O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Avatar

De Trapattoni a Jorge Jesus: O que mudou em dez anos de Benfica

 ●  + 31 comentários  ● 


Tendo ao meu dispor estes dois plantéis, o de 2004/2005 e o de 2014/2015, o meu onze seria (convido cada um a fazer o seu):

1. Quim
2. Miguel (Desculpa Maxi, mas em termos de qualidade, aquele Miguel era fora de série)
3. Fyssas (não era craque, mas pelo menos era defesa esquerdo)
4. Luisão
5. Lisandro (muito longe de me convencer, mas entre Argel, Ricardo Rocha e Jardel, o nível é muito baixo)
6. Petit (Quero acreditar que Samaris ou Cristante lá chegarão, mas de momento, a minha escolha não pode ser outra.
7. Sálvio
8. Enzo Peres
9. Jonas (arrisco neste apesar de ainda ter visto pouco. Mas a concorrência é fraca)
10. Gaitan (que arrasto para esta posição porque para mim Simão não podia ficar de fora)
11. Simão

No banco:

12. Júlio César
13. Maxi Pereira
14. Jardel
15. Manuel Fernandes
16. Talisca
17. Ola John
18. Sokota (o de antes da lesão nas costas)



As MINHAS conclusões:
1. Partindo do princípio que Luisão esteve nos onzes de Trap e de JJ, dos outros 10 inclui 5 do plantel de Trapatoni e 5 do plantel atual. 50% para cada lado.

2. No Banco, apenas 2 não fariam parte do plantel atual.

3. Muitos apontam como lacuna ao plantel de Trapatoni a ausência de banco, não tanto a falta de qualidade do onze. É um facto, tal como para mim também é um facto que o banco do atual Benfica também é fraco, ou pelo menos não tão forte como já foi.

4. O banco de Trapattoni era fraco porque não havia dinheiro para mais. O banco do Benfica de Jesus é fraco porque o dinheiro foi gasto em escolhas que tardam a confirmar o seu valor. E obviamente, pelos bons jogadores que sairam.

5. Em termos de 11, se o de 2005 era limitado e não permitia sonhar alto, o de 2014 também não permite sonhar muito mais alto. Ok, há mais banco, mas não é o banco que nos dará um onze com mais qualidade, talhado para os grandes momentos.

6. De salientar também que os pontos anteriores não servem para desculpar eventuais falhanços para este ano. Este plantel tem obrigação de ser melhor, porque os valores dos passes dos jogadores e a folha salarial de 2014 não se pode comparar a 2004.



Em matéria de análise dos dois treinadores, aponto as seguintes notas:

1. Trapatoni é um Senhor do futebol mundial, treinador consagrado, mas não pelo que fez em Portugal. O que fez em Portugal não tem qualquer expressão no seu curriculum.

2. Jorge Jesus não pode ser nunca um senhor do futebol mundial, porque o seu curriculum só fala português, e a nível europeu nunca conquistou nada. Mas que não fique triste por causa disso, já que não é um título menor deixar o seu nome gravado na história do grande Benfica.

3. Jorge Jesus devia estar na eleição dos 10 melhores do mundo do ano passado? Podia estar, mas não é nenhuma aberração não estar. Ganhar em Portugal conta pouco lá fora. A nível europeu falhou redondamente na maior prova europeia, e na competição da segunda divisão europeia chegou longe mas não levantou o caneco.

4. Jorge Jesus podia estar entre os 10 melhores treinadores do mundo deste momento? Podia estar. Tem valor para lá estar na minha opinião. Mas se quer lá estar, e ser reconhecido por isso... tem de dar cartas na Liga dos Campeões... ou então devia ter aceite treinar o A.C. Milão, e tentar a sorte com um clube com maior relevo no panorama internacional.

5. Trapatoni teria feito melhor do que JJ com o Benfica dos últimos 5 anos? É possível que sim mas também é possível que não. O curriculum de Trap permite todas as conjeturas.

6. Jorge Jesus teria feito melhor que Trapatoni em 2004/2005? É possível que sim também. Trapatoni fez 65 pontos em 102 possíveis. Não há razão para duvidar que com JJ o Benfica não teria também sido campeão mas com mais pontos conquistados.



Numa outra análise, no fundo o ponto a que quero chegar com este texto, e esta baseada na eleição por parte dos leitores do NGB do melhor onze do Benfica desde o ano 2000 (aqui) em Abril de 2013. O onze eleito foi:

1. Enke
2. Maxi
3. Fábio Coentrão
4. Garay
5. David Luís
6. Matic
7. Ramirez
8. João Pinto
9. Cardozo
10. Aimar
11. Simão

Este foi portanto o onze escolhido pelos nossos leitores. Discutível obviamente, deixar de fora nomes como Di Maria, Sálvio, Luisão ou Saviola mas, foi no que deu a votação de todos. E daqui retiro as seguintes conclusões:

1. Trapatoni teve apenas um destes jogadores: Simão;

2. Jorge Jesus teve a maioria mas, em 2014/2015 também só tem um: Maxi Pereira. Os melhores saíram todos;

3. E daqui a conclusão óbvia de que o melhor Benfica não existiu nem em 2004 nem existe agora em 2014. O melhor Benfica existiu no meio, e este Benfica de 2014/2015 é um Benfica já a perder qualidade em relação ao Benfica de outros anos;

4. A maior vítima disto tudo? Será, claro, Jorge Jesus, quem mais? A não ser que de repente, JJ opere um milagre e consiga colocar muita da mediania que treina na Luz neste momento a jogar à bola a um nível que ainda não lhes vi. Para os adeptos o culpado será sempre só um. Até porque a exigência dos adeptos é máxima e sempre comparada ao passado recente. Mas atenção, que se a época em curso correr bem (como acredito), quero ver quem terá coragem para continuar a pôr em causa os méritos do treinador que temos.

5. Jorge Jesus também não pode apenas culpar a Direção pelas saídas e pela pior qualidade dos ovos deste ano. Alguns reforços escolhidos pelo treinador tardam em justificar o que se pagou por eles, e se de facto querias estar entre os 10 melhores do mundo, porque raio recusaste tu o A.C. Milão meu caro George?!


Trapattoni ou Jorge Jesus? Cada um no seu tempo, dois excelentes treinadores da história do Sport Lisboa e Benfica.


P.S. Num dos meus últimos textos escrevi “...Eu, ao contrario de muitos que aqui escrevem, não tenho agenda...” Alguns aproveitaram a dica para ver nisso a confirmação de algo que já pensavam: Que há agenda da parte de quem escreve neste blogue.

Naturalmente não foi nada disso que quis dizer. Nem sequer me referi aos escribas do blogue. Referi-me a TODOS os que aqui escrevem. E também não entendo o termo “agenda” como “encomenda”. “Agenda” para mim é um propósito claro de atacar ou defender SEMPRE a pessoa A ou B, olhando apenas para o lado dos méritos ou dos deméritos dessa mesma pessoa, não vendo a coisa como um todo e assim enviusando a realidade.

A quem imaginou que havia algo mais, lamento desiludir. Neste blogue não há encomendas seja daquilo que for. Concorda-se ou discorda-se do que se lê, mas aqui todos escrevem pela sua cabeça, sem qualquer ambição que vá para além disto.







31 comentários via blogger

  1. Esta análise dá para perceber perfeitamente a quebra de qualidade do nosso plantel. Pode ser que seja um início de um dos famosos ciclos de três anos e que ao longo desse tempo a equipa venha crescendo e conquistando títulos.

    ResponderEliminar
  2. Os tempos mudam e comparar faz pouco sentido, porque o planeta e os espermatozoides estao sempre em movimento.
    Comparar pode ser bom para tirar ilacoes e ver onde falhamos para nao nao se cometer os mesmos erros.
    Saudosismo? Mudem para a Rtp memorias e vao ver o Duarte e Companhia.

    ResponderEliminar
  3. Li até ao primeiro suplente do seu onze, onde menciona Julio Cesar...como colocar num 11 ideal um jogador que no Benfica ainda nada provou...a não ser lesões. (não me estou a referir ao que fez no passado, falo do presente, pois no Benfica ainda não provou nada!!! Artur pode estar em baixa forma, mas foi com ele que fomos ás finais europeias (independentemente de o Oblak ter depois feito uns jogos), foi com ele que ganhamos o campeonato, a taça de portugal e a super taça... ) Pergunto, o que é que Julio Cesar ja contribuiu para o SLB?!

    Não leio o resto porque perdi o interesse , porque isto chama-se ter memória curta...ingratidão com um jogador. Não leio o resto porque estes exercícios são ridículos. Os tempos mudaram, a economia mudou... o futebol mudou!

    E tbm não cito o meu onze entre os jogadores que pelo GRANDE passaram e os que por cá estão, porque o 11 que realmente me interessa é o de hoje. Aquele 11 que eu espero que entre em campo e dignifique a camisola do ENORME, com uma vitória.

    DH

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem nao leu acabaste por responder muito.

      Eliminar
    2. O JJ pode ser sempre um senhor do futebol mundial com um curriculo so e exclusivamente em portugues.
      Basta ganhar 2 ou 3 champions leagues seguidas,certo?
      Entao....nao o facas mais pequeno,porque ele pode ser maior do pensas :)
      No estrangeiro gostam e apreciam mais o trabalho dele do que todos os blogistas do NGB.
      Pena...

      Eliminar
  4. A melhor equipa do tempo de jesus

    Oblack
    Maxi
    Luisão
    Garay
    Coentrão
    Matick
    Witsel
    Ramirez
    Di Maria
    Aimar
    Cardoso

    Equipa alternativa
    Julio Cesar
    Silvio
    David Luis
    Javi Garcia
    Eliseu
    Fedja
    Enzo
    Salvio
    Gaitan
    Markovic
    Rodrigo

    Se fosse possivel ir mais meia duzia de anos atrás
    entravam:
    Simão, Katsuranis, Micolli, Mantorras, Reys, Suazo

    ResponderEliminar
  5. Redmon,

    Muito Bom Post!
    Concordar ou discordar com o conteúdo é outra coisa. Concordo com a maioria tenho uma visão difentes em alguns aspectos.
    Agora acima de tudo o que gosto de ver é coerência e essa é evidente.
    Saudações Benfiquistas.
    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. É o que se tenta: ser coerente. O concordar ou discordar vem a seguir :))

      Eliminar
  6. Sobre o cumulo do ridiculo:
    - Um golo em fora de jogo foi bem anulado pelo arbitro auxiliar, como mostram as imagens televisivas e o presidente e treinador da equipa adversária confirmam.
    O dialogo abaixo mostra como isto funciona.
    Curioso: Então onde é que está o problema?
    Jornalista: Bom, é que o arbitro decidiu bem mas estava mal posicionado no campo!
    Curioso: Então mas há regras para o psicionamente do arbitro auxiliar?
    Jornalista: Na realidade não. Agora era desejável que estivesse mais à frente.
    Curioso: Mas o importante não é que as regras do jogo sejam cumpridas?
    Jornalista: Sim. Não. Quer dizer, o arbitro auxiliar estava mal posicionado e por isso não poderia ter acertado na decisão!
    Curioso: Então está a dizer que o arbitro auxiliar acertou na decisão?
    Jornalista: Sim, e ai é que está o problema. Percebe?
    Curioso: Eu não, cada vez estou mais confuso. Mas já agora diga-me viu o jogo Braga Benfica?
    Jornalista: Claro. Ora aí está um jogo memorável e uma arbitragem fantástica. Tão boa que nenhum jornalista falou sobre ela toda a semana. Até o arbitro era mais simpático - ria-se por tudo e por nada!
    Curioso: Ora bolas, mas não ouve um pontapé de um jogador do Braga na cara de um jogador do Benfica? E segundo as leis do jogo isso merece expulsão?
    Jornalista: Sim, mas o arbitro teve que decidir naquele momento e sabe como é!
    Curioso: E não houve um jogador do Braga que impediu Gaitan de jogar a bola dentro da área? Segundo as leis do jogo isso é penalty, certo?
    Jornalista: ser penalty é, mas sabe o arbitro estava em cima do lance e teve que decidir naquele momento e é assim ...
    Curioso: Então diga-me aquela agressão do Ruben Micael merece expulsão? E o arbitro viu?
    Jornalista: O arbitro teve que decidir naquele momento e sabe como é não quis estragar o jogo (ao braga)!
    Curioso: Então e o Danilo que fez faltas merecedores de amarelo antes de receber o amarelo parando um jogada de contra-ataque do Benfica?
    Jornalista. Sabe o arbitro teve um critério largo!
    Curioso: Para o Samaris?
    Jornalista: Não para o Samaris teve um critério apertado. É o critério do arbitro.
    Curioso: Mas está a dizer que o arbitro teve diferentes critérios e que Samaris viu um mal um amarelo?
    Jornalista: Sabe os critérios .. são os critérios. Quanto ao amarelo, na realidade o Samaris não cometeu qualquer falta, mas o arbitro teve que decidir naquele momento e sabe como é!
    Jornalista: Já agora digo-lhe o arbitro só falhou foi num golo mal anulado ao Braga!
    Curioso: Como assim, então o lance não começa com um fora de jogo?
    Jornalista: Sim, estava fora de jogo, Agora o arbitro auxiliar que estava bem posicionado teve que decidir naquele momento e sabe como é! Agora quando o jogador do Braga marca golo é que não se compreende como é que aquela fala pode acontecer, percebe?
    Curioso: Sim. Percebo que o arbitro auxiliar teve uma fala grave ao não assinalar fora de jogo no inicio da jogada e depois falhou novamente na continuação da jogada.
    Jornalista: Nada disso, Pense apenas na parte final da jogada. O resto não interessa, porque o arbitro auxiliar estava bem posicionado!!
    Curioso: Será que podemos concluir que o Benfica foi prejudicado em Braga?
    Jornalista: Não, de forma nenhuma. Imagine que expulsavam jogadores do Braga ou marcavam penalties - o jogo ficava estragado, assim foram só os jogadores do Benfica que ficaram lesionados.
    Curioso: Então e o Rio Ave?
    Jornalista: O Rio Ave é que foi prejudicado na Luz, porque não assinalar um golo contra o Benfica quando o avançado está em fora de jogo é algo incompreensível!
    Pedro R.

    ResponderEliminar
  7. Depois do que se viu hoje nas tvs sobre o fora de jogo
    do Benfica-Rio Ave, eu se fosse o fiscal colocava em tribunal
    o sr Alguidar.
    É inaceitável que se diga claramente que o fiscal teve a intenção
    de favorecer o Benfica

    Isso é um problema do sr fiscal de linha

    mas nós não podemos deixar de colocar meia dúzia de perguntas
    ao sr Alguidar. Considerando as criticas feitas a um fiscal
    que ACERTOU, que criticas faz este senhor
    :
    -a quem em 1994/95 anulou num Porto-Benfica um golo na própria baliza
    feito por um jogador portista?
    -a quem ainda no mesmo jogo permitiu que vitor baia tivesse defendido fora da área
    com as mãos e nada ter sido assinalado?
    -A uma equipa correr atrás de José Pratas?
    -ao kostadinov ter dado uma peitada num fiscal?
    -Ao apintador que em Paços marcou um penalty
    não existente, FORA da área?

    a estes de que acusa o sr Alguidar?????
    é que estes erraram mesmo de forma escandalosa

    o outro não
    o outro acertou

    ResponderEliminar
  8. Carlos Almeida04/11/14, 03:43

    Exercício ridículo. Esqueceste-te foi de comparar as condições monetárias e meios que um e outro tiveram. O 'Catedrático', não tem desculpa e vai para o 6º ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se antes de dares logo à caneta, lesses pelo menos o texto, verias que a critica qie apontas ao aspeto monetario esta la...

      Eliminar
  9. 1.3- poucos discordam do que dizes neste ponto onde não concordamos é que os não titulares deste ano sendo mais fracos que em anos anteriores mesmo assim continua a ser mais forte que os de trapattoni é só la ires ver os nomes alguns da qualidade do luis filipe que não ficou no plantel, depois tiras a este plantel três jogadores que embora lesionados fazem parte dele e também contam.
    2.4- todos os treinadores vieram dos quatro grandes campeonatos ou do mundial nem o campeão francês que fez uma liga dos campeões boa lá esta, é mais uma das manias de grandeza não basta acharmos que somos dos melhores do mundo para de facto o sermos.
    3.5- muito da culpa é do treinador que tem a mania que só ele é que sabe e os outros são uns tapados só assim se explica que grande parte dos jogadores, neste momento é quase metade da equipa, não estão a jogar nas posições que se sentem mais confortáveis e que tem mais rotinas e por isso demoram muito mais a demonstrarem o seu valor.

    ResponderEliminar
  10. WTF???
    Isto quando o teu Tico e o Teco se aborrecem da nisto....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que resposta mais construtiva e que rebate todos os aspectos falados no artigo. Haja paciência.

      Eliminar
  11. Li este teu post depois de ir buscar as pipocas.......fartei-me de rir.

    Comparar um plantel de fim de epoca com um de inicio é um fartote de rir.

    Miguel nem como homem chega as calcanhares do Maxi, fara como jogador. Era tao craque q se enterrou em espanha e nunca mais se interessaram dele.......o homem era bom era nas saidas das discotecas, nisso sim era noticia.

    Quim ???? Ja nem me lembrava desse anao.......hahahaha......depois de ver Enke e Oblak era normal me ter esquecido do Quim......foi dispensado de tao bom q era.......

    Petit ??? Canela até ao pescoço ? Acho q Matic deixava-o numa sombra........longe bem longe. Ja o Javi era melhor q o Petit.

    Haaaaa mas tem q se comparar com os q la estao agora, antes do toque de midas do JJ, por esse principio o Enzo era uma nodoa, pq chegou pra extremo direito, foi emprestado, e era tao fraco q qd voltou compramos o Salvio. O Matic era um numero 10 mediano, qd saiu o Javi todos meteram as maos a cabeça q nao tinhamos ninguem pro lugar.

    Ja tas recomposto do Talisca ? Ja nao te causa suores frios qd ele jornada apos jornada marca q se farta ? Continua a ser o flop q dizias ?

    Como ja te disse, do plantel do Trap, NENHUM calcaria, até descaiste o Gaitan pra numero 10 pra caber o Simao senao nem esse, e é por carinho pelo jogador, pq o Gaitan é muito superior como acabas por confessar.

    Deixa acabar a epoca e volta a debroçar-te sobre esse assunto, veremos qts do Trap colocas.........do plantel do ano passado colocas ZERO !!!!! A mediocridade era tao grande nessa altura q qualquer coxo era visto como jogador de qualidade, se chegasse hoje era um chorrilho de posts a dizer q se continua a comprar toscos depois de ter craques na formaçao.......haja coerencia.......

    Nelson.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caso não tenhas percebido, o que é pretendido é comparar o melhor 11 entre o plantel da época de 2004/05 e o actual... Como tal não atires nomes à balda como Matic, Javi, Oblak; Enke... Em relação ao Miguel, concordo contigo que como pessoa deixa um bocado a desejar, mas como jogador e se ele ainda apresentasse a mesma qualidade de 2004/2005 metia o melhor Maxi num bolso pequenino!
      ASS: Luís

      Eliminar
    2. Foram as pipocas que estavam estragadas! lol

      Eliminar
  12. Relativamente aos 18, concordo com tudo excepto com o 18º. No lugar do Sokota (antes ou depois das lesões nas costas) colocava o Mantorras. O Mantorras fazia mais quando saía para o aquecimento do que o Sokota dentro do campo e nada tem a ver com a qualidade ou não do Sokota.

    ResponderEliminar
  13. Quim na baliza?!?! Acho que nem merece comentários...

    ResponderEliminar
  14. Sinceramente ultrapassa-me qual a necessidade de estarmos nestes exercícios intelectuais. O Jorge Jesus é o nosso treinador. E a menos que se preconize uma chicotada psicológica, mudando de treinador apenas porque "só vamos em primeiro no campeonato", não percebo estes posts, ainda por cima do único escriba deste blogue sem agenda. Apenas um reparo quando dizes "…e na competição da segunda divisão europeia chegou longe mas não levantou o caneco." Como? E a forma como foi arbitrada a final de Turim não entra na equação? Eu admito que haja quem não goste de JJ, quem confunda a sua autoconfiança com arrogância, o saber exatamente aquilo que pretende para a equipa com teimosia, enfim, uma série de equívocos que se fazem com o nosso treinador. O que não compreendo é como haja benfiquistas que em certos momentos, especialmente quando chega a hora de bater no ceguinho, se esqueçam destes «pormenores» que fazem toda a diferença. É o mesmo que criticar JJ por ter perdido em Braga, depois da vergonha de arbitragem a que assistimos. E com isto não quero dizer que Jesus não se engana e não comete erros. Claro que sim! Mas dizer que perdeu a final da Liga Europa e não dizer que houve, pelo menos, dois penalties que não foram assinalados é enviesar a discussão. Aliás, com JJ e LFV é sempre assim: critica-se os erros e nunca se enaltecem as virtudes. E depois os outros é que são carneiros. Esta crítica nem é tanto para o Redmoon, com o qual estou muitas vezes de acordo, mas em vez de posts destes preferia um alerta aos benfiquistas em como a questão do fora de jogo bem tirado ao Rio Ave está a ser tratada pela CS, ao ponto de criticar o fiscal de linha por ter acertado na decisão. Estes ataques constantes ao SLB é que têm que ser desmascarados! Agora o Trapattoni? Eh pá, isso não foi há dez anos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dr. Ghozé Pablito, tirando o nome dos autores do blogue, não costumo fixar o nome dos restantes escribas, mas o teu nome é um dos que fixei, porque acho que tens sempre opiniões bastante coerentes e sensatas, como neste caso. Posto isto, optei por responder a este post, neste teu comentário, para dizer que concordo com quase tudo o que escreveste, mas eu incluo-me naqueles que confundo mesmo a autoconfiança do JJ com arrogância, e a teimosia com o que é melhor para a equipa. Para mim, são defeitos que ele ainda não corrigiu, e vou continuar a manter essa ideia (ou confusão). Mas apesar de achar isso, ele é o nosso treinador e reconheço que o melhor futebol que o Benfica praticou nos últimos 10 anos anos foi com o JJ. Tal com ele disse, o Benfica passou a jogar o dobro. Estes atributos (ou defeitos, na minha opinião) que enumeraste, são partilhados pelo Mourinho, mas neste caso toda a gente consideram que eles são indicadores de uma personalidade forte e de um grande saber futebolistico.

      Quanto ao post em si, até acho que serve para desanuviar um bocado, de tanta aliança (ou falta dela), Apenas tocava a posição do Julio Cesar e do Quim, e substituia o Talisca o Jonas e o Ola pelo Zahovic, pelo Nuno Gomes e pelo Geovanni... O Mantorras sem lesões teria lugar na equipa titular, mas na altura do Trapp já era um jogador debilitado.

      Um abraço

      VR

      Eliminar
    2. VR, obrigado pela deferência e fico-me por aqui para não virem dizer que somos a mesma pessoa a comentar e a concordar com ela própria :-). Também já notei comentários teus que em geral gosto, mesmo não concordando por vezes. Respeito a tua opinião sobre o JJ, pois a expões abertamente sem segundas intenções, que é isto que me irrita nos nossos consócios. Resta-me só acrescentar que o futebol mudou bastante nestes dez anos, pelo que quaisquer comparações que fizermos serão sempre desequilibradas.

      Um abraço e parabéns ao Benfica pela vitória desta noite!

      Eliminar
  15. Para mim o 11 seria: Quim; Miguel, Luisão, Jardel, Dos Santos; Petit, Enzo, Simão, Gaitan, Sálvio; Jonas
    Ass: Luís

    ResponderEliminar
  16. O futebol praticado pelo Benfica à época do Giovanni Trapattoni, deixou-me tantas saudades como o praticado no tempo dos Souness, Manuel José ,Paulo Autouri, and so ..., ou seja uma valente merda !
    Para falarmos de futebol à séria, temos que nos transportar aos tempos do Signori Gutmann, do Fernando Riera, do. Jimmy Hagan ,do John Mortimore, do Sven-Goran Eriksonn, os restantes passaram e cumpriram os serviços minimos ...

    Porteiro do Inferno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo......mas pelos vistos ha quem ache q na altura é q tinhamos planteis de qualidade......

      Eliminar
    2. Pra mim o 11 seria,

      Moreira (formaçao)
      Amoreirinha
      Alcides
      André Luis
      Ricardo Rocha
      Bruno Aguiar
      Paulo Almeida
      Everson
      Carlitos
      Delibasic
      Karadas

      Karadas de toscos !!!!!

      Nelson.

      Eliminar
  17. Só um reparo: Dos Santos foi o defesa titular no ano do trap. :P

    ResponderEliminar
  18. Do Jorge Jesus só tenho duas coisas a assinalar. 2 campeonatos em 5 anos. Facto. 1 apuramento para oitavos de final na Liga dos CAMPEÕES em 5 anos. Facto. Tudo o resto é conversa para encher chouriços.

    ResponderEliminar
  19. Caro Luis,

    Eu sabia q eram precisas as pipocas, aparece sempre alguem pra animar isto !!!

    Os gato fedorento eram uns meninos ao lado do caro.

    Realmente nao percebi o comparativo, por isso me referi 2x ao facto de ser um absurdo comparar um plantel de fim de epoca com um plantel de inicio........tb referi q outros jogadores q sairam como craques, chegaram pela porta pequena e nao davam nada por eles, tal como os q agora fazem parte do plantel.

    Qd o caro aprender a ler vai perceber, até la vou reforçando a dose de pipocas pra ir assistindo ao espetaculo comico !!!!

    Tem sido um rebolar !

    Caro Redmoon, qd o tico encontrar o teco, vamos por aqui ler topicos q demonstram algum raciocinio.......até la, come-se pipocas !

    Nelson.

    ResponderEliminar
  20. De 2000 até agora, o meu onze seria:
    - Enke
    - Maxi
    - Luisao
    - Garay
    - Fabio Coentrao
    - Matic
    - Enzo
    - Di Maria
    - Simao
    - Aimar
    - Cardozo

    Onze alternativo:
    - Quim/Moreira (no tempo do Camacho esteve muito bem)
    - Miguel
    - David Luiz
    - Ricardo Rocha (muito caceteiro, mas muita garra)
    - Léo (não acredito que ninguém fale dele)
    - Petit (fiquei indeciso em colocar na equipa inicial)
    - Katsouranis
    - Salvio
    - Gaitan
    - Saviola
    - Miccoli/Rodrigo

    Menções honrosas para Lima, Siqueira, Oblak, Geovanni, Nuno Gomes (estranho estar aqui??!!), Manuel Fernandes,
    Rui Costa (ainda deu uma perninha), Mantorras (aquela empatia que ninguém entendia), Tiago(não é o Bébé, mas sim o do Atletico de Madrid) e ... de repente não me lembro de mais ninguém.

    Em relação a esta época, temos jogadores que precisam de tempo para se adaptar ao sistema, mas principalmente, que quem está á frente saia do clube. Estou a falar do Enzo, por exemplo, para que Samaris, Pizzi, mas principalmente, Cristante, comecem a aparecer. É um jogador tremendo, acreditem no que digo. Samaris é bom, mas não é o Enzo e por isso a equipa vai ter de jogar de outra forma. Pizzi também está a preparar-se bem, mas mais para a posição que o Talisca (sairá em Janeiro?) ocupa neste momento. E depois tens outros que podem aparecer: Tiago, Olá John, Fejsa, Jonas. Estão a comparar esta equipa com a equipa do ano passado em final de época!! Assim é injusto, comparem antes esta equipa com a do ano passado na mesma altura: na champions tínhamos os mesmos pontos que agora (salvo erro), estávamos dependentes dos golos do cardozo (jogo do sporting para a taça!), rodrigo ainda não aparecia, markovic "só" tinha feito aquele golo aos lagartos, matic não queria jogar, Oblak não era o guarda redes, Siqueira não acertava nas marcações, Djuricic (jogador incompreendido por JJ ou o inverso),enfim... Este ano JJ tem mais jogadores que impliquem mais trabalho de adaptação á estratégia da equipa, tem mais lesões (Fejsa, Amorim e Ola John fazem muita falta), Jardel não convence(só ao JJ apenas, Lisandro é melhor e vai ser muito melhor acreditem), Lima não marca (renovação de contrato?), JJ ainda não consegue aproveitar o potencial de jogo do Talisca (" só" marca golos, mas fora isso não faz mais nada e ele não é ponta de lança).

    Temos na mesma uma equipa e um plantel forte, são eles que têm de se convencer que são fortes e que não estão fracos, Lima tem de tirar o peso de que tem de marcar golos, fazerem a vontade ao Enzo (sair), dar confiança ao Samaris, Cristante, Pizzi, Tiago, Gonçalo Guedes, voltar Fejsa e Amorim (urgente)... ah, e o Jonas jogar.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes