O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Avatar

O Apocalipse depois de Jesus (por José Marinho)

 ●  + 45 comentários  ● 

Grande texto na página de Facebook do José Marinho:

O PARADIGMA DE JESUS! 
Jesus disse que mudou o paradigma do futebol do Benfica, nos últimos seis anos. 
Tem razão e não é justo que existam benfiquistas que não reconheçam essa mudança. Essa, para mim, foi a grande conquista de Jesus e de quem apostou nele, há seis anos, para treinar o clube. 

Com Jesus, o Benfica estabeleceu um novo equilibrio de poderes no futebol, dentro e fora do campo. E mostrou ao presidente do Benfica que a verdadeira mudança teria de começar dentro do campo, para se poder alcançar alguma coisa fora dele. O respeito dos adversários, das instutuições e dos árbitros. 

Não foi só no 4-4-2 ousado e fulgurante de Jesus que as coisas mudaram. O Benfica voltou a ser temido e respeitado e isso é mérito principal de Jesus, pela forma como conseguiu envolver uma estrutura nesse objectivo de mudança. 

Porém, como sempre acontece neste tipo de relação de mestre-aluno, o Benfica e a sua estrutura comportaram-se como um aluno dedicado, que faz os trabalhos de casa e que, a partir de uma certa altura, acompanha e até substitui o mestre. E é disso que Jesus, actualmente, não se dá conta. Não percebe que as coisas, actualmente, não são como eram há seis anos. E se Jesus mudou o paradgima do futebol do Benfica, mudou-o tanto que lhe deu a hipótese de aprender e até de arriscar a uma nova mudança de paradigma, mas desta vez sem Jesus. 

A esta hora que escrevo, sinceramente, não sei se é isso que acontecerá. Se Jesus levará o seu paradigma para outro lado. Mas o que sei é que Jesus deve preparar-se para a eventualidade do Benfica não se assustar com a ideia de iniciar uma nova mudança de paradigma do seu futebol, sem Jesus. Eu acho, honestamente, que o treinador do Benfica pensa que o futebol do Benfica será uma espécie de “ou eu ou o caos”. Creio que se engana, porque o grande mérito de Jesus, por sinal, não foi a mudança de paradigma. Foi a mudança de mentalidade. E se o treinador do Benfica deseja mesmo continuar no Benfica, se calhar, está na altura de perceber que há sempre um momento em que a cria ultrapassa o criador. E que, agora, Jesus poderá ser vítima do seu próprio sucesso e da forma como conseguiu, lá está, mudar o paradigma do futebol do Benfica. 

Posto isto, ainda acredito que seja possível uma renovação de contrato de Jesus com o Benfica. E desejo-a, por uma questão de justiça, de coerência e sobretudo de estabilidade. Mas não temo a sua saída nem prevejo o caos se ela se verificar. Há dois anos, sim, seria arriscado. Agora não. 

 Entretanto vamos lá ganhar a sexta Taça da Liga, por favor.

45 comentários via blogger

  1. Só faltava um texto assim para completar o ramalhete do suicídio. Também em 1994 havia gente deste estilo a apoiar o Damásio na destituição de um treinador campeão e na destruição do plantel, contratando a gentalha que se viu, sem qualquer nexo e critério. Passamos a uma autêntica feira das vaidades mirradas. Gentalha sem categoria, pobres de espírito, enfeitados de floreados de revista social. O Benfica nunca deve ser comandado de fora para dentro. Mas de dentro para fora. Jorge Jesus e Vieira conseguiram-no. Destruir é fácil, construir é muito difícil. Destruir um paradigma vencedor será um suicídio. Edificá-lo novamente será sempre mais difícil. José Marinho, esforça-te, uma vez que aquilo que apresentas nunca será a solução. Faltou acrescentar o nome do técnico; o nome do paradigma e outras realidades flutuantes de bússola descoordenada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lagarto, vai dar uma volta ao relvado grande, vai!

      Eliminar
    2. Lagarto??????????????????????AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Eliminar
    3. Este cromo lagarto caiu do céu há meia dúzia de dias e agora passa o tempo a pular nos blogs do Benfica, para comentar todas as notícias sobre o treinador do Benfica.

      Já vi por aí uma série de comentários deste artista nos últimos dias e foram sempre todos em notícias sobre o treinador do Benfica, e recheado de teorias rebuscadas.

      Perante a falta de informações que existe, anda por aí este afilhado do burro de carvalho a tentar dividir ainda mais o pessoal, como se ele tivesse acesso a informações privilegiadas.

      As osgas para além de rastejantes são seres mesmo ridículos, e acreditam mesmo que o Jesus prefere ir para a osgaláxia passando de cavalo para burro.

      Eliminar
    4. Takuara, já te respondi num outro local. Não insistas, pois ficarás mal. não sou lagarto, nem de contumil. Porém se é isso que pensas, não te vou contrariar. Afinal de contas respeito a tua opinião, assim como deves respeitar a minha relativamente àquilo que digo a respeito do treinador. Apenas alerto para se evitarem erros que já nos saíram caros em 1994... Mas se tu preferes o regresso a esse tempo desportivamente para puderes chafurdar forte e feio no Benfica... Não te acompanho...

      Eliminar
  2. é bem escrito. mas meus caros, há aqui uma grande confusão:

    EU SOU DEFENSOR DE JESUS HÁ MUITO TEMPO. VEJO CLARAMENTE QUE É UM TREINADOR DE ELITE. NEM SEQUER TEM DISCUSSÃO.

    MAS ISTO NÃO QUER DIZER QUE EU ACHE QUE DEPOIS DELE É O APOCALIPSE. NÃO CONFUNDAM DEFENDER JESUS COM PENSAR QUE A SAÍDA É O FIM DO MUNDO.

    simplesmente, nao vejo neste momento alternativa que prefira.

    e, ao contrario do que tantos pensam, no ano que vem o porto vai continuar a ter um plantel com qualidade individual de base superior ao nosso... saem 3 ou 4 importantes, mas o mendes vai voltar a meter la trutas.

    ResponderEliminar
  3. Pessoalmente, nao acho que Jesus ache que ou é ele ou o caos. Tanto mais que, ao fim de seis anos, ele tem muita obra feita. E mais: sozinho!

    Nao se preocupem: se nao for no Benfica, Jesus terá muito sitio onde pode e vai fazer obra. E eu so lhe agradeço tudo o que fez aqui.

    Questionasse-se tanto Vieira por tantas outras coisas da sua responsabilidade e teríamos um Benfica muito mais ganhador... Porque é que Jesus é o bode expiatório para tudo?

    ResponderEliminar
  4. JediVermelho29/05/15, 13:14

    Honestamente, não percebo pq é que este indivíduo tem espaço por aqui. Além de ser um devoto cego da direcção, já o li, esta época a "estralhaçar" JJ, para depois lhe dar loas. Ou seja, coerência, pouca! Percebe-se claramente que é um elogio quase "pedroguerriano" do trabalho da Direcção, como se Vieira tivesse ficado repentinamente competente e sábio em futebol. Decepcionante, no mínimo, esta participação!

    ResponderEliminar
  5. A questão fundamental, e nenhum dos anti-Jesuítas arrisca, é dizer quem fará tão bom com menos. Sim, Jesus não ganhou nada antes de chegar ao Benfica e haverá um dia em que o Benfica continuará a ganhar sem Jesus, mas caramba, acham mesmo que outro treinador aí no mercado, mais barato, ganhava este campeonato com os ovos que lhe deram? JJ tem justificado no campo os 4 milhões. Não sei se na conjuntura merece mais, mas menos penso que não...

    ResponderEliminar
  6. Fala o homem que a uns dias atras tem um post a dizer que nao e adepto do SPORT LISBOA E BENFICA..Falta de coerencia e o que e.Para mim o SPORT LISBOA E BENFICA tem algo que nunca vai mudar,o facto de ter os melhores adeptos do mundo.Ao dizer obrigado querido Benfica,ao dizer Amo-te Benfica, e o mesmo que dizer obrigado Benfiquistas,sem voces nada faria sentido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não confundir José Marinho com Marinho Neves nonameslb. O Marinho Neves é um grande boavisteiro e anti-fcp e anti-corrupção. O José Marinho é Benfiquista...à sua maneira, como cada um de nós é à Sua.

      Eliminar
    2. Silvestre, é o mal de muito boa gente: não saber ler. Já o Jedi acusa o José Marinho de ser cego devoto da direção... Santa burrice.

      Marvila

      Eliminar
  7. Um bom texto, espero que tenha razão. ..
    para eventuais sucessores caso jj não fique, apostaria no marco Silva ou peseiro. Rui Vitória não vejo que se encaixe no perfil pretendido. ..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vitória vai para o Spórtém!

      Eliminar
    2. Já li num blog que o Rui Vitória só não vem para o Benfica, se a coisa levar uma volta de 180 graus por o JJ resolver ficar.

      Eliminar
    3. Peseiro??? kill me please.

      Eliminar
    4. Se leste num blog deve ser verdade.

      Eliminar
  8. Opinião todos a têm e não posso concordar ou discordar sobre o texto porque há uma previsão de futuro nele contido sobre a qual não me posso pronunciar por não ter capacidades futurológicas como o seu autor...LOL. Gostava que LFV joga-se pelo seguro e deveria manter JJ. Se este sair que seja porque ele quis e não em nome de uma "contenção salarial" que estrategicamente vem sendo lançada na CS de há uns meses a esta parte. JJ deu-nos não só um Benfica que ganha mas que quando não ganha luta por isso . Não tenham memória curta porque estivemos praticamente 20 anos sem ganhar e sem sequer lutar por isso. Se quem vier pode manter ou não o curso das vitórias...prefiro não arriscar.
    António F

    ResponderEliminar
  9. A maneira como aqui fazem rendar esta novela devia levar-vos a pensar noutros voos, em outros campos.
    Mostram a opinião do A, B, C ou D, passando pelo X, Y e Z. Incrível!
    Cada um tem direito à sua opinião, concorde-se ou não. Respeite-se qualquer uma delas, sff.
    Agora, aquilo que acho desonesto, é que não assumam assertivamente aquilo em que acreditam. E que para isso, não é preciso apelar a lirismos bacocos como o do texto deste post. Assumam-no!
    E vocês, em regra geral, são bons escribas. Todos. E Benfiquistas, de alma e coração. Todos! Benfica by GB, Shadows, etc. Mas identifico-me mais com o Redmoon.
    Portanto, acho que já chega de virem com estas tretas, às quais acrescentam desmesuradamente e muitas vezes com um síndroma de Football Manager, e assumam as vossas convicções de uma vez por todas. Porque só assim vão perceber mais de bola; porque só assim, aprendendo com os erros ao dizer hoje uma coisa, mas amanha pensar outra, vão evoluir.
    Porquê? Olha, porque há dois anos, na época do perde tudo, mesmo assim defendi a renovação de JJ, mas com redução significativa de ordenado; ele renovou, mas pelos mesmos valores e ainda mais prémios. Renovou é verdade, mas se calhar, tinha saído caso lhe oferecessem metade do ordenado até então auferido, como eu defendia... E, depois, foram as duas épocas maravilhosas que foram, não é verdade?
    Hoje defendo a sua permanência, pelos mesmos valores, porque tem sido um historial de 6 anos que efectivamente me fazem pensar que é o melhor neste momento, face a tudo o que tem acontecido e às possibilidades que possam vir a existir para o Benfica. Não sei, se calhar sou eu que penso pequeno...
    Agora, peço-vos que deixem os José Marinhos, qual Rui Santos à sua maneira, e outros quejandos no seu galho, mais teorias da conspiração que querem por o JJ fora do Benfica, e assumam de uma vez por todas aquilo que desejam: se JJ continue ou vá à sua vida!

    ResponderEliminar
  10. Em 94, com a casa mais ou menos arrumada pelo Toni, também não vinha o caos.
    Nem veio em 2000, quando com Mourinho o Benfica parecia dar sinais de que finalmente o descalabro provocado pela saída do Toni iria começar a ser corrigido.
    Em 2005 também não fez mal a saída do velho Trap. Vinha aí um novo ciclo. E agora também não faz mal a saída de Jesus.

    Com o Jesus está a resultar. If it ain't broke, don't fix it.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica nunca se deu bem quando deixou sair treinadores campeões, vejam a historia

      Eliminar
    2. Eu oferecia um contrato de 5 anos com as condições actuais.

      Eliminar
    3. NSC,oferece antes um de 10 anos. Depois pode vir de andarilho treinar.
      Vocês olham para a idade do homem?!

      Eliminar
    4. O senhor vá dizer alarvidades para os seus posts. Não pode treinar até aos 65?

      Eliminar
    5. E pronto... agora a idade é o problema. E dps diz q n, q n é embirração...

      Eliminar
  11. Zé d'Alfama29/05/15, 15:00

    As opiniões e os traques, cada um os larga, como quer e pode. Na altura em que o vão fazer, não se confundam. Em qualquer das situações pode sair m&%$# ... !!!

    ResponderEliminar
  12. muitos a quererem adivinhar o que Jesus pensa... muito poucos a realmente o ouvir... mas o que me interessa é que o LFV e a restante estrutura o oiçam

    ResponderEliminar
  13. Vou ser claro:

    1- Em termos desportivos passaremos por um certo caos, se Jorge Jesus sair:
    a) - os líderes do balneário estão profundamente rotinados com ele;
    b)- os que chegam de novo e têm alguma qualidade rapidamente são potenciados.

    2- O caos só se evitaria em termos desportivos caso chegasse alguém com currículo que abafasse, pelo seu padrão, possíveis dúvidas. Neste caso, isso só estaria ao alcance de poucos:

    2.1- Mourinho;
    2.2- Guardiola;
    2.3 -Klopp.

    3- Eventualmente:

    3.1- Ancelloti;

    3.2- Nuno Espírito Santo;

    3.3- Luís Henrique.

    Como não é previsível que se consigam tais técnicos... parece-me mais do que evidente que JJ deve continuar.

    Caso contrário vai mesmo haver caos, pela constante comparação com o trabalho feito por Jorge Jesus e pelo títulos ganhos.

    Só não vê isto quem não percebe um chavo de futebol.

    Dixit.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NES?

      O "somos porto"? Tu tens a certeza? Ou és lagarto como aqui já foste acusado?
      Será que têm razão?

      RMC

      Eliminar
    2. Além disso, onde está o cv desse tipo? Nunca foi campeão, nunca sequer jogou um jogo de champions, ... treinou 1 época no campeonato espanhol e chegou a 2 finais no rio ave, isso é ter cv para o Glorioso? ??

      Eliminar
    3. RMC
      não vi a tua indignação no post do sombras em que ele diz que vai apoiar o Sporting na final da taça, para mim o lagarto és tu, seu lagarto.

      Eliminar
    4. Então mas agora o JJ já não vai para o ceportem? o Rui Vitória já não vem para o Benfica e o Marco Silva para o porto?

      Eliminar
  14. Bem...colocar Nuno Espírito Santo no mesmo lote dos outros nomes revela, das duas uma: ou má formação futebolística ou psicológica.

    Brisa do Mar

    ResponderEliminar
  15. BENFIQUISTA DE GAIA29/05/15, 16:18

    porra isto ja parece a do outro que disse em publico..se nao fosse eu (vieira)o BENFICA acabava...e so filmes de terror...enquanto nao tivermos verdadeiros BENFIQUISTAS a mandarem no club vamos ter sempre este circo...com a intensao de nos distrair...para haver negocios.e nao se comentar.......enfim...

    ResponderEliminar
  16. Disse Nuno Espírito Santo. Cabe nesse lote. Enquanto treinador Nuno Espírito Santo é bom - provou-o este ano, ao pegar num clube com muitas ratazanas que foram expulsas e reergueu o Valência. Isso é um facto indesmentível. Por esta ordem de ideias, talvez conseguisse colmatar a saída do Mestre Jorge Jesus. Se verificaram o meu comentário com atenção, encontraram o vocábulo "alegadamente". Apenas os três mencionados no primeiro patamar o conseguiriam fazer. Os do segundo lote possivelmente também o conseguiriam, mas sem a clareza definidora dos primeiros.

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde, não é o fim do mundo é o fim de um ciclo e a regreção 10 anos no futebol do Benfica, vocês benfiquistas da treta pensam que as equipas ganhadoras se fazem do pé para a mão, enganam-se.
    Nesse momento, nem rui vitoria, nem o marquinhos silva, nem peseiro etc... se tem capacidade de dar continuidade a esse ciclo, depois não venham para cá xorar quando começarem a enfardar.
    Mário Melo

    ResponderEliminar
  18. É justamente isso que tenho tentado alertar. Mas mesmo assim ainda aparecem algumas figuras a apelidarem-me de alvalixo. A cegueira turva-lhe(s) as ideias. Que comecem com experimentalismos alavancados pelo Marinho sabe tudo e teremos um lindo enterro. Esta gente pensa que substituir o Mestre Jesus é o mesmo que substituir o Quique. Os patamares estão elevadíssimos, só não vê quem não quer.

    Queremos mais?

    Claro. Mas esse mais só vai ser conseguido se alicerçamos o nosso domínio a nível interno. Após esse domínio devemos ir à luta na Europa, olhando as equipas favoritas olhos nos olhos. Até lá devemos consolidar a nossa presença na Liga dos campeões tendo como objetivo numa primeira fase estar nos oitavos de final e quartos de final. Chegados aí, se houver possibilidade de sermos felizes tanto melhor.

    Resumindo:

    1- Nos próximos 10 anos devemos ter uma hegemonia avassaladora e vencer 7 campeonatos;

    2- Criar rotinas constantes na Liga dos Campeões;

    3- Evoluir estruturalmente acompanhando o comboio da frente;

    4- Sermos mais pragmáticos e eficazes nos passos que dermos a todos os níveis;

    5- Continuar a potenciar a Marca Benfica;

    6- Atrair investidores internacionais e consolidar as parcerias com aqueles que já estão a trabalhar connosco;

    7- Reduzir o desperdício com coisas eventualmente fúteis;

    8- Pugnar pela reformulação do futebol português, no âmbito de o tornar mais apelativo e verdadeiro;

    9- Consolidar ecleticamente o clube, vencendo nas modalidades e atraindo novos investidores;

    10 - Uma ética à Benfica.

    ResponderEliminar
  19. Águia Preocupada29/05/15, 17:27

    Nós, benfiquistas, somos ao mesmo tempo tremendamente masoquistas. Ao alimentarmos esta novela que só não é de cordel porque se trata do nosso cliube!
    É claro que mudar um treinador que venceu alguns títulos iria provocar ajustes, indefinições e também obrigar a um conhecimento entre treinador e jogadores o que levaria algum tempo... Daí a chegar-se ao ponto de achar que isso seria o caos parece-me exagerado.
    É verdade que já temos algumas experiências negativas neste campo. Mas também não deixa de ser verdade que hoje trabalha-se com outras condições - melhores em termos de estruturas e mais profissionais em termos do conhecimento e capacidade dos treinadores -! Não vejo por isso que caso JJ saia que o Benfica acabe ou que haja um desmoronamento tão trágico assim!
    Preocupa-me muito mais o estado em que o Benfica se encontrará quando o Querido Líder o deixar! Isso sim, deve mereccer a especial reflexão de todos nós.
    Já passaram pelo Benfica muitos treinadores, uns mais ganhadores que outros e o Benfica não acabou. Também já passaram muitos presidentes é verdade, mas nenhum com a megalomania do cimento nem do complexo convulsivo de compras como este!
    Rezemos para que não tenhamos mais uma crise, porque agora, a maioria dos sócios não tem capacidade financeira para valer ao clube com campanhas coração ou outras formas de contribuição!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode estar descansadíssimo: Quando Luís Filipe Vieira sair do Benfica, seguramente que quem entrar um clube em melhor estado do que quando Vilarinho e ulteriormente Vieira encontraram. Continue com essa ideia que é muito fácil substituir o Mestre Jorge Jesus. Se pensa que é como trocar de camisola, prepare-se para coisas menos positivas.

      Eliminar
  20. Não compreendo esta necessidade de realçar e atribuir, em exclusivo, a determinadas individualidades os méritos (ou deméritos) que são de uma estrutura e do colectivo. O JJ tem a sua quota de responsabilidade no que de bom se passou nos últimos anos, como tb tem responsabilidades no que correu menos bem. Mas não é o único.

    O equilibrio fora de campo, não foi alcançado nos últimos 6 anos e muito menos é mérito exclusivo do JJ, como parece querer dizer o José Marinho. Esse equilibrio foi sendo alcançado de forma gradual e envolveu várias dimensões. A nivel estrutural, os os rostos mais visíveis foram o presidente e o Mário Dias (Estádio, Seixal). A nivel de organização interna, esse equilibrio deve-se muito ao trabalho do Domingos Soares Oliveira, do presidente, do Veiga, do Rui Costa, etc. Ao nivel de influência externa, o processo do apito dourado, veio enfraquecer, mas não destruir, um sistema de troca de favores que existia no futebol português, e permitiu que o Benfica se aproximasse dos azuis. No inicio deste processo, teve muito peso a intervenção do LFV e do Veiga.

    O equilibrio dentro de campo, acentuou-se nos últimos 6 anos, mas tb não começou agr. Começou quando o Benfica conseguiu contraitar jogadores de qualidade como o Simão, o Zahovic, o Luisão, o Reyes, Léo, Katsouranis, Karagounis, Maxi, Miccoli, Roger, Nuno Gomes, Rui Costa e tantos outros, ou seja muito antes do Ramires, Aimar, Saviola, Cardoso, Di Maria, Witsel, Enzo, Javi, Matic, Gaitán, etc. Fizemos muitos negócios péssimos, mas tb começamos a construir planteis cada vez mais fortes depois do descalabro que foram os anos do Damásio e do Vale. Esse equilibrio dentro das 4 linhas tb foi sendo gradual, e estabeleceu-se com o JJ. Provavelmente até teria sido conseguido com outro treinador, mas isso nunca iremos saber. Provavelmente se o JJ tivesse sido contratado à 10 anos atrás teria tido o mesmo destino do Camacho, Quique ou Fernando Santos. É algo que tb não iremos saber.

    Já ouvi dizer que este treinador beneficiou de investimentos avultados e antes de vir para o Benfica nunca vendeu um jogador por milhões. Mas a aposta em jogadores de qualidade tem vindo a ser feita desde à alguns anos e não apenas nos ultimos 6 anos, e só depois surgiram os investimentos avultados. Estes investimentos de 30 ou 40 milhões por época não existiam no futebol português até a entrada em cena dos fundos, ou seja, foi algo que com ou sem JJ no Benfica, iria acontecer e influenciar a politica desportiva dos principais clubes portugueses. O JJ teve a sorte (e mérito) de ser o treinador escolhido para dar continuidadde a um trabalho que já vinha a ser desenvolvido, e que apanhou a era dos fundos. Se não fosse o JJ teria sido outro treinador qualquer. Não sabemos é se teria mais ou menos sucesso. Tb é verdade que ele não vendeu nenhum jogador por milhões antes de vir para o Benfica, mas isso tb nenhum outro treinador fez antes de chegar a um grande. Aliás tirando o Benfica e os azuis, nenhum outro clube vendeu jogadores por milhões.

    Posto isto, gostava que o JJ ficasse no Benfica, pelo menos mais dois anos. Se ele sair não será o caos, porque temos uma estrutura forte e recuperamos a mentalidade vencedora e isso garante uma certa estabilidade. Mas neste momento julgo que a dinamica que existe entre a direcção, equipa técnica e jogadores precisa de ser ainda mais reforçada, e as vitórias serão mais previsíveis com o 'paradigma' já existente.

    VR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui está uma maneira de ver o assunto condizente com a minha.
      Os azuis fartaram-se de despedir treinadores e continuavam a ganhar porque a estrutura já estava montada.

      Eliminar
    2. Excelente comentário.

      Eliminar
  21. Faz algum sentido estarmos a discutir o prolongamento de Jesus? Por 1-2M€ que seja (ainda por cima querer baixar o ordenado de bi-campeão)? meus amigos, 1-2 M€ é o que se gasta em 1 ou 2 pernetas que fazem muito menos falta que um treinador que, sabemos, mesmo com os defeitos que tem é de excelência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ele ganha 4M€, com os encargos deve de ficar muito perto dos 5M€, não contando com os prémios.

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes