O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 3 de setembro de 2016

O esclarecimento que se impõe!!!

 ●  88 comentários  ● 


Está na hora de perceber em que pé estamos!


Agora que as coisas acalmaram (em termos de mercado) até janeiro, os jogadores passaram a ter alguma estabilidade sobre onde vão estar a jogar nos próximos tempos, e Rui Vitória já pode começar a contar efectivamente quais os ovos que tem para a nossa omelete. A direcção do Benfica e Jorge Mendes fizeram o que tinham a fazer, desbloquearam o que era para desbloquear, e agora respiram fundo após concluídos estes dossiers.

Mas calma, não é razão para o LFV entrar de férias e poder descansar. Nada disso! Vamos aproveitar e exigir que, concluídos estes assuntos prementes, seja finalmente feita LUZ sobre o contrato da NOS, e saber se é para sentar novamente com a operadora á mesa, como já foi referido, ou se está tudo bem assim. 

Recordando: a NOS comprou os direitos de transmissão dos jogos do Benfica por €400 milhões a 10 anos, €40 milhões por ano, embora só os primeiros três estejam garantidos contratualmente; a renovação para os outros sete depende da decisão de qualquer das partes, segundo uma cláusula que terá sido introduzida para contornar imposições da concorrência.

Breve resumo dos contratos dos 3 grandes e alguns factos: 
8 milhões de euros 
valor que o Benfica recebeu da PPTV, de Joaquim Oliveira, na última época em que o clube teve os seus direitos de transmissão cedidos à Sport TV. 

22 milhões de euros por época 
foi o valor da última proposta feita pela PPTV ao Benfica, em 2012, para tentar renovar os direitos de emissão dos jogos do Benfica. Luís Filipe Vieira recusou 

20 milhões de euros 
foi a estimativa de resultado líquido da BTV para a última época, avançada ao Expresso, em julho, pelo administrador financeiro da Benfica SAD, Domingos Soares de Oliveira. 

40 milhões de euros
é o valor médio anual que o Benfica receberá pela cedência à NOS dos direitos de emissão dos jogos do clube na Luz e pelos direitos de transmissão e distribuição da BTV. Se o acordo for sucessivamente renovado até ao período máximo de 10 anos, o valor global atingirá os €400 milhões




As declarações chave de LFV aquando do contrato com a NOS:

Com o aumento de receitas, o Benfica poderá “acelerar a redução do passivo”, mesmo que, garante, “as necessidades financeiras de curto prazo estejam garantidas há muito”. E assim, se cumprirá a terceira etapa. “Há 12 anos, tivemos de ‘salvar’ o clube. Depois, foi necessário criar infraestruturas, o que obrigou a criar dívida. Apostou-se no projeto desportivo, e agora chegou o momento de amortizar a dívida. Seguramente que pelo menos parte substancial deste contrato será para reduzir passivo.” 

O dinheiro da NOS não será gasto em contratações. Sim, o plantel terá “ajustes” em janeiro; e, não, nada do que for feito na reabertura do mercado “tem a ver com este acordo”. Este não é um clube para velhos: “Vamos reforçar a nossa aposta no Caixa Futebol Campus”: na formação. Os presidentes que me sucederem vão herdar um Benfica credível, mais português e sem dívida, ou com dívida residual. Gostava de ter encontrado este Benfica quando assumi funções de presidente.” 

“O Benfica tenta sempre maximizar as suas receitas, em qualquer contrato, com qualquer parceiro. Na eventualidade de um parceiro nosso poder estabelecer acordos similares aos nossos, com alguns dos nossos concorrentes, é natural que a dimensão ímpar do Benfica tenha de estar salvaguardada”, disse Luís Filipe Vieira, em entrevista ao jornal A Bola,afirmando que “obviamente” existe uma cláusula de salvaguarda no contrato com a Nos, que renderá ao clube 400 milhões de euros por dez anos. 

“Por isso, em Janeiro estaremos de novo sentados à mesa com a Nos, algo que já está contemplado no nosso acordo”.


Segundo ouvi (nada mais que rumores) a Nos terá pago aquando da assinatura, 60 Milhoes, (os 40 do primeiro ano e mais 20 do segundo), entrando mais 40 no segundo e 20 no terceiro. Depois, ao ser renovado o contrato por ambas as partes, julgo que se repete esta fórmula.

Uma grande diferença sobre o nosso contrato, é que temos a vantagem de não termos o patrocínio das camisolas incluído no negócio, como os nossos concorrentes. E ainda temos um canal de subscrição, que apesar de ter perdido publico, ainda nos deve gerar uns 5 a 10M? por ano?

Agora pergunto:
Estes valores são para ficar?

E a tal renegociação com a NOS referida por LFV?

Já se amortizou parte do passivo? 

Nenhum do valor entretanto recebido serviu para as contratações?
Qual a origem do valor pago a Rafa e Jimenez (já para nao falar noutros). Renato Sanches e Gaitan dirão alguns. Mas o valor destes já teria outro destino, como algumas obrigações a cumprir. Ou não? 

Tem a palavra LFV, algo que não sendo feito de livre vontade, terá de lhe ser imposta! Porque julgo que o Sport Lisboa e Benfica ainda é dos sócios e simpatizantes! E estes merecem saber o que se passa no clube. Nem só da agitação do mercado e contratações vivemos nós!

Quanto ao resto já sabem, SINTAM A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!!!











O poder da propaganda!

Avatar
 ●  85 comentários  ● 
Há frases que marcam a história, porém quando não se tem dimensão para marcar a história, há frases que simplesmente definem personalidades, formas de estar ou atitudes:


Tal como perdeu o campeonato do Facebook, dos melhores marcadores sub30, da equipa que melhor joga, do clube que tem o melhor cover do Sinatra, etc... Da mesma forma que outros optaram entre o campeonato e a Liga Europa e perderam os dois, o Benfica perdeu o campeoanto da comunicação social para ganhar o 35º campeonato em campo.

Lamentavelmente hoje em dia vejo que até já os benfiquistas se deixam nortear por políticas externas ao clube que definem a relevância de "estar sempre a falar, escrever e a informar: porque a pressão e manipulação resultam". As palavras não são minhas...

... mas sei o que seria destas palavras se fossem proferidas por Luis Filipe Vieira. Não só lhe seriam atiradas à cara todos os dias pelos adversários, como igualmente pelos próprios benfiquistas que se sentiriam manipulados, lá está. Eu sentiria.

Estranho que os se auto-advogam como benfiquistas que não cedem a manipulações da imprensa... precisamente venham nortear sempre todas as suas opiniões através da imprensa.

Só isso pode justificar que eu continue a ler criticas à Administração da SAD do SLBenfica vindas de frases proferidas por dirigentes de clubes rivais, peças jornalísticas ou até suspeitas lançadas por comentadores.

Dois exemplos: Ao contrário da generalidade, eu estava super-tranquilo no fecho do mercado. A cerca de três dias do fecho que já tinha dado conta a alguns membros do blog que o Rafa vinha para o Benfica ou ficava em Braga e nem precisei falar com o jogador... bastava usar o cérebro e não ler jornais. Escrevi aqui porque Rafa era jogador para o Benfica... e ao contrário de outros, nunca precisámos de lhe dizer "anda para aqui se queres ser campeão", o que não deixa de ser estranha a certeza que caracterizada o FCPorto do Apito Dourado.

Ou quem andou a dizer/seduzir os jogadores sabe algo que nós não sabemos sobre os tais 50% do campeoanto que se ganham fora do campo, ou simplesmente optou por mentir a esses como os próprios jogadores e capitães disseram publicamente que lhes mentiram a eles.

O Benfica não é assim... Passemos ao outro exemplo. Encheram-se jornais com a saída do Gonçalo Guedes num saldo de 25M€. Absurdo! Caiu para alguns o carmo e a trindade em como se deixava assim sair o jogador e nem sequer pagavam mais de 12,5M em cada ano.

E a base para tudo isto era o quê? Ora... estava escrito nos jornais. Até que deixou de ser verdade quando o Valência desmentiu, pois porque infelizmente quando é o Benfica a desmentir... é o Benfica que é mentiroso no desmentido.

Esta atitude mental de "rumo ao abismo" é incompreensível. O pobre do Rafa nestas duas semanas era dado com certo no FCPorto e por vários benfiquistas e quando o Sporting (não) encaixou o dinheiro das vendas, a primeira coisa que rapidamente apareceu na depressão mental dos benfiquistas foi: Vai para o Sporting! Demorou tanto tempo que já fomos!

Resultado: Tanto FCPorto como Sporting ofereceram a clausula ao SCBraga e OneSoccer (20M€) + as comissões de 1,5M ao Araújo... o Benfica comprou por menos 3,6M€ que isso! Simples...

Mas não! O outro é que é o génio que deve a toda a gente, não ninguém para vender que tenha sido potenciado por alguém em quem no final desta temporada investiu mais de 12M€ e teve... uma Supertaça.

Agora a nova moda é ir atrás do que diz o novo papagaio da loja que agora quer que se fale do dinheiro que entrou nos outros clubes para que não se fale do dinheiro que (não) entrou no clube deles. Teve azar: BOMBA: Sporting "recebe" apenas 6,26M€ de João Mário e de Slimani

A nova "escandaleira" é que dois jogadores que têm a preparação atrasada, fruto da situação que viviam nos seus clubes, ficaram fora da Champions, uma competição de exigência máxima desde o primeiro minuto. Que escândalo! A imprensa diz que foi mau planeamento do Benfica... Portanto se a imprensa diz, é porque foi.

Curiosamente a imprensa não diz que o FCPorto está a implodir e a sucumbir à missão final de fuga do Pápa para o Brasil. Nem diz que "o rival" (como eles gostam de pensar que são), está numa estratégia de fuga pra frente totalmente insustentável a troco de um título nacional que, mesmo que apareça não fará milagres. Nunca, como bem disse o Redmoon, um clube duplicou todos os custos e reduziu tanto o potencial de receitas futuras como eles fizeram. É a tempestade perfeita.

A imprensa e as manipulações também se esqueceram do brutal aumento da média de idades "do rival" desde que chegou o senhor que no final deste ano custará mais de 12M€. A imprensa esqueceu-se da forma como foram encostados todos os jovens que sairam da formação - e vá lá, não continuem a chamar "jovens da formação" a atletas com 24, 27, 28 anos como William, Adrien ou Patrício que efetivamente foram jovens da formação... mas há muitos anos atrás. Qualquer dia queremos por o Ruben Amorim como jovem da formação que está sem colocação, não?

Mas termino com uma satisfação! No Benfica pelo menos não fazemos orgulhosamente circular pelo Facebook uma imagem do filme "O Lobo de Wallstreet" com a imagem do nosso Presidente chamando-lhe "Lobo de Alcochete".

Só para os mais desatentos ou que não tenham visto o filme, o Lobo de Wallstreet é a história de um mentiroso que descobriu que enganando e mentindo a investidores de bolsa, poderia ficar loucamente rico. Para isso usou pessoas, mentiu, enganou, incumpriu e cometeu ilegalidades. Ora, obviamente que depois da ilusão, acabou na miséria, com a empresa falida e ele preso.

Deixemos então passar este momento em que todos seguem o Lobo de Alcochete nesta caminhada de ilegalidades, mentiras, pressões e manipulações... só temos que continuar a trabalhar calados, porque o nosso campeonato ganha-se 100% dentro do campo de treinos e de jogo... não é 50% nas mesas de almoços.

Para fechar e só "porque a pressão e manipulação resultam" fica algo que já nem Rui Santos consegue esconder (ele bem tenta):


PS- E se houvesse um "esquema de informação em tempo real" que une os comentadores posicionados pelo Lobo de Alcochete em todos os programas desportivos da televisão. A seu tempo, meus caros, a seu tempo...

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Champions : Zivkovic e Danilo de fora.

Avatar
 ●  73 comentários  ● 

Os 24 eleitos para a Champions (Lista A):

Guarda-redes: Ederson, Paulo Lopes e Júlio César

Defesas: Lisandro López, Grimaldo, Luisão, Lindelöf, Eliseu, Jardel, André Almeida e Nélson Semedo

Médios: Fejsa, Samaris, André Horta, Pizzi e Celis

Avançados: Salvio, Jiménez, Jonas, Mitroglou, Carrillo, Gonçalo Guedes, Cervi e Rafa.

Finanças: Sporting "recebe" apenas 6,26M€ de João Mário e de Slimani

Avatar
 ●  101 comentários  ● 
O auto-proclamado "Líder do Mercado"!

Com as vendas de João Mário por 40M€ (+ 5M€ objectivos) e de Slimani por 30M€ (+5M€ objectivos):
- A Banca recebe 31M€ (Cláusula 5ª e 24ª do Acordo Quadro: Sporting, Novo Banco e BCP / 50% do Valor das Vendas acima de 8M€/Ano são para a Banca. 30% para amortizar empréstimos e 20% para fundo de reserva da Banca)
- O Fundo QFIL recebe 10M€ (25% do valor total da venda de João Mário) 
- O Fundo de Abou Khaled Gheram recebe 5,94M€ (20% da Mais-Valia da venda de Slimani)

... Sobrariam 23,06M€ (70M€-31M€-10M€-5,94M€) na tesouraria do Sporting, mas ...
 ... a Doyen tem de receber 15M€ + juros ... 
... e ainda tem de receber  1,8M€ do empréstimo do Nani

(ver Link "Acordo Quadro: Sporting, Novo Banco e BCP" - Football Leaks) 
(ver Link "Partilha de direitos condiciona venda de João Mário" - Record)
(ver Link "Doyen Diz-se credora do Sporting em 15 milhões de euros  + Juros" - Mais Futebol)
(ver Link "Sporting tem de pagar 1,8 milhões por salários de Nani" - Desporto Sapo)


Sendo assim dos 23M€ que "sobrariam" ao Sporting da venda de João Mário e de Slimani ... pagando as dívidas à Doyen ... apenas sobram 6,26M€!!


... E ainda falta saber se o Sporting terá de pagar custos de intermediação e de solidariedade nessas 2 vendas!


Quanto ao Dinheiro da Champions League que "estaria" reservado para a Doyen, descobriu-se no Acordo Quadro com o Novo Banco e BCP que 7M€ desse dinheiro também terá de ir para a Banca.


O Benfica lá terá de se contentar com uns míseros 86,5M€ a 131,5M€ em Vendas, dinheiro que não está obrigado a entregar à Banca, nem terá de entregar a fundos de investimento!

As lições que se tiram do último Defeso

Avatar
 ●  109 comentários  ● 
Neste texto vou falar um bocadinho do Sporting, pelo que recomendo que os mais sensíveis a estas coisas virem a página e não leiam.

Então é assim:

Há algum tempo que não vivia um fim de janela de transferências de forma tão intensa. Por causa de Rafa? Claro que sim. Mas não só. Penso que eu, e a maior parte dos amantes do futebol, estava interessado em ver o que fazia o Sporting em relação a inúmeros dossiers que tinha pendentes.

Eu, ao contrário de outros Benfiquistas cujas posições respeito evidentemente, nunca vi crescer dentro de mim nenhum especial estigma em relação a Bruno de Carvalho. Sou Benfiquista sim, quero sempre que o Benfica ganhe e o Sporting perca, mas como pessoa atenta ao fenómeno desportivo (e não só do meu clube), quando analiso o trabalho de Bruno de Carvalho, vejo os podres sim, mas vejo também muita coisa bem feita. Não contem comigo para discursos totalitários e redutores do género, “nós fazemos tudo bem e os outros tudo errado.”

Por exemplo, a reestruturação financeira... Injusto para os outros clubes? Totalmente de acordo. Mas que importa isso para os Sportinguistas? Foi um acordo que salvou o Sporting, um acordo que permitiu ao Sporting competir ao mais alto nível, mérito a quem conseguiu esse acordo...

O segundo exemplo, o acordo televisivo... O Benfica celebrou o seu acordo com a NOS e lançou os foguetes e fez a festa, e imediatamente usou esse acordo para fazer troça dos “pequenotes” que não tinham estaleca nem dimensão para conseguir um acordo sequer parecido. Bruno de Carvalho sentou-se à mesa poucos dias depois e conseguiu o seu acordo, talvez um bocadinho melhor ou um bocadinho pior que o nosso (depende das leituras), o que sei é que fez com que Vieira sentisse imediatamente que talvez o seu negócio não fosse assim tão bom, daí ter prometido aos Benfiquistas um novo “sentar à mesa” com a NOS, que até agora deu bola!

O terceiro exemplo, a contratação de Jorge Jesus... Enquanto os dirigentes do Benfica e Rui Gomes da Silva por exemplo, gozavam e riam a bom rir com a possibilidade sequer de Jorge Jesus ir para o Sporting, eis que Jorge Jesus foi mesmo para o Sporting, jogada de mestre de Bruno de Carvalho que com isso deu ao futebol do Sporting uma dimensão inquestionavelmente superior àquela que seria possível imaginar há dois anos atrás.

O quarto exemplo, o tal que faltava e que se viveu nos últimos dias, era saber a forma como o Sporting conseguia vender os seus jogadores...

E é justo reconhecer, o Sporting fez excelentes negócios neste defeso, ao ponto de fazer parecer hoje o negócio Renato Sanches um negócio curto (tal como Gaitan hoje parece curto)... Daí claro a reação de muitos Benfiquistas algo "picados" sempre a dar enfase ao, “alto lá, que não são 35 milhões, são 80, há para lá umas clausulas, tal como havia no contrato de Bernardo Silva.”

LFV não é bruxo e o futebol é o momento? Totalmente de acordo mas, também aqui, a razão pela qual Bruno de Carvalho conseguiu os negócios que conseguiu com João Mário e Slimani foi porque realmente, e ao contrário de LFV,  Bruno de Carvalho NÃO queria vender, tal como não queria vender Adrien, Rui Patrício ou William.

LFV não vendeu Renato por 70 milhões porque, ao ter um miúdo de 18 anos com um futuro incrível no futebol, ao fim de sete meses de futebol sénior já o QUER vender e só espera fazer um bom negócio... Arrisco-me a dizer que se Renato Sanches estivesse no Sporting, provavelmente teria saído pela cláusula de rescisão, isto porque duvido MUITO que Bruno de Carvalho fosse a correr vender um puto prodígio de 18 anos antes de um Europeu, que garantiria sempre um encaixe financeiro extraordinário hoje, amanhã ou daqui a três anos... Renato Sanches, ao contrário de Nélson Oliveira por exemplo, já tinha uma carreira sólida no Benfica e era um valor seguro!  

E sim, Slimani e João Mário foram excelentes negócios para o Sporting, tal como a recusa de 25 milhões pelo Adrien é um sinal de que para o presidente do Sporting a grande prioridade neste momento é o futebol dentro das quatro linhas, que não quer saber de vender os seus melhores jogadores a não ser por propostas verdadeiramente irrecusáveis! Ou pagam ou não os levam! E como se viu, tanto os queriam que pagaram mesmo! E NÃO QUERER vender (ou estar-se em condições de não vender), ao contrário de quando se QUER vender, é o primeiro passo para se fazer um excelente negócio.

Por isso, estes quatro exemplos são méritos indiscutíveis do Presidente do Sporting. Ponto. Independentemente das cores de cada um! E já não falo das contratações de Campbell e Markovic que são sintomáticas da ambição Sportinguista para a presente época!

Agora, onde é que tudo isto deixa o Benfica? É motivo de preocupação tudo isto a que se tem assistido? Para mim não! Vamos lá a ver, isto só preocupa a quem desenvolveu um ódio visceral contra alguém, cujo ódio só permite ver a árvore e não deixa ver a floresta.

O Benfica teve um “bom” defeso, reforçou-se (para as posições que entendeu necessárias) a tempo e horas... Vendeu quem quis (ou tinha de) vender... Contratou Rafa no fim, uma grande contratação na minha opinião... Depois de 60 (!!) milhões investidos num plantel que já era Tri-Campeão, mal do Benfica se andasse a queixar-se ou mergulhado em pessimismos.

Vai ter um Sporting forte pela frente? Claro que vai! Será bom para o campeonato e nós só temos de chegar em Maio na frente e fazer o Sporting mergulhar numa grande crise!

Crise porquê? Porque claramente, isto é o All In de Bruno de Carvalho e também de... Jorge Jesus! Nenhum clube português aguenta investimentos da dimensão do Sporting este ano sem ter de vender pouco tempo depois! O Sporting, para os mais distraídos, mais do que duplicou os custos com o futebol no espaço de dois anos!

Nenhum dos dois tem tempo a perder... Bruno de Carvalho tem de vencer as eleições este ano... E Jorge Jesus quer ser campeão e... sair... e ir ainda a tempo de tentar um grande clube lá fora ou então... ir treinar o FCP...

Arrisco-me a dizer que esta “força aparente” do Sporting é do género, “vender para dar metade ao banco, prefiro manter os jogadores, ganhar um título que preciso como de pão para a boca até mesmo para facilitar a reeleição, e começar a pagar aos bancos depois.”

E é essa pressa que, acredito, acabará por matar o Sporting, porque não acredito que, ao contrário do Benfica há seis anos atrás, o Sporting tenha uma política desportiva sustentável a longo prazo...  

O Benfica tinha já com Jorge Jesus, uma politica de contratações bem definida... Comprar jogadores novos e e promissores, valorizá-los  e vender mais caro, sustentado na experiencia acumulada de alguns jogadores mais velhos, já campeões e com muitos anos de casa.

O Sporting não tem isso. O Sporting era a equipa de miúdos, reforçada agora com graúdos com poucas perspetivas de avultados encaixes financeiros no futuro. Os jogadores vendáveis do Sporting são aqueles que já lá estavam antes de Jesus, dos quais, como tão bem sabe fazer, Jesus soube tirar máximo rendimento.

Mas não se vê no Sporting a aposta em Javis Garcias, em Witsels, em Rodrigos ou em Gaitans... Vê-se sim, apostas na urgência de ganhar já, a aposta na maturidade (não significando isso falta de talento), os custos com o futebol a disparar e, amanhã, é difícil vislumbrar onde andam essas jóias vendáveis por muito milhão que manterão a roda a girar, tal como acontece no Benfica ou FCPorto.

O Sporting até pode vencer um campeonato, Jesus irá à sua vidinha, e a pergunta será: “E o que se segue depois?

Nesse aspeto pois, acho que o Benfica tem uma política desportiva muito mais bem sustentada, com bem mais hipóteses de alcançar o sucesso já hoje mas também no futuro que aí vem.
















quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Seleção: André Gomes, Bernardo e Cancelo

Avatar
 ●  100 comentários  ● 
Só me ocorre insultar quem deixou que estes miúdos não fossem aproveitados no SLBenfica!

15M foi de borla!

Miopia de Propaganda

Avatar
 ●  50 comentários  ● 
Renato Sanches no Bayern por 35M (a pronto!) + 25M objetivos de utilização e títulos + 20M se for Bola de Ouro
> para a carneirada, o rapaz saiu por 35M

João Mário no Intet por 40M (duas prestações de 20) + 5M objetivos de utilização e títulos
> para a carneirada, o rapaz saiu por 45M

Slimani no Leicester por 30M (em três prestações de 10) + 5M objetivos de utilização e títulos
> para a carneirada, o cotovelos saiu por 35M

Ou seja, se quisermos olhar por "cash In" o Benfica faz este ano mais dinheiro com o Renato do que o Sporting com o João Mário e o Cotovelos

Se quisermos olhar por valor absoluto de transferência, o Benfica faz 80M com o Renato e o Sporting  80 com o João Mário e o Cotovelos

Se quisermos ser ignorantes e não admitir os 20M da Bola de Ouro, o Brnfica faz 60M com o Renato e o Sporting 80 com os dois melhores jogadores.

Por fim se quisermos olhar à transferência de base, o Benfica faz mais 5M com um puto de 18 anos do que o Sporting com o goleador e apenas menos 5M do que o Sporting faz com o jogador que andaram meses a dizer ser muito melhor que o Renato.

Siga a propaganda!

Mercado fechado.

Avatar
 ●  99 comentários  ● 

Agora sim. Pelo menos até Janeiro as coisas sossegam.

Do mercado de transferências chegou ao Benfica o nome mais falado a nível nacional, Rafa.

O negócio custará ao Benfica cerca de 19M€ no total, já com comissões e custos adicionais.

De realçar que o Benfica resolveu pagar metade da comissão(400 mil euros) ao empresário para desbloquear o negócio tendo António Araújo reduzido em 50% o valor da mesma.

Quanto ao negócio em si, já disse o que achava e mantenho. Demasiado caro para o que provou até agora, e com a agravante de o Benfica aceitar negociar(e pagar!) ao homem que teve um papel determinante nos roubos ao Benfica nos tempos do Apito Dourado. Vieira é isto.

Agora que Rafa chega ao clube, espero que tenha o maior sucesso e que consiga merecer vestir a camisola do Benfica e o valor que o clube pagou e pagará por ele. (Curioso o anúncio da chegada de Rafa no sítio do Benfica. Quem escreveu aquilo até dá palpites para onde Rafa deve jogar…).

No resto das movimentações, Carcela saiu o que é bom para o jogador pois não trazia nada de especial ao plantel.

Fico satisfeito por Samaris e Mitroglou ficarem apesar de ter sido passada a informação de que o Benfica estava vendedor.

Nos que não saíram, os casos mais complicados serão os de Luisão, Salvio e Taraabt, curiosamente dos que têm salários mais elevados no plantel.

Taraabt vai continuar de férias em Portugal. Só lamento é que quem tomou a decisão de contratar alguém que já se sabia ser mau profissional e mais preocupado com a vida noturna não pague do seu bolso o vencimento do marroquino. 2.3M€/ano.

Quanto a Salvio, veremos se RV vai continuar a desbalancear a equipa para meter Salvio em campo. Um jogador que em campo continua sem justificar sequer o dinheiro da sua contratação. Demasiado tempo lesionado e com os constrangimentos físicos que hoje afinal já todos reconhecem ser uma realidade, Salvio é mais um produto de boa imprensa pois não é um bom jogo ocasional que torna um jogador em alguém acima da média.

No que diz respeito a Luisão, quero acreditar que escolheu ficar para conseguir sair do clube (e da carreira) por cima. Fico satisfeito que possa ser assim e espero que Luisão assuma ser parte da solução e não um problema no balneário.

O plantel, na minha opinião, continua desequilibrado.Lamento que continuemos sem um defesa esquerdo de qualidade, pois mantenho que Eliseu e Grimaldo não o são, que não tenhamos contratado um 8 de qualidade já com tarimba, e que também não tenhamos ido buscar Garay, que afinal foi para o Valência por menos dinheiro do que se dizia e perfeitamente ao alcance do Benfica, até pelos vencimentos que pagamos a Taraabt e o que oferecemos a Rafa.

Na realidade, ao contrário da opinião do colega de blogue BbyGB, jogadores caros são aqueles que não justificam o dinheiro que se gastou com eles. Tenham mais ou menos idade, o que interessa é se vão ser úteis à estratégia do clube e ajudar a vencer títulos.

Como mostraram as últimas contratações do Benfica, afinal quando se quer há dinheiro para gastar. Só em Rafa e em Jimenez gastou-se para cima de 40 milhões de euros.

Como sempre defendemos no NGB, o Benfica tinha um caminho a seguir: fazer florescer jovens da formação integrando os melhores no plantel e assim permitindo que crescessem com jogadores já feitos com experiência e qualidade.

A política de contratações do Benfica continua a ser confusa, sem ser objectiva e clara, e gastadora face ao endividamento do clube e às reais necessidades do plantel. A provar isso está o facto da quantidade de jogadores que se compra só para serem logo empandeirados como Benitez ou até Celis que afinal não cedeu e não foi para o Braga.

Uma época como a passada não se repete duas vezes. Não saltam da cartola sempre “Renatos” ou “Lindelofs” para suprir o que não foi resolvido no devido tempo.

Espero que Rui Vitória consiga estabilizar as ideias e deixe de ser pressionado para colocar a jogar quem não merece ou não está em forma.

Duas notas finais para o Sporting e para o FC Porto:

- Ver Markovic com a camisola do Sporting é razão suficiente para dar um amargo de boca enorme. Não partilho a estupidez de quem o quer desvalorizar pois ele ainda é jovem e todos nós sabemos da sua valia.

O Sporting fez um “all-in” e em teoria tem o plantel mais apetrechado deste campeonato. Resta saber se o saco de gatos que será aquele balneário vai ou não ter consequências desportivas.

- O FC Porto tem o plantel mais fraco dos 3 candidatos ao título e isso revela as suas dificuldades actuais de tesouraria e de financiamento. Não dá para enganar mais todos os investidores e patrocinadores do impacto reduzido que a marca “FCP” tem no mercado.

O ressurgimento do Sporting como “player” do campeonato e em consequência a rivalidade histórica com o Benfica recolocou o FC Porto numa posição secundária em termos de visibilidade. Juntando isso ao elevado endividamento do clube face às receitas que consegue angariar, não estarei enganado que este será certamente mais um ano de míngua para o clube da fruta.

Benfica encaixou 86,5M€+45M€ e investiu 62,3M€

Avatar
 ●  45 comentários  ● 
Fechado o mercado, já é possível apurar os principais valores do encaixe financeiro que o Benfica obteve com as transferências de jogadores:

SAÍDAS - Vendas e Empréstimos
Renato Sanches 35M€ + 45M€ em Objectivos
Gaitan 25M€
Sidnei 6,5M€ 65%
André Gomes 5M€ (mais-valia)
Nelson Oliveira 5M€
Carcela 3M€ (75%)
Talisca 2M€ (empréstimo)
Tiago Bebé 1,5M€
Jonathan Rodriguez 1,4M€ (40%)
Jorge Rojas 1M€ (70%)
Cafú 1M€ (50%)
TOTAL: 86,5M€ + 45M€ em Objectivos (86,5M€ a 131,5M€)


INVESTIMENTO - Contratações e Compras de % de Passes
Rafa Silva 17,8M€
Raúl Jimenez 12M€ (50% do passe)
Mitroglou 7M€
Franco Cervi 5,6M€ 90%
Andrija Zivkovic 5M€ (prémio assinatura)
André Carrillo 5M€ (prémio assinatura)
Jardel 4M€ (50% do passe)
Júnior Benitez 3,3M€
Guillermo Cellis 2,2M€
André Horta 0,4M€
Kalaica ?
Danilo Barbosa (empréstimo)
TOTAL: 62,3M€


Estes valores foram baseados em algumas comunicações oficiais, e em notícias da comunicação social. 

No R&C do 1º Trimestre da Benfica SAD espera-se conhecer os detalhes mais exactos dos montantes envolvidos.


NOTA: O Benfica comunicou ontem à noite à CMVM que Rafa silva custou 16,4M€. 

Com pujança e sem cagança: Eis o Benfica!

Avatar
 ●  34 comentários  ● 

Silêncio ensurdecedor! Foi isto que pautou a posição do Benfica no mercado de verão...
Pelo caminho 90% dos negócios que quisemos fazer foram feitos, diria que nos escapou a venda/dispensa/rescisão do Taraabt e o empréstimo do Bilal. De resto, estou certo que tudo o que quisemos fazer... foi feito.

Calam-se, espero, definitivamente as vozes que diziam que o Benfica queria a saída do Luisão, Salvio e Samaris e dos que acreditavam que o SLBenfica compra jogadores que ganham 5M€/ano, mesmo aceitassem baixar para 3M€ ou parecido aos 29 anos, como o Garay. Como dizia o presidente do Zenit, ele pode ter os desejos que quiser.

Calam-se também os que acreditavam ser possível resgatar o Bernardo Silva, um jogador com uma cotação de mercado acima dos 25/30M€.

O SLBenfica não fez nem fará nunca apostas de curto prazo, no pensamento imediato do título deste ano, ignorando o futuro, a sustentabilidade e a rentabilidade do clube.

Dito isto, podem fazer as capas de jornais que quiserem sobre o campeão de mercado, o plantel mais forte, o treinador com mais taças do Rui Santos ou mais amigo do Jorge Mendes. O que interessa é quem vai lá estar no topo da tabela em Maio e na festa do Marquês nesse dia...

O plantel do SLBenfica oferece soluções, alternativas e qualidade. Valoriza a experiência de jogadores como Julio Cesar, Jardel, Eliseu, Samaris ou Jonas, potenciando a formação que não foi mandada para clubes em empréstimo depois de terem feito capas de jornais como sendo os novos Messi, por cá ficam Semedo, Ederson, Guedes e Lindelof... aos quais Rui Vitória vai ainda juntar brevemente Diogo Gonçalves, seguramente, João Carvalho tentativamente e, o meu grande desejo/"sonho" Florentino Luis. 

O futuro faz-se ainda de jogadores jovens, com potencial de evolução, crescimento e rentabilização como estes acima que vieram de outros clubes e campeonatos: Cervi, Grimaldo, Carrillo, Zivkovic, Horta, Danilo, Kalaica, e... Rafa.

Não fomos buscar jogadores que passaram época sentados no banco por falta de qualidade para jogarem em Inglaterra ou na Turquia, nem investimos milhões em jogadores que por muito bem que joguem não voltarão a devolver esse dinheiro ao clube, um princípio básico de sustentabilidade para os clubes em Portugal.

Não mantivemos jogadores contrariados. Enquanto noutros clubes querem sair... no Benfica querem entrar (como Rafa) e ou não querem sair (como Luisão, Salvio, Jonas, etc). Talvez isso queira dizer algo.

Pelo caminho, fizemos negócio com o jogador que treinadores rivais consideram o melhor da Liga, que o quiseram, que lhe ligaram, que tudo fizeram para o levar e não conseguiram, porque somos o clube para onde os jogadores querem vir. Porque o somos leais e honestos com todos, não quebramos acordos e respeitamos a vontade de todos porque no Benfica só joga quem queremos e porque só queremos quem cá quer estar.

Mantivemo-nos fieis aos nossos princípios e no final outros tiveram que mudar as suas pretensões falaciosas e desonestas para fazer vingar o princípio de um clube que demonstra ganhar dentro e fora de campo, sem pressões, sem esquemas, se favores, sem pagamentos por fora... Sendo apenas o Benfica.

Com pujança e sem cagança: Eis o Benfica que se propõe a lutar pelo 36 e por todas as competições nacionais, que quer fazer boa figura na Europa dos crescidos porque o lugar do Benfica é lá, com trabalho e determinação... sem escolhas ou desculpas.

Ele tinha avisado... "isto é tudo noooosso"

Avatar
 ●  43 comentários  ● 
ISTO É TUDO DELES!!!

Bem nos avisaram há 3 anos que isto ia ser tudo dele! O fim está próximo e viu-se bem isso o ano passado: já só ganhámos o Campeonato, a taça da Liga e a Supertaça nesta época.

O Benfica perdeu o título de quem mais receitas teve nas vendas este ano, perdeu a taça do Rui Santos, perdeu há dois anos por 25M um jogador que anda sem jogar desde lá, perdeu a visão de contratar jogadores de 27 e 31 anos por 13M, perdemos o Rafa... Ah espera, aí foi sorte!

Quo vadis Benfica?

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Já acreditam no fim do Apocalipse!?

Avatar
 ●  108 comentários  ● 

Era o Rafa que ia ser roubado por toda a gente... afinal não tarda estará o contrato na Liga!

Era o Luisão que ia fazer um escandalo... afinal quer terminar a época e fechar a carreira!

Era o Lindelof que ia sair... afinal o próprio já confirmou que não sai!

Eram os excedentários que não saiam... afinal Benitez, Celis, Carcela, Ola John, Talisca e pelos vistos até Taraabt saem.

Eram mais não sei quantas entradas que eram pedidas... afinal nem mais um para a instabilidade.

Era a defesa que ia ser desmantelada... acabam os dois centrais a renovar (Lisandro e Lindelof)

... E olhamos para o "rival" (como eles gostam de falar) e...

... vendem o melhor médio e o melhor avançado por 70M€ (dos quais recebem menos de 35M líquidos) e investem 10M num de 27 anos. Entram dois (bons) jogadores por empréstimo sem opção de compra que jogam na mesma posição. Entra um jogador de 31 anos por 3M... e ficam cá com o capitão pior que estragado por não ter saído, tal como William.

É o Apocalipse! Fujam!

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Faltam pouco mais que 24 horas.

Avatar
 ●  145 comentários  ● 

Rafa, Sim ou Não?
Não se entende porque o Benfica se sujeita a isto. Parece que mais de 10 anos depois do Apito Dourado afinal há gente que continua com muito poder. Inclusivé de manter um clube como o Benfica ajoelhado aos seus interesses.

Salvio, Sim ou Não?
Salvio tem jogado para se mostrar e para mostrarem que ele aguenta estar em campo. Daí o empurrão de Pizzi. Mas ganha demais para o que produz, não é aquilo que o pintam pois além da propensão para lesões, não é constante nas exibições, característica dos grandes jogadores.

Luisão, Sim ou Não?
O desabafo de Luisão no Instagram pode servir para várias especulações, no sentido da saída ou do final da janela de transferências. Mas o que um capitão responsável nunca faria era mandar cá para fora uma declaração dúbia nesta altura.

Luisão teve o seu tempo e perdeu a oportunidade de sair pela porta grande. Se for para ficar e ser um foco de instabilidade, como prova esta declaração, mais vale sair.

Samaris, Sim ou Não?
Espero que não saia. É útil em várias posições, um bom elemento no balneário, e não levanta ondas mesmo menos utilizado. Será um erro a sua saída.

Jardel e Lisandro, Sim ou Não?
Acho muito estranha a “lesão” de Jardel, assim como acho a de Luisão. Também nunca fui um fã de Jardel, no sentido em o achar um central de topo. Mas olhando para a temporada passada e para as exibições de Lisandro em Portugal, a ter que vender um deles seria o Lisandro.

Taraabt, Sim ou Não?
Um dos maiores flops dos últimos anos, e previsível se tivessem procurado informar-se sobre o seu historial e postura. Outro que a ficar, será um foco de instabilidade e um peso para a folha de vencimentos do Benfica. A despachar, ASAP!!

Ruben Amorim, Sim ou Não?
A não ser que tenha um impedimento físico grave, não entendo porque este jogador não está incluído no plantel que tanto carece de boas soluções para o miolo do terreno.

Carcela, Sim ou Não?
Nunca me pareceu um jogador com valor suficiente para ficar. Alguns rasgos que não chegam para justificar estar no plantel principal.

Lindelof, Sim ou Não?
Claramente para ficar. A sua constância durante toda a temporada passada dá a certeza que apenas precisa do parceiro certo na defesa.

Erderson, Sim ou Não?
O futuro da baliza do Benfica. Deixar sair mais um guarda-redes de topo será outro erro. E não há nenhum clube que pague a clausula a pronto, a única condição para o Benfica não poder dizer que não.

Espero que dos restantes nomes ninguém saia.

Entradas, Sim ou Não?
Quanto a entradas, há um ou dois nomes que percorrem “os bastidores” do futebol. Mas acho demasiado tarde para os conseguir garantir. É pena, pois parece-me um plantel demasiado curto para as ambições do Sport Lisboa e Benfica.

Um defesa central e uma opção com experiência para o miolo do terreno e para puxar pelo Horta e ser também opção seriam fundamentais.

Faltam pouco mais de 24 horas.

O Benfica dos Zidanes e dos Pavones

Avatar
 ●  49 comentários  ● 
Dizem alguns sabidos da bola que “o ataque das equipas ganha jogos mas que é a defesa que ganha campeonatos”... Que se juntam a outros sabidos que dizem que “as boas equipas começam a ser construídas a partir de trás”...

Para resumir tudo numa ideia, diria que é minha opinião de que dos cinco jogadores da defesa que venceram o Nacional no último Sábado, apenas um deles seria titular deste Benfica: Lindelof.

Trocava Júlio César por Ederson, Semedo por André Almeida, Lizandro por Jardel e, na esquerda, e longe de ser grande fã de Eliseu, trocava também Grimaldo pelo português. Grimaldo talvez jogue um “nadinha” mais do que Eliseu (e tem margem de progressão), mas esse “nadinha” mais que traz à equipa neste momento não compensa o que a equipa perde em personalidade, agressividade, maturidade e poder de choque.

O dinheiro total que o Benfica investiu nos passes dos 5 jogadores que foram os titulares no último Sábado foi... 5.5 milhões de euros: 4 para Lizandro e 1.5 milhões para Grimaldo, com Semedo, Lindelof e Júlio César a chegarem a custo zero.

Se fizermos as contas aos cinco que eu acho que deveriam ser os titulares, somam-se os 1.2 milhões de euros de Eliseu, os 200 mil euros de Jardel, os 500 mil euros de Ederson, o que, contando que André Almeida e Lindelof chegaram a custo zero, dá um custo total da nossa defesa de 1.9 milhões de euros!

Dá pois para perceber, em que zonas do campo estão os Zidanes e onde estão os Pavones!

Alguns dirão: “Porra, grande prospeção o Benfica tem, capaz de construir defesas campeãs nacionais com meia dúzia de tostões!”, e esta é uma leitura que terei de aceitar em parte!

Mas ainda assim, esta é para mim inquestionavelmente uma defesa sem a qualidade a que outros Benficas do passado nos habituram, onde, só no espaço de dois ou três anos se perdeu Garay, Maxi, Siqueira e, agora Luisão fruto da idade, e que tem resultado em muito pouco esforço da Direção em substituir qualidade por qualidade, não tendo havido um único defesa contratado neste período que chegasse e pegasse de estaca...

Mesmo os dois laterais que eu acho que deveriam ser os titulares do Benfica, Eliseu e André Almeida, estão bem longe de ser laterais com a categoria que se exige a um clube como o Benfica, aliás, facilmente comprovados por serem jogadores que, ou não entram nas contas da seleção nacional no caso de Almeida, ou só contam quando todas as outras opções estão indisponíveis, como é o caso de Eliseu...

Em suma, os jogadores da defesa de maior qualidade que o Benfica tem nesta altura são Lindelof e Ederson vindos da formação, que se juntam a Jardel, um jogador que na verdade aprecio e aqui tantas vezes elogiei (tantas guerras por aqui se travou porque bom, bom era o Miguel Vítor) mas Jardel esse que está longe de gerar consensos na Luz...

A verdade é que a história mostra que por cada bom lateral que o Benfica perde, têm de ser contratados 9 ou 10 para que se acerte em um...

Desde Peixoto, a Carole, a Djavan, a Capdevilla, a Eliseu, a Luís Martins, a Shaffer, a Fernandez, a Emerson, a Luisinho, a Bruno Cortez, a Benito, uff!, contem meus amigos, quantos laterais esquerdos passaram pelo balneário da Luz desde a saída de Leo há tantos anos atrás para, mesmo assim, não ter conseguido voltar a ter nenhum lateral com a sua categoria!

O melhor que veio desde... Leo foi... Siqueira... Mas lá está, depois o Benfica achou caro largar 7 milhões de euros e ficar com o brasileiro como podia ter acontecido... Preferiu gastar em mais 10 laterais que chegaram e saíram sem deixar rasto...

“Caros, caros são os que não rendem”, como tão bem dizem outros sabidos da bola, pelo que barato teria sido contratar Siqueira e ter-se renovado com Maxi Pereira... Teríamos uma defesa bem mais forte neste momento e tinha-se poupado em muitos barretes!

Contas feitas, chega-se à conclusão óbvia de que no Benfica de Vieira, à frente estão os milhões e atrás os tostões, à frente os Zidanes e atrás os Pavones, e que quem dirige o futebol encarnado acredita que para garantir os títulos basta investir em homens para fazer golos bem mais do que naqueles que os previnem.

É preferível ter cinco extremos esquerdos do que um lateral direito em condições! É preferível um suplente de 22 milhões de euros do que um número "8" de primeira linha! É uma política como outra qualquer que, diga-se, em abono da verdade, tem dado bons resultados num passado recente mas, política com a qual discordo em absoluto...

Preferia ver bem mais equilíbrio nas zonas do campo para onde são feitos os investimentos, porque julgo que isso faria um Benfica mais forte... Há zonas do campo onde a falta de qualidade é notória e, julgo ser consensual entre todos, não creio que o Benfica precisasse de comprar aos três e quatro extremos de uma só vez.

ranking