O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 13 de agosto de 2011

A roda andou, o Benfica empatou

 ●  17 comentários  ● 

Portugal, 13 de Agosto de 2011

Tal como já previa no texto anterior, o Benfica só com boa dose de sorte pode ser campeão. Há uma enorme quantidade de parâmetros futebolísticos que não dominamos e quando assim é, só por acaso as coisas podem correr bem.

O empate depois de estarmos a vencer por 2 golos de diferença mereceu da parte da comunicação social, desportiva e generalista, amplo destaque nas 1ªs páginas. Não pelos golos de avanço desperdiçados mas porque se trata de um mau resultado para o Benfica. Mas é sempre assim? A comunicação social destaca da mesma forma resultados dos adversários directos quando cedem pontos depois de ter 2 golos de avanço?

Em 8 de Novembro de 2010 o SCP perdeu em casa 2-3 com o Guimarães depois de estar a vencer até aos 75 mn. Qual a 1ª página do RECORD de 9 de Novembro? Em destaque de 1ª página quase total, o título foi “com Jesus pelos cabelos”, ilustrada com foto de corpo inteiro (para maximizar o efeito). Onde parou a derrota do SCP? Na parte superior da 1ª página, com o destaque “Maniche afunda o leão”. Note-se que nesse dia apenas jogou o SCP! Também aconteceu ao FCP que esteve a vencer o Paços de Ferreira por 2 golos de diferença, em casa, e acabou por empatar 3-3. Houve polémica? Acho que não!

Quando me refiro a termos má comunicação social, refiro-me a isto: os nossos insucessos são demasiado explorados, os nossos sucessos são pouco e mal promovidos. Ao contrário de FCP e SCP.

Os “media” destacam o supérfluo com intenção de magoar enquanto os problemas do Benfica não são debatidos, não são mostrados aos adeptos do Benfica e do futebol, dando a sensação que está tudo bem. Quando não está.

Tenho-me referido diversas vezes ao erro que é jogar em “pressão alta” cá em Portugal e competições europeias. Cá em Portugal não funciona bem porque os árbitros não nos “apoiam”, já que sofremos muitas faltas nas imediações da área ou mesmo dentro que não são assinaladas, o que favorece a atitude de quem defende e aumenta a pressão sobre quem ataca. Lá fora, temos a maior qualidade dos adversários que aceitam essa pressão alta para explorarem a nossa retaguarda quando perdemos a bola. Sendo bem sucedidos!

Este problema que já tinha sido evidente na goleada em Liverpool, só no ano passado (quase 1 ano depois) levou algumas “vozes” a falarem, com timidez, na necessidade do Benfica criar um Plano B ao 4-4-2 em losango que apresenta um pendor demasiado atacante devido às características dos nossos jogadores de meio campo. Jogadores que atacam, ou seja, que sabem tratar bem a bola quando a têm, mas normalmente jogam mal sem ela, não têm a noção dos processos defensivos que isso implica. Daí sermos tão expostos aos contra ataques que nos derrotam (lembrar jogo do estádio da Galinha).

Já hoje li algo que vai ao encontro desta minha tese. Diz João Pinto no JOGO que jogar ao mesmo tempo com Aimar, Nolito, Gaitán, Jara e Saviola envolve riscos, porque todos eles pensam bem com a bola nos pés, mas não têm tão em mente os aspectos defensivos”.

Mas no ano passado eram Aimar, Gaitan, Saviola, Cardozo e Sálvio! Qual a diferença? Pouca ou nenhuma. A realidade é que o Benfica para jogar em pressão alta, ou seja, pressionar com futebol o último terço de campo do adversário, fá-lo com jogadores de características ofensivas e que pelos vistos, não treinam adequadamente os processos defensivos.
Então das duas uma: ou marcamos golos rapidamente e como se viu, 2 podem não chegar (por causa de um erro defensivo), ou o adversário encaixa-se no nosso modelo, dando-nos a iniciativa de jogo e explorando as transições defesa - ataque em função das bolas que nós perdermos (Liverpool, Shalke04, Estádio da Galinha e 2º golo do Gil).

Quanto à arbitragem, ontem, ao contrário dos últimos 5 anos, não houve penaltys perdoados aos adversários. Mas com o 2-2 surgiu a arbitragem de “manual”. As faltas contra o Benfica, sem razão, sucederam-se. Faltas contra o Gil, com razão, não foram assinaladas. O “truque” de interromper uma jogada de ataque do Benfica para mostrar cartão amarelo ao adversário, lá esteve também. E assim o ritmo de jogo destes últimos minutos favoreceu o Gil e prejudicou-nos! Mas isto já é tão habitual que ninguém estranha. E é pena, porque a inversão de fluxo de jogo pelo árbitro, impediu-nos de construir ataques que podiam ter dado golo.

Mangala e Defour no Benfica

 ●  20 comentários  ● 
Acredito que entre 10 e 12M€, juntamente com os empréstimos de Bruno César e Matic ao Standard Liege, seria possível infligir um golpe brutal no Porto ao mesmo tempo que se reforçava a nossa equipa em grande medida.

O Porto tem que vender, não há duvidas. Falcão e Moutinho disse aqui o GB que acha que estão negociados com o Chelsea e por isso a entrada do box to box Defour para o lugar do meia leca do meio campo. Rolando se calhar segue o mesmo destino, talvez para o mesmo clube ou Itália. Eles precisam pagar os mais de 20M que gastaram nos dois que levaram ao Benfica e ainda tapar os buracos habituais de todos os anos.

Entalar-lhes o negocio, porque eles não podem aguentar muito mais sem vender, era fazer-lhes um rude golpe perto do fecho das inscrições. E o Benfica só tinha a ganhar com estes dois jogadores de qualidade que já contariam com Witsel, o que facilita e muito a adaptação e enquadramento na equipa.

Defour é muito superior a Matic e sairíamos a ganhar para uma mesma posição de equilíbrio do meio campo. Mangala não tem comparação com Jardel, o que permitia ter o jovem francês a ser preparado durante um ano (com muitos minutos de jogo) para deixarmos sair o Luisão em Janeiro ou no fim da temporada, como é seu desejo.

Pelo caminho aliviamos o plantel de três jogadores de qualidade inferior, estrangeiros e que podiam até regressar à Luz (ou não) mais fortes, ainda que eu ache que podíamos abdicar deles (venda agora ou no futuro).

O enquadramento financeiro poderia estar na venda de Cardozo... Ou simplesmente numa pequena loucura feita pela direcção e que penso que ia ser muito boa para o nosso futuro desportivo.

Rescisões no Benfica

 ●  8 comentários  ● 
Li agora que Adu e Balboa rescindiram sem que alguma vez jogassem pelo Benfica (os 4 ou 5 jogos que fizeram não se pode chamar jogar) e com isto o Benfica mandou 5,5M pela janela. Para quem diz que transforma 2M em 30M... Não fala destas partes.

A estes jutamos os passes de Reyes e Salvio, as aquisições de Aírton, Menezes, Eder Luis, etc (para não ser muito exaustivo) e nos últimos anos se calhar a transformação de chumbo em ouro que o Vieira tanto fala, não chega para pagar estas asneiras dignas de incompetência. Quando é que isto vai parar?

O comportamento de Jesus facilita que no final desta temporada tenhamos mais uns quantos na mesma situação e que podiam nunca tr chegado ou outros que não deviam ter sido encostados. Fica o alerta ao Vieira e aos enormes prejuízos financeiros de brincar aos jogadores com o Jesus, como fez no passado, mas agora em maior dimensão.

Entendam uma coisa

 ●  8 comentários  ● 
Vamos ver se nos entendemos, o problema não está no 4x1xx3x2 porque foi neste sistema que apareceu o famoso "Rolo Compressor" ou já se esqueceram? O problema aqui é que nesse ano tivemos um jogador a jogar a interior direito que fazia as compensações e apoios no meio campo, o Ramires ou o Ruben Amorim. Com a saída de Ramires, o Benfica não foi buscar ninguém com aquelas características, ficando somente com o Ruben que se lesionou e não jogou mais. Então veio Salvio e foi aí que JJ apostou no sistema que eu chamo de 4x1x3x2 Kamikase, pois é um sistema extremamente ofensivo e deixa o meio campo entregue somente a Javi Garcia, razão porque sofremos uma média de mais de um golo por jogo.

No defeso e até á contratação de Witsel, estava muito apreensivo pois estava a ver que JJ iria apostar no mesmo sistema suicida do ano passado. Com Witsel, com a recuperação do Ruben e até com Matic comecei a ficar mais optimista. Esperei e esperei para analisar em competição oficial a forma como JJ colocaria a equipa a jogar. Com os turcos, na primeira mão, fiquei desconfiado mas na Turquia JJ reforçou o meio campo e fiquei esperançado mas em vão. No estreia do campeonato JJ decide colocar em campo o seu sistema suicida e o que se viu foi um Gil a passear no meio campo do Benfica e a chegar á área com uma facilidade de deixar qualquer um de cabelos em pé, pelo menos na primeira parte. Poderia muito bem ter colocado, por exemplo, Witsel no lugar do Gaitan e Gaitan no lugar de Jara e mantinha o sistema mas muito mais equilibrado.

Os resultados e os golos sofridos pelo Benfica continuam, infelizmente, a darem-me razão, o problema não está, nem nunca esteve, nos guarda-redes e na defesa, sempre esteve  e está nos equilíbrios do meio campo.

O JJ tem um leque de jogadores ao seu dispor ao nível da equipa campeã, resta JJ abrir a pestana enquanto é tempo e equilibrar a equipa mas para ontem!!!!

MUITA ATENÇÃO, APESAR DE TUDO NÃO PERDEMOS NADA, COMO SE GANHÁSSEMOS NÃO TINHAMOS GANHO NADA!!! NADA DE ESMORECER E TOCA A ENCHER A LUZ JÁ NO PRÓXIMO JOGO!!!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Errar todos erram...

 ●  23 comentários  ● 
Mas persistir no erro, só quem é burro!

Desde que chegou, Jorge Jesus tem-se sentido o "salvador do SLBenfica". Aparentemente, no SLBenfica alguém lhe faz querer que só ele é que tem os poderes mágicos capazes de transformar jogadores que chegaram por 2M€... em vendas de 30M€, como aconteceu com David Luiz ou Coentrão.

Isso é absolutamente errado! Se alguém intervir a tempo, a equipa de "scouting" do SLBenfica trouxe para o SLBenfica um jogador que chegou por 0€... e sairá por valores semelhantes. Afinal...

Isto para dizer que a teimosia do Jorge Jesus será tão maior quanta a legitimidade que lhe for dada para tal. Quanto mais o nosso treinador sentir que é o SLBenfica que precisa dele, jamais ele perceberá os seus erros.

Ao contrário do que aqui se tem escrito, eu não quero a saída de Jorge Jesus. Um clube como o SLBenfica, como disse André Vilas Boas a propósito do clubezeco que treinava o ano passado, "quando há uma organização competente e um plantel de qualidade, o sucesso é 15% do treinador no máximo". Isto para vos dizer que com o plantel que a Direcção entregou este ano a Jorge Jesus... será campeão na mão de qualquer um que se limite a não fazer asneira.

Mas em tudo isto, há uma responsabilidade do Clube e da Direcção em fazer ver a Jorge Jesus, como a todos os funcionários, que só são insubstituíveis enquanto fazem parte dos quadros do SLBenfica... Quando deixarem de o merecer, outros insubstituíveis se seguirão.

Tal como o SouBenfica afirmou, concordo que a Direcção fez o que tinha a fazer este ano. Nada justificava a saída do treinador - ainda para mais depois da asneira que foi a renovação (se era para sair, teria sido nesse momento). Aliás, a Direcção até fez mais do que devia ao permitir certos devaneios a Jorge Jesus que custarão imenso a gerir em termos financeiros e operacionais.

A Direcção tem que fazer ver a Jorge Jesus que ele não é o "todo iluminado" que se julga ser e que o grande activo da conquista que temos pela frente está no colectivo. Impensável manter atitudes de casmurrice que têm encostado jogadores de qualidade e que têm fragilizado jogadores que têm justificado a aposta - isto já foi aqui falado e não vamos voltar a bater na mesma tecla.

Eu não vou alinhar em dramatismos, nem em pedidos da cabeça de ninguém. Muito menos vou alinhar em criticas à Direcção por esta situação, ou sequer aos jogadores. Na minha opinião, como aliás de muitos que tenho lido hoje na blogsfera, a responsabilidade é inteiramente de Jorge Jesus.

A boa notícia é que tudo isto é reversível, mais que reversível, seja ao nível da gestão e estruturação final do plantel (e eu acho que muitas soluções estão dentro do plantel), seja ao nível dos devaneios que são permitidos ao treinador. Tem a palavra o Presidente e... eu vou confiar.

Com um plantel destes, Jesus?

 ●  34 comentários  ● 
Queres ver que a culpa é minha? A ganhar 2-0 a um recém promovido da 2a liga?
Desta vez tens tudo do Presidente e falhas porque INVENTAS e falhas.
Não te escondas atrás dos árbitros nem de outras desculpas, como golos falhados ou na qualidade do Gil Vicente. Não jogámos uma merda e a culpa foi só da forma como este teimoso burro insiste em falhar, nas decisões.
Assume os erros e corrige, antes que obrigues o Presidente a corrigir a tua contratação.

solidário com o Presidente e jogadores. Mas atenção, o Presidente tem que apertar com o Jesus DE VEZ.

Benfica em Barcelos

 ●  7 comentários  ● 
Como é que eu posso perceber o Jesus quando depois de tantas situações de sucesso do 4-2-3-1, quando começou a doer, resolveu... Voltar ao 4-1-3-2? Mas o homem é teimoso mesmo xiça.

Alguém percebeu tirar o Aimar para meter o Witsel, com o argentino a ser dos mais activos e melhores em campo e quando já deu para perceber que o Gaitan na direita... Não joga pevas? Se era para tirar o Witsel para não forçar, porque não ter mantido o 4-3-3 e optar pelo Matic em vez do belga?

Com Gaitan e mesmo Jara em sub rendimento porque não Perez e Witsel? Eu tento mas não percebo que o Jesus quer.

E com isto o individualista do Nolito lá se fartou de oferecer bolas aos companheiros e... Marcar mais um golito logo a abrir.

Teremos rolo compressor?

 ●  4 comentários  ● 
É a pergunta que paira no ar sobre o jogo de logo á noite.
Tendo em conta a convocatória de Jesus o mais provável é que a equipa iniciará o jogo contra o Gil Vicente com o seguinte onze:
GR: Artur, Maxi, Jardel, Garay, Emerson, Javi, Witsel, Aimar, Nolito, Gaitán e Saviola.

Se Jesus decidir inventar acredito que quanto muito entrará Enzo Pérez em vez de Nolito ou Jara em vez de Saviola.

