O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 18 de julho de 2015

Mercado de Transferências - Benfica - por Benfica Eagle (18/07/2015)

Avatar
 ●  62 comentários  ● 
Plantel "Actual" do Benfica

Por Benfica Eagle

Neste momento, e após algumas saídas em definitivo ou por empréstimo, o Plantel "Actual" do Benfica tem 32 jogadores, para um lote final "previsto" de +-26 jogadores.

Os 3 Guarda-Redes estão praticamente definidos (Júlio César, o "regresso" do Ederson e Paulo Lopes). Artur saiu em definitivo.

A Defesa apresenta o mesmo número de jogadores (9) da época passada, existindo neste momento 3 alterações (Marçal substitui Benito, e os "promovidos" Lindelof e Nélson Semedo irão substituir o emprestado César e o "fugitivo" Maxi Pereira). Para existir a contratação de 1 ou 2 laterais, teria de sair alguém. André Almeida anda a ser cobiçado, mas o Benfica pede 10M€ e a melhor proposta veio de Inglaterra, a rondar os 7M€. Eliseu tem contrato até 2016 e de momento não existe processo de renovação de contrato.

Ao nível dos Médios Centros, João Teixeira e Raphael Guzzo foram "promovidos" da equipa B. Se João Teixeira substituiu Ruben Amorim, já o caso de Raphael Guzzo é diferente e poderá ser emprestado, a não ser que Pizzi possa ter uma proposta que ronde os 12M€, e cubra o "custo" do Jogador. Existem interessados, mas ninguém até agora apresentou de forma "formal" e "oficial" esse montante, embora seja provável que possa acontecer até final de Agosto.

Ao nível dos Médios Ofensivos, esta é a posição onde neste momento existe maior excesso de jogadores. Apesar de algumas pessoas não terem entendido a não convocação de Mukhtar, considero que um bom empréstimo onde possa jogar a titular poderá, dentro de 1 ano, garantir-lhe a entrada directa para o lote dos 18 habituais convocados, atendendo à enorme mais-valia e potencial do jogador. A outra opção é o jogador aceitar ser titular na equipa B durante 2015/2016, tal como Bernardo Silva fez há 2 anos. Na época passada com 7 jogadores para 3 posições o jovem alemão apenas jogou poucos minutos na última jornada, e esteve em risco de nem ter sido sequer considerado Campeão Nacional. Neste momento com o enorme lote de jogadores (12 jogadores incluindo Mukhtar!) para as posições onde pode actuar, seria difícil ao jogador ter minutos de jogo na equipa A, no entanto de momento o jogador irá fazer o estágio com a equipa B em Inglaterra. O Empréstimo ou a continuação no Benfica dependerá de outros negócios.

Até ao momento, ao nível dos Médios Ofensivos só saiu Mukthar (equipa B ou empréstimo) e Sulejmani em definitivo, e entraram 6 jogadores (os "promovidos" Gonçalo Guedes e Nuno Santos, o "regressado" Djuricic, e os 3 contratados Carcela, Taarabt e Ould-Chikh). Considerando a lesão de Sálvio, neste momento existem 3 jogadores a mais, e existem 4 jogadores muito cobiçados no mercado: Gaitan, Talisca, Ola John e Djuricic andam a ser cobiçados mas só sairão pelas propostas adequadas. Os 4 jogadores estão a ser cobiçados por  clubes ingleses. A questão é que o Benfica só deixa sair Gaitan por +-30M€, Talisca por +-20M€, Ola John por +- 10M€ e Djuricic por +-10M€. Existem fortes hipóteses de vários destes negócios serem concretizados neste verão.

Existe um reforço na "calha", Zivkovic, que também actua como Médio Ofensivo. O acordo com Pini Zahavi e com a anterior direcção do Partizan já existe há mais de 1 ano, o interesse em Zivkovic continua, mas o sérvio pode chegar agora, em Janeiro, ou até mesmo em Junho do próximo ano, atendendo ao excesso de jogadores e à posição negocial da actual direcção do Partizan. O Jogador só tem mais 1 ano de contrato com o Partizan (30/06/2016), e o clube sérvio pode ter de pagar uma indemnização pela quebra do acordo se não deixar sair agora o jogador. Além disso o Partizan pode ver o jogador a assinar a "custo zero" por outro clube a partir de Janeiro. O Benfica tem como aliado nesta contratação Pini Zahavi, que no passado já colocou Ramires e Markovic no Estádio da Luz.

Na posição de Ponta-de-lança o Benfica tem Lima, Jonathan Rodriguez, e o "regressado" Nelson Oliveira, sendo que Jonas também pode actuar nessa posição. Derley já saiu por "empréstimo" e teve poucas oportunidades. Não considero que a continuidade de Nélson Oliveira seja positiva porque ele precisa de um clube onde possa ser titular indiscutível, jogar toda a época e fazer pelo menos 15 golos. Só assim volta a ganhar estatuto. Esta é a época do "tudo ou nada". Já no ano passado comentei que o empréstimo ao Swansea era um erro, atendendo à competição interna que tinha nesse clube, e veio a confirmar-se a minha previsão. Jogou pouco, e o jogador saiu pouco valorizado dessa experiência.

Se os 5 jogadores mais "cobiçados" (Gaitan, Talisca, Ola John, Djuricic, Pizzi) vierem a ser negociados, mesmo assim o "Actual" Plantel continua com 27 jogadores. Significa isto que para poderem entrar 4 potenciais "titulares" (DD, DE, MA, AC) é muito provável que o Marçal + outro lateral, Raphael Guzzo e Nelson Oliveira tivessem de ser cedidos a outros clubes, além dos tais jogadores "cobiçados".

O "mercado mundial" está na expectativa quanto ao resultado das eleições do Barcelona, que se realizam hoje, na medida em que existem vários pré-contratos assinados com os diversos candidatos e com vários jogadores e clubes, e está toda a gente à espera de ver o que acontece, incluindo a venda do "Di Maria" por parte do Manchester United.

Neste momento é assim que o "Mercado de Transferências" do Benfica se encontra, e é certo que até final de Agosto o mercado vai agitar. 

Quando for oportuno voltarei a este tema.


As Alianças Oportunistas pelo All In

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Sporting e FCPorto têm tudo a perder este ano. Um Tri do SLBenfica será, muito possivelmente, o fim das presidências de Bruno de Carvalho e Pinto da Costa, mas pior que isso (para o futebol português) será o definhar de dois clubes históricos do futebol português. O Tri abre portas e todos os demais títulos que o SLBenfica vai conquistar logo de seguida.

Desde Maio de 2008 que escrevo neste blog que um tricampeonato do SLBenfica vai "matar" o FCPorto e matar o Sistema, porque o esquema pressupõe que haja títulos que sustentem o mecanismo de transacção de jogadores, que por sua vez sustentam o as influências...

O FCPorto fez um "All In" em jogadores como Imbula, Maxi ou Casillas (e não vai fiçar por aqui) e para isso alguma coisa foi prometida à Doyen para que estes emprestem o dinheiro. A promessa terá sido a mesma que Bruno de Carvalho fez aos russos a angolanos, em ambos os casos com dinheiros de origens muito duvidosas... (NDR: não se admirem de ver a Samsung nas camisolas do FCPorto e a Gazprom na camisola do Sporting, pelas mãos da Doyen e dos russos)

Porém a ambição do Fernando Gomes para um lugar na UEFA vai abrir um espaço a uma nova liderança no futebol nacional e o FCPorto quer colocar já o sucessor na antecâmara através da Liga de Clubes, mas o Benfica não vai nisso e não restou ao FCPorto outra opção senão deixar cair a aproximação ao SLBenfica e apontar agora ao Sporting.

Este é o resumo dos últimos 30 anos: o FCPorto vai fazendo alianças tácticas alternadas com os grandes de Lisboa para fazer passar as suas intenções e objectivos. Os totós de Lisboa pensam que isso lhes vai permitir passar a perna aos do Norte na primeira oportunidade... Mas claro que acabam sempre humilhados.

Luis Filipe Vieira não pode apoiar Pedro Proença, porque este quer acabar com tudo o que não é favorável ao FCPorto e optou por deixar cair a Santa Aliança e propor a Luis Duque a continuidade, porém todos sabíamos que a chegada de Luis Duque sempre foi para abrir caminho a Pedro Proença.

Vieira acordou tarde...
Curiosamente os que aqui tantas vezes tentaram dizer que o SLBenfica estava a salvar o futebol nacional e não a fazer uma Santa Aliança que ia prejudicar o Benfica mais adiante... Curiosamente agora não têm tempo para comentar este assunto.

Luis Duque vai saltar fora... Porque não tem possibilidade de ser o sucessor de Fernando Gomes quando este sair para a UEFA. Ao mesmo tempo, a saída de Duque terá como objectivo juntar o Sporting a uma nova aliança, na vez do Benfica que percebe agora que foi enganado e que procura agora outras vias.

O objectivo é o mesmo que fora quando veio Duque: manter na Liga o controlo dos direitos televisivos a favor de Joaquim Oliveira e manter na FPF todos os peões que controlem a arbitragem e a disciplina. Proenca avançará para a Liga e depois avançará para a FPF (ou liderará o movimento de alguém que para lá irá trabalhar em sintonia com ele). 

Com isto, FCPorto e Oliveira recuperam o poder total do futebol portugues, primeiro à custa do Benfica (retirando de lá quem estava a mais na Liga) e depois à custa do Sporting (retirando da Liga e da FPF quem faltava fazer sair, como o Vitor Pereira).

Tal como Vieira pensou antes, Bruno de Carvalho acredita que com estas alterações e com Jesus e as suas exigências, vai poder enganar o FCPorto. Coitado... Basicamente vai ficar mais um ano a ver passar os navios e acabara a sair com o Sporting muito pior do que quando ele entrou.

Vieira vai ver como esteve perto de acabar com os rivais, mas acabou com eles a darem cabo das suas ambições. 

Pinto da Costa sai dentro de dois/três anos em grande estilo e com o FCPorto a poder fazer a transição tranquila, pois tem o domínio do futebol e assim muda tudo... A ganhar.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Começa a perceber-se o SLBenfica 15/16

Avatar
 ●  58 comentários  ● 

Eis as primeiras indicações e surpresas (para alguns): Amorim, Mukthar, Diego Lopes, Rui Fonte, Murillo, Derley, César e Pelé estão fora das escolhas por opção de Rui Vitória (Salvio também não integra a comitiva, mas por lesão).

Em sentido inverso, Jonathan Rodriguez, Djuricic, Marçal, Guzzo e Nelson Oliveira são jogadores que estiveram fora das contas e que agora voltam a ter uma oportunidade neste estágio. Também Nuno Santos, Semedo e João Teixeira integram o estágio e estavam fora das contas do anterior treinador.

Da minha parte... ZERO SURPRESAS!

Reparem que dos 30 jogadores ainda sairão possivelmente mais três a quatro jogadores que eu aponto desde já a Ola John e Guzzo. A saída de Gaitan, Talisca ou Pizzi só creio que no caso do Gaitan haja substituição directa, ficando neste caso Talisca e Pizzi substituidos por Djuricic e Taraabt. Carcela será alternativa a Salvio e forte opção para a esquerda, onde fica a faltar então um elemento alternativo.

Numa defesa composta por Luisão e Jardel, com as opções Lisandro e Lindelof são bons suplentes até tendo em conta que a dupla titular tem condições para fazer cerca de 85% dos jogos.

Nas alterais, Almeida, Semedo, Marçal, Eliseu e eventualmente mais um para a direita (mantendo o Almeida como forte polivalente) mantém igualmente uma defesa com qualidade.

No centro o Benfica está forte! Bastante forte com Fejsa, Samaris, Cristante e João Teixeira. A quem se junta para o ataque Taraabt, Djuricic, Talisca e Pizzi. 

Nas alas, Carcela e Salvio, com Nuno Santos e Guedes na sombra. Creio que aqui ainda entrará mais gente, mas veremos até sair Ola John e Gaitan, por motivos diferentes.

No ataque, a dupla sólida Jonas e Lima com a sombra de qualidade de Jonathan e Oliveira, novamente tendo em consideração que a dupla tem condições para muitos minutos de jogo.

Se olharmos bem... é deixá-los pensar que estamos fracos que dia 9 sentem já a dose!


A descoberta da pólvora

Avatar
 ●  26 comentários  ● 

Luis Filipe Vieira descobriu a pólvora.
Numa entrevista a um jornal, parece que o presidente do Benfica descobriu que Pedro Proença tem a ambição de se tornar dirigente desportivo, neste momento querendo se tornar presidente da Liga de Clubes.

Isso só será novidade para quem anda longe do futebol ou para quem andou a dormir. Como o presidente do Benfica não se encaixa em qualquer das hipóteses, não entendo de onde vem esta suposta grande revelação.

Há muito que no NGB divulgamos as ambições quer de Fernando Gomes, quer do próprio Pedro Proença.

Anunciamos em primeira mão o seu (então futuro) abandono da arbitragem, anunciamos as suas ambições de encontrar um lugar no dirigismo desportivo e as suas movimentações para o conseguir.
Pedro Proença, sempre escudado por José Gomes da APAF e pelo seu amigo do peito Duarte Gomes, realizou campanha ainda era árbitro.

Aproveitou as queixas que os alinhados com o FC Porto tinham de Vítor Pereira e tentou ser o porta voz de uma alternativa ao ex-árbitro.
Pedro Proença teve a cooperação “surda” de Fernando Gomes e sempre terá o apoio do ex-director financeiro do FC Porto no tempo do Apito Dourado.

Nisto tudo, o que fez o presidente do Benfica?
Aliou-se ao seu amigo de antigamente e de quem foi “homem de confiança”, Jorge Nuno Pinto da Costa, e foi parte fundamental do golpe que afastou da presidência da Liga de Clubes o antigo presidente Mário Figueiredo.

Como se não bastasse, foi preponderante no apoio a um fantoche de Joaquim Oliveira: Luis Duque.
Luis Filipe Vieira persiste em cometer os mesmos erros, vez após vez.
Quer ser uma espécie de Pinto da Costa e não uma alternativa a um poder podre que corrói o futebol português e que não está moribundo.

É ridículo que Luis Filipe Vieira venha agora demonstrar surpresa ou admiração com as movimentações de Pedro Proença e de FC Porto e Sporting.

Mais ridículo ainda é tornar a apoiar alguém tão fraco e inútil como Luis Duque. Um pau mandado de Joaquim Oliveira e de interesses alheios ao futebol.
Todos no futebol viram como Benfica e FC Porto têm andado de mãos dadas nos últimos tempos. Só quem está de fora é que pode achar que isto não existiu.

Pois agora com o golpe dado com o aliciamento (que também anunciamos aqui no princípio de Junho) a Maxi e com o tapete retirado a Luis Duque, o presidente do Benfica torna a ficar com a imagem de que “comido” por Pinto da Costa. E por culpa própria.
Certamente que no mundo dos chico-espertos e dos construtores civis qualquer coisa serve. Mas para o Sport Lisboa e Benfica não.

Legendas? Façam destas...

Avatar
 ●  37 comentários  ● 







quarta-feira, 15 de julho de 2015

Má gestão?

Avatar
 ●  50 comentários  ● 


As saídas de Jorge Jesus e de Maxi Pereira não foram mais que movimentos normais de profissionais do mundo do futebol.

Se as suas posturas foram ou não as mais coerentes ou positivas, claro que isso poderá ser alvo de várias opiniões. No entanto, nada disto surpreende quem olha para o futebol com paixão, mas com a consciência de que é um erro confundir com o clube a esmagadora maioria de jogadores/staff ou até mesmo dirigentes com o próprio clube.

Sempre alertei para isso durante os últimos anos em que procuraram catalogar Jorge Jesus como “benfiquista” ou qualquer outro jogador. Esqueçam isso. São raros os jogadores hoje que merecerão esse privilégio de poderem ser considerados “dos nossos”.

Hoje “amam” o clube, amanhã estão a fazer o mesmo com o clube rival.

No entanto, é nestes momentos que se nota a falta de preocupação de Luis Filipe Vieira com a paixão dos adeptos.

Sim, porque embora ache um erro que os adeptos entrem nesse caminho de “endeusamento” a jogadores ou staff, como aconteceu com Jorge Jesus e Maxi Pereira, não podemos ignorar que esses adeptos existem e que são uma parte muito significativa da massa adepta.

Partiria de Luis Filipe Vieira, como responsável máximo do futebol benfiquista, encontrar uma forma de tornar a motivar esses adeptos que estarão preocupados ou nervosos. Alguns deles seguem a equipa para todo o lado e a sua paixão pelo clube merece ser cuidada e preservada.

Luis Filipe Vieira sabia que Maxi Pereira não ficaria no clube. Já o sabia há muito tempo. Também ficou a saber desde o princípio de Junho que Jorge Jesus não renovava e iria para o Sporting.

O que fez Vieira para motivar os adeptos? Pouco ou nada.

Até agora falhou na contratação de 2 ou 3 nomes sonantes para fortalecerem o plantel. E pelas minhas contas falhou pela terceira vez em ir buscar certo jogador. Como se atrasou ou não foi hábil a negociar outros.

Resultado? Estamos a meio de Julho, com o trabalho do plantel a decorrer, e as lacunas do plantel continuam por solucionar. O defesa esquerdo, o central que irá colmatar a inevitável saída de Luisão, um líder para o meio-campo…Os adeptos continuam sem ver nada que os entusiasme para a nova temporada.

Pelo contrário, continuamos é a ver as saídas do costume. Gaítan anda a ser oferecido(que vergonha LFV!!) aos 7 ventos, os tais miúdos continuam a ser mercadoria que se vende por valores absurdos(quem quiser acreditar em 15M pelo Ivan Cavaleiro que acredite) e a tal saúde financeira que é apregoada não passa da mesma propaganda de que os cofres do país estão cheios.

Se os cofres estão cheios, onde andam os craques?

Redpass: o exemplo da falta de preocupação

Avatar
 ●  21 comentários  ● 


Falta paixão na direcção deste Benfica. Há muito “amor” a outras coisas mas pouca paixão pelos adeptos e pelo clube, o verdadeiro motor disto tudo.

A contínua despreocupação com as campanhas do Redpass são disso exemplo.

Há tanta gabarolice da “inovação” que o marketing do Benfica tem trazido ao futebol, mas depois são incapazes de olhar à volta e utilizarem boas ideias de outros ramos de negócio.       

A “Everything is new”, que organiza entre outros o NOS Alive, trouxe a inovação de vender passes para o festival a prestações.

O sucesso dessa e de outras medidas viradas para o cliente são claros. Não só o NOS Alive é o festival com mais visibilidade lá fora, como o sucesso de bilheteira é indesmentível. Alguém que vá ao festival vê que tudo foi pensado para que o cliente tenha uma experiência agradável, que possa recomendar a outros a ida e mais que isso…que volte!

O que faz o Benfica para isto suceder?

O esforço para encher o estádio o ano todo é nulo.
Uma iniciativa limitadíssima como a “bancada família” ou aquela promoção de última hora dos bilhetes de valor igual ao tempo de descontos.
Iniciativas que disfarçam a inabilidade sucessiva em ter os adeptos constantemente no estádio.

Ao contrário do que alguns julgam, não é do lado do adepto que tem que estar a motivação para ir ao estádio.É o clube que tem de a criar.

No caso do Benfica, o que oferece o clube a quem compra um Redpass?

- Música com um volume exagerado e claramente desadequado à socialização entre adeptos nas bancadas.

- Um “animador” sem chama e repetitivo até ao enjoo.

- Ausência de iniciativas que entretenham os adeptos nos tempos mortos, como nos estádios modernos, por exemplo, nos EUA.

- Sem falar na falta de qualidade da maioria das equipas da primeira Liga Portuguesa.

O que resta? Bilhetes avulsos caríssimos e completo desrespeito pelos milhares que compram no início da temporada os seus Redpass.

Quem acha que a paixão por um clube obriga um adepto a ter que aceitar uma manifesta falta de preocupação com o seu esforço financeiro está redondamente enganado.

Quem aceita pagar um bilhete avulso de 20 e tal euros para ver o Benfica com o “mija na escada” quando por esse dinheiro pode ver o jogo na TV tomando uma boa refeição?

É óbvio que o centro da atenção teria e tem que estar na venda de Redpass!
O Benfica, na sua cúpula, não tem paixão pela “bola”, pelo desporto. E não tendo isso, dificilmente vai compreender o resto. 

O adeus de um génio. Até sempre, Pablo Aimar!

Avatar
 ●  11 comentários  ● 





"Companheiros, antes de mais nada quero agradecer a todos pelo bem que me trataram durante estes meses em que estive com vocês. Estive muito bem aqui, num fantástico grupo de pessoas.

Tentei de tudo para estar fisicamente à vossa altura. Não consegui, ontem comunicaram-me que não farei parte da lista da Taça Libertadores e eu entendo isso, não quero ocupar um lugar que pode ser ocupado por outros futebolistas.

Por isso deixei de jogar profissionalmente.

Vou continuar a apoiar-vos do lado de fora, espero que consigam tudo o que merecem. Um dia destes passo aí para vos cumprimentar e agradecer pessoalmente a forma como fui tratado. Grande abraço para todos!"

Benfica convida Jesus

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
No seguimento do desejo do treinador em saber o que se passa na Luz e em conhecer os métodos de Rui Vitória, o NGB sabe que já foi enviado um convite para o treinador poder estar hoje as 17.00 na bancada do Caixa Futebol Campus para assistir ao treino aberto ao público.

Keep calm... #Rumo ao Tri

Avatar
 ●  50 comentários  ● 
Tenho ouvido por aí muito desânimo pela atuação do Benfica neste mercado de transferências. Eu não estou nada preocupado. Nem um bocadinho. Vai daí, apeteceu-me fazer um pequeno exercício para o demonstrar.

Começando pelos nossos mais diretos adversários, o sporting ainda está a fazer contas à contratação do JJ e a contratar trintões jogadores experientes. Os corruptos estão numa de recolha de fundos com a venda a 93 euros por camisola de um guarda-redes problemático e parece que se vão ver livres de um dos seus melhores jogadores, depois da saída (está confirmada, não???) do Jackson: o Quaresma. Por mim, tanto uns como os outros bem que podem continuar com as suas políticas atuais. Mais se enterram.

Mas falando de nós, que é o que realmente interessa, vejamos qual o motivo pelo qual não estou minimamente preocupado.

De acordo com o site transfermarkt.com, ontem o plantel do Glorioso era o seguinte:


Muita gente, de facto. Confesso que me causou alguma apreensão tanta contratação recente, a conta-gotas, quando se fala muito de... formação. E tanto que eu já ouvi dos meus amigos lagartos: "Então, hã? Mais um da formação, né?".
Mas se formos ver bem, a coisa até nem está muito má. Mas antes de vos dizer quais seriam as minhas escolhas, baseadas na situação atual, deixo aqui umas curiosidades sobre as minhas escolhas:


São 27, mas na prática 26, tendo em conta a situação de Salvio. 
Parece-me razoável e equilibrado, no mínimo. Seria um plantel com um misto de experiência (metade do plantel é internacional A) e juventude (33%). Com muitas soluções e muita qualidade. Isto tendo em conta que acredito mesmo na qualidade dos jogadores que escolhi. São eles:


Para 2016/17, estariam na calha os emprestados e os da equipa B:


Para vender, seja por não serem opção, seja para satisfazer necessidades financeiras, seriam estes:


A mim, parece-me que há mais urgência em arrumar a casa do que em gastar dinheiro... por enquanto. Isto porque a silly season ainda vai no adro.

terça-feira, 14 de julho de 2015

E tu Benfica? Olha que não te vão entender

Avatar
 ●  34 comentários  ● 


O Sporting apresentou Jesus (e não consegue melhor nem mais que isso)

O FCPorto apresentou Casillas, Maxi e o rapaz dos 20M€

... E tu Benfica?!



sim eu sei toda a narrativa da estabilidade e da estratégia ser a mais sólida e inteligente, sei também que essas estratégias adversarias escondem muitas ineficiencias ou incompetencias... Mas os adeptos vivem disto! É preciso dar-lhes algo, o tal lado emocional que vende camisolas, Redpass e afins, sabes? É isso...


eu por mim estou bem assim, mas antecipo que não tinha muita gente de acordo

E agora? Desmentes e Arriscas ou Assumes e Envergonhas-te?

Avatar
 ●  37 comentários  ● 

Jorge Jesus, com pompa e circunstância assumiu que com ele o Sporting é candidato ao título e que a estrutura interessa, mas não tanto como interessa ele e os seus jogadores.

Porém, depois de ter tentado levar algumas pessoas do SLBenfica para o Sporting, segundo a imprensa de hoje (não foi só uma publicação), Jesus não só continua a desafiar recursos do SLBenfica, como ainda quer "Intelligence" do SLBenfica e para isso tem tentado "usar" as pessoas do Benfica.

Lixou-se! Rapidamente os profissionais do SLBenfica deram conta disso e num ápice chegou à imprensa.

Agora, restam duas vias: Ou desmente e arrisca-se a que apareça quem tenham como demonstrar que ele o fez... ou se cala e com isso assume a vergonha do que está a fazer e assume perante os sportinguistas que o SportingCP que o clube não é grande, não é candidato e precisa do SLBenfica para melhorar.

Para já, fica a "vergonha" de trocar jogadores da formação do Sporting (Cedric) por jogadores experientes (João Pereira), o que não quer dizer que tenha mais qualidade, porém fica evidente o ADN de Jesus em deixar cair a formação em prol de outros.

Incrível..! Mas não surpreende

Avatar
 ●  29 comentários  ● 


"Vários jogadores do plantel do Benfica deram a conhecer aos responsáveis pelo futebol do clube terem sido contactados nos últimos dias por Jorge Jesus, treinador com quem trabalharam na época passada e que agora está ao serviço do Sporting, apurou o CM.


Os contactos foram feitos por telefone e, segundo foi revelado ao CM, aconteceram já depois do início dos trabalhos de preparação com vista à nova época.


Sempre de acordo com as informações prestadas, o técnico dos leões, além de ter ligado a vários jogadores com os quais trabalhou nas últimas épocas, falou também com fisioterapeutas, membros da equipa médica e outros elementos da estrutura ligada ao futebol.


A fonte contactada revelou que Jesus perguntou aos jogadores como estão a decorrer os primeiros dias de trabalho e pediu as primeiras impressões destes sobre o treinador Rui Vitória.


A outros elementos do staff terá solicitado, disseram ao CM, "o envio de algum material que é propriedade do Benfica, nomeadamente documentos de anteriores deslocações da equipa, planificações de estágios e planos alimentares".


Confrontado pelo CM com o teor das acusações vindas da Luz, o Sporting fez saber que não reage por entender que as mesmas carecem de fundamento por estarem escudadas no anonimato." - CM.


Um bandalho será sempre um bandalho.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Aí vão seis... mais dois.... mais dois!

Avatar
 ●  42 comentários  ● 


Nuno Santos, Nélson Semedo, Guzzo e João Teixeira renovaram esta segunda-feira o contrato que os ligam ao Benfica até 2021, juntando-se a Gonçalo Guedes e Victor Lindelof.

Aí vão seis... a juntar a Nelson Oliveira e Sílvio entre os jogadores formados na Luz e que integram o plantel do Bi-Campeão, num total de oito jogadores formados no SLBenfica aos quais ainda se juntam Diego Lopes e Ederson.

Obviamente que estamos a falar da "segunda linha" de jogadores do plantel do ataque ao título, mas finalmente alguém percebeu que não faz sentido gastar dinheiro em segundas linhas externas e que não rendem mais que estes jogadores.

domingo, 12 de julho de 2015

O "desinvestimento" no 11 titular do Benfica

Avatar
 ●  49 comentários  ● 

Análise por Benfica Eagle

GR - Júlio César (35 anos) (contrato até 2016) - Apesar de existirem negociações, e de o jogador ter uma proposta de renovação por parte do Benfica há várias semanas, ainda não renovou. O seu futuro continua incerto, e o alegado interesse do Benfica em Anthony Lopes durante as últimas semanas indiciou que a sua continuidade ainda não é uma certeza. Anthony Lopes renovou com o Lyon, mas Júlio César ainda não renovou com o Benfica.

DD - Maxi Pereira (31 anos) (contrato expirado em 2015) - Já emiti a minha opinião sobre este assunto: Há 1 ano ou renovava ou saia no verão passado. A "estrutura" deixou-se enredar na conversa do empresário, e o resultado está à vista: Maxi Pereira poderá ser apresentado como jogador do Porto nos próximos dias. As alternativas para o possível "substituto" levantam muitas dúvidas.

DC - Luisão (34 anos) (contrato até 2017) - O "Capitão" do Benfica ainda fará mais 2 épocas no Benfica, na medida em que está a chegar ao fim a sua carreira ao mais alto nível. Dificilmente renovará contrato.

DC - Jardel (29 anos) (contrato até 2018) - O central rendeu a nível interno na última época, faltando provar que também consegue apresentar bom rendimento a nível europeu. A próxima época é a época de tirar todas as dúvidas relativamente à sua performance na Champions League.

DE - Eliseu (31 anos) (contrato até 2016) - O lateral é melhor a atacar do que a defender, demonstrou alguma inconsistência na sua performance ao longo da época, rendeu a nível interno mas deixa dúvidas a nível europeu. Dificilmente renovará contrato, e pode mesmo acabar por sair este verão. A generalidade dos adeptos já há muito que pede um reforço de "peso" depois de mais de 10 apostas falhadas para esta posição nos últimos anos.

MDC - Samaris (26 anos) (contrato até 2019) - Um dos tais reforços de "10M€" que pegou de estaca, após boas performances no campeão grego e na selecção grega. A sua continuidade é praticamente certa na próxima época. Daqui a 1 ano logo se verá.

MC - Pizzi (25 anos) (contrato até 2019) - O médio-centro jogou a titular na 2ª metade da época, substituindo Enzo Pérez. O Benfica só tem 50% do passe e o Atlético de Madrid tem a restante percentagem do passe. A sua continuidade ainda é uma incerteza, na medida em que se surgir uma boa proposta será transacionado.

MAD - Salvio (24 anos) (contrato até 2017) - O extremo direito lesionou-se com gravidade impedindo a sua venda, quando já estava tudo negociado. Até final de 2015 continuará lesionado, e o Benfica deverá renovar contrato com o jogador, tal como fez com Gaitan, de forma a precaver a sua situação contratual. É mais uma posição que no início desta época precisará de uma nova aposta.

MAE - Gaitan (27 anos) (contrato até 2018) - O extremo esquerdo está à espera que o Manchester United venda Di Maria para o PSG. Se essa negociação for concretizada, abrem-se as portas de Gaitan no Manchester United, por um valor próximo da sua cláusula de rescisão. Mais uma posição que em princípio necessitará de uma nova aposta na próxima época.

AC - Jonas (31 anos) (contrato até 2016) - O avançado tem mercado, só tem 1 ano de contrato, e ontem já saiu na comunicação social a informação de que a renovação a acontecer só será finalizada após o mercado de transferências fechar. É o mesmo que a estrutura "afirmar" que se surgir uma boa proposta o jogador não renovará e será vendido. Mais uma posição em risco para a próxima época.

PLC - Lima (32 anos) (contrato até 2016) - O ponta-de-lança está no mercado, e se surgir uma boa proposta será vendido este verão. Neste momento nem sequer existe processo de renovação a decorrer.


Apesar de alguns "optimistas", neste momento o Benfica só tem 3 posições garantidas para a próxima época (Luisão, Jardel, Samaris).

Todos os outros jogadores estão com um pé fora do benfica, caso as "propostas" adequadas surjam durante o período de transferências, por interesse do Benfica nalguns casos, ou por interesse dos jogadores noutros casos.

Além da indefinição contratual com vários jogadores, existe a questão da idade a impedir a longevidade do 11 titular. 7 dos titulares da última época são "trintões" ou próximo disso. (Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Eliseu, Jonas, Lima). Além disso, Gaitan e Salvio têm muito mercado, e agora ou nos próximos meses serão transacionados para financiar o orçamento da SAD.

Atendendo a estes factos, é fácil de perceber que o Benfica, agora, e no decorrer dos próximos 12 meses terá de fazer uma profunda renovação no seu 11 titular, e não será para já com os miúdos formados no Seixal que isso acontecerá. Os jogadores que poderiam assumir a titularidade no curto-prazo já foram vendidos (Bernardo Silva, André Gomes, João Cancelo, Ivan Cavaleiro).

A "renovação" do 11 titular só acontecerá, mantendo um 11 titular competitivo, com potencial e com futuro, se a Benfica SAD decidir "abrir os cordões à bolsa".

Venha de lá esse "brutal aumento de investimento"

Avatar
 ●  21 comentários  ● 

Assim de repente o SLBenfica tem como titulares indiscutíveis Luisão, Fejsa, Gaitan, Salvio, Jonas e Lima. Seis jogadores em onze. Portanto mais de meia equipa são titulares indiscutíveis que eu acredito que as mentes que pedem mais investimento não estejam a pensar que as contratações de valor são para esses lugares.

Sobra o lugar de Maxi (que se ficasse qualquer um integraria no lote dos indiscutíveis), mas para o lugar de quem temos o André Almeida e o Sílvio que, na minha opinião, nenhum deles deixa qualquer margem a haver a Maxi Pereira, a não ser nos anos de clube.

Ainda na defesa, Jardel fez a sua melhor temporada ao serviço do SLBenfica e Eliseu, na minha opinião, foi uma embirração de Jesus (titular absoluto) que aí sim o SLBenfica deveria procurar uma alternativa, mas que mais uma vez a pode encontrar que é um jogador, pelo menos, da mesma capacidade de Eliseu (pelo menos).

Chegamos ao meio campo com Fejsa e Samaris, que deve então subir no terreno com a disponibilidade do servio e ainda temos Cristante, Pizzi, Talisca e João Teixeira. Nas alas, Salvio, Gaitan, Carcela, Taraabt, Nuno Santos e Guedes.

Na frente, a dupla de furor do ano passado (sim, Jackson jogava em Portugal) Jonas e Lima a quem se junta Nelson Oliveira, Mukthar e Jonathan.

Se é para fazer contratações tipo Bryan Ruiz... sinceramente, não obrigado! Se for para hipotecar o clube com alianças/empréstimos da Doyen... não obrigado! Se for para ir buscar jogadores que vão "apenas" dividir o tempo de jogo com os que já cá estão... não obrigado.

Ora, dito isto, perdoem-me se olho para os nossos rivais fico muito satisfeito pela nossa tranquilidade e consistência.

Obviamente que se houverem saídas, haverão entradas que compensem isso... sempre houve. Obviamente que há jogadores identificados e acordos à espera de movimentações do mercado entre os mais abastados da Europa... mas há que ter muito juizo nesta loucura gastadora.

Agora uma curiosidade:

- Jesus estava no SLBenfica e todos os dias estavam jogadores nos jornais, especialmente nos defesos, que iriam para o SLBenfica e até com informações sobre as negociações.

- Jesus saiu do SLBenfica e... o SLBenfica virou uma calmaria nos jornais e curiosamente o SportingCP está todos os dias nos jornais, com os detalhes dos negócios escarrapachados na imprensa.

Curiosidades...

É só rir!

Avatar
 ●  30 comentários  ● 

"O Porto? Por amor de Deus! Quando se soube que ele estava à procura de casa em Roma, liguei-lhe e disse-lhe: 'que estás a fazer, Iker? Não vais sair!'. Agora imaginem para o Porto... É uma equipa de Segunda B para uma pessoa da categoria do Iker.

Um campeão do Mundo não pode acabar no Porto. Podia acabar em qualquer lado, nem me importava que o fizesse no Barcelona, porque são uns senhores. Mandaram-no a uma 'vaporeta' em vez de a uma máquina a vapor", disse Mari Carmen, de 56 anos, que a determinado momento da entrevista admite não falar com o filho há dois anos.

Afirmações da mãe que merecem logo um travão por parte de José Luís, o pai, talvez temendo que as mesmas chegassem ao conhecimento dos adeptos portugueses.

"Bem, Carmen. Não digas isso da Segunda B, porque respeito o FC Porto. É certo que o Iker merecia um Manchester United ou um PSG, mas não se pode dizer isso. Se me tivesse pedido um conselho, ter-lhe-ia dito para terminar no Real Madrid. E se não o quisessem que o despedissem! Mas claro, o Real Madrid o consegue com esta fórmula é evitar pagar os 25 milhões de indemnização".

A conversa prossegue até à parte final - com várias acusações a Florentino Pérez -, fechando com uma parte na qual Mari Carmen revela uma mensagem que enviou ao filho minutos antes de assinar pelo FC Porto: "Filho, mereces uma equipa com mais categoria". - Record.

O prestígio que o FCP tem por essa Europa fora é mesmo enorme. Looooool!

ranking