O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Avatar

Benfica/NOS vs Porto/MEO, A Análise (By Benfica Eagle)

 ●  + 120 comentários  ● 
Recordando o que escrevi: 400M€ "brutos" por 10 Anos, seria bom nos primeiros anos e poderia ser mau nos últimos anos, bastaram algumas semanas para se confirmar que a "estrutura do Benfica" subestimou a "concorrência" que apenas está a começar em Portugal ao nível dos operadores de telecomunicações.
Benfica/NOS vs Porto/MEO
Segundo o Correio da Manha o Benfica teria recebido uma proposta de 450M€ da Altice/MEO pelos direitos dos jogos em casa + BTV. Ninguém quis saber dessa notícia.
Agora um valor próximo dos 450M€ é oferecido ao Porto, com mais algumas componentes adicionais além dos direitos televisivos e Porto Canal (incluíram também publicidade nas camisolas e a publicidade de espaços comerciais do estádio). O importante deste facto, é que afinal poderiam ter existido 450M€ ou mais para o Benfica. Resta saber porque motivo o Benfica se contentou com um contrato de 400M€ a 10 Anos da NOS.
Analisando o contrato com o Benfica, pode-se supor que o Porto poderá receber verbas muito próximas do  Benfica:
a) 300M€ pelos direitos televisivos + 300M€ pelos direitos televisivos & publicidade estática. (se a repartição também for 75%&25% como no Benfica, relativa aos 400M€)
b) 100M€ pela BTV a 10 Anos + 100M€ pelo Porto Canal a 12 anos e meio.
c) Benfica tem acordo com a Emirates por 8M€ a 10M€/ano e o Porto fecha o sponsor da camisola por 57,5M€ a 7 épocas e meia (7,7M€/Ano), um valor próximo do Benfica. (suponho que os 57,5M€ adicionais dizem respeito ao Sponsor da camisola).
Explicações:
- A publicidade de espaços comerciais num estádio (antigamente designada de publicidade estática) não engloba contratos de namings das bancadas/estádio, nem parte de trás da camisola. Isso são contratos diferentes. A publicidade de espaços comerciais do estádio é a publicidade à volta do relvado, ao lado da baliza, etc. Pode representar 2 a 3M€/Ano, talvez 20M€ a 30M€ em 10 Anos.
- É verdade que o Porto tem essa componente da publicidade de espaços comerciais do estádio comercializada e o Benfica não comercializou isso com a NOS, e a BTV é por 10 Anos e o Porto Canal é por 12 Anos e meio,  mas o Benfica também tem mais custos com a BTV "normal", em relação ao Porto Canal "normal", por isso fica ela por ela, em termos de margem "líquida".
Se o Benfica esperava receber mais 20% do que o Porto e o Porto receber 80% do Benfica não foi isso que aconteceu. Benfica e Porto irão receber verbas muito parecidas, durante 8 épocas, a partir de 2018/2019, analisando as mesmas componentes, o que significa que o Benfica não soube tirar partido do seu potencial de mercado face ao rival mais directo, nem soube tirar partido da concorrência que se instalou no mercado português.

Hoje surge uma informação no Jornal Record, de uma alegada clausula do Benfica com a NOS não de 20%, mas sim de 10% de aumento mínimo face aos rivais, que o Benfica poderá ter no contrato. Aguardemos pelos próximos capítulos.
Além destes contratos, os 2 clubes podem renegociar as costas das camisolas (Sagres Vs SuperBock) e o Benfica e Porto podem renegociar novos contratos de namings de Estádio/Bancadas/Centro de Estágio/Museu´s. Em breve, poderá ser nessa componente que o Benfica se volte a distanciar do Porto, se fechar o tal contrato de naming de 100M€ (por 10 Anos) de que se tem falado, no entanto o Porto no futuro fica também com essa possível negociação em aberto.
Joaquim Oliveira
Confirma-se também que o Benfica fechou com a NOS e o Porto fechou com a MEO. Nenhum dos clubes fechou negócio com Joaquim Oliveira! Mais uma vez ninguém se lembra do que se escreveu durante os últimos meses, de Benfica e Porto andarem a tentar salvar Joaquim Oliveira. NENHUM dos clubes fechou negócio com a Controlinveste/Olivedesportos/PPT. O "intermediário" desapareceu, e até o próprio Pinto da Costa não teve qualquer problema em fechar com o "rival" MEO, em detrimento da NOS/SportTV. Afinal onde anda a "Santa Aliança" e a salvação de Joaquim Oliveira???? Agora tornou-se conveniente alguns benfiquistas esquecerem-se desse "tema".

Confirma-se também o que escrevi nos últimos anos. O mercado televisivo português vale muito mais do que os 50M€/Ano que os clubes portugueses recebiam há poucos anos atrás. Onde anda o "mercado pequeno"??? Onde anda o "favor" que Joaquim Oliveira fazia aos clubes"??? Como as opiniões mudaram nos comentadores, jornalistas e adeptos, nos últimos tempos.

Com as negociações em curso, todos os clubes portugueses poderão receber verbas próximas dos 150M€/Ano, demonstrando que Joaquim Oliveira andou a receber uma "fatia de leão" que o ajudou a controlar e condicionar o mercado das telecomunicações, pay-per-view e a própria industria do futebol.

Sporting
Se o Sporting passar a receber 60% do que Benfica e Porto recebem pelos direitos televisivos & publicidade de espaços comerciais no Estádio + Sporting Canal + Patrocínio da Camisola já se pode dar por muito satisfeito, ou seja 275M€ por 10 Anos, apesar de Bruno de Carvalho achar publicamente que vale o mesmo que os rivais. Se o Sporting vai ou não superar esses "60%" dependerá da força negocial de Bruno de Carvalho vs força negocial de Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa. Aguardemos pelos próximos capítulos.

120 comentários via blogger

  1. Como sabemos o senhor Oliveira é amigo do senhor Luis Filipe Vieira! Foi ele que o disse publicamente, o senhor Vieira. Creio que deverá ter a ver com isso... suponho eu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O senhor Joaquim Oliveira é amigo de meio mundo e de outro meio. Agora e como sempre acontece no mundo dos negócios, amigos amigos, negócios à parte. E foi mais uma vez o que aconteceu.

      No momento que Joaquim Oliveira perdeu influência no Benfica, perdeu em muito a utilidade que tinha para todos aqueles que usavam da sua influência para atingir os seus fins.

      Teófilo

      Eliminar
    2. O JJ é amigo do PdC e não é por isso que não lhe ganhou jogos

      Eliminar
  2. erros: os espaços comerciais rendem muito mais que 2 a 3M por ano, segundo o relatório e contas.

    omissão - o contrato do porto começa 2 anos depois do nosso e termina depois - ou seja, vamos à frente deles e estamos livres também antes.

    omissão - os custos da btv sem os jogos vao cair a pique.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o erro está no seu comentário. o Benfica recebia cerca de:
      - 6M€ da PT (camisola e 2 bancadas)
      - 4M€ da Sagres (camisola - parte de trás e 1 bancada)
      - 1,5M€ da CGD (centro estágio)
      - 1M€ da coca-cola (1 bancada)
      e o Benfica tinha em 2011 14M€ em publicidade e patrocínios.

      1) "namings" não são espaços comerciais. é a chamada publicidade estática (que agora é publicidade multimédia) e que estava vendida a Joaquim Oliveira. inclui a publicidade à volta do relvado e publicidade aos lados da baliza.

      2) a BTV poderá baixar para 5M€/Ano e mesmo assim o Porto Canal custa menos do que isso. a minha conclusão permanece válida.

      Eliminar
    2. Oh Anónimo:

      Estás então a assumir, a dar por certo que os funcionários da BTV vão ser despedidos, mandados para o olho da rua?!
      E 'omites' (esqueces) que os dinheiros investidos na compra dos jogos dos Campeonatos de Inglaterra, França e Itália não t~em que ser pagos, liquidados?!

      Ai assim é fácil os 'custos' despesas, gastos da BTV caírem a pique.


      Eliminar
    3. Quid,

      http://hugogil.pt/negocio-nosslb-nao-tem-incluida-a-venda-das-ligas-estrangeiras/

      Vê o que pode acontecer aos campeonatos que o Benfica detém actualmente, que no fundo é o que qualquer um já imagina mas não está nada oficializado.

      Eliminar
    4. Não disse? Estes sem vida drafartos não falham uma!

      Eliminar
    5. Benfica Sempre - exacto - só me estás da dar razão.. Se a BTV investiu, comprou os jogos TEM de os pagar. Foi só ISSO que eu disse. Ou por acaso a BTV vai rasgar os contratos em que se comprometeu a pagar?!

      Eliminar
    6. E ele continua a ganir!

      Eliminar
    7. Não entendes-te,

      DSO o que disse foi que no final de este ano, ou continuaria com a BTV2 para as ligas que tem contrato ou renegociava com os emissores dessas ligas para transferir a outros canais que estivessem interessados.

      Ora como será normal o Benfica não quer essas Ligas (Italiana e Francesa), logo o que irá acontecer é que quem vai ficar com elas será outro canal (aposto na SportTV), e esses custos (dos 2 anos que faltam) será o canal interessado a suportar.

      Sendo assim passa a ter só um canal que voltará a chamar BenficaTV, e automaticamente fica com custos normais de um canal de clube.

      Eliminar
    8. Não, desculpa lá, Quem não entendeu, foste tu..

      É que no entretanto é necessário pagar, liquidar os investimentos feitos, as dívidas existentes!!

      Eliminar
    9. Mas quais dividas Quid?

      DSO foi bem expresso quanto a isso... Ou fica na BTV2 ou passa para outro canal, e sendo assim é como uma venda, e esses custos que podem até já ter existido são recuperados.

      Quem não quer ver a realidade és tu.

      Nesse caso a Nós fica com:

      - Liga Inglesa
      - Liga dos Campeões
      - Liga Alemã
      - Liga Espanhola
      - Liga Europa
      - Taça de Portugal

      E se negociar com o Benfica:

      - Liga Italiana
      - Liga Francesa

      Fica praticamente com o Monopólio todo do Futebol.

      Eliminar
    10. A BTV basicamente vai ser uma televisãosita de clube como o Sporting e outros clubes têem, a pergunta é:
      - Vai haver despedimentos em massa na BTV?

      Eliminar
  3. sobre o que falas dos 450M ao Benfica duas notas:

    1. ha muito tempo que o Benfica e a NOS já tinham uma parceria - basta veres no R&C que eles já la aparecem e não é so para a BenficaTV

    2. quem, alem do CM, referiu que houve essa proposta? Lá porque o CM disse... todos acreditamos? A TVI que está muito bem informada e tem dado essas noticias em antemao sempre ainda ontem voltou a referir que a proposta da MEO era 350M

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Benfica soube negociar tão bem, então explica-me porque motivo o Porto recebeu o mesmo que o Benfica pelos jogos + canal (400M€), sem considerar o patrocínio da camisola.

      Eliminar
    2. O CM é dado muitas vezes aqui como fonte. O CM não é fonte de nada nem de ninguém, por favor! É um tablóide que atira 1000 notícias para o ar todos os dias e de vez em quando acerta uma.

      Acredito que o valor proposto tenha sido 350m€ pelos direitos televisivos
      Tal como acredito que o valor proposto tenha sido 450m€ pelos direitos televisivos e por tudo o resto, como fizeram com o Porto

      BE, onde te apoias para dar estes valores? 300+100+57? Conhecendo a forma como constróis os artigos, suponho que tenhas algum documento para o demonstrar, não?

      Eliminar
    3. Benfica Eagle sem poder dar-te pormenores que necessitas para perceber o que está realmente em jogo; posso te informar que o contrato que foi assinado entre a MEO e o FCP tem tudo aquilo que o Benfica não quis aceitar de forma a não ficar preso nem totalmente condicionado na sua estratégia e gestão futura a uma só entidade.

      Sem desvendar totalmente o véu sobre este negócio, vou dar-te aqui só um pequeno achega que sei bem que vais entender e bem do que falo, até porque tudo indica que sabes avaliar bem os reais valores e contrapartidas de um negócio.

      Então vamos lá. Sabes quanto é que pode valer em termos e imediatos e de futuro o arquivo audio-visual do Benfica? pois é como sabes ficar detentor na totalidade dos direitos do mesmo é uma mais valia presente e futura.

      Mas "pequenas" minuancias como esta há muitas mais... na verdade parece que o Benfica percebeu que fazer contratos como fazia antigamente com o Joaquim Oliveira só o prejudicou e condicionou... Já o Pinto da Costa teve que se sujeitar e muito aquilo que lhe foi exigido para se chegar aos valores em questão, mesmo com a MEO a estar em muito condicionada com a perca do Benfica para a sua mais directa concorrente.

      LR

      Eliminar
    4. LR, mesmo com essas condicionantes, e sim já sabia do arquivo ser propriedade do Benfica, já tinha escrito que o Benfica devia ter prolongado o leilão e que a tal proposta de 450M€ para o Benfica não seria de todo descabida.

      Eliminar
    5. Eu dou muito merito ao negocio do FCP, como foi possivel um clube regional (como muitos apelidam) fazer um negocio parecido ao maior clube português, rei das receitas, rei das vendas, com o maoir numero de socios, com uma televisão que ultrapassava uma SportTV (e foi comida de cebolada por um Porto Canal), etc etc...não me venham com merdas um clube que nao se compara ao Benfica no que toca a audiencias consegue um contrato muito parecido com o do Benfica!
      Já aqui foi dito as limitaçoes do sportem no que toca a este tipo de negocio mas na minha opiniao é um clube maior que o FCP portanto tem toda a legitimidade para pedir igual aos rivais...

      Eliminar
  4. Na mouche!
    Mais um vez quem está no Benfica serviu outros interesses que não os do Benfica!

    O Benfica recebe 8M/ano da Fly Emirates. Recebe mesmo?
    Onde está esse valor?

    Como o novo paradigma vamos trocar a Fly Emirates pela Barraqueiro, sem títulos não há dinheiro, descem as receitas de markting, desce a quotização, não há estádio cheio!
    O Benfica foi "comido de cebolada", isto deveria de servir de lição para aqueles benfiquistas que tratam o Porto e o Sporting com uma arrogância desmedida!

    joão silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. foi o valor anunciado na comunicação social, na altura da parceria com a Emirates. 8M€/Ano que podem chegar a 10M€/Ano. uma vertente para a formação e outra para o futebol profissional.

      Eliminar
    2. Exactamente, anunciou-se na comunicação social mas não há nenhuma confirmação oficial.
      O Benfica neste momento é isto, os sócios e adeptos informam-se quando dá jeito. Não se sabe ao certo quanto recebemos pelo patrocínio, não se sabe as clausulas que há nos contratos dos Markovic, não se sabe muita coisa. Coisas demais para um clube que devia ser sério e transparente!

      joão silva

      Eliminar
    3. João Silva sério e transparente... é claro que é sério e transparente todos nós já percebemos onde andam os duzentos e muitos milhões das vendas, o passivo actualmente anda nos duzentos e poucos milhões, tínhamos 450 milhões, vendemos 230 ou 240 milhões nos últimos 2 anos, estamos nos 250 sensivelmente é fácil fazer as contas! Devem ter ficado 30 ou 40 nas operações... isto sim é uma grande gestão! Eu estou grato e muito esclarecido. Às vezes alvitra-se que o Benfica fica com os ossos e os intermediários com a carne toda, o que não é de todo verdade, ... a direcção sabe defender o clube na medida que observamos que os jogadores se promovem através do clube mas nós ficamos com as mais valias.... muito bom MESMO!!!!!!!!!!!

      Eliminar
    4. joão silva, conheces as cláusulas do contrato de direitos televisivos do teu clube? ou dos jogadores do teu clube? vocês não entendem que o segredo é a alma do negócio, não é para se dar assim ao desbarato só porque sim

      Eliminar
    5. A alma do negócio é enganar papalvos que comem gelados com a testa.
      É assim à 14 anos e pelos vistos vai continuar a ser. Daqui a mais 14 continuaremos com um suposto milagre financeiro e com mais 1 titulo de campeão, é que sem JJ nem 4 haverá!

      joão silva

      Eliminar
    6. 250 milhões de passivo? alguma vez olhou para um relatório e contas?

      Eliminar
  5. Bom Eagle, pela tua análise vê-se que o contrato do Benfica não foi assim tão bom como parecia, e mesmo com os 10% que supostamente estará no contrato do Benfica, o que pode acrescentar uns 30 M€ ao global, fica aquém das diferenças dos 2 clubes.

    Quanto a Joaquim Oliveira, Pinto da Costa percebeu que o mesmo perdeu todo o seu poder como tinha em outros tempos, principalmente com a entrada da Altice em jogo e o fim da centralização dos Direitos Televisivos prometidos por Proença.
    Não sou bruxo, mas deve ser o último contrato que será efectuado por Pinto da Costa para Direitos Televisivos, e neste momento os interesses do clube falaram mais alto que amizade que os ligava.

    É o fim do sistema tendo como base a "SportTV", falta saber como vai ficar a Liga, Federação e Arbitragem dentro de alguns meses.


    Só uma correcção, dizes "Com as negociações em curso, todos os clubes portugueses poderão receber verbas próximas dos 150M€/Ano", mas quererás dizer 15M€/Ano, ou seja, 150M€/10Anos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serão mesmo cerca de 150M€/Ano para TODOS os clubes da Primeira Liga.
      Em breve serão 16 na Primeira Liga, e até o Boavista já tem proposta para 5M€/Ano.
      Um Braga ou Guimarães poderão chegar aos 8M€/Ano a 9M€/Ano
      Se somarmos tudo, em poucos anos, os clubes triplicam o valor anual que recebiam no início da década.

      Eliminar
    2. Existe uma situação que está no contrato do Benfica e não do Porto, é que no nosso caso este é renovável e o deles diz expressamente 10 anos.
      Achas que poderá ter sido uma exigência de Vieira para actualizações de valores, em função da situação de Mercado?

      Eliminar
    3. Ninguém conhece as clausulas do contrato por isso é andar a especular. Gosto de comentar o que conheço :)

      Eliminar
    4. Agora vou ser Vieirista,

      Vieira na incerteza do que pudesse acontecer com o Porto (uma vez que a luta entre a Nós e Meo era grande), além os 10% de salvaguarda, exigiu a renovação de 3 em 3 anos para actualizar os valores em função do mercado de direitos televisivos.

      E porquê?

      Enquanto que o Porto não tinha grande poder negocial, ou aceitava a MEO por estes valores ou ficava na Nós e aceitava a cláusula dos 80%, o Benfica é o produto mais apetecível do Mercado, logo pôde exigir "o que quisesse".

      Negociou por baixo para ver o que acontecia com os seus adversários e para além dos 10%, daqui a 3 anos, quando o Sporting já tiver o dele fechado também, vai actualizar os valores e receber a devida e justa diferença dos rivais.

      Especulação? Talvez, mas se pensarmos bem não deixava de ser uma jogada de mestre.

      Eliminar
    5. Se a tua ideia estiver certa ( e oxalá esteja) vou já meter o champanhe no frigorífico para festejar os bons negócios do nosso Presidente...

      Eliminar
    6. Benfica Sempre, o contrato é renovado apenas pela vontade da NOS. Mesmo que o Benfica ache que o contrato é mau, será continuamente renovado pela NOS.

      Eliminar
    7. Eagle,

      Como tu próprio dizes, ninguém sabe as cláusulas que lá existem...

      Eliminar
    8. Benfica Eagle posso te garantir mas nem seria necessário por tão lógico que é; que a Altice quem queria mesmo ter como parceiro era mesmo o Benfica e no futuro, também te posso garantir tudo fará para tentar resgatar o Benfica á NOS, mesmo que tenha de prescindir de continuar com o FCP. É que nessa altura já percebeu que deveria ter abdicado de alguns dos seus próprios interesses em prejuízo dos do Benfica. Já que ao FCP impôs todas as suas condições.

      O mesmo te posso afirmar em relação á NOS, quer acredites ou não, não só foi ao encontro, como até superou aquilo que o Benfica tinha exigido á MEO aquando da tal proposta dos 350 milhões. E agora que tem o Benfica e perdeu o FCP ainda está mais disposta a tudo fazer para manter o Benfica como parceiro, logo satisfeito e devidamente recompensado pela parceria efectuada.

      Como era previsível após o contrato milionário do Benfica com a NOS ou outro qualquer operador, todos os outros clubes iriam de forma directa ou indirecta, conseguir ganhar tb com isso; mas em contrapartida tb o Benfica mais cedo ou mais tarde vai beneficiar como líder de mercado que é, desse mesmo inflacionamento dos outros clubes.

      LR

      Eliminar
  6. O contrato do FCP é 36M durante 10 anos (360M), 37,5M durante 7,5 anos (5M/ano) e 60M do PortoC. Total 457,5M.

    O contrato do Benfica é muito mais vantajoso no intervalo temporal que contamos (12,5 anos, 1/1/2016 a 30/6/2028), temos de adicionar as diferenças dos primeiros 2,5 anos e os últimos 2 anos do Benfica (2016-28) (nunca menos de 100M), assim como as diferenças das camisolas durante 12,5 anos. Mais publicidade estática, etc.
    A diferença final será sempre próxima dos 200M.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em nenhuma parte do comunicado é referido isto: "O contrato do FCP é 36M durante 10 anos (360M), 37,5M durante 7,5 anos (5M/ano) e 60M do PortoC. Total 457,5M." Pura especulação.

      O patrocínio do Porto é por 7,5 anos e meio e não por 10 anos.

      Isso de a diferença final ser de 200M€ é um absurdo. Recebem os 2 praticamente o mesmo pelos direitos televisivos + canal, sem considerar o patrocínio.

      Eliminar
    2. O comunicado não o diz nem tinha de dizer mas dizem os portistas bem informados onde eu fui beber a informação. E bate certo ao centavo com os números vindos a público.

      Eliminar
    3. Quem falou em 10 anos? O da TV é de 10 anos. Os 7,5 anos são das camisolas. O cálculo está certo, basta fazer uma uma operação de somar simples. Gaste um pouco do seu tempo e esforce-se um poucochinho.

      Prazo temporal 12,5 anos (1/1/2016-310/6/2028).

      TV:
      0.5+2 anos (2016-2018) em que o Benfica recebe mais ((12,5-7,5)+(73-37))= 41.
      2 anos (2026-2018) quando o Benfica receberá mínimo 100M (50M/ano). (último ano do contrato com a NOS é de 45M).

      Camisolas:
      (12,5anos*7,5M)-(5anos*5M)= 68,75M

      41+100+68,75 = 209,75M

      Publicidade estática. BE pode preencher o número que lhe aprouver.

      O valor diferencial supera os 200M. A matemática não mente.


      Eliminar
  7. Meu caro....

    O excesso de bebida ( box in card? ) do Natal ainda deve estar a fazer efeito correcto?

    "Se o Sporting passar a receber 60% do que Benfica e Porto recebem pelos direitos televisivos & publicidade de espaços comerciais no Estádio + Sporting Canal + Patrocínio da Camisola já se pode dar por muito satisfeito, ou seja 275M€ por 10 Anos"

    Neste momento a junção do SCP à NOS ou a MEO vai desequilibrar claramente os pratos da balança ao nível desportivo e porquê?

    1- NOS praticamente está obrigada a passar os jogos do SLB na Sporttv. É accionista com um total de 50% e não o fazer significa que perderá o que já lá enterrou, pois canal está à beira da insolvência.

    2- MEO visto ter tido recusa quando tentou adquirir parte da da Sporttv está em condições de criar um seu canal de desporto e lá colocar os jogos do FCP.

    Ora atendendo a isto, o mercado nacional ( que como deve saber é o que dá audiência à Sporttv e dava alguma à BTV ) ficará dividido.
    A operadora que juntar ao clube que "detêm" o outro grande ficará certamente com o canal mais apelativo ao nível de subscrição e mais rapidamente recuperará o investimento, em maiores receitas de publicidade e subscrição. Acredite que a oferta ao SCP não deverá andar muito longe da que foi dada a FCP e SLB.

    Claro que os 275M poderão ser o número aceite pelo clube, no entanto não me parece que isso vá englobar os direitos de transmissão para fora de Portugal.....mas isso são outros 500.

    Beijinho e deixe a zurrapa de cartão, sobretudo se ( certamente o é ) é de marca branca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Sporting ficar com 275M€ por 10 anos, por tudo, já se pode dar por muito contente.

      Eliminar
    2. tenho dificuldade em entender a criação de um novo canal pela MEO. Vão fazer um canal novo para transmitir os jogos do FCP? Só? É que tudo o resto que interessa a nível desportivo está nas mãos da Sport TV ou BTV. Estou curioso para ver quais os conteúdos que lá colocariam quando apenas têm 2 jogos por mês do Porto

      Eliminar
    3. Renman; está a esquecer que além do Benfica, FC Porto e Sporting há um quarto player que pode ter muito mais importância e relevância que lhe tem sido dado e pessimamente explorado pela LIGA de clubes e o seu actual presidente.

      Sim estou a falar de todos os outros clubes que se souberem negociar, centralizam os seus direitos na Liga e leiloam os mesmos em pacotes vários ou mesmo num só pacote. É que o conjunto desses clubes (a serem 13 numa liga de 16) tem pelo menos a posse dos direitos de transmissão 13 jogos do Benfica fora, Porto fora e Sporting fora, ou seja tem no total na sua posse os direitos de 39 jogos com os ditos grandes. É só saber valer e render da melhor forma esses direitos.

      LR

      Eliminar
    4. LR, ainda hoje li uma entrevista ao presidente do U.Madeira que disse que é cada um por si. Por ele até tem vontade de negociar em leilão como referes mas as sondagens que fez a outros clubes foram negativas.

      Os dirigentes portugueses enterram-se sozinhos, preferem isso do que dar as mãos aos outros para todos se salvarem

      Eliminar
  8. BENFIQUISTA DE GAIA28/12/15, 15:59

    NAO DEVO ESTAR ENGANADO..ESTE FOI PARA O VIEIRA O MELHOR NEGOCIO DE SEMPRE...

    ResponderEliminar
  9. Mas então, e o que diz o José Marinho? Já tiveste oportunidade de ler? Deve ter informações privilegiadas sobre o tema...

    "Mais tarde farei mais comentários sobre o negócio do FC Porto com a Meo. É um grande negócio, com valores que, na forma como são apresentados, excedem aqueles que uniram o Benfica à NOS. Ainda assim vale a pena dizer o seguinte. Para chegar aos 457,5 milhoes de euros, o Porto meteu - como se diz na gíria - a carne toda no assador. Direitos televisivos, Porto Canal, Publicidade nas camisolas e estática. Pelos mesmos produtos, aos valores actuais e não progressivos - o Benfica teria de ser reembolsado em 60 milhões de euros. Multiplicando isto por dez anos, daria um negócio total de 600 milhões de euros. Há mais comentários para fazer, mas é melhor esperar pelo anúncio mais detalhado do negócio FC Porto-Meo. Por agora, isto é o mais importante e sobretudo seria muito bom que as pessoas deixassem de comparar o que não tem comparação."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim o Benfica deveria receber no mínimo 600M€ por tudo, mas na prática fica com:
      - 400M€ da NOS (direitos tv + canal)
      - +- 30M€ publicidade estática
      - +- 80M€ a 100M€ Emirates.
      A soma total supera os 500M€, mas não chega aos 600M€. (510M€ a 530M€)
      Para isso o Benfica teria de ter fechado com a NOS ou MEO por um valor a rondar os 500M€.

      Os valores dos namings e contratos de publicidade da parte de trás das camisolas não são chamados para esta comparação. São verbas à parte.

      Eliminar
    2. Li alguns comentarios na net de que os direitos de transmissão das ligas estrangeiras na posse da BTV para o próxima ano NÃO estão no acordo NOS. Ou seja, na próxima época ou são revendidos - mais um proveito para o SLB, ou continuam a passar em canal BTV Premium, e aí de novo uma receita "extra" a contabilizar.

      Parece-me estranho isto, mas não tenho melhor informação disponivel.

      Alguém sabe realmente se estes direitos estão já vendidos no acordo NOS?

      Eliminar
    3. Os direitos das ligas ainda são do Benfica e são um custo adicional do canal, face ao canal do porto.

      Se já temos 10M€ garantidos de receita na BTV é normal que o Benfica os possa comercializar.

      Eliminar
    4. 10 milhões de receita? nem bruta quanto mais liquida

      Eliminar
  10. Boas a todos, sou Benfiquista, mas não tendencioso.
    A Analise do By Eagle não batem certo nas comparações, Vejamos:
    Contrato da NOS a 10 Anos - 400 M€ +
    Contrato da Fly Emirates (digamos 8 M€/ano) a 10 Anos dá 100 M€
    Contratos da publicidades atras referida de 14 M€/ano dá 140 M€
    ao todo dá 640 M€ em 10 Anos, isto para comparar aos 475,5 M€ do Porto com a MEO a 12,5 Anos.
    Quem fez melhor negócio ?
    Por favor não sejam Antis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o contrato do sponsor do porto não é a 10 anos. é a 7,5 anos. Se for os 57,5M€ dá os tais 7,7M€/ano, um valor próximo ao do Benfica.

      os contratos de publicidade os tais 14M€, que agora até são 20M€ (já inclui a emirates e namings) e não são considerados na análise!! O Porto não vendeu namings!

      comparei o que tem de ser comparado, excluindo namings e publicidade das costas da camisola!

      Eliminar
    2. Gostava muito que me explicassem uma coisa.

      Se o contrato com Emirates (que teve início em 1/7/15) vale entre 8 a 10 milhões de euros como é que as receitas de publicidade reportadas pelo Benfica no relatório relativo ao 1º trimestre (e que vai de 1 de Julho a 30 de Setembro) são inferiores em 258.000 euros ao valor reportado no ano anterior?

      E não venham com a história da carochinha que no valor reportado no 1º trimestre de 15/16 não está incluído o referido contrato com a Emirates.

      Passa a reproduzir o texto do relatório:

      “A rubrica de patrocínios e publicidade inclui os rendimentos provenientes dos diversos contratos de patrocínio realizados pelo Grupo, sendo de destacar os contratos de main sponsor com a Emirates e de oficial sponsor com a Central de Cervejas, o patrocínio técnico de equipamentos com a Adidas e o naming right do Caixa Futebol Campus realizado com a Caixa Geral de Depósitos”.

      Para os mais distraídos assinalo a passagem “sendo de destacar os contratos de main sponsor com a Emirates…”

      Fico à espera da explicação…

      Eliminar
    3. O Benfica já tinha um contrato com a Emirates para as camadas jovens que foi expandido para o futebol sénior.

      Também é referido que existem contratos actuais de publicidade (namings) que estão em negociação e poderão não estar neste momento a ser facturados ;)

      Só no final do exercício se poderá fazer uma análise mais rigorosa.

      Eliminar
    4. O problema.. caro sr Anti 'antis', é que no R&C o SLB declarou ter recebido apenas 3,75 milhões da Fly Emirates. E o contrato é por objectivos. Só no melhor dos cenários é que poderá chegar aos propalados e empolados 6 milhões do Rui Brás da TVI!!

      :-)

      Eliminar
    5. Quid essa afirmação "no R&C o SLB declarou ter recebido apenas 3,75 milhões da Fly Emirates" é FALSA!

      Se o Benfica vende um jogador por 30M€ e tem 15M€ para receber não significa que o jogador tenha sido vendido por 15M€.

      o que o R&C afirma é que o Benfica tinha 3,75M€ para receber, mas não refere se é relativo a uma factura semestral ou anual ;)

      Eliminar
    6. E não sai daqui!

      Eliminar
    7. Com o devido respeito, BE, se o R&C diz que foram 3,75 milhões porque razão não havemos de acreditar no R&C oficial?! Ou agora já vale mais a palavra fácil dos pasquineiros e jornaletas, do que o R&C oficial do clube?!

      Eliminar
    8. Se não sabe a diferença entre proveito e dívida a receber o problema não é meu.

      tentei dar um exemplo: "Se o Benfica vende um jogador por 30M€ e tem 15M€ para receber não significa que o jogador tenha sido vendido por 15M€."

      Eliminar
    9. Da leitura do excerto que acima reproduzi fica claro que os contratos em renegociação não incluem o contrato da Emirates, o contrato da Central de Cervejas, o contrato de Adidas e o contrato de naming com a CGD.

      Ora aparentemente estes são os principais contratos. Se não são estes os contratos que estão em negociação, de que contratos é que se está a falar?

      Eliminar
    10. Anónimo das 17h59 está equivocado. Os contratos que estão em negociação são os dos namings do estádio e centro de estágio que engloba coca-cola, central de cervejas e cgd.

      Eliminar
    11. o Relatório e contas referente ao período de 6 a 9 de 2015 refere que em toda a publicidade e patrocínios o benfica conseguiu 4,5 milhões, o que dá 18 milhões ano, onde estão incluídos todos os patrocínios das camisolas, as publicidades estáticas, o naming do seixal e a parceria com a adidas

      Eliminar
  11. João Vilela28/12/15, 16:26

    Tenho curiosidade em saber como ficam os clubes pequenos em relação a isto. Quanto vão receber? É que por um lado "ninguém" quer saber de um Moreirense x Tondela, mas por outro, sem Moreirenses e Tondelas não há jogos na Luz nem no Dragão para capitalizar estes 400 milhões de cada um...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem notícias que um Boavista pode receber 5M€/Ano e que um Braga ou Guimarães podem chegar aos 8M€/Ano a 9M€/Ano.

      É um valor muito interessante, atendendo aos mercados potenciais desses clubes. Estamos a falar em mais do que duplicar o que recebem agora.

      Eliminar
    2. João Vilela28/12/15, 19:10

      Obrigado pela resposta Benfica Eagle. Esclarecido :)

      Eliminar
  12. Espero que o Sporting negoceie no final do seu contrato. Se nos 3 anos que faltam ganharmos 1 campeonato e óbvio que a marca SPORTING irá se valorizar. Se até continuar-mos com fome de títulos penso que nem esses 275M nos dão. Melhor ainda era o Sporting se juntar aos restantes clubes e centralizar os direitos televisivos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. os direitos só valorizam porque há concorrência MEO e NOS a pagar o justo valor.

      Se a MEO e a NOS não pagarem mais do que isso nada feito.
      Neste momento só oferecem 250M€ e o Sporting aceita 320M€.

      Eliminar
    2. Só faltava este sem vida do pestana.

      Eliminar
    3. O melhor mesmo era juntarmo-nos com os restantes clubes e centralizar os direitos, se não o campeonato português continuará fraquinho fraquinho..

      Eliminar
  13. Há aqui qqr coisa na tua divisão dos 457M e no foi incluído no pacote que não bate certo mas, independentemente disso tudo, foi um excelente acordo para a dimensão dos azuis.

    O scp pode acabar por ganhar com tudo isto, resta saber se os players no mercado têm ainda disponibilidade financeira para novo acordo semelhante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podes tentar explicar o que não bate certo.

      presumo que sejam 400M€ para o Porto tal como o Benfica, mais 7,7M€ em main sponsor da camisola por 7,5 anos.

      As únicas diferenças nos 400M€ são 2,5 anos adicionais do Porto canal e publicidade estática.
      Isso para o Benfica pode render 50M€ adicionais. No entanto a BTV tb tem mais custos que o Porto Canal.

      Para quem referia que o Benfica devia receber mais 20% que o Porto, isso não aconteceu, façam as contas que fizerem.

      Eliminar
  14. Li algures que o Benfica poderia receber mais 10% em função do contrato do Porto. Como não me sinto abalizado para discutir números fico-me por aqui.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. na altura do contrato com a NOS referia-se que o Porto tinha de ganhar 80% do Benfica.
      Agora surge uma notícia apenas num jornal que o Benfica pode ter aumento de 10%.

      Para já dou pouca credibilidade a esse assunto.

      Eliminar
  15. É uma discussão interessante, pena não conhecermos os contratos para termos opiniões ainda mais concretas em alguns temas.

    Deixo uma questão estimados consócios, o que acham da centralização dos direitos de transmissão? Pelo que li e investiguei, nós (e consequentemente os outros dois) iríamos ganhar menos, mas os mais pequenos iriam ganhar mais e trazer maior equilibrio e melhores jogos. Não ficaríamos a ganhar no futuro?

    Em relação ao acordo porto/meo não o conheço mas parece-me elevado para a projeção do clube. Mas cada empresa sabe de si e a mim só me preocupa o SLB.

    Capitão Vermelho.

    ResponderEliminar
  16. Segundo estudos de mercado, feitos até pela NOS, o Benfica vale mais de 50% do mercado televisivo. O porto valerá menos de metade das receitas potenciais proporcionadas pelos adeptos benfiquistas, não só em Portugal, como no resto do mundo.
    Se os valores contratados pelos direitos televisivos (e são estes que representam a grande fatia do bolo), são muito próximos, então LFV foi um zero a negociar, foi totalmente comido de cebolada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Ramalhete, SLB valer 50% do mercado, nao siginifica que sobre apenas 50% para os restantes... o FCP pode valer 45% e o SCP 35% por exemplo. E estudos são estatisticas muito subjetivas. Para mais da NOS a falar de uma marca com quem já trabalhava!!

      Eliminar
    2. Os estudos de mercado têm uma base cientifica e são usados pelas empresas para tomar decisões importantes. As variáveis em apreço não podem somar 130%.
      LFV limitou-se a negociar com os amigos ou parceiros privilegiados e não soube aproveitar a conjuntura de concorrência entre os operadores que já se vinha anunciando, prejudicando objectivamente o Benfica. Como tem acontecido nos negócios com o A . Madrid.

      Eliminar
    3. Os estudos de mercado são indicativos apenas, quem decide quanto pagar é o comprador que se quiser pagar um "overprice" por algo ninguém tem nada a ver com isso.

      Eliminar
    4. Se está disposto a pagar um "overprice" pelo porto, mais depressa estaria disposto a pagar o justo valor pelo Benfica porque lhe daria um retorno maior. Desde que LFV se tivesse disponibilizado para negociar com eles.

      Eliminar
    5. O que o Ramalhete acha é igual a zero! No caso concreto não vale nada porque quem manda é quem compra.
      Não há mais depressas nem mais devagares. LFV negoceia com quem está disposto a negociar com ele. Teorias.

      Eliminar
  17. eagle, para mim a meo vai ter dificuldade de recuperar o dinheiro investido, porque para vender os seus jogos a um canal desportivo, podem não dar o dinheiro que eles querem, mais, se abrirem um canal desportivo sem liga dos campeoes e liga inglesa nunca terá assinantes para pagar esses valores... vai haver buraco. nao falam-do dos benfiquistas e ou tambem sportinguistas nao comprem meo...

    para mim o benfica fez um bom negocio, pois está inseridos nos melhores conteudos desportivos, e a renegociação dos contratos coincidem.

    o porto também fez um bom negocio, mas ainda sabemos poucos pormenores, desta vez a comunicação social já não quer saber disso.. o porto e perito a dizer que vendeu por x mas mais tarde vemos que foi y

    para mim teremos de esperar pelos relatorios e contas dos anos em que iniciam os contratos para saber foi ou nao um grande negocio.

    como to dizes 10 anos é muito tempo, e foi o que o porto fez, sim dez porque o contrato já está assinado, porque que não esperaram até ao fim deste contrato,poderiam levar mais dinheiro... pela tua teoria...

    que dizes eagle disto??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considero que o Porto fez um negócio melhor do que o Benfica face à dimensão de ambos os clubes e à sua audiência.

      Apesar de tudo ambos os negócios são bem melhores do que o que acontecia há 5 anos atrás.

      Eliminar
  18. A QUEDA DE 10 MITOS

    1. O contrato do Benfica é melhor que o do FC Porto

    Não é. E nem me interessa quantos milhões a mais poderá a direcção do Benfica fazer com mais este ou aquele patrocínio. Mesmo com 25 anos de domínio portista, o Benfica joga ainda hoje num campeonato à parte (e nada indica que tal possa mudar tão depressa uma vez que, acredito, o pior já passou).

    Para FC Porto e Sporting serem considerados grandes, o Benfica terá de ser sempre tido como gigante perante aqueles. E essa diferença, manifestamente, não se encontra plasmada nos contratos formalizados. Uns (FC Porto) conseguiram vender um Corsa a preço de Ferrari; outros (Benfica), um Ferrari ao preço de um Corsa.

    2. O Benfica salvaguardou-se com 10% perante contratos iguais ou superiores formalizados pelos rivais

    A sério? É esta a diferença que encontram entre Benfica e FC Porto? Foi a isto que chegámos? 10%? Quando ainda há poucos anos atrás o próprio FC Porto considerava aceitável apanhar com 80% do que o Benfica recebesse (diferença de 20%, o dobro)?

    Como dizia há uns tempos um mete nojo qualquer da Sportv, o Benfica interessa a todos. TODOS! Benfiquistas, antis, unicórnios e o que mais houver. Esta merda pára toda quando o Benfica joga! E querem que olhe para o contrato formalizado com a NOS + a cláusula visionária de “10%” e pense: “ahhh… então está bem”? Será só a mim a quem vem à mente os termos “gestão danosa” de cada vez que penso no assunto?

    3. O FC Porto empenhou tudo e, assim, não pode ganhar mais

    Não sei se o FC Porto empenhou tudo. Se não o fez, foi porque não o conseguiu, pois vontade certamente não lhe faltava. Falamos de um clube de interesse regional, com o passado que se conhece, sem ninguém (compreensivelmente) interessado em querer associar a marca ao clube. Que resolveu (e bem) fazer?

    Meter tudo no pacote dos direitos de tv, como que “chantageando” a MEO a dar aquilo que mais ninguém dava, a troco/coberto dos direitos televisivos. O FC Porto não hipotecou nada: esticou ao máximo um produto que não vale sequer metade do que receberam. E isso, no seu caso, é tanto um facto hoje, como o será dentro de 12 anos.

    4. O FC Porto é um excelente negociador

    Para o FC Porto, este é um negócio das arábias. O que é bem diferente de dizer-se que mostraram ser excelentes negociadores. Sem o negócio do Benfica, bem podiam ter lá o Mendes ou o Trump que, por muitos “Canais Porto” que metessem no negócio, ficavam a noite toda a xuxar no dedo. Ainda mais não ganhando nada que se veja vai para 3 anos…

    Foi a direcção do Benfica quem tomou as decisões difíceis (ruptura com Sportv e criação da BTV), quem desbravou terreno e deu o mote, fixando um valor/barreira muito acima do que outros julgavam poder aspirar. À direcção do FC Porto, imbuída do sempre presente espírito de cabulanço e parasitismo, pouco mais bastou-lhe do que estar presente nas reuniões e levar a caneta para assinar. Quando ninguém estiver a ver, bem podem acender uma velinha e agradecer ao Benfica por aquilo que têm.

    5. O Sporting vai papar migalhas

    O Sporting só vai papar migalhas se o seu presidente for ainda mais imbecil do que aparenta. O que, não sendo fácil, não é impossível. Por incrível que pareça, tudo o que BdC tem de fazer para brindar o clube a que preside com um contrato de direitos televisivos milionário (para os parâmetros do clube) e assim perpetuar-se no poder e ficar na história é… aguentar. Esperar, não fazer nada. Tcharan!

    O mercado (NOS e MEO) tratará do resto: leia-se, de lhe brindar com aquilo que, estupidamente, pede. E digo estupidamente não porque ache que esteja a pedir muito, mas porque considero que, à luz dos mais recentes negócios, o que exige é manifestamente pouco. E consta que ainda está a descer o preço (de €35M para €32M)! Já os benfiquistas, esses não terão de se preocupar quando (não se, quando) o Sporting fizer um negócio nos termos do FC Porto: pois temos a devida cláusula de… 10%.

    ResponderEliminar
  19. 6. Os clubes valem o que o mercado pagar

    O mercado, como o futebol, é o momento. E está-se a pagar o que se vê não graças ao valor de mercado inerente aos clubes, mas fundamentalmente pelo picanço inerente a empresas cotadas em bolsa e que se movem num mercado concorrencial que, há não muito tempo e inexplicavelmente para um país ocidental do século XXI, não existia - prejudicando tudo e todos em benefício da Olivedesportos.

    O Benfica vale incomensuravelmente mais do que irá auferir. FC Porto e Sporting receberão verbas incomensuravelmente superiores aos respectivos valores de mercado, conseguindo-o, sobretudo, pelo fervilhar do mercado provocado pelo Benfica. Não fosse o Benfica, as empresas de telecomunicações ainda hoje estariam confortáveis nos respectivos sofás a apostar na qualidade dos serviços ao invés da exclusividade de conteúdos.

    7. A Olivedesportos é o alvo a abater

    Troquem ou actualizem a palavra “Olivedesportos” por “MEO” e estou convosco.

    8. Grande contra-ataque da MEO

    Eu, se fosse presidente daquilo, estaria de ora em diante aberto a considerar a adopção de práticas de empalamento no seio da empresa – sempre tendo em mente aplicá-la, em primeira mão, ao responsável pela pasta da aquisição dos direitos televisivos dos clubes. Inacreditável… Depois de perder o Benfica de forma estapafúrdia (uma vez que tinha, como se vê, pelo menos €457M disponíveis para dar à sua 1.ª aposta – o Benfica), faz, em desespero, um all-in no FC Porto.

    Para além das implicações de imagem que inerentemente passa (tornando-se no braço armado regionalista do FC Porto, abrindo uma “guerra norte-sul” caso não “feche” o Sporting), as implicações de tal nas negociações a encetar futuramente levam a que a mera exportação do produto para as comunidades lusófonas comece a ficar curto. Importará, pois, começar a apurar a viabilidade em comercializá-lo junto das sociedades de Marte, do planeta Namek e da nave espacial do Dr. Spok.

    9. O dinheiro servirá para baixar o passivo

    Sim, sim… Com todo este pilim a cair nos cofres dos 3 grandes, o que ficar para trás preocupadinho em diminuir passivos e ficar bem na foto fica a ver a Champions pela tv. Está-se mesmo a ver que bastará um deles investir forte e disso tirar proveitos para, logo depois, irem os restantes atrás.

    10. O cliente é quem sai a ganhar

    Treta. Neste caso, o cliente (da bola) fornica-se pois, ao que parece, e contrariando quer a lógica do bom-senso, quer a capacidade económica média das famílias portuguesas, será agora necessário assinar 2 canais pagos (ou, no limite, efectuar 2 contratos com 2 operadoras) para se poder assistir às jogas. Ai Portugal, Portugal…

    RedMist

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas observações RedMist.
      concordo com a grande maioria.
      Abraço

      Eliminar
    2. PORTO - bom negócio BENFICA - não tão bom. Como é óbvio... senão vejamos: mercado nacional; 50 a 60% da população nacional é adepta do BENFICA; 30 a 35% será adepta do SPORTING; e o PORTO talvez tenha 15%. Admitamos percentagens semelhantes de telespectadores...estão a ver onde quero chegar? A contabilidade obviamente não poderá ser vista desta forma simplista, há outras variantes a considerar (p.e. o poder de compra do comum sportinguista vs. o do comum benfiquista), mas, obviamente teria sempre que existir uma substancial diferença entre o que os clubes vão receber. Estatístico Preocupado

      Eliminar
    3. Desculpem o meu desabafo, mas esta questão dos direitos televisivos foi mais um grande golpe no nosso clube e parece que nunca mais aprendemos...bastava o BENFICA não fazer nada, repito não fazer nada e continuarmos com a os nossos jogos na BTV e nunca os corruptos e as osgas teriam acesso a estes valores...BENFICA deu a mão aos rivais e com a agravante de ser na altura exacta, isto é, quando ambos passam por tremendas dificuldades, com estes negócios, no caso dos corruptos ( já está fechado ), já em Janeiro anteciparem receitas que doutro modo era quase impossível.
      Mau demais para ser verdade.
      Carrega BENFICA.

      Eliminar
    4. Na lista dos 20 programas mais vistos do ano, há cinco jogos envolvendo o FC Porto e outros cinco com o Benfica, embora com vantagem acumulada dos portistas (10.658.900 milhões de espectadores, contra 10.307.900 dos benfiquistas). Já o Sporting conta com três partidas neste ranking. De referir que a Seleção portuguesa teve quatro jogos entre os de maior audiência em 2015.

      http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/detalhe/direitos-televisivos-nos-e-meo-sonham-em-grande.html

      Eliminar
  20. Engraçado quem diz que o FCP não vale nem da retorno para o valor contratado... então porque razão a MEO a fez?? para fazer o favorzinho oFCP ou ao Pintinho da Costa é isso? sejam serios, vcs sabem tanto do assunto como eu de chines... e so sei dizer: Txin Txin!! :D
    Nos negocios por vezes corrense riscos mas não dessa forma... não se corre riscos em prejuizos garantidos! vcs talves... qd jogam ao euromilhoes!!! :D

    ResponderEliminar
  21. Gostei bastante deste comentário!

    Mas a ironia das ironias é que dentro de 10/12 anos vamos ver se as operadoras se moverão da mesma maneira, i.e., talvez aí já seja mais visivel para o mercado se o SLB vale mais 10% ou 20% que os outros. Os contratos serão renovados pelos mesmos valores relativos?

    Eu estou a fazer figas para que a Meo apanhe um escaldão daqueles e aprenda a ter juizo. Custa a acreditar que possam ter adesões suficientes para pagar este balurdio sabendo dos conteudos quase monopolistas da NOS/SportTV.

    Já adicionei o lembrete no Outlook para 2026/2028.

    ResponderEliminar
  22. Caro Benfica Eagle,

    Honestamente que ainda não procurei analisar as vantagens e desvantagens deste contrato com a NOS e muito menos comparar o contrato do glorioso com o que o clube do Norte fez com a MEO.
    Concordo porém contigo que 10 anos é muito tempo e a tendência de se valorizarem os conteúdos de "directo" é muito grande. Por isso o Benfica poderia negociar num período mais curto, provavelemnte recebendo menos agora e mais numa segunda fase.
    O que me parece é que há qualquer coisa nisto tudo que não está certa e que depois de se saberem dados em pormenor dos contratos poderá ficar mais claro:
    - A MEO teria prioridade em iguais circunstâncias perante o Benfica pois já era parceiro, porque razão não procurou garantir o Benfica se aparentemente vai gastar o mesmo com o Porto?
    - Alguém acredita que o Benfica fechasse acordo com a NOS quando a MEO lhe pagava mais? Sinceramente que me parece um absurdo.
    - Será que o contrato do Porto engloba só e apenas a publicidade estática e a publicidade nas camisolas a mais do que o do Benfica?
    - Quem recebe as receitas de publicidade nos canais BTV e Porto Canal?
    - Há requisitos em termos de conteúdos, i.e., qualidade por parte da NOS e MEO face aos canais de clube? Quais?
    - Qual o valor do patrocínio da Emirates?
    - Quais os requisitos das operadoras em termos de naming de estádio, naming de bancadas, publicidade nas costas das camisolas? O contrato com a MEO não engloba mesmo publicidade nas bancadase outros espaços comerciais?
    - Por último será que a MEO não consegue diferenciar o potencial das duas marcas?
    São dúvidas que tenho e que depois de ler o teu Post mantenho, embora sabendo da tua máxima correcção nas análises que fazes.
    Quero acreditar que a este nível não se conseguem cometer tamanhos erros, que se a tua análise estiver certa são da MEO ( porque não soube a devido tempo negociar com o Benfica e depois disso sobrevalorizar o produto Porto quando necessariamente poderia pagar menos) e do Benfica ( que não soube valorizar a sua marca que sem dúvida é enormemente mais valiosa que a do Porto).
    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica não procurou negociar com a Altice como lhe competia, tirando partido do clima de concorrência que se vinha anunciando entre os operadores.
      A NOS passou a ser parceiro privilegiado, função dos dinheiros de Angola, via Isabel dos Santos, accionista de referência.
      LFV está sempre ligado a este tipo de interesses com amigos e parceiros privilegiados, onde o clube sai sempre a perder, como acontece nas negociatas com o A.Madrid
      Madrid.

      Eliminar
  23. Blogue «Tudo por ti Benfica!»

    redbull171027 de dezembro de 2015 às 14:28
    A GUERRA DOS DIREITOS TELEVISIVOS ENTRE A MEO E A NOS, ou

    COM PAPAS E BOLOS SE ENGANAM TOLOS:

    Sem dúvida que o Contrato MEO/FCP é um grande negócio. 457 Milhões por 12,5 anos, mas não se compara ao contrato do Benfica, senão vejamos.

    O que incluiu o Contrato da MEO com o FCP:
    • Exclusividade Porto Canal por 12,5 anos
    • Direitos Televisivos dos jogos por 10 anos
    • Publicidade nas camisolas por 7,5 anos
    • Publicidade estática nas Bancadas por 12,5 anos
    • Teremos que somar a isto os cerca de 50 milhões que o Porto irá
    facturar com a Sport Tv nos próximos 2,5 anos até final do contrato em 2018
    Logo temos:
    457 do contrato MEO + 50 Milhões da Sport TV = 507 Milhões o que dividido por 12,5 anos dá
    = 40,56 Milhões/ano

    O que incluiu o Contrato do Benfica:
    • Direitos televisivos 10 anos
    • Exclusividade BTV 10 anos
    Por 400 Milhões total, logo 40 Milhões ano

    A isto tem que se somar:
    A- Publicidade nas camisolas não está incluída, teremos pois que adicionar 8 + 3 milhões/ano (8 dos seniores+3 dos juniores) …11 milhões x 10 anos = 110 Milhões
    B- A Publicidade estática nas bancadas não está incluída logo teremos que acrescentar:
    • Publicidade nos jogos 5 Milhões/ano = 50 Milhões em 10 anos
    • Sagres 3 Milhões/ano = 30 Milhões em 10 anos
    • Coca Cola3 Milhões ano = 30 milhões em 10 anos

    Contas redondas:
    400 Milhões Meo +
    110 Milhões Fly Emirates +
    50 Milhões Publicidade Estática nos jogos +
    40 Milhões Sagres +
    30 Milhões Coca Cola
    Total 630 Milhões, o que dividido or 10 anos dá:
    = 63 Milhões ano

    Mais, o contrato do Porto/MEO termina daqui a 12,5 anos, logo em Junho 2028, enquanto o do Benfica termina em Junho de 2026.

    Resumindo: O contrato do Porto/MEO termina daqui a 12,5 anos, logo em Junho 2028, enquanto o do Benfica termina em Junho de 2026. Logo teremos que acrescentar mais 2 anos de receitas ás contas do Benfica para poder comparar valores no mesmo período temporal. Mesmo tomando como exemplo valores actuais seriam mais 124 milhões de Receitas para o Benfica. Comparando períodos de 12, 5 anos teríamos 457 Milhões para o Porto e 744 Milhões para o Benfica no espaço temporal de 12,5 anos...Factos são Factos..

    No meio disto tudo será interessante verificar a capacidade do Sporting e do seu aclamado Presidente para negociar, porque depois dos valores obtidos pelos rivais qualquer valor abaixo dos 30 milhões anos será um enorme fracasso...

    Com a NOS a fechar negócio com o Benfica e a PT a fechar negócio com o FC Porto, ficamos agora a aguardar se sobra alguma fatia do bolo ou apenas as migalhas para o Sporting, Bruno de Carvalho está encostado ás cordas, os patrocinadores fogem do Sporting como o diabo da cruz e as dívidas vão chegando a cada dia que passa ao pátio das cantigas, estou curioso para ver quem é que os vai salvar da banca rota.

    FORÇA "BRUNA" ESTAMOS CONTIGO...

    ResponderEliminar
    redbull171027 de dezembro de 2015 às 17:56
    Resumindo os Contratos do Benfica e do FCP:

    AS CONTAS DO SLB
    A -De 01 Jan 2016 a 30 Jun 2016:
    Emirates 5,5
    Sagres 2
    Coca Cola 1,5
    Publicidade 2,5
    Benfica TV 12,5
    Totais Gerais 24 Milhões

    B – De 01 Jul 2016 a 30 Jun 2026
    Contrato NOS 400 Milhões + Emirates 110+ Sagres 40+ Coca Cola 30+ Publicidade Estatica 50 = 630 Milhões

    C – De 01 Jul 2026 a 30 Jun 2028
    Estimativa Receitas tendo por base valores actuais : 126 Milhões

    TOTAL GERAL Receitas SLB de 01 Jan 2016 a 30 Jun 2028= 780 Milhões

    AS CONTAS DO FCP:
    A – De 01 Jan 2016 a 30 Jun 2016
    Sport Tv 9 Milhões

    B – De 01 Jul 2016 a 30 Jun 2018
    Sport Tv = 36 Milhões

    C – De 01 Jul 2018 a 30 Jun 2028
    Contrato Meo(a piublicidade nas camisolas que inicia a 01 Jan 2016 está aqui incluída)
    457 Milhões

    TOTAL GERAL Receitas FCP DE 01 Jan 2016 a 30 Jun 2028= 502 Milhões


    SLB = 780 Milhões
    FCP = 502 Milhões

    Diferença: FCP com menos 278 Milhões de 01 Jan 2016 a 30 Jun 2028
    Ou seja dividindo por 12,5 anos = Menos 22,24 Milhões/ano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa análise está errada porque o negócio com a Sagres e com a coca-cola não é para ai chamado.

      Ainda para mais há valores empolados. coca cola não paga 3M€/Ano. Paga cerca de 1M€/Ano.
      A publicidade estática não é de 5M€/Ano rondará 2M€ a 3M€/Ano
      Mesmo a Emirates são 8M€ a 10M€/Ano.

      Eliminar
  24. O contrato do Benfica é ligeiramente superior.
    Vejamos
    Benfica a troco de 400 milhões cedeu os direitos televisivose a BTV.

    Porto a troco de 457,5 milhões cedeu os direitos televisivos a 10 anos, porto canal a 12,5 anos, patrocínio das camisolas a 7,5 anos e publicidade estática do estádio do dragão.
    O porto recebe mais mas cedeu mais.
    O mais importante é que o Benfica daqui a 3 épocas vai negociar novamente a publicidade das camisolas, o porto só pode fazer isso em 2025.

    O Benfica tem um acordo ligeiramente superior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não deveria ser "apenas" ligeiramente superior.

      Eliminar
    2. O Benfica também cedeu a publicidade estática.

      Eliminar
    3. O Benfica não cedeu a publicidade estática. Não pertence à BTV.

      Eliminar
  25. Para mim o grande negocio no meio de milhoes da treta foi o do FCP um clube que não se compara á grandeza do Benfica!

    ResponderEliminar
  26. Ao contrário de todos os comentadores, paineleiros e figuras afins do futebol nacional, não me parece que sejam assim tão bons negócios a médio-longo prazo (daqui por 5/6 anos veremos).
    Quanto a comparar os contratos isso deve ser um exercício de adivinhação vulgo Ciênciatologia di Professor Bambo/Karamba pois ter-se-ia que dispor de toda a informação o que não acontece.

    ResponderEliminar
  27. Problema disto: O Benfica, dirigentes, andaram a pavonear-se que tinham feito um contrato fabuloso, o melhor de sempre, bastou passarem umas semanitas, e o melhor negocio de sempre foi colocado em questão, por um clube que no minimo fez um contrato por valores identicos, mais milhão menos milhão.

    O Porto é um clube mais ganhador num passado recente, dois anos é um espaço temporal demasiado curto para avaliar seja o que for, mas o Benfica noutras vertentes tem um potencial maior, o qual não devidamente negociado neste contrato. Benfica tinha que negociar o contrato por valores que fossem impossiveis a qualquer operador poder pagar ouaproximar-se de valores semelhantes.

    Não sei se é verdade ou não mas diz-se que o contrato com a Emirates ronda os 4 milhões ano, se for este o valor não vejo mais uma vez motivo para tanta pompa e circunstancia.

    Conclusão o Benfica de há muitos anos para cá é uma fogueira das vaidades, habitada por muitos cagões, pavões e vaidosos cheios de manias, sempre a cagarem postas de pescada, como já digo há varios anos o Benfica já foi o maior hoje não o é mais, quando essas pessoas falam, pensam que estão a ver o Benfica das decadas de 60, 70 e 80, onde o Benfica em 30 campeonatos ganhou 18, foi a 8 finais europeias e ganhou 2, e foi considerado o melhor clube da decada de 60, isso foi um Benfica glorioso, o de hoje é o Benfica apenas e só, oBEnfica não ganha uma competição europeia há mais de 50 anos, e são os titulos internacionais que dão dimensão a um clube, e foram os titulos europeus que ainda hoje fzem o Benfica um dos grandes do futebol, mas pelo seu passado e não pelo presente

    ResponderEliminar
  28. Única coisa errada no teu post Eagle é que os 57,5 não são só para a pub nas camisolas do porto mas também para pub no estadio, ou seja o porto não ganha os tais 7,7 como dizes de pub nas camisolas.

    ResponderEliminar
  29. Um burro mesmo que tenha sido dos ciganos e que esteja meio podre, o Padre das Antas unta-o, benze-o, aparelha-o e limpa-o com o melhor dos seus óleos e depois vende-o como um bom cavalo lusitano da coudelaria de Alter.
    Já o nosso presidente, mesmo com um puro sangue nas mãos, vende-o como um simples cavalo, daqueles que andam pela lezíria...

    Mas cuidado. Vou chamar de cavalo manco e de burro coxo, a quem duvidar do quanto me custa ter chegado a esta reflexão.

    ResponderEliminar
  30. O Benfica fez um bom negócio. Não fosse o Benfica a ter rompido com a SporTV, a ter criado a BTV, e a ter feito o negócio com a NOS e tudo estava na mesma. Fez bom negócio. Se alguém gasta dinheiro com advogados e ganha uma causa e a partir dai as coisas se alteram e todos os outros passam a ser beneficiados sem ter feito nada por isso, essa situação passa a transformar o pioneiro num otário porque iniciou uma luta e gastou algum ? O LFV foi um génio na estratégia, agora todos mamam, isso transforma-o num otário ? Nisto LFV é bom. O defeito dele é que não percebe de futebol, e devia ter alguem bom nessa área. Não vamos é misturar tudo e mais alguma coisa. Neste negócio foi o melhor, andando agora outros a beneficiar e outros ainda a tentar agora ir comer as migalhas. 
    Estar agora à secretária a julgar os contratos feitos e dizer que um é melhor que o outro pode ser honesto se, e só se, isso não servir para condenar quem fez o primeiro sem ter uma bola de cristal. Quem diz agora que o do porto é melhor poderá vir amanhã a dizer que afinal o de alvalixo é que é. De quase de certeza que irá ser, pois vai aproveitar a onda e por força da luta existente no mercado. Os osgas nunca iriam fechar o contrato que certamente vão fechar se fossem os primeiros.

    S. FERREIRA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conclusão, LFV é genial porque abriu as portas para que os rivais façam grandes contratos, embolsem muito mais dinheiro à custa do Benfica. LOL!

      Eliminar
  31. Vives num País onde alguns "notáveis" deviam estar na cadeia e não estão, e ainda vendem burros podres por cavalos.Sempre foi assim. Isso não torna pessoa honesta por otário.

    Luis Marques

    ResponderEliminar
  32. Como se pode criticar o Guerra?
    É um balofo, mas que arrasa, arrasa. Que patada na boca do Rui Santos.

    ResponderEliminar
  33. se todos nós já considerávamos aquela historia dos 80% completamente desfasada daquilo que é o peso que cada um dos clubes tem no mercado interno a verdade é que ao contrario do que esperávamos essa diferença não só não aumentou como ainda se reduziu para valores perto dos 10% o que vem demonstrar que o negocio com a NOS não foi a maravilha que alguns quiseram parecer,

    e só vem agravar o erro que foi um contrato a dez anos.

    a única eventual vantagem é a sportv ter de mudar de atitude perante o nosso clube para combater o mais que provável novo canal desportivo da meo.

    ResponderEliminar
  34. Meu caro,

    Vejo que começas a alinhar-te... ;)

    Nas análises e comparações faltaram duas vertentes muito importantes:
    - direitos internacionais - contrato SLB/ Nós vem explícita a sua inclusão e no acordo Contumil/ Meo não vi nenhuma referência a isso. Num país com 5 milhões de emigrantes de geração 0 e 1 e com a forte comunidade lusófona esses direitos internacionais valem certamente muito!
    - Exclusividade de conteúdos - li algures que a Meo não iria disponibilizar os conteúdos à Nós... Aqui é que está a verdadeira guerra! (E neste post já o referes ligeiramente). O que está aqui em causa é a guerra entre operadoras num mercado que em breve valerá mais de 1000 milhões de EBITDA! O mais curioso é que os dois "guerreiros" (Nos e Meo) estão muito satisfeitos com a sua quota de mercado de cerca de 40-45% para cada um... O problema destas operadoras é que existem três redes de fibra em Portugal (país rico!) o que os torna vulneraveis perante challengers como a Vodafone que através de preços agressivos ameacem o status quo. O que a Meo e Nós estão a fazer é a encontrar defesas para a sua quota de mercado e factores de diferenciação que lhes permitam sair da guerra de preços que a Vodafone mantém desde há 3/4 anos!
    (Aliás ainda esta semana saiu estudo da comissão europeia sobre sector das telecomunicações dando conta da elevada penetração dos serviços de TV por subscrição e a preços superiores à média europeia - país rico! - este cenário é o el dourado da Nós e Meo que em conluio repartem o mercado)

    Discordo da tua análise em relação ao SCP... Com o cenário actual e a ameaça de não partilha de conteúdos, a Meo está "obrigada" a assinar com o SCP para conseguir o equilíbrio de 50-50 (relembro que segundo a UEFA o SLB reúne a preferência de 47% dos portugueses) que impeça que as quotas de mercado se desiquilibrem. Tenho quase a certeza que o SCP fará um acordo que em termos relativos é ainda melhor que o do Contumil!

    Em relação ao que interessa - o SLB!
    Começando pelo ponto positivo. Tendo havido uma deliberação tão clara da AdC relação à duração destes contratos, julgo que os 10 anos ou a chico espertice dos 3+7 (unilaterais) poderão muito facilmente conduzir à sua anulação...

    O modelo que defendo é o mesmo desde 2012... O Benfica deve manter a BTV premium em todas as plataformas (aumentando o preco?), mas,ao mesmo tempo, deve procurar um parceiro (joint venture?) no mercado não-sazonal, não-volátil e em fortíssimo crescimento de TV por subscrição. O parceiro ideal seria um challenger em busca de quota de mercado - Vodafone, liberty, telefónica...
    Se pensarmos que os 400000 lares que alguma vez subscreveram BTV premium mudariam para a "plataforma amiga" estaríamos a falar de 120-150 milhões de EBITDA... Se a parceria fosse 50-50 (o que me parece justo e exequível), estaríamos a falar de 60-75 milhões para o SLB aos quais haveria que somar as receitas do canal premium, publicidade no canal e a distribuição internacional... Facilmente chegaríamos aos 100 milhões!

    Precisamos de uma alternativa credível na liderança do nosso clube:
    -alguém que rompa com o status quo (não significa rasgar contratos) e que pense fora da caixa e defenda sempre o Benfica!
    - temos que exigir as mesmas benesses que os bancos deram ao SCP ou grupo promovalor (mas defendo uma forte redução do endividamento)
    - temos que ter uma política desportiva coerente e devidamente comunicada (fazer as coisas pela calada depois de atirar dezenas de milhões ao lixo em contratações falhadas - muito bom post a esse respeito)
    - temos que ter estrutura mais magra - temos um nível estratosférico de fornecimentos e serviços externos
    - temos que ter pulmão financeiro no core business para segurar durante mais tempo os melhores atletas (atletas - nunca "activos"). Necessitamos de mais Luisões! Choca-me ver alguns dos nossos melhores saírem para clubes que em nada são superiores ao SLB...

    Infelizmente ainda não vi essa alternativa.

    Isto vai longo...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  35. E não é que pelos vistos o alucinado consegue mais 100 que o grande Vieira?parece q negoceiam 500...enganados de novo e desta vez nem traz o Futre de brinde

    ResponderEliminar
  36. O problema é que o alucinado do Bruno de Carvalho vai conseguir fechar um acordo melhor que o do Benfica e Porto, isso é que me deixa fodido.

    ResponderEliminar
  37. Eagle, corrige-me se estiver enganado... mas:

    40M NOS
    8 a 10M Emirates
    3M estática/multimedia

    Só nestes 3 componentes e a entrar ja no final da proxima epoca temos perto de 55M an... ou seja, os tais 20% a mais do que aquilo que o FCP irá receber 2 anos depois (!!!) disso.

    Ou seja, do lado do Benfica não se pode dizer que é um mau negócio... e tal como tu preferia um valor de 170 a 200M por 5 anos do que 400M por 10 anos.

    É o preço a pagar por ser o primeiro a negociar. Definiu o tecto com os 400M a 10 anos... e havendo 2 operadores a dar esse valor, ao aceitar uma proposta deixou a outra de 400M disponivel para quem viesse atrás.

    Diria que o Vieira ganhou no facto de ter anunciado o negocio logo apos o prazo limite para a rescisão... fazendo com que FCP e SCP ficassem agarrados ao pau durante mais 2.5 anos. E perdeu (não me parece a melhor expressão) por ter sido o primeiro a dar o passo.

    Durante esses 2.5 anos em que o Benfica já vai estar a facturar 0erto de 55M/ano o FCP, devido ao trabalho do Vieira estará a ganhar:

    20M do Oliveira (o ultimo R&C declararam 15M)
    15M da MEO pelas camisolas e canal do clube

    O que dá ao Benfica uma vantagem clara de 2 anos a ganhar mais 15M/ano.
    É muito? É pouco? É pelo menos o preço necessário para segurar o Gaitan ou o valor necessário para contratar um jogador de qualidade (ou como o Vieira gosta, 15 de qualidade duvidosa).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O raciocínio é esse. Serão mais de 15M/ano nos 2,5 anos primeiros. Mas não nos podemos esquecer dos 2 últimos anos quando os outros ainda estão presos a este contrato e o Benfica já partiu para um novo. Serão 2 anos a 50M, 60M ou 70M por ano. Benfica sempre à frente.
      Depois ainda temos as camisolas e a pub estática.

      Eliminar
  38. Estás enganado. O que dizes a um acordo de 500 milhões com as mesmas condições que colocas no post.
    Carlos

    ResponderEliminar
  39. Benfica Eagle: "Se o Sporting passar a receber 60% do que Benfica e Porto recebem pelos direitos televisivos & publicidade de espaços comerciais no Estádio + Sporting Canal + Patrocínio da Camisola já se pode dar por muito satisfeito, ou seja 275M€ por 10 Anos, apesar de o "alucinado" Bruno de Carvalho achar publicamente que vale o mesmo que os rivais. --- Afinal o contrato do Sporting é de 500 Milhoes... Dizias?? Estás com azia?? O "alucinado" BdC... podes refazer este parágrafo... ahahahahah

    ResponderEliminar
  40. E entretanto os lagartos estão perto de oficializar um acordo com a NOS superior aos valores dos corruptos.

    ResponderEliminar
  41. Pelo que li nos jornais hoje o sporting está perto dos 500 milhões, a ser verdade esta noticia só digo --»»FORA LFV que qualquer morcão faz melhor que ele... até o contrato do Porto me impressionou, fala se tanto em grandeza e já começo a achar que somos grandes mesmo só para nós.

    ResponderEliminar
  42. Análises baseadas no (hipotético) nº de adeptos de cada clube enfermam de um erro básico: o que mede o interesse nas transmissões e nas publicidades é o nº de pessoas que as vê, o tipo de pessoas que as vê, bem como aquilo que estão dispostas a pagar para ver as transmissões e colocar publicidade. O nº de pessoas (alvo) de uma transmissão de um jogo de um clube não é igual ao nº de adeptos do clube.
    5 exemplos: a) uma família pode ter membros de clubes diferentes, ou, um café pode ter clientes de clubes diferentes; b) um jogo pode ter interesse para os adeptos dos outros clubes (não envolvidos directamente); c) os adeptos de um clube podem ter mais disponibilidade financeira do que os adeptos de outro clube; d) os adeptos num determinado país (emigração, p. ex, mas não só) podem ter diferente capacidade financeira dos de outro país; e) há jogos muito mais (10 - 20 vezes) interessantes que outros - quem nunca assistiu a um RealXBarça ou FlaxFlu ou ManUxManC ?

    ResponderEliminar
  43. A noite na madeira deu resultado!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes