O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Avatar

Calma aí, oh PAN!

 ●  + 23 comentários  ● 

O PAN  tem sido um dos partidos mais comentados, desde que conseguiu eleger um deputado por Lisboa. E, uma das posições assumidas pelo PAN, foi a de serem contra a utilização de animais para entretenimento.

Questionado pelo i sobre a situação da águia Vitória, mascote do Benfica, que costuma sobrevoar o Estádio da Luz, em Lisboa, sempre que a equipa joga em casa, André Silva deixa claro que não constitui uma excepção à regra e que, por isso, o partido é contra a sua utilização para entretenimento.

“O PAN não se revê na domesticação de animais selvagens, pois são afastados do seu habitat, ficam impedidos de expressar o seu comportamento natural e de interagir com outros animais que integram o seu próprio ecossistema”, começa por explicar o deputado do partido.

“O PAN defende a não utilização de animais para entretenimento. Os animais que são hoje utilizados para fins lúdicos, não estão em condições de sobreviver na natureza, nem o país tem ainda políticas que assegurem o acolhimento ou encaminhamento desses animais para refúgios ou centros de recuperação de vida selvagem, por isso, estas transições devem ser feitas com alguma ponderação. Da nossa parte e, porque acreditamos que o ser humano tem responsabilidade sobre estes animais, o caminho passa pela criação de condições apropriadas para acolher estes animais”, sublinha.

Uma outra medida defendida pelo PAN desde o início é a abolição dos espectáculos com sofrimento ou morte de animais, nomeadamente, touradas, circos ou até caça desportiva.

 “Acompanhando a evolução civilizacional e ética que acredito que Portugal exige, iremos sempre mostrar a nossa total rejeição em relação à existência das touradas e eventos semelhantes. Os portugueses têm o direito cultural de se divertirem, mas não à custa de sofrimento e morte de animais. Não havendo legislação que proíba as touradas, urge um trabalho cada vez maior de sensibilização da sociedade, trabalho que o PAN tem tomado como prioritário”, defende André Silva.

Até porque, como sublinha, em questão estão aspectos económicos que deveriam envolver todos os portugueses. “É importante que os portugueses saibam também que, para além da questão cultural, a actividade tauromáquica tem impactos financeiros brutais, num momento em que tanto se debatem as opções económicas mais viáveis e sustentáveis para o país”, sublinha o porta-voz e deputado do PAN.

Recorde-se que recentemente o Parlamento Europeu aprovou o fim dos subsídios para as touradas, com propostas que pediam o fim das subvenções comunitárias a serem aprovadas por maioria.

“A tauromaquia portuguesa também é financiada indirectamente por fundos europeus. O IFAP, Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas, atribui anualmente subsídios no valor de 10 milhões de euros às empresas e membros das famílias da tauromaquia. É-lhes atribuído este valor porque têm uma actividade de ganadaria que pode ter cabeças de gado para fins alimentares e também tauromáquicos.

Ao receberem subsídios por cabeça de gado, indiscriminadamente, são financiados e ajudados indirectamente na criação de touros de lide”, explica, acrescentando: “Ao nível dos municípios, os valores são incomensuráveis, mas não estão calculados nem sistematizados. Trata-se de subsídios atribuídos pelas Câmaras Municipais a grupos de forcados, grupos tauromáquicos, tertúlias tauromáquicas, escolas privadas de toureio, compra de bilhetes para corridas, aquisição de edições, recuperação de praças de touros, manutenção de praças de touros, pagamento de policiamento corridas, pagamento de divulgação e publicidade (cartazes, imprensa, eventos e outros)”.

Para André Silva, um exemplo da utilização de fundos para a manutenção de praças de touros é o de Estremoz. “A recuperação da Praça de Touros de Estremoz, por exemplo, teve um investimento de cerca de 2 milhões de euros e foi co-financiada em 85% por fundos comunitários através do programa in Alentejo. A utilização de fundos europeus para a reabilitação desta praça de touros é irregular pois contraria as normas europeias, nomeadamente nas suas disposições relativas ao bem-estar animal”, salienta."

- in Jornal I.

23 comentários via blogger

  1. Ultimamente tudo serve para atacar o Benfica...
    primeiro o kit de oferta + os tais vouchers
    agora isto???

    Por amor de Deus...esta gente já sabe que onde menciona BENFICA tem logo destaque... devia de se preocupar mais com os jardins zoologicos, ou com os circos que maltratam animais...
    ou entao, para bom deputado que quer ser, devia tentar que fosse aprovado no parlamento que as despesas que as pessoas tem com os seus animais no veterinario pudessem ser deduziidas no irs...

    Enfim, só escumalha!

    DH

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ultimamente tudo serve para atacar o Benfica...
      primeiro o kit de oferta + os tais vouchers
      agora isto???

      gostavas que tivesse tudo em segredo como antes e o colinho a funcionar nao era??

      se o colinho é o vosso apoio, porque motivo no tal "minuto 70" e a levar 3 secos em casa do Sporting, nao marcaram um unico golinho para agradecer o colinho dos adeptos??

      Eliminar
    2. Por falar em História que eu saiba os nossos presidentes não eram pessoas ligadas ao regime ao contrário dos vossos. Ou será apenas coincidência o melhor período da História do vosso clube ter sido no auge do Estado Novo? Falam, falam mas esquecem-se que teem telhados de vidro. Os de lá de cima ainda teem alguma, digamos, legitimidade para se queixarem, agora vocês? Mas já é um hábito branquearem a História, não vos convém ter em conta os 5 campeonatos nos últimos 40 anos, ou que nós somos apenas os Bi-Campeões. A última vez que o Sporting foi Bi-Campeão foi há mais de 55 anos.

      Eliminar
    3. Ja vimos o Benfica levar 7 e ganhar campeonato e taça a tua treta è para boi dormir!!

      Eliminar
  2. Depois da prestação medíocre com Ricardo Araujo Pereira na véspera das eleições, pode ser que o líder eleito pelo PAN para o Parlamento se revele como fraco estratega.
    Se bem que exista muito lagarto e andrade que apoiaria qualquer coisa para prejudicar o SLB penso que a percepção geral é que esta é uma não questão e facilmente desmontável.


    Fundamentalismos levam a que por exemplo cessem as manipulações para reintrodução do lince ibérico segundo o argumento utilizado.

    É uma pena, pois o iluminado vai enterrar o PAN.
    Pior, o sujeito que se lembrou disto arrisca-se a descredibilizar a causa justa na base da fundação do PAN.

    ResponderEliminar
  3. Este camelo deve ser lagarto, que se preocupe è com os leoes do circo cardinal q a aguia è bem tratada.

    ResponderEliminar
  4. Não me meto em discussões políticas na internet.

    Ainda assim, mal vi um cartaz deste partido cujo slogan era "Somos todos animais", para mim ficou logo tudo dito e arrumado.

    O mais engraçado é que houve gente suficiente a votar para lhes eleger um deputado, que não souberam ler o que lá estava. Cada um lê conforme quer e nem sempre como lá está.

    Suponho que se o slogan fosse "Somos todos burros" já prestariam atenção e se calhar pensavam duas vezes antes de assinalar o X ali. Apesar de o burro ser um animal, simpático até, já mais específico, é uma identificação que se calhar não colhe as maiores simpatias junto das pessoas. No entanto, chamar "animais" aos "burros" que neles votaram já é suficiente, já está tudo bem - é tudo uma questão de marketing, de como se vende o produto!

    Penso que este partido devia tomar medidas jurídicas contra o Wikipédia (https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A3), pois lá têm escrito: "Pã teria sido um dos filhos de Zeus com sua ama de leite, a cabra Amalteia" - por muito que se discorde ou considere ridículas as suas ideias, nunca se deve insultar a mãe das pessoas, mesmo que esta fosse mesmo uma cabra!

    Enfim...

    Isaías

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentário estúpido.

      Eliminar
    2. Caro Valco,

      Estúpido não: Burro, se faz favor.
      Afinal, somos todos animais. :-)

      Cumprimentos,
      Isaías

      Eliminar
  5. Os nossos antepassados que domesticaram o lobo, que deu o cão doméstico, os felinos, que deram o gato, assim como domesticaram os antepassados dos cavalos, das vacas e dos bois são uns bandidos e deviam ter sido todos presos! Escumalha pura!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Vilela05/11/15, 16:06

      Deve ser uma ideologia tipo PETA, dizem defender os animais mas ao mesmo tempo defendem a extinção de tudo o que é animal de estimação por não ser "natural" (cães, gatos, etc). Sou todo a favor dos direitos dos animais, mas ideológicos dispenso.

      Eliminar
  6. Não me choca absolutamente nada. Se o jornal i perguntou directamente, é apenas natural que mantenham a posição ideológica de dizer que estão contra o espectáculo da águia vitória.

    Pessoalmente acho um espectáculo bonito e diz muito a qualquer Benfiquista, o que não nos impede de ver que eticamente não é correcto. Trata-se de um animal selvagem enjaulado e que não saberia viver no seu próprio meio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge Vieira,

      Afirmar que o voo da Águia Vitória não é éticamente correcto, está errado e explico-lhe porquê:

      Uma coisa é desejar devolver-se a Natureza ao Homem, que é uma causa nobre. Outra é devolver o Homem à Natureza, que é um acto suicida.
      É que, acredite, houveram muitos e horríveis motivos para que o Homem passasse a construir casas em vez de dormir ao relento, desprotegido, e continuam a haver.

      A Natureza é tanto Mãe como Madrasta, tanto acarinha e alimenta a vida como a violenta e destroi - aliás, essa dicotomia é o que faz da Vida o que ela é e, portanto, da Natureza uma parte fundamental da Vida.

      Os animais não são todos "amigos" entre si, nem "amigos" nossos. Muito menos partilham a nossa ideia de ética. Por isso, a ética não se pode nunca referir aos animais que não o Homem. Contudo, e percebo que era essa a sua intenção, devemos aplicar a nossa ética à relação com a Natureza, partindo sempre do pressuposto que a Natureza não segue as mesmas regras, pois está sim, continuamente, a tentar equilibrar a balança da vida, matando-nos.

      Devolver o Homem à Natureza é extingui-lo, o que, penso, não é a sua ideologia. O Homem indefeso entregue à Madrasta, perecerá em pouco tempo, mesmo que não morra por completo. Perecerá por perder a "alma" (por assim dizer) que tanto lhe custou conquistar.

      Devolver a Natureza ao Homem é, isso sim, engrandecê-lo. É perceber que a Natureza é também a Mãe, que sabe ser terna, que sabe alimentar e que merece ser bem tratada, porque se não for, o Homem sofrerá também e de que maneira.

      O que tenho visto pela vida, caro Jorge, é que grande parte destes extremistas pelos animais, envolvem-se nessa cruzada para esconder os maus tratos que eles próprios sofreram de e/ou aplicam a outros animais humanos. Essa é que é essa - e não é saudável, já tivemos demasiados exemplos disso, envolvermo-nos com os problemas mentais dos outros.

      Cumprimentos,
      Isaías

      Eliminar
    2. Caro Jorge Vieira,

      Tanta frase feita... de razão - concordo :-)

      Grato,
      Isaías

      Eliminar
  7. Já foram à loja ver a águia debaixo dos holofotes e debaixo do calor que as lâmpadas emanam?
    Não me parece que ele goste muito, mas tudo bem.
    Benfica sempre, mas não vamos exagerar.

    ResponderEliminar
  8. Boa, Jorge!

    Bolas! Depois de ler os comentários ressabiados de toda a gente até chegar ao seu, foi uma lufada de ar fresco.

    Pelo menos um benfiquista com um pouco de cérebro e capacidade racional.

    É óbvio que vocês gostam. É óbvio que não querem que acabe. É óbvio que o deputado iria responder assim, quando questionado directamente...

    Ou queriam que respondesse o quê? "Ai não! A águia (milhafre, por acaso) Vitória não! O Benfica tem de estar acima de tudo e todos e não pode haver qualquer lei ou ideologia que mexa com nada que eles não queiram!"

    Até numa questão tão simples como esta são hipócritas. Que raça de gente mesquinha. Mais uma vez parabéns, Jorge.

    Comparar isto com os vouchers só mesmo num blogue benfiquista é que poderia acontecer. Vocês são únicos! Nunca mudem. É rir todos os dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se fosses a merda?
      Comentários desses só merecem uma resposta destas,

      Eliminar
    2. MARQUÊS DA PRAIA E MONFORT

      Tetchetyud não haja duvida que se Deus andou a distribuir inteligência pelo mundo, na hora estavas ao lado dum burro e foi ele que apanhou a tua parte.
      Ele respondeu ao que lhe perguntaram.Então é caso para se tentar saber porquê o jornalista falou no caso especifico da Aguia Vitória e não falou na que voa no espectáculo no Algarve?
      Saberá o jornalista porque há a Aguia a voar na Catedral? O SLB faAZ parte duma Organização Mundial de Protecção das Aguias para que se evite a sua extinção.Por isso ali na Catedral além de nos deliciar com o seu voo espectacular tb promove a imagem da Aguia para ser preservada.
      Então o PAN logo a seguir em vez de condenar as touradas veio com a tanga do "económico"? Descaiu-se pois que raio de organização de defesa dos animais vem com a tanga do económico em vez de condenar as touradas?

      Falar no SLB dá páginas nos jornais.

      E para o idota do lagarto que e cuide pois ainda começam a apanhar a lagartada e a metê-los no buraco de onde nunca deviam ter saido.

      Eliminar
  9. Não é necessário ser fundamentalista... falaram na àguia Vitória porque o jornalista forçou, e o individuo iria dizer o quê? Seria pior... O PAN tem preocupações bem mais sérias que a nossa Àguia...

    Um elucidativo texto, aqui:
    http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt/2015/11/em-defesa-da-aguia-vitoria.html

    ResponderEliminar
  10. Benfiquistas:
    Mais um paranóico, deve pertencer a uma certa elite.
    Se fosse a este gajo só comia ervas, nada de carnes nem peixes.
    Tenho um periquito em casa, quando o PAN o quiser, estou à disposição de o dar.Venha até Viana do Castelo.
    PARANÓICOS. Ide trabalhar.

    ResponderEliminar
  11. estamos a comentar um NÃO ASSUNTO. O que ele conseguia obteve: tempo de antena e alguma projecção. Mas cravou uma estaca no seu fim político. Não foi inteligente na abordagem e suicidou-se politicamente.

    Saudações Vermelhas!!!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes