O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Avatar

A verdade desportiva continua a ser uma coisa estranha ao futebol português.

 ●  + 67 comentários  ● 

Após ler com atenção tudo o que foi divulgado sobre o novo regulamento de empréstimo de jogadores, fico com a sensação de que se perdeu mais uma oportunidade para fazer da verdade desportiva um símbolo do campeonato nacional de futebol.

Em primeiro lugar, impedir a utilização de jogadores emprestados aquando dos jogos com a casa-mãe é ridículo.

Isso vai querer dizer que, por exemplo, quando o melhor jogador da equipa adversária for o emprestado pelo clube que disputar o campeonato com o Benfica , esse jogador vai jogar com o Benfica mas não joga com esse clube.

Ou seja, o clube que joga com o Benfica jogará desfalcado contra o nosso adversário pela conquista do campeonato.

Isto é verdade desportiva? Não é.

Mais: pelo visto, cada clube poderá emprestar até 3 jogadores a outro clube do mesmo escalão.
Ou seja, não se limitou o número de jogadores a emprestar dentro do mesmo escalão, mas sim a cada clube.

Isto significa que um clube pode emprestar até 51 jogadores no mesmo escalão.

Isto é verdade desportiva? Não é.

Se é considerado que um jogador é menos sério quando defronta o clube dono do seu passe, então esse jogador nunca deveria jogar no mesmo escalão do seu "dono".

Alguém que queira defender a competitividade e a imparcialidade dos restantes clubes do campeonato nunca podia defender que o empréstimo de jogadores, a existirem, seja nestes moldes.

Os dirigentes do futebol português continuam a ter dificuldade em agir com transparência.

Os otários dos adeptos que continuem a sustentar isto tudo.

67 comentários via blogger

  1. Os alemães, que também têm esta regra, são por norma indivíduos pouco inteligentes e preocupados com a verdade desportiva!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é. Mas o campeonato português não se joga na Alemanha.

      E caso não tenhas reparado, o campeonato português em nada se compara ao alemão, ao inglês, ao espanhol ou até mesmo ao francês.

      Que tal dares a tua opinião sobre o tema?

      Eliminar
    2. Em parte ele deu a opinião dele. Óbvio que é a favor se não tão tinha feito referencia ao campeonato alemão tal como podia ter feito ao Inglês.

      Sinceramente acho bem. Concordo com a medida apenas acho que devia ser mais apertada tipo 1 jogador por equipa.
      De resto acho que isto é a única maneira de tornar a medida justa para todos, assim não há lesões misteriosas nem empenhamento duvidoso. A ideia que defendes no fim era no mundo ideal em que os jogadores são todos muito correctos e tal. Não acontece nem nem na sociedade e muito menos no futebol.

      Eliminar
    3. por estarmos em Portugal mais uma razão para se ter criado a regra. até agora havia uma regra que todos os que quisessem não cumpriam. e não havia forma de a fazer cumprir. portanto o ridículo era existir uma lei que existia para não ser cumprida e até que fomentava as desigualdades entre os cumpridores e os corruptos. e o problema não residia nos jogadores. esses se lhes fosse dado a escolher preferiam sempre jogar. o problema é que alguns os impediam de jogar.

      eu cá prefiro algo transparente e menos "ideal" do que algo utópico e completamente viciado!

      se achas que não há verdade desportiva porque alguns clubes emprestam mais clubes então deves querer que a liga faça a gestão de TODAS as receitas e distribua IGUALMENTE por todos os clubes!!! ou como pode haver verdade desportiva se uns têm um orçamento de 5M e outros de 50M?? será que defendias que o clube mais rico jogaria com 10 contra 11? não seria isto mais "justo"? de certeza que os jogos seriam mais equilibrados...

      portanto o conceito de verdade desportiva depende de até quanto se quer os clubes todos iguais. eu aceito a desigualdade como parte da realidade. não gosto é que as regras que todos conhecem ao inicio sejam claramente violadas.

      portanto sou totalmente a favor desta regra. no entanto concordo que o número por clube se devia limitar a 2 e se calhar um número máximo de emprestados a 10 ou 15. e também acho que se não estiver acautelado as vendas "fictícias" um clube pode emprestar mais do que está nas regras... o que seria pessimo

      Eliminar
    4. Concordo com o que o 71460_5/8 diz.

      É preferível limitar os empréstimos do que ter o que existe agora. Que é um misto de proibição, mas onde os acordos de cavalheiros e as vendas com recompra acabam por contornar as regras. Não me chateio muito com o número por clube (2 ou 3), mas sim no seu geral. Creio que um máximo de 10 jogadores emprestados seria o ideal, para clubes da mesma divisão. E nos grandes, é bom ver, que nem sempre é na equipa B que um jogadore menos utilizado pode competir num nível mais elevado. É diferente emprestar a clubes que lutem pelo acesso à Europa e a clubes que lutem para não descer de divisão, quanto mais falando em clubes que competem em escalões inferiores e pretendem ascender.

      E para mim, o problema não fica resolvido. Segundo o que o Shadows escreve, a lei refere-se a empréstimos na mesma divisão. E se clubes com equipa B, quiserem colocar jogadores em equipas do escalão em que está a B?

      Eliminar
    5. Sou absolutamente contra aos empréstimos de jogadores na mesma liga. Se é preciso rodá-los é nas equipas B. Por isso é que elas existem

      RA

      Eliminar
    6. Estou totalmente de acordo com a nova lei? Talvez 3 jogadores sejam exagerados, mas todos sabem as regras e cada clube pede emprestados os jogadores que achar mais conveniente.
      A maioria destes clubes teriam planteis pequeníssimos se não pudessem ter jogadores emprestados.
      Há alguma verdade desportiva entre os clubes pequenos, quando uns clubes têm os seus melhores jogadores emprestados pelos grandes e os outros jogam só com os seus jogadores? esta medida não irá reduzir o fosso entre as pequenas equipas? e os que descem de divisão sem dívidas e veem outros ficar ou subir carregados de dívidas ao fisco e a jogadores? é preferível inventar lesões ou outras razões para impedir os jogadores de jogarem? acho que não.
      Há verdade desportiva um clube estar a jogar contra os seus jogadores e por vezes pagarem-lhes parte ou a totalidade dos salários?
      Quem não estará de acordo com a nova lei?
      1º - Os que se dizem benfiquistas, mas são apenas anti-vieiristas
      2º - Alguns sportinguistas para atacarem LFV , o Benfica e em alguns casos o fcp, esquecendo-se que também os beneficia a eles
      3º - Os pequeninos e pobres de espírito que querem demonstrar mais honestidade, transparência, conhecimentos desportivo e fair play, que gente que se dedicada ao desporto há anos.

      PS: Porque razão esta alteração foi aprovada por maioria e "porquê"?
      Espero que os ditos "defensores da verdade desportiva" me deiam uma resposta.

      Eliminar
    7. 4º - O Shadows que fez o post.

      PS: Foi feita à medida e aprovada pelos interessados do costume e aprovada também pelos clubes subservientes, sem ideias nem projectos e apenas atentos às migalhas que o poder instituído lhes vai concedento, como por exemplo empréstimo de jogadores.

      Eliminar
    8. Queres a resposta a isso.lê em baixo o que diz o leitor Vítor.O problema é que quase todos os dirigentes (estou a ser simpático) são todos pessoas um pouco "trafulhas " ( estou novamente a ser simpático ) chicos espertos como dizem aqui na minha zona.E com apoios de pessoas como tu e defenderes o que não tem defesa nunca mais de saiem de lá para se poder fazer uma limpeza destes podres.Este tipo de gente quando se apanha no poleiro do poder sabe que pode fazer "trafulhices " mais á vontade por isso é que tão agarrados a esses lugares que nem lapas.

      e a limpeza meu caro devia começar imediatamente e com urgência.A começar por LFV.Mas quase que aposto que o senhor é daqueles que gosta de ouvir mentiras e apoiar negócios à Roberto.

      Telmo

      Eliminar
  2. CeNNsurados22/06/15, 15:50

    "Em primeiro lugar, impedir a utilização de jogadores emprestados aquando dos jogos com a casa-mãe é ridículo.

    Isso vai querer dizer que, por exemplo, quando o melhor jogador da equipa adversária for o emprestado pelo clube que disputar o campeonato com o Benfica , esse jogador vai jogar com o Benfica mas não joga com esse clube.

    Ou seja, o clube que joga com o Benfica jogará desfalcado contra o nosso adversário pela conquista do campeonato."

    Na realidade é o que se verificava até agora. A partir deste momento, exactamente a mesma coisa, apenas passou a estar legalizado.

    Quanto ao resto, até concordo mas, tal como em muitos outros aspectos da vida, a verdade desportiva é uma utopia. (essa dos 3 empréstimos por clube é de facto deliciosa).

    ResponderEliminar
  3. Acho que se o benfica quisesse regras diferentes, as regras seriam diferentes, parece que assim é que está bem.

    ResponderEliminar
  4. alguém disse:

    Como podem querer que façam regulamentos em prol da verdade desportiva se os que os fazem são os grandes violadores dessas mesmas normas. Quem domina o futebol português já o faz há décadas e pelas razões mais nojentas que existem e não vai ser agora que mudam.
    Enrola a trampa e os escaravelhos ficam.

    ResponderEliminar
  5. Zé do Telhado22/06/15, 16:07

    Assim ficam todos em pé de igualdade e não há cá gastroentrites nem lesões de última hora. Não há especulações que o jogador x ou y errou de propósito contra o seu clube ou que o jogador não se esforçou o que devia. Isto é válido para todos. Pode não ser a melhor solução, mas neste momento e dado o que se passou no passado até nem acho uma má solução.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como no caso Estoril - Porto, em que o jogador emprestado pelo porto marcar o penalti e no caminho para o balneário ser ameaçado pelos ex-colegas.

      Eliminar
  6. É uma lei que protege o jogador emprestado pois assim ele poderá evoluir futebolisticamente na primeira liga e 2× por ano deixa de ser suspeito de qualquer coisa... os clubes tem ( já tinham) mais um campo onde se movmentar... agora legalmente. O benfica que não seja pato.

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  7. São tentativas para que não existam pressões sobre jogadores emprestados, tanto para que joguem menos contra a casa mãe como serem crucificados por fazerem um bom jogo.

    Não concordo, mas também tenho dificuldades em dizer como deveria ser bem feito. O ideal era saber que o jogadores defendiam as camisolas com que jogavam com unhas e dentes e independentemente do resultado disso não haveria pressões ou crucificações, mas nao dá para legislar isso.

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. Pergunta de lagarto.

      Eliminar
    2. Como corrupto tem lógica que não saibas...

      Eliminar
  9. Certo, mas imaginemos que os jogadores podem jogar contra o clube de origem e têem um mau jogo, fazem um penalti, falham um penati, levam vermelho, falham um remate de baliza aberta, fazem um autogolo, dão um frango, e podíamos continuar a especular toda uma serie de eventos desafortunados que podem acontecer a qualquer jogador, isto iria originar uma desconfiança por parte dos adeptos, colegas de equipa e treinadores para não falar do fuzilamento por parte da comunicação social se tal acontecesse. A Lei está bem pensada , é igual para todos , mas eu reduziria de 3 para 2 o nr máximo, considero que 3 jogadores é muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando os jogadores fazem para serem expulsos porque no jogo a seguir jogam com a casa mãe?
      Aconteceu isso num jogo está época em que o jogador viu que o jogo estava perdido e forçou a expulsão. No fim o Benfica foi beneficiado porque jogou mais uma vez contra 10.

      Eliminar
    2. Houve vários jogadores adepto s e ex-jogadores do Porto que se fizeram expulsar para não jogarem contra o clube do coração. Uma prática que o Porto começou a utilizar há muitos anos com excelentes resultados. Como aconteceu o ano passado.

      Eliminar
  10. Certo, mas imaginemos que os jogadores podem jogar contra o clube de origem e têem um mau jogo, fazem um penalti, falham um penati, levam vermelho, falham um remate de baliza aberta, fazem um autogolo, dão um frango, e podíamos continuar a especular toda uma serie de eventos desafortunados que podem acontecer a qualquer jogador, isto iria originar uma desconfiança por parte dos adeptos, colegas de equipa e treinadores para não falar do fuzilamento por parte da comunicação social se tal acontecesse. A Lei está bem pensada , é igual para todos , mas eu reduziria de 3 para 2 o nr máximo, considero que 3 jogadores é muito.

    ResponderEliminar
  11. Mas tambem quando um jogador do SLB for o melhor jogador dessa equipa,esse tambem ira desfalcar a sua equipa contra o SLB...igual para os grandes...

    ResponderEliminar
  12. Para mim só haveria duas coisas a fazer:

    - Ou se impedia de vez os empréstimos entre clubes do mesmo escalão;

    - Ou dava-se a opção, durante as negociações, de o jogador poder ou não jogar contra a equipa mãe.

    Pedro

    ResponderEliminar
  13. Oi Belenenses...? Miguel Rosa...?!?

    Voto contra do Benfica ao sorteio dos árbitros...?!? OI! Verdade Desportiva, está lá...?!?

    Escutas do Filipe Vieira com Valetim Loureiro a comentar que não quer o árbitro A, B ou C...? Verdade Desportiva????

    ahahahahahahahahahah! Metam mais tabaco nisso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rutinha és tão engraçada.

      RA

      Eliminar
    2. Não sabes ainda que o teu presidente também acabou de ser escutado a escolher o árbitro para a final da taça, tal como foi LFV e o então presidente do Belenenses. Engraçado vocês falarem nesse telefonema de LFV e os adeptos do Belenenses ficarem calados porque talvez saibam que isso era normal.

      Eliminar
    3. Se eu oferecesse de borla 2 jogadores ao clube X, ficando este clube dono de uma grande parte dos passes sem pagar um escudo, também lhe dizia que não os queria ver a jogar contra o meu clube sem que pagassem primeiro um aluguer.
      A escolha de pagar ou não ficava ao critério do clube X. Perfeitamente legal é ético!
      Porque se alguém se pode queixar serão os competidores do clube X que teve uma vantagem competitiva ao ter acesso a bons jogadores sem pagar por eles.
      Como vantagem competitiva tem o Sporting em relação ao Benfica e porto por não ter de pagar juros por centenas de milhões de empréstimos bancários.

      Eliminar
  14. O problema nunca terá solução fácil. Pode-se regulamentar os empréstimos como se quiser. Haverá sempre forma de contornar. Até se pode proibir os empréstimos totalmente em Portugal. Há sempre a hipótese de rescindir, assinar a custo zero com outra equipa e haver um acordo entre os presidentes para a não utilização. Por exemplo, Miguel Rosa, não tem qualquer ligação ao Benfica, mas nunca jogou contra o Benfica.

    O problema tem de ser resolvido de outra forma. Por exemplo, criar um limite máximo de jogadores inscritos nas equipas profissionais. Imaginemos 30 por equipa (60 jogadores equipa principal + equipa B). Assim os clubes de maior dimensão financeira não iriam contratar tudo o que mexe para depois colocar a rodar nas outras equipas.

    ResponderEliminar
  15. Comediants22/06/15, 16:46

    Estou 100% de acordo.
    3 jogadores é muito, no máximo 2 por clube.
    No entanto esta medida só faz sentido se houver uma limitação da quantidade de jogadores emprestados para equipas da 1ª liga. Diria no máximo 4! Ou seja cada equipa só poderia emprestar 4 jogadores às outras da 1ª liga, dois por clube no máximo. Isso sim seria uma medida razoavel!

    Existe no entanto entre Belenenses e Benfica umas negociatas que se conseguem desviar de qualquer regra. Mas há quem goste!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quais negociatas? Quais regras?

      Eliminar
  16. Porque é que em vez de criticares a opinião dos outros,não dás a tua própria opinião?
    Estou curioso para saber o que preconizas sobre o assunto.

    ResponderEliminar
  17. Vão ver como a história vai ser a mesma com o sorteio dos árbitros.

    ResponderEliminar
  18. Sobre esse tema verdade desportiva, na ultima AG da Liga, será que ficaram definidos os casos dos desvinculados como Rosa & Deyverson? Agora o Belem terá mais um Ruben Pinto, será que o Belem ficará privado de utilizar tres desvinculados contra o Benfica, e ainda tres emprestados? Desta forma defende-se a verdade desportiva»?

    Arbitragem. O facto de um dos mais promissores arbitros, Marco Ferreira ter sido despromovido, tem correlação com o facto de ter apitado em 2 derrotas do Benfica?

    O Capela foi o 4º melhor árbitro Português, e alguem acredita nessa classificação? Talvez o Sporting ou Gil Vicente...

    Bom, como sabemos, as classificações são definidas pelas notas dos observadores, e recordo que na arbitragem inanarravel no Benfica Sporting de Abril de 2013, o Capela teve um Bom mais do observador? Provavelmente andam a brincar com a verdade desportiva, os observadores, claro!


    Vim respirar uns nacos de verdade desportiva ...

    Manuel Carroilas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pena que respires, o marco ferreira se calhar deve ter sido por ter apitado muito bem o Braga-Benfica

      Eliminar
    2. Se o Marco Ferreira nao foi feliz nesse jogo, errou para ambos os lados...O Capela errou no V Setubal Benfica e no Benfica Gil, em ambos os jogos com influencia directa no resultado, e foi 4º arbitro Português, nem tu acreditas... Até faz corar de vergonha o Paixão,

      Aliás, o Ferreira de Fafe o "Heroi dos Conegos", o Mota, o Esteves, e o Paixão, ficaram com certeza nos 10 primeiros lugares, em nome da verdade desportiva, e esperem peloi "promissor" Tiago Martins, o Internacional de aviario, que antes de apitar na I Liga já era Internacional, um fenomeno do Entroncamento que nem o Rola conseguira explicar!

      Haverá foguetório quando o Benfica perder um jogo, e sofrer um golo com o 4ª melhor arbitro Portugues a apitar!

      Faço te uma pergunta, como qualificas o Marco Ferreira e o Capela?

      Manuel Carroilas

      Eliminar
    3. É só ódio e pequenês. Este ano é essa a razão e qual a razão do ano anterior? e as razões dos outros troféus que o Benfica conquistou? É sempre a arbitragem que justifica a vossa incompetência? E quando vocês tinham o acordo de corrupção com o fcp em que ficavam sempre em 2º para irem à CL e deixarem o Benfica fora dessa competição para O destruírem? É essa a vossa dignidade? por isso têm o nosso desprezo. Por isso vos ignoro não deixado de vos desejar todo o mal do mundo.

      Eliminar
    4. Andrade cabroilas, Marco Ferreira não errou para ambos os lados, errou para um lado! Não deves ter visto o jogo!

      Eliminar
    5. Ó MANUEL MIDAS CARROILAS:
      MARCO MIDAS FERREIRA DIZEM QUE TEVE 6 NOTAS NEGATIVAS

      ISSO NÃO FOI NOVIDADE

      ESSE MIDAS FERREIRA SÓ À CONTA DELE
      INCLINOU (ÓBVIAMENTE POR MERO AZAR) 9 PONTOS DO CAMPEONATO
      EM FAVOR DA FRUTARIA E EM DESFAVOR DO BENFICA

      BRAGA-BENFICA
      UMA DAS MAIS VERGONHOSAS ARBITRAGENS
      VISTAS EM CAMPOS NACIONAIS
      PENALTIS VÁRIOS PERDOADOS AO BRAGA (SÓ NUM LANCE FORAM 3 PENALTIS PERDOADOS)
      E VÁRIAS EXPULSÕES PERDOADAS AO BRAGA
      (AINDA HOJE NINGUEM SABE COMO A MICAELA E A DANILA
      CHEGARAM AO FIM DO JOGO)

      RIO-AVE- BENFICA
      NÃO EXPULSÃO DE UKRA VERGONHOSA
      QUE COLOCARIA O BENFICA A JOGAR CONTRA 10
      O MESMO UKRA QUE VIRIA A MARCAR UM GOLO

      E PENALTI PERDOADO AO RIO-AVE

      SETÚBAL-PORTO
      DOIS PENALTIS PERDOADOS À FRUTARIA
      UM DOS QUAIS VERGONHOSO. (CORTE COM A MÃO OSTENSIVAMENTE
      FEITO POR ALEX SANDRO)

      E VAMOS DEIXAR DE LADO UM PENALTI MARCADO FORA DA ÁREA A FAVOR DO PORTO
      NUM FRUTARIA-PAÇOS DE FERREIRA

      FORAM SÓ NOVE PONTOS QUE FORAM INCLINADOS
      HAJA ALGUEM QUE DESMINTA ESTES FACTOS

      ISTO É QUE FOI UM VERDADEIRO MANTO DE NOVE PONTOS

      SE SOMARMOS A ESTES 9 PONTOS

      MAIS 5 PONTOS DA AUTORIA DO MIDAS SOARES DIAS
      VEREMOS QUE SÓ ESTES SENHORES À SUA CONTA INCLINARAM 14 PONTOS
      14 PONTINHOS
      O CAMPEONATO ENTRE PORTO E BENFICA

      (TOMA NOTA Ó RUI SANTOS E OUTROS AVENÇADOS)

      O MIDAS SOARES DIAS EM PENAFIEL VALIDOU 3 GOLOS 3 ILEGAIS À FRUTARIA
      E FANOU UM PENALTI AO PENAFIEL E PERDOOU 2 EXPULSÕES À FRUTARIA

      O CHAMADO PENAFIELGATE

      E PARA TERMINAR EM BELEZA EM GUIMARÃES
      IMPEDIU A VITÓRIA DO BENFICA ANULANDO UM GOLO LIMPINHO

      ISTO É QUE FOI UM MANTO

      DOIS APITADORES=14 PONTOS

      APONTA RUI SANTOS
      APONTA PORQUE NÃO TENS TOMATES PARA DENUNCIARES ISTO

      E JÁ NÃO FALAMOS QUE O MIDAS SOARES DIAS PÔS
      O BENFICA FORA DA TAÇA NO JOGO CONTRA O BRAGA
      POR NÃO EXPULSÃO DO PARDO E OUTRAS MIUDEZAS

      E QUE NOS ULTIMOS DOIS JOGOS DOIS MIDAS APITADORES
      IMPEDIRAM O JONAS DE SER O MELHOR MARCADOR

      MANTINHO AZULÃO DO TAMANHO DO MUNDO

      NOTA1.: SOARES DIAS DEVIA PEDIR ESCUSA DE APITAR JOGOS
      DO BENFICA E DO PORTO.

      NOTA2: O MIDAS MARCO
      COM ESTES 9 PONTOS INCLINADOS SÓ EM TRÊS MISERÁVEIS PRESTAÇÕES
      COMO PODERIA FICAR NA ELITE DOS ÁRBITROS????????

      SE ISSO TIVESSE ACONTECIDO SERIA PREMIAR A INCOMPETÊNCIA
      PARA NÃO DIZER OUTRA COISA (AQUELE JOGO EM BRAGA FOI UM ESCÂNDALO ESTRATOSFÉRICO9

      ABUSOU....DA INCOMPETÊNCIA.....E TRAMOU-SE
      ANTIGAMENTE TALVEZ SE SAFASSE NEM QUE TIVESSE
      QUE RECEBER ACONSELHAMENTOS

      Eliminar
  19. E se for o Benfica a emprestar os 3 jogadores? Isso já é verdade desportiva?
    Ele há cada um!!!!

    ResponderEliminar
  20. Sublinho e subscrevo. Concordo na íntegra, Shadows. E tenho muita pena que o Benfica alinhe nisto. Não me revejo nestas políticas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A peste nem no espelho se revê.

      Eliminar
  21. "Isso vai querer dizer que, por exemplo, quando o melhor jogador da equipa adversária for o emprestado pelo clube que disputar o campeonato com o Benfica , esse jogador vai jogar com o Benfica mas não joga com esse clube."

    De facto tem mais piada e é bem mais rebuscado quando se adquire direitos de preferência com clausulas ... digamos que anormais!

    E termino que mais esta fantástica citação do texto:

    "Os dirigentes do futebol português continuam a ter dificuldade em agir com transparência.
    e
    Os otários dos adeptos que continuem a sustentar isto tudo.

    Viva o benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o contrário não se verifica? O porco não tem jogadores também emprestados principalmente no norte e que estão quase sempre com uma maleita ou são expulsos no jogo anterior para não jiogarem com o fcp?

      Eliminar
  22. Paulo Gomes22/06/15, 17:37

    Shadows

    Tal como o JJ disse que o fair-play é uma treta, a verdade desportiva é outra treta.

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde,


    Verdade desportiva no futebol nacional.essa expressão é cómica.Com estes dirigentes actuais é impossível existir um futebol nacional com verdade desportiva.Em Portugal a verdade desportiva não passa de uma Utopia.

    Infelizmente no Benfica temos um PresiMente (sim porque nem se podia candidatar , é isso que mostram as provas em vários blogs , é só preciso fazer uma pesquisa rápida num motor de busca qualquer) pactua , ajuda e reforça métodos estranhos para que o futebol português não tenha verdade desportiva.LFV ao invés de lutar contra o que o que ficou conhecido pelo "sistema corrupto do futebol portugues " faz o contrario , apoia , defende e reforça os poderes a esse sistema para que se possa continuar com as máfias " azuladas " e os seus métodos que de verdade desportiva nada tem.Foi o apoio duplo a Fernando Gomes , o acordo com o Porto para Luís Duque , é a história do Miguel Rosa que nem nosso jogador já é mas não pode jogar contra nós.

    Mas sejamos honestos , com dirigentes como os que temos estavamos à espera do quê?De milagres?

    Na Federação temos: Fernando Gomes: Para ele basta falar em sentar brasileiras no Estádio e em escutas do Apito dourado.E é este homem que os clubes querem a mandar nos destinos da FPF e de todo o futebol nacional.Onde está a arbitragem tem de ele estar a mandar.Foi só preciso sair a arbitragem da Liga para ele também sair da Liga de Clubes e se candidatar a Presidente nem acabando o mandato na na Liga Portuguesa de clubes.Que bela coincidência lol Isto tudo com o apoio de LFV em nome do Benfica.lol


    A Presidente da Liga de Clubes temos: Luís Duque escolhido por LFV (que antes dizia cobras e lagartos dele e Pinto da Costa):Luís Duque Condenado em tribunal por fraude fiscal.Tem ainda pendentes mais casos em tibunal.Por onde passa existe sempre suspeitas

    A Presidente do FCP: Pinto da Costa: Para este nem existem palavras , basta dizer caso " Apito Dourado "

    A PresiMENTE Do meu amado clube SLB: Luís Filipe Vieira: Condenado em tribunal por furto agravado.Suspeito de fazer tráfico de droga , transportando-a em Pneus.Suspeito de esquema fraudulento mais o seu sócio numa dívida de 17 milhões ao BPN que o Estado assumiu através da Parvalorem

    No Estoril : A traffic , empresa que está envolvidade numa catrefada de ilegalidades , último caso o escândulo de corrupção na Fifa

    Na Académica : José Eduardo Simões condenado em Tribunal compena efectiva de seis anos.Depois safou-se pagando uma verba e ficou com pena suspensa.


    No Sporting o seu Ex: Vice-Presidente: Foi detido por ser assaltos à mão armada.Pagamento a arbitro assisten José Cardinal.Acho que também não é preciso dizer mais nada deste Senhor.

    No Belelnenseso Presidente da Sad , Rui Pedro Soares também anda sempre metido em polémicas e em suspeitas.

    No Leiria: João Batolomeu , outro que é muito amigo de LFV.

    No Boavista: Major Valentim Loureiro( dizia LFV que o Major era um dos seus amigos mais honestos lol ) e João Loureiro - Basta dizer Apito Dourado

    No Naval: O seu Presidente foi condenado em Tribunal por crime ambiental.

    No Guimarães: Pimenta Machado

    Pinto de Sousa : Ex. Presidente do ConSelho de Arbitragem da FPF: Basta ouvir as escutas do Apito dourado

    E só disse alguns dos dirigentes actuais e alguns que passaram à pouco tempo pelo futebol nacional.Ainda faltam aqui muitos mais , muitos mais mesmo.


    Depois com esta estirpe de dirigentes os amantes do futebol e do futebol nacional querem verdade desportiva.Só mesmo para rir.

    A culpa é de todos nós , de todos os adeptos , uns porque votam nestas personagens , outros porque nada fazem , remetendo-se ao silêncio , outros porque criticam mas não mexem uma palha para mudar esta situação degradante em que vive o futebol português.

    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus parabéns pela coragem de pores os nomes nos bois.Para mim o teu comentário valeria um post nest blog.Ou então deixarem-te fazer um post sobre este assunto mais bem alnhavado.Mais uma vez parabéns.Agora prepara-te para o gang dos ratinhos do esgoto virem defender o patrão LFV.

      Eliminar
    2. Enquanto esse tipo de pessoas continuar a mandar nos clubes o futebol português nunca terá nem se aproximará de ter verdade desportiva.

      No nosso Benfica , outroura clube honesto , agora o que se v~e é um Presidente que ao que parece nem se podia candidatar a Presidente devido a estatutos que ele e a sua direcção fazerem , para ele próprio se manter no cargo por vários anos , já que com esses estatutos tirou 90 % dos sócios de se candidatar , só quase sobram os velhos , por isso nos próximos anos faça o que fizer ta a vontade.Já para não falar da vergonha que é os votos das casas do Benfica.De clube democratico passamos para uma ditadura camuflada de democracia.Enfim.Depois ainda tem a pouca vergonha de mentir aos Benfiquistas e a pouca vergonha de fazer negócios à Roberto (que ficou + conhecido pelo negócio dos milhões da treta , até o Pintinho sabia que esse negócio era mentira).LFV não satisfeito ainda envergonha os Benfiquistas com apoios e campanhas de eleição para pessoas como Fernando Gomes e Duque.Pelo meio uns acordos com Pc e Porto.Traz ainda para o Benfica métodos à Porto ou ainda piores onde o Miguel Rosa é um bom exemplo disso e malta para lugares estratégicos que dizem que querem ver os mouros de Lisboa arder e que o Porto são a sua religião.Enfim


      Depois aparece a sua trupe dos ratos do esgoto a fazerem auntenticas lavagens cerebrais aos Benfiquistas para que ele passa sempre pelos pinguinhos da chuva.O pior é que a maioria acredita no que essa trupe diz. lol

      Bem com tanta coisa que LFV faz a mim nada me garante que as eleições tenham os votos reais.Tal como os relatórios de conta.Será que os números são reais ou são estilo Roberto?Bem sei que são auditadas mas o Alverca tb era auditado e LFV dizia o mesmo que diz agora no Benfica que o Alverca tava bué bem financeiramente para o clube em questão.E depois foi o que se viu.Ainda hoje em Alverca pessoas ligadas a esse clube questionan-se onde ta a parte do dinheiro da venda de Mantorras.Se foi Benfica que não pagou ou se foi parar a outras paragens que não as cofres do Alverca.

      Porque LFV mente tanto em coisas em que é fácil ser apanhado para mim não tem credilidade e isso preocupa-me se imenso se andam algumas coisas ou muitas escondidas no Benfica???

      Eliminar
    3. O que mais admiro no teu comentário é a "originalidade " e sobretudo teres relevado imensos " factos novos " que muito poucas pessoas tinham conhecimento... ( pausa para sorrir ). E agora mais a sério, para lá dessas banalidades muito incompletas sobretudo em relação a certos dirigentes de certos clubes, é caso para perguntar-te se tens alguma proposta para mudar o "estado caótico" em que se encontra o futebol português, assim como uma alternativa para modificar as mentalidades dos dirigentes desportivos quer ao nível dos clubes, das associações e das federações desportivas, retornando por exemplo aos tempos dos " saudosos " Salazar Carreira, Góis Mota, Casal Ribeiro do SCP, e Augusto Pires de Lima, Cesário Bonito, Urgel Horta do FCP...
      Criticar e destruir é extremamente fácil, difícil é fazer melhor...
      Parafraseando o genial e saudoso Vinicius de Moraes :

      " Os críticos são sujeitos que tem mau hálito no pensamento "

      Caedrático da Picheleira

      Eliminar
    4. Confirma-se, este tipo é doente! Agora chama-se Vìtor...

      AntiJavardosCorruptos

      Eliminar
    5. hehehhehe.o que eu me riu com os comentários dos ratinhos do esgoto.agora dizer as verdades significa ser doente lol lol lol lol lol Para mim significa ser honesto , algo que os ratinhos do esgoto tem alergia ou não o vosso dono. quem é

      Argumentos ao que o Vítor disse.Pois como sabem que é tudo verdade mais vale dizer que é doente.As figurinhas tristes que estes ratinhos fazem.Tenho pena dos vossos pais de terem uns filhos sem coluna vertebral

      Eliminar
  24. Se um jogador emprestado levar vermelho e ficar um jogo de castigo, em véspera do jogo com a casa mãe, como é feita a contagem? Fica 2 jogos sem jogar ? Alguém sabe se isso está indicado em algum sitio ?

    ND

    ResponderEliminar
  25. eu sou a favor dessa regra por 2 razões:
    1º - Se joga primeiro com um clube depois com o dono, certos jogadores vão deixar de ser expulsos de propósito só para não jogarem contra o dono.
    2º - vai haver uma diminuição no numero de gastroentrites antes dos jogos contra o dono!

    Além disso deixam de haver equipas B's na primeira liga, caso do Penafiel em relação ao porto.

    só tenho uma coisa à acrescentar, então e a lei de não se poder emprestar treinadores a clubes da primeira liga, quando é que essa sai?

    ResponderEliminar
  26. A minha pergunta é se ainda se justifica equipas B. Olhando para os três principais clube, facilmente se constata que a folha salarial abriga entre 70 a 100 jogadores com contrato profissional, sem contar com a equipa de juniores e juvenis onde já se encontram alguns jogadores com esses contratos.

    Se é permitido emprestar até 45 jogadores - os 3 não vão emprestar entre si - para quê uma equipa B, que no fundo gera mais despesa do que receita.

    SL

    Pedro

    ResponderEliminar
  27. Shadows, apesar de tudo é melhor do que deixar tudo na mesma.
    MAFARRICO

    ResponderEliminar
  28. Shadohs, apesar de tudo é melhor do que não fazer nada.
    MAFARRICO

    ResponderEliminar
  29. Sinceramente até me parece que o Benfica é capaz de ser o principal beneficiado com esta regra. Mas não concordo. Acho que só deveria ser possível emprestar jogadores a equipas do escalão inferior, o que penso que podia ser interessante pois permitiria um campeonato da 2ª divisão com melhor qualidade. Por outro lado acho que clubes que ascendem à primeira divisão deveriam receber da liga uma quantia significativa que lhes permitisse apresentar um plantel/estrutura com alguma qualidade. Acho muito triste a situação em que alguns clubes com menos posse e projetos mais "sustentáveis" perdem jogos de proposito pois não têm condições para subir de divisão e isto para mim também é falta de "verdade desportiva"

    ResponderEliminar
  30. Alguem viu o relatorio e contas onde diz que o Bernardo Silva foi vendido ao Valência? Terá sido erro ou não?
    Ass.Andre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na pág. 8 está referido que o Bernardo Silva foi vendido ao ASMónaco.

      Eliminar
    2. E na pag 23? Grande erro ou da Price ou do Benfica!

      Eliminar
  31. Sou completamente contra os empréstimos, e a favor de um limite máximo de jogadores por clube. Se os clubes, principalmente os ditos grandes, tivessem um limite de jogadores que podiam ter sob contrato deixavam de comprar jogadores que não necessitam e eram mais criteriosos nas suas escolhas. Isto diminuiria em primeiro lugar os custos, e em segundo a necessidade de colocar jogadores em outros clubes por não terem espaço nos planteis. Numa primeira fase até poderia provocar a fuga de alguns jogadores que são mais valias para o nosso campeonato e que apenas permanecem por ca porque os salários são suportados pelos clubes grandes, mas por outro lado tornava os nossos clubes mais sustentaveis.

    VR

    ResponderEliminar
  32. quanto ao ponto um não tens razão não impedir é muito pior do que impedir os emprestados de jogarem contra o clube mãe, ainda para mais num pais de chicos espertos.
    no resto tens razão absoluta tres empresticos a um só clube é um exagero para elem de que deveriam existir limites ao numero de jogadores que um clube poderia emprestar no total e tambem um limite ao numero de jogadores que um clube recebia emprestados.

    ResponderEliminar
  33. parece que o Mitrovic já que os porcos na jogada. Confirmas VENTO LUSITANO?

    ResponderEliminar
  34. É um mal menor , para evitar as constipações , mas penso a lei é fraca até.

    5 jogadores no máximo seriam emprestados a equipas do mesmo escalão, sendo que as equipas no máximo só poderiam ter 3 emprestados de cada escalão (para haver equidade) , para evitar estes plantéis de 60 jogadores que não são nada mais que rotação de refugo de empresários para inflacionar os jogadores e tiram espaço à formação , e servem também para para criar um banco de influência com equipas pequenas.

    Depois 1 jogador emprestado para cada equipa , e esse jogador não deve defrontar quem lhe paga , pois se forem 2 , a equipa pode ficar desfalcada com 2 jogadores provavelmente fundamentais.

    Depois gosto de sua fé em dizer que apenas uma equipa vai disputar o campeonato com o Benfica.

    ResponderEliminar
  35. Eu sinceramente nāo acho que seja desvantajoso para nós (ter activos a competir na Liga em vez passarem o tempo a fazer jogging em Monsanto ou a levarem caneladas num clubezeco qualquer da Suiça, do Egipto ou da Eslovénia). O Benfica tem sob contrato muitos mais atletas que os que cabem nos plantéis da A e da B -- esses empréstimos de jogadores criteriosamente seleccionados beneficia-os eles, o clube e abre vagas na B para outros que nāo foram emprestados para o estrangeiro.
    A B nāo pode ser um saco de 11 jogadores, é na verdade uma segunda equipa do Benfica. Ok, mas os que restam, e que o departamento pretende potenciar, podem perfeitamente rodar em equipas de primeira divisão. Ou nāo estou a ver bem o problema, ou francamente nāo me parece que haja qualquer inconveniência nisto. Temos tantos putos de 19/20 anos que fomos buscar à América Latina, África e à Europa menos cotada... só se quisermos escondê-los, como se esconde um ovo até que seja galinha que ponha ovos por sua vez.
    E a questāo de serem 3 (e nāo um número indefinido) evita que se acentue o fosso entre clubes grandes e pequenos. Senāo acabávamos por ter quatro "equipas" do Benfica a disputar a Liga eheh que passariam a meter as reservas quando jogassem connosco ahahah Fancamente nāo estou a ver os motivos dos que aqui disseram "2" em vez de 3...
    Eh pá, expliquem-me que mal há em ter três jogadores em dez outras equipas, a treinar e a jogar regularmente em vez de jogarem na marisqueira do bairro onde moram.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes