O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

terça-feira, 26 de maio de 2015

Avatar

A situação de Jorge Jesus. Renovar ou não renovar?

 ●  + 44 comentários  ● 

Será neste momento o tema em que os benfiquistas mais pensarão.

As perguntas que coloco são estas:

- Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus?

- A renovar, por quanto tempo? E por que salário?

- Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal?

- Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar?

São perguntas básicas mas essenciais para este momento.

44 comentários via blogger

  1. Eu convidava JJ a renovar por 4 anos com salário de 2M líquidos/mês!
    Não deve ser imposto nada! Cada macaco no seu galho! O treinador e a sua equipa técnica é soberano nas suas decisões para que foi escolhido assim como a direcção é soberana nas suas decisões para que foi eleita.
    Os adeptos que sentem vontade de mandar e de decidir devem primeiro verificar se mandam na sua própria casa e a seguir começar empresas e mandar nessas suas empresas e nos seus empregados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nota-se pelo teu discurso que entendes muito de gestão e da situação financeira do Glorioso. Loooool

      Eliminar
    2. Paulo Gomes26/05/15, 12:46

      Shadows, ainda agora o Cancelo foi transferido por 15 M€, portanto, torna-se difícil perceber a tua ironia; tens alguma informação confidencial sobre a situação financeira do Glorioso?

      O Gonçalo Guedes é superior ao Cancelo, espera-se valores a partir dos 15 M€.

      Eliminar
    3. Ouve-se toda a gente a falar de contenção financeira, mas eu continuo sem perceber porquê. Assim por alto, o resumo das principais receitas é:
      - Vendas jogadores (aumentou significativamente)
      - TV (aumentou significativamente)
      - Camisolas (aumentou)
      - Publicidade nas camisolas (aumentou significativamente)
      - Quotas (suponho que é estável)
      - Bilheteira (estável)
      - Champions (vai aumentar)

      Assim, a menos que os encargos financeiros (juros + amortizações) sejam astronómicos, não vejo porque há-de ser reduzido o orçamento para o futebol.

      Eliminar
  2. Deve renovar. Por muitos anos. Salário deve manter-se. Se necessário, rever o orçamento, mas não alterar a política de contratações. Não escolho ninguém para o lugar dele, é insubstítuivel e não existe nenhum treinador no mundo que reúna as mesmas condições que JJ e que se enquadre tão bem no que é o Benfica.

    Alexandre Almeida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alexandre, obrigado pelo teu comentário. Só não entendo o teu argumento do "insubstituível".
      O Alto de São João está cheio de gente insubstituível.

      Eliminar
    2. O lugar está lá, e pode ser preenchido por qualquer um. Claro que é substituível. Mas nunca por uma pessoa com o mesmo carisma, com a mesma química que JJ tem com o Benfica e os seus adeptos. A memória não pode ser curta! Eu tenho 38 anos e nunca tinha vivido uma fase como esta de Jesus. Levantou a moral de todos os adeptos, tornou-se uma estrela pop por causa da sua personalidade única e já é uma lenda do nosso SLB. Sim, por causa das vitórias em tempo de penúria, por causa da sensação de fim de ciclo de domínio portista que criou graças à sua capacidade como treinador, por causa de transferência milionárias e inéditas de jogadores que não valiam um caracol, mas também pelo modo de estar, pela forma como não se vai abaixo perante os ataques dos adversários, e pela forma como se mantém fiel, um pouco mais polido, mas fiel ao que sempre foi. Na era moderna do futebol nenhum outro treinador do Glorioso se integrou de forma tão bem sucedida na realidade tantas vezes ingrata do nosso clube. Um ícone que deve ficar durante muitos anos.

      Alexandre Almeida

      Eliminar
  3. Este é o tipo de conversa cibernaútica que mais me diverte... acho que deve continuar... que deve ganhar um milhão limpos... por 2 a 4 anos com bons prémios... sim da formação devem entrar 4 ou 5 jogadores (Lindelhof, Guedes, Nuno Santos, João Teixeira, Hélder Costa) este ano e nos anos subsequentes de 2 a 3 jogadores... mas haver claramente uma aposta na formação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão da formação tem a ver com o binómio folha salarial qualidade motivação identificação com o clube... treinador tenho andado a pensar nessa cena e parece-me que Vitor Pereira a aposta mais segura...

      Eliminar
    2. Moleculasdeamor, posso estar enganado, mas a questão de apostar ou não, na formação tb pode tb estar relacionada com aspectos financeiros. A ideia que eu tenho, é que um jogador que seja contratado por x milhões vai ser contabilizado no activo por esses x milhões, e todos os anos esse valor será amortizado. Se for vendido serão realizadas mais valias caso a venda seja superior a x ou ao valor já amortizado. Já no caso de um jogador da formação, será contabilizado no activo como zero, sendo alvo de mais valias caso seja transferido. Este poderá ser um dado muito importante para avaliar a situação financeira dos clubes. Peço desculpa se estiver enganado.

      VR

      Eliminar
    3. Caro VR contabilísticamente estás exato. Mas para alguns não interessa a exatidão interessa o nevoeiro e o atirar pro ar a ver se paga.
      Nuno

      Eliminar
  4. Deve renovar, acho que é quase unânime! Tirando tu, o benfiquista "Sr. Bruno de Carvalho, presidente do Sporting" de Gaia e aquele cromo que escreve sempre o mesmo texto com nicks diferentes é que acham o contrário.
    Até ao final do mandato do lfv, não acho correto mais pois caso lfv não concorra (ou não vença) nas próximas eleições não se deve condicionar o próximo mandato. Salário deve ser o mesmo que actualmente, não faz sentido diminuir depois do bicampeonato e nas condições financeiras atuais.
    Imposto numero de jogadores da formação? Eu não sou do sporting de lisboa. Quero lá saber da formação... se forem melhores jogam! Se não forem têm de fazer parte porque há uma quota? Fazem parte do plantel se tiverem qualidade.
    Quanto á ultima questão são cenários que não se colocam... se se se... parece aquela cena dos putos... se a minha avo tivesse rodas!
    Nuno

    ResponderEliminar
  5. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus? CLARO QUE SIM. DESDE QUE ELE QUEIRA...

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário? DOIS ANOS. SALÁRIO? O MESMO, SE ELE RECUSAR BAIXAR. OU MAIS ANOS, SE ISSO O CONVENCER A BAIXAR.

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal? NÃO. A UEFA JÁ FAZ ISSO. O SPORTING TEM MAIS. MAS NÃO GANHA NADA.

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar? PORRA NEM ME FALEM NA HIPÓTESE. RUI VITÓRIA? PREFERIA O VITOR PEREIRA OU O PESEIRO! OU AINDA O MARCO SILVA. KOEMAN? EPA NAO ME FAÇAM RIR.

    ResponderEliminar
  6. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus?
    Sim, claro! JJ é de longe a melhor solução para treinar o Benfica na próxima época.

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário?
    A duração do contrato para treinadores pouco importa, ainda para mais num caso como a relação entre LFV e JJ. Por um valor que seja justo para ambas a partes, tendo em conta o que JJ dá o Benfica. Um valor que o Benfica possa pagar, e um valor que permita a JJ ter a "motivação" necessária para continuar o seu trabalho.

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal?
    Não! Podem/deve ser imposto traços gerais da estratégia do clube para o futuro, que pode passar por maior aposta na formação, um número de jogadores, parece-me demasiado redutor... Devem existir muito mais áreas, que devem haver sintonia (chamam de imposição), que não seja a formação.

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar?
    Nunca sabemos de qual o universo que podemos escolher, já que não sabemos quem está disponível ou quer vir para o Benfica, reduzindo o universo às opções apresentadas no NGB, Leonardo Jardim.

    Quamanho

    ResponderEliminar
  7. - Claro!!!
    - Por mais 2 anos com mais um ano de opção. Salário...o mesmo que aufere agora e que tem justificado!
    - 3 jogadores impostos no plantel principal vindos da formação
    - a sair: Rui Vitória

    DH

    ResponderEliminar
  8. - Sim. Claro que sim. O Benfica deve renovar com Jorge Jesus. Este inegável crescimento desportivo do Sport Lisboa e Benfica deve-se a um enorme trabalho de Luís Filipe Vieira, mas também de Jorge Jesus, que potenciou jogadores e permitiu bons encaixes, consequentemente bons investimentos ano após ano. Falhou em alguns momentos chave e falha na Europa - peço desculpa, na Liga dos Campeões - mas tem crescido como treinador e pode continuar a corrigir erros. Temos tempo. Tenho todo o tempo do mundo para ver o Benfica ganhar. E não tenho memória curta. Sou de um tempo em que era verdadeiramente difícil ser do Benfica.

    - Diria mais 2 anos, consolidar a nível nacional e crescer a nível europeu. Parece-me um bom plano. O salário, tantas vezes aqui discutido, não me parece que seja discussão. Jesus paga-se a ele próprio, não sendo um treinador caro para aquilo que oferece - principalmente a nível de transferências, nunca antes vistas no Sport Lisboa e Benfica, de jogadores que o próprio ajuda a crescer. Não o elogio demasiado por isso, só faz o seu trabalho. Mas quem faz o seu trabalho bem feito não pode ver o seu ordenado baixar. Eu, indiscutivelmente, podia não aumentar, mas não baixaria um cêntimo do meu salário actual, depois de ganhar 5 (eventualmente 6) troféus em dois anos com mais duas finais europeias a abrilhantar.

    - Não. Se eu fosse presidente de um clube e me dissessem: Pedro, tens que convocar este, tens que meter aquele a jogar, tem atenção ao outro... tinha bom remédio... Sr. Presidente, sim senhor, muito gosto, mas vá o senhor treinar a equipa. Isso é meter no trabalho que pertence ao treinador. A mais ninguém.

    - Se há uns anos havia, todos os anos, uma enorme escolha a nível de treinadores que podiamos ter no Benfica e que nos satisfaziam, tão baixa estava a fasquia, agora é complicado. Pela aposta nos garotos, Marco Silva ou Rui Vitória. Quem eu queria mesmo, mas é utopia... Jurgen Klopp.

    ResponderEliminar
  9. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus? - Sim.

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário? - Se estão a cortar, então também têm que cortar no salário do mestre da táctica! acho que a lógica de renovar de 2 em 2 anos está correcta. portanto, mestre até 2017 com substancial redução de salário.

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal? - Não. Simplesmente deve ser imposta a redução da contratação dos taliscas, sulemanes e kardeques que o mestre tanto gosta. é diferente. os putos da formação não devem ter lugar garantido só porque sim, são iguais aos outros. nos últimos tempos, só mesmo o bernardo é que tinha lugar e acrescentaria alguma coisa (1000 vezes melhor que o talistca, basta ter os olhos abertos...). o cancelo e o cavaleiro, por exemplo, muito dificilmente seriam mais valia. acredito no guedes e no nuno santos, acho que o bruno varela podia muito ser o número 2 (mais do que isso, com o julio césar, parece-me impossível), mas, por exemplo, acho que o joão teixeira não acrescenta nada, assim como o baldé (esse até acho que já nem é do benfica...)

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar? - todos menos paulo bento, marco silva ou peseiro. foda-se, contratar qualquer um destes três é recuar aos anos 90. tenho dúvidas relativamente ao rui vitória... o núno espírito santo é a nova invenção do mendes... resultará enquanto for novidade, depois cairá no esquecimento. o paulo fonseca parece-me razoável... Mas a minha escolha seria... (preparem os insultos) vítor pereira ou leonardo jardim, os melhores treinadores que passaram por portugal nos últimos 6 anos, juntamente com jesus e vila boas. podemos sempre optar por um estrangeiro, e, se for esse o caso, o preuhd'homme seria a minha escolha (mas aqui pode ser o coração a falar...)

    ResponderEliminar
  10. Claro que deve renovar. Jesus tem historial de vitórias e o apoio do plantel. Cresceu como técnico ao serviço do clube e agora só pode dar ainda mais de volta ao clube.

    Por mim por 4 anos e pelo mesmo salário se o clube poder pagar. Se houver mesmo necessidade de redução de custos pode ser feito com outras opções. Isto não significa que o clube não tente reduzir alterando por ex. o fixo pelo variável.

    Nunca deve ser imposto um número de jogadores da formação. Treinador que se preze não deixa que lhe imponham fretes. No entanto a estrutura deve isso sim ter capacidade para criar sintonia entre os interesses imediatos da equipa principal e os interesses a médio longo prazo do clube. Num clube como o Benfica não acredito que por norma se imponham mais do que um ou dois jogadores por época. E se os jogadores tiverem qualidade e trabalharem com o Jesus por certo que se impõem... também têm é de ter paciência e respeito pelos colegas.

    ResponderEliminar
  11. 1 e 2- Se o JJ aceitar as condições salariais que lhe vão ser oferecidas deve permanecer simplesmente porque os atletas estão com o treinador, deve-se fazer contrato de 2 anos com mais um de opção como sempre tem sido feito, sendo que na minha opinião deve ser um contrato de 2 milhões salário + em objectivos 1 para campeão Nacional 500 para taça e 500mil para taça da liga e por fim 3 se vencer uma competição Europeia.

    3- Acho que lhe deve ser imposto o mesmo número que são o mínimo para ter mais jogadores na Liga dos Campeão, julgo que são 4 (Guedes,Nelson Semedo,Raphael Guzzo e Fábio Cardoso).

    4- Se o projecto for para tirar rendimento dos valores emergentes, mas ainda verdes para uma 1ª liga com mts esquemas e compadrios, terá que passar sempre por um treinador Português o Paulo Sousa porque já provou lá fora que é um treinador mt competente ou Rui Vitória para retomar o projecto que começou, temos é que ter noção que o Tri deixará de ser uma prioridade e sim a construção de uma equipa para os próximos 10 anos que só eventualmente terá alguns resultados(conquistas a partir do 2º ano desportivo).


    Ps: Um aparte com a ida do Belenenses a pré-eliminatória da Liga Europa seria benéfico para ambos os clubes que Lindelof, Nuno Santos, Pedro Rebocho, Víctor Andrade e João Teixeira fossem emprestados ao respectivo clube para ganharem calo na 1ª liga e na Europa do futebol.

    Ass: Madskinn

    ResponderEliminar
  12. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus?

    Absolutamente. Enquanto Jesus estiver no Benfica, é garantido lutarmos por títulos e ganhar vários.

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário?

    Dois anos, pelo menos, para termos poder negocial face a uma possível saída. O salário deve manter-se. É alto, mas garante retorno nas vitórias desportivas e valorização de jogadores.

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal?

    Não. A qualidade ou existe ou não / os jogadores encaixam ou não as ideias do treinador. Pode, contudo ser feito um esforço para que alguns negócios sejam evitados com jogadores que serão a 2ª e especialmente a 3ª opção. Jogadores como Guedes / Teixeira enquadram-se nas ideias de Jesus como opções que fazem dispensar mais investimento nessas posições.

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar?

    Marcelo Bielsa / Vitor Pereira / Laudrup

    ResponderEliminar
  13. 1- Sim. Demasiado óbvio. Seria um erro tremendo comparável à situação de 1994. Nunca se despede um treinador vencedor. Está nos livros. Seja treinador de grande qualidade, seja um funcionário/colaborador de uma grande empresa que seja uma mais valia. Caros são os cangalheiros que em Dezembro já deixavam o Benfica longe de qualquer competição.


    2- Deve renovar por 5 anos, sendo o último a tentativa de o Benfica ganhar a Liga dos Campeões. Não andam para aí a dizer que o Benfica vai ser forte a nível Europeu?
    Quanto ao salário, mantinha o mesmo e acrescentava-lhe mais dois milhões se chegasse em cada época às meias finais da Liga dos Campeões ou vencesse a Liga Europa.

    3- Não deve ser imposto. Independentemente da nacionalidade os bons jogadores (nível psicológico e físico) impõem-se (quase) sempre. Isto faz-me lembrar a quota da música portuguesa. Vocês preferem ouvir ou comprar música portuguesa mesmo de péssima qualidade, em detrimento de música estrangeira? Não acredito...

    4- Não admito a sua saída. Mas se tal vier a acontecer, jamais Rui Vitória, Marco Silva, Paulo Fonseca, Peseiro , Bento e afins. Parece-me que os únicos portugueses com estofo seriam Mourinho, Vilas Boas, Jardim e Nuno Espírito Santo. Mas atenção o futebol praticado desceria a olhos vistos. Nunca será fácil substituir JJ e o seu modelo de jogo. Agora se essa substituição for feita pelos nomes que têm aparecido na comunicação social, preparem-se para o pior. A não ser que, após a estadia de uma grande líder no banco, o próximo seja para queimar, numa espécie de período de transição, para um novo devir que pode passar por vários caminhos, inclusive para caminhos passados (que ninguém quer ver repetidos tão cedo), ou para veredas auspiciosas (menos provável - o regresso do Benfica europeu dominador na Liga dos Campeões).

    Espero que se evite o suicídio, tal como aconteceu em 1994. Mas em Portugal e no Benfica essa tendência existe.

    ResponderEliminar
  14. é interessante a quantidade de pessoas que gostaria da solução vítor pereira.

    é também uma das minhas preferidas (muito melhor do que bento, peseiro, vitória e sobretudo do que o sobrevalorizadissimo maro silva).

    acho que isto demonstra uma clara evolução no pensamento benfiquista. vítor pereira é um treinador de qualidade, e, apesar de as suas equipas não jogarem um futebol tão entusiasmante como as de jesus, nota-se que o objectivo é construir um colectivo sólido e com princípios de jogo bem definidos, como jesus. inventou-se a ele próprio, tal como jesus, e num contexto complicado (no fcp preferem lopeteguis... ainda bem!). não é uma invenção dos média como o marco silva ou o nuno espírito santo.

    ResponderEliminar
  15. O Jorge Jesus deve ficar isso é indiscutível, apesar de ele não ser insubstituível!

    Em primeiro lugar ele tem de querer ficar, caso contrário nem vale a pena conversar.

    Em segundo lugar, acredito que o LFV e o JJ desenvolveram nestes últimos 6 anos uma relação franca e muito próxima, que permitiu que ambos confiem muito um no outro. Portanto, se de facto existem razões que justifiquem a diminuição da massa salarial (apesar de aparentemente não fazer sentido pedir a um Bi-Campeão que ganhe menos), o JJ compreenderá ou não, aceitará ou não a nova proposta, uma vez que por mais Relatório e Contas que publiquem quem sabe a real situação financeira é o Presidente e a sua equipa.

    Considero que com a eventual diminuição do salário terá de ser oferecido um bónus chorudo por objectivos. Caso o JJ rejeite, boa sorte na Turquia ou na Arábia, porque não acredito que exista nem um clube de Top que o contrate nem outro que pague o que ele quer e que compita num campeonato atractivo. Não que duvide das suas capacidades (e não duvido! acho-o um MAGNÍFICO treinador), mas infelizmente ele tem lacunas que não será aos 60 anos que vão mudar.

    A ficar deve ser por quatro anos no mínimo. Ele já mostrou o seu valor e é preciso estabilidade! Epá todos queremos ser campeões, mas se ele não for bola para a frente para o próximo ano tentamos outra vez (é fácil falar eu sei), mas o que é certo é que o JJ é super competitivo e não gosta de perder nem a feijões, portanto não há de ser por falta de ambição que as coisas vão correr mal. E todos sabemos que é praticamente impossível, ou muito difícil, por mais fraco que o fcp esteja, que o SLB agora passe a vencer 3, 4, 5, 6 campeonatos seguidos.

    Por último, a questão da formação. Não faz sentido nenhum a imposição dos jogadores. Das duas uma, ou dizem-lhe abertamente "nós não vamos contratar ninguém, tens de te virar para a formação", e não me parece que seja isso que vá acontecer atendendo às mais recentes pseudo-contratações, ou então têm de acatar as decisões dele e quem decide quem joga é apenas e só ele.

    TS

    ResponderEliminar
  16. Já me esquecia. Se ele sair quem vem? Bem, não me quero gabar, cof cof, mas eu tenho faro para treinadores e o meu feeling diz-me que o Rui Vitória, José Peseiro e o Marco Silva não têm a mínima hipótese no Benfica. Portanto, teria de ser um estrangeiro com pulso firme e que consiga blindar o balneário. Agora quem é não sei até quanto é que o SLB pode pagar...

    TS

    ResponderEliminar
  17. BENFIQUISTA DE GAIA26/05/15, 12:03

    o BENFICA tem a obrigaçao de fazer boas figuras na champions com jj nao e possivel .(vou dar descanço neste jogo da champions porque temos um jogo importante na LUZ com o poderoso arouca) como posso apoiar assim um treinador...treinador para o BENFICA???MARCO SILVA ..na champions fez boa figura e se nao fosse a arbitragem tinha entrado nos 8 final .mesmo contra o wolsburgo ( PARA QUEM GOSTA DE VER FUTEBOL)fez grande jogo...eu ate comprendo jj em abdicar das competiçoes europeias....(nao dao premio)no campeonato e diferente da 1.milhao e ate ja recebeu..portanto eu se fosse presidente contratava MARCO SILVA ..500 mil ano mais premios ...o BENFICA ganhava e muito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já te esqueceste que o JJ igualou o feito do Koeman? Chegar aos quartos da champions?
      E já que falas das arbitragens dos jogos da CL do Sporting devias lembrar-te que o Benfica foi espoliado com o Chelsea, tanto na Luz como fora. Tal como no ano passado jogou uma final desfalcado contra 16 (sim, os arbitos de baliza também fizeram o seu papel) e mesmo assim levou o jogo para penaltis. Pensa antes de falar. Dá jeito.
      Zé Pedro

      Eliminar
  18. Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus? Sim, é a melhor opção

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário? Até ao final do mandato de LFV. Se for possível reduzir o salário, melhor, caso contrário manter

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal? Penso que não, apesar de gostar de ver uma maior preferência pelos jogadores da formação em relação a alguns jogadores que são contratados sem qualquer qualidade

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar? Vitor Pereira, Paulo Sousa ou Marco Silva

    ResponderEliminar
  19. Sabes o que me entristece mais neste post?

    Isto:

    "Será neste momento o tema em que os benfiquistas mais pensarão."

    Meu caro shadows o Benfica vive para ganhar titulos!!!! Portanto, claro está que o tema em que os Benfiquistas mais pensarão neste momento é no titulo que temos para vencer na sexta feira!!!!!!!!

    Como nenhuma destas questões que aqui colocas ajudará a ganhar a taça na sexta feira....para já a minha vontade de responder a essas questões é nenhuma! Porque neste momento nada disso interessa para nada!!!

    Venha de lá o jogo de sexta feira pois quero ganhar e ganhar e ganhar!

    E não, não está toda a gente sedenta de polemica de pré-epoca como tu!

    BA

    ResponderEliminar
  20. Devíamos renovar por 2 anos com Jesus com o mesmo salário. 4 M€ é muito? É! Mas mais do que isso gastamos nós em Djavans, Bébés e afins. A gestão tem de ter 2 vertentes: desportiva e financeira. Se Jesus tem sido uma mais valia para o resultado desportivo e tem proporcionado (com a valorização dos jogadores) um significativo retorno financeiro qual é a lógica de lhe reduzir o salário?!
    Se não ficar, só espero que não seja o Rui Vitória e penso que o Marco Silva acabará por ser treinador do Benfica, mas acho que ainda é cedo. Talvez daqui a 2 ou 3 anos. Gostava do Laudrup.
    Magalhães

    ResponderEliminar
  21. 1 - Claro
    2 - 2 anos. Salário: o mesmo, ou um pouco menos com prémios maiores
    3 - Deve ser imposto o que a Direcção entender. A constituição do plantel deve ter a anuência do técnico se possível, mas são activos da SAD e portanto é um assunto demasiado importante para estar nas mãos do treinador.
    4 - Não faço ideia.O mais lógico era apostar no Marco Silva ou no Rui Vitória, mas tenho dúvidas em ambos.

    ResponderEliminar
  22. Renovar por 15 anos, sem limitações a nível de plantel (é para ganhar títulos a sério ou discutir com o sporting qual o que joga com mais portugueses?) e a alternativa seria um clone do JJ.

    ResponderEliminar
  23. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus?
    O Presidente já disse que o JJ é que decide se fica ou não. Portanto, o Benfica vai renovar de certeza com Jesus. Se ele quer ficar é outra conversa.

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário?
    5 anos, mínimo. Acho que esta época era a que faltava para esclarecer os benfiquistas mais confusos quanto ao valor do treinador que têm a felicidade de ter no Clube. Aqueles que diziam que «com este plantel qualquer um era campeão» tiveram que dar o braço a torcer e reconhecer, finalmente, que Jesus é um treinador de excelência. Também quem dizia que JJ não aprendia com os erros tiveram que meter a viola no saco, pois está à vista de todos o seu crescimento como treinador. Isto foi possível graças às condições que o SLB lhe proporcionou e penso que ele estará grato por isso. Assim acho que a evolução da equipa de futebol irá ser exponencial. Como já aqui alguém disse, caso JJ fique e se consiga financeiramente alimentar a equipa, daqui a 5 anos podemos almejar a conquista da Liga dos Campeões. Com vários campeonatos nacionais no palmarés, poderemos daqui a uns tempos ponderar, como principal objetivo da época, a Champions, em detrimento da Liga.

    Quanto ao salário, penso que é uma discussão que só interessa aos nossos adversários. Toda a gente acha que sabe o salário do Jesus. E o salário do Marco Silva? E do Lotopequi? E dos outros treinadores, alguém sabe? Baixar o salário é um convite à saída. Que empregador baixa o salário ao seu melhor funcionário? Havendo possibilidade, até acho que Jorge Jesus deve ser aumentado. Eu avanço já com 50 cêntimos. Vezes 6 milhões, será fácil… :-)

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal?
    Que disparate!

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar?
    Os benfiquistas que tenham isto em mente: qualquer que seja o treinador que vier a seguir, iremos passar por um período menos bom! Ninguém é insubstituível, mas com um novo treinador, virá um novo paradigma, portanto iremos assistir a alterações na ideia de jogo que poderão demorar a implementar. Assim como há um Benfica antes de Vieira e um depois dele, também existe um Benfica antes de Jesus e um depois deste. Iremos seguramente assistir a um novo Benfica quando JJ sair. Nomes que me assustam: Rui Vitória, Marco Silva e Vítor Pereira. Nomes que gostaria de ver: provavelmente um treinador desconhecido dos adeptos mas há muito referenciado pela direção como substituto de Jorge Jesus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel Leal?
      Pedro Martins?

      Eliminar
    2. O Pedro Martins, embora lhe reconheça qualidade, faz-me sono... Uma coisa é certa, o treinador que for escolhido passará a ser o meu treinador. Secretamente (ou não!) desejo que seja Jorge Fernando...

      Eliminar
    3. Jesus. Esqueça. Infelizmente já era. Como escrevi noutro sítio frequentado por ambos isto vai ficar mais ou menos assim:

      1- Marco Silva - Porto;

      2- Rui Vitória - Benfica;

      3- Jorge Jesus - Sporting.

      Eliminar
    4. VENTO LUSITANO, isso é um feeling teu ou tens inside information? Não acredito nessa lista nem por um momento. Veremos...

      Eliminar
  24. Águia Preocupada26/05/15, 13:26

    Há muitos factores a ter em equação. Mas sim, acho que na conjuntura actual a continuação de JJ seria a solução mais adequada. Já aqui defendi que deveria baixar o ordenado. Mas isso é coisa que ninguém gosta. Poderá até acontecer ir para outro clube a ganhar o mesmo ou menos,, mas no mesmo clube, acho pouco provável.
    Impôr jogadores da formação? A palavra impôr não é adequada á história do Sport Lisboa e Benfica. Aproveitar e dar oportunidades aos que tiverem qualidade, sim! Mas pelos vistos, a "MODA" agora é vender... O Benfica gasta milhões na formação e depois alguém ganha outros milhões nas comissões das vendas.
    Impôr sim, uma gestão mais adequada à situação financeira do clube e do país! Como? Não comprando todos os anos carradas de contentores de rapazes que nada valem e que de imediato e muitos deles nem vem a Lisboa assinar contrato! Lá está, mais milhões gastos para outros milhões de comissões para a conta bancária de alguém!
    Que treinador? Não ficando JJ, não sei quem escolheria. Mas sei perfeitamente quem NÃO quero: Paulo Bento; Peseiro; Victor Pereira (este devido à sua conduta altamente imprópria e desrespeitadora para com o nosso clube. E como "Quem não se sente não é filho de boa gente"...) Frank de Boer; Ronald Koeman.
    Depois de JJ torna-se mais difícil a escolha!
    Mas há um pormenor que o Benfica tem que ter em mente: A competitividade da equipa principal. Com certeza que a Emirates não assinou contrato sem a permissa da visibilidade da equipa!
    Vamos acompanhar os desenvolvimentos e esperar que nos levem a bom porto!
    Não podemos hipotecar agora tudo o que se conseguiu nestes últimos anos. Não podemos dar mais uns tirinhos nos pés e deixar que recupere a força e o poder que nunca deveriam ter tido!

    ResponderEliminar
  25. 1 - Sim;
    2 - 4 anos, com o mesmo salário. Idealmente, redução do fixo com variável dependendo de objetivos desportivos. Soma do fixo+variável daria valor igual dos contratos anteriores;
    3 - 1, máximo 2 por ano, se justificarem valor desportivo para tal. Se houver mais talentos, entram mais jogadores, mas sempre ao critério do treinador;
    4 - Vitor Pereira. Mas a prioridade deverá ser renovação com Jesus.

    ResponderEliminar
  26. JJ renova se lhe aumentarem o ordenado.
    O presidente já disse por mais de uma vez que tem de desinvestir no futebol, e passará pela redução salarial do treinador, até porque Marco Silva é bem mais barato.
    JJ não quer correr riscos, mas não vejo outra equipa para ele, a não ser na Turquia.
    Só vai renovar se lhe prometerem equipa para ser campeão.
    Uma pergunta:
    Agora com o Sálvio lesionado, que vamos vender além do Gaitan?
    Precisamos de 100.000.000 euros neste defeso.
    Porque não vendemos o nosso vice Gomes da Silva?
    De certeza que ficávamos com saldo bastante positivo.

    ResponderEliminar
  27. Paulo Geraldo26/05/15, 14:45

    Isto é pergunta que um benfiquista faça, depois de ser campeão, com coxos, gordos e paralíticos, segundo alguns especialistas? Só quem tem saudades de certos tempos, é que pode colocar essa pergunta, numa altura em que o Benfica pode acabar com a hegemonia dos corruptos.

    ResponderEliminar
  28. 1) gostava que renovasse, mas esta situação uma vez mais está a arrastar-se e a preencher páginas e páginas de jornais. A ideia que transparece é que o Benfica fica refém da vontade do JJ, e isso é péssimo para imagem quer do treinador quer do presidente. O que eu quero mesmo é que com o JJ (de preferência) ou outro, a próxima época já esteja a ser preparada. O que eu acho que se está a passar é que o JJ vai embora (espero estar enganado), caso contrário não faria sentido estar a adiar-se o anuncio da renovação para o final da época, até porque o objectivo principal já foi concretizado à duas semanas.

    2) Acho que mais do que os anos que um treinador possa ficar, o clube deve ter um projecto desportivo, e a escolha do treinador deve enquadrar-se nesse projecto. As sementes estão lançadas. O JJ criou uma equipa com mentalidade vencedora e com um sistema táctico muito exigente e por isso mesmo gostava que se mantivesse à frente da equipa por mais algum tempo. Mas também acho que nunca um clube ou um treinador deveriam ficar reféns dos resultados desportivos, principalmente quando esses são negativos. Renovava apenas por um ano, e o contrato seria revisto a meio da época. Quanto ao salário, parece-me hoje tão exagerado como à 4 anos. Mas, neste momento parece-me que uma alteração técnica seria trocar o certo (JJ) pelo incerto (outro treinador), e seria um risco desportivo e financeiro. 4 Milhões no máximo sem prémios. Aliás é minha opinião pessoal que nem treinadores nem jogadores deveriam receber prémios por atingir objectivos, mas apenas quando superassem os objetivos. Por exemplo, se o objectivo for passar a fase de grupos não recebiam nada. Caso passassem mais alguma fase ai sim poderiam ser recompensados.

    3) Nunca de um momento para o outro. Acho que é um erro o LFV estar constantemente a dizer que para o ano o plantel vai ter x elementos da formação. Isso dá a ideia que andamos à deriva: ou porque não existe um projecto estável e continuo; ou porque existindo um projecto, nem todos concordam com ele e existe um braço de ferro no departamento de futebol. Seria preferivel dizer que agora que o seixal começou a produzir e exportar talentos, o próximo passo, seria no espaço de alguns anos começar a integrar alguns desses talentos na equipa principal.

    4) Michel Preud'Homme. Se ficar o JJ, acho que no futuro o Raúl José poderia ser uma boa escolha.

    VR

    ResponderEliminar
  29. - Deve o Benfica renovar com Jorge Jesus?

    Depende do projeto que exista para os próximos tempos, se for apenas para ganhar em Portugal, é difícil ter melhor do que o JJ. Levando ainda em consideração que vem de 2 títulos consecutivos, é de renovar.

    Se o projeto for ganhar pelo menos a Liga Europa, ou atingir a final da LC (objetivo de ganhar, poucos se podem dar ao luxo de o dizer), então precisamos de um treinador com uma visão mais global e com maior capacidade de adaptação aos adversários.

    Porém, ao contrário do que se disse e se diz, nos próximos tempos vamos lutar apenas pela Liga e ver o que dá na Europa (como este ano).

    - A renovar, por quanto tempo? E por que salário?

    2 anos e no máximo 1,5 milhoes, para ganhar a Liga e talvez a Taça, chega e sobra. Eventualmente um prémio, mas mesmo asism não faz sentido, se o objetivo estiver bem delimitado, o prémio já é o próprio salário.

    - Deve ser imposto um número de jogadores da formação como parte do plantel principal?

    Não faz sentido impor quotas, menoriza os próprios jogadores.

    O que tem de haver é uma estratégia e o treinador faz parte dela. O presidente/diretor desportivo dirigem; o treinador treina; os jogadores jogam.

    Se o treinador não estiver em sintonia, muda-se. Por exemplo, o Trapatonni nunca teinaria o Barcelona, e todos percebemos porquê.

    Quanto aos jovens, custa-me no entanto ver que se dá hipóteses de crescer a Taliscas e Ola Johns, mas o Bernardo, o Ivan e outros não servem. E com isto não quero dizer que seriam titulares, poucas vezes os vejo jogar e só em resumos.

    - Se Jorge Jesus sair, quem escolhia para o seu lugar?

    Esta pergunta é a mais díficil, porque do lado do adepto nunca se conhece todo o pensamento, nem a metodologia de treino dos treinadores.

    Daquilo que tenho apreciado, os melhores treinadores são os que se conseguem adaptar aos contextos e de quem se consegue perceber o seu pensamento. Daí que em Portugal só estou a ver o Marco Silva.

    Lá fora gostava do jogo do Laudrup, mas depois desapareceu.

    Se for para ganhar em força dentro e fora, é ir buscar o Klop!

    Nem se pode dizer que tenha sido despesista, construiu uma equipa com muitos miúdos e jogadores que valiam pouco. O que se pode dizer é que na Alemanha os orçamentos são grandes, porque também tudo é mais caro.

    Sócio do SLB

    ResponderEliminar
  30. 1- sim.
    2- por qualquer salário que ele peça e que o clube lhe possa pagar
    3- acabemos com esta mentira de vez. Nao vai haver imposição de nada e muito menos de jogadores da formação. O Benfica vai continuar a ser um entreposto de jogadores, quer queiramos quer nao.
    4- marco Silva. Sem ser ele nao ha nenhum português com categoria para o lugar. Assusta-me saber que ha gente que apostaria em peseiros, vitorias e afins...

    ResponderEliminar
  31. Assinar com JJ parece-me imperativo... ou estaremos a atirar ao fundo do poço 10 anos de trabalho e com bons resultados nos ultimos 6. Por isso, tentar reduzir o salario fixo e aumentar a parte variavel mas se isso for impeditivo para que o JJ assine então que se mantenham as condições actuais (significa menos 1 Djavan por epoca). Quanto a um possivel substituto, pessoalmente gosto do Koeman.
    Quanto ao plantel a unica limitação que o treinador deveria ter seria no numero de jogadores do plantel principal, e que seria reduzido a 20/22 sendo complementado pela B em casos de necessidade. Quanto à imposição de jovens da formação, não me parece bom para nenhuma das partes... principalmente para os jogadores, devido à pressão desnecessária a que estariam sujeitos.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes