O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Avatar

Tudo vale a pena quando a alma é Benfiquista

 ●  + 28 comentários  ● 
Gostei de ver e achei totalmente merecidos os aplausos com que os adeptos benfiquistas brindaram a sua equipa no jogo de ontem à noite. E gostei do agradecimento de Jorge Jesus, ficou-lhe bem e talvez só ele saiba como esses aplausos foram importantes naquela altura para o crescimento dos seus jogadores.

Eu confesso que desconfio sempre destes momentos e da ambivalência dos adeptos. Recordo por exemplo a final da Liga Europa de há dois anos com o Chelsea, e a receção calorosa que a equipa teve no regresso a Lisboa, depois de uma derrota de todo imerecida.

Mas esses foram também os adeptos que pouquíssimos dias depois incendiaram as bancadas do Jamor de revolta e ira, naquela tarde de final de taça de Portugal que Jorge Jesus classificou de um dos dias mais negros da sua vida.

Pessoalmente, prefiro jogadores frios que não liguem muito a ambientes. Prefiro jogadores capazes de em campo ser indiferentes aos aplausos, porque serão também esses os que serão imunes aos assobios. Gosto de jogadores que sob um coro de assobios não se escondem do jogo, nem que precisam de uma bancada inteira a cantar o seu nome para expressarem em campo o melhor lado de si.

Quando se fala de apostas falhadas por parte dos treinadores, especialmente num mercado como é o do Benfica e que é o mercado de jogadores de 19, 20 anos, essa é a variável que aos treinadores é impossível controlar. Porque os treinadores já perceberam  a capacidade individual do jogador, já perceberam aquilo que são capazes de fazer num ambiente favorável em clubes mais pequenos e nos quais são tratados como ídolos e principais figuras...

Mas aquilo que não viram ainda é como reagem esses jogadores quando chegam a um grande clube, quando chegam como aprendizes onde têm de subir a escada a pulso e sujeitar-se ao escrutínio de seis milhões de adeptos... Essa sim, é a etapa da evolução que mata muitas outrora promessas que nunca hão-de singrar ao mais alto nível.

E por isso me rio quando vejo criticas a contratações falhadas, quando leio argumentos do tipo: “Ah e tal, se em vez de contratarmos 10 jogadores, devíamos ter contratado só os 3 que acabaram por singrar.” Como se estes iluminados fizessem sequer a ideia da margem de erro que está associada ao mercado que no fundo é aquele em que o Benfica se abastece.

Sonho com o dia em que estes iluminados expliquem aqui, como é que se distingue aos 19 anos um Di Maria de um Olá John, ou como se distingue um Witsel de um Djuricic. Que expliquem como é que se percebe o seu processo mental antes de ter os jogadores connosco, como se deteta onde está um Di Maria que, assobiado pelos adeptos, não se esconde do jogo, pede a bola e tenta de novo, e onde está um Olá John, que aos primeiros assobios da bancada ou ao primeiro ralhete de Jorge Jesus, amua e baixa os braços e não mostra vontade nenhuma de estar ali...

Como se distingue um Sidnei de um David Luís? Um Djuricic de um Witsel ou um Di Maria de um Olá John ou um Rodrigo de um Nélson Oliveira? Arrisco-me a dizer que o que os distingue não é tanto a sua capacidade individual mas a atitude que trazem com eles.

Por isso, sim, gostei dos aplausos do final do jogo de ontem. Gostei porque tivemos vontade, tivemos atitude, e os adeptos perceberam que a equipa merecia o benefício da dúvida, e que se calhar ontem tinha mesmo de pagar pelos erros da pré-época...

Erros como chegar a esta partida com Samaris e Cristante em regime de pré-época e aos quais não se pode exigir mais de momento, erros como ter visto Rodrigo e Cardoso partirem e ter cá ficado um jogador que na frente não faz golos, e ter chegado um Jonas que não pode jogar Liga dos Campeões.

Erros também de casting, como se ter já percebido que para substituir Garay chegaram Lisandro e César e parecer que nenhum serve, e porque não, e para que não digam que Jorge Jesus da minha parte não merece nunca qualquer critica, eu já ter visto, pelo menos 4 vezes, Vilas Boas dar um banho de bola a Jorge Jesus, jogando sempre da mesma maneira, com Hulk sempre com a mesma função e no mesmo lado do campo, e nesses mesmos 4 jogos ter visto Hulk ser sempre o melhor em campo e banalizar o Benfica em muitos momentos do jogo.

Por isso sim, souberam bem e foram merecidos os aplausos de ontem, mas que não se duvide que a cobrança será maior daqui para a frente... Como o Shadows bem disse, foi uma lição de realidade, que tenha servido para aprender, para crescer e tirar ilações importantes para o futuro...

É preciso um central mais rápido que Luisão ou Jardel, é preciso que Samaris e Cristante entrem rapidamente nas rotinas de jogo, Rúben Amorim faz muita falta, Artur é bem mais problema que solução, tal como faz falta um avançado que faça golos...


Mas aqui também, talvez os aplausos do final do jogo de ontem tenham significado apenas, e sem melindre de qualquer espécie, o reconhecimento da parte dos adeptos de que o Benfica neste momento não tem nível de Liga dos Campeões.

28 comentários via blogger

  1. Podia aqui lamentar o erro do Jardel, a contínua falta de lucidez e objectividade do Artur, a falta de estofo da equipa para uma prova como a champions, mas... aqueles 15 minutos finais não me saem da cabeça.

    Tenho já uns aninhos, mas adeptos como aqueles e ambiente como o que se viveu, só vim igual em Liverpool...

    Fantástico!

    ResponderEliminar
  2. "Neste momento não tem nível de liga dos Campeões", concordo em parte…

    Não tem nível para lutar com as equipas mais fortes, embora seja mais forte que muitas das equipas que estão na liga dos Campeões. É diferente do que dizes…

    E, sim, grande parte da "falta de nível" para enfrentar equipas mais valiosas, deve-se á "pré-época" que variados jogadores estão agora a fazer.

    É lamentável que um grande central tenha sido vendido, e para o lugar dele, tenham vindo 2 novos jogadores, que pelos vistos não contam para o treinador.

    É lamentável que tenhamos ficado sem o GR titular, e para o seu lugar, tenha vindo um outro GR, apenas nos últimos dias de mercado. (Se alguém dissesse aqui há uns meses, que o Paulo Lopes iria jogar 80 minutos do 1º jogo da Champions, iria ser alvo de chacota. (por muito que aprecie o Benfiquismo do Paulo Lopes)

    É lamentável que tenhamos contratado 2 médios centro, nos últimos dias de mercado, quando sabíamos que Fejsa estará lesionado mais 4 meses…

    É lamentável que uma equipa que privilegia tanto o ataque, e os seus pontas de lança, como o Benfica, tenha vendido o seu melhor avançado (Rodrigo), e vendido o seu melhor marcador nas últimas épocas (Cardozo…tirando a última) e tenha contratado um ponta de lança, já fora de mercado, que não pode jogar na Champions… e tenha ido buscar um Derley, que pelos vistos também não conta para o treinador…

    São muitos lamentos, grande parte deles inexplicáveis, que fazem com que o Benfica actual, não tenha maiores aspirações do que "chegar longe" na Liga Europa.
    E isso, apenas a direcção poderá explicar… Porquê esta gestão de merceeiro, no que toca a suprimir lacunas, sem ser a 31 de Agosto????

    Parabéns a todos os adeptos ontem, e parabéns aos jogadores pela entrega e abnegação, na 2ª parte do jogo!!!!

    José Inacio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De acordo. Sem nível para defrontar as melhores equipas da europa. Há equipas na Lga dos Campeões piores aue a nossa.

      E de acordo quantos aos erros da pré-epoca, referidos também neste blogue a tempo e horas. Ontem fizémos pré-época num jogo de Liga dos Campeões!

      Eliminar
    2. Exactamente. À parte o apoio à equipa, que sempre o terá, não nos podemos esquecer as condicionantes em que a equipa vive. Esta gestão "á la Vieira" é o que há de mais incapaz existe. E o Benfica merecia bem melhor.

      Eliminar
  3. Águia Preocupada17/09/14, 16:04

    Se bem entendi de uma grande parte do teu texto, o Benfica deve comprar 10 ou mais jogadores para cada lugar, para depois poder ver quem serve e quem nao serve, dando assim o apoio ao gestor com visão e todo poderoso negociante de pneus!
    Pergunto-te: Para que servem os olheiros? Á espera, o olheiro é só para fazer umas viagens ou medir através do youtube se este serve para experiência ou não!
    Bem me parecia! Por isso é que já se gastaram milhões, todos os anos entram contentores (entram é uma forma de dizer, pois alguns nem cheiram a capital quanto mais o Benfica!) para de seguida serem descartados... E lá se vão atirando ao lixo, milhões e milhões de euros que chegariam para formar uma equipa boa (não digo galática, tipo Real Madrid) que pudesse fazer umas gracinhas além fronteiras!...
    Quanto ao resto, acho que os adeptos vivem e transmitem estados de alma que surgem e são alimentados mediante os contendores que temos pela frente! Aos de ontem, não era prudente mostrar-lhes o flanco...
    E sim, o Benfica está agora a fazer a pré-época e a pagar por isso...
    Por um lado, não houve tempo de em 30 dias compôr uma equipa para nos outros 30 do defeso se fazerem os ajustes e entrosamentos necessários.
    Por outro lado, nos jogos da pré-época, jogaram uns e nos jogos a sério jogam outros... Vá-se lá entender isto?!
    Como entender, que um Samaris tenha entrado num jogo com a responsabilidade do de ontem, só com um jogo jogado pelo Benfica?
    Mas a isto, há quem chame competência, gestão perfeita e aplauda!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digo que se devem comprar 10 jogadores. O ideal é comprar só um. Mas nestas idades é fácil falhar, foi isso que quis dizer. Se tivéssemos acesso ao mercado de jogadores já feitos, seria muito mais fácil e cometeriamos menos erros.

      Eliminar
    2. Mas se olharmos para aqueles que estiveram expostos a contextos de exigência (relativa) semelhante já fica mais fácil....se olharmos para aqueles q já sentem o peso da camisola desde os 10 anos fica mais fácil.....se olharmos para jogadores que reconhecem e sentem a cultura que os rodeia fica mais fácil.....concordo em pleno com a avaliação q fizeste aos riscos do mercado de jogadores em q actuamos mas é preciso perceber q a idade do jogador é diferente do tempo q ele passou exposto a um contexto semelhante ( em termos relativos)

      SGE

      Eliminar
  4. O Benfica perdeu este jogo fruto de várias contingências e também da qualidade do adversário que as soube aproveitar, mas tem todas as condições para seguir em frente, na minha opinião tem equipa mais que suficiente para se superiorizar ao Mónaco e ao Leverkusen.

    Que equipa do mundo não se iria ressentir a perder e a jogar com 10 durante mais de uma hora?

    Depois de se bater no Talisca, começou a campanha de abate do Jardel. Na minha opinião um central com as suas limitações, mas que sempre deu tudo. Pode não ser um Garay, mas também não é nenhum jogador de 2ª divisão como agora parece porque falhou uma saída de bola que resultou em golo. Também gostava de ver mais do Lisandro, mas recuso-me a crucificar o Jardel.

    Quanto ao Artur penso que não há nada a dizer, ele só continua a jogar porque infelizmente o Júlio César não está em condições físicas, porque toda a gente sabe quem será o dono da baliza. A partir do momento em que não se conseguiu colocar o Artur noutro clube, não se podia investir em 2 g.redes caros, era um tiro no pé.

    Quando se fala que o adversário dá banhos e não sei o quê com o jogador Hulk assim e assado, convém referir que esse jogador é um jogador de classe mundial, goste-se dele ou não (a mim mete-me nojo), mas sei reconhecer que é um jogador temível, muito difícil de parar.

    Eu não sou treinador, mas se me derem uma equipa com jogadores deste calibre, também sou capaz de dar "banhos tácticos" a alguns grandes treinadores.
    O grande treinador das cadeiras de sonho, ganhou nos corruptos da forma como se sabe, depois foi corrido de clubes que lhe deram milhões para gastar e não foi capaz, e agora é bom num clube que se quisesse comprava os jogadores todos da liga russa, que tem um patrocinador fortíssimo que lhe proporciona o que ele quiser. Basicamente só não tem lá os jogadores que se recusam a jogar na Rússia, porque dinheiro nunca será o problema. Grande treinador, sim senhor. No Chelsea e no Tottenham que foram os seus reais testes.. nicles!

    A única coisa que eu posso apontar ao Jorge Jesus é que talvez na Champions arrisque demasiado e ainda não percebeu que as suas ideias por vezes contra adversários tão fortes, deviam talvez ser mais baseadas na contenção. Mas depois tínhamos muitos adeptos a criticar porque tinha medo dos adversários. Nunca iam estar todos satisfeitos. Na minha opinião o Benfica na Champions devia ser mais conservador, preencher mais o meio-campo e não jogar tão aberto, mas isso é a minha opinião, não julgo saber mais que os profissionais da matéria.

    Quanto ás nossas contratações concordo em tudo, estou farto de dizer o mesmo. Difícil é acertar muito em jogadores jovens, que são apostas de risco, se acertarmos em alguns, já compensa o investimento, é impossível acertar em todos. Mesmo os clubes que se dão ao luxo de gastar quantias astronómicas se enganam, e o Benfica não se tem enganado assim tanto, e quando se engana, os custos são reduzidos, e largamente compensados pelos acertos.

    O que diriam alguns benfiquistas se o Benfica vendesse um Di María e fosse comprar um James Rodriguez, e ainda perdesse dinheiro...

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca bati no Talisca, e aqui muitas vezes elogiei o jardel.

      Mas ontem esteve mal, e há que dizê-lo com a mesma naturalidade que se elogia quando merece.

      Eliminar
    2. E o Benfica jogar aberto contra grandes equipas, é discutivel, e de certeza que JJ sabe disto bem mais que eu.

      Ja vi o Benfica vulgarizar o Chelsea jogando ao ataque, e até com 10 jogadores. Só que depois tb faltam esses jogadores de top que o Benfica nao tem e o Chelsea tem, que em 3 ou 4 grandes oportunidades sejam capazes de meter uma bola la dentro

      Eliminar
  5. Esse raio de banho de bola que todos viram do Hulk e que eu não !!!
    Teve uma única oportunidade e marcou mas vinha de um erro nosso. Acho eu que o Eliseu vez muito bom jogo contra o Hulk.
    Farto dos choradinhos, eu vi uma equipa com pouca rotina, que praticamente não se conhecem entre eles a darem tudo em campo. Uma equipa que deu tudo durante 70min jogando apenas com 10, só faltaram mesmo os golos porque classe, querer, raça e ambição estavam dentro do campo. Uma equipa que até já muitos "benfiquistas" dava como perdida.
    Foi isso que foi aplaudido, nada mais, nada menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh pá, para mim, quando é para elogiar é para elogiar, quando é para criticar é para criticar...

      Há muitas atenuantes para a derrota de ontem, uma delas, muito importante, que o Zenit é melhor, tem melhores jogadores, e um orçamento com o qual não podemos competir.

      Mas há também que dizer, ontem houve momentos em que deu a sensação que bastava o Zenit querer acelarar um bocadinho, para que o resultado tivesse sido bem mais desastroso.

      Mas repito, isto não é uma critica a ninguém. É a realidade das coisas, e este Benfica não chega para este Zenit.

      Eliminar
  6. BENFIQUISTA DE GAIA17/09/14, 16:42

    erros de casting por amor de deus com um guarda-redes que ate os colegas teem medo.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Artur fez o que podia aquando da expulsão. Se querem crucificar alguém que o façam à defesa toda que deixou fugir o jogador do zenit.

      Eliminar
  7. Passei muitos 90 minutos da minha vida naquele (e no outro) topo sul, o que se passou ontem foi amor e apoio incondicional ao Benfica mais do que à atitude ou exibição da equipa.
    Desenganem-se o Jesus e o Vieira. Se ainda conheço aquela Bancada o Benfica estará sempre acima de tudo.
    O topo sul salvou uma noite triste da nossa equipa, não se confunda isso com apoio a quem passa.

    ResponderEliminar
  8. 99% de acordo.

    O 1% diz repseito à parte final quando referes que o Benfica precisa de 1 central mais rápido que Luisão e Jardel. Não é esse o problema. O Jardel é muito rápido. Deve ser o central mais rápido a jogar em Portugal.O problema é os pés na saída de bola. A qualidade que Garay oferecia à equipa já não existe e é preciso que jogue alguém ao lado de Luisão que tenha boa capacidade de ssaída com bola. Espero que Lisandro tenha essa capacidade e que apenas ainda não tenha entrado na equipa por estar a assimilar os processos defensivos.


    Ass. Anonymous

    ResponderEliminar
  9. Deixem lá de bater no Benfica.

    O Benfica teve um central que comeuteu dois erros que se não podem cometer contras boas equipas da Champions, mas terá sepre que ter nível para a Champions. Venha esse nível de grandes jogadores, venha de vontade, venha de garra, venha de mais querer que os outros, venha de onde vier.

    De lamentar um jogo da Champions com 35mil nas bancadas, isso é que devia ser explorado aqui, porque ontem exigia-se um estádio cheio e um ambiente "intimidador".



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis, viste só 2 erros do Jardel ontem??? Não viste mais 2 erros que nos custaram uma final contra o Chelsea há dois anos??? O homem é fraco jogador para o Benfica, ponto final.

      Eliminar
  10. Nota: O problema do Jardel não é a lentidão, até porque é um central razoavelmente rápido. Até mais que o Garay( Obviamente não na velocidade de reação/antecipação e posicionamento, mas sim na velocidade à flor do relvado).
    O problema do Jardel é sim, a falta de pés para sair a jogar. O Benfica tanto com David Luiz e depois Garay, teve dois centrais de inegável qualidade técnica quer no passe longo, quer num passe rasteiro que proporcionava "cortar linhas adversárias" e fazer a bola chegar, num ápice a um Salvio ou Gaitan, por exemplo. Hoje tal não acontece. Não sendo Luisão, um primor com a bola nos pés, teria que ser obviamente o parceiro a iniciar a construção de jogo da equipa. E Jardel como ficou comprovado ontem, não pode ser esse jogador.
    Veremos se Jesus dá oportunidade ao Lisandro, pré-convocado para a seleção argentina vice-campeã do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. O problema ontem foi a sair com bola nos pés, arte que não é para ele :))
      O Jardel até é rápido e normalmente sereno, mas ontem pareceu nervoso.

      Eliminar
  11. Pedro Barros17/09/14, 19:38

    Reforços


    Dedé - 12 M€

    Alvaro Pereira - 6 M€

    Piazon - 10 M€

    Leandro Damião - 15 M€

    ResponderEliminar
  12. Cada vez tenho mais orgulho em ser do BENFICA, pois ontem foi mais um exemplo da nossa grandeza.
    O jogo não correu de feição é um facto indesmentível, principalmente nos primeiros 30 minutos, ficando aí desde logo decido o jogo, contudo a partir daí e dentro das nossas limitações a equipa jogou sempre com uma dignidade de enaltecer e para nunca mais esquecer, pois não é fácil estar a perder 2-0 contra uma equipa recheada de bons e caros jogadores e termos tentado sempre o golo, claro correndo enormes riscos de até ser goleados, mas foi isso mesmo que fez com que os adeptos reconhecessem esse grande esforço que todos fizeram e a atitude que demonstraram.
    Sem querer desculpar nem refugiar-me no árbitro, quanto a mim o mesmo teve uma actuação muito penalizante para o BENFICA, pois na dúvida era sempre contra nós e no aspecto disciplinar não se compreende como é que alguns amarelos a jogadores do ZENIT ficaram no bolso ( são pormenores que também contam, quer se queira ou não ).
    Uma nota: o ATLÉTICO MADRID com um orçamento elevado, com jogadores feitos e com uma "pré-época" devidamente planeada perdeu ontem num estádio em que nós na época anterior também perdemos com uma única diferença: a exibição foi muito inferior à que nós realizamos nesse jogo...é futebol.
    BENFICA eterna paixão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E parece que o Roberto fez outra grande exibição contra o clube que o formou e o deixou ir.

      Eliminar
  13. Caro Redmon,

    Este post é bastante interessante e a tua análise aos novos jogadores revela de facto aquilo que é a realidade. É de facto muito dificil adquirir jogadores que apenas têm potencial e garantir que eles farão uma evolução perfeita.
    A titulo de exemplo veja-se o que aconteceu o ano passado com Djuricic que eu e muitos adeptos imaginavamos que iria ser o melhor jogador do campeonato e nunca conseguiu convencer ou o processo de evolução do Di Maria que andou 2 anos sem convencer ninguém e é neste momento um dos melhores jogadores do mundo ( para mim está entre os 5 melhores).
    Também concordo que há alguns erros de casting e que é muito dificil enfrentar grandes competições sem haver um adequado entrosamento dos jogadores do plantel na pré-época.Mas o mercado é de facto uma caixa de surpresas.
    Já não concordo o banho tactico de Vilas Boas e estou esperançado que iremos ganhar a São Petersburgo.
    Nota: importa salientar que o Zenit começou a época mais cedo e já tinha jogado 2 pré-eliminatórias da Champions, além de 7 jornadas no campeonato.

    ResponderEliminar
  14. Redmoon, assino por baixo na integra este teu texto. E o último paragrafo é sublime. Penso que é mesmo isso. No subconciente os adeptos benfiquistas, pelo menos os mais realistas já se conformaram com a falta de equipa para competir na Liga dos campeões. Vale pelo esforço dos jogadores... Enfim mais do mesmo ano após ano... não se consegue planear uma época a tempo de estar em condições desde o inicio da época... Será da inexperiência do nosso presidente??? afinal ainda só está há 12 anos no Benfica!!!!! ainda há tempo para aprender!!!

    ResponderEliminar
  15. Creio q mas vezes confundimos "o rabiote com as calças"....é óbvio q a nossa demonstração de apoio revela a grandeza do clube.....outra coisa foi a performance da equipa q resulta em muito da forma como a nossa estratégia de gestão tem sido operacionalizada....as declarações do JJ podem muito bem ser mais um forma instrumentalização dos adeptos c vista a esconder as lacunas q muitos tem referido.

    Ontem conversava com outro grande benfiquista e começamos na brincadeira a imaginar cenários em q treinadores de outras equipas tinham "os tiques de mestre" do JJ. Ora imaginem lá o q é o q o JJ diria dele próprio se estivesse no Southampton o ano passado....aquilo é foi potenciar jogadores lol fizeram 130 milhões de euros com o Shaw, Lallana, Lovren e Lambert.....n ouvi o Pochentino a recorrer ao auto-elogio e apropriar-se de algo q os jogadores conseguiram por mérito próprio....

    JJ, és bom, talvez o q melhor serve ao Benfica mas olha mais para o se passa para lá do teu umbigo porque quero que passemos aos oitavos

    SGE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois eu, entre os oitavos da champions ou uma final da liga europa, optaria pela segunda.

      Quanto ao Pochentino, excelente treinador, e aqui mesmo escrevi há vários meses, que se Jesus não ficasse, não era o Marco Silva que queria, mas este argentino.

      Mas ele de facto nunca foi muito de auto-elogios, se calhar também porque só começou a falar ingles este ano. O ano passado era tudo em espanhol e ninguem ligava nenhuma :)))

      Eliminar
    2. Eu este ano gostava que chegássemos pelo menos aos oitavos, vamos ver. Sim, o inglês dele ainda n é grande coisa....um dia destes ainda diz "piners" :)

      O JJ é grande mas tem mta gente à frente dele. Para o Benfica e suas idiossincrasias não creio q seja o indicado. Pelo menos para aquilo q é o "meu" Benfica. Pochentino sem dúvida seria exclente escolha :)

      SGE

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes