O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Football Leaks: os truques sujos de Doyen Sports. Parte IV.

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 
(continuação do post Football Leaks: os truques sujos de Doyen Sports. Parte III.)

O médio franco-argelino Yacine Brahimi cresceu na França e iniciou a sua carreira sénior com Rennes antes de se transferir para o clube espanhol Granada em 2012, assinando um contrato permanente com os espanhóis em 2013.

No Verão de 2014, o FC Porto anunciou que tinha comprado o jogador por 6,5 milhões de euros. Na realidade, o Brahimi custou ao FC Porto 9,5 milhões de euros, dos quais oito milhões foram pagos pela Doyen Sports em troca de uma participação de 80% no jogador.

A Doyen Sports tinha comprado em segredo a participação em Brahimi a outro investidor, o que evitava uma comissão para o Rennes que, segundo Lucas, tinha "uma parte no lucro da futura transferência". O FC Porto pagou uma comissão de 500.000 euros para a conta da empresa Denos, da Doyen Sports, no Dubai. Porque Lucas não tinha uma licença de agente, foi seu colega Juan Manuel López que assinou os documentos do contrato.

No ano seguinte, em 29 de julho de 2015, Lucas organizou o pagamento secreto de 1,5 milhões de euros para Brahimi, via Denos.

"Brahimi é a nossa prioridade, mesmo porque pode acontecer um acordo neste verão!", Escreveu Lucas. A natureza do negócio não era clara. Poucos dias depois, no dia 4 de agosto, Lucas estava preocupado que o processo de pagamento estava demorando muito. "Isto está pago?", Ele escreveu. "Preciso dessa transferência hoje[...] Jogador quer falar com o clube e vai ser embaraçoso para mim."

O dinheiro foi finalmente transferido em 10 de agosto. Um mês mais tarde, Brahimi renegociou com sucesso o seu contrato com o Porto e que resultou que o FC Porto comprou os seus direitos de imagem por quatro milhões de euros.

Lucas recebeu 500.000 euros em pagamento de comissão do Porto, que foi enviado para Vela, através da sua conta bancária no Liechtenstein. Vela recebeu também um mandato para a venda futura de Brahimi, junto com uma comissão de 10 por cento sobre qualquer soma. Foi uma solução “criativa”, já que Lucas chefiou a Doyen Sports, que detinha uma participação de 80 por cento em Brahimi.

Para Doyen Sports, parece que não há lucro que deva ser ignorado. 

O defesa do Porto, Sergio Oliveira, foi libertado por uma transferência livre pelo seu clube para passar para um modesto lado português. 

Mas em janeiro de 2015, pouco depois de a Doyen Sports ter começado a representar o jogador, o FC Porto decidiu contratá-lo de volta com a ajuda financeira da Doyen Sports.

O processo estava marcado por um conflito de interesses, porque a Doyen Sports era o agente de Sergio Oliveira, que também detinha uma participação de 25% no jogador que tinha comprado por 500.000 euros ao FC Porto, ao passo que Lucas recebeu uma comissão de 300.000 euros como agente do FC Porto .

Uma vez que a lei portuguesa proíbe uma pessoa ou empresa de representar mais de uma parte num acordo de transferência, Lucas recorreu ao maltês Kevin Caruana, que deu a cara pela comissão de 300.000 euros (a pagar via Vela). Caruana recebeu 2.000 euros pelos seus serviços. Pouco tempo depois, Caruana escreveu a Lucas para pedir-lhe que "me apresentasse às pessoas do FC Porto", as mesmas pessoas que ele deveria ter conhecido no negócio de Sergio Oliveira.

A decisão da FIFA de proibir os negócios de TPO, que entraria em vigor em maio de 2015, era naturalmente indesejável para a Doyen Sports. A proibição impede qualquer um que não sejam clubes de deter uma participação nos direitos económicos de um jogador.

"These cocksuckers want to bash third party ownership continually", escreveu Arif Arif sobre jornalistas críticos do sistema TPO. 

Em novembro de 2014, um mês antes que os representantes da FIFA votassem sobre a então proposta proibição dos negócios de TPO, houve um pico de atividades na Doyen Sports. Lucas enviou uma nota ao seu pessoal insistindo na urgência de fazer negócios enquanto o tempo permitia, citando três jogadores, um brasileiro e dois espanhóis, em quem ele queria comprar uma participação.

"Agora está chegando um momento que afetará negativamente nossos negócios, já que os negócios que estamos fazendo provavelmente serão proibidos", escreveu ele. "[...] Portanto, devemos nos concentrar em fazer novos negócios agora, O MÁXIMO QUE PODEMOS."

Depois que a proibição da FIFA foi introduzida em maio de 2015, que começou com um período de transição, Lucas tentou em vão comprar em nome pessoal 25 por cento do meio-campista francês Gilbert Imbula durante a transferência deste último de Marselha para o FC Porto. A Doyen Sports, entretanto, tentou comprar jogadores em divisões inferiores.

Em novembro de 2015, seis meses após a entrada em vigor da proibição da FIFA, a Doyen Sports comprou participações de dois jogadores do Cadiz, com um custo total de 1,5 milhões de euros. Os parceiros do negócio concordaram com uma cláusula pela qual a venda das participações compradas só seria validada se e quando a proibição da FIFA fosse anulada. Até então, o dinheiro que era pago serviu como um empréstimo.

Porque só os clubes são agora autorizados a manter uma participação nos jogadores, Lucas insistiu em comprar uma participação nos clubes, com o objetivo de receber sempre uma parte da transferência quando o clube vende um jogador. 

Em julho de 2015, ele tentou comprar uma participação no clube espanhol Granada através de uma das empresas holandesas a seu serviço no que ele chamou de um ambiente livre de impostos.

"Tenho que fechar urgentemente com Granada e preciso da estrutura", escreveu Lucas aos seus advogados em 15 de julho de 2015. No final, o clube espanhol preferiu um acordo com investidores chineses. 

Lucas também se envolveu com uma tentativa prolongada do tailandês Bee Taechaubol para investir no clube italiano AC Milan. 

Depois de meses de negociações, em maio de 2015, o Taechaubol apareceu na véspera de comprar 48 por cento da empresa Fininvest do ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi. Taechaubol nomeou a Doyen Sports como conselheiro para o negócio. 

Parece provável que o envolvimento de Doyen Sports foi o resultado da amizade de Lucas com Adriano Galliani, vice-presidente do clube, e cuja filha é empregada da Doyen Sports. 

A 10 de junho de 2015, Taechaubol publicou uma foto em sua conta Instagram mostrando Lucas e Galliani apertando as mãos num jato particular, ao lado da legenda: "Construindo juntos sob a orientação do Presidente." Mas o negócio acabou por cair. 

Apesar de Bee Taechaubol insistir que ele permanece na licitação, Berlusconi aceitou este verão vender o clube a um grupo de investimento chinês num acordo ainda a ser finalizado.

Em novembro de 2015, a Football Leaks publicou detalhes de um acordo de TPO entre a Doyen Sports e o clube holandês FC Twente. A revelação do acordo secreto resultou na proibição do clube participar nas competições europeias por parte da associação de futebol holandesa por três anos, enquanto o clube foi também multado em 170.000 euros pela FIFA. 

Enquanto isso, Doyen Sports tenta bloquear legalmente a proibição de TPO, mas até agora não conseguiu.

27 comentários blogger

  1. Depois disto tudo como é possível não estar ao lado de Bruno de Carvalho?

    O rol de crimes destes tipos é tão grande que chega a ser assustador como é possível que uma organização com cariz criminoso tenha os seus membros a circular impunemente na Europa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deverias era questionar o porquê do Bruno de Carvalho ser contra a Doyen, mas a seguir faz contratos com a Traffic e entra em esquemas com clubes Angolanos para servirem de hub para contratar jogadores para o Sporting. Uma palavra descreve bem Bruno de Carvalho... HIPÓCRITA.

      Quanto ao facto de ser possível esta organização circular imponentemente pela Europa; aconselho a ler o Livro Panamá Paperes e perceberá que o poder politico e económico mundial sem excepções, não são só coniventes com estes esquemas, como directamente ou indirectamente os alimentam.

      Mais grave que estes esquemas que envolvem o mundo de futebol,incluindo dirigentes da FIFA e UEFA é constatar que são os mesmos esquemas e com os mesmos propósitos que são utilizados pelas maiores organizações criminosas e terroristas mundiais, lideres políticos, Instituições bancárias e financeiras de renome mundial etc...

      Leia e vai perceber isto e muito mais.

      LR

      Eliminar
    2. Ou comédia o mesmo Bruno Carvalho que ameaçou o bacano do football leaks com prisão? Esse Bruno Carvalho? Quere fazer a malta rir? O Bruno Carvalho que só era contra a Doyen porque roubou-lhes dinheiro e que agora assinou uma parceria com a Traffic que consegue ser pior? Esse Bruno de Carvalho?

      Como é possivel não estar ao lado do Bruno de Carvalho? Facil, bastar ter um pingo de inteligência.

      Como é possivel não estar ao lado do Brino de Carvalho? Pergunta à FIFA que deu RAZÃO à Doyen! lol.

      Crimes? Levar cartão amarelo é crime? Não sabia que quebrar regras da FIFA dava prisão. As TPO's foram legais durante anos e quando passaram a ser ilegais todos os empresarios e clubes arranjaram forma de as tornear. Há mas a Doyen usava meninas... vai perguntar ao Howard King o que é que o Sporting lhe ofereceu.

      De certeza que o conflito de interesses de o Zmerding ter uma parceria com uma empresa que é dona de um clube adversário já não te preocupa.

      De certeza que o crime que foi o perdão da divida do Sporting já não te preocupa, não pagas o que deves e não pagas juros do que deves, enquanto outro pagam todos os meses o que devem e ao final do ano são mais de 20 milhoes só de juros.

      Sim coitado do Porto por ter o Brahimi metido lá pela Doyen, coitadinho, até custa ter um craque daqueles. Sim coitado do Sporting ter tido o Rojo durante um ano graças à Doyen, coitado do Sporting que só não fez lucro com um jogador que nunca tinha ido para o Sporting se não fosse a Doyen se o burro do Bruno de Carvalho não tivesse tentado roubar a Doyen e agora ter que pagar os custos do processo e os juros sobre o dinheiro que robou.

      Um ladrão a pregar moralidade, Um charlatão imitação RASCA do nojo do Pinto da Costa que vai buscar trastes como Otavio Machado e o Inacio, ambos ligados ao periodo mais negro do futebol Portugues e que quer lutar pela "modernização" Do futebol portugues!

      Para ti só te digo méééééééééééééééééééé

      Eliminar
    3. Agora é que o Tadeu disse-a toda!

      Eliminar
    4. simplificando, o bdc foi expulso dum gang e agora anda a negociar com outro gang concorrente.

      BMM

      Eliminar
  2. Excelente. Penso que retiraste isto de uma fonte brasileira nao?

    De qualquer forma, acho que com a proibicao da Fifa, o amigo Nelio vai arranjar um outro esquema qualquer de compra de clubes para poder manter o seu rendimento...

    Um génio do crime!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ler o livro Panamá Papers, vai perceber que não é necessário outro esquema, basta besuntar bem os homens certos da FIFA ou UEFA para tudo voltar ao que sempre foi. Pode através dessa leitura constatar que altos dirigentes da FIFA e UEFA, utilizaram ou utilizam esquemas idênticos a este e com os mesmos propósitos.

      LR

      Eliminar
  3. Leão da Estrela23 dezembro, 2016 12:42

    O Sporting Lisbon envia cumprimentos e congratulações! Do fundo da alma, obrigado! Não poderíamos fazer melhor! Afinal arrotamos quase 20 milhões dele... Força para a cruzada com a Doyen. Obrigado, obrigado, obrigado.

    ResponderEliminar
  4. O número de comentários às diversas publicações atesta bem ao interesse destes assuntos. Num blog sobre o Benfica, queremos é ler sobre Benfica. Não queremos desviar as atenções com negociatas e compadrios.

    Falem do Hóquei. Falem do Volei. Falem do Basquetebol ou Andebol. Elogios ou críticas construtivas. Vir para aqui falar de extra-futebol, que grande parte nada tem a ver com a grandiosidade do nosso Benfica é apenas andar a atirar areia para os olhos das pessoas e é fazer o jogo do Bruno de Carvalho.

    Estamos a lutar em todas as principais modalidades pelo titulo. Temos um futuro promissor na sua grande maioria. No futebol vencemos a Supertaça, vamos acabar o ano em todas as frentes. E o que se lê por aqui é publicações de um Anti-Benfiquista a fazer o trabalho do Bruno de Carvalho e do Saraiva a encher um blog sobre o Benfica com publicações sobre corrupção.

    É triste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Triste é que tudo o que está escrito é verdadeiro.

      Quem nada fizer permitirá que estes monstros continuem a lavar dinheiro usando o futebol que tanto adoramos.


      1- Negativo disto tudo é que Neste momento o Ola liga-nos à Doyen.

      2- o Positivo é que o Ola é o único jogador que nos liga à Doyen.

      3- Em praticamente quase tudo estou contra a opinião do Shadows e sobre o que ele escreve sobre a gestão do Sport Lisboa e Benfica, mas aqui ele tem muito razão no que escreve.

      4- Estes casos têm que ser tornados públicos e temos que co tinuar a pressionar a Fifa para banir estes fundos de uma vez por todas.

      5- em relação ao Bruno de carvalho se não fosse por ser tão mentiroso , por ser tão odioso, por ser tão maldoso, por ser tão anti-Benfiquista, até estaria a apoiar o Sporting contra a Doyen. No entanto depois de tanto mal que nos tentou causou fiquei bastante contente por terem perdido frente à Doyen :))) e espero que venha a perder muito mais pois não me parece que alguma vez se arrependerá pelo que andou a dizer e fazer.


      Rumo ao Tetra e seis bi-18!

      Eliminar
  5. Se calhar a conclusão disso tudo é:
    O sporting é que tem razão no caso Doyen??????????????
    Quase todos os casos são relativos a negocios com o Porto, o que é que isso interessa ao Benfica????????????
    E aos benfiquistas?????????????????
    Mais material para encher chouriços, visto que ganhamos e não se pode criticar nada, oh my god.
    PS: querias que o LFV te arranjasse emprego???????????? - porque estás sempre tão contra o presidente?????????? - deixa lá a doyen em paz, deixa-lhes ir buscar o que devem ao Sporting, e quanto aos nossos negocios com eles, farias melhor se lá estivesses????????? - candidata-te que pelos menos aqui no blog tens muitos votos garantidos.
    JP

    ResponderEliminar
  6. Não vejo nada de ilegal aqui. A tentação para bloquear o TPO também não é ilegal, é uma medida mais legítima do que a tentativa do Babalu de culpar o Benfica de corrupção pelos vouchers, já que é baseado numa mentira. Assim como é mais legítima do que a tentativa do Babalu de se abotoar com o dinheiro que não era dele, era da Doyen como ficou provado em tribunal!
    Enfim, um passatempo para quem não tem mais nada para fazer durante as férias de Natal!

    ResponderEliminar
  7. É Natal, Shadows. Periodo de paz e perdão. Peço-te para teres piedade com os bons rapazes da Doyen.

    ResponderEliminar
  8. Para estes últimos 4 artigos: Foda-se. Parece saído de um filme. Incrível. É prender esta merda toda e todos os que se lhe associam.

    ResponderEliminar
  9. Shadows para que fazer post sobre a doyen e seus comparsas se aqui a malta quer é ver a bola entrar não interessa para onde vão as comissões e metade dos valores a que são vendidos os nossos futebolistas . A quantidade enorme de comentários que são feitos sobre estes temas que trazes para aqui ... O pessoal foge deste tema como o diabo da cruz . Ou é medo ou rabo preso! André Gomes

    ResponderEliminar
  10. incrivel como é tudo abafado. O poder que esta escumalha tem é assustador

    ResponderEliminar
  11. Mas já apanhaste as bruxas ou não? :)

    ResponderEliminar
  12. Saúdo a publicação destes artigos que espelham um pouco o que se passa nos negócios que envolvem o futebol.

    No entanto julgo que são artigos que foram publicados noutros locais, a julgar pelo português, devem ter sido publicados nalgum órgão brasileiro, com traduções automáticas pelo meio.

    Era de bom tom enunciar as fontes. Até porque há no texto muita subjectividade, muita análise, e nenhuma fonte é referida, nenhum documento é citado.

    Penso que seria mais interessante a divulgação de 2 ou 3 documentos que expusessem negócios menos lícitos que prejudicassem os clubes, de preferência portugueses.

    Assim como está é tudo muito vago. Tem a mesma validade daquelas entrevistas de rua em que as pessoas dizem que os políticos são todos corruptos.

    Li os 4 artigos e aquilo que retiro é aquilo que já toda a gente minimamente informada já sabe. Que estas empresas investem em jogadores, colocando-os em clubes sem capacidade para os comprar e que depois têm um retorno chorudo.
    Não é isto que fazem alguns empresários angolanos com alguns jogadores do Sporting? E outros empresários com outros clubes?
    Não é ilegal.

    Era importante separar o que é lícito do é ilegal.
    Assim como é apresentado, está tudo muito difuso, difícil de ler pelo péssimo português, e difícil de compreender o alcance de algumas afirmações.

    Que o futebol não é um local frequentado por meninos de coro, já todos devíamos saber. Os supostos Messias que anunciam a regeneração do mundo sujo do futebol, mais não querem que um lugar à mesa do banquete.

    É tempo das autoridades fiscais dedicarem mais atenção aos milhões que circulam entre clubes, empresários, jogadores, treinadores, consultores, dirigentes e demais gente que se alimenta da gamela do futebol.

    CP

    ResponderEliminar
  13. Obrigado pelos posts e pela ousadia. Haverão muitos temas mais sobre que falar e que teriam certamente muitos mais comentários. Este tem o condão de nos pôr a pensar.
    Bom Natal a todos!

    Rui Pinheiro

    ResponderEliminar
  14. SPORTING NÃO PAGA JUROS À BANCA
    “”Não sou, nem quero ser, especialista em finanças mas isto só me parece possível porque os bancos não querem ficar com as chaves do Sporting na mão. Certo?
    E apesar de admitir que a minha opinião vale bola nestes aspectos não deixo de pensar que é uma bela jogada de Bruno de Carvalho. Quem dera a muitos só paga juros quando se tem lucros...

    «A SAD do Sporting comunicou esta manhã à CMVM que não vai pagar o juro de 4% pelos VMOC que emitiu em 2011 e que são detidos pelo BCP e pelo Novo Banco. O clube não remunera estes instrumentos se não tiver lucros para distribuir.

    O Novo Banco e o BCP não vão ser remunerados pelos 55 milhões de euros de Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) que adquiriram ao Sporting em 2011. Nos primeiros anos após a emissão, os leões pagavam um juro anual de 3,5%, mas depois de, no início do ano, terem garantido o prolongamento da maturidade deste instrumento em 10 anos, até 2026, as condições para o pagamento de juros foram alteradas.

    A taxa até subiu para 4%, mas os leões apenas se comprometeram a remunerar o investimento dos bancos caso registem lucros para distribuir aos accionistas. E caso os lucros não sejam suficientes para satisfazer o pagamento integral dos juros, o respectivo montante "deverá ser reduzido ao valor dos lucros distribuíveis verificados".

    Uma vez que, em no exercício 2015/2016, a SAD do Sporting registou prejuízos de 31,9 milhões de euros, a sociedade comunicou esta manhã à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que não vai proceder ao pagamento dos juros aos bancos.

    Constata-se que "não se verificaram lucros distribuíveis, pelo que não estando preenchida a respectiva condição, não há, por referência à sexta data possível de pagamento de juros, 26 de Dezembro de 2016, lugar ao pagamento dos mesmos", informou a SAD leonina.

    O prolongamento da maturidade dos VMOC do Sporting, acertado em Janeiro, motivou uma petição assinada por mais de quatro mil pessoas, que foi discutida na Assembleia da República. Bloco de Esquerda e PCP criticaram a forma como os bancos se posicionaram nesta questão.

    O Sporting informou entretanto o Negócios de que já juntou três milhões de euros para recomprar estes instrumentos aos bancos.»
    Fonte: jornaldenegocios.pt
    Postado por Fura-Redes | “”3 comentários:

    Rfa disse...
    O QUE ISTO VAI DAR VAI SER QUE QUANDO COMEÇAR A CHEIRAR MESMO MAL, E SE TORNAR EVIDENTE QUE NÃO HÁ MANEIRA DE PAGAR, OS BANCOS VÃO SER FORÇADOS A PROCURAR UM COMPRADOR E O SPORTING VAI TORNAR-SE CHINES. VALE UMA APOSTA?
    Isto é escandaloso e chama-se CONCORRÊNCIA DESLEAL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Touché - tudo dito.
      Assinado: JP

      Eliminar
  15. Sexo e dinheiro. Shadows, há aqui alguma novidade? Não sejamos anjinhos.

    Zé Pincel

    ResponderEliminar
  16. Parabens Shadows! expôr esta escumalha e mantê-los longe do nosso clube é uma obrigação!

    Benfiquista de Gema

    ResponderEliminar
  17. Resulta dos comentários de benfiquistas e de outros clubes é:
    Adormecidos, eu sou deste tu que és daquele não prestas, os meus é que são bons. E eles tranquilamente sugam o dinheiro dos adormecidos que lutam uns contra os outros.

    ResponderEliminar
  18. Shadows, é por causa deste tipo de esquemas, dos vencimentos pornograficos que se pagam no futebol, do ambiente e da corrupção que graçam a seu belo prazer no futebol que me afastei para sempre, voltar a ver um jogo ou outro não é como era dantes em que estive mais de 20 anos sem perder um jogo em casa do Benfica, já vou em 4 anos que nem os pés lá meto, nem de borla e com bilhetes oferecidos pelo o Benfica lá vou, mas basta leres algumas opiniões e percebes que para as pessoas de hoje em dia é tudo normal, e o que interessa é a gente ganhar e tirar partido de situações obscuras, desde que isso seja em nosso proveito, mas se for em proveito dos outros, cai o Carmo e a trindade, mas de socio não desisto.

    No mais um Bom Natal para todos, com saúde que é o mais importante, quanto ao resto futebois e mesmo o Benfica isso não é nada importante para as nossas vidas, para as deles dirigentes e jogadores é, aquilo é um passatempo e desporto e é assim que deve ser visto, mas faz mais de duas décadas que o estão a matar, e vão consegui-lo, os jogadores de hoje sejam eles quem sejam a mim não me dizem nada, não passam de bons jogadores e apenas isso, mas a imprensa, redes sociais e afins fazem deles aquilo que eles não são, vendem muito imagem, e ganham muito dinheiro, tirando isso nada demais, Umberto Eco é que tem razão.

    Bom Natal para todos os despostistas sejam de cor forem

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking