O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

domingo, 6 de março de 2016

Avatar

A enorme dimensão tática de Rui Vitória (até face a Jesus)

 ●  + 22 comentários  ● 
Novo resultado negativo do Sporting... novamente Jesus a deixar de falar na primeira pessoa do singular para passar para a primeira pessoa do plural. É um clássico, sempre foi das coisas que mais odiei nesse tipo: Ele ganha, a equipa perde. Aliás, aproveito para deixar aqui um braço honesto ao Bryan Ruiz que é muito bom jogador e tem o azar de ser treinado por um atrasado mental que ontem referiu mais de cinco vezes que foi culpa dos lances inacreditáveis do Bryan terem perdido.

Mas a história é outra, e Jesus sabe-o. O que se passou em Alvalade foi de uma dimensão tática que vai muito para lá da magra vantagem do SLBenfica. Em Alvalade Rui Vitória fez do jogo o que quis...

... na primeira parte retirou totalmente o jogo ao Sporting. O "mestre da tática" não conseguiu uma única bola em profundidade e a única oportunidade de golo que teve foi aquele remate à trave do Jefferson de fora da área num lance inusitado.

A equipa do SLBenfica soube limitar totalmente os espaços e as principais armas de jogo do Sporting estiveram sempre sob controlo enquanto se jogava maioritariamente no meio campo do visitado. O golo foi um a questão natural.

Tudo isto se passou com mais uma contrariedade pelo caminho: Ederson aos 21 anos tem que assumir a baliza num jogo que mexe com o topo da classificação... e Rui Vitória teve mais uma vez a arte e engenho de fazer entrar um jogador da formação com a confiança a 100%. À frente dele estava outro... Victor "Patrão" Lindelof, que assumiu mais um jogo de classe pura. Volto a referir que retirar o miúdo da equipa quando Luisão e Lisandro regressarem será um crime.

Na segunda parte Rui Vitória fez apenas o que Jesus sempre fez em 6 anos que visitou o seu adversário mais temido, o FCPorto, e que várias vezes lá deixou pontos, numa delas deixou lá 5 golos! Rui Vitória fez o que fez Jesus no ano passado em Alvalade enquanto lutava para não perder.

Mas Rui Vitória não fez o que Jesus habitualmente fez quando "montava" a equipa assim: Rui Vitória não perdeu.

A grande diferença que causou toda aquela azia ao treinador do Sporting é que Rui Vitória fez o que quis durante todo o jogo... e fez bem, Rui Vitória fez o que quis durante todo o jogo... e venceu.

Rui Vitória soube mexer no jogo na forma e momento certos... e melhorou a equipa, já Jesus falhou das três vezes que mexeu... e piorou a equipa. Se podia haver quem acreditasse durante 30min da segunda parte que o Sporting pudesse marcar, Jesus encarregou-se de nos últimos 15 mostrar que isso não ia acontecer.

Pelo caminho, Rui Vitória soube orientar a equipa com confiança, soube manter-se fiel ao seu plano, mesmo quando a inabilidade de Jesus o "convidou" a matar o jogo. Não interessava matar, não faria sentido mudar o plano. O objetivo era a vitória... estava feita.

Jesus nunca teve plano B quando estava no Benfica e continua a não ter... Se há duas coisas que justificam Jesus nunca sair de Portugal para clubes de dimensão é precisamente o facto de não saber lidar com as contrariedade e não ser um condutor de homens, mas sim um ditador de ideias pré-concebidas.

Rui Vitória, mais uma vez mostrou que tivesse Luis Filipe Vieira permitido outra pré-epoca e não tivesse que suportar tantas lesões prolongadas ao longo da temporada de jogadores nucleares (Salvio, Semedo, Luisão, Fejsa, Lisandro, Gaitan e agora Julio Cesar) e possivelmente estaríamos bem mais próximos do Marquês.

Mas não estamos! Estamos ainda longe! E como dizia ontem Rui Vitória, de nada servirá esta vitória se não vencermos os próximos 9 jogos. Pelo mesmo diapasão alinhou Gaitan que referia que vamos continuar a lutar até ao fim, que ainda falta muito.

Quanto ao Sporting, foi bonita a festa de campeão antes do jogo... Só falta mesmo conseguirem o título, que a julgar pelos festejos antecipados, talvez seja melhor repensarem um bocadinho a postura e dedicarem-se mais ao jogo em campo.



22 comentários via blogger


  1. Bruno de Carvalho deixou algumas farpas a Benfica e FC Porto durante a gala "Rugidos do Leão", na Batalha, lembrando que a formação verde e branca segue na liderança da Liga NOS e de lá não quererá sair.
    "Aos nossos rivais... Costumo falar neles, sim. Já me disseram que não o devo fazer mas é um costume meu. Estamos em 1.º e quero desejar-lhes boa sorte e que vão olhando bem para nós porque não vamos sair do 1.º lugar", referiu o presidente do Sporting.
    Bruno de Carvalho pede «mais luta» aos adversários do Sporting
    Ao seu estilo, Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, deixa um aviso à concorrência, pedindo mais «luta» para que a competitividade aumente na liga portuguesa.
    «Não percebo essa necessidade de estar a falar de títulos. O Sporting faz jogo a jogo, sabe muito bem o que quer, sabe o que está a fazer. Estamos todos contentes, estamos no primeiro lugar por muito que custe a alguns órgãos de comunicação social ou a um em especial», afirmou, ao seu estilo, o presidente dos leões, à margem de um jantar de sócios em Macau, rejeitando assumir qualquer candidatura ao título ou embandeirar em arco a posição que o Sporting ocupa na tabela portuguesa.
    Com alguma ironia à mistura o presidente dos leões até vai mais longe e pede mais competitividade aos adversários: «É IMPORTANTE OS NOSSOS ADVERSÁRIOS COMEÇAREM A DAR MAIS UM BOCADO DE LUTA», atirou, congratulando-se com o momento que a sua equipa vive.
    «Fico contente que as pessoas se esqueçam da última temporada e dos problemas que o Sporting tinha, porque significa realmente que estamos a fazer um bom trabalho. E isso é bom. Mas nós, que estamos lá diariamente, não podemos esquecer e ter muita consciência do que estamos a fazer e, sobretudo, sedimentar o que estamos a fazer. Estamos a falar de um clube que tem dimensão mundial mas QUE ESTAVA NUM ESTADO ABSOLUTAMENTE LASTIMÁVEL DE ORGANIZAÇÃO, FINANCEIRA e desportivamente. Não há outro discurso adequado a essa situação. Não vamos mudar», sublinhou, de forma realista.””
    Financeira??? Até parece que anda a dar lucro
    ehehehehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os adversários têm de lhe dar a luta que ele não foi capaz de dar na CL, na LE na TP, na TL e a que parece que está a deixar de ser capaz de dar no campeonato.

      Eliminar
  2. Exato, aquilo antes do jogo, parecia a festa de campeão e como eles fartaram- se de dizer não há três sem quatro, foi uma lição para o Sporting, para o futuro. Um pouco de humildade faz bem a todos e a tática de bouta a baixo ao slb, por tudo e por nada, agora caiu- lhes em cima. Carrega slb, rumo ao 35.

    ResponderEliminar
  3. Lição tactica ... Parecia que estava ainda em Guimarães. Jogou com o autocarro , onze remetidos a defesa e constante anti-jogo. Simplesmente marcaram e o Sporting não ! Agora Lição tactica é do mais ridículo que dizes para ai . Pedro Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. alerta vermelho07/03/16, 00:27

      Quantas defesas apertadas teve que fazer o jovem guarda redes do Benfica? O único remate que o sporting fez direito á baliza, foi o que bateu na barra! A não ser que queiram considerar aqueles centros bastante frouxos como remates! Apesar de não querer tirar o mérito ao jovem guarda redes que teve uma boa postura no jogo,não me venham cá dizer que fez um punhado de grandes defesas! Só faz sentido falarmos em autocarro se considerarmos que os jogadores mais adiantados do sporting andaram a fazer de defesas do Benfica de tão inofensivos que foram! Não me venham cá com tangas!

      Eliminar
  4. Ja arranjei novo wallpaper, Rumo ao 35!!

    http://cdn.record.xl.pt/2016-03/img_FanaticaBig$2016_03_05_23_19_06_1073036.jpg


    A fotografio do bola de berlim no banco tem q se tranformada em meme. "Ao menos tinham oferecido uns vouchers!"




    ResponderEliminar
  5. Qual dimensão tática qual quê!... Entrámos bem, tivemos a sorte de marcar um golo e depois foi defender.

    Então teve a possibilidade de matar o jogo e... não quiz. Não fazia sentido mudar o plano...? Por amor de Deus... poupem-nos!
    Daquia pouco as oportunidades do Ruiz foram meticulosa e cientificamente concedidas para os desmoralizar mais?
    O que a euforia faz às nossas cabecinhas...
    Saudações Benfiquistas,
    CP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Euforia às nossas cabecinhas sportinguistas que fizeram a festa antes do jogo e depois não quiseram apanhar as canas.

      Eliminar
  6. É ISSO TUDO!!! e ainda...

    " talvez seja melhor repensarem um bocadinho a postura e dedicarem-se mais ao jogo em campo."

    Fónix aquela "estratégia?" (qual estratégia???) de merda deles cansa qualquer um até muitos sportinguistas devem estar enfastiados daquela estupidez galopante verbal e argumentativa ao nível de putos de 5 anos no recreio da escola primária. Fogo e não se tocam... nem eles nem os jornalistas e comentadeiros sportinguistas, fónix que aventesmas!

    Lindelöf é mesmo bom :) o Lystcov é melhor, temos centrais!!!, a treta é que na Rússia é muito arriscado jogarem os dois, mas não sei se não será melhor que meter o Samaris, é que o Russo é de topo!
    E passarmos o Zenit era brutal caramba!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lool o jogador russo não está inscrito na champions. É preciso saber antes de falar. Possivelmente fesja jogará a central.

      DH

      Eliminar
    2. Se é preciso saber entes de falar estamos genericamente lixados :P no entanto tens aí um ponto sólido ;) ... o Fejsa a central, pode ser a solução é um atleta muito inteligente, talvez neste caso Samaris seja mais rápido e com melhor impulsão...

      Eliminar
  7. Alguem viu o Manuel serrao e o aziado do Carlos xavier?

    ResponderEliminar
  8. O rui vitória fez o que quis do jogo e do sporting?
    O sporting foi superior no geral da primeira parte!
    Deu banho de bola na segunda parte!
    Nos quatro jogos deste ano o período mais desequilibrado foi precisamente a segunda parte deste jogo! Houveram períodos em que de facto o benfica estava completamente à deriva!
    Esta é que é a verdade!
    Só não vê quem não quer!
    Segundo ano consecutivo que vão a alvalade e parecem o tondela a jogar!
    O ano passado caíram em cima do Jesus...mas este ano sem mérito nenhum não caem em cima do Rui vitória!
    Não entendo porque não concluem deste jogo o que concluíram do jogo com o Porto em casa!
    Enfim não se fala da realidade...fala se do que dá jeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A realidade é que o futebol é uma modalidade em que o que conta são os golos.
      Há muitas maneiras de matar pulgas.
      Pessoalmente prefiro ganhar como ganhei do que perder como o Sporting perdeu.
      Mas isso sou eu...
      Não vi o jogo, mas nos resumos mostram que o Soprting teve mais 2 ou 3 oportunidades, não mostra nenhum massacre.
      E como alguém já disse por aqui, "como o Sporting ganha aos grandes e tem dificuldade com os pequenos, o Benfica fez-se pequeno para ganhar".
      Saudações Benfiquistas
      CP

      Eliminar
  9. A minha maior crítica ao JJ sempre foi as suas substituições, e de como perdeu jogos importantíssimos DEPOIS de efectuar as substituições. Exemplos: a final da Liga Europa (estava 1-1), a final da Taça de Portugal contra o Vitória de Guimarães (estava 1-0), a "semi-final" contra o Porto a uma jornada do fim (estava 1-1), etc.
    No jogo de ontem o mesmo não se aplica directamente, pois estava a perder aos 20 minutos, mas o ponto é que com as suas substituições a sua equipa não ficou a jogar melhor.
    Como já não está cá para prejudicar mais o Benfica, ainda bem. Agora o problema é dos outros.

    ResponderEliminar
  10. Mesmo que repitas 100 vezes essa treta, nao passara a ser verdade. Limita-te a apreciar a vitoria e o primeiro lugar.

    ResponderEliminar
  11. O RV cometeu o mesmo erro em todos os classicos à excepção daquele que perdemos por 3-0, nesse a equipa rapidamente se viu a perder por 3-0 e pouco havia a fazer.

    Mas nos outros 4 classicos, o RV leu sempre mal o jogo, e os 4 jogos foram ambos similares na forma como correram, todos com boas entradas do Benfica, apenas no Dragão o Benfica não conseguiu marcar. O que sucedeu nos 4 jogos, foi que a partir sensivelmente dos primeiros 30 minutos a equipa começa a cair fisicamente, e RV não vê e isso e no Dragão perde a 5 minutos do fim, no jogo da Luz mexe tarde na equipa e mexe de tal maneira que acabou com a equipa a meia-hora do fim, no jogo da taça, o Benfica infelizmente ofereceu um golo à beira do intervalo, depois sofreu na 2ª parte e só quando reforçou o meio-campo a equipa voltou a estabilizar, mas acabamos por perder quase no fim do prolongamento e ontem foi mais do mesmo, primeira meia hora boa, novamente um golo, 15 minutos equilibrados e e depois pessima 2ª parte até à entrada tardia de Fejsa e Salvio, a partir da entrada principalmente de Fejsa o Benfica controlou novamente o jogo.

    Ou seja o Benfica sofre nestes jogos sem necessidade, mas devia à falta de leitura do jogo por parte do treinador, é que não foi num jogo, foram 4 jogos em que sucedeu a mesma coisa em todos, ontem tivemos mais sorte, o resultado certo era o empate, mas já perdemos jogos que não mereciamos e por isso vale o que vale, elas contam é lá dentro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, não vamos agora começar a endeusar um homem que tanto criticámos e ainda criticamos. Se repararmos bem, tirando os primeiros dois jogos com o Sporting nós entrámos sempre melhor que os adversários e antes do meio da primeira parte ficámos em vantagem, só falhou no Porto mas também aí entrámos bem e quase marcávamos. Depois recuámos, recuámos, até sermos encostados e sofrermos o empate e até o golo da reviravolta. Temos que rever isto, é certo que a sorte que tivemos ontem ainda não a tinhamos tido, é certo que as arbitragens inclinaram muito os campos, mas temos que controlar melhor este tipo de jogos.

      Eliminar
  12. " mas devia à falta de leitura do jogo por parte do treinador, é que não foi num jogo, foram 4 jogos em que sucedeu a mesma coisa em todos, ontem tivemos mais sorte, o resultado certo era o empate "

    Mas isso é porque o Benfica " não tem treinador " e mesmo com tantas leituras e decisões erradas, conseguiu em 25 jornadas recuperar NOVE PONTOS ao cérebro da Reboleira, e até dou de barato o número de lesionados e a "ousadia" de ter lançado às feras, jovens jogadores que ainda não tinham terminado o seu " processo de crescimento "; e porque o fascinio do futebol tem destas surpresas mirabolantes,ontem o "meu" treinador proporcionou ao execrável, mau desportista e actual treinador do clube do Campo Grande um Tratado de como saber ler um jogo de futebol,e fazer as substituições no momento certo.
    Para tantos "benfiquistas" que ao fim de meia dúzia de jornadas achavam que se justificava a escolha de outro treinador e sobretudo a preparação da nova temporada porque a actual já estava irremediávelmente perdida, acho que DEVIAM ESCOLHER OUTRO CLUBE porque o BENFICA actual não serve para o vosso bico (de papagaios )...digo eu !

    Não vou falar do árbitro porque isso é para os meninos que chegaram ao futebol há meia dúzia de anos, mas registei com desagrado a ligeireza do julgamento que o Artur Soares Dias fez aos constantes agarranços do W.Carvalho ao Jonas sobretudo durante a primeira meia hora.

    P.S. isto de dar uma no cravo e outra na ferradura deve ser moda nova !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catedratico eu apenas me referi àquilo que foram os 4 classicos, porque em todos eles sucederam as mesmas coisas, uma coisa não invalida a outra.

      Eu apenas me recordo de uma recuperação assim de tantos pontos e foi já na longínqua época de 1976/77, onde o Benfica chegou a estar a 6 pontos do Sporting, virou a 4 na primeira volta, depois recebia o Sporting e passou para 1 ponto e acabou com 9 de avanço

      Eu referi noutro post algumas coisas boas que ele fez, nunca ninguém faz tudo mal nem nunca ninguém faz tudo bem, até agora podemos considerar a época boa, mas já estivemos perdidos para o campeonato quando estivemos a 7 e a 5 pontos, mas felizmente foi possível recuperar, pois passamos a jogar um pouco melhor e os outros a jogar um pouco pior e mais importante que isso a perderem pontos em catadupa, sem isso mesmo ganhando não era possível encostar-mos e passa-los, mas mesmo campeão isso não faz do RV nenhum grande treinador, tem os seus méritos mas precisa de crescer como técnico e ler muito melhor o jogo, para não suceder aquilo que sucedeu nos 4 clássicos que referi.

      O que virou moda, é dizer bem das coisas mesmo quando elas não estão bem, quem convive mal com criticas e erros não pode corrigi-los, por isso o JJ comete os mesmos erros que cometeu no Benfica, porque se acha o maior e está longe de ser o treinador que ele pensa que é, e já o dizia no Benfica não é agora por estar no Sporting

      Ele tem apostado e bem nos miudos, mas porque no Benfica já não há Garay. Matic, Lima, Cardozo, Javi Garcia, Enzo Perez, Salvio lesionado, etc, o que eu sempre disse é que o JJ deveria dar mais minutos aos miudos e não 3 ou 4 minutos, coloca-los a jogar na taça da liga, para eles crescerem, agora o RV em virtude da qualidade do plantel, e das lesões viu-se obrigado a apostar nos miudos e fez bem, pois alguns deles têm qualidade para se afirmar

      99% de nós benfiquistas, quando estávamos a 7 e a 5 pontos e a jogar da forma miserável como jogávamos, ninguém acreditava ser possível recuperar tantos pontos, e não é por ter recuperado que RV virou grande treinador que nunca foi, não é e veremos se chega a ser no futuro e esqueceste que JJ em 2013/14 também recuperou uma desvantagem de 5 pontos do Porto

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes