização, foi o de Braga.

    Mais palavras para quê

    Exijam a quem nos governa que cuide do bem estar de TODO o povo e deixem o resto quétinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel Costa - Viana do Castelo25 abril, 2012 03:15

      A Suiça é mais pequeno e é uma confederação...

      Holanda, Bélgica, Áustria, Dinamarca...

      Nesta coisa dos países, como no futebol, o tamanho não é tudo...

      Eliminar
    2. Talvez não saibas que Portugal é o mais velho pais da Europa com fornteiras defenidas enquanto outros são resultado da agragação de bocados dispersos tendo até linguas diferentes e é o que se passa com quase todos os que enumeraste.

      Depois esqueces-te que talvez ao longo obscurantismo que viveu o nosso país não se conseguiu ainda livra de um provincianismo (de provincias) dominado por caciques do qual ainda não se conseguiu libertar.

      Tens um exemplo do gueto que é a Madeira.

      Queres transferi-lo para o Continente?

      Para mim Portugal e de Miranda do Doudo a Sagres, uno e indivisível.

      Eliminar
  14. Eu vivo na zona de Espinho,5 ou 10 minutos da cidade do porto e claro que existe aqui Portismo muito forte mas sinceramente sintome,e sempre senti em casa,como benfiquista! Eles querem á força toda fazer do porto a bandeira do norte,mas nos ca fortes que realmente somos,vamos resistindo a tudo e mais alguma coisa.Nos os Benfiquistas do Norte somos tambem os verdadeiros Benfiqusitas,Nos "eu" muitas vezes em tempos saiamos de casa de madrugada,e chegavamos de madrugada,pendurados em camionetas velhas,pela nacional fora so pra ir ajudar a encher a luz com 120 mil...por isso se algum dia aparecer alguem no benfica com sotaque do norte...voçes ai em baixo nao fiquem desconfiados.....Alias o melhor conselho que eu algum dia podia dar a algum benfiqusita de lisboa,ou do sul era...VINDE AO NORTE....MAS NAO VINDES CA PASSAR UM FIM DE SEMANA OU UM DIA...VINDE CA VIVER UNS TEMPOS..QUE VOÇES VAO VER COMO VERDADEIRAMENTE SAO AS COISAS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RUI
      É no NORTE onde o Benfica tem a maioria dos seus adeptos e simpatizantes.

      Eliminar
  15. Isto é um assunto que pelos vistos aquece a cabeça de muita gente. Mas é bom que seja feito e que haja alguém que, com palavras duras, tenha a coragem de atirar pedras para o charco e fazer pensar as pessoas! Agitar as águas é saudável, oxigena-as!

    Para mim não existe norte, sul, este ou oeste, existe apenas uma coisa: PORTUGAL! Um Portugal uno e indivisível! Quem começou com este paleio divisório toda a gente sabe quem foi. E ainda agora, quando lhes interessa, ouvem-se aqueles que mais têm beneficiado com este tipo de discussão inútil. Porque são sempre aqueles que mais beneficiam que falam disso.

    Claro que eu admiro as gentes do norte, onde nasci, vivi e fui educado, são pessoas empreendedoras (muito), e quando sérias são mesmo muito sérias! Eu gosto muito de ir ao norte (Minho) onde tenho amigos e família e sinto-me sempre muito bem. Gente genuína, séria e muito trabalhadora. Exactamente por isso fico revoltado e com pena quando vejo e observo certas coisas.
    Acho que o povo do norte merece, MERECE, melhor sorte do que a que tem tido! Merece melhores líderes, melhores políticos, melhores empresários, melhor sorte e merece ser menos enganado. Com o tempo vão perceber. Mas vai levar tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que mudança de discurso tão radical!! Agora já não é o Norte o mais corrupto e o mais ignorante? Agora passou o país a ser todo igual?...

      Diga-me lá, você deve ter aí no máximo uns 25 anos, tenho razão? Seria pelo menos totalmente típico...Lançar acusações com toda a convicção do Mundo e quando se vê todas elas rebatidas com argumentos válidos, muda-se de discurso. Eu também já fui assim, quando tinha menos 30 anos do que agora...

      Abraços Benfiquistas a todos,
      Ricardo Tavares

      Eliminar
    2. Já não há pachorra para este "Manuel". Anda por aqui com ares de importante e que tudo sabe, insultando quem não vai na sua verborreia. "Tristes", "pazinho", etc. Quem julga este individuo que é? E de repente muda de discurso já é o país todo igual...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    4. Sr. Ricardo Tavares, em primeiro lugar eu já devo é ter idade para ser seu pai! Agora a idade já é argumento? Só usa a idade quem não tem outros argumentos.

      Em segundo lugar, ainda vi ninguém a vir com argumentos válidos rebater o que quer que seja que eu tenha afirmado. Pediram-me provas para o que eu afirmei, mas o que seria interessante era se viessem com provas claras de o que eu afirmo é falso! Até agora NADA! Niente! Continuo a afirmar tudo o que disse! Eu sei que é verdade por mais que fira algumas personalidades mais sensíveis!

      Se já foi assim, lamento por si, é pena ter regredido! A ambição de qualquer pessoa deve ser de melhorar com a idade. Ou não será assim?

      Eliminar
    5. "vir com argumentos válidos rebater o que quer que seja que eu tenha afirmado. Pediram-me provas para o que eu afirmei, mas o que seria interessante era se viessem com provas claras de o que eu afirmo é falso!" Esta é de cair para o lado !! Você faz afirmações, não comprova nenhuma...e os leitores é que têm de provar que o que vc afirma é falso??? Vc acusa-me de lhe ter roubado o relógio...quem tem de provar isso? o acusador ou o acusado?? É básico, em qualquer tribunal compete ao acusador provar o que afirma. Se não o provar simplesmente nem o acusado precisa se defender. Como vc não tem quaisquer numeros para provar o que afirma socorre-se desse estratagema para fugir às provas que diz ter.

      Eliminar
    6. LOl. Mas eu não acusei ninguém nem estamos num tribunal! Limitei-me a dar a minha opinião e a fazer afirmações sobre coisas que são públicas! E que ainda não foram negadas por quem quer seja! E que infelizmente são verdade!
      "Acham" que não é assim. "Têm a impressão" que não é assim. "São de opinião" que não é assim. Cada um come do que gosta.

      Pois bem, hoje saiu uma notícia no DN que eu guardei porque vem dar-me a razão quando falo sobre a regionalização. Diz o seguinte:

      "O DCIAP já detectou (mais) 2 mil milhões de euros NÃO DECLARADOS em negócios da construção civil. Há muitas facturas não reportadas. Há obras que foram feitas sem enquadramento orçamental, outras SEM EMISSÃO DE FACTURA e DERRAPAGEM DE MILHÕES de euros.
      A dívida da Madeira pode ascender a mais de 8 MIL MILHÕES DE EUROS (>32.000€/madeirense). Existem facturas emitidas e pagas SEM OBRA FEITA (isto é, facturas falsas!). Uma obra que custou 13Milhões de € quando foi orçamentada em 1,8M€, SETE VEZES SUPERIOR".

      E pensam que alguém vai preso? Nem pensar!

      Ora meus amigos, multipliquem isto por 5 ou 6 regiões e veriam a pouca vergonha que seria se tivéssemos a regionalização. Pensam que seria diferente da Madeira? Nem pensar. Pelo contrário, estou convencido que seria bem pior! Na Madeira só vivem 250.000 pessoas!
      Olhem o que diz o soba da Madeira: "A Madeira está a ser usada como MANOBRA DE DIVERSÃO". LOL

      Manobra de diversão. Uma verdadeira diversão foram estes anos todos a viver à grande com dinheiro que não era deles, que é dos contribuintes. Por isso a Merkel, com toda a razão, já apontou a Madeira como um mau exemplo. E depois eu que ando a inventar.

      Eliminar
    7. Miguel Costa - Viana do Castelo25 abril, 2012 23:03

      - "Pois bem, hoje saiu uma notícia no DN que eu guardei porque vem dar-me a razão quando falo sobre a regionalização."

      Da mesma forma se eu colocar aqui um link sobre o caso freeport, paradigmático da promiscuidade existente em torno do governo central, isso vem dar-me razão quando critico o nosso regime administrativo?

      (Já agora, por exemplo, é só pesquisar: http://www.dn.pt/especiais/especial.aspx?especial=Caso%20Freeport&seccao=Pol%EDtica)

      Pela sua lógica, a grande corrupção aliada ao estado central não é grave, o que é realmente grave é a pequena corrupção descentralizada?

      Eu respeito a sua opinião (tal como respeito todas as opiniões), até mesmo quando me tratam por pazinho.

      Felizmente que isto é um blog, local propício à troca de opiniões, e ninguém se ofende quando se confrontam ideias opostas.

      Mas eu sou do norte e, como vim a descobrir pelo seu texto, sofro de "maior dose de ignorância no que toca a quase tudo". Talvez seja por isso que eu não sou capaz de entender os seus escritos.

      Eliminar
    8. Escreveu muito mas ainda não disse nada. Pelos vistos está a dar-me razão. Sabe por acaso como se chama uma pessoa que não entendo que lê?

      Eliminar
  16. O senhor do milénio
    Se for campeão novamente, o FC Porto ultrapassa o número de títulos nacionais conquistados pelo Lyon, em França, no novo milénio. O facto não parece, por si só, relevante. Mas é. Ao consegui-lo, o clube que domina o futebol português desde a eleição de Pinto da Costa, há 30 anos, passa a deter também o estatuto de clube mais vezes campeão no novo século.

    SAIU NUM JORNAL
    O NOJO

    EHEHEHEHEHEHEHEH

    MAS ESTA GENTE QUER COMPARAR O QUÊ ????
    O CAMPEONATO PORTUGUÊS NÃO SE COMPARA COM NINGUEM
    EHEHEHEHEHEHE
    ELES LÁ POR FORA NÃO TÊM

    MIGUEIS/PROENÇAS
    QUE EM DOIS JOGOS
    VIRARAM TUDO DE PERNAS PARA O AR

    PODEM GANHAR TUDO E MAIS ALGUMA COISA
    MAS ESSES TÍTULOS VALEM TANTO COMO M-E-R-D-A
    QUANDO PEGAM NAS TAÇAS
    SUJAM AS MÃOS TODAS
    E DEVE SER LÁ UM FEDOR ONDE AS GUARDAM

    EHEHEHEHEEHEH
    SEMPRE EM FRENTE
    ERAM COMO 3 DEUSAS

    ResponderEliminar
  17. «Há clubes que fazem tudo para vencer, para se autoproclamarem vencedores, e que transgridem as regras de forma obscena. Uma das coisas mais surpreendentes de tudo isto é a repetição nos nomes das equipas. São quase sempre as mesmas: Juventus, FC Porto...» - Santiago Segurola, director-adjunto do jornal A Marca

    ResponderEliminar
  18. Toda a gente sabe que a estratégia do debochado que agora comemora 30 anos foi envolver a politica e o futebol no mesmo saco submetendo a politca ao futebol mercê de uns capachos que liderararm a cmara do Porto como Gomes e o comprido que se lhe seguiu.

    Nunca fui apoiante do partido de Rui Rio mas louvo-o pela coragem demonstrada remetendo o corrupto para o cemitério de Contumil embora seja bom não esquecer que o seu braço longo do antigamente ainda domine algumas instituições "cacicadas" nesse tempo.

    ResponderEliminar
  19. António Barreto25 abril, 2012 15:48

    Vamos lá a pôr alguma ordem nisto:

    Disse na introdução ao comentário do Manuel; "ao futebol o que é do futebol e à política o que é da política"!

    O que é que isto quer dizer? Óbviamente que não de devem misturar as duas coisas! A Regioinalização está consagrada constinucionalmente e deverá ser discutida no foro próprio, que é o político, onde cada um fará a sua reflexão e fará as suas opções que materializará através de referendo.

    O que está errado e se converteu em vantagem desportiva do FCP é a abusiva e subreptícia representatividade da imaterializada região norte reivindicada nas últimas décadas pelos dirigentes Portistas e seus correligionários e apoiantes, nomeadamente políticos!

    O Sr Pinto da Costa e o FCP, representam apenas os Adeptos Portistas; nada mais! A este propósito gostava de saber porque é que os Adeptos Benfiquistas do Porto não podem comemorar as vitórias do seu clube na Avenida dos Aliados!Será propriedade do FCP e seus adeptos? Os espaços públicos têm donos privados? É uma demonstração de vivência Democrática?

    Infelizmente, a cumplicidade,cobardia ou irresponsabilidade de quem deveria zelar pelo interesse público geral, tem permitido este equívoco, que poderá transformar-se num fator de confronto social!


    Não sei onde há mais corrupção, nem onde há mais ignorância. Sei que ambas deverão ser combatidas onde quer que estejam e defendo a solidariedade nacional, com as regiões mais ricas a ajudar as mais pobres.

    Outro aspeto fundamental da tese do Manuel,que partilho e já referi em crónica anterior, reside no fato de os dirigentes Portistas capitalizarem o justo descontentamento da população tranformando-a em vantagem desportiva através de uma retórica permanentemente e implicitamente ameaçadora!

    Vejam só se os adeptos e dirigentes de todos os outros clubes resolvem fazer o mesmo!

    Um dos intervenientes, patéticamente, exige provas ao Manuel como se este estivesse a fazer uma demonstração científica! Errado; o Manuel está a dar a sua opinião baseado na sua própria observação! Quem discorda diga-o, fundamente-o e, se quiser ser convicente, trate de apresentar as provas que exige à outra parte!

    Mas...não me falem em provas por favor!...As escutas do processo obtidas legalmente no âmbito do processo do Apito Dourado, que, alegadamente, provaram os atos de corrupção que mancharam o futebol português prejudicando desportivamente e patrimonialmente todos os clubes não implicados, foram rápidamente invalidadas pelas alterações nas leis vigentes, pessurosamente promovidas pelos principais partidos políticos.

    Quanto a mim; e como já referi antes, basta-me ver os jogos para perceber o que se passa! Tal foi o caso do último Benfica-Porto! Ora anulam-nos golos, ora "oferecem" golos ao Porto.

    Já agora; alguém me perguntou, crónicas atrás, o que pensava da eleição sucessiva de Rui Rio para a CMP. Pois para mim, significa que os Portuenses não devem ser confundidos com os Portistas e que estão fartos de paleio pateta e de irresponsabilidades. Rui Rio tem feito um trabalho exemplar; Fez obra em todas as frentes e reduziu o passivo, sem alimentar guerras com ninguém! No exercício de 2011 a CMP voltou a dar lucro de quase 10 ME. Um exemplo para todos os Autarcas!

    E para acabar, um conselho aos defensores da Regionalização, além do que referi antes (discussão restrita ao foro político); A tese da Regionalização só ganhará credibilidade perante a opinião pública, quando for defendida por pessoas idóneas e Patriotas, como é o caso de Rui Rio e não com alegados sociopatas prontos a promover o confronto social para satisfação dos seus orgulhosos e patéticos egos.

    Finalmente; há aqui um comentário que vai borda fora por ser insultuoso. Não vai já porque não o posso fazer neste momento (estou noutro PC).

    Viva o Benfica

    Viva Portugal!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking