O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Avatar

...e como no Benfica não há gente burra...

 ●  + 21 comentários  ● 
Se olharmos para as grandes vendas do Benfica nos passados seis anos, de Di Maria, a Witsel, a Javi, a Rodrigo, a Matic, a Coentrão, David Luíz, Markovic, Ramirez, e mais as duas que se poderiam efetuar já este ano (Gaitan e Sálvio), há uma conclusão que se pode tirar desde logo:

Todos eles custaram ao Benfica mais de 5 milhões de euros, excetuando David Luís e Coentrão mas, também aqui, e em abono da verdade, esses jogadores já eram do Benfica quando Jorge Jesus chegou ao clube.

E esta evidência leva-me pois para aquilo que ainda não consegui perceber, os porquês da Direção do Benfica ter vindo este ano dizer que não mais o Benfica terá condições para recrutar jogadores de 5 ou 6 milhões, quando claramente foram os jogadores contratados por esses valores os responsáveis pelos mais de 200 milhões em lucro bruto obtido pelo Benfica na sua politica de transferências nos últimos seis anos.

Se há coisa que os números mostram, é que o barato é que saiu quase sempre demasiado caro.

A Norte, acima do Douro, parece que todos percebem isso claramente, que comprar qualidade (mesmo que a preço elevado) traz (ou coloca mais perto) mais valias desportivas e mais valias financeiras posteriores. Mesmo o Sporting parece esforçar-se por conseguir chegar a um patamar que lhe permita seguir essa política.

Mas na Luz, depois de seis anos em que essa política deu cartas e tempo mais do que suficiente para perceber claramente essa evidência, rompeu-se com essa política para se regressar aos tempos das pechinchas e dos sacos de caramelos, e das contratações que não valem títulos nem dinheiro nem entusiasmo, e que custam muitas cabeças de treinador.

E como eu não acredito que no Benfica há gente burra, resta em mim a profunda convicção que depois de tanto milhão, há no atual Benfica muitíssima coisa mal explicada


21 comentários via blogger

  1. Sem dúvida. O Benfica é um mistério. Ninguem sabe com que contornos alguns negócios se fazem. Será que os valores comunicados são os reais? Ninguém sabe. Aquilo que é evidente é que depois de anos a facturar milhões, não há dinheiro no Benfica. Para onde foi esse dinheiro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LFV antes de sair tem de tapar os buracos e limpar as negociatas onde se meteu, daí toca a vender tudo o que mexe e comprar o refugo com sacos de caramelos.

      Eliminar
    2. Ramalhete, não conheço as fundo as contas do Benfica, mas parece que o seu comentário tem algum fundo de verdade.

      Incrível o que se tem passado este ano. Em outros anos se passaram situações semelhantes, o ano passado foi um desses anos, mas este ano já passou todos os limites. Isto já não é nada e os benfiquistas e sócios não tem uma unica palavra a explicar o que se passa. Começo a acreditar que Vieria tinha razão ao contratar RV. Jamais com Jesus isto passaria. A este tiram-lhe os melhores, são aldrabões com ele, pois não lhe dão as condiçoes que deram a outros, e mesmo assim ele verga e diz que está satisfeito com o que tem. Ha que dar um murro na mesa...

      Há uma camapanha forte de alguns opinion makers (pagos com certeza pela corja Vieirista) a dizer que a equipa está forte, que a saida de Maxi não precisa de ser compensada pq A. Almeida ou Silvio são melhores, que não é preciso defesa esquerdo embora isso seja evidente à pelo menos 8 anos. Que Gaitana té pode sair pq temos jogadores à altura, etc. Jogadores à altura que nunca jogaram na primeira divisão em Portugal, jogadores esses que esses opinion makers nunca viram jogar.
      Estamos a entrar em Agosto e de um plantel já de si limitado (sim, o plantel do ano passado era limitado e Jesus soube tirar proveito do pouco que tinha) saíram 3 titulares. 3 jogadores importantes (Salvio entra nas contas pq ningum sabe ao certo qd voltará mas tudo aponta para 2016). Não foi contratado ninguém p esses lugares. O defesa esquerdo é de bradar aos céus. Precisamos de um DE? Sim... então vamos contratar marçal. Foi esta a preparação e ação...

      Alguem tem de fazer alguma coisa pq está demasiado ridiculo e evidente p ninguem nos dar explicações. Não somos animais amestrados (pelo menos alguns não são)

      Eliminar
  2. Redmoon

    Subscrevo inteiramente o teu comentário,

    ResponderEliminar
  3. "A Norte, acima do Douro, parece que todos percebem isso claramente, que comprar qualidade (mesmo que a preço elevado) traz (ou coloca mais perto) mais valias desportivas e mais valias financeiras posteriores."

    Tenho duvidas, basta verificar os resultados desportivos das ultimas epocas e ver ano apos ano as condiçoes financeiras a piorarem. Poderia devolver a pergunta, onde anda o dinheiro ? Mas a resposta nem sequer me interessa.........

    A questao sera sempre, ao comprar tem q ser bom e barato, caro nem sempre implica qualidade e barato nem sempre implica a falta da mesma.

    Ha muito exemplos de "barato" ou "caro" é tudo uma questao de rendimento desportivo e valorizaçao.

    Witsel foi barato, ja Ola John por valores semelhantes é caro.

    ResponderEliminar
  4. Algo não está bem, não se percebe como se passa do 8 ao 80!
    Parece que não há mesmo dinheiro para jogadores, já não é só estratégia de aposta na formação, é mesmo falta de dinheiro! Não se percebe mesmo...

    ResponderEliminar
  5. Ola John 9.15M, Roberto 8.6M, Djuricic 8M, Sidney 7M, Franco Jara 5.5M. Aqui tambem podes ir a jogadores contratados pelo sportem e fcoporco.
    Nem sempre comprar caro é comprar bem.

    ResponderEliminar
  6. Caro Redmoon,

    Há maiores probabilidades de se acertar num jogador feito e com cartel do que num jovem, mas mesmo assim nem tudo é linear:
    Joradores que não tiveram grande rendimento desprtivo:
    - Djuricic 6 M€
    - 0la John 9 M€
    - Sidnei 7,5 M€
    - Saviola ? 6M€ ( jogou bem apenas um ano e tinha vencimento altissimo)
    - Bruno César 5,5 M€
    - Roberto 8,5 M€
    - Jara 5,5 M€
    E outros que vingaram:
    - Oblack 1,5 M€
    - Coentrão 1 M€
    - David Luiz 0,6 M€
    - Jardel 0,8 M€ ( não é craque mas ...)

    ResponderEliminar
  7. Já começo a perceber que o pobre do nosso treinador não vai ter as mesmas condições que o JJ.
    Mas vou aguardar até 31 de Agosto.

    ResponderEliminar
  8. É muito giro partir para um post destes falando de umas coisas e esquecendo-se de outras. Se formos a ver os jogadores em quem o Benfica investiu mais ou menos cinco milhões, muitos deles deram ou vão dar prejuízo. Não faltam casos no Benfica e nos clubes adversários. Balboa, Ola Jonh, Sidnei, Jara, Roberto, Bruno César, Eder Luis, etc. E ainda outros que não vou considerar prejuizo porque deram muito em termos desportivos ao clube como foi Cardozo, Aimar, Saviola ou Garay.

    Agora vamos ver o outro lado. Melgarejo, Coentrão, Oblak, David Luis e até Matic que veio na venda de David Luis. Estes deram mais de 100 milhões e não custaram mais do que 2/3 milhões todos juntos. Depois existe a tralha toda que também veio e não deu nada. A questão é que essa tralha custa pouco em termos de salários e é fácil de despachar muitas vezes pelo mesmo preço de compra e outras até a gerar pequenos lucros. Agora vender jogadores que custaram mais de 5 milhões e não se afirmaram é que é um pouco mais dificil. E mantê-los com grandes ordenados sem renderem também doi um bocado.

    Esta visão em termos de negócio pode ser vista pelos 2 lados. Em termos desportivos pode ser um pouco diferente. Mas mesmo aí acho que muitos ainda não perceberam qual é a grande diferença do Benfica destes últimos 2 anos para o Benfica de épocas anteriores.

    O Benfica hoje em dia já tem soluções dentro do plantel para os jogadores que vão saindo. Saiu o Lima mas o Benfica já tinha Talisca e Jonhatan Rodriguez para o imediato. Saiu o Maxi mas o Benfica já tinha o André Almeida e o Silvio. Desta forma o Benfica não precisa de ir desenfreadamente ao mercado buscar quem não precisa. É tudo uma questão de tempo de o treinador perceber quais são as prioridades. Se assim que saiu Maxi Pereira o Benfica tivesse investido 4 ou 5 milhões num lateral direito sem perceber que com André Almeida, Silvio e Nelson Semedo pode ficar bem servido, eram milhões enviados à rua que podiam ser usados noutro negócio. Se na época passada assim que saíram 5 ou 6 jogadores da equipa principal o Benfica tivesse investido 5 ou mais milhões para cada posição eram 30 milhões deitados ao ar. Isto sem contar depois com as lesões de Ruben Amorim e Fejsa. Assim o Benfica usou maior parte dos que tinha na época passada no inicio. Uma equipa fraquinha como esta (Artur, Maxi, Luisão, Jardel, Eliseu, Ruben Amorim, Enzo Perez, Salvio, Gaitan, Talisca e Lima). Ao esperar o Benfica foi por exemplo buscar apenas o melhor guarda-redes e o melhor avançado da Liga a custo 0.

    Outra coisa é que o Benfica em termos práticos não recuou nesse tipo de compras. Talisca, Samaris, Cristante, Bébé, Jonhatan e Carcela não custaram trocos. O que o Benfica faz é contratar quando sabe que precisa deles no imediato ou quando vê que podem ser grandes promessas (os tais que estarão no plantel perfeitamente adaptados para render outros das suas posições quando saem). Talisca veio logo porque se sabia que Cardozo e Rodrigo iam sair. Cristante veio porque Ruben Amorim se lesionou. Carcela veio porque Salvio se lesionou. E outros virão quando o Benfica perceber onde realmente tem necessidade desses jogadores. Entretanto tem matéria prima suficiente para colocar um grande 11 e ter boas alternativas no banco no inicio da temporada que chegue para vencer a Supertaça e os primeiros jogos até ao fecho do mercado.

    ResponderEliminar
  9. Esqueci-me até de referir de um acto de gestão em concreto de um adversário que ajuda a perceber que o Benfica está a fazer bem em esperar para ver as maiores necessidades do plantel. O Porto gastou 20 milhões num trinco/número 8 quando tinha Ruben Neves, Danilo, André André, Evandro, Herrera e Sérgio Oliveira. Pelos seus ultimos 2 jogos se calhar esses 20 milhões tinham dado mais jeito num avançado ou num numero 10 porque pelo que li nos jornais Ruben Neves, Danilo e André André estão-se a destacar. Isto para não falar em termos salariais da situação do Casillas completamente evitável tendo um jogador como Helton. Se calhar já dava para o Lucas Lima não ter vindo para os jornais dizer que a oferta do Porto não chegava.

    ResponderEliminar
  10. É evidente que a mudança brusca tem de ter uma justificação que se conheça e essa explicação é devida aos sócios, adeptos e accionistas. Quem se gabava da brilhante gestão do Benfica, quem dizia que não precisava de vender, etc. etc., tem de explicar que, numa fase em que receitas televisivas e de sponsoring aumentam significativamente, o investimento baixa brutalmente.

    Até posso aceitar que se pense que estamos bem em termos desportivos (e não penso que estamos assim tão mal, mas parece claro que precisamos de alguns reforços), mas isso não justifica a mudança de discurso, nem se pode aceitar que, com facilidade, se desdiga hoje o que se dizia não há muito tempo.

    ResponderEliminar
  11. O Carlos Mane renovou e vai ganhar 25 mil euros por mês e tem uma cláusula de rescisão de 65 Milhões de euros. Orã eu pergunto: o jogador é tralha? É um valor seguro? Difícil de colocar? Cada um responde a sua maneira mas uma coisa é certa
    Se ele fosse jogador do Benfica estaria a ganhar mais e com muito mais mercado e, logoswria bem mais difícil de segurar. É isto q se passa no Benfica, esta incapacidade de segurar os seus ativos. Por isso a rotatividade estrondosa vai continuar a torturar os benfiquistas, salvo se formos capazes de aceitar esta realidade é confiar no novo técnico que precisa de tempo e a quem um pequeníssimo estado da Graça se lhe está a dar...

    Para finalizar dizer: deixem o homem trabalhar e quanto ao presidente arranjem um candidato e levem-no a eleições que é assim q se procede no Benfica, com democracia então com assaltos ao poderoso fizer no Porto há 30 anos e nem é com assembleias gerais que destituem direcções eleitas democtatocamente, como Fizeram mo Sporting haver bj pouco tempo.

    ResponderEliminar
  12. Entao mas este ano nao eh o ano de apostar na formacao? Tanta gente a exigir isso que agora so interessa eh os miudos da B.
    Ja estava a prever isto, para o ano toda a gente se vai queixar da falta de craques.

    http://mantoencarnado.blogspot.nl/

    ResponderEliminar
  13. "E como eu não acredito que no Benfica há gente burra"

    Verdadinha. Se ha coisa que não há MESMO no Benfica é gente burra. Especialmente no que toca a orientar a sua vidinha...

    ResponderEliminar
  14. E isto é novidade para quem? Tens um Aldrabão a gerir os destinos do Benfica. Perdão... a sua empresa. A propaganda do verme vai distraindo atenções aqui e acolá para os acéfalos, apesar do seu cadastro. Entretanto, como que por magia, "voilá"! 43º homem mais rico e poderoso de Portugal. É continuar a encher os bolsos aos outros. O Benfica? Não é prioridade. Quase 15 anos depois, há quem ache que 4 campeonatos, apesar de todos Milhões derretidos (que alguém vai ter que repor), seja um excelente currículo. Ah e tal, mas ele construiu património... Asneiras. Nada está pago! É continuar a assobiar para o lado e a comer gelados com a testa.

    A.Martins

    ResponderEliminar
  15. Chama-se Roberto Jimenez o sino que me acordou para a vida... a partir desse momento desconfio de tudo! Quando vemos camiões de jogadores e ... hoje não se precisa vender e tudo se vende, e ... hoje não se vende e amanhã basta sair um e depois... fónix só "um desalbardado" é que "não percebe" que cenas estranhas se passam... definição de estranho: decisões sem conexão com uma visão de crescimento sustentado - crescimento sustentável... Crescimento sustentado não é sinónimo de endividamento estúpido!
    Estamos hoje com um passivo mais baixo que há 14 anos, porque essa foi ua das promessas eleitorais, não s efalou em activos - FALOU-SE EM BAIXAR O PASSIVO, para que a vertente desportiva pudesse estar pujante, foi isso que se falou... e hoje temos isto... agora só falta sair o Jonas e o Gaitan...

    ResponderEliminar
  16. Mas será que o nosso clube não tem capacidade para negociar?
    É o clube Português com mais prestigio mas bem ou mal vejo o zporting a batalhar no mercado o melhor que pode e nós nada?
    Não percebo o que vai na cabeça da direcção muito sinceramente.

    ResponderEliminar
  17. Quanto custou o Carcela? O Samaris? O Pizzi? O Jonathan? etc

    Será que o Benfica está mesmo a desinvestir?

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes