O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Depois de Vitória, Lage e JJ, a culpa vai continuar a ser dos treinadores?!

Avatar
 ●  75 comentários  ● 

 

JJ só pode estar no gozo quando diz que ontem o Benfica fez mais uma boa exibição. Uma boa equipa de futebol não é uma equipa de atletismo, uma equipa de sprinters que é aquilo que o Benfica é.

Até ao 2-1 para o Liége, altura em que a equipa Belga recuou no terreno e deixou o Benfica ir para cima, não passamos de uma equipa de sprinters sem qualquer fio de jogo. Sprint para a frente, perde a bola, sprint para trás. Recupera a bola, sprint para a frente, perde a bola, sprint para trás. E assim sucessivamente, até os jogadores rebentarem! É demasiado pedir a esta equipa que saiba controlar o ritmo do jogo, instalar-se no meio campo adversário e fazer 5 passes seguidos sem perder a bola?

Findo o jogo, mais problemas de ADN. JJ diz claramente que os tubarões não o assustam e que o objetivo é ir á final. Isto depois de dizer, acabadinho de ser derrotado por um Paok, que tendo eliminado a equipa grega podia ir longe na prova! Portanto, uma equipa que não derrota o Paok, e que num grupo com Glasgow, Liége e Poznan não consegue melhor que 3 empates e 3 vitórias, está-se mesmo a ver que o colosso que apanhar o Benfica vai ficar apavorado logo no sorteio!

E é este o problema gravíssimo de ADN que o Benfica tem neste momento. É que o Benfica vive no mundo dos sonhos. Ainda acha que é uma grande equipa da Europa e do mundo, e que mais uma época desastrosa a nível europeu, que se segue a outras mais desastrosas ainda, em anos em que conseguiu acabar com zero pontos num grupo a Champions no qual era cabeça de série, é mera coincidência e azar momentâneo.

Estas são as equipas mais fáceis de bater, porque são aquelas que não sabem quem são. Estas são as equipas, que permitem ao adversário jogar exatamente como quer jogar, traçando um plano de jogo sabendo exatamente os erros que uma equipa que é fraca mas que quer jogar à Barcelona dos tempos áureos vai cometer.

Talvez aqui os adeptos também tenham culpa, porque não admitem que o Benfica jogue de outra maneira. Fosse o Benfica uma equipa mais modesta e mais realista, e se calhar teria eliminado o PAOK. Se não tivesse permitido ao PAOK jogar na sua zona de conforto e exatamente como queria jogar, fechadinho lá atrás à espera do erro. Talvez o Benfica devesse ter sido essa equipa consciente de que é vulnerável, e que preferisse jogar mais fechado também convidando o PAOK  a vir para cima! Mas os adeptos do Benfica admitem isso?

Resumindo e baralhando, esta equipa de milhões não joga nadinha. E para Vieira é ótimo que seja JJ o treinador. Porque a contratação de JJ seria sempre um ato polémico, e agora muitos andam aqui entretidos a discutir o treinador quando o grande causador disto tudo é o Presidente que temos.

O meu conselho pois, é que num momento difícil os Benfiquistas não se dispersem nem se confundam nas guerras que travam! Esqueçamos JJ. O assunto só pode ser JJ para aqueles que acharem que o problema é o treinador, e que com outro treinador e o mesmo plantel estaríamos neste momento a dar baile no campeonato e a arrasar na Europa! Se for isso em que acreditam, sim, batam no treinador, que também merece!

Mas se não acham isso, peçam contas a quem têm de pedir. Porque este Benfica que temos hoje não é consequência de uma época mal planeada apenas. É consequência de 6 anos de erros gravíssimos, de políticas desportivas desajustadas, de sonhos mirabolantes de que com o Seixal seríamos campeões europeus, e 6 anos ( não me canso de dizer isto) em que não fomos capazes de comprar um ÚNICO jogador que tivéssemos valorizado desportiva e financeiramente! NEM UM!

Este, o Benfica dos 10 anos à frente, o Benfica que tem como grande oposição interna um Porto e um Sporting falidos, o Benfica dos Cavanis e das vendas de 120 milhões, bem espremido, é uma equipa da segunda divisão da Europa!

Esta é altura de tomarmos todos um banho de humildade. Somos uma equipa de segunda divisão da Europa, que tem um longo caminho a percorrer para chegar lá acima, ao lugar onde Vieira sempre nos quis fazer acreditar que já estávamos!

E para lá chegar é preciso um treinador com peso capaz de  sujar as mãos na lama e operar a revolução que é precisa, e não navegar à vista apenas como a maioria, aquele tipo de treinadores tão agradecidos pela oportunidade que Vieira lhes deu que nunca tiveram coragem de dizer não a nada, nem sugerir que o caminho pelo qual Vieira ia era errado. À semelhança de 62% dos sócios aliás!

Só que não há reconstrução sem dinheiro, e DSO veio já ontem sugerir que é preciso vender jogadores em Janeiro! E isto só pode ser de rir! Que grande equipa da Europa planeia a época em Julho sabendo que vai ter de vender a meio da época? Mas afinal o Rúben foi vendido porque a Champions ardeu, ou seria sempre vendido com ou sem Champions?

Gastámos o que não podíamos em Outubro só para enganar os sócios e dar uma ideia da pujança que não tínhamos? Ou gastámos porque era esse o projeto, porque éramos um clube pujante sem saber o que fazer ao dinheiro que a CMVM nos poupou com a OPA falhada, e porque foi isso o que foi prometido a Jesus quando o foram buscar ao Brasil?!

Somos uma equipa pequenina com sonhos de gigante! E esse é o maior problema que temos nesta altura!


 

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Standard Liege - SL Benfica

Avatar
 ●  78 comentários  ● 

ONZE DO SL BENFICA: 

Helton Leite, João Ferreira, Jardel, Vertonghen, Nuno Tavares, Weigl, Taarabt, Pedrinho, Everton, Waldschmidt e Darwin.

Suplentes: 

Svilar, Gilberto, Otamendi, Ferro, Gabriel, Diogo Gonçalves, Cervi, Chiquinho, Pizzi, Rafa, Seferovic e Gonçalo Ramos.

Onze do Standard Liège: 

Bodart, Jans, Bokadi, Laifis, Gavory, Bastien, Raskin, Cimirot, Shamir, Balikwisha e Tapsoba.

Suplentes: 

Gillet, Henkinet, Sissako, Oularé, Carcela, Sylvestre, Muleka, Boljevic, Fai, Avenatti, Carcela-González e Siquet.

---------------------------------------

Ver um meio campo com Taraabt e Weigl dá calafrios...

Vamos lá ver o que isto dá.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Acabar com a demagogia: foram muitos anos de desinvestimento que não se resolvem num ano

Avatar
 ●  39 comentários  ● 

O BenficaEagle disse-o aqui vezes sem conta: Desde a saída de Jesus o SLBenfica entrou numa espiral de desinvestimento sem sentido - a menos que se faça o paralo com outros acontecimentos como o da Promovalor.

Para termos uma ideia, o mercado explodiu entre 2013 e 2014 - após a transferência de Neymar que inflacionou totalmente o mercado de contratações. O Rui Vitória entrou aproximadamente um ano depois e nunca a sua média de investimento superou os 28,85M, por oposição nas sete épocas (já contando com a atual) com Jesus foram gastos mais de 300M, a uma média de quase 45M por época.

Reparem que no ano que podia dar o penta... investimos menos de 10M!

Ignorar a forma como o mercado se inflacionou é ignorar o óbvio e o SLBenfica não só pelo menos manteve o investimento (acompanhando o mercado) como ainda reduziu drasticamente o investimento nos últimos anos ou seja, comparativamente se o mercado se inflacciona o SLBenfica não só não acompanha como reduz o investimento... o plantel desvaloriza em qualidade.

Além desse facto, também se advoga muito que o SLBenfica foi dos que mais investiu (diz-se que foi o 6º ou algo assim)... porém a contratação mais cara do SLBenfica foi apenas a 36ª mais cara da Europa... os tres mais caros (Darwin, Everton e Pedrinho estão no top... 58).

Próximo do que custou Darwin, há jogadores (imagine-se, para se ver bem o inflacionamento do mercado) com 17 e 18 anos...

Mas podemos sempre continuar a insistir nessa narrativa da imprensa dos super milhões...

Nesse sentido, não é chocante que o SLBenfica esteja num patamar bastante inferior qualitativo face ao que estava nas últimas temporadas de Jorge Jesus. O desinvestimento nos últimos 5 anos foi enorme e a recuperação ser toda feita num ano é absurdo, porém exigida... mas a unica forma será gastar agora o que nao se gastou para pelo menos manter o nível nos últimos anos.

Podemos discutir a coincidência do desinvestimento com a reestruturação da dívida de Luis Filipe Vieira... mas eu não quero ir por coincidências. Eu sou do SLBenfica e não sou anti ninguém.

O SLBenfica, contudo, tem um problema de qualidade no plantel. 

Para terminar uma outra comparação: SLBenfica vs FCPorto.

Se quisermos fazer uma comparação com o FC Porto, clube com quem o Benfica tem lutado palmo a palmo pela conquista dos títulos nacionais nas últimas 17 épocas, chegamos à conclusão de que os dois emblemas gastaram uma verba aproximada neste período... pouco mais de 550M cada (uma média de 32/33M por ano... ainda assim bem abaixo do cerca de 45M em media da primeira passagem de Jesus)... e muito acima de investimentos de outras épocas.

Ou seja, podemos continuar a bater no ceguinho e dizer que é do 4-4-2... do 4-3-3... podem dizer o que quiserem... mas o SLBenfica só conseguiu nos ultimos 15/17 anos superar o investimento do FCPorto... com estas ultimas duas épocas, porque até lá  FCPorto sempre gastou mais que o SLBenfica.

EU SOU CONTRA A CONTRATAÇÃO DE JORGE JESUS, mas pela consistencia que do que sempre disse: acho que tem coisas muito melhores que outros... mas tem coisas negativas que destroem o que ele próprio constrói - especialmente fora de campo.

Mas acima de tudo sou do SLBenfica... e ser contra não me faz anti. Não me faz incapaz de concordar com muito do que diz Jesus (ainda que não goste da forma) nem me faz pensar que se há alguém (pelo seu feitío e obstinação) que quer loucamente inverter esta situação e poder recolher os créditos... esse alguém é Jorge Jesus.

... e tudo isto sem transformar merda em ouro, como - ano após ano - faz o melhor "treinador" do FCPorto... não o que orienta os jogadores em campo, mas os que faz a "magia" que os permite transformar-se a nivel mental e físico. Não faltam relatos que expliquem essas práticas milagrosas.

Ronald Koeman quase livre para regressar ao Benfica

Avatar
 ●  84 comentários  ● 

As boas notícias é que o treinador favorito do Shadows, Ronald Koeman, estará muito em breve livre para assumir o comando do Benfica e substituir Jorge Jesus. Sim, esse mesmo, o treinador que no Benfica pegou numa equipa campeã e na seguinte acabou em terceiro; e o atual nono classificado da Liga Espanhola; e que achou inteligente dispensar por exemplo Luís Suarez para contratar esse craque Martin Braithwaite!

As más notícias é que ainda assim, desde ontem à noite Ronald Koeman também já não serve. É que não fosse  o curriculum do Koeman ja de si suficiente para nunca o contratar, o que é verdadeiramente inadmissível é perder-se 0-3 em casa contra um treinador absolutamente caloiro nestas andanças do treino, de seu nome Pirlo.

Se JJ deixou de servir para o Shadows quando perdeu um campeonato para treinadores caloiros (sim, a malta quer lá saber dos Hulks, dos Falcões, dos James, dos Fernandos, Ottamendis, Danilos, Alexs Sandros ou Joões Moutinhos que o caloiro treinava), o mesmo argumento tem de ser válido para Ronald Koeman.

Ainda assim, outra boa notícia é que outro grande favorito do Shadows continua livre e sem clube, e surpreende-me como é que ainda não se lembraram dele: Esse mesmo, Marco Silva, o tal que pegou no Hull e desceu de divisão, que foi para o Watford e foi despedido e que de seguida foi para o Everton para ser despedido também.

Bem, obviamente o que escrevi acima é uma brincadeira e uma provocação ao Shadows, mas serve também para mostrar que temos de ser bem mais elaborados no discurso quando pretendemos defender as razões pelas quais um treinador serve ou não serve ao nosso clube.

O argumento de não servir porque se perdeu para um treinador caloiro, não serve certamente! E o argumento de não servir porque se servisse já tinha treinador um clube grande na Europa também não pode servir!

Porque se isso fosse argumento, seria dizer que só os bons treinadores é que treinam os grandes clubes, quando a verdade é que há muito treinador fraquinho, que só porque tem Koeman ou Soljkjaer no apelido e foi um grande jogador de futebol, nunca teve de subir a corda a pulso e tem as portas sempre abertas nos grandes clubes...

Ou se isso fosse argumento, Lopetegui também não teria treinado o Real Madrid, ... Ou Marcelo Bielsa não teria pegado no Leeds da Segunda Divisão Inglesa e estaria sim a treinar um grande da Europa! Olha o Pirlo, não é bom começar logo na Juventus?

Como já aqui escrevi várias vezes, não há treinador no mundo que ganhe sempre, nem sequer metade das vezes! Não há treinador do mundo, nem os Mourinhos nem os Guardiolas da vida, que não tenham épocas fraquíssimas em anos em que investiram milhões que em Portugal nem em 10 épocas seguidas seriam gastos!

Não há treinador no mundo, mesmo aqueles lá no topo e os special ones, que nunca tenham dispensado um De Bruyne, um Salah ou um Robben...

Por isso companheiros, temos de ser mais inteligentes quando discutimos as razões pelas quais um treinador serve ou não serve, até porque, como também que já aqui disse várias vezes, dizer mal de um treinador é o mais fácil que há porque mal seria que em 60 jogos por época, não tivéssemos vários momentos maus para suportar a nossa narrativa!

Para o Shadows por exemplo, Jorge Jesus, o homem que venceu 3 campeonatos nunca serviu. Rui Vitória, o homem que venceu 2 também nunca serviu. Lage, o homem que venceu um também não serviu. Quem é que serve? É o Koeman e o Marco Silva que nunca venceram nada e que também perdem para treinadores caloiros! Percebem como algo está errado quando os argumentos pelos quais alguém serve ou não serve são tão redutores como estes?

Depois há o outro argumento que se usa quando se pretende desvalorizar permanentemente o que foi bem feito, quando se diz que só se ganhou porque se teve investimentos avultados. Pois aqui fica uma novidade, de facto, não foi em Portugal que se descobriu a pólvora, e é assim em todo o mundo. Ganha quase sempre quem mais investe MAS...

Não chega gastar! Porque se chegasse gastar, todo o dinheiro que foi gasto em Vinicius, RDT, Weigl, Pedrinho, Cervi, Zivkovic, Ferreyra, Castilho, Carrilho, Rafa ou Chiquinho teria servido para construir uma equipa bem melhor que esta que temos!

É que mesmo quando se gasta, convém haver inteligência para deixar gastar esse dinheiro (quando o há) alguém que já tenha provado no passado ter mais olho para contratar do que outros treinadores, mesmo sabendo que até os melhores treinadores vão errar contratações! 

E o Jesus por exemplo, em três meses apenas já acertou mais contratações do que o Benfica nos últimos 6 anos!

Resumindo e concluindo Redmoon, queres então dizer que para ti só o JJ serve? Evidentemente que não. Falei aqui no Bielsa no passado quando estava na segunda divisão inglesa. Falei aqui no Pochentino há vários anos, estava ele ainda no Southampton. E certamente haverá muitos outros cujo trabalho não acompanho.

Pessoalmente, gosto de treinadores que tentam jogar bom futebol; treinadores que sabem onde estão e para onde vão e que dão sempre a sensação de que estão a construir algo que só pode melhorar com o tempo.

E esses ganham sempre Redmoon? Não, não ganham, e é essa a beleza do futebol! E há de facto alturas em que até os bons treinadores têm de sair, porque no futebol também há desgaste, e há balneários ruins, e há ciclos que se fecham, e há alturas em que os jogadores desistem e já não acreditam nas ideias e já não correm como corriam e já não vão atrás dos estímulos dos treinadores...

Isto do treino tem muito de táctica mas tem muito mais de relações humanas e de responder ou não a estímulos emocionais, e será sempre muito mais fácil substituir um treinador do que um plantel inteiro...

Essa é a altura em que para mim se justifica mudar... Mas não é por isso que se passou a ser um mau treinador. 


 

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Como Damásio e Vieira destruiram o SLBenfica!

Avatar
 ●  49 comentários  ● 

O SLBenfica até Manuel Damásio era um clube virado para si mesmo. Podiam vir todos os esquemas corruptos do FCPorto, contados na primeira pessoa por muitos ex-jogadores e actores do futebol nacional... podia vir quem quisesse... Ninguém era mais forte que um SLBenfica que arrastava multidões, virado para dentro e com uma cultura de vitória. Como muitos jogadores contaram... jogar no SLBenfica era diferente, porque a ganhar 2-0 o que eles queriam era 3-0... e 4 e 5... Onde os jogadores tinham medo de enfrentar o "tribunal da luz" e precisavam para isso de estar sempre no seu melhor.


Veio Damásio e, basicamente, destruiu o SLBenfica de mão dada com o seu fiel escudeiro Jorge Nuno Pinto da Costa, com quem criou a Liga de Clubes... no FCPorto, e destruiram o futebol do SLBenfica.

Seguiu-se Luis Filipe Vieira e uma viragem geracional... o mundo pós-2005 é digital e os miudos que hoje debatem o SLBenfica nos grupos de whatsapp e redes sociais, antes juntavam-se na Luz e metiam respeito uns aos outros e, acima de tudo, "apertavam" e exigiam de jogadores, treinadores e dirigentes.

... mas os que têm hoje 35 ou menos anos... nem fazem ideia do que era o SLBenfica nessa altura. Eram miudos pequenos na decada de 90 e não têm memória do SLBenfica. Essa mudança geracional criou o "culto do lider", o "salvador da pátria" que destruiu o SLBenfica, talvez definitivamente.

O SLBenfica sobranceiro e de um lider que se tem como único e intocável acredita hoje que são superiores porque sim e não porque o demonstram... Entram em campo de fato de gala todos os jogos e ofendem-se quando um adversário menor exerce sobre eles supermacia imposta por maior dedicação.

A equipa do SLBenfica é hoje uma equipa que não luta... acredita que chega à vitória porque são o Benfica e isso leva-os às vitórias "porque sim".

E ISSO NÃO É NEM NUNCA SERÁ A MATRIZ DE UMA EQUIPA DE JORGE JESUS... Por isso Jesus gosta de jogadores que não eram nada antes de Jesus e saem como grandes jogadores... porque não trazem "defeitos e manias de grandeza"... não gosta também dos miudos porque acha (erradamente na minha opinião) que jogam "protegidos" por ser da casa, com um menor nivel de exigencia.

Acredito, para não dizer que tenho a certeza, que quando chegou, Jesus talvez não quisesse ficar com nenhum dos jogadores que estiveram no SLBenfica nos ultimos 4 ou 5 anos... porque sofrem todos do "sindroma" do Presidente... trabalham muito menos do que deveriam e têm-se em muito melhor conta do que realmente fazem por merecer.

Tenho para mim que Jesus terá dito a Vieira que... "não se aproveita nem um". Mas infelizmente não dá para trocar tudo... nos dias que correm custa muito dinheiro, por um lado, e Jesus é muito teimoso, por outro lado.

Dito isto, é penoso ver um SLBenfica com jogadores sem caracter, sem alma, sem chama, sem garra... e não é nem um nem dois. Não jogam como uma equipa, não se ajudam uns aos outros, não se preocupam em "tapar" as falhas dos companheiros com uma tremenda solidariedade.

Se no tempo de Rui Vitória há um tempo antes de Luisão e um tempo de depois de Luisão... agora vejo um SLBenfica pré Weigl e Adel Taraabt... e um Benfica depois de um treinador ter "forçado" a entrada destes dois jogadores.

Vieira permitiu que se criasse um nucleo duro que começou no Director Geral e se estendesse ao plantel desde a saída de Jorge Jesus: o que começou em Luisão e Samaris, alargou-se a Andre Almeida, Pizzi, Samaris, Rafa e Gabriel... e, como já aqui disse, qualquer decisão tecnico-tactica que ponha em causa estes jogadores... cria um balneário "contra" o treinador.

Estes jogadores, protegidos pelo Vieira... prejudicam gravemente o SLBenfica. Ou ainda ninguém se perguntou pela lesão grave do Gabriel que lhe ia por a carreira em risco e "por magia" ficou curado? Ou as lesões gravissimas do Samaris que precisavam de especialistas internacionais e... desaparecem? Ou as lesões iniciais do Luisão que levaram ao seu fim. Só "lesões"... porque era preciso protegê-los de treinadores com quem eles chocaram.

Acredito fortemente que, para Jesus, todos estes jogadores estão a mais do SLBenfica e por ele já teriam saido. Mas habilmente há, no SLBenfica, quem precise destes jogadores (como precisava do Tiago Pinto e o tentou impor ao Jesus até ao limite)...

Ou Jesus é capaz de criar uma fortaleza entre ele e o seu plantel... e Vieira... ou esta situação vai levar à saida do Jesus pela porta pequena. Jesus, e bem, vêm essa opção em Rui Costa e na sua ambição de ser presidente - segundo o próprio Jesus, é o único que percebe de futebol ali.

Se juntarmos a tudo isto um plantel que teve uma semana ou duas de férias e se vê obrigado a jogar com 3x mais intensidade e num calendário apertadíssimo como nunca... temos um cocktail explosivo... que explode ainda mais com jogadores em clara falha como Otamendi, que joga em claro subrendimento.

O SL Benfica não tem estratégia nem rumo

Avatar
 ●  32 comentários  ● 

 


Infelizmente, os motivos que me levaram a festejar a saída de Jorge Jesus no passado são os mesmos que agora me dão uma amargura imensa pelo fraco futebol e falta de amor à camisola que se vê neste plantel, bem como a incompetência e falta de dimensão de Jorge Jesus para ser treinador do Sport Lisboa e Benfica.

Se bem se lembram, na altura era dos poucos que não via em Jorge Jesus aquele treinador de classe mundial que a imprensa vendia e a maioria dos adeptos do SL Benfica comprava.

Esta temporada, à imagem de quase todas as outras em que treinou o SL Benfica, Jorge Jesus recebe um investimento como nenhum outro treinador usufruiu na história do clube. Pelo contrário, Rui Vitória e Bruno Lage só viram sair os melhores jogadores sem substituições à altura.

A visão de treinador de segunda categoria fez com que logo de arranque perdessemos 50 milhões, no mínimo, com a eliminação perante o PAOK, esse colosso do futebol mundial.

Depois veio a gestão miserável e o discurso à Felgueiras com serviços mínimos e tentativa de transformar a Liga Europa numa Champions.

Sofremos golos de todas as formas e feitios. Não temos uma equipa mas sim um amontoado de jogadores. Temos um treinador que rebenta fisicamente com os jogadores nos treinos mas depois queixa-se de ter muitos jogos. 

Mas a falta de competência ultrapassa o treinador de segunda categoria.

Olhamos para qualquer equipa minimamente profissional e com meios idênticos aos do SL Benfica e vemos que qualquer jogador que passe um ou dois anos no mínimo no clube evolui fisicamente e aumenta a sua massa muscular e capacidades.

No SL Benfica, com Benfica LABS e outras fantochadas, entram lingrinhas e saem lingrinhas. Não há evolução física, não há trabalho específico para aumentarem a capacidade física e muscular.

Voltando a Jorge Jesus, assistimos ao mesmo de sempre também nas conferências de imprensa. Parece que o clube é dele. Sem travão ou noção de que é apenas uma pequena parte de algo muito maior que qualquer um de nós.

Esta situação comprova em como não há uma hierarquia definida no SL Benfica. Ou há, mas só para os negócios. De resto, Jorge Jesus diz e faz o que lhe apetece sem ter que responder a qualquer director desportivo sequer.

Já agora, Rui Costa já parou de receber o vencimento da SAD ou estamos também aí a cometer outra ilegalidade, e grave?

É que Rui Costa continua a não ter ou sequer demonstrar qualquer papel no SL Benfica senão ser um enfeite que valida tudo o resto.

Vejo muita gente preocupada em falar dos outros, mas curiosamente ninguém fala das vezes que o FC Porto já foi levado ao colo esta temporada. Não vamos fingir que não sabemos a realidade. O FC Porto depois de mais de 100 milhões de prejuízo precisa novamente de ser campeão. Já lhe demos o bonus de ir directo à Champions e ficar com todos os direitos televisivos da referida competição.

Pelo silêncio do SL Benfica, em especial através dos canais próprios de comunicação do futebol português, parece que queremos mais uma vez salvar o FC Porto da bancarrota.

Como se tem visto, há uma pressão internacional enorme para uma reformulação mais rápida dos quadros das competições internacionais. Com o SL Benfica pela segunda divisão europeia e o FC Porto a ser levado ao colo para a Champions sem oposição por parte do SL Benfica, quem pensam que Fernando Gomes vai indicar como clube português a entrar directo em qualquer nova formula?

Para finalizar, os jogadores do SL Benfica bem como a sua equipa técnica têm que interiorizar que têm de esfolar-se todos em campo! Suar a camisola! Correr e bater-se como se tudo fosse uma final.

Lembram-se do que escrevi quando as competições retomaram após o confinamento de Março/Abril?

Que enquanto as competições não tivessem público veríamos as vedetas em sub-produção e os jogadores de qualidade intermédia a subirem de produção e a darem muita luta. (Claro que excluo o Pizzi deste grupo porque as suas exibições são medíocres com ou sem público).

Vimos isso na Champions em Lisboa e estamos a ver isso um pouco por todas as competições na Europa.

Portanto, há muito a fazer no SL Benfica e pouco tempo para o fazer.

Mas uma coisa é evidente: Jorge Jesus tem que ser despedido o quanto antes.

JJ sem plano B, e um Benfica com sérios problemas de identidade

Avatar
 ●  36 comentários  ● 

 

Um Benfica cansado? Sem dúvida nenhuma, como estão quase todas as grandes equipas da Europa que andam a competir nos campeonatos nacionais e na Europa, com jogos de 3 em 3 dias, para mais numa época que praticamente é a continuação da época anterior e onde os jogadores tiveram apenas uma semana de férias...

Estão as grandes equipas da Europa, os Benficas, os Portos, os Citys, os PSGs, os Reais Madrids, os Barcelonas, a pagar muitíssimo caro a ausência de público nas bancadas, um fator determinante porque é de facto o público que gera ânimo e entuasiasmo e faz os jogadores ir buscar forças onde não há, e que ao mesmo tempo gera pressão e apreensão nos adversários e nos árbitros? Absolutamente, e quem quiser negar tal evidência não sabe do que está a falar...

Mas... Não explica tudo!

A equipa do Benfica está cansada sim, mas também joga muito pouco...

A equipa do Benfica está cansada sim, mas individualmente este é um plantel caríssimo, e onde à exceção de Darwin e Waldschmidt e acho que também Cebolinha (terá muito espaço para crescer e será grande jogador), não se vislumbra realmente ninguém acima da média... Vê-se, isso sim, muitos abaixo da média e sem nível para jogar onde jogam!

Jorge Jesus não tem culpa de facto de 6 anos onde não contratámos um único jogador que tenhamos valorizado desportivamente e financeiramente, o que diz muito do que tem sido a gestão da Sociedade Vieira&Mendes Lda do Benfica dos últimos anos MAS...

O treinador também não pode estar isento de culpas... Quando o meu filho de 9 anos, que gosta muito de futebol mas não tem paciência para ver um jogo inteiro seguido, se senta ao meu lado no sofá 10 minutos a ver o Benfica e me diz que este Benfica não tem meio campo, eu fico estupefacto com a sua sabedoria...

Porque de facto há muitos momentos do jogo em que se vê claramente  a bola no jogador do meio campo, uma linha de 5/6 jogadores completamente avançada em toda a largura do campo, o sétimo que é o jogador com a bola, e depois 3 defesas que é o que temos para defender quando o portador da bola faz um mau passe, coisa que infelizmente acontece com demasiada frequência, e a equipa adversária galga 70 metros sem qualquer oposição rumo à nossa baliza...

Ontem por exemplo, marcámos o golo da vitória no último segundo do jogo, depois de um excelente cruzamento de Gabriel, completamente descaído no lado esquerdo do ataque... Aliás, Gabriel, o nosso número 6, que anda a jogar muito pouco diga-se, anda a pagar também o preço de lhe ser pedido que seja o 6, mas também o 8, já que é frequente ver o 6 nos bicos da grande área adversária a fazer cruzamentos...

Pergunto-me se esta é a função do 6, desproteger constantemente a zona defensiva de uma equipa que de facto já é horrível nas compensações defensivas e não tem jogadores para o fazer, para ir lá à frente fazer cruzamentos para o golo!

Para os adversários do Benfica hoje em dia, é facílimo jogar contra nós... Porque o Benfica é aquela equipa que anda com problemas sérios de identidade, que quer jogar com ADN de grande equipa que acha que é, mas de facto não o é e mete água por todos os lados... Essa crise de identidade é o nosso ponto mais fraco...

Porque ser treinador de qualquer equipa pequenita que jogue contra o Benfica é dizer simplesmente aos seus jogadores, “Vamos aguentar esta primeira avalanche do Benfica que eles vão vir com tudo, vamos segurar lá atrás, que eles vão acabar por se desmontar todos defensivamente e vamos ter inúmeras oportunidades para fazer golos...” E assim é...

Agora, vou aqui eu, um Zé Ninguém da tática, dizer que eu é que sei e que Jorge Jesus não percebe nada do que está a fazer?! Claro que não! Mas sei ver, e isso acho que vejo bem, que Jorge Jesus não tem neste momento jogadores para a tática que quer impor, porque para a tática que quer impor precisa de um meio campo que não perca a bola com tanta facilidade  e que consiga fazer 5 ou 6 passes seguidos... E não tem!

E como não tem, temos um problema gravíssimo! É que Jorge Jesus não tem um plano B. Jorge Jesus tem o seu plano A e não vai parar enquanto não contratar jogadores que façam o seu Plano A funcionar. Vai encontrá-los? Eu acho que sim, mas LFV vai ter de abrir os cordões à bolsa para ir permanentemente satisfazendo os caprichos de um treinador que não tem a iniciativa/capacidade de adaptar o seu sistema de joga às carências atuais que o seu plantel tem.

Este é o grande dilema que LFV terá já para enfrentar em Janeiro, depois de um ano em que investiu 80 milhões de euros para ter uma equipa que não joga muito mais do que o ano passado! Vai continuar a gastar o que não tem, porque é esse o compromisso que assumiu com o seu treinador?

Ou será Janeiro o princípio do fim da paz LFV/JJ, porque JJ não vai mudar o seu sistema de jogo, e se não mudar sem ter novos jogadores, o Benfica não vai ganhar porra nenhuma e a corda acabará por partir por algum lado, com JJ a defender-se dizendo claramente que não foi esta a merda que lhe foi prometida quando o foram buscar ao Brasil?


domingo, 6 de dezembro de 2020

SL Benfica - Paços de Ferreira

Avatar
 ●  90 comentários  ● 
ONZE DO SL BENFICA: 
Odysseas, Gilberto, Otamendi, Vertonghen, Grimaldo, Weigl, Taarabt, Rafa, Everton, Pizzi e Darwin.

Suplentes: 
Helton, Jardel, Nuno Tavares, Gabriel, Chiquinho, Pedrinho, Waldschmidt, Seferovic, Gonçalo Ramos.

Onze do Paços de Ferreira: 
Jordi, Fernando Fonseca, Marcelo, Maracás, Oleg, Stephen Eustáquio, Diaby, Hélder Ferreira, Bruno Costa, Luther Singh e Douglas Tanque.

Suplentes: 
Zé Oliveira, Marco Baixinho, Martín, Zé Uilton, Adriano Castanheira, Luiz Carlos, Lucas Silva, João Pedro e João Amaral.

ranking