O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Avatar

João Cancelo: a cara de Jorge Jesus

 ●  + 32 comentários  ● 
Ontem foi um dia histórico. Eis que após cinco anos a discutirmos neste blogue o tema da formação, eu sou capaz de explanar ideias que são velhas e que defendo há anos, e merecer do GB um comentário: Estás carregadinho de razão companheiro.

Mas no fundo também, apesar de divergências antigas, eu estou com ele na tristeza de não podermos ver jogadores como Bernardo ou Cancelo (sim, porque este também vai), ter pelo menos a oportunidade de jogar dois ou três anos com a nossa camisola. Para mim, o problema nunca foi a nacionalidade nem a origem, é o mérito e a qualidade, e para mim, quando ela existe, como parece ser o caso nestes dois jogadores, tem de haver forçosamente um lugar entre nós, no seu devido tempo evidentemente.

Aquilo que eu espero que o GB tenha percebido com o meu post de ontem Ofical: Benfica vence a Liga dos Campeões dos euros, é que a grande divergência não se deve à formação em si, mas às consequências práticas da sua aplicação. A meu ver, e eis aquilo que sempre defendi, esta história do Benfica Made in Benfica nunca passará de um sonho lindo, mas com escassíssimas hipóteses de aplicação real.

Um Benfica Made in Benfica será sempre um Benfica mediano, simplesmente porque os melhores saem ao fim de 10 jogos. Sai o Bernardo, sai o Cancelo, saiu o André, e sairá o Guedes dentro de pouco tempo.

Uma coisa é falarmos num Barcelona Made in Barcelona, onde, havendo Messis e Iniestas, são formados para ficar em Barcelona a vida toda. Outra coisa é sermos um Benfica ou um Peñarol, clubes que fruto da sua situação financeira e até de grandeza no panorama internacional, estão condenados a perder as suas pérolas (nacionais ou estrangeiras) ao fim de uma boa época.

Mas há mais:

Também ontem, o GB escreve um post comentando a recusa da renovação de contrato por parte de Baldé, vendo ele neste caso um exemplo com probabilidades fortes de se tornar a regra para outros jogadores.

Mas também isso não é novo e aqui anuncio há anos, como uma consequência óbvia desta bandeira do Benfica Made in Benfica que alguns líricos atiram para o ar.

É muito mais fácil ir buscar um Di Maria à Argentina aos 18 anos, pagar-lhe um ordenado jeitoso, oferecer-lhe um contrato de 5 anos com uma cláusula de rescisão de 45 milhões, do que ter um Di Maria nos nossos juniores, que aos 17 anos anda a brilhar em montras como as Ligas dos Campeões para miúdos, jogadores a quem fruto da idade o Benfica só pode oferecer contratos de 3 anos (ou seja, até aos 20 anos de idade), e que têm já mais de meio mundo atrás de si prontos a fazer a cabeça aos empresários e a deitar-lhes a mão à primeira oportunidade!

Isto, aliás, é o que segundo me parece anda a acontecer com o Gonçalo Guedes. O moço já fez 18 anos, anda a jogar na equipa principal e segundo consta ainda não renovou contrato. Mantém aquele que tinha assinado aos 17 anos e que termina aos 20 anos, e tem o empresário a anunciá-lo a meio mundo e a adivinhar que pode vir a ser melhor que Cristiano Ronaldo (aqui). Que força negocial tem o Benfica em casos destes? Pouca ou nenhuma!

E neste aspeto não faço distinções. Edgar, Miguel, Manuel Fernandes, Hugo Leal, Maniche ou Jorge Ribeiro já me mostraram que quando toca a falar de euros na conta bancária, o facto do coração ser benfiquista ou "Pañarolense", não faz os corações bater de maneira diferente.

Tudo isto, repito, não são argumentos CONTRA a formação. São argumentos que no meu entender são a consequência prática dessa aposta, e a razão pela qual esse sonho que nos anunciam não passa de fumaça da grossa. O Benfica, queira-se ou não, será tão formador como um Peñarol! Formador sim! Mas formador para outros clubes usufruírem dos jovens talentos. Muito pouco tempo ficarão entre nós!

E agora importa perguntar? Qual a solução para resolver estes problemas? Só há duas no meu entender:

     1. Capacidade financeira do Benfica para segurar estes miúdos dois ou três anos, e não depender financeiramente destas vendas, o que pelos vistos não acontece;

     2. Que hajam de facto apostas do Benfica em alguns miúdos da prata da casa, para que aqueles que veem atrás, vejam ali um exemplo que lhes mantenha o sonho aberto, e que sintam que são parte do projeto. Não creio que vender Bernardos ou Cancelos antes de jogarem uma época sequer de águia ao peito seja motivador para Baldés nem para ninguém. Os jogadores para ficarem têm de querer jogar no Benfica e sentir que esse sonho é uma possibilidade. Se não sentem, a prioridade passa a ser resolverem a sua vidinha o quanto antes.


E isto leva-me para Cancelo. Vi a sua pé-época na Luz este Verão e não gostei. Vi um jogador com medo de ter a bola nos pés. Não duvido do seu potencial mas duvidei da sua mentalidade.

Há três semanas vi-o fazer 45 minutos formidáveis contra o Almeria, num jogo grande, num jogo de homens. Não vi um Cancelo melhor nem pior do que já conhecia. Todos sabem que a atacar Cancelo é bestial, a defender é que é o problema, e nesse grande jogo, Cancelo não foi posto à prova defensivamente.

Mas mentalmente vi um jogador diferente, confiante, a pedir a bola no pé, a ir sem medos para cima do adversário. E isto levou-me a perceber o quanto um ambiente propício, um incentivo dos treinadores, uma prova de confiança num jogo difícil, pode mudar o ship mental de um jogador.

Foi o mesmo que vi em André Gomes na final da Liga Europa, quando a maioria o rasgou de alto a baixo, quando a maioria confirmou o quanto estava feliz com a sua venda, e o jogo em que eu vi (e escrevi): O dia em que vi nascer um grande jogador de futebol, situação que hoje se confirma. Que grande jogador André Gomes tem sido em Valência!

Arrisco hoje a dizer o mesmo de João Cancelo: Vai ser grande!

E como acho que ele vai ser grande, e como acho que este jogador seria ouro nas mãos de Jorge Jesus, é essa a razão porque acho que estas vendas dos putos não têm nada a ver com Jorge Jesus. São decisões diretivas, justificadas em balanços mas não em matrizes de caráter desportivo.

João Cancelo é a cara de Jorge Jesus: Um jogador rápido, de tração à frente, desequilibrador, com algumas dificuldades em defender. Mas ainda assim, defende seguramente melhor do que Fábio Coentrão ou Melgarejo quando foram adaptados à posição de lateral esquerdo.

Se Jorge Jesus é capaz de ensinar Coentrão a defender em 6 meses, para Cancelo 3 ou 4 chegariam. Esta venda anunciada é decisão de Jorge Jesus?! Simplesmente não acredito!

E por isso, é o que digo:

Este Benfica Made in Benfica é uma fantochada, é o Cash Made in Seixal que também há muito anunciei.

O que não tem nada de errado, diga-se. Se calhar também aqui LFV foi inovador e encontrou no Seixal uma enormíssima fonte de receitas, tal como ao longo dos anos foi capaz de encontrar outras.

Talvez os miúdos continuem incapazes de viver o sonho de jogarem com a camisola principal do Benfica... Mas também aí, não mudará nada... O Benfica continuará o seu percurso como até aqui, e em abono da verdade, nunca dependeu deste filão para construir a sua gloriosa história.

32 comentários via blogger

  1. "fiquei lá atrás" , no SLB clube de futebol... para mim o futebol é para ganhar não é para fazer negócio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim também. E por ser assim, e por não acreditar num benfica made in benfica no plano desportivo mas apenas no financeiro, talvez se possa compreender muito da minha desconfiança e até cinismo em relação a este tema que parece apaixonar tanta gente

      Eliminar
  2. Mais uma vez, este autor (e muitos outros), que não defende + formação no Benfica comete o erro capital de pensar que apostar nos miúdos é ter um 11 vindo da formação. Um erro fundamental. E ao usar a expressão Benfica Made in Benfica esquece que foi usada por... Vieira. Em q ficamos? Pelas palavras de Vieira ou não? Ab

    http://forumluz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Das duas uma: Ou não leste o post, ou és novo neste blogue.

      Vires dizer, ou imaginar, que eu sou dos que defende um benfica com 11 jogadores da formação, só de rir mesmo.

      Eu tanto defendo 11 da formação como defendo 11 chineses.

      Defendo, como sempre defendi, um Benfica com os 11 melhores.

      Eliminar
    2. Razão precisa-se22/01/15, 15:05

      Este Red Army Officer tem um blogue onde escreve apenas disparates. Não li ainda nada que me fizesse dizer, "um bom post, escrito com cabeça, racional e cheio de bom senso". Não, lá só leio lixo, como este comentário! Não se aproveita um!

      Eliminar
  3. Mais uma vez de acordo, porém discordo que o Made in Benfica não acontece pelos motivos que referes.

    O Made in Benfica nao acontece porque tens um treinado que EMBIRRA que não pode acontecer

    Diz-me la se o que está a ser feito com o Talisca, com o Samaris, o Cristante ou o que vai ser feito com o Mukthar e com o Jonathan, não poderia ser feito com o Bernardo e o com Cancelo (pelo menos)?

    E o que é isso? Basicamente o Jesus está a agarrar em jogadores que sabem fazer algumas coisas e, com minutos de jogo, vários erros e correcções imediatas... e muito treino, fazer deles "outro" jogador com o potencial que sempre teve.

    eu NUNCA defendi fazer isso ao Bernardo e ao Cancelo EM VEZ de fazer a outros. Não! Defendi fazer com eles porque têm qualidade E com quem desses outros ainda assim fizesse sentido... só isso!

    Pode haver Benfica made in Benfica... não totalmente made in Benfica... mas mais do que há hoje.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas há uma diferença:

      O Talisca ou o Cristante não chegaram ao Benfica da equipa B. Chegaram de uma equipa A e já com alguma experiência.

      Se o Bernardo ou o Cancelo regressassem na próxima época ao benfica estariam no estágio de evolução em que o Benfica obtém quase sempre os seus jogadores. Ou seja, chegarem já com alguma rodagem e não totalmente virgens.

      Se em relação ao Bernardo eu ainda admito que Jorge Jesus possa achar que não se enquadra no seu sistema tático (o que eu acho provável e legítimo), já em relação a Cancelo, o que Jorge jesus pode ter visto é que mentalmente ainda não estava preparado.


      Mas volto à questão que para mim é a fundamental: Para quê apostar neles se estão a ser vendidos ao fim de 10 jogos? Vale a pena arriscarmos nos erros, na imaturidade, para assim que dão o mínimo sinal de evolução serem enviados lá para fora?!

      Esse é que eu acho ser o grande problema!

      Eliminar
    2. Nunca podem meter Cristante nessa equação. Ele tem todas as características físicas que o jesus aprecia, ao contrario por exemplo do Bernardo. Como ele próprio disse já mais que uma vez "cristante aos 19 é homem feito". Já vi o Jesus justificar assim a menor aposta em portugueses mais do que uma vez e até me lembro de uma entrevista em que disse que os Andres tiveram hipóteses porque eram grandes e fortes. São as ideias dele e temos de respeitar. Não me lembro de ele alguma vez ter contratado um jogador baixo para o meio campo.

      PS: Talisca tb é grande.

      Eliminar
    3. Redmoon,
      Voltemos então ao teu tópico anterior e ao motivo porque concordei contigo:

      - Então não digam que querem apostar na formação!

      Digam assim: para nós formar o Gonçalo Guedes (ou outro qualquer do Seixal) é o mesmo que "polir" o Mukthar, ambos servem o propósito de jogar até poderem render mais que 15M€, porque temos uma gestão financeira muito desequilibrada, muito alavancada em dívida e com credores agora menos disponiveis para a suportar.

      Passaremos a saber que no Seixal não se formam jogadores para a equipa principal do Benfica, mas sim para outras equipas. E que são tão especiais para o Benfica como quaisquer outros de fora.

      O risco disso (e voltando ao meu tópico sobre o Baldé) é que os miudos vão começar a preferir outros clubes para serem formados ou, aproveitar a "onda " do Benfica e depois sairem antes de o Benfica poder ganhar a sua parte.

      Ou seja, o modelo está todo errado... e a comunicação do mesmo, mais ainda.

      Eliminar
    4. No fundo estamos a dizer a mesma coisa com palavras diferentes.

      Mas nao concordo com comparar mukthars a Guedes.

      Ao benfica teem chegado muitos mukthars para a equipa b. Vao exatamente para o mesmo sitio onde andam os putos das camadas jovens e teem de iniciar a escalada a partir dali.

      A maioria nem chega aos A.

      Ao Benfica A, nao me lembro de ter chegado diretamente nenhum jogador contratado a uma equipa B ou junior de nenhum clube.

      Ate o rodrigo foi rodar uma epoca para o bolton

      Eliminar
    5. Concordo com o que foi dito.. mas Benfica by GB se fosse admitido que seria esse o propósito da formação não se venderia mais a 15M mas sim a 5M porque os clubes já sabiam que iríamos ter que vender, como é lógico tem que ser dito que eles vão voltar e vão representar o Benfica, para os outros clubes se os quiserem puxarem pelos €.

      Eliminar
    6. Ou seja, faria ou não todo o sentido apostar nos três principais da formação e... FORMÁ-LOS para ter não 15M mas sim:

      1. Retorno desportivo
      2. Maior retorno financeiro (20,25,30)

      Eliminar
    7. ultraslb... estás a brincar, certo???

      nao gozes com coisas serias.

      Eliminar
    8. Basicamente o Benfica passa para os outros clubes o risco de os integrarem nos campeonatos competitivos. Não é linear que o que agora custa 15M, daqui a 2 ou 3 anos custe mais. Há sempre a hipótese "Paim" ou "Mantorras".

      Mas sendo muito prático, só quando o Benfica estiver disposto a assumir esse risco e a resistir aos "primeiros punhados de euros" é que fará sentido apostar nos miúdos e passar a tirar resultados desportivos da formação.

      Tico

      Eliminar
    9. Concordo mais uma vez com muitas das ideias do Redmoon. Quanto ao Benfica By GB, já sabemos que o que ele pensa sobre a formação é na verdade um dogma, dai não conseguir compreender JJ e acusar que este não coloca os jogadores da formação por simples embirração; quando o que JJ quer e sempre quis foi ganhar como o Redmoon fala, seja com 11 Chineses ou 11 Portigueses.
      Agora é bom não esquecer é que o Bernardo foi vendido por 16 Milhões, que por muito que prometa e promete, ainda nem chegou á selecção A, quanto mais ser titular indiscutível; ou seja, neste momento pagaram por ele, aquilo que pensam que ele possa valer daqui a dois ou três anos, não o que ele realmente vale. O Talisca que no caso é já muito mais jogador, custou 4 M. Já para não falar do jogador que é Salvio e que custou 15 M.
      Em conclusão o que vai acontecer no Benfica é o que aconteceu sempre no Sporting; os jogadores mais talentosos vão acabar por sair mais cedo ou mais tarde; não por uma questão desportiva, mas sim financeira e aqueles que acabarem por dar o salto mais tarde, não é porque o clube quis primeiro retirar rendimento desportivo e depois sim vender... não, o timing de saída terá sempre haver com a tal proposta acima do normal valor de mercado e/ou irrecusável quer no capítulo desportivo, quer financeiro. Agora a gestão e o investimento desse dinheiro é que é a questão essencial nesta equação.
      No caso do Bernardo a sua saída se bem gerida é óptima nos dois sentidos; pois com 16 M por um projecto de grande jogador, quem sabe se o Benfica não irá adquirir por exemplo uns três jogadores tipo Matic 5M + Enzo 5 M + Rodrigo 6 M. Pois é, quando comparamos o que o Benfica vai receber por Bernardo e aquilo que pagou por estes três jogadores é que uma mente mais lúcida percebe que o que está aqui em causa não é a aposta ou não na formação é simplesmente uma equação de gestão desportiva e económica que possa o Benfica a ter equipas altamente competitivas.

      Evidencias

      Eliminar
    10. @redmoom do cristante só podes estar a brincar é que ele era tanto da equipa A italiana como o bernardo é que a diferença entre jogos e minutos é ridiculamente baixa.
      nolito veio da equipa b do barcelona directamente para a equipa principal.
      olha que o mukhtar não acha que vem para a equipa b, alias já fez declarações sobre isso.

      se este treinador tivesse intenção de pegar no cancelo tinha-lhe pegado teve duas épocas para isso, e o maxi tinha-lhe agradecido escusava de acabar as épocas todo roto, não pegou porque não quis.

      Eliminar
  4. Os jovens mais promissores, os que dão nas vistas, os desequilibradores dificilmente chegarão à Equipa principal. Um ano? não torço o nariz. Dois anos, simplesmente não chegarão, não por culpa de treinador A B ou C, ou presidente A B ou C, ou ainda estratégia A B ou C mas porque os principais clubes estão atentos á nossa formação, e basta ver a lista que saiu hoje, somos o 26º clube mais rico do mundo, entre os que estão há nossa frente, "clubes Lim" e alguns outros clubes todos poderão pagar 10 vezes mais que o Benfica, ali logo aos 18/20 anos um contrato de 5 a 6 anos, não há benfiquismo que resista, e o sonho passa imediatamente a ser outro.
    Pergunto qual o salário que de imediato poderíamos "oferecer" aos putos mais promissores de modo a não existir duvidas nas suas mentes, e ou ainda equivalente às ofertas dos clubes pretendentes e em meia dúzia de segundos e aceitem assinar contrato.. Acham que custa muito ao Arsenal oferecer 25 mil libras /semana ao G.Guedes !?
    Por isso concordo o Benfica Made in Benfica é uma utopia, uma quimera benfiquista bacoca, e se do Seixal resultar fontes de receita mérito a quem trabalho na formação do Benfica.
    O Benfica terá um ou outro jogador da formação no seu plantel, mas na linha dos utilitários, como André Almeida, Lindelof, vão a todas, jogam em todas as posições e sabem perfeitamente qual o seu papel no plantel. O sonho em vestir o manto sagrado pertence ou está reservado apenas a este tipo de jogador, ou melhor será mais fácil para este tipo de jogador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidentemente. No Benfica ficarao os utilitarios. Lá para fora irao as peças únicas.

      Uma das melhores escolas de formação, em Lisboa, na Europa, bem ao lado e acessível aos observadores de todos os clubes europeus, a jogar Ligas dos Campeoes para miudos?!

      Tudo o que anda a treinar no Seixal está mais do que escrutinado! E gerir esse facto no plano desportivo é tarefa dificilima.

      Ao Sporting teem sido roubados alguns miudos, e ao Benfica acontecerá o mesmo.

      Basta oferecer-se um emprego jeitoso no estrangeiro aos pais de um qualquer Rony Lopes, para ao abrigo do regulamento de transferencias de jovens, estar permitida a saída de qualquer um destes miudos de um clube como o nosso.

      E que podemos nós fazer? Rigorosamente nada!

      Eliminar
  5. Acho que nesta questão da venda do Bernardo não podemos censurar quem defende a "causa" da razão ou a "causa" da emoção.
    Eu percebo as duas. Aliás, todos percebemos. Há é quem concordo e quem não concorde.
    Como adepto do futebol, obviamente que estou naqueles que gostava de ver o Bernardo Silva festejar títulos atrás de títulos com o Manto Sagrado. Mas percebo também porque o Benfica o vende: 15,75 Milhões de Euros é muito dinheiro. Vejam os valores das transferências realizadas no inicio da época e agora em Janeiro... e tirem conclusões.
    No entanto, esse é que eu acho ser o cerne da questão e, pelo menos até agora, ainda não vi por aí ninguém questionar, dos 140 Milhões de Euros que realizamos em vendas num ano (!), vou repetir outra vez, 140 Milhões de Euros que realizamos em vendas num ano, que impacto é que isso teve nas contas do Benfica.
    Tenho andado fora destas andanças dos blogs, deixei de escrever desde o inicio da época, cinjo-me à minha presença incondicional nas bancadas, mas vou acompanhando por aqui e acolá alguns temas da N/ vida de Benfica. E este, é um deles.
    Por isso, se alguém souber responder, é que era de valor: que impacto é que teve nas contas do Benfica os 140 Milhões de Euros que realizamos em vendas num ano?! One Million Dollar question...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas também sobre isso comentei ontem:

      Embriagam-nos com os milhoes, mas parece quantos mais milhoes entram mais pobres estamos e de mais milhoes precisamos.

      Se dissessem assim: este ano fazemos 100 milhoes em vendas, e nos proximos três so deixaremos sair jogadores pelo valor das clausulas e pagos a pronto, os adeptos compreenderiam. Mas o que veem não é isso. O que os adpetos veem é ser vendido tudo o que mexe.

      Sobre a venda do bernardo, como disse ontem, a venda no plano financeiro é excelente. tal como a do cancelo será.

      Mas desportivamente nao existe benfica made in benfica. Essa é uma falacia do presidente.

      Das duas uma: ou ha benfica made in benfica, ou ha boas vendas de jogadores jovens do benfica. As duas juntas é que nao.

      Eliminar
    2. Rusty Ryan,

      O impacto nas contas foi significativo. O impacto no passivo será reduzido face ao valor do mesmo

      O modelo de negócio do Benfica (bem como no Porto) assenta num profundo desiquilibrio entre os custos e as receitas (sem vendas de jogadores). Esse “buraco” tem de anualmente ser coberto com as vendas de jogadores.
      Exemplificando:
      Custos do Benfica em 2013/2014: 158 milhões de euros

      Receitas:
      Publicidade e patrocínios 19.066.000 €
      Transmissões televisivas 28.136.000 €
      Corporate 8.350.000 €
      Quotizações 3.042.000 €
      Rendas de espaços 2.967.000 €
      Cativos 2.068.000 €
      Bilhetes de época 1.869.000 €
      Titulos Centenarium e Fundador 1.393.000 €
      Outras Prestações de Serviços 1.273.000 €
      Comissões (merchandising) 232.000 €
      Assistência técnica 1.182.000 €
      Royalties (merchandising) 1.400.000 €
      Outros Proveitos Operacionais 2.457.000 €
      Receitas de bilheteira 6.523.000 €
      Receitas Outras Competições 1.219.000 €
      Prémios das competições europeias 22.407.000 €
      Indemnizações de seguros 1.455.000 €

      Total de receitas (antes mais-valias vendas jogadores) : 105 M

      Ou seja: 105-158 = défice de 53 milhões

      Os 140 milhões são valores de venda dizem respeito por um lado a mais de um exercício e por outro lado são valores de vendas e não valores de mais-valias (ou seja aos valores de vendas há que registar os custos não amortizados dos passes).

      Joe

      Eliminar
    3. O milagre financeiro na sua pujança! ó meudezeze...

      Eliminar
  6. Dia 21/01/2015
    Jogo do SLB -> Vieira ausente.

    Dia 22/01/2015
    Conferência de Imprensa do Proença -> Vieira presente

    Estou à espera da justificação do P. Guerra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o Presidente tem um problema na cervical e nao pode apanhar frio... so pode ser isso.

      Nao será pela deslocação (porque viajou ha pouco para cabo verde)

      Eliminar
  7. DEPOIS DO CHEFE DA CAIXA
    TER DITO O QUE DISSE

    EIS :”” Lourenço Pinto, presidente da Associação de Futebol do Porto, considerou, que Cosme Machado, que dirigiu o Sp. Braga-FC Porto, "prejudicou ligeiramente" os dragões””
    EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEH

    ORGANIZEM-SE

    ResponderEliminar
  8. Gostava de perceber essa do é mais fácil ir comprar o Di Maria e pagar um ordenado jeitoso do que ter o Di Maria nos juniores?!! É mais facil gastar milhões numa jovem promessa que tanto pode dar um Di Maria como um Jara?? Os nossos jovens com valor não fogem do SLB, os nossos jovens NÃO são aposta e procuram lugares onde evoluir e possam jogar... porque o actual plantel está completamente lotado de "jovens promessas" de outros lados, muitos de qualidade inferior mas que tem que ficar no plantel porque custaram milhões! Tanto o Bernardo como o Cancelo tinham contratos de longa duração e cláusulas de rescisão altas, por isso não vejo qual a razão para não ser aposta...
    Ass:Luís

    ResponderEliminar
  9. caríssimos eu amo o Benfica e vejo que vocês também, estou a ficar um pouco desiludido, porque as análises que faço não parecem fazer o eco que desejava (levar a trocas de ideias baseadas em factos - não falo deste assunto mas das contas), temo pelo Benfica e o pior é a parte financeira!!, por favor mantenham os olhos abertos, vão às assembleias leiam os R&C, observem o que se está a passar... LFV levou o Alverca à falência não é bom cartão de visita... provavelmente é um dos meus últimos comentários, abraços para todos... já não sou sócio pelo que neste momento é assunto vosso... Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  10. Concordo inteiramente com o post.
    Acrescentava ainda o exemplo que temos aqui ao lado de um clube made in formação, que tanto orgulho lhes dá (e bem) mas que cujos proveitos financeiros e desportivos são patéticos.
    É um exemplo claro de que esse não pode ser o único caminho: comprovadamente não funciona.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que erro de comparação mais absurdo!!!

      Eliminar
  11. O JJ não aposta nos jovens do SLB... Red, ele não aceita ser mandado por ninguem e se o LFV diz que se vai por um lado, ele ira por outro...
    No aceita ser subordinado do Rui Costa... Tentem saber quais os jogadores que ele foi buscar e que deram milhões...

    Com isto, não quero ilibar NINGUEM na estrutura... E é isso entra cada vez mais e estamos cada vez mais na mesma, por isso, so podemos estar a gastar mais...

    Tenho pena que os adeptos não saibam as coisas de uma forma clara... não me venham com R/C que eu sei o que é fazer maquilhagem...

    ResponderEliminar
  12. enquanto quiserem jogar no Benfica só até aos 20 anos qd acaba o contrato não haverá muitos a jogar

    ResponderEliminar
  13. Vejam quantos da formação mundial têm sido por estes valores? Poupem falsos moralistas.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes