O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Avatar

Viagem aos tempos gloriosos da formação encarnada

 ●  + 39 comentários  ● 
Luís Filipe Vieira dá hoje mais uma grande entrevista, e evidentemente lá vem à baila a sua bandeira da formação. Eu confesso que não gosto muito quando ele fala, até porque a experiência já me mostrou que quando ele fala e pinta o mundo de cor-de-rosa, a realidade encarrega-se de o pintar de negro logo a seguir...

E como quando o cenário está negro, LFV não fala e ninguém o vê, eu preferia que ele não gastasse as fichas todas da oratória quando a realidade encarnada está mais ou menos em paz... Mas como dizia, lá vem outra vez a conversa da aposta na formação, mais palha como se costuma dizer... 

Caramba, apostem nos putos ou não apostem, decidam-se! Mas apostar na formação não necessita de anúncios. Anúncios implicam cobrança, está em todos os manuais. Deixemo-nos pois de anúncios de craques, de sonhos cor de rosa, de ideias lindíssimas no papel mas que não temos a certeza se alguma vez serão realidade. Nenhuma política sobreviverá a um Benfica que não ganhe!

Hoje é normal ouvir benfiquistas mais velhos falar com saudade desses tempos gloriosos do Benfica, tempos aos quais, fruto da minha idade não pude assistir, tempos das grandes conquistas europeias, de lembrar um Benfica português, ganhador e com jogadores da casa.

E nesse saudosismo que sou capaz de compreender, fazem-se então comparações aos tempos de hoje, de um Benfica sociedade das nações, em que os jogadores da formação do clube não contam.

Bem, eu não sei se contam ou não, o que sei é que com Vieira ou sem Vieira, com Jesus ou sem Jesus, desde 1991, portanto desde há quase 24 (!!) anos atrás, grandes jogadores que tenham saído da formação do Benfica para a Europa do futebol, lembro-me de um: Rui Costa.

Ou sendo honesto, e porque este também foi um bom jogador da Europa do futebol, acrescentaria Maniche, que acabou por assinar pelo FCP numa altura em que era aposta na equipa principal do Benfica, e que consequência disso acabou por ser relegado para as reservas. E é tudo o que há para mostrar em 24 anos de camadas jovens da Luz em termos de elite.

Poder-me-ão dizer, sim, mas a história do Benfica tem 110 anos, não tem 24, e não podes por isso esquecer todos os jogadores que a formação do Benfica produziu ao longo da sua gloriosa história.

Bem, em face disso fui investigar para ver quem eram essas pérolas da formação encarnada, esses tempos gloriosos de um Benfica formado na Luz. 

Só que... E depois de fazer uma seleção da maioria daqueles que fazem parte das grandes glórias da história encarnada, aqueles que realmente foram produto da formação encarnada foram...

Costa Pereira – Chegado à Luz com 25 anos.

Bento – Chegado à Luz com 24 anos

Germano - Chegado à Luz com 28 anos

Humberto Coelho - Chegado à Luz com 16 anos

Raul  - Chegado à Luz com 25 anos

Veloso - Chegado à Luz com 23 anos

Mário Coluna - Chegado à Luz com 19 anos

João Alves – Júnior do Benfica. Saiu na passagem a sénior e só regressou aos 26 anos

Álvaro Magalhães - Chegado à Luz com 20 anos

António Simões – Chegado à Luz com 16 anos

Nené – Escolas do Benfica

José Augusto – Chegado à Luz com 22 anos

Chalana – Chega ao Benfica em idade júnior quando já jogava nos seniores do Barreirense

Eusébio – Chegado à Luz com 18 anos

José Águas – Chegado à Luz com 20 anos

Torres – Chegado à Luz com 21 anos

Artur Correia – Chegado à Luz com 21 anos

Ângelo Martins – Chegado à Luz com 20 anos

Cávem - Chegado à Luz com 23 anos

Carlos Manuel – Chegado à Luz com 23 anos

Vítor Paneira - Chegado à Luz com 22 anos

Toni – Chegado à Luz com 22 anos

Jaime Graça – Chegado à Luz com 24 anos

Diamantino – Chegado à Luz com 22 anos

Paulo Sousa – Chegado à Luz com 16 anos


Estou realmente estupefacto, porque sem ironias, não sabia! Afinal, esse passado glorioso da formação do Benfica, bem espremido, tem para mostrar como jogadores de topo, Rui Costa, Nené, Simões, Humberto Coelho e Paulo Sousa. Demasiado pouco para tanto saudosismo, diria eu!

Grau de influência das escolas do Sport Lisboa e Benfica no palmarés glorioso do nosso grandíssimo clube? Pouco. Muito pouco!

Era um Benfica mais português? Ah, isso era, como tinha mesmo de ser. Eram essas as regras! O Benfica era mais português, como o Real Madrid era mais espanhol e o PSG mais francês. Só podiam jogar três estrangeiros, queriam que os jogadores viessem de onde? E sorte tínhamos nós que ainda os podíamos ir buscar a África!

E os jogadores vinham, e ficavam no clube a vida toda, em alturas em que jogar num grande português era o máximo que podiam alcançar. A Europa do futebol, fruto da restrição de estrangeiros, estava destinada apenas à elite. Eusébio pertencia à elite, mas Salazar também aí deu uma ajudinha.

Portanto, esse era um Benfica muito mais português, não resultado de nenhuma orientação estratégica, mas fruto do respeito pelos regulamentos. Mas era um Benfica mais Made in Benfica? De facto, parece que não, e parece também que a politica não era muito diferente da dos dias de hoje, cativar os melhores jogadores jovens de outras formações, antes em Portugal, hoje no mundo, adaptado à realidade dos tempos modernos.

Agora, claro, é legítimo perguntar... Depois de 110 anos de história gloriosa encarnada com muitíssimo pouca influência das nossas escolas de formação, LFV descobriu de repente a pólvora? LFV descobriu a fórmula do sucesso desportivo e duradouro, para mais em tempos em que qualquer miúdo que saiba dar uns pontapés na bola está a pedir para ir para o Real Madrid ao fim de 10 jogos?

Oxalá que sim, que LFV tenha descoberto realmente a pólvora, mas seja como for, é uma fórmula nova, e não nenhum reencontro com o nossa gloriosa história como alguns querem fazer crer!




P.S. Se houver mais uma dezena de craques da história gloriosa do Benfica realmente formados na Luz (não vale Nunos Afonsos nem Abeis Silbas nem Hugos Leais, e mesmo Manuel Fernandes nunca passou de um nível médio-baixo), sem ironias, gostava que me dissessem. Como compreenderão, fruto da idade, tirando os últimos 25-30 anos, tudo o resto foi pescado da net.

39 comentários via blogger

  1. Olha redmoon belíssimo trabalho, muito grato! Efectivamente eu ERA!!!, um dos que dizia que já tivemos dias melhores e afinal treta... peço desculpa por opiniões infundamentadas!!!!
    Mas na gestão e construção de uma equipa/plantel o scouting pode ser mais eficaz!!!... em 4 jogadores errar UM, só peço isso!... antes de contratar procurar definir o perfil psicológico do jogador... perceber se o clube tem um modelo /filosofia de jogo, com este ou outro treinador... saber que tipo de jogador se quer para cada posição... e então agir de forma muito consciente... só peço isso... estou cansado de atacar os métodos da direcção!!!!!, uma vez que é com estes que temos que viver, ao menos que SEJAM MUITO RIGOROSOS NA AQUISIÇÃO DE "FUNCIONÁRIOS"... a formação poderá (PODERÁ) ser fixe porque esses jogadores têm a paixão de menino a correr-lhes nas veias... para suplentes e supranumerários - partindo do principio que o treinador usa regularmente só 18 jogadores por ano, que os outros 7 ou 8 sejam putos da formação ou jogadores portugueses baratos... mais rigor nos investimentos e nos ordenados... é lógico que um Enzo, Gaitan ou Luisão podem ganhar mais 4 ou 5 vezes que um quase sempre suplente sem que os suplentes (putos jovens da formação) se sintam injustiçados... na formação actualmente temos alguns jogadores que davam excelentes jogadores para esse nível: Varela (3º guada-redes), Lindelhof, João Nunes/João Lima (estes dois entre os juniores B e A), João Teixeira, Rúben Pinto, Hélder Costa, Gonçalo Guedes, Renato Sanches e o Menga (é avançado mas já jogou a lateral esquerdo com bastante garra)...seguramente que substituíam... Paulo Lopes, Lisandro (treinador não conta com ele), Steven Vitória, Benito, Sulejman (treinador não conta com ele), Bebé, Jara, e Samaris (desculpem mas acho o Samaris um flop carérrimo),

    ... um abraço a todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. so mesmo se andares muito distraido é que podias ter na tua cabeça que o passado do SLBenfica foi assente na formação...

      Aliás, NUNCA ninguém que defenda, como eu, a aposta na formação pediu que se retirasse o Enzo para meter o Teixeira ou que se apostasse no Ruben Pinto (que é bom jogador "mas não chega").

      O que sempre esteve em causa foram os Filipe Menezes, os Funes Mori, os Cortez, e muitos muitos outros que vieram ocupar de forma incompetente lugares que poderiam ser de miudos da formação.

      Um 11 "made in Benfica"? Não... nunca ninguém pediu isso. Um 22 ou 23 com jogadores "mande in Benfica"? Obviamente...

      Eliminar
    2. Criticaste aqui a contratação de Enzo sim senhor! Não criticas agora porque viste que o puto singrou!

      Criticaste o Enzo, o Matic, o Rodrigo e outros... E agora deixas de critcar esses, e sobram aqueles que realmente falharam. Fazes um exercicio que qualquer miudo faria... Falar dos resultados, depois de os ver.

      Eliminar
    3. mas quem és tu ou seja quem for para me dizer A MIM isso, quando eu é que sou aquele que sempre avanço com a minha opiniao antes de esperar que os factos se confirmem???

      Claro que quando os miudos renderem vais dizer o quê? Ah agora sim podem apostar que eles precisaram de ser formados enquanto o Jesus estava ocupado a formar o Cesar e à procura de encontrar adversários que fizessem o Talisca brilhar.

      Eliminar
    4. GB andava distraído... mas isso não me retira a liberdade de expressão... aliás... eu discuto ideias de forma geral porque não tenho dados concretos da gestão... e já mudei de opinião e acho isso perfeitamente natural.

      Eliminar
    5. O Benfica só tem que aumentar a percentagem de jogadores oriundos da formação. Em vez de meio, pelo menos, um ou dois por ano. Já seria fantástico. Mas apostar, é coloca-lo no campo. Não é gozar com a cara deles como fez Jesus com o Nelson Oliveira e afins.

      Eliminar
  2. Podemos começar logo com o mau exemplo de irem alunos das escolinhas (formação) aos treinos de captação só para fazerem número é é raro o miúdo das escolinhas que fica é depois esses mesmos alunos das formação fazem jogos contra os da competição e ganham-lhes por muitos

    ResponderEliminar
  3. Não perdes pela demora...
    Já te respondo! Mais uma vez a confundir a beira da estrada com a estrada da Beira

    ResponderEliminar
  4. Até que enfim, alguém diz o óbvio! E mais: vejam a nata da nossa formação nos últimos anos. O Rui Baião, o Pepa, o Hélio Roque, o André Carvalhas, o Romeu Ribeiro... Nem para o Braga servem! Vão para clubes do meio da tabela no Chipre! Apostar na formação não é meter jovens das escolas à força na primeira equipa. É apostar em prospecção e formação de qualidade e depois, sim, meter os jovens na primeira equipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também podias dar o exemplo do Ronny Lopes...

      Eliminar
    2. O Ronny Lopes foram os pais que o levaram para Inglaterra e recusaram assinar pelo Benfica. Devíamos tê-lo prendido a ele mais os pais aos portões do Seixal? Da próxima vez tenta pensar com a cabeça e não com os joanetes.

      Eliminar
    3. O Ronny Lopes não serve de exemplo.

      FOi à conta de alguns Rony Lopes que o Arsenal também tem fama de ser um clube de formação. Vai roubá-los ao Barcelona e ao Southampton aos 16 anos, e depois até parece que sempre foram deles.

      Eliminar
  5. Não sei onde leste que no passado a formação deu dezenas de jogadores.

    Mas como em tudo na vida, há o outro lado da coisa.
    Nunca tivemos um centro de estágio nem uma formação que custa muitos milhões por ano e que vê no treinador do clube um inimigo desse investimento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O treinador do clube é INIMIGO do investimento!

      E baseias isso em quê? No facto de não apostar em jogadores que nunca mostratam ter lugar para lá estar!

      Ou é inimigo pelas oportunidades que deu a jogadores como ANdre Gomes, ANdre Almeida e Nelson Oliveira, oportunidades que alguns aproveitaram a outros nao?

      Ah sim, ja sei, o argumento é que os Andres nao sao da formaçao. Há falta de melhor é o que se arranja!

      Eliminar
  6. Tinha a ideia que muitos daqueles que são considerados das maiores glorias do Benfica teriam sido recrutados em outros clubes, mas nunca procurei confirmar essa ideia... Mas também pensava que grande parte dos que aqui recordaste tivessem vindo das camadas jovens do clube, mas afinal estava enganado... Recordo-me que o meu pai falava no grupo do Barreiro, liderado pelo Bento. Recordo-me igualmente que o Paneira, que já faz parte das minhas memórias de infancia e foi dos meus jogadores preferidos, tinha vindo das chamadas divisões secundárias...

    Mas também me recordo de ver nos posters que o meu pai tinha e nas cadernetas da panini, aqueles jogadores que sendo importantes, não atingiram o patamar dos que mencionaste aqui, e sempre tive a ideia que esses seriam produto das escolas do Benfica, mas provavelmente estarei igualmente errado... os irmaos Bastos-Lopes, o Shéu, o Padinha, o Alhinho, o Pietra, o Samuel, o José Luis, e tantos outros, que faziam varias epocas no clube.

    O que eu acho, é que o Benfica, de uma maneira ou de outra, sempre se adaptou às mudanças que ocorreram no futebol a nivel global... A base de onde provinham os jogadores, foram durante decadas, as ligas internas e as colónias. A partir dos anos 80, (se não estou em erro o primeiro estrangeiro, surgiu entre 1978 e 1980) a busca alargou-se numa primeira fase aos mercados escandinavos e brasileiros, e posteriormente a outros paises sul-americanos e europeus. Talvez agora, o Benfica necessite de se adaptar novamente e a aposta seja nas camadas jovens.

    Um abraço e bom ano

    VR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem duvida. E o que o Benfica hoje faz nao é muito diferente do que sempre fez... Ir buscar o que de melhor os outros fazem, antes em Portugal e africa, hoje no mundo.

      Eliminar
    2. Se o futuro esta na formaçao? Sinceramente duvido. Os bons continuarao a sair ao fim de 10 bons jogos. Os medianos nao ganham titulos, embora possam compor planteis.

      Eliminar
    3. Infelizmente, os bons, seja qual for a sua origem - formação ou outros mercados - vão sempre sair.

      VR

      Eliminar
  7. Obrigado RedMoon! É caso para dizer "O Rei vai nu!" Tantos posts escritos a escrever tretas a favor de uma propaganda que nunca se percebeu a quem ganhava.

    Outra vez desmascarados! Não sabia mas desconfiava! E a nossa sorte foram os estrangeiros que vieram de África, que eram estrangeiros quer queiramos quer não!

    A formação do Benfica só agora ao fim de 110 anos e sob os auspícios de um presidente visionário como nunca antes tivemos, começou a ser feita como deve ser, com cabeça, tronco e membros, mas ainda falta muito para começarmos a colher os resultados que queremos. Leva 10 anos! Ainda só passaram 8!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São factos, dê-se a volta que se quiser dar.

      Eliminar
    2. Duas questões. Se te dedicaste a verificar a idade da chegada de jogadores ao SLB devias ter verificado aidade e proveniência de muitos que fizeram história no SLB sem terem sido vedetas mas aqueles que chamavamos "carregadores" de piano e que sem eles as estrelas não jogavam. Nos anos 60 vai ver a selecção d juniores que foi campeã da Europa sob direcção do Pedroto quantos jogadores tinha do SLB.
      Outra coisa é chamar-te a atenção para uma mentira que dás andamento e que é o facto de Salazar ter dado uma ajuda na questão do Eusébio. O mesmo tb em dterminado momento disse isso mas mais tarde corrigiu. Só que não foi dado relevo à correcção para se manter o mito de que Eusébio não saiu de Portugal por "ordem" do Salazar.
      Tal é falso pois quando Eusébio teve a oferta para ir para Itália foi no ano em que a Itália teve uma actuação desastrosa no Mundial e a Federação Italiana PROIBIU a entrada de estrangeiros durante um ano que depois foi alargada a proibição para CINCO ANOS. Além do mais existia em Portugal uma coisa que se chamava DIREITO DE OPÇÃO mesmo quando o jogador terminava o contrato. Além do mais naquela época não se cometiam as loucuras que hoje se cometem na negociação de jogadores.
      Convém falar-se do que se sabe e não manipular-se os factos para o lado que dão mais jeito. Mostras saber pouco da História do SLB e em vez de te ires informar na net compra algumas obras sobre o SLB para te poderes documentar com mais qualidade.
      É que eu tive o prazer de ter feito treinos de captação com alguns jogadores que mais tarde fizeram História no SLB.
      MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE

      Eliminar
  8. Quanto às estrelas maiores estamos conversados. Foram poucos que, enquanto menores, vestiram a nossa camisola e se transformaram em craques de primeira linha.

    Mas também são factos indesmentíveis:

    - que muitos outros que não atingiram essa primeira linha nos foram muito úteis. Uns como titulares, outros como suplentes, e que muitos foram campeões nacionais.
    - ninguém bom da cabeça imagina que metade da equipa titular possa ser constituída por jogadores da formação.
    - clubes de topo como Manchester U., Bayern de Munique ou Barcelona têm nos respetivos plantéis alguns jovens da casa, já para não referir os italianos. Mesmo no Real Madrid estão 5 ou 6 vindos da formação no plantel principal.
    - o desempenho da nossa equipa na Youth League, com a chegada à final na época passada e o apuramento na fase de grupos (1º lugar) esta época, dá-nos indicações de haver qualidade no plantel dos mais novos. Será que já atingiram o topo como jogadores ? acho que não.
    - Todos sabemos que a divida que temos é enorme e que nos leva muitos dos recursos que obtemos com as vendas. Vamos continuar a comprar lotes de jogadores de duvidosa qualidade ou vamos centrar-nos nos que nos podem dar alguma garantia ? Vamos aumentar essa divida até quando ?
    - Para quê tantos gastos e tanto orgulho no Centro do Seixal, se afinal não serve o propósito para o qual foi construído ? Que tal começar a tirar proveito para nós próprios ?

    P.S.: Fala-se que talvez tivessem sido vendidos 3 jogadores da formação e fala-se que por 30 milhões. Pode nem ter sido mau negócio, o tempo dirá. Mas é mau indicio. E gastaram-se quase esses milhões todos em contratações. Dessas contratações, só vejo Talisca, Cristante e talvez César e gerar mais valias. Júlio César e Jonas terão tido os seus custos e sairão a custo zero, mas são reforços. Samaris terá que jogar na posição que o notabilizou. Benito pode ser que ainda se safe. Com Candeias e Bebé recuperaremos algum com empréstimos. Eliseu ? nem sei, já marcou dois golos importantes, talvez seja um jogador útil de segunda linha.

    Rui Pinheiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confundes algumas coisas...

      É facil a um clube como o Manchester (e mesmo assim quem lá está da formação), apostar num bom puto que tenha! Porque o puto fica lá a vida toda!

      No Benfica aposta se no puto, o puto faz merda, custa pontos e campeonatos, e quando o puto se torna realmente jogador, vai render para outro lado...


      Concordo que para ter Emersons mais valia lá estar um da formação. mas isso é falar depois de ver o resultado, e dizer o mesmo que MERDA POR MERDA; estava la um da formaçao.

      Isso tambem nao seria a solucao, porque tal como o Emerson foi, tambem o da formação iria embora ao fim de poucos jogos.

      Eliminar
    2. Uma coisa não mata a outra!
      Se no Manchester fica lá a vida toda porque é bom, no SLB sai ao fim de 2-3 anos mas o clube recebe o dinheiro da transferência. E reinveste de forma a tapar a lacuna deixada.
      Quanto ao puto fazer merda, custar pontos e ser corrido, bem, certamente lembramo-nos do David Luiz fazer. Até o Oblak fez (um frango de todo o tamanho se não me engano contra o Gil Vicente). mas também acredito que quando as coisas correm mal, há uma maior tolerância com os "meninos" da casa.
      A maioria dos que disputaram a final da Youth League vão dar em nada, não tenho dúvidas. Mas será que não estarão lá 2 ou 3 que possam, no futuro, e aos poucos serem integrados no plantel principal e serem-nos úteis.
      Claro que continuaremos a comprar Emerson's (nem acho que foi o maior flop, longe disso, jogou algumas vezes a bom nível, inclusivé a central) mas barretes todos levam.
      Apenas acho que devíamos de vez em quando levar barretes dos nossos (e dos supostamente 3 craques apenas emprestados, cheira-me que dois barretinhos são garantidos).

      Rui Pinheiro

      Eliminar
  9. Caros Benfiquistas,

    Um bom ano para todos. O Bom ano é extensível a adeptos de outros clubes ( excepto quando a interesses de natureza desportiva que clidam com os do glorioso).

    Eu vejo futebol há algumas décadas e de facto não foram muitos os jogadores que sairam da formação para jogar na primeira equipa.
    Penso que Bastos Lopes, José Luis, Maniche ( este traindo o clube que o formou) ... também atingiram alguma notoriedade e haverá mais meia duzia de jogadores que atingiram nível internacional ( ex: João Pereira), mas de facto o Balanço não é de todo positivo.
    Agora que o eu acho é que o futuro passa muito pela formação e que é um projecto devidamente estruturado aquele que está a ser desenvolvido no Seixal.
    Oxalá tenhamos nos craques made in Benfica.
    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh pá Joao Pereira para mim nao:))))

      Mas sao gostos!

      Eliminar
  10. Caro Redmoon, mais uma vez os meus parabéns; com um simples texto desmascarou todos aqueles que tem tentado passar a ideia que hoje se trabalha mal e porcamente na formação e que é por culpa de LFV e da "casmurrice" do JJ que todos os anos não se lançam jogadores saídos da formação; e esses mesmos demagogos e outros com os seu dogmas da formação, ainda davam a entender que antigamente é que era.
    Escrevi aqui várias vezes e nem um única vez fui rebatido tem pelos demagogos, quer pelos dogmistas que nunca se trabalhou tão bem na formação nestes últimos 30 anos como agora. Lembrei que após a chegada de Chalana á equipa principal e depois de várias tentativas de lançar Cavungi, Padinhas etc... surdiu fugazmente Samuel e depois os campeões do mundo de sub-20 com Queiroz; e estes foram lançados no Benfica como em outros clubes porque passou a ser "moda"' e não porque houve um trabalhado pensado para que tal acontecesse. Em conclusão desde Chalana que como escreveu e bem chegou ao Benfica já com muito futebol naqueles pés; só mesmo Paulo Sousa e Rui Costa foram jogadores de nível internacional. Já Brassard, Resende, Abel Silva, Rui Bento, P. Madeira, Valido ou mesmo Maniche... estiveram longe de ter esse nível.
    Em conclusão só os dogmáticos, demagogos e os Ignorantes é que pudem alguma vez criticar o que desde há uma década atrás começou a ser aposta na formação por parte do SLB.

    Evidencias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidências ;) todos sabemos o que já disseste sobre a (falta) de qualidade que dizes que há na formação.

      Ao menos isso o Redmoon não diz

      Eliminar
  11. o benfica nunca se fez só de jogadores vindos das "escolas" do benfica, mas fez-se com alguns jogadores das "escolas" coisa que hoje não existe.
    diamantino veio com 17 anos para os juniores e não com 22 como referes.
    na tua listagem faltam ai alguns jogadores que fizeram parte das nossas "escolas" com passagem pelo menos pelos juniores como bastos lopes, sheu, eurico, jordão, vitor martins, alberto estes só de 75 para a frente sem falar em jogadores que foram varias vezes campeões, estamos a falar de pelo menos três vezes campeões, sem no entanto se destacarem muito como jose luis, samuel, carlos pereira, padinha, alberto bastos lopes etc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse, fui buscar listas de antigas glorias à net. Nao vivi esses tempos de perto, e houve seguramente jogadores que me escaparam.

      Eliminar
    2. na verdade escapou-te um grande pedaço de historia do SLBenfica, mas isso são detalhes. Talvez um dia saibas realmente que o clube que gostas é mais que isso... um clube de que se gosta.

      Eliminar
  12. Paulo Gomes02/01/15, 17:14

    OK, REDMOON, a formação do Benfica é uma grande merda.

    Agora devíamos discutir como se pode melhorar a formação do Benfica.

    ResponderEliminar
  13. Oh Redmoon, não é o LFV que diz que antes não havia condições para apostar na formação porque não existiam infraestruturas?!?
    De onde queria que saissem mais Rui Costas?
    Ante de tentar descobrir mais e melhores jogadores nos ultimos 20-30 anos deveria, em primeiro lugar olhar para os Presidentes (Damasio, Vale e Azevedo, VIlarinho), e em segundo lugar para, as quase 2 dezenas!!! de treinadores, que ano após anos delapidaram as equipas e o pouco trabalho que se tinha de base, era constantemente destruído!!!
    Talvez estas sejam algumas das razões!!

    Eterno 29!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As únicas razões é que tivemos presidentes que eram incompetentes (foram quase todos), não eram visionários e nunca criaram condições para criar algo "from scratch"!
      Digam-me o nome de um presidente do Benfica que fosse visionário, nos últimos 80 anos. Não vale apontarem os fundadores do clube.

      Eliminar
  14. Com todo o respeito, meu caro, devo dizer que não concordo, em parte. Vejamos. Para que serve, neste caso,ter um Centro de Formação como o Olival? Antes não existia, pois não? E a formação é para se aproveitar ALGUNS para a equipa senior. Se não para craques, para BASE da equipa. Ter um Bernardo Silva ou um Nelson Oliveira e não os potenciar, acho até, criminoso. Ninguém pensará que teremos uns seis ou sete, tipo Barcelona, formados em casa. Mas daí a não se dar oportunidades, a não se aproveitar nenhum .... até porque ainda não nasceram 10 vezes, não está com nada. para isso, acaba-se com o Olival e compram-se reforços a sério.

    ResponderEliminar
  15. Isso do "Olival" é um simples lapsus linguae da ressaca das Festas ou é gato (ou dragão) escondido com o rabo de fora?

    João A.

    ResponderEliminar
  16. "Eusébio pertencia à elite, mas Salazar também aí deu uma ajudinha."

    Aconselhava o caro Redmoon a pesquisar o q aconteceu na liga Italiana no ano q o Eusebio iria ser transferido pra la...........acho q vai ter uma surpresa, é q mentiras por mais repetidas q sejam, nao se transformam em verdades.......

    Parabens pelo texto.

    Cumprimentos.

    Nelson.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes