O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Avatar

André Gomes revelou a farsa há 21 meses atrás

 ●  + 10 comentários  ● 
Não que signifique grande coisa mas, lembro-me bem de lamentar a venda de André Gomes neste blogue no post "Benfica Made in Benfica?! Parvo é quem ainda vai nestas cantigas!"... E fui, e desta orgulho-me, aquele que a seguir à Final da Liga Europa perdida com o Sevilha, uma final em que vi muitos Benfiquistas varrer André Gomes de alto a baixo, aquele que escreveu “O dia em que vi nascer um grande jogador de futebol!

Ok, André Gomes tinha falhado alguns passes que deram origem a contra ataques perigosos, mas ver um jogador da sua idade, que raramente era aposta, a assumir as despesas do jogo da maneira que o fez, a partir sempre para cima do adversário, a não acusar o ambiente, a pedir sempre a bola no pé, a assumir a responsabilidade de levar a equipa para a frente num jogo em que as ausências por castigo deixaram a equipa coxa e sem soluções, foi de craque em perspetiva... Foi uma exibição de raça e de caráter, que são atributos que analiso sempre em todos os jovens e reveladores do seu pedigree.

Quando o venderam por 15 milhões (5 meses antes), muitos celebraram a sua venda. Eu não, eu achei que o Benfica tinha perdido um grande talento... Como perdeu.

Mas também aqui escrevi, e isto na sequência desta venda de André Gomes de que não gostei "Benfica Made in Benfica?! My arse!!", que essa venda era para mim sintomático do que viria a seguir e que hoje reafirmo, cada vez mais convicto e ainda com mais veemência.

Eu sei que foi fácil (diria até conveniente) culpar Jorge Jesus pelas vendas do Bernardo e do Cancelo (já lá vamos)... Mas os sinais foram dados antes, e podíamos começar logo pela venda do André Gomes, porque esta venda é a prova provada de que o Benfica Made in Benfica era de facto uma treta...

André Gomes de facto, jogou pouco com Jorge Jesus. Mas convém também dizer que no Benfica havia Matic a tapar-lhe o lugar, e Matic para Jesus era peça absolutamente fundamental... E ainda havia Fejsa... e Enzo!

Mas para aqueles a quem convém deitar as culpas das vendas de Bernardo e Cancelo sempre no mesmo, importa lembrar que a venda de André Gomes (POR PARTE DA DIREÇÃO DO BENFICA) acontece escassos dias a seguir à venda de Matic...

Ou seja, quando André Gomes iria ter finalmente mais espaço na equipa, (e que se confirmou, pois foi entre Janeiro e Maio desse ano que André Gomes jogou mais vezes quase sempre nas Taças e na Liga Europa, e aquele grande golo na Taça frente ao Porto), foi quando a Direção o decidiu vender.

E na altura aqui escrevi:
“Se o argumento daqueles que defendem esta venda é pois os 15 milhões por um jogador da equipa B, o argumento será o mesmo se amanhã derem 15 milhões pelo Bernardo e ele sair, pelo Cancelo, pelo Joaquim ou por todos os bons produtos que saiam da equipa B. Para esses pois, as vendas, desde que haja milhões estarão sempre bem e justificadas...”

Trazendo tudo isto para a realidade encarnada 22 meses depois, acho que tem batido tudo certo e não tenho razões para me arrepender de nada que tenha escrito...

Se o Benfica Made in Benfica fosse de facto um projeto para ser levado a sério e não apenas a propaganda barata que acredito que é, André Gomes não teria sido vendido numa altura em que Matic também saíra... Simplesmente não faz sentido no âmbito daquilo que LFV anunciava! E deste é oficial: Jorge Jesus contava com ele, como o próprio comentou quando se anunciou a sua saída!

Se o argumento a favor da venda era o de que por 15 milhões é bem vendido, então meus amigos, comprova-se o que há muito digo, entre nós só ficará o refugo, e se o Guedes e o Semedo forem aquilo que deles esperamos, não tarda nada teremos mais 30 milhões nos cofres da Luz mas os dois jogadores já eram, e na Catedral terão ficado apenas as dores de crescimento... O brilhantismo será exibido noutro lado qualquer.

E isto é pois em suma, a razão pela qual nunca acreditei, não acredito e nunca acreditarei nesta treta do Benfica Made in Seixal. E se não acredito, não é porque na Luz não haja talento...

Se o meu clube fosse o Barcelona, eh pá, aí sim a música era outra... Temos Messi? Temos Iniesta? Então vamos tê-los para toda a vida! Todas as dores de crescimento valerão a pena!

Mas o meu clube é o Benfica meus caros, e no Benfica, ou por necessidades económicas do clube ou por vontade dos jogadores, Messis, Iniestas ou Eusébios nunca farão parte da nossa mobília!

O que eu sempre aqui disse e volto a dizer foi:

Para o Benfica Made in Seixal poder vir a ser uma realidade (e não a propaganda que acredito que é), não basta ser capaz de produzir bons jogadores e de apostar neles!

Não! O Benfica Made in Seixal só será uma realidade no dia em que formos capazes de produzir bons jogadores, MAS FORMOS TAMBÉM CAPAZES DE OS MANTER ENTRE NÓS PELO MENOS TRÊS OU QUATRO ANOS!

E é essa a garantia que LFV nunca deu, nem nunca explicou como se reestrutura o clube para que esse anúncio seja executável na prática e possa dar o rendimento DESPORTIVO que ambicionamos.

LFV nunca explicou como irá criar condições para segurar os nossos craques quando de Madrid ou de Londres vier a primeira oferta que deixará a cabeça dos jogadores a andar à roda.

Até agora, o que LFV fez de facto de Benfica Made In Seixal foi:

Vender, vender e vender… Aproveitar não aproveitou nada... Mas dinheiro já fez, e muito, à conta do Seixal!

Vendeu talento em que acreditava piamente (segundo ele), jogadores emprestadados com opção de compra (sim, há para lá umas cláusulas)… Culpado?! Jorge Jesus pois claro, mas espera lá, afinal o plano não era mandar o Jesus embora? E sendo esse o plano coloca-se lá as clausulas na mesma?!

MAS ALGUÉM ACREDITA (OU ME QUER FAZER ACREDITAR) QUE CLUBES COMO O MÓNACO OU VALÊNCIA IAM CONTEMPLAR SEQUER ESTAR A VALORIZAR JOGADORES PARA O BENFICA, E QUE ESTES NÃO ESTAVAM JÁ VENDIDOS LOGO À PARTIDA?

E o Cavaleiro?! E o Helder Costa?! Também são culpa do Jesus?

E no final desta época, quando for preciso vender vai-se vender quem? Evidentemente, os da formação, assim alguém os queira levar!

Ah sim, mas espera lá, se nos dão quinze milhões, são bem vendidos!

E voltamos pois à mesma lenga lenga de sempre e ao vira o disco e toca o mesmo, se os 15 milhões justificam as vendas, o Benfica Made in Seixal nunca terá qualquer hipótese de existir! Só se for o Benfica Made in Seixal dos medianos que mais ninguém quer!

É isto que me faz ser contra a formação? Evidentemente que não! Bons jogadores hei-de sempre gostar de ver com a camisola da águia ao peito, venham eles do Seixal ou da China!

O que eu não acredito é no projeto da forma que mo querem vender, porque sei que um Guedes ou um Semedo não são na sua essência diferentes de um Markovic ou de um Witsel… Jogadores com guia de marcha anunciada, assim valor exista, simplesmente num estágio evolutivo muito mais atrasado, o que em termos de rendimento penaliza a equipa!

E qual é o preço a pagar por isto tudo? É aquilo que vemos neste momento, um Benfica fraco como há muito não víamos, um Benfica titubeante em campo à procura de uma identidade, à espera de um futuro risonho que na minha opinião nunca virá da maneira que muitos Benfiquistas acreditam.



10 comentários via blogger

  1. É uma pena que alguém como tu, com um discurso sensato, com críticas em que não é difícil reconhecer fundamento, tenta sistematicamente salvaguardar o "Miolos". É pena. No caso concreto do Bernardo talvez fosse bom ouvires... o próprio Bernardo.

    A defesa à outrance de seja quem for nunca é bom sinal, Quando aqui acabas por desconsiderar aquilo que o Bernardo disse do "Miolos", fazes com que o teu texto não pareça mais do que um texto de um desmiolado apointe do "Miolos". É pena, desvalorizas o teu próprio texto. Ignorar o que disse o Bernardo, negar o "nascer 10 vezes", enfim...Pena.

    ResponderEliminar
  2. Primeiro dizer que não foste nenhum visionário nem nenhum Aurélio Pereira se vislumbraste talento no André Gomes. Já notava na altura talento descomunal apesar, seja verdade, ter feito um jogo péssimo, ridículo em Sevilla que mais teve a ver com a sua imaturidade do que, claramente, a sua qualidade- como hoje o prova.
    Depois há a questão dá tática, meu caro Redmoon. Quem realmente percebe alguma coisa disto, não pode comparar as dificuldades de um 8/10 num 4-4-2 para um 4-3-3. Só joga bem no 4-4-2 quem é realmente um médio de estatuto. Não é para qualquer bico e só vem com experiência e tempo. Exige praticamente aquilo que se pede aos dois médios-interiores num 4-3-3. É uma tática de mestres- Como, sejamos realistas o é Jesus- para jogadores no máximo expoente da sua carreira que compreendem o jogo a um nível altíssimo, tatico e técnicamente.
    Por isso é que no passado teria gostado de ver André Gomes num 4-3-3 e porque nos dias de hoje, adoraria ver Talisca e Pizzi a crescer como médio-interiores, para um dia, quiçá poderem assumir a batuta num 4-4-2.

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. a culpa da venda dos jogadores da formação nunca foi do outro e nem serve de desculpa o outro não os utilizar.

    agora o outro só apostava naqueles que ele ia buscar simples.
    o caso do andre é sintomatico ele não passou a ser mais utilizado pelo matic ter saido ele só passou a ser utilizado quando o fejsa e o ruben se lesionaram ao mesmo tempo não fosse isso e ele tinha jogado o de sempre nada.
    pois dizer que conta com um gajo quando já sabe que ele não fica é estilo agarra-me se não vou-me a ele.

    no tempo do outro não tinhamos tempo para crescimento de quem vinha da formação mas curiosamente tinhamos tempo para bebes, benitos, funes, luisinhos, djalos, f. mesezes etc.. e esse é que foi sempre o grande problema e ainda por cima a gastar dinheiro.

    ResponderEliminar
  4. Admiro a tua paixão. Admiro o facto de estando longe teres tanta paixão pelo Benfica. Temo no entanto que esta quantidade de posts são inconsequentes, porque basicamente não dizem grande coisa. Ou melhor dizem, mas já é mais do mesmo, ou não fizesses referencia aos inúmeros posts que escreves sobre isso. Mas não és só tu o NGB faz o mesmo. E pior, por vezes vocês picam-se e temos verborreias de discursos que não aportam qualquer valor adicional ao que se passa hoje no Benfica.

    Posto isto, creio que faz falta aqui é analisar o Benfica tacticamente. O Benfica é fraco, porque não é um grupo. O Benfica é fraco, porque enquanto equipa é apenas a soma das suas individualidades. Não é porque não tem jogador A ou B, é porque enquanto grupo não joga nada. Para verem o que digo, basta acederem a um blog de um rapaz que até gif's faz para exemplificar as falhas nos jogos que é euvistodevermelhoebranco.

    Tacticamente somos uma nulidade, não somos coesos, não achamos soluções porque temos um treinador (certo, culpa direcção/ estrutura e tudo mais) que o que faz a nível de substituições ou de esquema de jogo é acreditar na fé.

    Não se entende porque é que para o Vilafranquense não fez testes noutras tácticas e com outros jogadores. Porque é que não apostou em Lindelof nesse jogo, seja a central ou a lateral, porque é que não experimentou Djuricic, como exemplo.

    Não se entende, porque é que com 3 meses decorridos ainda procura o meio campo. Todos os jogos é um meio campo diferente. Se há falha nalgum jogador, não há correcção, há palminhas. Então o Eliseu não serve porque está colado à linha? Obrigando o Jardel na cobertura sendo que o Luisão não acompanha e deixa enormes buracos no centro da defesa? Ele passou sempre as segundas metades dos jogos frente ao banco do seu treinador e ele não o corrigiu? O que é que ele faz bate palminhas.

    O problema da equipa não é os miudos, não é a direcção é o treinador. Um treinador que diz que "o treino talvez nem seja o mais importante", ou que " o caminho faz-se caminhando".

    Esse é o problema.

    Por esta altura eu já teria validado 4 soluções diferentes para jogo. Sendo que a manter um 442 faria um losango, com Djuric à cabeça, Pizzi a fazer de Ramires e Gaitan a fazer de Di Maria. Não funciona? Experimentava o meio campo À Porto de Mourinho. Epá, há tanto por onde escolher.

    Digam o que disserem e é certo que o Presidente tem culpa na escolha que fez, mas este treinador, mais que um yes man da direcção é alguém sem coluna vertebral e que percebi muito pouco de futebol. Viva o Palminhas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Special One03/11/15, 09:47

      Mais uma grande perda para o futebol nacional! Mais um dos 6 milhões de adeptos treinadores que tudo sabem, tudo vêem e tudo adivinham ( até o rendimento dos jogadores nos treinos ). Um azar do caraças do Benfica, serem sempre os adeptos-treinadores que são profundamente sábios e passaram ao lado de uma tremenda carreira no futebol mundial ( pena que nem no Sarilhense tenham encontrado lugar )!!!

      Eliminar
    2. olá
      deixa me dizer t que concordo que a equipa devia de mostrar mais já nesta altura, e que isso é culpa exclusiva do treinador.
      as opções não as sei ele trabalha como eles e tem legitimidade para as fazer, mas como nós não vemos as suas opções a renderem também temos legitimidade para as questionar. Como disse o presidente o Clube é dos sócios por isso, na minha opinião, desde que seja de uma forma fundamentada podemos questionar o que é nosso, o Benfica. E também não acho que o maior problema do Benfica seja a qualidade individual, o maior problema na minha opinião, é a forma como se quer chegar ao sucesso, não iteressa se é 442, 433, 4231, interessa saber é as dinamicas e a ideia a defender e a atacar, isso é que caractriza as equipas de qualidade ou não. E com este treinador ainda não percebi isto, está um pouco numa anarquia o que não me parce correto, espero que ele apresente outra ideia de jogo, tanto a denfender como atacar, que a trabalhe exaustivamente, e tenho a certeza queo futuro será bem melhor.

      Eliminar
    3. O Special One.

      Camarada eu não inventei nada. É o próprio Rui Vitória, que diz que o treino nem será das partes mais importantes. Portanto, não, eu não sei o que se passa nos treinos, sei o que se passa nos jogos e como tal, sei tirar ilações.

      Tu saberás tirar as tuas. As minhas não são certamente adaptar um extremo que não joga na B a titular na equipa A.

      Eliminar
    4. Uma promessa de treinador que se perdeu pelo caminho. Como ficou o resultado do jogo como vllafranquense?

      Eliminar
  5. bla bla bla wyskas saquetas! sempre a mesma lenga lenga, se fica é porque não presta se sai é mal vendido, se compram e não jogam para jogar um miúdo da formação é desperdício, se não compram e fica um miúdo da formação é porque joga porque não existem alternativas.
    da-se, é tudo gajos super inteligentes aqui!

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito de o ler , mas por favor gostaria que sintetizasse mais os textos que acabam por ser muito longos.

    SL

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes