O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Avatar

Esta notícia não teve grande destaque, mas é relevante.

 ●  + 22 comentários  ● 

"O Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas não deu razão à Doyen Sports numa queixa apresentada pela empresa contra a FIFA, a UEFA e a federação belga pelo fim da partilha de passes com terceiros, vulgarmente designada por fundos.

De acordo com a informação veiculada pela imprensa belga, a Doyen Sports perdeu o caso na Bélgica porque o juiz do Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas considerou que, "não foi provada violação das leis da União Europeia".

Recorde-se que a queixa apresentada pela Doyen Sports, empresa liderada pelo português Nélio Lucas, e peloSeraing United, clube da 2.ª divisão belga, tinha como propósito demonstrar que havia uma violação das leis da União Europeia ao proibir-se a partilha de passes com terceiros.

A decisão do Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas poderá agora influenciar e prejudicar os processos semelhantes movidos pelas ligas portuguesa e espanhola na Comissão Europeia." - Sapo Desporto a 25/07/2015.

22 comentários via blogger

  1. FILIPE JOSÉ03/09/15, 16:25

    quer dizer que o LOL de Portugal se vai safar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que uma coisa nada tem a ver com outra...

      Eliminar
    2. Vê lá tu. grande LOL!

      Eliminar
    3. Não me parece que esteja relacionado.

      Eliminar
    4. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O problema do Sportém NãoClube de Lisboa é que assinou um contrato a seguir roeu a corda e meteu a massa o bolso! NãoéClube Bonito de Lisboa.

      Eliminar
  2. A relevância disto para o Benfica que tem um jogador partilhado com a doyen é qual? Ou será que estas a festejar esta noticia pelo teu querido 2º grande clube nacional, parceiro histórico ou lá o que quer que chamas na intimidade ao sporting de lisboa?
    Sabes que o processo deles não tem nada a haver com a proibição dos fundos ser ou não ilegal de acordo com as leis da comunidade europeia.. é apenas um caso de contrato rasgado... e têm de provar que têm justa causa! Só isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é relevante a notícia? Pelo que percebi está "só" em causa a proibição ou não de passes partilhados.

      Eliminar
    2. Martins, tens algum trauma? Parece.
      Esta notícia tem a ver com todos os clubes que partilhem passes.

      E se tu tens umas palas tão grandes que te impedem de debater o futebol além do Benfica, és mais limitado do que parecias.

      Sou pelo Benfica liderar sozinho alternativas e caminhos para o futebol português mas sim, prefiro mil alianças com o Sporting que uma que seja com os corruptos que nos atacaram e prejudicaram durante mais de 20 anos.

      Já tu és pró -porto, já sabemos. Nada que surpreenda.

      Eliminar
    3. E como o Benfica só tem um e que por acaso está emprestado... não vejo a relevância disso para o meu clube. E este tema em portugal é relevante apenas para um clube.
      Quando me quero informar sobre o Sporting vou a um blog dai da tua lista e que tu sabes qual é... Eles riram-se de ti à brava quando me chamaste portista. Sobre o porto o blog que leio não tem comentários. Logo, como vês não tenho palas...
      Nuno Martins (pc sem conta google)

      Eliminar
  3. Antigamente não havia empresários nem fundos...

    ResponderEliminar
  4. Fernando Coimbra03/09/15, 17:08

    Não creio que seja relevante.

    Em relação ao caso Sporting, esta decisão em nada está relacionada. No caso Sporting estamos a falar duma quebra contratual, de algo perfeitamente legal na altura dos factos.

    Em relação ao mercado em geral, também acho que isto terá pouco impacto. Primeiro porque há formas legais de ultrapassar a questão... em segundo lugar porque o lobby pro-fundos tem vindo a crescer. Não estamos só a falar de clubes fora do top 20 dos ricos, estamos a falar de seguradoras, bancos, instituições de crédito, que têm um interesse na manutenção deste tipo de negócios. É uma questão de tempo até esse lobby re-entrar na UEFA....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O lobby comissionista é grande, sim. Talvez estejas certo quanto ao futuro.

      Eliminar
    2. Penso que será mais feito pelo contornar as regras. Ou seja, por fundos à inglesa, em que se compra um clube e depois se colocam jogadores emprestados. O famoso Corinthians Alagoano foi um bom exemplo disso, os tipos que emprestaram o Osvaldo ao Fruta e Café Pingado são a nova face disso. Por outro lado mesmo na Luz já tivemos o Alcides emprestado pelo Chelsea e este ano o Milan foi comprado, tal como o Valência o ano passado, para ajudar a contornar isso.

      De facto é uma desvirtuação da paixão dos adeptos, mas...

      Eliminar
  5. FILIPE JOSÉ03/09/15, 17:24

    Existem advogados na UEFA e na fifa que dizem que os calimeros de wc vão perder a causa contra a DOYEN.

    ResponderEliminar
  6. Actualmente não percebo nada disto dos fundos, e pelo que parece como praticamente tudo no mundo dos negócios, há sempre uma maneira de contornar as regras.. Tal e qual como Porto fez na questão do Imbula e não só....

    ResponderEliminar
  7. Shadows para juntar aqui a este tema, acho que é muito interessante a leitura do seguinte blog: http://www.reflexaoportista.pt/2015/09/o-catalogo-doyen.html
    Tem tudo a ver com este assunto...

    ResponderEliminar
  8. Relevante é mas como em tudo que envolve muito dinheiro, de uma forma ou de outra acaba por ser contornável. Pessoalmente não me choca e até acho normal num mercado como é hoje o mundo do futebol profissional, que movimenta milhões e dá a ganhar muitos outros milhões a outros mercados como o da TV etc... que se movimentem empresários, fundos de investimento, entidades bancárias etc... Como é natural em qualquer mercado semelhante. O que defendo e penso que é isso que todos nós queremos é que tudo se faça de forma legal e com a maior das transparências. E como se sabe não é isso que muita das vezes acontece; como é o exemplo da crise do Subprime ou do Madoff por exemplo. Mas não é necessário ir mais longe e basta acompanhar todos os escândalos que ensombraram e continuam a ensombrar a FIFA e o seu presidente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos a encherem o cú à custa da paixão acéfala dos aficionados!

      Eliminar
  9. Relevante por relevante seria mais interessante colocarem aqui o devido destaque ao impedimento de efectuar qualquer reserva ao Sporting Clube de Portugal por parte da cadeia de hoteis Holiday in. Ah mas isso é uma coisa que desfavorece o Sporting e aqui ha muitos sportinguistas...que pena....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é verdade? Que mal. Mas não esperes críticas ao aliado histórico nem ao presidente que diz que se devia tirar o vermelho da bandeira...

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes