O Senhor dos Apitos
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 23 de agosto de 2011

O Senhor dos Apitos

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 
Porque acredito realmente cada vez menos na honestidade do futebol português, prometi a mim mesmo que este ano só via os jogos do Benfica. E por essa razão, mesmo estando em casa nesse dia, liguei a TV apenas nos últimos 5 minutos do Porto X Gil Vicente, e apenas para saber o resultado final. Estava 3-1, tudo normal portanto, e eis então que já finalizado o encontro, a SporTV passa os lances mais importantes do encontro. E fico então a saber que aos 10 minutos de jogo o Porto perdia por 1-0 e tinha 11 jogadores em campo quando devia ter 10, e que poucos minutos depois iria chegar ao empate com um penalty que simplesmente não existe. A partir dai, a história do jogo estava traçada.

Continuando a ver o resumo do jogo, os comentadores foram unânimes em considerar que existe penalty sobre Hulk, são ainda unânimes em inventar um penalty não assinalado sobre Guarin para dar a ideia de que o Porto ainda tinha sido roubado, e ninguém questiona sequer o lance do qual resulta o 3-1, uma jogada em que ninguém toca no jogador do Porto.

A seguir vem o flash interview e a conferência de imprensa, e não ouço uma única pergunta feita sobre os dois lances capitais do jogo, ambos ocorridos nos primeiros 10 minutos, e que ofereceram a vitória ao FCPorto. Antes vira-se a agulha para se falar de... Jorge Jesus.

No dia seguinte lê-se o Tribunal do Jogo e o painel de árbitros alinhados com o sistema, e os três ilustres apenas vêm um erro claro nesse jogo - a não expulsão de Ottamendi. Era só o que faltar negar esse também.

Tudo isto depois de uma primeira jornada em que mais uma vez há um penalty no mínimo discutível que resolve um jogo a favor do FCP, e depois de uma época inteira em que 95% dos lances duvidosos foram decididos a favor do FCPorto. Ainda há 15 dias no jogo contra o Guimarães há uma mão de Rolando na área (da qual ninguém falou), depois de 3 mãos na área do mesmo Rolando na época passada, 4 lances discutíveis, TODOS eles decididos a favor do FCPorto.

Não quero vir com isto desculpar os erros que o Benfica tem cometido. Temos sem dúvida culpa no cartório mas, esta merda está toda feita... Não vamos lá com o Luís, como não iríamos com o António nem iremos com o José. Para que nós ganhemos é preciso sermos perfeitos e os outros andarem distraídos ou ocupados a ver se limpam a cara em tribunal. E mesmo assim só ganhamos na última jornada.

O ano passado cometemos erros sim senhor, mas a verdade é que não foi só por causa desses erros que à quarta jornada já nos tinham arrumado com uma distância de 9 pontos para os azuis. A partir daí arrancámos para uma série de vitórias impressionante com um desaire no Dragão pelo meio, até ao jogo de Braga onde nos deram a estocada final.

Claro que a merda disto tudo é que é preciso ser justo e dizer que este ano, em duas jornadas o Benfica já tem um golo marcado em fora de jogo e um penalty contra perdoado. E com isto branqueia-se aquilo que vamos vendo acontecer semana sim semana sim, de há muitos anos a esta parte nos jogos dos azuis. O que ninguém lembra é que antes do penalty do Javi Garcia há também um fora de jogo mal marcado a Saviola que ficava na cara do guarda-redes, e que mesmo o penalty de Javi só se percebe com recurso a repetição.

O que não se percebe e não se pode aceitar, é como é que num lance claro e em que o arbitro claramente vê e apita, Ottamendi fica em campo depois de um penalty como aquele que cometeu contra o Gil Vicente. Aquele não é um lance subjectivo nem passível de diferentes interpretações. Aquele é um lance em que o árbitro simplesmente DECIDIU não aplicar as regras do jogo. O ano passado a época do Benfica poderia ter acabado à 5ª jornada num lance semelhante, que fez de Roberto herói ao defender um penalty contra o Setúbal depois de ficarmos reduzidos a 10 jogadores. Infelizmente para o Setúbal, o jogo não era com os azuis e não houve lugar a repetição da penalidade.

Por isso, eu tiro o meu chapéu a Pinto da Costa, porque o homem é de facto um génio e criou uma máquina imbatível. O homem percebe inquestionavelmente muitíssimo de futebol e, realmente, o Porto tem sempre excelentes equipas e mentalidade ganhadora. Mas o FCPorto não é só futebol. O FCPorto é também as alianças estratégicas e os homens certos nos lugares certos, o Porto é imprensa favorável e cargos directivos, o Porto é politica de empréstimos, quinhentinhos, casas de putas, apitos dourados e viagens ao Brasil. Nada é feito ao acaso. O Porto ganha porque tem grandes equipas mas, o Porto ganha também porque há sempre uma mãozinha amiga nas tardes azaradas em que a bola não quer entrar na baliza como acontece com todos os clubes do mundo. No Porto não há a pressão dos maus resultados.

E quando o Porto cilindra os adversários cometem-se então uns errozitos penalizadores que não valem pontos, para se ir balançando com os erros a favor, esses sim a valer pontos e campeonatos.

Em Julho último assisti a uma excelente entrevista de Pedro Proenca à SIC, e foi-lhe perguntado porque é que a tecnologia ainda não tinha chegado ao futebol. E ele respondeu, e quanto a mim muitíssimo bem: "Porque o futebol, com o seu formato actual, ainda vende. A tecnologia chegará quando os adeptos se afastarem, quando deixarem de acreditar no que acontece nas 4 linhas, quando houver necessidade de trazer as pessoas de volta ao futebol."

Pois eu, Senhor Proença, já não acredito. Tal como não acredito que o senhor, árbitro internacional e a dois metros do lance, alguma vez tenha visto penalty de Yebda sobre Lizandro Lopes, num jogo que não ganhámos por culpa sua e que quase afastou do título o Benfica de Quique Flores. Continuámos a um ponto do Porto quando podíamos ter ficado dois à frente. Eu não acredito no futebol português Sr Proença. E se ainda vejo o meu Benfica é por clubismo e porque o meu clubismo é maior do que a desconfiança.

Isto é uma teia senhores. E quem acha que a culpa disto tudo é do Vieira e do seu apoio ao Fernando Gomes, anda bem equivocado. É que não basta lamentar esse apoio. É preciso é explicar como é que lá poderíamos ter colocado outro, se o poder e os votos estão todos comprados.

Hoje é o Luís, amanhã é o António e depois será o José. Mas não adianta. Porque o Benfica não precisa de um Borges Coutinho nem de um Fernando Martins. O Benfica precisa é de um vigarista, ainda mais vigarista do que os que lá andam. E ainda assim não basta um vigarista, porque para além do nosso vigarista precisamos ainda de outros vigaristas com poder, que sejam nossos amigos e não amigos dos outros.

E essa é portanto a escolha que temos de fazer: Queremos um presidente sério ou um vigarista à frente dos destinos do clube? Queremos chafurdar na merda como os outros ou andar de cara limpa? Queremos ser pacíficos e educados e desinteressamo-nos apenas do futebol, ou revoltamo-nos e usamos as tácticas que condenamos nos outros, fazendo a vida negra aos homens do apito, porque os meios justificam os fins?

Eu sei o que faria se fosse presidente do Sport Lisboa e Benfica. Começava a gozar com esta merda e proibia toda a gente no clube de falar sobre arbitragens ou sobre títulos. A partir de agora a mensagem do clube era clara e devia ser adoptada por treinadores, dirigentes e jogadores desde a primeira à última jornada: "Objectivos para este ano? Títulos?! Meu amigo, o objectivo do Benfica é ficar no segundo lugar. Como todos sabemos e vemos em Portugal, há 30 anos que o primeiro lugar está entregue por decreto."

Acredito sinceramente que há falta de outras armas, rir é mesmo o melhor remédio, e há que ridicularizar as vitórias corruptas o mais que pudermos. Sem termos de falar muito, talvez fosse o dia em que nos começassem a ouvir.



12 comentários blogger

  1. Redmoon já leste este?

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=282883

    «Vínhamos praticamente da praia e mesmo assim ganhámos ao Real», diz Rosell

    Grande moral... eheheheh

    ResponderEliminar
  2. LOL...estes corruptos são hilariantes. Estão tão habituados a serem favorecidos que acham mesmo que aquilo é falta. Acham mesmo que os mergulhos do Hulk têm que ser assinalados como penalty. Eles estão mesmo convencidos disso.

    Depois, dentro deste espírito corrupto, inventam lances em q o SLB é beneficiado. O lance do Nolito é um desses. As imagens de TV não conseguem mostrar Nolito em fora de jogo. Javi pode ter feito penalty mas antes desse lance há um idêntico sobre Nolito. Os adeptos corruptos falam disso? Claro que não. Falam do escandaloso fora de jogo assinalado a Saviola q ficava sozinho na cara do gr? Claro q não.

    O azar destes anormais corruptos é que aqui eles não controlam o que é escrito. E aqui levam com a verdade q tanto lhes incomoda. São tão estupidos q não percebem q sempre que entram em blogs benfiquistas são arrasados e toda a sua estupidez fica exposta a todos.

    ResponderEliminar
  3. Não deviam ter apagado o comentário anterior. UM, sim apenas UM, fora de jogo, NO LIMITE é a desculpa para demonstrar que todos são beneficiados, "nós beneficiados em 5 penalties? Mas o Nolito marcou em fora de jogo!". Têm é que mostrar isto e responder-lhes, senão estão a ser como a direcção. Não olha nos olhos, faz de conta que não existe, o que é pior.

    ResponderEliminar
  4. J Jonah Jameson (JJJ)23 agosto, 2011 22:07

    O que eu mais queria era ÁRBITROS ESTRANGEIROS no campeonato português, sabes por que?

    Porque todas as bocas malditas e venenosas iam calar, sabes por que?

    Porque QUEM GANHA nas competições européias ou da FIFA, ganha com ÁRBITROS ESTRANGEIROS.

    E qual seriam as desculpas esfarrapadas?
    o relvado?
    o vento?
    a cor do céu?

    O fecepe continuava a ganhar à mesma, e aí já começavam a dizer que árbitros estrangeiros são ruins, não prestam para nada, ou comprados, ou estão no sistema do "senhor dos apitos".
    Nem que viajassem do outro lado do mundo, protegidos pela SWAT, os árbitros estrangeiros estariam livres das linguas invejosas dos perdedores.
    Podem importar árbitros de onde quiserem, a hora que quiserem, o fecepe vai continuar a ganhar á mesma, dentro e fora de portas!!!

    ResponderEliminar
  5. Se há coisa que me irrita é ver benfiquistas a engolir a opinião dos papalvos. Já vi vídeos e imagens que demonstram com clareza que não fora de jogo do Nolito.
    Aqui fica uma imagem e se voltar a encontrar o vídeo (que vi noutro blog benfiquista), também publicarei o link:

    http://imageshack.us/photo/my-images/217/semttulo2cn.jpg/

    ResponderEliminar
  6. ja estranhava ainda nao teres falado mal do porto hoje... olha e no benfica nao viste o penalty da 1 parte e outro aos 84m contra o benfica??? nao deves ter visto certamente... grande coerencia dois penaltys no ultimo jogo e golo em fora de jogo em barcelos...

    continua a assobiar para o lado

    PS. se tiveres coragem passa o comentrio ou entao censura como fazes quando nao te agrada

    ResponderEliminar
  7. Caro JJJ, responde me só a uma coisa... Dizes que o teu clube ganha cá dentro com honestidade porque lá fora também ganha...ok
    Então qual a tua opinião do SLB ser o clube com mais campeonatos ganhos??? Também vais na carneirada do teu clube e dizes que foi do regime, ou olhas para os títulos e finais europeias que ganhamos na altura???
    Esta é só uma pergunta que sempre quis fazer a um portista que se desculpa com os títulos internacionais, e já que aqui andas....

    Márcio

    ResponderEliminar
  8. Amigos
    Concordo inteiramente com a linha de pensamento do autor do post.
    Apenas duas observações complementares
    Primeiro estamos em Portugal e com a (IN)Justiça que temos as coisas jamais mudarão. Em Portugal fazem escola e vivem bem na vida os vigaristas e os corruptos.
    Segunda, não tenho que tirar o chapéu a um corrupto que montou um sistema, também ele, corrupto. Condeno-o dentro dos meus valores e principios que nada têm a ver com a realidade existente.
    Mas nem eu, nem o autor do post e creio que, isoladamente, nem o Benfica, podem mudar o País e os seus Tribunais, e já agora os seus Juizes.
    Amigos é o que há. Com reflexos negativos no futebol como noutras areas da Sociedade.

    ResponderEliminar
  9. Sim..o fcp tb ganha na Europa. O Fergunson pode explicar como...

    ResponderEliminar
  10. Adepto contrário24 agosto, 2011 16:13

    Ó Egocêntrico, só tens um olho? e os dois penaltis que roubaram ao Feirense e a expulsão do Javi Garcia? Se tens coragem publica este "Post", pelo menos vais o ler e ficar com um peso na consciência também. Só escreves aqui o que te apetece. É muito feio olhar para o umbigo....

    ResponderEliminar
  11. Falar do lance do 3-1 é simples ignorância... Já ouviu falar em expressões como "jogo perigoso", "pé alto", "livre indirecto"?
    Francamente, aprendam a ver futebol e deixem-se de discussões estéreis próprias apenas de verdadeiros "loosers"...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares