O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 11 de maio de 2013

Esta é a marca de Jorge Jesus e Luis Filipe Vieira:

Avatar
 ●  125 comentários  ● 

Festejar antes do tempo, vomitar bazófia e regozijar-se com recordes que só interessam a quem não gosta de futebol.
Aproxima-se o jogo decisivo do campeonato com o principal adversário, perdem os pontos essenciais que não se podiam perder e na altura que mais é preciso, falham.

A primeira parte do Benfica foi o que era preciso. Controlar o jogo, marcar e manter o Porto sem grandes espaços.

Pedia-se na segunda parte mais atrevimento, mais balanceamento atacante, mais empenho para resolver o jogo.

Abdicamos disso e ficamos à mercê de um golpe de misericórdia que chegaria na pior altura.

Foi azar? Não. Foi falta de ambição. Foi ser medroso.

Toda a gente percebe que este Benfica é melhor que este Porto.

Por isso é inaceitável perder este campeonato.

É inaceitável estar a pagar a um treinador ao nível dos melhores do mundo para acabar sempre assim.

É inaceitável a maneira como o presidente do Benfica tem falhado em construir um departamento de futebol forte e vencedor.

É inaceitável jogar para o empate num jogo de título.

Parabéns aos benfiquistas que estiveram no estádio. Vocês não mereciam isto.

Sua, corre, grita, este título será teu!

Avatar
 ●  7 comentários  ● 




Sábado vão descer ao inferno... vão tentar tirar-vos tudo. Tudo o que nunca vos reconheceram!
O vosso mérito, o vosso esforço, o vosso suor!
Sábado vão descer ao inferno, vão intimidar-vos, tentar humilhar... roubar o que é vosso.
Nós, pelo menos todos, não vamos poder ir convosco aos confins do mundo. Mas os que forem levarão consigo o grito de milhões, porque nunca caminharás sozinho.
Mas desta vez também não pedimos que vençam só por nós.
Queremos que vençam por vós. Porque vocês merecem.
Por aquilo que vos tiraram, por aquilo que não vos deixaram ganhar.
Por aquilo que troçam, pelo mal que nos desejam.
Não o façam por nós, façam por vocês...
Podes até ter medo, mas é isso que te faz um corajoso,
Corre pelo teu colega, luta pelo teu companheiro,
Esforça-te por aquele que te sorri e te puxa para cima quando tombas no chão. Pelos teus filhos, pais, irmãos, mulheres... Pela tua família!
Esse é o que merece vencer, esse és tu e o homem a teu lado.
Corre mais um quilómetro, sua mais uma gota, mostra a tua cara feia uma vez mais.
Põe aqueles gajos em sentido, os que não te respeitam...os que no fundo te temem.
Faz isso por ti, faz a barreira invisível que nada trespassa
Aponta a lança que tudo perfura.
Sua, corre, grita, este título será teu. E no fim eles se curvarão.
E no fim, nós que vamos ter sempre vocês em pensamento,
Nós vamos poder dizer, vocês são os nossos campeões.
No fim, tu vais poder olhar para o homem a teu lado e dizer com um sorriso: Conseguimos!
Agora, luta, mostra a tua raça, crer e ambição.
Luta! O campeão és tu! Não deixes que te roubem o que é teu...
Defende-te, levanta-te quando fores ao chão, sacode a poeira, crava com força os pitons da tua bota na relva e corre em direção aquilo que só pode ser teu!
Porque tu tens de querer mais isto que eu!

Assinado: Um Adepto do Benfica (Nós Sabemos Quem Somos)

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Dirigentes e comunicadores cobardes.

Avatar
 ●  45 comentários  ● 



Onde andou João Gabriel esta semana? Não soube antecipar tudo o que se sabia, inclusivé isto?
Não soube vir exigir, agora sim, que a polícia e o árbitro estivessem à altura daquilo que se espera deles?
Agora que as coisas estão em risco já não quer poleiro e exibir-se?

Que raio de comentários são os de LFV? Agora era a altura de fazer comentários incisivos e directos e não debitar generalidades e ser mansos!

Porque não marcar um hotel publicamente mas ir para outro, de forma a despistar estas manobras do lixo portista e dar paz aos jogadores?
Porque é que não há no Benfica uma estrutura que antecipe estas manobras intimidatórias e estabeleça com antecedência planos para frustrar estas acções?

Onde andou a conferência de imprensa do João Gabriel a relembrar toda a violência que se passou no jogo de 2010 e a exigir medidas das autoridades para defender a equipa do Benfica, o seu autocarro, os seus adeptos, a revista das claques e adeptos do FC Porto à entrada do estádio e toda a violência praticada pelos andrades corruptos?

Não foi por acaso que pedi o apoio do pessoal benfiquista do Porto à equipa no hotel.  

Como sempre, os nossos jogadores estão à mercê de tudo o que lhes quiserem fazer!

Temos dirigentes que gostam de se colocar em bicos de pés quando há vitórias, quando há vendas de não sei quantos milhões, incompetentes que apenas servem para bufos, mas ninguém que seja capaz de ir para o terreno e actuar como guardião dos nossos jogadores.

Amanhã caros amigos, se ganharmos ou empatarmos, apenas os jogadores merecem louvores por isso. 
Dirigentes que não defendem os nossos quando eles mais precisam de paz mental valem zero.  

Pedro "Portuença" II

 ●  4 comentários  ● 
Portugal, 10 de Maio de 2013



A nomeação de Pedro “Portuença” para arbitrar o jogo que poderá ser do título para nós, da manutenção dos 2 pontos de avanço, ou da passagem do FCP para o 1º lugar, era uma nomeação prevista e que só pode surpreender quem continua a ver o futebol de forma autista.


Rui Santos e tantos outros analistas que fizeram a campanha contra a “Liga Capela”, deveriam – se fossem honestos – interrogar-se porque razão o presidente da Comissão de Arbitragem escolheu de um conjunto de árbitros disponíveis, aquele que apenas permite ganhar 44% dos jogos ao Benfica e mais de 95% de jogos ao FCP. É que, assim mais ou menos num exercício académico, poderia ter escolhido um que deixa ganhar 60% dos jogos ao Benfica e 70% ao FCP por exemplo (não sei os árbitros portugueses conseguem percentagens tão baixas ao FCP, mas é uma hipótese).


Alguém imagina o Bruno Paixão a arbitrar este jogo? Claro que não. Porquê? A maior parte dirá “porque é um mau árbitro”. Mas é mau porquê? Ah, porque dizem os jornais: “Eh pá, então você não vê futebol? O Paixão é um desastre...”


Mas que jornais dizem que Paixão é um desastre? Os mesmos que fizeram a campanha da Liga Capela por exemplo, como antes fizeram a campanha da Taça Lucílio, etc! Esses mesmos, os do “sistema”, com a SportiTV à cabeça a distribuir as imagens que interessa para a finalidade que querem!

Dou um exemplo. Paixão errou de forma grosseira no Estoril - Braga, perdoando 1 penalty com expulsão do guarda-redes do Estoril. Pois toda a gente percebeu que Paixão é assim, um mau árbitro. Apenas 8 dias depois, este “Portuença” tirou 1 penalty ao SCP, também por falta grosseira do guarda-redes, mas reflexos na comunicação social? Nenhum! Por ser o SCP? Não, como em se viu na Luz! Por ser o “Portuença”...


E assim o “Portuença” é o melhor árbitro português. Dizem eles. Os da SportiTV, da Liga Capela e da Taça Lucílio. E claro que os mesmos que colocaram nos jornais as fotos de adeptos do Benfica a rasgar uma bandeira do FCP no último jogo dos “bês”, serão os mesmos que não irão colocar a imagem de “Portuença” na Gala dos 100 anos da AF do Porto. Ou os beijos e abraços que trocou com os jogadores do FCP no FCP-SCP da última época, o jogo que deu o título ao FCP (olha só que coincidência). Estas fotos só passam nos blogues...


Claro que o José Augusto também concorda com a nomeação de “Portuença”. Mas de José Augusto e da sua teoria “devem jogar sempre os jogadores do onze base”, já muito falei e critiquei. Há pessoas que foram abençoadas com bons pés para jogar futebol, mas infelizmente não tiveram tanta sorte com a inteligência.


Resta falar do suposto Presidente do Benfica. Um actor de grande nível. Em 12 anos que leva de gestor e Presidente do Clube, recordo-me de ter falado apenas 3 vezes sobre arbitragens: quando patrocinou a campanha “deixem jogar o (meu?) Mantorras”, quando apareceu na conferência de imprensa do FCP após derrota com 2 penaltys tirados ao Benfica e um golo não validado, e na época passada quando quis fazer crer que estava sentido ao dizer “se Proença se sente condicionado, não apite mais jogos ao Benfica”.

Nestes mesmos 12 anos, foram bem mais as vezes que apareceu a repreender a equipa de futebol, exigindo-lhe que jogassem mais e melhor.


Ora isto não passa de um comportamento que apenas pretende enganar os sócios e adeptos do Benfica. Ele até dá a sensação que ficou chateado, mas onde devia mesmo mostrar que estava chateado era na FPF. Era fazendo o que fez o SCP e o FCP com o árbitro Bruno Paixão: contestação técnica!

Ainda hoje o Bruno Paixão não arbitra jogos do FCP e do SCP. Esta questão da contestação técnica é tão relevante que a única derrota do FCP para o campeonato nas últimas 3 épocas, foi arbitrada por Bruno Paixão em Barcelos!


O Benfica com muitas mais razões de queixa relativamente a Pedro “Portuença” nada faz no sitio certo, apenas encena para enganar quem ama e tudo dá ao clube. O cinismo e hipocrisia do actual do Benfica da “credibilidade” e do “sabemos para onde vamos”, é brutal. Um dia a história do Benfica será re-escrita e saber-se-á a verdade. Até lá, ficam as imagens de algumas arbitragens mais mediáticas (há outras, note-se) e que para o Sr.º Vieira não foram suficientes para lavrar um protesto técnico na defesa dos interesses do Benfica:


ACREDITA !!

Avatar
 ●  6 comentários  ● 




By: Cabelo do Aimar
OS MELHORES ADEPTOS DO MUNDO

Carta aberta aos benfiquistas do Norte.

Avatar
 ●  10 comentários  ● 


Caros benfiquistas do Norte, em especial aos da zona do Porto:

Amanhã sábado teremos um dia que nos tem moído o estômago de ansiedade a semana toda.
Tanto queremos que chegue como preferíamos que demorasse mais uma semana a vir...

O nosso Benfica vai jogar o destino do campeonato no campo dos andrades corruptos, que vocês tão bem conhecem.

Já chega de falar no Proença, nos truques sujos que os corruptos vão tentar usar, no ambiente adverso que os nossos jogadores vão encontrar.

É altura de vos pedirmos algo.

Será muito importante para a equipa sentir o vosso apoio quer no caminho para o Dragão, quer à chegada ao hotel.

Sei que é um risco, apesar de estarem em maioria clara mesmo na cidade do Porto, assumirem o vosso benfiquismo quando isolados.

Por isso organizem-se. Amanhã é um dia em que mais que nunca o nosso clube precisa de vós.

Sentir a vossa crença, apoio e e PRESENÇA será marcante para dar força e encorajamento.

E no fim do jogo, se assim se justificar, façam o que já fizeram em 2005(link) ou em 2010(link).

Vocês são fantásticos! Contamos todos convosco para apoiar em massa os nossos!!

Força BENFICA!!!!

A hora dos Homens

Avatar
 ●  16 comentários  ● 

Esta não é hora de pensar em táticas Mister Jesus;

Esta é hora de "acarditar"... E de fazer os jogadores "acarditar";

Esta é a hora de provar que o Mestre da Tática também sabe ser Mestre a gerir batalhas épicas no aspeto emocional;

Esta é a hora de lembrar a Cardoso que vai ser provocado durante 90 minutos e que será importante que mantenha o sangue frio e não entre em quezílias que podem deitar tudo a perder num simples segundo;

Esta é a hora de lembrar a Maxi que o público azul estará em cima dele desde o primeiro minuto, tentando pressionar Proença a expulsá-lo, e será importante que Maxi tenha a inteligência para gerir aquilo que na sua área de ação serão as quedas, o teatro e as gritos de morte dos fiteiros do costume;

Esta é a hora de dizer a Artur que como guarda-redes é do melhor que há, pedir-lhe que a nossa baliza seja um porto seguro, lembrando-lhe que tremedeiras como aquelas que aconteceram no jogo da primeira volta no Estádio da Luz não são admissíveis num guarda redes com a sua categoria e experiência;

Esta é a hora de dizer a Gaitan que é chegado o momento de provar ao mundo que é de facto um jogador de eleição, e que os grandes jogadores não podem passar ao lado dos grandes jogos, aqueles que marcam as suas carreiras e a dos clubes que representam;

Esta é a hora de dizer a Luisão que, como capitão, tem de comandar as tropas com sangue, suor e lágrimas, que a confiança e segurança tem de começar em si, e que um homem com 1.92m tem obrigação de marcar um golito decisivo num pontapé de canto num jogo desta importância;

Esta é a hora de dizer a Garay que este é o jogo que terá de marcar a sua carreira no Benfica, e provar aos olheiros europeus ter categoria para outros voos;

Esta é a hora de dizer a André Almeida que este é o jogo da sua emancipação. Que tremedeiras não podem fazer já parte do seu futebol adulto, e que uma boa exibição no jogo do título lhe dará um enorme estatuto no plantel do próximo ano e lhe abrirá desde já as portas da Seleção;

Esta é a hora de dizer a André Gomes que o seu talento é imenso e o futuro só pode ser risonho, e que se tiver de substituir Enzo Péres, tem a confiança de todos os Benfiquistas;

Esta é a hora de dizer a Sálvio que estes são os jogos que marcam uma vida, aqueles que fazem a diferença entre os jogadores que de vez em quando fazem uns bons jogos e aqueles que se tornam verdadeiramente imortais;

Esta é a hora de dizer a Lima que o "auge" para ele chegou tarde, mas que chegou à Luz ainda a tempo de deixar o seu nome gravado a letras de ouro na já riquíssima história do nosso glorioso clube;

Esta é a hora de dizer a Matic que está quase, que esta pode ser uma das épocas mais memoráveis de sempre, e nada teria sido conseguido sem ele;

Esta é a hora de dizer a Enzo que tem a fibra dos campeões, a fibra que os Benfiquistas apreciam, a fibra daqueles que mesmo nos dias que não correm tão bem, nunca abandonam o relvado sem ter deixado o coração em campo;

Esta é hora de dizer a Aimar que chegou a hora de mostrar que é importante. É hora de lhe dizer que esta é a oportunidade de terminar a carreira ao mais alto nível da forma que merece, jogando bem e contribuindo decisivamente para o levantar de dois “canecos” no espaço de cinco dias;

Esta é a hora de pedir aos jogadores ainda em Lisboa, que quem está com medo o assuma e fique em casa, porque a palavra "medo" não pode entrar no autocarro que iniciará viagem rumo ao jogo das suas vidas;

Esta é a hora de preparar os jogadores para o que aí vem, fazê-los saber que sim, que o ambiente será terrivel e os vidros do autocarro não vão regressar inteiros, mas que saibam que o objetivo é chegar a Lisboa só com as cadeiras e as rodas, seguros de que quanto mais destruido chegar o autocarro mais épica e memorável terá sido a vitória, e mais saboroso será o champagne;

Esta é a hora de lembrar aos jogadores que a imagem acima terá de estar sempre presente nas suas cabeças na hora em que as pernas tremerem. Não vão estar sozinhos, e o unico caminho é lutar, sair da arena vitoriosos ou morrer a tentar;

Esta é a hora de dizer aos jogadores que o ambiente do jogo não nos pode desviar do essencial: que é apenas um jogo de futebol e no campo serão 11 contra 11, e que nós, como melhor equipa que somos, temos todas as condições de sair de lá triunfantes;

Esta é a hora de lembrar a estes jogadores quem foi César Brito... E que quem traz glória ao nosso clube, espetando a bandarilha no coração do "inimigo" na sua própria casa, jamais será esquecido...

Sejam audazes, sejam bravos, sejam heróis, sejam Benfica...

E no regresso a casa terão à vossa espera a maior festa de que há memória... Talvez não até muito tarde porque, na quarta-feira, há outra festa para preparar e outro caneco para levantar.

Fazer crer ou querer ser?
Tentar ser ou Fingir?
Ser Desculpas ou Glória?
Sonho ou Realidade?

Esta é a hora dos Homens se assumirem...


quinta-feira, 9 de maio de 2013

Jorge Jesus e os jogadores têm algo a provar aos benfiquistas.

Avatar
 ●  5 comentários  ● 


É um lugar comum invocar o jogo de 1991 em momentos importantes como este.
Esta semana faz mais sentido que nunca. 

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, e os jogadores já demonstraram que têm qualidade futebolística como grupo para vencer em qualquer lado. É um dado adquirido.

A grande questão tem sido o comportamento em jogos de importância capital. 
Essencialmente a postura, a atitude mental têm sido as principais lacunas nesses momentos.

Começando em Jorge Jesus:
Sem qualquer dúvida que o futebol apresentado pelo Benfica no seu consulado tem sido do melhor que vimos no Benfica e em Portugal na última década. Sob a sua liderança, a equipa de futebol regressa às grandes finais europeias. 

Mas o que fica até agora? O que vão os nossos filhos e netos ver no palmarés do Benfica nestes 4 anos de Jorge Jesus? Até agora, verão as Taças da Liga e um campeonato. Em quatro anos. 
É isso que fica na história. Não as goleadas, as notas artísticas, as vendas por não sei quantos milhões.

Os clubes vivem de títulos. O Benfica vive de títulos, não de quase vitórias.

O percurso de JJ no Benfica nos jogos com o FC Porto é claramente negativo. Tirando o primeiro jogo na Luz e a Taça de Liga na sua primeira época, falhou sempre nos restantes momentos decisivos.
A arbitragem não explica tudo, caros benfiquistas.

Mas a responsabilidade não fica apenas nas mãos do treinador. Os jogadores também têm algo a provar. Têm que demonstrar que realmente têm categoria para vestir a camisola do Benfica.
Como? Por terem uma atitude competitiva, postura concentrada e preparada para um jogo duro, com situações desafiadoras e em que apenas uma equipa no máximo dos seus índices poderá vencer.

A preparação não advém apenas do treinador. Cada jogador tem que ter brio profissional e fazer o seu trabalho de casa. Quem é o jogador adversário que provavelmente jogará na minha zona? O que sei sobre ele, sobre o seu comportamento habitual?
No caso do guarda-redes, quem são os habituais marcadores de penaltys? Para onde costumam chutar? Alguém tem por hábito empurrar o guarda redes na marcação de cantos ou livres para a área?

Nenhum jogador com brio ficará à espera que o treinador lhe faça toda a papinha. 

Sábado é o dia mais esperado por todos os benfiquistas.
Têm ambições legítimas de poder festejar toda a noite de sábado o título nº33.

Os benfiquistas têm feito a sua parte. Gastam dos seus recursos para apoiar o clube por esse mundo fora.

É altura de treinador, jogadores e o próprio clube retribuirem com uma vitória épica.  

Marinho Neves desafia os benfiquistas

 ●  31 comentários  ● 

Há cerca de 24 horas, como se pode ver no meu mural já levantava um pouco do véu, porque sabia o que se estava a cozinhar. O Benfica está impedido de se pronunciar sobre a nomeação do árbitro que pode repetir o que aconteceu a época passada, mas os benfiquistas não estão impedidos de defender a justiça para o seu clube e é nestas horas que o exército tem de mostrar o que vale, mesmo instalado em campo inimigo. Se não fizerem nada é porque não valem mesmo nada


Entretanto, fica o "legado" de Proença com o SLBenfica: 10/02/2013 
- Nacional 2-2 Benfica - Liga ZON Sagres 12/13 02/03/2012 
- Benfica 2-3 FC Porto - Liga ZON Sagres 11/12 06/11/2011 
- SC Braga 1-1 Benfica - Liga ZON Sagres 11/12 23/04/2011 
- P. Ferreira 1-2 Benfica - Taça da Liga 2010/11 07/11/2010 
- FC Porto 5-0 Benfica - Liga ZON Sagres 10/11 21/08/2010 
- Nacional 2-1 Benfica - Liga ZON Sagres 10/11 03/08/2010 
- Benfica 0-1 Tottenham - Eusébio Cup 2010 27/03/2010 
- Benfica 1-0 SC Braga - Liga Sagres 09/10 28/11/2009 
- Sporting 0-0 Benfica - Liga Sagres 09/10 23/08/2009 
- V. Guimarães0-1 Benfica - Liga Sagres 09/10 08/02/2009 
- FC Porto 1-1 Benfica - Liga Sagres 08/09 23/11/2008 
- Académica 0-2 Benfica - Liga Sagres 08/09 04/05/2008 
- Est. Amadora0-0 Benfica - bwin LIGA 07/08 28/10/2007 
- Benfica 2-1 Marítimo - bwin LIGA 07/08 01/04/2007 
- Benfica 1-1 FC Porto - bwin LIGA 06/07 27/01/2007 
- Belenenses 1-2 Benfica - bwin LIGA 06/07 27/11/2005 
- Benfica 0-0 Belenenses- Liga betandwin.com 05/06 07/05/2005 
- Penafiel 1-0 Benfica - SuperLiga 04/05 27/10/2004 
- Benfica 3-1 Oriental - Taça de Portugal 2004/2005 21/03/2004 
- Beira-Mar 0-1 Benfica - SuperLiga 2003/2004 04/01/2004 
- Benfica 1-3 Sporting - SuperLiga 2003/2004

Seis vitórias, seis empates e seis derrotas. Sendo que não temos uma única vitória em jogos apitados por Proença contra FCPorto ou SportingCP.

As vitórias foram sempre contra clubes de pequena dimensão: Beira-Mar, Oriental, Belenenses, Marítimo, Guimarães e Paços Ferreira.

Dos 18 jogos apitados, 4 foram contra o FCPorto com, com um saldo de 2 empates e 2 derrotas.


ESTÁ TUDO FEITO PARA DIZERMOS ADEUS AO TÍTULO!

... Mas como diz o Marinho Neves, e os Benfiquistas vão assistir ou indignar-se a serio????

Proença na "final" do Campeonato? CONFIRMADO...

 ●  22 comentários  ● 
... Estará encontrado o motivo pelo qual a conferência de imprensa do FCPorto será apenas 24 horas antes do jogo, ao contrário das habituais 48 horas que são regra naqueles lados. Estavam a precisar deste "conforto" para demonstrar mais confiança na roubalheira, na victória.

Era de esperar, como aliás se pode ver antevisão de Rui Gomes da Silva a 28 de Janeiro deste ano, quando no programa Dia Seguinte:





Confirmada a notícia da TSF, trata-se do atingir do limite da falta de vergonha por parte de Vitor Pereira. Pedro Proença é reconhecidamente um árbitro infeliz contra o SLBenfica e, pior que isso, um árbitro que por diversas vezes tomou decisões em jogos do FCPorto que beneficiaram declaradamente esse clube, levando-o a ser motivo de gozo entre os adeptos benfiquistas sempre que se fala em benefícios ao FCPorto ou em prejudicar o SLBenfica.


Além de demonstrar uma tremenda falta de respeito pelo SLBenfica e pela verdade desportiva, com esta nomeação, Vitor Pereira consegue garantir que aconteça o que acontecer, esta "final" ficará manchada para sempre, pois o SLBenfica irá sempre ver nesta nomeação uma tentativa de condicionar o SLBenfica à partida... e se o FCPorto perder, dirão que o Proença apitou na qualidade de benfiquista ou para se limpar do passado.

Ainda não se jogou... e já está decidido que vai correr mal, que o futebol não será o mais importante.

A quem serve este gente que lidera o futebol e a arbitragem em Portugal?



Certo está Marinho Neves sobre as suas Formas de Viciar um Jogo. Será essa a cátedra que Pedro Proença vem dar ao Dragão?

Viciar um Jogo e a Físico-química

 ●  11 comentários  ● 
Recordar a matéria do 2º Ciclo:

Efeitos da inalação de monóxido de carbono:

Em pequenas quantidades pode causar enxaquecas, lentidão de raciocínio, irritação nos olhos e perda de habilidade motora. O facto de não possuir cheiro dá ao CO o apelido: assassino silencioso, afinal, já foram muitos casos de inalação e intoxicação imperceptíveis. Como o processo é lento, a vítima só se dá conta do ocorrido após altas doses inaladas.

Pois é! Se eu pertencesse ao staff do SLBenfica, sabendo acabei de saber, para salvaguardar eventualidades, utilizaria bastante oxigénio e ventilação artificial no balneário no dia do jogo para anular uma "manobra de diversão" que circulará nas condutas de ventilação e que tem os efeitos acima expostos.

Ao mesmo tempo utilizaria um brinquedo destes para registar as medições e depois utilizar como prova posterior perante a imprensa

Entretanto, aproveito para partilhar convosco um "manual" de como viciar um jogo de futebol, num documento publicado por Marinho Neves - que o recorda hoje no seu Facebook - dando conta que foi efectuado com a ajuda de arbitros, alguns ainda no activo! Corrupção no futebol? Não há.... 


Qual destes vai ser o árbitro do jogo do ano? Quem escolheriam?

Avatar
 ●  26 comentários  ● 





(Lista elaborada pelo companheiro de blogue e grande benfiquista: Vermelhusco.)

Jorge Mendes: só tens um remédio.

Avatar
 ●  8 comentários  ● 


Ou apresentas um pedido público de desculpas ao Benfica ou nunca mais entravas na Luz nem fazias qualquer negócio com o Benfica. (LINK)


quarta-feira, 8 de maio de 2013

BUFOS! ESPIÕES! JAVARDOS À SOLTA!

Avatar
 ●  19 comentários  ● 



APITO DOURADO
Jorge Mendes próximo do FC Porto!
Pinto da Costa e o empresário Jorge Mendes eram amigos.
O empresário desviava os jogadores pretendidos pelo Benfica,
e indicava-lhes a porta do dragão!



Nota:
A este respeito,  Marinho Neves sabe do que fala!

Virados do avesso

 ●  23 comentários  ● 


Portugal, 8 de Maio de 2013



O empate frente ao Estoril, naquela que era uma das duas etapas para “roladores” que faltavam ao Benfica para ser campeão (como lhe chamei em texto anterior), significou um retrocesso de consequências imprevisíveis nos planos do título. Se a vitória nos dava a certeza que, na pior das hipóteses, poderíamos ser campeões frente ao Moreirense na última jornada, o empate trouxe-nos a certeza que o nosso rival directo tem uma chance de nos roubar o título de campeão. Seria apenas mais um dos que nos roubou nos últimos anos, enquanto entre benfiquistas se discute o perfil do treinador, as suas opções de gestão, os aspectos técnico - tácticos etc.


As razões deste inesperado tropeção prendem-se com o seguinte conjunto de razões:


1.     Antes do jogo o Benfica tinha apenas 4 pontos de avanço sobre o FCP, fruto de muito trabalho e qualidade da nossa parte, mas também fruto de 2 penaltys falhados por Jackson em jogos que o FCP empatou (Olhanense e Marítimo). Quem acompanha mais de perto o nosso campeonato sabe também que o FCP foi poupado a vários desaires e muitos pontos perdidos, por decisões dos árbitros sempre com a mesma bitola: na dúvida, favorecer os interesses do FCP. O jogo com o Setúbal foi apenas o último em que não foi assinalado 1 penalty contra o FCP na parte final do jogo (com 1-0) mas foi assinalado 1 penalty inexistente a favor do FCP (falhado). O Sr.º Vieira apoiou inequivocamente o seu amigo Fernando Gomes, o que só surpreendeu quem acredita na “história da carochinha” da “credibilidade” deste Benfica SAD. Os factos aí estão: dois treinadores medíocres bateram recordes de pontos no FCP. Villas-boas campeão com 93%, melhor registo de toda a história do FCP, e Vítor Pereira, campeão com 83% o 5º melhor registo de toda a história do FCP! Mourinho só por uma vez conseguiu ser superior a Vítor Pereira, veja-se bem ao ponto que isto chegou, com o aplauso e inércia – esperadas - de Vieira.


2.     O 2º jogo da eliminatória frente ao Fenerbahce que foi um jogo muito intenso do ponto de vista físico e do ponto de vista mental. 4 dias de recuperação é pouco tempo para um jogo que podia significar o título, ou seja, o prémio pelo bom desempenho dos últimos 28 jogos. A cabeça dos jogadores não “aterrou” e continuou no “ar”, quiçá pensando já nas comemorações e esquecendo a responsabilidade do jogo.


3.      Consequência do ponto anterior, a má opção da gestão física do plantel com base no pressuposto (que já antes critiquei no texto Agri-Doce de 19 de Abril) de que têm de jogar os considerados do "onze base". Esta é uma opção que eu não revejo em Jesus, pois quem avançou com André Gomes para o jogo em Leverkusen, não podia agora ter de medo de lançar esse ou outro jogador contra o Estoril, como já antes não o tinha feito contra o Paços, na 2ª mão da meia final da Taça.


4.      Dito isto, para mim há qualquer coisa que mudou em Jesus e que eu atribuo às pressões da “estrutura”. Diria mais. Este é o problema “José Augusto” que é uma das pessoas credenciadas que mais criticou na Benfica TV, de forma velada ou explícita, a opção de Jesus pela rotação de plantel. Após o 1º jogo com o Bordéus afirmou que o Benfica tem jogadores para jogarem sempre os melhores (no que foi corroborado por alguns espectadores que ligaram para lá). Chegou a defender a sua ideia com “no meu tempo jogavam sempre os mesmos e o campeonato também tinha 30 jogos, havia a Taça dos Campeões e a Taça de Portugal”. Ora eu não acredito que este tipo de ideias não passe de uns para outros na estrutura do clube, e depois chegue ao treinador. Ideias que parecem ter alguma lógica, mas que são desmentidas pela realidade dos outros clubes europeus que chegam longe nas provas europeias. Ora, o treinador pode resistir até certo ponto a este tipo de sugestões, mas depois com o tempo, o sucesso e a pressão, quebra-se qualquer resistência que houvesse a este respeito.


5.      Deste modo e em face do bom plantel do Benfica, plantel com 2 boas opções para a generalidade das posições em campo devido ao muito trabalho de JJ, deveriam ter sido dadas hipóteses a outros jogadores, como já deviam ter sido dadas na meia final da Taça. 3 ou 4 alterações eram suficientes, ficando os habituais titulares dessas posições no banco para entrada a qualquer instante do jogo. Os candidatos a descansar, pelo número de minutos já jogados seriam Lima, Enzo Peres, Sálvio e Garay.


6.      Mas aqui deparamos com outro problema. No Benfica há a teoria que têm de jogar os jogadores do “onze base” (teoria José Augusto) e (teoria 15 mn à Benfica) temos de marcar golos rápido para gerir o jogo. Ora a lesão de Enzo Peres e o empate comprometedor põem completamente em xeque, estas teorias que várias vezes ridicularizei como “tretas”.


Com estas “brincadeiras”, com esta falta de cultura desportiva e falta de respeito pela organização técnica da estrutura do futebol benfiquista, com estas teorias da treta de gente que jogou à bola mas não sabe pensar o futebol, teorias que condicionam as opções do treinador, estamos agora na contingência de fazer um mau resultado no “curral da Galinha”. Se isso acontecer (cruzes, credo, canhoto), não terá apenas consequência no campeonato, terá seguramente consequências no jogo seguinte, na final da Liga Europa.


Andamos 23 anos para chegar a outra final europeia, e graças a uns líricos que estorvam mais do que ajudam, e graças a uma Direcção que não trabalha estes aspectos com o treinador e equipa técnica, estamos na antecâmara de ter deitado tudo a perder, com um conjunto de más opções técnicas, tácticas e físicas, que eram de previsão fácil. As conquistas fazem-se nos pormenores e isso é coisa que no Benfica da “credibilidade” e do “sabemos para onde vamos”, 12 anos e muitos milhões depois, não existe.


Espero que o Benfica não perca no campo do FCP, não só porque somos de longe a melhor equipa a jogar a bola, mas também para não ter de ouvir o Sr.º Vieira dizer que ainda estamos a pagar a factura dos tempos da Direcção do Dr.º Vale e Azevedo.

Exige-se controlo anti-doping no FC Porto-Benfica!!

Avatar
 ●  20 comentários  ● 


"Testemunho

Essa é, sem dúvida, uma das batotas do FCorrupto. Nos meus tempos de aluno de liceu (anos 80) tinha um amigo que ajudava um professor de Ed. Física na colecta de dados para as estatísticas do FCPorto. Essa colecta era feita no recinto de jogo. O meu amigo foi chamado várias vezes a urinar em vez de jogadores do FCorrupto.

(Esse tipo era o José Neto prof do liceu de de Paços de Ferreira na altura)."


"Testemunho

Dopados?

Olha, o Semedo saiu do porto um pouco a mal... foi logo caçado! (num controlo antidopagem) O Bandeirinha... uiui...

o Jaime Magalhães acabou a carreira misteriosamente aos 31 anos...

o André... acabou a carreira, começou a inchar como buda...

curiosamente todos ficaram carequinhas bem novos... uiui tal era a bomba.

o Fernando Couto saiu do porto... pimba.

agora cada um que sai do porto começa a ter lesoes em serie... uiui Lucho, Lisandro... ficaram dependentes da amarelinha pois claro 

quando se controla a agencia anti-dopagem claro que nada aparece..."

"O crime vai continuando a compensar para aqueles lados já que nem UEFA nem Lab. Anti-dopagem nacional nada querem com aquela gente que têm como cientista o já conhecido e famoso Dr. Póvoas e a sua amarelinha e que conseguiu colocar no seio do control de anti-dopagem da UEFA um tal de Domingos Gomes que durante anos a fio foi o responsável pelo laboratório de amarelinha das Antas."

"O Augusto Inácio, presente na final de Tóquio, que foi jogado com uma temperatura de -1 ou -2, sobre neve, deu uma entrevista à revista Pública há alguns anos. Diz o seguinte: "Fiz um belíssimo jogo, que me correu bem do princípio ao fim. O encontro foi disputado em condições dificílimas com frio e neve. Mas neste jogo saiu-me tudo na perfeição: fiz bons desarmes, bons cruzamentos, bons remates (...). Depois daquele jogo o meu corpo DEMOROU UM MÊS A REGRESSAR AO RITMO NORMAL (...) NO FINAL FIQUEI MEIA HORA DEBAIXO DO CHUVEIRO QUENTE E MESMO ASSIM O CORPO NÃO REAGIU. NO INTERVALO A TREMIDEIRA ERA TÃO GRANDE QUE NÃO CONSEGUIA MANTER O CHÁ DENTRO DO COPO. ENTORNAVA-SE TUDO". (Era um frenesim, digo eu...)"

" Há alguns anos, estando eu num stand da BMW em Cascais com um sportinguista ferrenho, meu conhecido, e estando connosco o Ivkovic, antigo guarda-redes do Sporting, a conversa resvalou para o futebol e para as conquistas do FCP. Qual não foi a nossa surpresa quando o Ivkovic nos confidenciou que o Fernando Gomes, o bi-bota, que jogou com ele no Sporting, lhe contou que na final de Tóquio, durante o intervalo lhes deram uma bebida que lhes causou uma aquecimento tão grande no corpo que quando voltaram ao relvado até parecia que a neve derretia! Comparem com as afirmações do Inácio acima. Acham que o Ivkovic estava mentir, ou que o F. Gomes inventou a história ou mesmo que o Inácio estava a inventar? Não, não estavam porque não necessitavam de o fazer. São demasiadas coincidências."

"Comparem estas afirmações com o livro do Fernando Mendes, que jogou no FCP, em que este revela que existiam (existem?) clínicas no norte onde se faziam investigações sobre estas substâncias (dopantes) e as respectivas dosagens a aplicar, de modo a não deixar traço nos controlos anti-doping. Estas experiências eram feitas em júniores (!!) que serviam como cobaias. Uma das consequências da tomada dessa drogas era, "provocava uma raiva enorme", "incutiam uma raiva enorme", e "ficavam cheios de ódio". Aonde é que nos já ouvimos isto?"

Excertos de um artigo extenso sobre doping publicado no blogue PULPUS CORRUPTUS.

O jogo do próximo sábado é um jogo de vida ou morte. Uma final. O jogo típico para os andrades corruptos colocarem em prática tudo o que lhes deu títulos: fruta, cafézinhos e a amarelinha.

De facto, a amarelinha, ou como um amigo meu nortenho e grande benfiquista (tu sabes quem és) lhe chama, a bomba, será uma das armas que concerteza utilizarão.

Daí, exige-se que seja pedido um controle anti-doping para este jogo e em que seja assegurado que ninguém saberá quem serão os jogadores analisados. 

É altura de terminar com o reinado da mentira no futebol português.

Exige-se verdade, fair-play e justiça.

Que o melhor ganhe. Sem batota.



ADENDA:
Autoridade Antidopagem (ADoP)

Drº Luis Horta
Telf: [+351] 21 795 40 00   Fax: [+351] 21 797 75 29
E-mail:
antidopagem@ipdj.pt

Respeito e homenagem.

Avatar
 ●  2 comentários  ● 



O nosso respeito por alguém que nunca precisou de imitar ninguém. Com a sua gestão, tornou o Manchester United num dos clubes mais ricos do mundo. 
Tornou o seu clube no clube dominador da Premiership. 

26 anos depois, retira-se.

Fica aqui a homenagem ao escocês que mudou a face do futebol.


Responda quem souber...e quem quizer.

 ●  22 comentários  ● 
Atenção  fregueses do NGB e indefectíveis Benfiquistas, tenho uma pergunta a fazer-vos respeitante ao lateral esquerdo de que tanto carecemos.


Qual dos TRÊS prefeririam  para vir no próximo ano:

 - Ansaldi

 - Insua

 - Coentrão

Qualquer um deles a custo zero,
UM em fim de contrato e os outros DOIS podem ser por empréstimo.

terça-feira, 7 de maio de 2013

O SLBenfica e o titulo a 8.000Kms de distância

 ●  7 comentários  ● 

"Estou a mais de 8 mil quilómetros da minha cidade natal. Mas nem por isso deixo de estar Contigo. 

Penso em Ti a toda a hora. Sou louco por Ti. 
Por Ti vivo cada minuto da minha vida. 

Eu sei que vais vencer. 
Foste fadado a isso. 

Tu, oh grande Sport Lisboa e Benfica, estás destinado a grandes e maravilhosos feitos. Como dizia Spartacus: ''os combates não se ganham pela força, mas pela vontade e inteligência''. 

E é isso que tens de fazer, Benfica. 
Tem coragem. 
Tem vontade. 
Tudo se concretizará se acreditares. E eu acredito. Oh, como acredito em Ti. 

Tem coragem. 

Nunca estarás sozinho. 
Tens em Ti todos os sonhos do mundo (Fernando Pessoa), não trazidos por uma qualquer obra do acaso, mas por uma barco que de sonhos é tecido. E tens também a força de milhões que Te apoiam, de loucos que choram e gritam por Ti. 

Se estivermos unidos, nada nos derrubará. Tu, Benfica, nunca estarás sozinho! 

Como eu gostaria de ver, tocar e sentir todas as coisas deste Mundo... por isso um grupo de seres humanos maravilhosos fundou esta gloriosa Instituição. Tu és tudo o que quero. O cume do ideal. E da vontade de ser feliz. 

Serei capaz de Te amar mil anos; e mais mil anos outra vez se for preciso. Segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, séculos, milénios. Serás sempre nosso. 

E se jogasses no céu neste momento, eu morreria só para Te ver jogar. E saberia que estava no paraíso, pois estavas lá. 

Contigo eu tenho múltiplos orgasmos e atinjo o clímax consecutivamente. Podem-se rir. Eu não me importo. 

E sabes, oh grandioso, como se dizia fã incondicional em latim? Era adepto. Tal como se diz hoje na nossa maravilhosa língua. E Pluribus Unum Ad Infinitum. Todos por um, até ao infinito. Todos por este ideal chamado Benfica. 

Não fui eu que escolhi o Benfica. Não somos nós que o elegemos. O Benfica é que nos escolhe a nós. E é assim que a águia vem parar ao nosso peito. 

E todos e cada um somos privilegiados por pertencer a este clube maravilhoso. 
Clube do povo. Dos trabalhadores. Daqueles que nada têm a não ser a força do seu trabalho. 

Por isso estás destinado a vencer. Para dares alegrias aqueles que já pouco possuem. 

Como tal, eu digo e afirmo: tenho orgulho em pertencer à maior Associação Desportiva do mundo. 
Eu tenho orgulho em ser SPORT LISBOA E BENFICA, meu perpétuo, indefectível e incondicional amor."

por Daniel Melo, filho do nosso grande companheiro e Enorme benfiquista António Melo.

Está mais que visto que valeu a pena...

 ●  14 comentários  ● 

... Aquela desnecessária conferencia de imprensa do João Gabriel, que apareceu com 3 semanas de antecedência a malhar nos adversários e nos árbitros que beneficiaram o FCPorto.

Portanto, aparecemos "armados em campeões antecipados" a disparar para todo o lado e logo fomos brindados com o Paulo Batista a cometer uns quantos erros, a expulsar o Martins logo a seguir ao 1-1 (quantos destes foram "perdoados" ao Benfica e a quase todas as equipas, especialmente sendo o segundo amarelo???).

Enquanto continuarmos a "matar" fora do campo, nas habituais "feiras de vaidades dos "Yes Mr President" da Luz, aquilo que de forma brilhante conseguimos dentro do campo... Será sempre a mesma história.

Não haverá na Luz quem cale os Vice presidentes, os Administradores da SAD, os directores de comunicação que entram e saem quanto querem e dão jeito, os funcionários da BenficaTV que integram campanhas de candidatos à Presidencia do SportingCP...!???

Infelizmente o SLBenfica não é apenas o Presidente e o Jesus, que tanto têm feito pelo SLBenfica, há também os que cá fora deitam em 10' a perder, o que se constrói em meses...

Será que os "Yes Mr. President" não percebem a importância, até financeira, dos títulos do SLBenfica? Ou acham que vão continuar a "tapar o Sol com a peneira" através dos empréstimos obrigacionistas e das emissões de divida???

Dura a missão de Jorge Jesus, neste contexto de "vencedores de Pirro"

Jorge Jesus, um homem de vinganças pessoais!

 ●  38 comentários  ● 

Não conhecíamos este lado de Jorge Jesus: VINGATIVO!

Sabendo que Jorge Jesus é, de passado, sportinguista, não era de esperar esta atitude tão destrutiva das ambições (e até do futuro existencial) do SportingCP. Mas ficou claro na conferência de imprensa antes do jogo com  o Estoril que Jorge Jesus queria vingar-se da "novela" criada pelo SportingCP sobre a arbitragem do jogo.

Essa vingança foi servida ontem, com  o empate com o Estoril, que deixa assim o SportingCP praticamente sem qualquer hipótese de disputar a Liga Europa na próxima temporada. Bem sabemos que Godinho Lopes tentou contratar Jorge Jesus e que este recusou, mas também não era caso para fazer um "pit stop" na corrida ao titulo apenas para aniquilar o clube dos betinhos.

Mas isto não fica por aqui, na cabeça de Jorge Jesus estão mais duas vitimas. Uma é Vitor Pereira e o FCPorto, que Jesus não esquece da festa feita na Luz e desde cedo esta temporada que está na cabeça de todos que não queríamos perder a oportunidade de lhes devolver a festa... mas no antro da corrupção. Por este facto, Jorge Jesus nunca quis deixar que a distância pontual colocasse em causa esse objectivo, inclusive suspeito que os contactos que dizem ter havido entre Pinto da Costa e Jesus, tenham sido mais até na perspectiva de Jesus ajudar o Vitor Pereira a ganhar os jogos para não cavar o fosso pontual.

Mas há mais!!! Ainda antes do Fenerbahçe, Jorge Jesus disse que no ano passado fomos injustamente eliminados pelo Chelsea na Champions - que viria depois a conquistar a prova. Prejudicados por uma arbitragem tendenciosa e depois sem a sorte do jogo, o Jorge Jesus quer provar na Liga Europa que somos melhores que o Campeão Europeu de clubes em título e agora finalista da Liga Europa e para isso nada melhor que contar com David Luiz (seu ex-jogador e fundamental nos jogos com o Basileia) para obter a dita final Chelsea x Benfica.

Posto isto, ficou claro que o Jesus tinha três jogos onde identificou três missões: 1) Deixar o Sporting fora da Liga Europa no próximo ano, 2) Vencer o titulo no Porto e 3) provar ao Chelsea que não são superiores ao SLBenfica. O nível de bonus deste "jogo" de Jorge Jesus será levar o futuro director desportivo do SportingCP a ser o último classificado com uma derrota na Luz na última jornada.


Está claro para todos que seremos campeões nacionais. Ainda ontem o Maxi Pereira o afirmou com toda a naturalidade: "Vamos ser campeões". Ele não disse que vamos lutar pelo título no Dragão, ele afirmou categoricamente que vamos lá ser campeões!!!

Aliás, os benfiquistas passam a vida a criticar as comparações e alusões ao FCPorto, mas depois na hora da verdade, criticam os jogadores que se "ajoelharam" no passado em jogos com o FCPorto... sendo eles os primeiros a ir para as redes sociais e blogs, bem como as conversas de cafés dizer... "ah e tal já fomos outra vez".

SEJAM BENFIQUISTAS, PAH!

Somos a melhor equipa do campeonato,
Somos uma das melhores equipas da Europa,
Somos CLARAMENTE superiores aos nossos dois adversários no campeonato
(na minha opinião o Estoril inclusivamente é superior ao FCPorto),
Estamos na frente do campeonato (há muito tempo) e com uma vantagem que dependemos só de nós

SOMOS O SPORT LISBOA E BENFICA!

Não sejam aquilo que criticaram no passado os que se amedrontaram!
Pelo contrário, arrisquem e comprem o bilhete para o estádio do Dragão. É lá que vai ser a nossa primeira festa!!!!!

Ah e antes de continuarem a criticar o Jesus e os jogadores por, dizem alguns de vós, terem falhado num momento decisivo, perguntem a vocês próprios o seguinte:

- O que teria sido aquele jogo se, como é habitual, o SLBenfica tivesse concretizados aquelas três ou quatro grandes oportunidades de golo logo nos primeiros 20' de jogo? Na prática, em cada 10 jogos que fazemos... talvez num "consigamos" ser tão perdulários como fomos nos inicios da primeira e segunda parte de ontem. E acham mesmo que alguém deve ser "crucificado"???


PS- Bela estratégia de Rui Faria e José Mourinho em Madrid para sairem do Real Madrid sem pagar a clausula de rescisão e, pelo contrário, levarem o Florentino a pagar-lhes: Desafiar os jogadores e os adeptos, criando um clima insustentável.

Mourinho, ao que todos já sabem tem tudo acertado com o Chelsea para começar já em Junho.
Rui Faria, segundo informaram o NGB será o sucessor de Vitor Pereira, naquela que será a sua primeira aventura como treinador principal... uma especie de "Special Three - a Saga dos pseudo-treinadores".

Curiosamente, todos parecem é continuar preocupados com Jorge Jesus e o SLBenfica, tentando ignorar que a duvida que afasta Jorge Jesus da renovação não é o clube onde vai ficar (o SLBenfica), mas sim que condições consegue obter de Luis Filipe Vieira, derivado de uma temporada com a conquista de vários títulos.

Nota: Sendo ele a primeiríssima opção, se Jorge Jesus não chegasse (atenção ao tempo verbal: Pretérito Imperfeito do Conjuntivo) a acordo com o SLBenfica, deixo desde já aqui a minha escolha mais que óbvia: Rui "mistica" Vitória

'São Benfica' e o Dragão.

Avatar
 ●  50 comentários  ● 

"St. George slaying the dragon."


"...As soon as the dragon saw him it rushed from its cave, roaring with a sound louder than thunder. Its head was immense and its tail fifty feet long. But St. George was not afraid. He struck the monster with his spear, hoping he would wound it.

The dragon's scales were so hard that the spear broke into a thousand pieces. and St. George fell from his horse. Fortunately he rolled under an enchanted orange tree against which poison could not prevail, so that the venomous dragon was unable to hurt him. Within a few minutes he had recovered his strength and was able to fight again.

He smote the beast with his sword, but the dragon poured poison on him and his armour split in two. Once more he refreshed himself from the orange tree and then, with his sword in his hand, he rushed at the dragon and pierced it under the wing where there were no scales, so that it fell dead at his feet."

Caros benfiquistas, 

Ontem o ânimo de muitos sofreu um golpe. Têm-se repetido as frases de desânimo e tristeza pela situação menos vantajosa em que nos deslocamos ao estádio do Dragay. Era mais confortável ir com 4 pontos de avanço.
É legítimo que se pense assim. Mas apenas por alguns momentos, como reacção a um resultado menos bom.

Hoje, esse momento já passou.
Como a lenda de S.Jorge, este é o momento de retemperar forças debaixo da protecção da nossa 'casa'. O Estádio da Luz e o Centro de Estágio do Seixal.

Essa recuperação é vital para voltarmos ao ataque. Atacar o próximo jogo, atacar a vitória no campeonato.

Gostava de ser campeão no Dragay? Gostava sim. Mas isso não é o mais importante. 
O que realmente vai ficar para a história é o nome do campeão nacional. E para isso poderão ainda faltar 2 jogos.

Todos somos poucos para apoiar a equipa neste momento.
Como em tudo, podemos estar mais ou menos de acordo com as opções quer do treinador quer dos jogadores. Também a mim me apetece discutir isto ou aquilo.
Mas é isso o que mais importa agora?

São eles, jogadores e treinadores, que vão estar dentro de campo. É neles que temos de depositar a nossa confiança. São eles que nos podem dar momentos mágicos já nos próximos dias.

Por isso, caros amigos benfiquistas, inspirem-se nesta lenda.
Podemos ter sofrido um golpe, mas a batalha ainda não acabou e temos tudo a nosso favor.

Força Benfica!

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Um percalço, não o fim.

Avatar
 ●  54 comentários  ● 



Não é altura de vir com discursos da treta de vitórias morais, de 'ainda estamos à frente', de 'só dependemos de nós' e outras chouriçadas típicas destes momentos.

O Benfica tinha de ter vencido este jogo. Ponto final. 
Quero lá saber se o Estoril está a jogar bem, a fazer um bom campeonato...este plantel do Benfica tem qualidade e um valor bem superior.

'Ah e tal temos de apoiar'...viram o estádio cheio? Em poucos dias o Benfica coloca 55 mil pessoas + 60 mil pessoas no estádio. 
Milhares acorreram ao estádio e gastaram um balúrdio para irem a Amsterdão apoiar o clube.
Os adeptos não estão a fazer a sua parte?

O que me preocupa? O historial de Jorge Jesus com o FC Porto nestes 4 anos, em especial no Dragão.
Falhou nos momentos chave. Sempre. 
A diferença pontual que coloca o Benfica à mercê de uma arbitragem manhosa no Dragão.

O Benfica hoje falhou. Hoje. Está bem a tempo de emendar a mão.
Hoje não foi o fim do mundo. Foi um percalço.

Qual a solução? Jogar no sábado para ganhar! Sem invenções ou chico-espertices.
Jogar para vencer o jogo, e como prémio, ser campeão e ir assim para  o desafio seguinte na Holanda.

Jorge Jesus e os jogadores têm a responsabilidade de dar o seu melhor no sábado.
É para vencer nestes momentos que são pagos a peso de ouro. Ao nível dos melhores da Europa.

Sem desculpas.

Têm qualidade para isso. 

Para desmoer uma noite para esquecer...vamos rir.

Avatar
 ●  6 comentários  ● 


33º

Avatar
 ●  55 comentários  ● 
Pois bem, vou escrever isto mesmo a quente:

- Poderia dizer que temos a "agradecer" ao Artur pelo que acabou de acontecer;
- Poderia dizer que temos a "agradecer" ao Lima pelo que acabou de acontecer;
- Poderia dizer que temos a "agradecer" essencialmente ao Carlos Martins pelo que acabou de acontecer;

Mas não o vou fazer. Isso seria fácil. Não espelha o que este campeonato está a ser para o Benfica, nem aquilo que penso dos nossos jogadores.

Não foi o golo do Estoril que me irritou. Não foram as oportunidades perdidas que me chatearam também. O que realmente me irrita é que passamos de uma situação em que temos o campeonato na mão e passamos a dar uma hipótese aos corruptos de dependerem deles próprios. O que realmente me irrita é que podíamos ir ao Porto gerir a equipa e salvaguardar jogadores-chave para a final de Amsterdão. O que me irrita é perder o controlo da situação neste final de época. O QUE REALMENTE ME IRRITA É VER A DESILUSÃO DE QUEM FOI AO ESTÁDIO PUXAR INCANSAVELMENTE PELA EQUIPA E LEVAR COM ESTE RESULTADO.

Não tenho dúvidas que temos equipa para pontuar no Estádio do Ladrão. Aproveito para reiterar aqui e agora a minha confiança na equipa, tal como o declarei há uns dias atrás. No entanto, sem ser ingénuo, acho que passamos de 80% de hipóteses de ganhar o campeonato para 40%. Não pelos nossos rapazes, mas sim pelo que nos espera na semana que aí vem. A agressividade, a intimidação, a "sujidade" vai ser tanta que por muito superiores que sejamos, há sempre que contar com o fator F, de fruta. 

Eu continuo a "acarditar". Só era excusado ser a sofrer desta maneira...

Não desanimem, nem comecem a disparar para todo o lado. Mais do que nunca eles precisam de nós. 

Bamos a eles carago! EU QUERO O 33º!!!!

PS: Hoje serve de lição para o pessoal dos "reservados". Espero que tenham aprendido.

Hoje não há crónica de jogo.

 ●  14 comentários  ● 
O Estoril, como compete a quem tem aspirações europeias não facilitou, o Carlos Martins parou-lhe o cérebro e pronto.
Preparem-se para a reedição da época do Peseiro do Sporting.

Nunca subestimem o poder da "Amarelinha"...

 ●  15 comentários  ● 

Vocês sabem que não tenho pachorra para grandes pesquisas, colagens ou estatísticas, pelo que vou tomar a liberdade de vos relembrar algo que todos saberão, mas que poucos querem incentivar que seja cada vez mais pesquisado.

Reparem bem no poder da "Amarelinha":

O que têm em comum Ricardo Carvalho, Deco, Ricardo Costa, Jorge Andrade, Costinha, McCarthy, Derlei, Maniche, Paulo Ferreira, Bosingwa, Quaresma, Meireles, Nuno Valente, Bruno Alves, Pepe, Lucho Gonzalez, Lisandro Lopez, Rolando, Cissoko, Guarin, Hulk e Alvaro Pereira?

Na generalidade todos eles representaram elevados encaixes financeiros para o FCPorto, derivado de um rendimento, ao serviço desse clube, muito acima da média ao ponto de despertar interesse dos mais endinheirados clubes dos mais destacados campeonatos do Mundo (Espanha, Itália, França e Russia).

30M por uns, 20M por outros, 40M por outros... há milhões para todas as comissões, perdão, para todos os gostos.

Mas isso não teria qualquer ligação ao título, não fosse o facto todos estes jogadores terem em comum mais um factor além do desempenho desportivo e dos elevados valores das transferências:

- NENHUM justificou nos clubes de destino, os valores das verbas dispendidas pelos seus passes. Nenhum conseguiu sequer igualar o desempenho que tivera antes ao serviço do FCPorto e quase todos têm acabado nas listas de dispensas ou, os menos maus, na lista de vendáveis.

Pelo contrário, olhamos para as vendas do SLBenfica e verificamos a máxima óbvia no desporto: Jogadores de elevadíssimo potencial, que representam custos elevados para os clubes que os adquirem, tendem a crescer como jogadores e apresentar um desempenho melhorado quando inseridos num clube com mais jogadores de igual ou superior qualidade - ISTO QUANDO OS JOGADORES VALEM PELO QUE JOGAM E NÃO PELO QUE TOMAM!!!!

Os exemplos são claros: Ramires, David Luiz, DiMaria, Witsel e mesmo Javi Garcia e Coentrão, tendo estes dois últimos não se imposto como titulares indiscutiveis, confirmam contudo uma elevadíssima qualidade desportiva, apenas limitada pelo facto de terem de lutar contra dois colossais jogadores nas suas posições Marcelo e Touré.

Até quando as autoridades judiciais vão permitir estes enriquecimentos ilícitos?

Benfica e Jesus - A simbiose perfeita

 ●  4 comentários  ● 

Esta época além de estar a ser brilhante é o momento ideal para se tirar conclusões e tomar decisões sobre que estrutura do clube se deve adoptar para garantir um futuro ganhador a médio e longo prazo. Considero que o Benfica de hoje em dia é o clube ideal para a figura do manager. 


O Benfica moderno é um clube em que, quer alguns de nós apreciem esse facto ou não, quem dita as leis em todas as facetas da vida do clube é o Presidente. Um Presidente que não permite que mais nenhum dirigente assuma protagonismo e ganhe popularidade entre a massa associativa do clube podendo assumir-se como potencial rival. Assim sendo, o Benfica é um clube onde não podem existir dirigentes fortes que definam a política desportiva do clube de uma forma autónoma mesmo que subordinada ao Presidente (ex. Rui Costa). Logo, a figura ideal no Benfica moderno para definir e coordenar a política desportiva no futebol directamente com Vieira é o treinador, não como o conhecemos em Portugal mas sim em Inglaterra - o Manager. Isto com todos os outros membros da estrutura encarnada subordinados a Vieira e ao Manager apenas assessorando estes dois intervenientes.



O manager é alguém que trabalhe em conjunto com a Direcção e defina a equipa, modelo táctico, política de venda/aquisição de jogadores, prospecção, definição de política de comunicação, gerar receitas para o clube, etc, etc. Óbviamente que tendo tal peso na estrutura do clube assume sobre si todas as responsabilidades do sucesso ou falhanço do clube em atingir os seus objectivos
Ora ao longo destes quatro anos Jorge Jesus assumiu todas estas funções no Benfica com excelentes resultados na geração de receitas com vendas de jogadores, aumento da média de espectadores, tudo fruto da implementação de um modelo de jogo atraente. Curiosamente, também ninguém parece ter "mão" nas intervenções públicas de Jesus o que indicia que é este que também define a comunicação no que diz respeito ao futebol.
Ou seja, Jesus é de facto um manager. Alguém que puxou a si a definição de quase toda a política do clube no que diz respeito ao futebol. Isto só foi possível porque Jesus é um profundo conhecedor da realidade futebolística portuguesa, alguém que conhece os corredores, sabe que movimentações ocorrem na penumbra mas que tem o respeito de muitas das pessoas que se movem na penumbra.

E o Benfica actual era o único clube em Portugal para oferecer essas condições a Jesus. O Sporting de á uns anos também oferecia essas condições (e conseguiu gerar outro excelente manager - Paulo Bento) tal como o Porto também ofereceu essas condições a Mourinho (e nunca mais o fez desde aí - Jesualdo era um subordinado da estrutura e não um líder). Coincidentemente, estes três treinadores portugueses são os três treinadores mais respeitados no País e com mais projecção internacional.

Chegados a este ponto, qual deve ser o futuro tanto do Benfica como de Jorge Jesus?

Quanto ao clube, e repetindo-me, é por demais óbvio para mim que o Benfica só tem a ganhar neste momento em adoptar por completo a figura de manager na estrutura do clube. O Presidente tem personalidade forte, gosta de ditar as regras e não admite dirigentes que lhe roubem o protagonismo. Ao mesmo tempo tem reconhecidos méritos na recuperação da credibilidade do clube - fruto das parcerias com a banca - e no lançamento de projectos extra-desportivos de grande sucesso (BenficaTV, angariação de sócios, Museu Benfica, etc). Como tal a adopção do Manager permite ter alguém que assuma todo a responsabilidade da política desportiva do clube sem que se assuma como sucessor do Presidente. Oferecendo estas condições a um treinador competente o clube também só tem a ganhar.

Quanto a Jesus, o Benfica é o clube perfeito para si. Isto porque no futebol existem dois caminhos que um treinador ou jogador podem seguir para garantir a imortalidade: 
- Alcançar o sucesso no maior número de clubes possíveis - via seguida por exemplo por Mourinho, Trapattoni, Cristiano Ronaldo. 

- Garantir a imortalidade associando o seu nome aos sucessos de um só clube - via seguida por Alex Ferguson e Leo Messi. 

Jesus é o único treinador português que tem tudo para ser mais do que um "clone" de Mourinho. E para ser mais do que isso a única decisão a tomar é permanecer no Benfica, alcançando a imortalidade no futebol da mesma forma que Alex Ferguson o fez no Manchester United: pegando num colosso adormecido e devolvendo-o ao topo do seu País e transformando-o num monstro temido por toda a Europa. Ainda para mais, Jesus está a mais de meio caminho andado de conseguir isso - este ano basta conquistar a Liga Europa e o campeonato e os dados estão lançados.
Poderia Jesus ir para o estrangeiro? Podia, mas seria a decisão mais correcta esbanjar todo o prestígio e autoridade que conquistou no Benfica num país onde ninguém o conhece, com estruturas dirigentes que lhe retirarão o apoio caso as coisas corram mal e onde algo sempre se perde na tradução? Ou não seria melhor ficar num clube onde efectivamente tem poder para ditar regras na gestão desportiva, onde é apreciado pelo resultados e pela rentabilidade financeira que garantiu e pelo futebol atraente que implementou?

Benfica e Jesus são o par perfeito e tudo deve ser feito para que seja mantido durante os próximos anos até ao natural esgotar do ciclo que os une. E esse fim de ciclo ainda está muito longe de chegar.

ranking