Tendo em conta que o calendário inicial do Benfica é bastante complicado jogando nas primeiras seis jornadas contra quatro clubes que derrotaram o Benfica na época passada (VSC, Nacional, Académica e Corruptos) é de crucial importância que a equipa entre no campeonato dando o tudo por tudo.
Na minha opinião o campeão sairá do que acontecer nas primeiras seis jornadas e para o Benfica ser campeão acredito que precisaremos de um novo rolo compressor. Será que o vamos ver hoje á noite? Eu acredito!

Opinião? Não têm direito

 ●  5 comentários  ● 
Malta, hoje joga o SLBenfica. Ninguém hoje tem direito a ter opinião sobre nada, nenhum jogador, nenhuma táctica... Zero.

HOJE JOGA O BENFICA, PORRA!

É dia de quem está de ferias sair da praia mais cedo, quem está a trabalhar sair cedo para jantar antes da bola e os mais arrojados viajarem até Barcelos.

Quando joga o SLBenfica, todos se calam e fazem das diferenças (de opinião) uma grande união. CARREGA BENFICA!!!!!

GB

Coisas que não se compreendem! E sim, isto também é apoiar...

 ●  13 comentários  ● 
... criticar os erros e perceber o que pode melhorar!


Carlos Martins vai mesmo sair ao que parece! A ser verdade, entristece-me! Um belíssimo jogador a sair para o... Granada! Português. Mas a ideia é qual? Desfazermo-nos de todos jogadores nacionais com hipótese de chegar ao 11? E para isso gastámos 6 milhões em Bruno César? Reafirmo: o brasileiro é um excelente jogador! Mas com Martins (e Miguel Rosa) não havia necessidade! E a questão é essa: não é Bruno César ser um patinho feio, é a necessidade de ele ter vindo! Assim, gastámos dinheiro num jogador que tem de se adaptar, tendo Martins que dava garantias suficientes! Assim, reduzem-se a quase nada os portugueses com hipótese de serem titulares. Só mesmo Eduardo, só por ser o Eduardo e Rúben Amorim se o Maxi se lesionar! David Simão, Rúben Pinto e o Nelson Oliveira estão (ainda) no plantel por demagogia! E por obrigação! E para os mais distraídos o cerne do post é a crescente ausência de portugeses no plantel! E se me dizem que não portugueses de qualidade, preparem-se porque a selecção vai voltar à qualidade dos anos 30 ou 40! Só pode...


Hoje à noite inicia-se a Liga para o SLB! Desejo nada menos que uma vitória, no mínimo por 2! Não posso pedir menos a uma equipa onde se gastaram milhões contra uma equipa acabada de subir! Temos de jogar com concentração, no limite das capacidades e preserverança! E isso é que se pretende de jogadores como os nossos! E se isso acontecer, a vitória sucede naturalmente! E aproveito para sublinhar o meu agrado com os jogadores que LFV colocou à disposição de JJ!


Bom, a caixa está aberta para gritarem o meu benfiquismo, tentando desmentir o indesmentível! Aposto que as centenas de adeptos que foram ao Seixal no regresso do Carlos Martins para o aplaudir também são antibenfiquistas!

Raça, Querer e Ambição!!!

 ●  2 comentários  ● 
No titulo está tudo o que peço aos jogadores para o jogo de amanhã!!!

Temos de entrar fortes como nunca, pois todos sabemos que é no incio que se ganham campeonatos, na mesma medida que é no inicio que os homens do apito começam o seu serviço contra o Glorioso.

A minha equipa:





FORÇA RAPAZES!!!!
 

Um craque...à séria!

 ●  1 comentário  ● 
Carlos Lisboa tem mais um reforço de peso para a temporada 2011/2012, com o Benfica a confirmar o regresso do Norte-Americano Seth Doliboa, já Bi-Campeão no nosso clube. Este extremo/poste de 2,04m é um jogador de grande qualidade e assinou agora por três temporadas, prova clara de que o Basket é uma aposta séria (ainda bem!) do nosso clube.

O meu desejo é que os benfiquistas aderiam definitivamente ás modalidades, em particular numa época em que o investimento está a ser forte.

Erros do passado, confiança no futuro

 ●  4 comentários  ● 
Não adianta andarmos a desatinar sobre o comportamento de Jesus. Ele é mesmo assim teimoso e persistente no erro, na forma como conduz alguns dossiers. São vários exemplos de Nolito a Witsel, passando pela anormalidade da situação Amadora como lidou com a opção dele no Capdevila, como que tendo uma necessidade absurda de mostrar o tamanho da sua pilinha, maior que a dos outros.

É isso Jesus, o Witsel que tu indicaste é o maior. Queres que a Malta repita? É a melhor contratação. E os gajos do scouting nã percebem nada de futebol porque não é com Nolitos que somos campeões, porque tu é que percebes disto.

Wass, Andre Almeida, Coelho e Mora já encostaste, só tiveste que aguentar com o Miguel Victor e o Nolito, mas mesmo assim não é como eles querem. Se querem jogar vão ter que penar... Eles e o Capdevila ou achavam que era chegar aqui e porque é titular da selecção campeã do Mundo isso quer dizer que é bom? Nada disso, porra... Tu é que sabes Jesus e se dizes que o Emerson que era segunda escolha no Lille é bom, é porque é, já que te lixaram mais um brazuca que querias ali para a esquerda, depois de tantas horas a ver os jogos no PFC. Mas tu é que percebes disto oh Jesus... Capdevilas? Só de pensar na valorização que ias fazer do brasileiro. És o maior.


Sarcasmos à parte, sou gajo para estar solidário com o Vieira que acredito que já deve andar a contorcer-se todo com estas atitudes do Jesus. E olhem que para me solidarizar com o Vieira é preciso muito, mas já estou como alguns colegas de blog, este ano não é justo apontar o dedo ao Vieira, mas é importante travar já os erros do Jesus durante o ano passado que nos custaram mais de 20 pontos de atraso para uma equipa treinada por um jovem inexperiente, como dizia Jesus antes de levar 5.

Eu não tenho qualquer duvida que se ninguém der um murro na mesa e explicar ao Jesus que isto não é o Belenenses e que iguais a ele o Benfica arranja ao pontapé... Isto que tem tudo para correr muito bem, vai acabar muito mal.

Eu acredito que ao Jesus este ano só se pede que treine os jogadores, sem os massacrar física e mentalmente, como ele gosta tanto, e deixar a qualidade de grandes jogadores como Nolito, Witsel, Gaitan, Javi, Aimar, CAPDEVILA, etc virem ao de cima.

Jesus não está a começar bem, ao contrario de Vieira que depois de algumas hesitações esteve muito bem na construção do plantel. Não estou preocupado com o jogo de hoje, porque acho que o Benfica vai dar uns 3 ou 4. Estou é preocupado com o impacto de ste tipo de atitudes ao longo de uma época desgastante. Agora tudo é bonito, tudo são casos inventados pela CS (eu diria antes muito bem aproveitados por eles, proeje criar criar quem criou foi Jesus). Lixado lixado vai ser quando começarem as dificuldades e for necessario ter um grupo forte e imune a estas tricas nascidas no ego de um treinador que se tem mostrado incapaz de gerir um grupo competitivo.

Para terminar manifestar apenas o meu desfrado com a dispensa de Carlos Martins. O português não é inferior a Bruno César ou Matic, tal como Nuno Coelho ou David Simão. Os dois últimos não têm estatuto que lhes permita sair para optar por um clube, morsegou é certo, de uma Liga como a espanhola, mas o Martins percebeu e bem que estava tapado pelos desejos e devaneios de demasiadas horas de canal PFC do seu treinador. O brasileiro é que devia ter sido emprestado na minha opinião. Voltaria mais jogador.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

6ª feira anda a roda...

 ●  9 comentários  ● 

Portugal, 11 de Agosto de 2011

Vai iniciar-se sexta-feira a primeira “aventura” do Benfica na Liga de Clubes 2011-2012. Dado que os responsáveis do Clube/SAD continuam a não se preparar para esta competição de forma total, ou de forma o mais completa possível, para mim é como se andasse a roda da sorte. Porque para ganhar o campeonato vai ser preciso uma enorme dose de sorte. Quase tanta como a necessária para acertar nos números do Euromilhões...

Nos últimos 28 anos, tantos como Pinto da Costa está à frente da Direcção do FCP, o paradigma do futebol nacional mudou. Se até essa altura para ser campeão “bastava” contratar as consideradas melhores referências de jogadores (e portugueses), hoje com Pinto da Costa, para se ganhar, para além desse conjunto de bons jogadores (essencialmente estrangeiros), tem de se ter boa comunicação social e boa arbitragem. Sem estas duas componentes é quase impossível ganhar o título de campeão.

A comunicação social é controlada de forma directa ou indirecta pelo Sr.º Joaquim Oliveira (accionista da SAD do FCP e SCP, ex-accionista da SAD do Alverca). É dono de um conjunto razoável de órgãos de comunicação social e já antes controlava muita gente ligada ao futebol, através da distribuição dos direitos televisivos. Prova disso é que boa parte dos jornalistas da área de Desporto da RTP, se passaram para os quadros da SportTv.

Mas não controlava só pessoas, mas as próprias entidades para quem elas trabalhavam. Foi público nos anos 90, que a dada altura a RTP celebrou um contrato com o Boavista, para aquisição de direitos televisivos das modalidades amadoras, pela astronómica verba (na altura) de 120 mil contos (600 mil euros que hoje poderiam significar perto de 2,5 milhões). Desse contrato a RTP apenas se serviu para passar um jogo de (creio) Andebol. Porque foi feito esse contrato? Porque o Major Valentim Loureiro, na altura era presidente do Boavista e da Liga de Clubes. E nesta qualidade intermediou a aprovação de um Regulamento de Transmissões Televisivas que favoreceu o grupo do Sr.º Joaquim Oliveira. Ou seja, a Olivedesportos beneficiou e quem pagou foram os contribuintes.

Na questão de arbitragem, só um “cego intelectual” pode ignorar a importância que ao longo dos anos têm tido os famosos “xitos” do falecido Adriano Pinto, as lutas da AF Porto para conseguir a presidência da Arbitragem e o controlo de votos entre os vogais nomeados por outras Associações, a oferta dos terrenos para a Sede da Liga de Clubes por parte do ex-presidente da Câmara do Porto, o outro Fernando Gomes hoje na Administração da GALP, os primeiros mandatos de Guilherme Aguiar como Director Executivo da Liga que valeram 5 campeonatos consecutivos ao FCP (conquista que nem o super Benfica dos anos 60 conseguiu), etc., etc.

Portanto hoje no futebol há que ter o controlo da comunicação social e da arbitragem. Da arbitragem para facilitar a vida à equipa do FCP (e seus aliados, como o SCP) e complicar a vida à equipa do Benfica. Depois a comunicação social para passar a mensagem que mais lhes interessa transmitir aos adeptos do futebol, que é “o FCP foi um justo vencedor”, “os árbitros erram a favor e contra todas as equipas”, “o Benfica foi muito inconstante ao longo da época”, etc., etc. Ou seja, uns ajudam a arranjar os resultados, outros branqueiam a forma como foram obtidos.

Há tempos em conversa telefónica com o Dr.º Rui Gomes da Silva, disse-lhe precisamente isto. Que o paradigma do futebol português tinha mudado devido a Pinto da Costa, expliquei porquê, e ele retorquiu que há 2 anos atrás tínhamos – apesar disso – conseguido ganhar o titulo. Dei-lhe a minha explicação: quando se ganha um título, nessas condições, com 84% de pontos, tantos como Mourinho conseguiu na 1ª vez que foi campeão, é porque se foi forçosamente muito bom. E ser muito bom, acontece na estatística, de 10 em 10 anos, com muito investimento em contratações. Ou seja, o raciocínio não pode ser “conseguimos ganhar apesar do sistema”, o raciocínio deveria ser “quantas vezes fomos impedidos de ser campeão pelo sistema”.

O Dr.º Rui Gomes da Silva é vice-presidente da SAD. Passa a mensagem da Direcção. Concluí que na óptica deles, vamos estrear a série, “equipa maravilha do Sr.º Vieira – temporada 11”. Enfim, eu vejo mais como andar a roda da sorte. Pode ser que nos calhe qualquer coisa ...

JJ e a contenção verbal

 ●  20 comentários  ● 
A propósito de Capdevilla, JJ diz : "Emerson não foi campeão do Mundo ou da Europa, é jogador do Benfica. O passado para mim não conta, o que importa é o presente."

Depois das "bocas" a Nolito, no pós Trabzonspor, na Luz, desvaloriza novamente um jogador do SLB. Até podemos compreender, sendo até mais do que legítimo, a opinião do treinador sobre os seus próprios jogadores. Agora na praça pública menorizá-lo, digam-me o que me disserem, não é correcto! E o tal "caso" que mencionei no meu post anterior é este! Não é o caso Capdevilla, é um caso de teimosia e, sobretudo, descontrolo verbal de JJ. Após ter dito o acima mencionado, JJ descreveu o critério que usou para o escolher: tempo de treino e os mesmo da ronda anterior (mais Carlos Martins, esqueceu-se de dizer). E assim tudo bem! Era só o que deveria ter dito! Mais nada! Agora menorizar o passado de Cap (e que passado!) é falta de coerência de JJ, ele que que no auge da contestação que sofreu na pretérita temporada, apressou-se a dizer que o seu trabalho no SLB tinha que ser medido pelas duas épocas que levava no Benfica! Ou seja: o presente e o... passado!

E mais uma vez, sublinho: condicionar escolhas técnicas por causa do número de estrangeiros, se não é má gestão nas aquisições, não sei o que será!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O caso Capdevilla? Ou o Caso JJ? Ou nenhum, espero!

 ●  41 comentários  ● 
A decisão de excluir Capdevilla da lista para o "playoff" da Champions League deixou a nação benfiquista a "coçar o queixo". Pois se o espanhol até campeão mundial e europeu, porque raio não o inscrevemos já? Falta de forma física? Pois, mas compensa essa debilidade com experiência e qualidade, dirão muitos. Outros, e bem, poderão afirmar que o treinador trabalha com Emerson e Capdevilla e crê que o ex-Lille é melhor solução! Independentemente da percepção do adepto comum. Mas é aqui que começa o "busilís". E daí o título deste post.


O problema aqui, dos adeptos que não compreendem a decisão de JJ, é o facto de todos sabermos que o nosso técnico é de "luas". Se embica para um lado, teima até ao fim. Independentemente de prejudicar a equipa e a confiança dos jogadores. Se por outro lado tivessemos a certeza que JJ corrigiria os erros que comete logo à primeira chance, não existiria este "bruá" à volta de "Cap"! O espanhol é um internacional com créditos, que de certo teria outras equipas no seu encalço e deixá-lo de fora sem grande explicação pode causar alguma celeuma ao próprio e ao grupo, ao ver que Emerson não dá as mesmas garantias! Uma coisa é certa: ser campeão do Mundo não dá bilhete directo ao 11. Porém, não me parece que o espanhol esteja tão mal assim para ser excluído de uma lista que onde se pressupõe que estejam os melhores! Vide Carlos Martins, que esteve lesionado e foi chamado!


Por isso, a bem do grupo e para não "perdermos" Capdevilla, desejo que JJ lhe explique o que se passa e que o acompanhe, motivando-o de modo a aperecer o lateral de Espanha! Iremos precisar dele!

A agressão: prova dos nove para a isenção.

 ●  17 comentários  ● 
Para todo o anti e ressabiado que não tem neurónios suficientes para perceber a diferença entre Benfica e Corruptos:
A Direcção do Benfica faz tudo por demarcar-se e não apoia ninguém que infringa a lei supostamente em nome do Benfica. Basta ver a quantidade de membros dos  NN que já foram presos e não tiveram apoio nenhum do Benfica. O Benfica é um clube de futebol que não se tenta colocar acima da Lei.

Quanto á merda do antro de corrupção, putedo e grunhos apoiado pelos antis e aziados basta ver que nunca condenaram ataques de vândalos a adeptos e Casas de outras cores nem os vandalismos e espalhar de terror nas estações de serviço por este País fora, fizeram todos os possíveis para desculpabilizar agressões bárbaras dos seus jogadores em adversários em vez de assumir as culpas e nunca disseram um pio sobre as bolas de golfe nos jogos contra o Benfica ou das pedradas no autocarro do Benfica.
Malucos todos os clubes os têm. Clubes que os apoiam e encobrem além de se tentar colocar constantemente acima da Lei, neste País só há um.

Por isso obviamente que concordo com a atitude da Direcção: não pode pactuar com a violência sobre ninguém em nenhum momento nem com criminosos.

Contudo dito isto, eu não condeno a atitude do benfiquista que deu um sorriso novo ao sacana que se entreteve a espoliar o Benfica nos últimos anos. Na minha opinião foi um desmiolado que nem sequer pensou nas consequências deste acto para o seu futuro e muito provavelmente será alguém com outros problemas na sua vida que estourou para um lado.

Quanto aos árbitros portugueses só têm uma atitude a tomar: demonstrar a todos os benfiquistas que esta foi uma agressão completamente injustificada e isso só pode ser conseguido fazendo arbitragens imparciais nos jogos do Benfica. Se não sabem discernir actos isolados e prejudicam o clube por causa disto então vão dar razão ás acções deste desesperado e habilitam-se a que outro lhes dê um sorriso novo.

A vida está difícil para todos, as pessoas estão sob muito maior pressão e com muito menos tolerância para o que quer que percebam como injustiças. Em momentos destes qualquer situação injusta pode desencadear reacções violentas e desproporcionadas. Seja um protesto pacífico contra uma má acção policial como em Londres, seja roubos escandalosos em jogos de futebol constatemente contra o mesmo clube. Por isso exige-se RESPEITO e ISENÇÃO mais do que nunca.

Uma palavra final para a justiça portuguesa: quero ver qual vai ser a pena aplicada ao agressor em relação a casos de agressão semelhantes. Fico á espera de ver se o agressor vai ser punido por agredir um cidadão (o que em Portugal não leva a muito) ou se vai ser punido por agredir um árbitro.

Sugestão de grande reforço para o Benfica

 ●  19 comentários  ● 
Tenho seguido atentamente alguns jogos nesta pre-temporada entre amigáveis e competições oficiais e «descobri» um jogador fantástico que bem que o Benfica podia tentá-lo para o lugar de Cardozo se este sair.

Trata-se de um avançado jovem de apenas 20 anos, com grande capacidade física mas também mobilidade. Dotado de uma excelente técnica individual capaz de sair no um para um com os defesas. Não se escusa a vir buscar jogo e participar no desenho das jogadas ofensivas através de uma excelente capacidade de passe. Detentor de um remate potente e colocado, que faz dele um ponta-de-lança muito concretizador, assim seja bem servido.

Tacticamente, parece-me ter velocidade, mobilidade e capacidade de finalização para jogar em 4-3-3 ou em 4-4-2.

Pela descrição o que acharam? Interessante, não?
Agora mantenham esse interesse mesmo sabendo que se trata de Nélson Oliveira - um português, formado no SLBenfica.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A agressão a Pedro Proença

 ●  10 comentários  ● 
Pedro Proença é árbitro desde 1988/1989, sendo árbitro de primeira Liga desde 1998 e internacional desde 2003. Como podem ver na imagem do lado, Proença já faz das suas há treze anos, por isso eu acho que Proença se pode dar por muito feliz por só ao fim de treze anos a "espalhar magia" pelos relvados portugueses é que alguém lhe passou a "mão pelo pêlo", ou melhor "a cabeça pelo pêlo".

Quanto ao agressor, eu assumo sem problemas nenhuns que é Benfiquista. Digo Benfiquista não só por termos razões de queixa desta besta mas por exclusão de partes, senão vejamos:

- Não creio que seja do Guimarães porque encontrar um adepto do Guimarães em Lisboa, no Colombo, no mesmo dia que Proença andava por lá é a mesma coisa que encontrar um agulha num palheiro logo á primeira;

- Dos corruptos também não pode ser porque os adeptos corruptos são cobardes e por isso fazem estas coisas encapuçados ou em grupos, além de que se o agressor foi identificado e detido, logo nunca poderia ser adepto dos corruptos porque estes são inimputáveis.

- Do LOL de Portugal é impossível ser porque estes não contam para nada há uns bons anos.

- Portanto, pelas exclusões de parte, o agressor tem tudo para ser do Benfica. Confrontou o árbitro cara a cara, agrediu, foi identificado e detido, tudo coisas que só fazem a adeptos do Benfica.

Pessoalmente, lamento a agressão porque ao mesmo tempo lamento o estado em que se encontra o país e o futebol, onde a lei é só para alguns e que os corruptos se passeiem impunemente por este país e alguns até sejam recebidos com pompa e circunstância na Assembleia da Republica. Os grandes culpados de termos chegado a este ponto são, principalmente, dos dirigentes desportivos, TODOS eles!!! Outros dos responsáveis é a justiça portuguesa e a justiça desportiva, sim, porque aquilo do Apito Dourado soube a pouco com o Boavista a ser o bode expiatório de forma a safar os corruptos da descida de divisão.

Meu caro Proença, se queres uns dentes novos a coisa é simples, vai aquela casa iluminada na Madalena, onde certamente já foste muito bem recebido com direito a "fruta da época" bem fresquinha, acabadinha de sair das famosas arcas do Reinaldo, fala com o "conselheiro matrimonial" que ele dá-te um "envelope vazio com 2.500€ lá dentro" para ires ao dentista. Se ele pagou os dentes do emplastro, certamente que pagará os teus ainda para mais depois de tantos e tantos jogos ganhos á tua custa.

Jesus, queres ajuda?

 ●  10 comentários  ● 
Será que o Jesus precisa de um desenho para perceber que o Capdevila não só deve integrar toda e qualquer convocatória como é um jogador com uma experiência internacional importantíssima para a nossa defesa?

Tem um problema com estrangeiros? Escolha o Bruno César ou o Matic para os seus devaneios e deixe lá o Cap mostrar porque foi o titular da selecção campeã do Mundo e da Europa.

É ter o David Simão para ocupar o espaço de Aimar ou Gaitan em caso de necessidade e deixar o Bruno César em casa... O Cap é que não.

PS - Agressão a Pedro Proença por um adepto do Benfica? Sou gajo para apostar 100€ que alguém que fez o que fez e onde fez e da forma como fez (identificando-se como benfiquista) teve claro objectivo de deixar o Benfica conotado com isto para mais tarde poder ser usado contra nós. Para não variar isto tem dedo dos corruptos, na minha opinião.

A importância de entrar a ganhar

 ●  2 comentários  ● 
Tendo em conta que o campeonato começa esta 6ª-feira com um Gil Vicente-Benfica é essencial salientar que o campeonato português costuma ficar definido nas primeiras jornadas!
Nos últimos anos, tirando uma ou outra excepção (como o Benfica de Quique Flores) normalmente quem se encontra em primeiro lugar ao fim das primeiras 7 ou 8 jornadas é campeão. E quem não acredita nisto basta ir ver a lista de líderes por essa altura e o campeão no final da época.
Com a diminuição do número de clubes na primeira Liga, o número de jornadas desceu para 30 o que leva a que quem ganhe uma vantagem decisiva nas jornadas iniciais muito dificilmente a perderá.

Por isso torna-se essencial para qualquer clube com aspirações ao campeonato entrar bem no campeonato.
Comparemos os adversários de Benfica, Porto e Sporting nas primeiras seis jornadas do campeonato:
Benfica:
Gil-Vicente (fora)
Feirense (casa)

Nacional (fora)
Vitória de Guimarães (casa)
Académica (casa)
Corruptos (fora)
Paços de Ferreira (casa)
Beira-Mar (fora)

Porto:
VSC (fora)

Gil Vicente (casa)

Leiria (fora)
Setúbal (casa)
Feirense (fora)
Benfica (casa)
Académica (fora)
Nacional (fora)

Sporting: 
Olhanense (casa)
Beira-Mar (fora)
Marítimo (casa)
Paços de Ferreira (fora)
Rio Ave (fora)
Setúbal (casa)
VSC (fora)
Gil Vicente (casa)

Olhando aos vários calendários constatamos que o Porto tem o calendário mais acessível nas primeiras jornadas até ao jogo com o Benfica que será em casa. Tem uma deslocação complicada a Guimarães logo na primeira jornada mas depois não tem que fazer deslocações longas (excluindo até Leiria) e, tirando o Guimarães, todos os clubes que vai enfrentar são macios - os dois clubes que subiram de divisão na época passada, o satélite Setúbal e os amigos de Leiria. Posteriormente jogará com o Benfica em casa, no clássico que ganhou 18 vezes nos últimos 20 anos para o campeonato.

O Sporting tem um começo de campeonato relativamente acessível pois não tem derbies e os únicos jogos complicados são com o Paços na 4ª jornada e com o Guimarães na 7ª fora de casa. Contudo como os lagartos andam a atravessar uma fase patética pode ser que escorreguem em mais algum campo.

Quanto ao que nos interessa, o nosso Benfica começa com dois jogos acessíveis: uma deslocação ao Minho benfiquista a abrir e a recepção ao Feirense. Contudo depois tem três jogos contra 3 adversários complicados e contra os quais perdeu pontos na época passada: Nacional, Guimarães e Académica.
De seguida terá o jogo mais difícil e para o qual todos os membros da estrutura encarnada deverão estar mentalizados que não será mais um jogo de futebol mas sim uma batalha.
Claramente o Benfica tem o calendário inicial mais complicado dos três grandes jogando contra 4 adversários difíceis nas primeiras 6 jornadas.

Como tal a preparação da equipa para estes jogos tem que ser bem feita:
- Não se pode inventar a nível táctico ou no onze inicial para estes jogos devendo entrar sempre os melhores jogadores e os mais rotinados em campo,
- É necessário mentalizar a equipa para a importância que estes jogos têm para a definição do campeonato e não deixar que se dispersem com Ligas dos Campeões ou possíveis transferências,
- Avisar os jogadores de que terão que jogar o dobro para compensar as arbitragens caseiras que são costume nos nossos jogos.

Além disso Jesus não pode inventar e a Direcção tem que fazer o seu trabalho. Será nestas jornadas iniciais que se verificará se a contratação de Carraça se revelou acertada e se este dirigente conseguirá impedir que os árbitros roubem o Benfica. Será também necessário encostar o Vítor Pereira á parede para que as nomeações escandalosas do começo da época passada não se repitam.

Acho que o Benfica esta época tem um plantel tão bom como o de á dois anos com o qual fomos campeões mas isso não bastará para o Benfica ser campeão. Também será necessário prevenir manobras de bastidores que acontecem todos os anos e prejudicam o Benfica e o treinador terá que tirar todo o potencial dos jogadores.
Estou optimista? SIM!

P.S.- Não tenha pena nenhuma desta besta ter perdido os dentes. Quem é que atura ladrões á porta de casa??

Mesmo na boca!

 ●  9 comentários  ● 
Pedro Proença, insígne árbitro, levou, literalmente, na boca! É baixo, muito baixo! Para tornar a coisa ainda mais vil, isto sucedeu em Lisboa, capital do país e, sobretudo, a pouca distância do Estádio da Luz! Curiosamente, Proença apitou a Supertaça...

Era só isto! Não quero incendiar e acusar sem provas...

Coisas que não podem ficar em branco!

 ●  11 comentários  ● 
- A problema efectiva de termos mesmo menos troféus que o CRAC! E para os que dão pouca importância a isto, dizendo que mais de metade foi roubado só demonstra falta de exigência! Se foram roubados, temos de impedir que eles roubem! Custe o que custar! O Benfica sempre foi feito de luta e suor e não de resignação! A nossa raça é homens viris de dentes cerrados, em campo e fora dele! Vamos renegar isso!?

- A importância dada às novas coqueluches da selecção! Quim e Nuno Gomes que nada fizeram a mais, foram chamados! Ambos venderam-se à escória do futebol, renegando o clube que fez deles alguém! E declará-los inimigos quando forem à Luz! E que os nossos jogadores, sem entrarem no confronto físico, lhes dêem cabo do juízo os 90 minutos!

- As lérias produzidas pelos jornais! Respondendo com comunicados e entrevistas carregadas de ácido, demonstrando a estupidez permanente da CS, ao publicitar os tais 80 milhões por Hulk ou a enxurrada de jogadores que interessam ao SLB!

FIGHTING FIRE WITH FIRE!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Em defesa de Roberto IV

 ●  16 comentários  ● 
Portugal, 8 de Agosto de 2011

Talvez este assunto não seja o mais adequado para se escrever no dia de hoje, mas mantenho-me fiel a princípios de ética que gostaria de ver reflectidos na gestão do Benfica e no sentir benfiquista, princípios que passam por sermos “grandes” para com os que num determinado contexto são “pequenos”.
Se leram o último texto, perceberam que nos dias que mediaram entre o dia 11 de Julho, dia do jogo com o Sion e o dia 17 de Julho, já depois do jogo com o Aris (vitória por 4-1) foram lançadas as “sementes” que originaram a “enorme vegetação” que ocultou todo o talento e potencialidades de Roberto. Quais? “Frango à espanhola”, “ofereceu a vitória ao adversário”, “adeptos assobiam Roberto”, “solução ou problema”, “de reforço mais caro a problema”, “as culpas da derrota recaem em Roberto”, “como é que o Benfica decidiu pagar 8,5 milhões por Roberto”, “Roberto terá sempre sobre si o cutelo dos 8,5 milhões que custou”, “nasceu a dúvida em torno de Roberto”, “Roberto neste momento é um problema”, etc., etc. Ou seja com “Roberto isto”, “Roberto aquilo”, quem pode ficar imune ao tema de discussão cuidadosamente lançado pela comunicação social e que durou toda a época?
Justificava-se esse metralhar de opiniões ignorantes e deselegantes contra um jovem de 24 anos, acabado de chegar ao Benfica, que em 3 jogos nos tinha ajudado a vencer 2 com uma defesa remendada? Acho que não.
Se os que lerem estas linhas estiveram atentos aos jogos do último fim-de-semana, viram que Neurer (custou 20 milhões) esteve no golo que derrotou o Bayern de Munique indo quase ao limite da grande área socar uma bola, em falso, pois acabou embrulhado com o defesa e a bola sobrou para o avançado que fez golo. Fez-me lembrar o 3º golo do Lyon na Luz que terminou a nossa vitória por 4-3, mas se por cá, no dia seguinte lá estava a cantilena “Roberto voltou a errar” na Alemanha tenho dúvidas que apareça algum Avelãs a escrever um texto com o título “Neuer: problema ou solução”.
Mas mais. Se estiveram atentos ao jogo entre os dois clubes de Manchester, viram que o 1º golo do City é um golo que nasce de um cruzamento para o limite da pequena área, De Gea (18 milhões) não se fez ao lance e o avançado cabeceou para o golo. Fez-me lembrar o 1º golo em casa com a Académica e o golo do SCP no jogo da Taça da Liga, em que Roberto tentou socar a bola, mesmo partindo de posição desvantajosa. Nesse aspecto De Gea foi mais “inteligente”, ficando entre os postes. Assim ninguém em Inglaterra vai escrever barbaridades intituladas “De Gea e o Pecado das Saídas” como por cá escreveram entre outros no JOGO em 20 de Julho (por Marco Gonçalves)! Apenas 9 dias depois da derrota 1-2 com Sion e empate 3-3 com Groninggem, jogos amigáveis onde a linha defensiva foi sujeita a várias experiências de que resultaram falhas de comunicação entre Roberto e colegas da defesa!
Ou seja, estes dois guarda-redes muito mais caros do que Roberto, sofreram golos iguais aos que Roberto sofreu numa fase de adaptação a um clube maior, a uma massa adepta mais exigente, a uma comunicação social “assassina”, a dirigentes fracos e sem visão de futebol. E é esta parte que também me interessa focar: alguns dirigentes do Benfica foram solidários com as decisões da Direcção, mas em privado contestaram as qualidades de Roberto, alimentando assim a fogueira da intolerância da comunicação social.

O já mencionado Bernardo Ribeiro em 18 de Julho (!) afirmava que “o guarda-redes que os encarnados foram buscar a Madrid por uma fortuna ainda não dá pontos e neste momento é um problema. Com resolução, sim, mas um problema. E os dirigentes benfiquistas não o escondem nas conversas que mantêm fora dos balneários.”

Esta é outra componente do problema Roberto: há dirigentes do Benfica, estes ou outros, que há anos ostentam a sua ignorância futebolística em conversas com jornalistas predadores. Ou seja, as notícias e opiniões anti-Benfica que saem regularmente na comunicação social com intuito desestabilizador dos jogadores e adeptos do Benfica, têm por vezes apoio no interior do Benfica. Há uns anos, creio que em 1995, Artur Jorge disse que “o Benfica é um circo”.

Desde essa altura até ao presente, pouco mudou neste particular aspecto.
 (CONTINUA)

E isso me enraivece!

 ●  30 comentários  ● 
A mim, sim! Ver aqueles corruptos de azul a festejar! E agora não há matemática que nos valha, os FDP estão mesmo à nossa frente! Quando abriremos os olhos para esta realidade e vamos responder à altura? Quando bastará de "falinhas mansas"? Quando chegará de desculpas que é a corrupção e nada se faz? Quando iremos reagir à bruta em relação a isto tudo?


Sinto-me insultado com esta realidade! E vocês? De, durante o nosso tempo de vida, vermos o SLB a ser ultrapassado pelo FCP, algo que era impensável há 10 anos atrás! Digam-me: quantos de vocês colocaram a hipótese efectiva de o CRAC nos ultrapassar? Poucos! Muito poucos! Há corrupção? Há sim! Incompetência no SLB? Também! Há 20 anos que somos geridos com pouca competência! Ou se quisermos com pouco músculo! E hoje, aqui estamos! Em 2º lugar! E não vejo grande enfoque nisso pela net... Não vos enraivece? Bem sei que muitos vão dirigir a raiva a mim! Pois que o façam. É disso que o CRAC gosta! E já sei que eles também gostam de anti-benfiquistas como eu, que não revejo em LFV! Claro que gostam! Mas aposto que os adeptos do CRAC ainda gostam mais de LFV!




PS: só para focar os 3 golos do Miguel Rosa em detrimento dos 6 milhões gastos com o Bruno César! Não que o brasileiro seja mau, que não é! É bom! Mas seria necessário? Pois...

domingo, 7 de agosto de 2011

Só para ficar registado

 ●  11 comentários  ● 
Belenenses 5 - 3 Leixões: hat-trick de Miguel Rosa

Roberto e... Moutinho

 ●  10 comentários  ● 
Muito se falou na compra e venda de Roberto. Mas mais ou menos quando chegou Roberto, o FCPorto anunciava a contratação de João Moutinho ao SportingCP por 11M€, precisamente o mesmo jogador por quem o SportingCP recusara 15M€ do Everton - proposta que mais tarde chegaria aos 18M€.

Após essa aquisição, num processo recorrente no FCPorto e que Luis Filipe Vieira criticou na entrevista ao Expresso, o clube corrupto vendeu 37,5% do passe de Moutinho por 4,15M€ a um fundo identificado como Mamers B.V. - para conhecer esta empresa e porque aqui aparecem, é só ler este texto no Antitripa.

Ora, menos de um ano depois, o FCPorto anunciou ter “readquirido por quatro milhões de euros 22,5 por cento dos direitos económicos do jogador João Moutinho ao Soccer Invest Fund – Fundo Especial de Investimento Mobiliário Fechado, o qual é gerido e representado pela MNF GESTÃO DE ACTIVOS – SGFIM, SA”

No mesmo dia, antes desta operação, e segundo o mesmo comunicado A MNF é o fundo “ao qual a Mamers B.V. cedeu a sua posição contratual relativamente aos direitos económicos que detinha sobre este atleta”. Essa entidade pagou 4,125M€ por 37,5%, recebeu sensivelmente o mesmo (4M€) e ainda fica com 15% do passe de Moutinho para lucrar numa futura venda.

Só a mim é que este tipo de operações cheiram a esturro por todo o lado, com muita gente a enriquecer à custa destas operações obscuras, tipicamente em paraísos fiscais? E à CMVM? Isto não faz nenhuma confusão? E ao Sporting... que tem a haver 25% da mais valia gerada? (atenção: 25% do valor da diferença entre o valor de venda e o custo (11M€).

O Tópico da vossa azia

 ●  15 comentários  ● 
O benfiquismo, infelizmente, tornou-se isto mesmo: Atitudes de extremos! Hoje em dia tudo se esquece rapidamente quando a bola entra, tudo se perdoa a caminho do Marquês ou na apresentação de um novo jogador. Mas por oposição, desafiar seja o que for já nem é só sinal de antibenfiquismo, como agora até já se chama a isso... portismo. Enfim, parvoíces.

E porque este tópico vai entar ser o "Tópico da Vossa Azia"? Simples... porque uns vão ficar "aziados" pelo que vou elogiar e outros vão ficar "aziados" simplesmente porque não vão ter onde destilar veneno. Vamos a isso:

A ENTREVISTA DE LUIS FILIPE VIEIRA AO EXPRESSO

Considero ter sido, possivelmente, não sei se das melhores entrevistas de Luis Filipe Vieira, mas seguramente daquelas em que mais em revi nas palavras do Presidente.

O primeiro factor de destaque é o de, talvez pela primeira vez, se ter evitado o confronto de palavras com o FCPorto através de uma frase fantástica: "Quando há uma obsessão grande de falar dos outros, é porque não somos grandes. Isso não é um problema nosso". Lapidar!

Contudo, esse "chega pra lá" no FCPorto não significa que Luis Filipe Vieira tenha colocado de parte o Sistema Corrupto. Antes pelo contrário, deixou bem clara intervenção que isso tem na hegemonia do FCPorto nos últimos anos, reforçando que há corrupção, que foi evidente e nunca negada... mas sim negada a possibilidade de utilização das provas. Neste tema, só continua a pegar pela falta de "ligação" de Fernando Gomes e Joaquim Oliveira a esse sistema, reservando-lhes novamente elogios.

Sobre o SLBenfica, ainda que em breves linhas, a nota forte vai para os direitos televisivos. Reforça que o tema está a ser negociado e que quem disse que ele merecia uma estátua se fizer um contrato de 40M€, pode começar a preparar a obra. Pois! Eu não disse que merecia uma estátua, mas disse e repito que é mais que suficiente para (voltar a) merecer o meu voto nas eleições de Outubro - todos sabem que nunca acreditei no "pontapé" em Oliveira e nos 40M€/ano.

Em matéria de receitas, chamou ainda a atenção para a renegociação de outros contratos brevemente: Portugal Telecom (6M€/ano) e Coca-cola (2M€/ano) renovam em 2011 e Adidas (4M€/ano) em 2013 tal como os Direitos Televisivos (7,5M€). Sagres só termina em 2021 (3M€/ano)

Pelo caminho "desvalorizou" méritos de José Veiga, recusando-se a personalizar no ex-dirigente e preferindo colectivizar. Deixou claro que Quique Flores foi um "erro de casting" com o qual não se identificou e que por isso Jorge Jesus chegou um ano atrasado.

Explicou que por vezes há negócios que não se podem explicar, dado que alguns não têm aquele objectivo, mas sim outros maiores, como quando teve que adquirir um jogador para poder trazer outro que renderia milhões [NDR: Andréz Dias e DiMaria?] ou adquirir um jogador para poder ficar com a totalidade do passe de um jogador [NDR: Coentrão?].

Ainda sobre jogadores, uma nota que evidencia um grande/enorme evolução no SLBenfica: "Alguns jogadores vão ter que ganhar experiência em sucursais. Quando estiverem prontos, regressam". Uma frase muito importante! Ainda que o termo utilizado seja infeliz, o SLBenfica, segundo depreendo desta frase, está a começar a rodear-se de clubes que se disponibilizam para receber esses jogadores que necessitam de ganhar experiência, retirando daí proveito desportivo.

Na primeira liga rapidamente vemos a U.Leiria (André Almeida, Elvis e Shaffer) e o Paços Ferreira (Melgarejo) como dois clubes de meio da tabela com grande interesse para este tipo de "movimentos". Ao mesmo tempo que o Atlético (Leandro Pimenta e Coelho) e Belenenses (Leon Kanu e Miguel Rosa) podem representar o mesmo na segunda liga. Interessantíssimo...

Este tipo de "novidades" aparece na conformidade com a reorganização da SAD que, se tudo correr bem, faz todo o sentido conforme é apresentada: António Carraça é o operacional do terreno; Rui Costa é mais "dirigente" e responsável pela gestão de activos e contratações; e Manuel Sérgio para desenvolver certas capacidades e competências da equipa de gestão. Gosto, faz sentido (mesmo que possamos não gostar da escolha das pessoas)!

Em matéria de jogadores, assumiu que teve Moutinho oferecido ao SLBenfica, como há muito já tinha sido comentado no NGB, mas que não ficou confiante com a "negociata". Apontou Luisão, Javi e Aimar como referências que são para permanecer no SLBenfica.

Ainda sobre a SAD, Luis Filipe Vieira assume que há um incomodativo problema de controlo da informação. Assume, assim, que é doloroso ter cinco pessoas numa reunião e no dia a seguir aparecer o assunto (jogadores, por exemplo) nos jornais. Como tenho vindo a defender, não há que ter vergonha de assumir as fragilidades, desde que se mostre nisso um empenho total em corrigir. Foi o que fez o Presidente agora, ao contrário do que tinha feito - na minha opinião mal - quando apontaram o dedo ao Jorge Batista.

Na sua postura comunicativa, Luis Filipe Vieira reconhece que evoluiu muito e atribui muito mérito dessa evolução a João Gabriel.

Relativamente aos organismos da Liga, atribui a Fernando Gomes a iniciativa de dinamizar o "negócio futebol", ao mesmo tempo que reforça que ter os jogos do SLBenfica à tarde é um promessa que fez ao seu Pai e que tenciona cumprir - possivelmente só com o novo contrato de direitos televisivos, digo eu!

O ponto menos forte desta entrevista foi a crença nos organismos de justiça da Liga e na própria Liga, preferindo apontar o dedo aos regulamentos que permitem a esses organismos "lavar as mãos" em algumas decisões. Este é ponto menos forte, mas talvez seja também a única forma possível de olhar a esta questão, como aliás eu já aqui escrevi várias vezes e devo manter a coerência: "Não é com vinagre que se matam moscas". Percebo que acicatar esses organismos era, possivelmente pedir para sermos "bodes expiatórios" logo a seguir. Assim sendo, é hora de começarmos a pensar em propor uma profunda revisão dos regulamentos.

Por fim, acerca de Hermínio Loureiro - candidato à FPF apoiado pelo SportingCP - assume ser um dirigente que não devia ter saído da Liga, tal como Ricardo Costa que afirmou ter sido uma opção de Fernando Gomes. Fez bem ao elogiar, porque na minha opinião, Hermínio Loureiro e Fernando Seara, possivelmente, arrumam com qualquer ambição (aprovados os novos estatutos) de o Sistema Corrupto conseguir eleger um candidato.

A ENTREVISTA PODE SER LIDA AQUI

Witsel

 ●  1 comentário  ● 
E pronto acabaram os testes, os amigáveis agora e tudo a doer. Sexta feira ja começam as coisas a sério, os anti jogo do futebol português as entradas duras para intimidar, os autocarros em frente a baliza e as outras artimanhas que todos nos sabemos. Mas hoje venho aqui para falar de Axel Witsel . Depois do jogo de apresentação sai de la a dizer que ainda não tinha visto nada deste jogador , agora passado 3 jogos tenho a dizer que vi tudo! Excelente.
Tanto a defender como atacar e um jogador fora de serie , consegue dar músculo a defesa e dar técnica ao ataque, faz me lembro outro jogador que eu admiro muito o tiago, mas este e muito melhor!
Agora partir de sexta feira acabaram as divisões o luis filipe vieira e o melhor do mundo , Rui Costa maravilhoso , Carraça espetacular, J J o homem dos milagres, os 26 que ele escolher os melhores do mundo . La vamos nos em caravana para Barcelos em busca da primeira vitoria rumo ao titulo.

MOSTRA A TUA RAÇA O QUERER E A AMBIÇAO NOS SO QUEREMOS UM BENFICA CAMPEAO ....

benficasempre

ranking