O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

terça-feira, 12 de maio de 2015

Avatar

Vale tudo para desviar atenções no FCPorto (VERGONHA!)

 ●  + 21 comentários  ● 
Não se olha a meios no FCPorto! Não é novidade, porém em segundo ano consecutivo sem vencer NENHUM título, parece que até vale denegrir o bom nome e profissionalismo de pessoas e instituições.

Quem tem página de Facebook tem tido a possibilidade de assistir a um incentivo diário à critica e enxovalho por parte dos responsáveis portistas a um pivot da TVI que teve o azar de cair num erro fonético em directo. O achincalho ao profissional da TVI é total e a imprensa afecta ao FCPorto, num regime quase diário, procura manter o assunto aberto, com a televisão privada e o seu profissional a serem alvo de insultos diários nas redes sociais e na imprensa.

Também o Director de comunicação do SLBenfica foi acusado de ser xenófobo por ter chamado basco a um estrangeiro que é efectivamente... basco. Num momento em que a sociedade da informação expõe as pessoas de forma muito significativa, rotular pessoas como xenófobas tende a causar problemas aos próprios e à sua familia.

VALE TUDO! O que interessa é que se discutam essas coisas e ninguém se lembre que são dois anos sem conquistar uma taça que seja.

Se para isso for preciso colocar profissionais de qualidade em risco, expor as suas famílias ao insulto e agressões... que seja. Desde que os portistas ocupem o seu tempo a falar disso e não a pedir contas aos reais responsáveis pelo delapidar do património desportivo e financeiro de uma instituição nacional como o Futebol Clube do Porto.

Clubismos aparte os meus pais ensinaram-me a ser uma pessoa educada e tolerante das diferenças. Tenho amigos de várias raças, nacionalidades e cores. Aliás, tenho Amigos e não apenas amigos. Tenho Amigos de todos os clubes, com quem diariamente brinco e provoco na sua paixão e eles fazem o mesmo com a minha. Os portistas, como os sportinguistas, merecem-me todo o respeito como pessoas, seres humanos, pais de familia, profissionais nas suas vidas privadas, etc.

O que se está a passar no FCPorto com aquele pivot da TVI é uma absoluta vergonha. Um rosto diário da TVI, benfiquista é certo, mas que nunca vimos expor o seu benfiquismo, sempre soube ser um profissional de mão cheia em imensos anos na TVI que nos habituou a não entrar em caminhos que por vezes as audiências obrigam. No mesmo rol coloco um grande portista, da mesma escola da TVI, e que é outro que tal e está agora no PortoCanal. Jamais eu atacaria uma gaffe profissional deste e o acusaria profissional e pessoalmente a ele e à familia como está a ser exposto o pivot da TVI.

Aliás, eu desafio os nossos leitores a repetirem 10x "precisa que o porto perca" e se em metade delas não efectuarem trocas fonéticas, como se faz nos "três tristes tigres" então parabéns porque são realmente seres dotados de um controlo fonético de eleição. Fazer disto um aproveitamento público e um insulto pessoal e familiar é uma vergonha que quem gosta de se associar a movimentos sociais como a Associação Coração da Cidade, não tenha a capacidade de por fim a este tipo de vergonhas publicas e permita que se confunda a defesa dos clubes com acusações ao profissionalismo, conduta humana e honestidade pessoal de profissionais como o pivot da TVI e do Director de Comunicação do SLBenfica.

Fiquei envergonhado com a falta de respeito pelo bom nome do homem e pelo passado profissional do director de Comunicação do SLBenfica, alguém que foi o primeiro a dar voz à Xanana Gusmão, na altura na SIC e com o ele ainda preso.

Lamento que o Presidente do FCPorto permita que se confundam as argumentações clubísticas com este tipo de situações que envergonham qualquer português com bom senso.

... E já nem quis ir à instrumentalização de um cidadão estrangeiro que refere que não lhe merece respeito um treinador com mais de 60 anos, português, e com um grande curriculum em dar largas ao nome de uma equipa centenária portuguesa por esse mundo fora. Aliás um treinador que por mais que uma vez o Presidente portista quis no seu clube.

Uma vergonha nacional é o que esta gente é! Lamento imenso, entristece que assim seja... e manifesto desde já a minha solidariedade com o pivot da TVI, com o director de comunicação do SLBenfica e com as suas famílias pela campanha nojenta e vergonhosa patrocinada por esse clube e que visa afectar o bom nome de dois Homens.

21 comentários via blogger

  1. Alex Silva12/05/15, 15:39

    Em relação ao Pedro Pinto concordo plenamente com a apreciação que fazes, já em relação ao João Gabriel não, porque não passa de um palhaço imundo e nem devia pertencer à estrutura do Benfica. Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. O Pedro Pinto errou pela segunda vez daí eles terem reagido. Quanto ao Gabriel a referencia a origem do Lopetegui era desnecessária e só lhe ficou mal. Era a mesma coisa que dizer o moçambicano para o eterno Eusébio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E qual é o problema? O Eusébio era português nascido em Moçambique. O Flores é espanhol nascido no País Basco que pertence a Espanha. Moçambique não pertence a Portugal.

      Eliminar
    2. Não é Flores é Lopetegui. E Moçambique era uma região administrativa de Portugal quando Eusébio era jogador. A expressão de Gabriel foi pejorativa.

      Eliminar
  3. A tripeirada sempre gostou de chafurdar no esterco.É normal...

    ResponderEliminar
  4. em relação à fonética discordo a mim dá 10 em 10. "precisa que o porco perca"
    é da minha dislexia talvez, ou então por ser mesmo isso que lhes chamo e o que são!!
    #Carrega Benfica #Rumo ao 34

    ResponderEliminar
  5. Mas chamarem-nos Mouros ou dizerem que querem ver Lisboa a arder já é normal não é!Ainda o Mês passado numa rubrica sobre Portuenses em Lisboa(porto canal) o ex Jogador do foculporto(J Pinto) voltou a referir a frase Lisboa a arder.

    ResponderEliminar
  6. Acredito no #34. Mas não estou a gostar muito de ler por aí que o porto não ganhou mais uma vez nenhum título. Calma que ainda nada está ganho.

    ResponderEliminar
  7. João Vilela12/05/15, 17:30

    Concordo com tudo menos com a parte do João Gabriel. O "basco" era desnecessário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas chamar basco a um basco é deselegante? A xenofobia está na cabeça de quem se indigna com isso. Se o João Gabriel lhe tivesse chamado espanhol aposto que ninguém se melindrava. Porquê?

      Eliminar
    2. Se o Gabriel tivesse chamado "espanhol" ao basco diriam a mesma coisa, que era xenófobo, porque o Basco tinha nascido na Bascolândia não em Espanha! Os porcos são sempre os mesmos nunca enganam!

      Eliminar
    3. Se tivesse chamado espanhol é que era xenofobia pois um basco tem orgulho em ser basco e não espanhol.
      Nuno

      Eliminar
    4. Águia Preocupada12/05/15, 21:29

      Mas afinal era desnecessário porquê? Ofendeu o dito cujo? Ele é ou não é basco? Essa agora... Olha, pronto, não é basco... é castelhano... é galego... é andaluz... é... estúpido é o que são todos!
      E já agora: Chamar basco a um basco é xenofobia... Chamar mouros a portugueses é o quê?

      Eliminar
    5. CHAMARA PRETO A UM PRETO É O QUÊ? DELICADEZA?
      Eduardo

      Eliminar
    6. Dizer num Canal de Televisão Nacional 5LB não é gozar com o Benfica? É que em fonética o "5" e o "S" podem dar origem a confusões.
      Eduardo

      Eliminar
    7. Eduardo, os pretos chamam brancos aos brancos. Sinceramente, não acho que chamar preto a um preto seja racismo. Muitas vezes, é a maneira como se dizem as coisas. Eu posso estar a chamar inteligente a uma pessoa e na verdade estar a chamar-lhe estúpido. O João Gabriel já sabia que ao usar o termo basco iria causar discórdia, estando no entanto a dizer a verdade.

      Eliminar
    8. João Vilela13/05/15, 16:14

      O que eu acho é que podes criticar alguém sem precisar de mencionar o sítio onde se nasce, a cor da pele ou coisas do género. O Flopetegui não é burro por ser basco, nem todos os bascos não burros ou parvos de certeza absoluta. Então qual a relevância de lhe chamar basco no meio de uma crítica?

      Eliminar
    9. Se ele tivesse escrito «o treinador basco» em vez de apenas «o basco» já ficava melhor?

      Eliminar
  8. RUI BENFIQUISTA12/05/15, 17:37

    SEMANA PASSADA QUANDO ACHICALHARAM O JJ....INDENTIFICAM-NO COMO O DA AMADORA...

    ResponderEliminar
  9. Plebeu do Azinhoso12/05/15, 21:20

    E quando achincalharam o Katsoranis apelidando-o de "o grego"? Já não é considerado xenofobia?

    ResponderEliminar
  10. Espero ver um jornalista dizer diretamente no telejornal "Sport Lisboa Merda" para ver se o defendes desse jeito como defendes o Pedrinho Pinto.
    Depois queixam-se que quando vêm ao Porto são maltratados.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes