O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Filipe Augusto:

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Sem merda a gravitar à volta do futebol esta escória não sobrevive

Avatar
 ●  + 35 comentários  ● 
Uma coisa é certa: Aqueles que tiveram a ilusão de que o vídeo-árbitro ia trazer a verdade ao futebol e a pacificação no desporto, já se desiludiram há muito. O vídeo árbitro não vai trazer pacificação nenhuma, vai apenas passar a ser o (novo) foco da discussão.

E esta é uma ideia que tem de se passar desde logo, a de que a pacificação no futebol não se resolve com vídeos-árbitros, e só vai existir quando os agentes desportivos tiverem eles próprios a intenção de pacificar.

Ora, não têm, a perceber logo por esta moda nova dos Diretores de Comunicação, que na verdade mais não são do que “Paineleiros” que abundam pelos programas de “debate desportivo”, mas que são “Paineleiros” com mais poder. Ou seja, são por assim dizer os chefes dos “Paineleiros” todos de cada clube, quase sempre os mais arruaceiros e dando o mote às campanhas que se devem seguir.

E como não têm nem nunca tiveram essa ideia de pacificação, o vídeo-árbitro é apenas e só o novo foco de discussão, e se não for o vídeo-árbitro é garantido que se arranja outro. Sem merda a gravitar à volta do futebol esta escória não sobrevive.

Sobre o vídeo-árbitro já aqui fiz a minha previsão há muito tempo: de que ia trazer mais problemas do que benefícios. Não vou repetir tudo o que já disse mas queria apenas passar três ideias:

     1. Como o Shadows diz e bem, até agora o vídeo-árbitro só serve para proteger o árbitro. 90% dos lances em análise num jogo de futebol são discutíveis, e nestes o VAR não mexe. O critério do árbitro prevalece (quase) sempre.

     2. A lógica diz que daqui em diante, o fiscal de linha só assinalará foras de jogo escandalosos. Tudo o que seja ali metro atrás ou metro à frente, nada como deixar seguir, e se houver fora de jogo o VAR logo anulará a jogada. Na prática, nem seria preciso Fiscal De Linha no campo. Bastaria ao VAR comunicar os foras de jogo ao árbitro da partida.

     3. Um dos problemas que os programas de Tele-Lixo desportivo trouxeram ao futebol foi que criaram os penalties de televisão, penalties esses que antes da televisão passavam despercebidos ou simplesmente não se marcavam, e com a TV em slow motion dão conversa para duas semanas. Ora, o VAR representa a entrada numa uma nova era, a dos penalties de vídeo-árbitro.

Ora, sobre o ponto 3 dou um exemplo: No último Guimarães X Sporting, há um empurrão num pontapé de canto de Bas Dost ao avançado do Guimarães na área do Sporting que o VAR analisou. Para mim é penalty? A resposta é não, não é. Mas para mim, aos olhos do vídeo-árbitro não há-de ser penalty porquê? Há ou não há empurrão? Há ou não há tentativa de tirar o jogador do Guimarães da jogada? Para mim há.

Mas este é um exemplo em que vai ser preciso muito mas muito cuidado com o caminho que o VAR seguir, porque até agora é tudo novo, e o que se está a assistir está a ser arquivado pelos Paineleiros dos clubes, e brevemente vai ser tudo trazido à luz do dia para ser confrontado com qualquer lance semelhante que aconteça num outro jogo, e onde o vídeo-árbitro decidir... marcar penalty. 

Ora, se o penalty sobre Jardel contra o Braga não foi e o de Bas Dost também não, nenhum lance parecido daqui em diante pode ser. Qualquer treinador pode pedir aos seus jogadores para agarrar. E quando for penalty vai dar merda da grossa, claro está, e todos se vão questionar: Vídeo-Árbitro para quê? 

Para finalizar, Eliseu deveria ter sido expulso contra o Belenenses? Para mim sim, inquestionavelmente. Aquele lance, e quem já jogou à bola sabe (e eu joguei embora não tenha sido no Damaiense), aquele tipo de lances são para marcar território e ali o Eliseu excedeu-se um bocadinho.

Podia ter evitado o contacto, eu sei que tirou o pé sem “amassar” muito, mas a verdade é que amassou e podia ter aleijado o jogador do Belenenses seriamente.

Quem se lembra do que nem há uma semana atrás aqui escrevi sobre Eliseu, mantenho. Aprecio Eliseu, acho que para o campeonato português onde se joga rasgadinho e sempre ao ataque serve, eu gosto de jogadores raçudos que não se intimidam e que jogam sempre ali nos limites da legalidade mas, a outro nível, a um nível de Champions League onde é posto à prova defensivamente vinte vezes num jogo, o Eliseu vê um amarelo aos 10 minutos e a partir daí vai ser sempre a sofrer.

Ora, isto é o que eu diria se fosse um jogador do Sporting ou do Porto a ter aquela entrada, e para Eliseu digo o mesmo: Deveria ter sido expulso.

Discussão completamente diferente é quando se entra na questão de se para o Eliseu ser expulso o Maxi também tem de ser e não foi, e se para o Maxi ser, o Slimani deveria ter apanhado 20 jogos pela cotovelada sobre o Samaris, etc,etc. Isso já é conversa para paineleiro desportivo, cada um nas suas campanhas, onde sinceramente não creio que haja inocentes, por muito que isso custe a alguns.

Hoje mesmo Fábio Coentrão desmentiu Pedro Guerra, dizendo que nunca chumbou em nenhuns exames médicos. Ora, o que Pedro Guerra disse no Prolongamento foi que o Benfica recusou Fábio Coentrão (dando a entender que nos foi oferecido), e que o Benfica não quis porque clinicamente está “acabado”.

Ora isto, A SER VERDADE, é grave, independentemente de ser o Benfica ou outro clube qualquer a dizê-lo. Isto põe em causa a honra e a dignidade de qualquer CIDADÃO. E se é mentira não se deveria dizer ou insinuar, é a minha opinião.

Este é um caso em que gostava de saber realmente se Fábio Coentrão chumbou nos exames médicos ou não, para que eu saiba em quem confiar.

E esta é pois a questão, confiar em quem numa altura em que vale tudo e cada um diz literalmente o que quer, em que se inventa tudo e mais alguma coisa e toda a gente passa impune sem necessidade de provar o quer que seja?


A escolha é simples: Ou papar esta lenga lenga toda porque a gente gosta é deste tipo de novelas e de ver todos à chapada, ou então é desligar TVs, jornais e blogs, desfrutar apenas dos jogos ao fim de semana, e tentar acreditar no fim, que ainda existe alguma verdade no meio daquilo tudo.

35 comentários blogger

  1. És grande! Não partilho da tua opinião sobre o VAR mas em todo o restante artigo, roçaste a perfeição. Um abraço e saudações leoninas ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ouvi dizer que o pavilhão construído com dinheiro roubado..puff.

      2 meses depois da inauguração e nada?? lol

      Beijinhos à prima..

      Eliminar
    2. Foi construído com dinheiro roubado à Doyen e ainda não lhe pagaram. Ainda não pagam ao Braga e ainda não pagaram ao empreiteiro que fez o pavilhão.
      O suspense começa a aumentar juntamente com as dívidas que acumulam.

      Eliminar
    3. E a mulher
      e a filha do bardamerdas
      a viajarem com a equipa para a Romenia

      aquilo parece a Coreia

      Quanto ao pavilhao
      será que falta pagar ao empreiteiro???

      Ao empreiteiro
      ao braga

      etc etc

      em dia devem estar pagos os serviços do ex-talhante

      eheheheh

      Eliminar
  2. É verdade! A repugnante estratégia que o Sporting e Porto estão a seguir vai acabar com o futebol. Em vez de se decidirem os jogos e títulos com golos passam a decidir-se com faltas em simples contactos, cartões, expulsoes, em jogos de 10 contra 11, intervenções de VA e comissões de disciplina controlados por eles tudo isto apoiado pelo coro dos comentadores falsamente independentes e ex arbitros incompetentes e parciais como sempre foram todos fazendo diariamente pressão sobre as instâncias federativas e sobre os arbitros .
    Já enjoa ver os idiotas do costume pedirem falta e penalty a cada contacto visto á lupa e em câmara lenta. Assim que detectam que houve um toque logo gritam penalty: claro que só quando as suas equipas são teoricamente prejudicadas.

    ResponderEliminar
  3. Não percebo este velhismo do restelo em relação ao VA.

    Nunca ninguém disse que vinha salvar o mundo dos males. É um pequeno passo na direção certa.

    Mas alguém é capaz de argumentar que mais transparência é pior para o futebol?

    Em relação aos outros 3 pontos:

    1. É mau que o árbitro seja protegido (de ter que tomar decisões que podem decidir um resultado por instinto, com pouca informação, sem ter a oportunidade de ver as coisas com frieza)? É simplesmente aceitar que o erro é humano.

    2. E os fiscais passarem apenas a asssinar os foras de jogos óbvios, enquanto que o VA apanha o resto, também é mau? Desde que se acertem as decisões qual é o problema? E os árbitros de linha passarem a ser dispensáveis? Perfeito! Menos erro humano!

    No limite, o árbitro passa a ser um altifalante, mas tem que se equilibrar o tempo gasto a ver vídeo e a comunicar decisões triviais por isso será sempre preciso um árbitro no campo, digo eu.

    3. Calma lá. Então estamos a argumentar o "faz parte", que há de facto pénaltis que não deveriam ser marcados? Marquem-se todos! Todinhos! Cada canto um pénalti! Estabeleça-se um critério uniforme para todos. Se toda a gente souber o que espera...

    Só demorava uma jornada a deixar de haver tanto agarrão na área: resultado, menos jogo sujo.

    Ah, e também ajuda a eliminar os mergulhos para a piscina que são igualmente maus.

    Pensem positivo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alerta Vermelho23 agosto, 2017 00:53

      O problema, é que depois de termos o video árbitro de forma oficial, temos também o video árbitro do video árbitro, que são os saporcos, a analisar os lances depois, e a fazerem peixarada, na lota, que é ao que a comunicação social se está a equiparar! Surrealista, par não dizer esquizofrénico!

      Eliminar
    2. Os belgas e os alemães já deixaram cair o verdeóárbitro ao fim de duas jornadas

      Eliminar
    3. Anónimo, o que houve na Alemanha foram problemas técnicos, nada a ver com os méritos ou falta deles do VA:

      http://www.espnfc.com/german-bundesliga/story/3185138/video-assistant-referee-problems-were-unacceptable-says-german-league

      Sobre a Bélgica encontro pouco, mas o que parece ser a maior polémica é que houve um vídeo árbitro que não actuou quando devia (um pouco como a situação do Eliseu, se bem haja quem negue a evidência da agressão). Isso é uma questão de incompetência ou falta de isenção que, novamente, não me parece retirar mérito ao sistema.

      http://www.insideworldfootball.com/2017/08/16/video-ref-failures-draw-growing-number-critics-across-europes-test-leagues/

      As críticas não são ao VA, são à implementação e em qualquer mudança de paradigma estas coisas são frequentes.

      Eliminar
  4. O vídeo-bardamerda até agora só serviu para o zmerding não acabar já a época e não entrar na depressão do costume.

    O pior é que na roménia não há vídeo-corrupto e vão ser envergonhados mais uma vez pelo skendersteua.

    ResponderEliminar
  5. Obviamente a última das soluções

    Desligar tudo. Manter os blogs e newsBenfica

    Por cada minuto de antena que demos a esses escroques é uma migalha de pão na mesa deles

    Morram à fome ou comam a merda que dejectam todos os dias

    Luís Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alerta Vermelho23 agosto, 2017 00:54

      Gostei! Tão simples e tão eloquente!

      Eliminar
  6. Até agora os arbitros tem deixado passar os chamados "penaltis de televisão", exceptuado o lance do Das Bost. E pq é que o lance do Das Bost foi assinalado? Coação meus amigos. Coação funciona, por isso é que no regulamentos dá descida de divisão, coação que Porto e Sporting tem feito ininterruptamente nos ultimos anos. O Porto o ano passado passou de 7 para 1 ponto de atraso graças à coação deles. O Paixão marcou penalti pq senão marcasse sabia que ia ser uma peixaria nos meses seguintes... O Sporting do Brun é um puto no centro comercial ao berros que quer um gelado, a Liga, os arbitros, etc... são os pais que em vez dar-lhe um estalo vão a correr comprar-lhe um gelado para ele se calar.

    http://imgur.com/gERtAhb
    http://imgur.com/KKPRowe

    Coentrão tentativa de agressão, MAxi agressão, só se fala do Eliseu. Queriam que o video arbitro resolve-se o que? Se querem resolver o problema do futebol portugues é meter os lagartos e tripeiro em quartos almofadados e severamente medicados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O riporting queixou-se do Eliseu
      mas nao se queixou do Celis que
      atingiu o Coentrão
      nem se queixou do Maxi nem do Caceteiro Filipe

      eheheheh

      eles só se queixam do SLB

      VERDADE DESPORTIVA???????

      LÁ QUEREM ELES SABER DISSO

      ELES SO ATACAM O SLB
      COM A COBERTURA DO PROENÇA E DO FONTELAS
      DOIS LAGARTOES DESDE PEQUENINOS

      Eliminar
  7. Sou a favor do VA. Penso que ninguém espera que este acabe com todos os males do futebol.

    Em relação aos programas dos "paineleiros", sempre gostei de ver alguns (Dia seguinte e Trio de Ataque - antigo Jogo Falado). Sinceramente, o Dia Seguinte está a ficar parecido com as peixeiradas da CMTV, talvez pela chegada de um lagarto com experiência nessa área. Mete nojo conseguirem estar 15 minutos a discutir o mesmo lance...

    Sábado lá estaremos (37€). Acho o número feliz. Oxalá seja um bom presságio!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OS SAPOS PELOS NOMES

      O dia seguinte com o Sapo Branco bateu no fundo.

      A Sic Notícias e a Sic junto com o grupo IMPRESA estão na falência. Venderam-se aos Sapos e ao seu dinheiro sujo de Angola.

      A Sic Radical com aquele Sapo anormal e Arrogante do Pedro Boucherie Mendes não tem por onde se pegue.

      No Expresso, o Diretor Nuno Guerreiro Santos (amigo do Brunalgas) o Editor de desporto Pedro Candeias e o Vice-diretor Nicolau Santos com as suas crônicas anti Benfica.

      Para além de fanáticos e de um salário chorudo pago pelo Expresso, que ganham eles com isto?

      Durante anos foram simples jornalistas, na sombra. E de repente fazem capas de jornal e artigos onde o único objetté especular e atacar o Benfica....

      Transformaram um jornal de excelência num pasquim ao nível do Correio da Manhã

      Quem lê o correio da manhã é o povo e esse não tem 3 euros para comprar um jornal com escrituras de Saramago do tamanho de uma bíblia. Não o lê simplesmente. Nem sabem que Existe

      Restam a classe média alta. Mas esses estão a desistir (os Benfiquistas já desistiram) de comprar e ler o expresso

      Porque com avencados gananciosos que são o Pedro Santos Guerreiro, o Nicolau Santos e o Pedro Candeias, estão a destruir um jornal de referencia na democracia do país

      Tudo em nome do dinheiro que recebem por fora para fazerem o frete a Brunalgas e os investidores angolanos.

      O fundo parece não ter fim, mas quando o grito roubado faltar eles, os do expresso já vão estar tão fundo na lama que já não terão salvação.

      Os Sapos avencados esses irão para a rua como grandes FDP que são

      José Bento

      Eliminar
    2. A solução é boicotar todo o jornalixo anti-Benfica. Por exemplo, na televisão, quando começam a falar de dragartos, mudo logo de canal, sempre. Não vejo jogos de dragartos, não dou audiências a dragartos, não dou cliques a dragartos, em suma, não alimento dragartos. Se é para gastar dinheiro, há outras alternativas: ser sócio do Benfica; subscrever a B(enfica)TV; comprar o jornal O Benfica, a revista Mística (para não sócios), produtos do Benfica, etc. "Votem" com a carteira, só assim se muda alguma coisa.

      Eliminar
  8. Redmoon

    Um campeonato tem 306 jogos, suponhamos que sem VAR existe 150 erros graves entre lances por expulsar, penaltys por assinalar, golos mal invalidados por fora de jogo etc

    Com VAR esses lances irão sempre reduzir, para suponhamos 100 erros graves, porque deixará de haver golos em fora de jogo mal assinalados e haverá menos lances de penalty etc que irão passar a ser assinalados

    Portanto tu preferes que um campeonato tenha 150 Erros graves do que tenha apenas 100 erros graves?

    Até és uma pessoa ponderada, talvez a única a par do Benfica Eagle que é realmente ponderada neste blogue, e portanto não consigo perceber porque continuas contra a diminuição de erros no futebol

    Se o VAR já esta 100% operacional? claro que não esta, claro que há coisas para limar, mas isso só em competição e com o passar dos jogos pode ser aprimorado

    Faço-te uma pergunta, se és contra o VAR então também foste contra o Bayern Munique na passada Sexta-Feira ter tido um penalty bem assinalado a seu favor que o árbitro não assinalou e que o VAR viu e assinalou?

    Deixo-te outra pergunta, desde quando haver menos erros num jogo de futebol é mau para o futebol?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu aceito que o VAR irá resolver alguns lances no jogo. Daí eu dizer que trará mais contras do que benefícios. Ou seja, trará alguns benefícios que sao esses tais 150 lances de que falas.

      Os prejuízos serão os outros, aqueles que à luz do vídeo árbitro exigirão de aqui em diante um critério uniforme e não admitirão NUNCA que um lance como o de Bas Dost por exemplo em Guimarães alguma vez seja marcado penalty em jogo algum.

      Se antes o árbitro podia dizer que não viu, agora terá sempre de dizer que viu e que decidiu sempre da mesma maneira em lances semelhantes.

      Ora, isso como sabemos nunca irá acontecer, e é a isso que me refiro. Quando vier o critério diferente vira a suspeição de sempre mas agora a níveis ainda mais elevados.

      Mas como tudo o resto, aquilo que eu acho não é lei, e se estiver enganado não vem nenhum mal ao mundo por causa disso. Estamos sempre a aprender.

      Eliminar
    2. Fernando Manso23 agosto, 2017 15:44

      Depois há os Srs. Miguéis Silvas desta vida que, de forma sonsa, pensam que a maioria das pessoas são parvas, (ou então não se importam eles de fazerem-se passar por parvos... bem intencionados...!), com a história dos 150 lances mal ajuizados para apenas 100 mal ajuizados...Só que a questão que se coloca não é essa...é que nos 100 mal assinalados continuarão a estar, na maior parte das vezes, os que prejudicam o Benfica...! Ter em atenção que, até agora, o VA ainda não corrigiu nenhum erro, dos que prejudicaram o Benfica...

      Eliminar
  9. É assim mesmo RED. Escrever a verdade dos factos doa a quem doer.

    ResponderEliminar
  10. Acho que foi o melhor post que li neste blog. Muito bem.

    Quanto ao Pedro Guerra...que personagem deprimente, irritante...

    ResponderEliminar
  11. Faço.aqui um apelo deixem de ver o.record o jogo e.esses programas que querem destruír o Benfica. Sem audiência as receitas vao por aí abaixo , avisem os vossos amigos passem a palavra é assim sucessivamente.

    ResponderEliminar
  12. Redmoon,

    Tenho vindo a ler com muito interesse os teus últimos textos pois revelam extrema clareza de espírito mas sobretudo carácter quando se trata de assuntos que "beliscam" o Benfica. Tal como eu, olhas "para dentro" com serenidade para criticar sem que isso te faça menos benfiquista (essa moda tão comum - uma espécie de medidor de benfiquismo - instituída pelos ditadores de opinião que o Benfica de vieira criou), não caindo na facilidade de dizer "nós fazemos mas os outros também fazem". O meu posicionamento face aos assuntos parece aproximar-se muito do teu: "eu não me importo particularmente se os outros fazem: importa-me muito é que em minha casa não se faça. Porque só aí terei moral para apontar o dedo. E é nisto que a maioria dos adeptos tem vindo a mostrar o seu carácter e a revelar naquilo que se tornou: igual áquilo que sempre tanto criticou (quando as vitórias andavam noutras paragens).

    É neste contexto que comento duas ou três ideias tuas.

    “O critério do árbitro prevalece quase sempre”
    E tem de prevalecer. Tal como tu e eu podemos ter uma perspectiva completamente oposta de um determinado lance, também o árbitro o pode. Se a perspectiva do árbitro vai ao encontro do nosso interesse, isso já é um assunto completamente diferente. O árbitro deve ser quem manda no jogo e, normalmente, as chamadas coações são desculpas de mau perdedor. Se jogas mais e melhor à bola, estarás sempre mais perto de ganhar. Aliás, certas equipas de JJ demonstraram isso na perfeição.

    “foi que criaram os penaltys da televisão”
    O que os programas da TV criaram foi uma necessidade para “pessoas” que não sabem pensar pela sua própria cabeça nem ter auto-crítica. Mas alguma vez na vida, por exemplo, pedro guerra consegue induzir alguma opinião a alguém que não tenha um QI abaixo de 15? Pelo amor de deus: tanta gente acha que o big brother é lixo da tv e depois não passa o serão sem se deleitar com pedro guerra? Tenhamos dó.

    “Eliseu devia ter sido expulso contra o Belenenses? Para mim sim, inquestionavelmente”
    Cá está uma frase que revela a tua honestidade. E que, depois, tem o seguimento lógico abaixo: “discussão completamente diferente é quando se entra na questão de se para o Eliseu ser expulso o Maxi também tem de ser e não foi…”. É irrelevante: para mim, o importante é saber ser honesto e aceitar que Eliseu se excedeu: se o slimani deu uma cotovelada ou o maxi pregou uma rasteira, para mim é pouco importante.

    Quanto a questões de e com pedro guerra digo e repito: esse indivíduo envergonha o Benfica! Ou é nos emails (um escândalo que mancha irreversivelmente o bom nome do Benfica) ou é nas insinuações ou é na postura nojenta que tem nos programas de tv. Agora dizem os bons benfiquistas: “ah, tu deves gostar é do babalu ou do pina que são pessoas de bem e se comportam como gentleman, não é?”. Got the point?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras. Tenta se ter alguma lucidez mas assumidamente nem sempre se consegue :)

      Quanto ao vídeo árbitro lê a minha resposta ao Miguel Silva mais acima.

      Mas quantos Jotas Pês há neste blog?! O Jota Pê está a tornar se numa figura de culto :)

      Eliminar
  13. Como até se anda agora a questionar a idoneidade dos realizadores de TV (particularmente a Btv) na cobertura dos lances, aproveito para dar uma ajudinha para explicar como isto funciona porque neste assunto entramos na minha área profissional:

    A questão do realizador não se coloca. Este seleciona as imagens que cada câmara está a cobrir para naquele momento "pintar" apenas a emissão de TV.

    Ainda que o realizador dê indicações a um ou outro operador de câmara para que, em determinado instante, algo fora do contexto imediato ao jogo possa ser transmitido (ex. O Cérebro a fazer malabarismos com a chiclete), os operadores de câmara não são meros robôs. Sabem por experiência que tipo de plano devem fazer para o tipo de jogada que está a acontecer. Consoante a colocação de cada câmara o respectivo operador sabe previamente também quais os motivos “para além do jogo corrido” tem de cobrir.

    O VAR na Cidade do Futebol tem o feed (i.e. o sinal bruto) de TODAS as câmaras (penso que no mínimo são 8) em simultâneo e escolhe o sinal que pretendem ver.
    A régie ("a maquineta" fornecida pelos espanhóis da MediaPro) que os vídeo-árbitros têm à sua frente grava em tempo real TODOS os feeds e permite-lhes manipular cada sinal individualmente, ou seja, parar, avançar, recuar, fazer zoom, etc. Enquanto isso a "maquineta" continuar a gravar os feeds que vão chegando.
    Não me quero alongar mais na parte técnica porque já está demasiado denso. Se houver duvidas, chutem.

    A única coisa que podemos “questionar” é SE o operador de determinada câmara deliberadamente ou inconscientemente decidir virar a câmara para "as mamas de uma adepta para não mostrar o Eliseu a afiar os pitons no tipo do Belém"...
    Nos “jogos grandes” temos muito mais que as 8 câmaras exigidas, mas façamos de conta: o "operador deliberado" teria pouca influência porque restam mais 7 câmaras (talvez 5 a cobrir a zona da bola) e teriam de estar todos os operadores numa teoria da conspiração para o VAR não ver a falta...
    Dou mais um exemplo: no “violentíssimo empurrão” que o “Das Bost” sofreu e deu penalti, foi a câmara do topo oposto (a que está mais longe da jogada, por isso, a mais improvável) que registou o lance de forma mais clara.

    Ninguém adivinha o que se vai passar na jogada seguinte com 22 jogadores em movimento.

    Ir pela questão da idoneidade dos realizadores e dos operadores de câmara é um argumento demasiado rebuscado (a não ser na cabeça da dragartagem quando lhes der jeito).

    #Imbestigue-se

    ResponderEliminar
  14. O Jorge Sousa dirigiu-se ao jogador de forma um tanto agressiva em resposta a uma boca do guarda redes para o por na ordem sem ter que lhe mostrar um cartão, amarelo ou vermelho que poderia estragar o jogo. Foi excessivo mas, ate porque foi a primeira vez, teria sido suficiente uma admoestação publica e uma multa pecuniária não sendo o caso para um sumarissimo. Esta sanha justo ia osga e exibicionista do conselho de disciplina ar Sado em moralista vai ter como consequência a kpi idade dos jogadores nas faltas de respeito ao arbitro e o uso excessivo de cartões em lances destes , que os arbitros usarão para se defenderem, estraga do o jogo.
    Curioso o conselho de disciplina não ter usado o sumarissimo no caso do túnel de Alvalade onde se fizeram coisas bem piores. Os dois presidentes de clube deveriam ter sido imediatamente suspensos.

    ResponderEliminar
  15. Sinceramente tu lês o que escreves Redmoon!? O post estava a ir lindamente até que chegas ao assunto do Fábio Coentrão, é mt simples se o Benfica não estava interessado e ao que se julga saber acha que o mesmo está terminado devido as lesões, está no seu direito!!

    Quem tem que se preocupar com esse assunto é o SCP e os Sportinguistas e agora questionote achas que o SCP vai desvalorizar um activo mesmo que esteja emprestado de um clube como o Real Madrid!?

    Acahs que o SCP vai fazer meia culpa que está pagar um balurdio em ordenados a um atleta que se receber um toque mesmo ao de leve fico logo parado vários meses...

    Por último: Depois das propagandas contra Renato Sanches e outros atletas do Benfica e dirigentes perpetuados com total desprezo pelos valores mais básicos da sociedade e respeito por terceiros tu atacas o "Benfica" e em particular o Pedro Guerra por uma insinuação!?

    A sério!?

    Ass: Maluko Ká do Sitio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que o Guerra disse foi claro. E quem o ouviu sabe bem o que ele disse.

      Eliminar
  16. SUSPEITA-SE QUE JORGE SOUSA FOI ALVO DE UMA CILADA TAL COMO JÁ FOI UM FISCAL NO FAMOSO DEPÓSITO NA MADEIRA. Porquê só se ouve o som das palavras de Jorge Sousa??? E não se ouve o som das palavras do jogador do sporting??? Jorge Sousa falou porque deve ter sido provocado. Provocado intencionalmente??? Porquê??? Como tiveram acesso às conversas no auricular da equipa de arbitragem??? Pirataria??? Um dia se saberá. Uma coisa é certa. Conseguiram tirar Jorge Sousa dos jogos do Sporting. O objectivo foi alcançado. Será que Fontelas é uma peça da engrenagem calimeros??? Será que o Fontelas mandou o Jorge Sousa para o cadafalso??? É que daqui por poucas jornadas aparece um Porto c sporting. Está história do castigo ao Jorge Sousa é duplamente tenebrosa. Tenebrosa porque foram castigar aquilo que num campo de futebol é a linguagem masculina habitual. Tenebrosa porque pode ter havido premeditação. Investigue-se. A APAF tem que estar atenta às lagartices

    ResponderEliminar
  17. Quem tem duvidas entre um agora jogador lagarto e Pedro Guerra, uma das pessoas que mais defende o Benfica, só pode ir fazer uma coisa. Devolver o cartão de sócio do SLB.

    ResponderEliminar
  18. benfiquista de gaia23 agosto, 2017 11:26

    ENTRETANTO o SLB continua em serie de dificuldades para contratar um guarda-redes.....sera que o vieira vai fazer o que disse a dias. ?????....... SACRIFICAR CAMPEONATOS PARA BAIXAR A DIVIDA ??????''

    ResponderEliminar
  19. Só porrada no VAR...não há coração por estes lados.

    ResponderEliminar
  20. Venceslau Vieira23 agosto, 2017 16:36

    O post coloca muitas questões interessantes e faz observações pertinentes.
    Quanto a mim a coisa pode evoluir de duas maneiras:
    1. Aceita-se que o erro faz parte do jogo, e não é premeditado, aceitando assim que as decisões do árbitro sejam tomadas em tempo real e mantendo a fluidez do jogo; ou
    2. Com a introdução do video árbitro tira-se todas as vantagens que esse sistema pode trazer, devendo ser os árbitros que controlam o VAR a ter a decisão final sobre todas as jogadas decisivas.
    Do meu ponto de vista não é aceitável que se marque o penalty sobre o Bas Dost e não se marque o que ocorreu sobre o Jardel. O critério tem de ser uniforme em todos os lances, caso contrário torna-se evidente que há uma intenção clara de controlar os resultados dos jogos.
    Honestamente há coisas que não se mudam por falta de vontade, a começar no tempo útil de jogo.
    Relativamente ao tão criticado Pedro Guerra, pode não se gostar do estilo, mas que defende o Benfica como poucos.
    Assiste-se é agora a uma quantidade de virgens impolutas que por causa desta história dos e-mails acham que o Benfica se devia distanciar dele, como se isso fosse apagar a merda toda que os Dragartos andam para aí a dizer. Personagens como o António Simões que se cola a tudo que é direcção para aparecer, a começar pelo grande apoio que deu a Vale e Azevedo que quase acabou com o Benfica.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica