O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

quinta-feira, 5 de março de 2015

Avatar

Quem contrata afinal no Benfica?

 ●  + 31 comentários  ● 
Como já tive aqui oportunidade de escrever, as vantagens reais da equipa B num clube como o Benfica é algo que ainda não me convence completamente.

Este é o terceiro ano em que o Benfica tem uma equipa B em competição num campeonato profissional, e há para já algumas conclusões que se podem tirar:

     1. A equipa B nunca serviu para fazer rodar jogadores da equipa A vindos de lesões ou com falta de ritmo de jogo, como julgo que devia acontecer;

     2. Os únicos jogadores que em três anos conseguiram passar definitivamente da equipa B para a equipa A foram André Gomes e André Almeida (ambos logo no primeiro ano, e consequência também das vendas inesperadas de Javi e Witsel no último dia do fecho de mercado), e este ano Gonçalo Guedes, que não parece ser ainda uma aposta efetiva de Jorge Jesus no plantel principal.

     3. A equipa B tem servido sobretudo de contentor para muitas contratações falhadas da equipa A, jogadores que acabam na B sem qualquer perspetiva de futuro no Benfica, à espera apenas que algum clube lhes pegue. Ex. Mitrovic, Steven Vitória, Urreta, Carlos Martins, o que a meu ver vai um pouco contra aquilo que devia ser o propósito das equipas B.

     4. Na equipa B do Benfica estão à vista de todos vários jogadores que a olho nu se percebe imediatamente que nunca farão parte do futuro do Benfica.

     5. A equipa B representa obviamente um elevado custo acrescido às contas do Benfica, equipa que participa num campeonato nacional profissional que inclui Madeira e Açores, e que logicamente também obriga o Benfica a ter pelo menos 55 jogadores sob contrato em vez dos 27/28, excluindo aqui obviamente aqueles que estão emprestados.

     6. Os empréstimos de alguns jogadores da equipa B a clubes da primeira divisão são o reconhecimento óbvio de algo que já se sabia: A segunda liga nacional não é nem de perto nem de longe o espaço competitivo ideal para um jogador se afirmar e provar que está à altura de jogar na equipa principal do Benfica.  


Dito isto, algumas considerações da minha parte:

     1. De um ponto de vista geral, não vejo nada de errado em ter os 5/6 jogadores com verdadeiro potencial das equipas B do Benfica emprestados a equipas da Primeira Liga. Julgo ser uma montra muito mais apelativa para os jogadores, muito mais competitiva, e um teste bem mais real à qualidade dos jogadores.

     2. Os empréstimos de alguns jogadores (Rui Fonte por exemplo) ao Belenenses, são a prova provada que quase sempre continuará a haver mais uma etapa de formação entre a equipa B e a A. Raramente o salto será direto, o que para mim, é mais um argumento contra as reais vantagens das equipas B.

     3. Sendo certo que nem todos as promessas dos juniores do Benfica encontrarão espaço de afirmação numa primeira liga nacional, o empréstimo desses jogadores a clubes da segunda liga também não seria à partida um percurso muito diferente daquele que têm hoje.

     4. Ver Steven Vitória saltar de uma grande época num Estoril que se qualifica para a Liga Europa para uma segunda liga portuguesa entristece-me profundamente. Não devia acontecer! Não era suposto acontecer! Devia ser proibido de acontecer! É uma machadada na carreira de um jogador que chegou ao Benfica carregado de sonhos e com outras propostas na carteira!

     5. As equipas B promovem o despesismo, a desresponsabilização e as compras com falta de critério. É comprar aos pacotes, três centrais na mesma época (Steven, Mitrovic e Lisandro), o que servir serve, o que não servir coloca-se na B.

     6. São já vários os jovens estrangeiros chegados ao Benfica e a falar nos jornais que se sentem enganados, jogadores que chegaram ao Benfica com perspetivas de equipa A e que depois acabam na B sem ter voto na matéria e indo um pouco contra aquilo que eventualmente lhes terá sido prometido.



Num debate anterior sobre este tema, um leitor fez-me ver aquilo que para mim é a única grande vantagem das equipas B, e que sem dúvida é um argumento de peso:

A segunda Liga é um espaço muito mais competitivo para a evolução de um jogador de 17/18 anos do que um campeonato nacional de juniores.

Aqui totalmente de acordo, no entanto também aqui encontro alguns argumentos que fazem deste argumento um argumento não decisivo:

     1. Não vejo grandes vantagens em ter jogadores de 17 anos com contratos de duração máxima de três anos (face à lei) a jogar em grandes montras europeias como Liga dos Campeões para miúdos. Isto é colocar jovens com contratos frágeis nas barbas dos colossos europeus e um convite para que os venham buscar sem que o Benfica tenha grande capacidade negocial.

     2. Quanto mais cedo se projeta os jogadores, mais cedo se tem de acautelar os interesses do clube. Haverá grande vantagem em lançar os miúdos no estrelato aos 16/17 anos, se só aos 18 se pode oferecer-lhes um contrato profissional de longa duração?

     3. Gonçalo Guedes, afinal quando renovas tu contrato? Já fizeste 18 anos, o Benfica já mostrou que quer! Será que o facto do teu empresário andar a tentar vender o peixe e a dizer que podes vir a ser melhor do que o Cristiano Ronaldo tem alguma coisa a ver com isso?

     4. Acredito que as promessas das camadas jovens do Benfica estão mais do que identificadas pela maioria dos clubes nacionais, pelo que não julgo difícil a uma dessas promessas encontrar o mesmo espaço de crescimento que encontra atualmente na equipa B, mas numa outra equipa da segunda divisão nacional.



E para terminar, um outro aspeto que não estando diretamente ligado com as equipas B, acaba por estar, e que me faz ter saudades dos tempos em que os jogadores chegavam ao Benfica e os sócios sabiam onde iam jogar:

Jonathan tem-se revelado na equipa B como um jogador com potencial elevado, e que antes da bronca da borga se falava que chegava ao Benfica por valores na ordem dos 6 milhões de euros!

Caramba! Será que um jogador de seleção uruguaia, e um jogador de 6 milhões de euros (!!) tem de chegar ao Benfica para ir crescer para a equipa B do Benfica e para a segunda divisão nacional, para mais quando se percebe claramente que na equipa A a qualidade dos intervenientes não abunda por aí além? Afinal Jonathan faz falta ou não faz?

Vendo de longe, e assumindo que haja quem perceba melhor destas coisas do que eu, há neste Benfica algo que me escapa:

Quem contrata afinal no Benfica? É Rui Costa ou Jorge Jesus?

Haverá algum fundamento numa conclusão a que eu possa chegar, de que se calhar as escolhas de Jorge Jesus acabam na A e as de Rui Costa na B, tendo as escolhas de Rui Costa de ultrapassar ainda o veredicto final de Jorge Jesus para chegarem à equipa A, estando provado que muito raramente lá chegam?

Se assim é, será um modo de funcionamento como outro qualquer, embora para mim errado, e que tem custado muito dinheiro.


31 comentários via blogger

  1. compreendo a tua questão e de resto com lógica ,só que como sabes antes de todo o resto ´FUNDAMENTAL SER BI-CAMPEÃO NACIONAL.e não creio que com jovens embora com talento mas sem estofo e experiencia para as várias fases(pressão final época por exp) para darem o titulo ao BENFICA(tens o exp dos rastejantes que esta época assumindo várias frentes...lá se foi a tão falado formação)...depois quanto á venda de jovens (bernardo etc),nesta fase o CLUBE tem também de gerir despesas porque o seixal não é de borla,e embora tenhas lógica,mas a vida é assim,hoje o bernardo é sacrificado para no futuro termos outros bernardos e já sem a necessidade de vendermos...temos aqui matéria para um debate mais profundo,mas sem duvida que a tua questão é pertinente...abraço

    ResponderEliminar
  2. O que tu não meteste no texto foi o propósito de meter contratações na equipa B. O que se trabalha e exige no Benfica é novo para a grande maioria das nossas contratações. Existe um período de adaptação para o jogador, quer tenha custado 6M ou 10€ e se esse período for feito em competição tanto melhor. Esse tempo na equipa B serve para aprender - acredito que a equipa B seja orientada, ainda que indirectamente, pelo JJ - e um jogador emprestado está a perder esse conhecimento do jogo, já que a maior parte dos treinadores da 1ª liga são fracos, nesse aspecto.

    Mas sim, concordo que existem coisas mal feitas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Vieira05/03/15, 22:30

      Há dias li aqui que os grandes jogadores não se adaptam, jogam! e é verdade! penso que foi o GB que disse e com razão, não vês os jogadores a ir para as grandes equipas europeias e passar por um período de adaptação, chegam e entram logo nos convocados e prontos a jogar. Um jogador que venha com histórias de adaptação é porque realmente não é muito bom.

      Eliminar
    2. Esse é o argumento facil: de que os tempos sao outros e que teem de ir para a B aprender.

      Em 3 anos de equipa B quantos foram os jogadores que foram para la aprender e depois chegaram aos A?!

      Pelas minhas contas foram zero, e logo aí esse argumento tem muito pouco de sustentavel!

      Eliminar
    3. João Baião05/03/15, 23:21

      Que desculpa mais desfarrapada e mal amanhada que tu deste.Oh homem a tua resposta não tem por onde se pegue

      Eliminar
    4. Jorge, que jogadores? Que equipas? De que realidades vêm esses jogadores?

      RedMoon, devolvo-te a pergunta. Quais eram os jogadores que tinham qualidade, nestes 3 anos, para fazer esse caminho? Vamos excluir o Bernardo, porque me parece consensual.

      Como disse, a equipa B tem (devia ter?) um propósito. Não é tudo mal feito, mas há certamente muitas coisas a melhorar! E eu, como disse, concordo com alguns dos pontos que falas.

      Eliminar
    5. Caro Jorge Vieira, também cheguei a pensar igual, no entanto temos tido casos com JJ que contrariam a sua teoria. Matic foi suplente de Javi Garcia, Enzo esteve tapado por Witsel e Ramires, Pizzi já este ano era 3ª opção a seguir a Enzo e Talisca. Pelo menos nestes casos, foram jogadores que não se impuseram logo, no entanto quando chegou a sua vez tornaram-se jogadores referência. Acredito que com outros venha a suceder o mesmo, pensando logo à cabeça em Jonathan Rodriguez

      Eliminar
  3. Nesta altura do campeonato (literalmente) e vocês andam com estas coisas. Isso é conversa para a pré-época, não é para agora. Perdem tempo com coisas que não interessam agora e dão de comer aos antis e aos pasquins, ou acham que eles não vêm cá cheirar? Concentrem-se no que é importante, que é o Bi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pensei o mesmo e concordo. Queria comentar mas achei o título do posto tão ridículo, mesmo estúpido que prefiro calar-me para não ser indelicado! Mas fiquei zangado!
      Querem mostrar-se tão inteligentes e tão reflectivos e no fim só dizem disparates!
      "Silence is golden"! Quem se esquece disso sofre de acefalia galopante!

      Eliminar
    2. Não concordo contigo. Cada vez que comentas dizes umas tantas asneiras.

      Eliminar
  4. Caro Redmoon quem compra e vende jogadores no Benfica e que faz do SLB o seu clube cobaia ou entreposto para os seus clubes Internacionais chama-se Jorge Mendes.Esta é a realidade.O SLB é a universidade dos jogadores que Jorge Mendes quer levar para os seus clubes endinheirados no Estrangeiro no qual ele também manda e dispões à vontade (Monaco , Valência , Zenit, são exemplos disso)

    Jorge Mendes é quem dispõe e LFV apenas diz sim a todos os caprichos do empresário.LFV faz o papel de bixa submissa.Jorge Mendes estala o dedo e LFV diz Sim.Esta é a realidade.

    Rui Costa e JJ são apenas figurantes nas compras e vendas.Quem manda é Jorge Mendes ao qual LFV submisso diz sim a tudo.

    É clarinho como água que bebemos.Quem manda nas compras e nas vendas tem um nome e chama-se Jorge Mendes.Ele e LFV é que mexem os cordelinhos nas compras e nas vendas.Rui e JJ não são tidos nem achados em 90% das compras e vendas que o Benfica faz.Esta é a realidade.

    Por isso é que depois quando os jogadores chegam JJ ostraxiza mais de metade por que não os conhece nem acha que eles tem qualidade para o Benfica.E vão ou para a equipa B ou emprestados e nunca mais sabemos deles.Entretanto já o Benfica gastou vários milhões de euros em jogadores que nunca saberão onde fica o Estádio da Luz.É por isso que este ano gastamos uma pipa de massa e só trouxemos porcaria.Dos 20 jogadores que chegaram escapam 3 ou 4 no máximo e gastamos 40 milhões de euros.

    Esta é a realidade.

    ResponderEliminar
  5. LFV em 14 anos comprou mais de 250 flops.O que dá uma média de mais de 17 flops por temporada.Flops esses que custaram ao Benfica milhões , títulos e prestigio.Carrega LFV que os totós gostam de perder e ver o Porto a ganhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticar a escolha/compra de jogadores depois de poder avaliá-los ao fim de um período de tempo é de mestre! Pessoalmente, eu também acerto em todos os números do euromilhões depois de terem saído. Já fizeste as contas do que gastámos com essas compras e do que ganhámos com as respetivas vendas? Se. como eu espero, voltarmos a ganhar o campeonato este ano, quero saber qual vai ser a vossa música para o ano...

      Eliminar
  6. Mande quem mandar a incompetência é demais evidente.Quem deu aval para Eliseu ser o LE titular tem de ser demitido imediatamente.Seja ele LFV , Rui Costa ou JJ.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticar a escolha/compra de jogadores depois de poder avaliá-los ao fim de um período de tempo é de mestre! Pessoalmente, eu também acerto em todos os números do euromilhões depois de terem saído. Já fizeste as contas do que gastámos com essas compras e do que ganhámos com as respetivas vendas? Se. como eu espero, voltarmos a ganhar o campeonato este ano, quero saber qual vai ser a vossa música para o ano...

      Eliminar
  7. A Equipa B serve para dar estofo e visibilidade. Cancelo e Cavaleiro, por exemplo, estão em Espanha devido à Equipa B. Rui Fonte recuperou da lesão e está agora no Beleneses, depende dele reforçar os A para o ano, graças à Equipa B. Os júniores podem evoluir mais com presenças na Equipa B. Bernardo rendeu 15 milhões por causa de Equipa B. J.Rodrigues pode mostrar o que vale na Equipa B, evitando riscos na Equipa A. Isto é Formação, de jogadores e homens, alguns chegam aos A, outros não. A qualidade (e não é só técnica) é que decide.

    ResponderEliminar
  8. O Benfica é um cemitério de jogadores.Todos os anos recebemos 2 camiões Tir de jogadores para se aproveitar no máximo uns 2 ou 3.Tanta incompetência que anda no nosso Benfica.Em outra empresa dava despedimento por justa causa.LFV é o rei dos flops.No seus mandatos já foram comprados mais de 250 jogadores que se revelaram uns zero à esquerda.Tanto dinheirinho deitado ao lixo my good.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticar a escolha/compra de jogadores depois de poder avaliá-los ao fim de um período de tempo é de mestre! Pessoalmente, eu também acerto em todos os números do euromilhões depois de terem saído. Já fizeste as contas do que gastámos com essas compras e do que ganhámos com as respetivas vendas? Se. como eu espero, voltarmos a ganhar o campeonato este ano, quero saber qual vai ser a vossa música para o ano...

      Eliminar
  9. viva o nosso querido Benfica05/03/15, 23:27

    No Benfica vive-se um fenomeno paranormal de sindrome de estocolmo em relação a LFV.O homem é um perdedor nato.14 anos 3 campeonatos.Junta a isso uma catrefada de mentiras , negócios estranhos ao estilo dos fenomenos do entroncamento , nr de sócios que surgem do além e mesmo assim quem se diz Benfiquista defende o homem.Ou os Benfiquistas gostam de perder ou então sofrem de sindrome de estocolmo.Só vejo estas duas razões para a malta apoiar LFV.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente...o lfv como bom socio do fcp que e,tem de defender os seus interesses e tem conseguido isso muito bem...como vice do pdc tem-se safado bem...deixaram o slb ganhar 3 campeonatos pra nao parecer muito mal,ganham as tacas da cerveja que nao interessam a ninguem e depois os benfiquistas ainda o veem como salvador da patria!!!

      Eliminar
  10. Depois da vergonhosa pressão e campanha contra o Artur gostariamos de saber
    porque não há nenhuma pressão e campanha contra o maior FRANGUEIRO
    do campeonato português: RUI PATRÍCIO

    Tem um histórico penoso

    Se fosse o Artur ???!!!!????

    PS- Deus o mantenha onde está.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer!

      O frango com molho de pato, regado com cerveja que ele hoje deu (mais um entre muitos, qual deles o mais patético) demonstra bem o guarde redes que este franguício é…

      De tanto levantar a cabeça, não viu esta bola cruzada para os joelhos!

      A merda de jornais que temos…se fosse o Artur, era capa de um qualquer rascord da merda!

      Este é outro que vai ser vendido todos os anos por 40 M€, e nunca de lá sairá!

      Jose Inacio

      Eliminar
    2. A federação em vez de andar a dormir devia tratar rapidamente de assegurar o guarda-redes que parece ser o futuro dono da baliza da selecção: Anthony Lopes. Este já disse que prefere jogar por Portugal do que por França.

      Em vez de andarem a dar de comer ao franguício, que só é bom na cabeça dos lagartos, deviam deixar-se de merdas e meter lá quem realmente merece.

      Eliminar
  11. Caro Redmon,

    No que diz respeito à oportunidade e importância das equipas B não concordo contigo.
    Já no que diz respeito à necessidade de se fazerem contratações de forma mais racional estou plenamente de acordo.
    Discordo também de alguns pontos que afirmas, nomeadamente:
    - a equipa B não servir para jogadores da A rodarem: Jardel e Miguel Vitor rodaram na B antes do castigo de Luisão em 2012, Kardec; André Gomes rodou o ano passado no inicio do ano já depois de ter estado no plantel principal, Funes Mori, Ruben Amorim, Jonathan e Benito estão a rodar este ano
    A minha visão é que as equipas B são um espaço de oportunidades e que alguns (poucos) jogadores vão aproveitá-las para transitar para a equipa A, outros para poderm transitar para outros clubes e ainda aqueles que não querem ou não conseguem aproveitar a oportunidade.
    André Gomes, André Almeida, Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva, João Cancelo, Gonçalo Guedes são exemplos de sucesso claro da equipa B, o que por si só mostra a sua utilidade, mas acredito que com amior critério e metodologia mais apropriada será possível em vez de uma média de 2/3 jogadores fazer despontar 4/5 jogadores por época 1/2 para a equipa A e 3/4 para outrs equipas com benefício para os jogadores e para o Benfica.
    As boas práticas internacionais mostram isso, pois a título de exemplo o Rel Madrid ou o Barcelona tem vendas muito interessantes com miudos da equipa B, além de lançarem pontualmente jogadores na equipa principal.
    Já no que diz respeito à ideia dos jogadores contratados entrarem imediatamente na equipa A, essa tese é discutível, pois a adaptação é fundamental. Dir-me-ás que no Real Madrid, Barcelona, Chelsea ... os jogadores começam logo a jogar, o que é uma verdade, mas o que se passa é que eles contratam jogadores feitos e que já passaram por uma aprendizagem em clubes grandes da europa. Quando estes clubes contratam directamente na Argentina ou no Brasil, nem sempre os jogadores entram logo na equipa principal e m uitos não vingam.
    O Benfica tem de facto um problema tem que contratar jogares mais baratos sendo que de 4/5 contratados haverá 1/2 que pegam na equipa principal.
    Lembras-te das primeiras 2/3 épocas de Gaitan? e da primeira experiência de Enzo? e do primeiro ano de Matic?
    Este ano por exemplo Julio César e Jonas mostraram facilidade de adaptação, pois são jogadores feitos e há anos que estão na europa, mas Samaris, por exemplo, mesmo vindo de um clube ganhador mostrou muitas dificuldades em se adaptar à equipa.
    Além disso no futebol não há regras infalíveis, veja-se a inadaptação de Kaká ao Real Madrid, a de Shevchenco ao Chelsea ou a de Ibraimovic ao Barça.
    Já no Benfica o ano passado Djuricic não conseguiu mostrar aquilo que penso toda a gente estava à espera ( e não digam que JJ não o queria, pois começou por lhe dar a titularidade) e este ano Lisandro também está aquém das expectativas.
    Há que melhorar o projecto, mas eu estou convicto que o futuro sucesso passa também pela equipa B.
    Pedro R.

    ResponderEliminar
  12. CREDUM... Fede aqui a ANTI que pela...
    Este tópico nesta altura? Com todas as campanhas destabilizadoras em marcha? A sério?
    Águia Real

    ResponderEliminar
  13. Bem haja, Redmoon! Mas, e explicar ao actual adepto encarnado?

    Espero que estejas preparado para ser apelidado de ANTI e filho da p*** para baixo. Sugerir que a equipa B é um falhanço e que é um entreposto do mentiroso compulsivo, vai-te custar caro...

    ResponderEliminar
  14. algumas considerações.
    1.1-concordo com a tua opinião muitos mais deviam de rodar mas aqui penso que será por pouco interesse do treinador da equipa principal que tal aconteça.
    1.2-o andre almeida na época anterior a essa referida já tinha feito parte do plantel principal, até jogou, por isso parece-me que não se pode dizer que subiu até porque na B não fez assim tantos jogos como isso, tens de somar ai é o ivan cavaleiro que claramente subiu da B ao plantel principal.

    2.5-não querendo defender a contratação dos dos três o steve veio substituir o miguel vitor que saiu, o mitrovic o jardel que ia sair, e só não saiu porque o filho teve problemas de saúde e ele pediu para ficar, e o lisandro para substituir o garay que se esperava que saísse só que neste caso a proposta nunca apareceu.

    3.3-estas desactualizado o empresário que disse isso do gonçalo já não é empresário dele, mas não fiques animado o novo empresário é o mendes por isso acho que o novo contrato se chegar já vai com guia de marcha.

    sobre o uruguaio penso que a ideia é dar-lhe ritmo já que ele vem de ferias e nem sequer iniciou a pre epoca deste ano no uruguai, esta numa situação igual ao ruben o estranho é porque é que não se fez o mesmo ao silvio e ao sulejmani quando eles retornaram das lesões prolongadas.

    ResponderEliminar
  15. Caro Redmoon,

    Não ponho em causa, concordando ou não o que descreveu no seu post.
    O que me leva a comentar é simplesmente de questionar o facto da oportunidade do mesmo, nesta altura concreta do campeonato, onde TODOS (Nação Benfiquista) devemos estar UNIDOS contra tudo e contra todos em particular esta miserável Comunicação Social, escrita, falada, tvs etc. etc. onde tudo serve para destabilizar e colocar em causa tudo o que se passa no Benfica.

    Todos pelo Benfica e obrigado pela atençao dispensada

    RA

    ResponderEliminar
  16. Este post perde logo a credibilidade no ponto 1. Apesar de não me recordar o que se passou nos últimos anos, recentemente (3 jogos para cá???) estão a ser utilizados jogadores como o R.Amorim, Benito e Jonathan na equipa B, contrariando a teoria apresentada.

    ResponderEliminar
  17. O propósito da equipa B no caso do SLB têm sido mt bem aproveitada, lamento que mts não tenham ainda percebido que o estilo de jogo exigido por JJ é mt acima da média em comparação com os restantes clubes do campeonato português mesmo os dos nossos rivais só tendo comparação com o Braga actualmente onde Sérgio Conceição copiou integralmente o método. No Benfica actualmente exige-se concentração defensiva a 200% e uma exigência física mt acima da média só assim se explica a saída das pérolas emergentes e os patinhos feitos a carregarem o piano. Jogadores da America do sul têm e devem passar por um tempo de integração pela equipa B pois maioritariamente não existe cultura defensiva na região onde o futebol é só ataque/magia. Quanto quem contrata jogadores é do conhecimento público que Eliseu foi uma aposta de JJ, para mim falhada pelo menos como defesa esquerdo, mais a frente acredito que fosse mais útil que Olá Jonh e Djuricic aposta de Rui Costa, às mais valias da técnica dos jogadores não está em causa o que está em causa é a sua capacidade de humildade na qual uma equipa é composta por 11 atletas onde todos devem defender e não só simplesmente atacar. Daí eu ser dos poucos a achar que o Lima é fundamental mesmo não marcando golos de forma tão regular como todos gostaríamos e espero que o Derley esteja assimilar bem o que o Lima faz. Quanto aos Juniores jogarem na B e só poderem assinar contratos a partir dos 18 anos é um risco que todos os clubes correm, o Benfica a esse nível com Sancido deu um excelente exemplo a todos os atletas que mais vale não se meterem em aventuras e prosseguirem numa casa onde são bem tratados.

    Em suma acredito que os jogadores são contratados em concordância entre JJ e Rui Costa sendo que ambos têm noção que tiveram algumas infelizes contratações este ano não pelo valor técnico dos atletas mas sim porque os mesmos não chegaram e comportaram-se com a humildade que Rui Costa e JJ tanto prezam.


    Ass: Madskinn

    ResponderEliminar
  18. Red,
    Felizmente a equipa B do SLB tem servido para dar tempo de jogo aos jogadores menos utilizados. Jardel então é um dos melhores exemplos. Muitas vezes jogou na B quando não era opção a titular na A. André Almeida igual. Ainda agora foi para lá o Amorim. E, felizmente tb, a nossa equipa B não tem servido para castigar jogadores, um erro de todo o tamanho que se cometia no passado.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes