O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Avatar

Benfica... Porto... Corrupção... Os últimos 20 anos... Uma reflexão

 ●  + 50 comentários  ● 
Eu não cresci com um Benfica ganhador e dominador... Eu não sou Benfiquista por culpa de dezenas de vitórias a que tenha assistido... Eu comecei a apreciar futebol na década de 80, altura em que Benfica e Porto dominavam e repartiam os títulos do futebol português... 

O princípio dos anos 90 teve ainda résteas de um Benfica forte, que se esfumou em 1993/1994 com o nosso título de campeão nacional, obra de João Vieira Pinto, numa altura em que o Benfica revelava já muitas fragilidades e a queda se anunciava próxima.

Nos 15 anos seguintes, assisti a um Benfica fraco, a um Porto bastante mais forte, ajudado por sinais evidentes de corrupção. Hoje é fácil falar no apito dourado, mas quem se lembrar mais para trás lembra-se seguramente de um famoso programa televisivo chamado “Os Donos da Bola”, que quase todas as semanas trazia à baila o nome FCPorto associado a muitas jogadas escuras que à imprensa da época ainda era permitido publicitar, e que Pôncio Monteiro se via às aranhas para refutar.

Por isso, quando o apito dourado explodiu, não foi surpresa para mim nem para ninguém. Mas nunca me agarrei demasiado a isso. Aos meus olhos, aquela década de 90 e primeira metade da década 2000, podia ser marcada por corrupção e campeonatos azuis garantidos à partida. Mas foram também anos de um Benfica demasiado fraco, vulgar, perdido, a dar tiros nos pés todos os anos, a nunca acabar a menos de 15 pontos do primeiro... O Porto podia ter os campeonatos “apalavrados” à partida, mas com ou sem corrupção, nunca nesses tempos o Benfica se pode desculpar com a corrupção para o facto de nunca ou quase nunca ter conseguido ser campeão.

Eu sei que há muitos benfiquistas que preferem sempre olhar para fora e não para dentro. Há benfiquistas que preferem sempre olhar para os pecados alheios para desculpar as nossas falhas. Há benfiquistas para quem a nossa caminhada no deserto nunca foi demérito nosso mas sim culpa de toda a gente que fez tudo para nos lixar. Bem, eu não penso assim... Em primeiro lugar é preciso sermos competentes naquilo que fazemos, e depois sim, podemos reclamar pelas injustiças que nos são feitas.

Acho que hoje, finalmente, voltámos a ser um Benfica mais competente (ainda que não perfeito). Com um bom treinador, com uma academia do melhor que há no mundo, com Rui Costa como cabeça de uma equipa de prospeção que tem sido capaz de descobrir talento por esse mundo fora, e com um presidente que tem sido capaz de criar condições financeiras para que jogadores de qualidade possam chegar à Luz.

E quando há competência a corrupção pode continuar a tentar jogar a sua parte, mas estaremos sempre mais próximos do sucesso, aliás, como se tem verificado nos últimos anos.

Também não faço parte do grupo dos que, sempre que olham os nossos adversários, só vêm as coisas más, incapazes de ver também o que fazem de bem, e que justifica TAMBÉM grande parte do sucesso que as suas equipas conseguem ter.

Por exemplo, eu discordo totalmente, daqueles que dizem que  o campeonato português está cheio de ex-treinadores do FCPorto, por tudo isto ser uma manobra do sistema e o FCPorto tenha com as equipas treinadas por ex-portistas vários pontos garantidos logo à partida.

Se na altura fui lendo quem isso insinuava e desconfiei do que lia, o que tenho vindo a verificar mostra-me que não, a história não mostra isso. Pedro Emanuel por exemplo é responsável por muitos pontos tirados ao FCPorto nos últimos anos, incluindo até eliminações de Taça de Portugal. Sérgio Conceição na última semana, mostrou que apesar de ex-jogador do FCPorto, não teve medo de dizer com todas as letras que o Braga não pontuou no Dragão porque não deixaram. E jogou para ganhar! E mais, nunca vi nenhum desses supostos treinadores do sistema e ex-jogadores do FCP chegar a treinador do FCP.

E já nem vou por aí. Quem já jogou à bola e partilhou balneários durante 30 jogos por ano, sabe perfeitamente que no dia em que um treinador chegar ao balneário e pedir aos seus jogadores para facilitarem certo jogo, não mais esse treinador terá qualquer hipótese de ter os jogadores do seu lado. Finito! Isto para além do risco óbvio de haver no plantel um jogador com coluna vertebral, alguém mais caladinho que não se vende, e sem pejo em denunciar nos jornais as maroscas que se cozinham.

Porquê então tantos treinadores na Liga Portuguesa ex-jogadores do FCPorto? No meu entender, porque um dos méritos do FCPorto durante muitos anos foi saber escolher para os seus planteis, jogadores de futebol com personalidade. Verdadeiros líderes. Não bastava ser bom jogador.

Quem se lembra de elementos como Jorge Costa, Fernando Couto, Sérgio Conceição, Pepe, Costinha, Lucho, Paulinho Santos, Lizandro, Fernando, Nuno Espírito Santo, Bruno Alves ou Pedro Emanuel, reconhece que para além de jogadores de futebol, houve a intenção de recrutar verdadeiros líderes, homens de luta e sem medo da linha da frente, homens de canela até ao pescoço!

E isto da liderança, num campo de futebol joga muitas vezes a sua parte. Não me custa reconhecer, que muitos dos Benfica X Porto jogados nessas décadas de 90 e 2000 (e alguns ainda hoje), foram vencidos inquestionavelmente por questões anímicas, uma crença que os jogadores do FCPorto carregavam para dentro do campo e que os do Benfica muitas vezes não tinham, como se entrassem em campo já derrotados e dele saíssem muitas vezes sem ter sequer entrado no jogo.

O Benfica perdia, não APENAS por causa da corrupção, não apenas por aspetos tácticos e técnicos, mas porque a parte anímica da equipa do FCPorto fazia a diferença, e nos jogos a doer, nos jogos de homens eles diziam sempre presente! E os nossos não.

Não tenho dúvida por isso que muitos Presidentes de clubes portugueses apostaram nessa irreverência e força mental de alguns ex-jogadores do FCporto, como solução para os problemas das suas equipas. Apostaram na força mental que lhes reconheciam em detrimento do brilhantismo tático, acreditando que uma equipa guerreira e forte psicologicamente pode vencer qualquer batalha. Uma estratégia como qualquer outra.

Ao Benfica de hoje, reconheço bons jogadores com uma personalidade forte também. Jogadores como Luisão, Enzo, Maxi, Cardozo, Di Maria, Javi Garcia, Gaitan, Matic, são, não só bons jogadores de futebol mas jogadores para não se intimidarem em ambiente nenhum.

Quando vejo Jorge Jesus pedir a Jardel para jogar com uma cabeça partida ou Júlio César jogar com um traumatismo craniano, isto são casos extremos e obviamente casos sensíveis e discutíveis, mas faz parte de uma mentalidade que Jorge Jesus percebe ser essencial numa equipa de futebol, mentalidade essa que durante muitos anos me pareceu arredada da Luz. Havia alguns bons jogadores, mas não jogadores dos grandes momentos, não jogadores dispostos a morrer em campo!

Há corrupção no futebol português? Evidentemente que sim e só um cego pode acreditar no contrário. Mas hoje é mais difícil ao FCPorto ganhar apenas por causa disso, porque o Benfica foi capaz de igualar os corruptos numa série de outros atributos que uma equipa de futebol também precisa de ter.

Curiosamente, se me pedissem hoje para elaborar um critério de escolha de um jogador de futebol, acho que a parte técnica viria em último lugar:

Em primeiro, a mental;
Em segundo, a física;
Em terceiro a tática;
Em quarto, a técnica. Acho que é assim no futebol moderno.

Nos tempos do Sabry e do Roger é que a técnica vinha primeiro, esse era, aliás, quase o único critério, sinal evidente de um mundo ilusório em que o Benfica vivia!

Felizmente para todos, o Benfica de hoje está muito mais perto daquilo que idealmente deve ser uma equipa de futebol profissional, com defeitos evidentemente, com erros que volta e meia vamos lembrando, mas dificilmente o FCPorto voltará, com ou sem corrupção, a ter no futebol português a hegemonia que teve há 10 ou 15 anos atrás!


50 comentários via blogger

  1. Identifico-me com muito do que está escrito neste post! Os dois últimos parágrafos então, são do mais verdadeiro k existe!!!

    ResponderEliminar
  2. conseguimos perceber o quanto percebes de futebol quando em segundo lugar nos critérios de escolha para um jogador de futebol está a vertente física.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, porque só tu para não perceberes que sem componente física (especialmente num grande clube que joga duas vezes por semana), de nada vale seres muito bom em todas as outras.

      De facto, a parte fisica conta para pouco. Aliás, eu quando vejo o Cristiano Ronaldo marcar golos de cabeça a 1.5 metros do chão, percebo logo que o Ronaldo é só tecnica e que o trabalho fisico ali é muito pouco.

      Eliminar
  3. "Pedro Emanuel por exemplo é responsável por muitos pontos tirados ao FCPorto nos últimos anos"

    Diga lá quais, que não estou bem a ver.

    Ainda no último jogo o autocarro do Arouca obrigou o Benfica a correr o jogo todo. Será que os corruptos vão ter que se esforçar?

    Na época passada o Arouca tirou 2 pontos ao Benfica, 0 aos corruptos.
    Na época 2012/2013, a Académica tirou 2 pontos ao Benfica, e o autocarro na Luz custou uma brutalidade de esforço a tirar da frente. Aos corruptos tiraram 0 pontos, e poucas semanas depois do jogo da Luz, aos 15 minutos com os corruptos já tinham aberto as perninhas.
    Na época 2011/2012 tirou 2 pontos a cada.

    Em 3 épocas o Benfica perdeu 6 pontos com equipas do Pedro Emanuel, os corruptos perderam 2. O Benfica, das vezes que ganhou, foi com um esforço gigante, os corruptos foi um passeio.

    O argumento do texto pode ser válido para o Sérgio Conceição. Até mesmo para o Domingos. Com o Pedro Emanuel não pega, ele é azul e bronco até ao tutano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um exemplo perfeito de memória selectiva.

      Mas não, não me vou dar ao trabalho de aqui por os jogos em que Pedro Emanuel roubou pontos ao Porto.

      Não vou, porque também tu os terias encontrado facilmente, se os procurasses com a mesma sapiencia com que procuraste o contrario.

      Ou vai dizer que nao te lembras do Academica 3 X Porto 0 para a taça de Portugal?! Sabes quem era o treinador? Pois!!

      Eliminar
  4. Lembro-me de um treinador do hoquei do Benfica ter dito há uns anos algo como "enquanto os jogadores do Benfica não puserem o stick onde os do Porto não têm medo de por a cabeça não havemos de ganhar", e tem muito a ver com essa atitude e alma. Mesmo descontando todos os casos de corrupção, só quando alterámos essa forma de estar é que se conseguiram coisas como ganhar no dragão a taça dos campeões de hoquei.

    ResponderEliminar
  5. Pontos em comum com o teu post:
    1.Eu não cresci com um Benfica ganhador e dominador... Eu comecei a apreciar futebol na década de 80, altura em que Benfica e Porto dominavam... O princípio dos anos 90 teve ainda um Benfica forte, que se esfumou em 1993/1994 ;
    2.quando o apito dourado explodiu, não foi surpresa para mim;
    3.Em primeiro lugar é preciso sermos competentes naquilo que fazemos, e depois sim, podemos reclamar pelas injustiças que nos são feitas.
    4.Acho que hoje, finalmente, voltámos a ser um Benfica mais competente (ainda que não perfeito).
    5.critério de escolha de um jogador de futebol:
    6,dificilmente o FCPorto voltará, com ou sem corrupção, a ter no futebol português a hegemonia que teve há 10 ou 15 anos atrás!

    Agora discordo por completo:
    1.um dos méritos do FCPorto durante muitos anos foi saber escolher quase sempre para os seus planteis, jogadores de futebol com personalidade. Verdadeiros líderes.
    Nós desde 94 a 2004 tivemos muita merda nos nossos plantéis, mas tivemos grandes jogadores, assim como o Porto, assim por alto, olha esta merda azul bandeirinha,baroni,walter paz, mandla zwane, ntsunda, eriksson, lino, matias, lula,j.m.pinto, mielcarski, lipscei, bino, costa, quinzinho, vinha, wozniak , diaz, buturovic, wetl ,barroso, romeu pitbull, rui correia, costinha(gr),pedro Henriques,neves, gaspar, chippo, peixe, kralj, Panduru, c.manuel, areias, postiga, h.almeida, maciel, marco ferreira, mário silva, ákros,quintana,pedro espinha,duda, caju, Rodolfo,ricardo silva, rubens junior,alessandro,leo lima, candido costa, maganga,pizzi, maric, pena ( até chegou a ser o melhor marcador do campeonato),ibarra, soderstroom, esnaider,kaviedes, ivanildo, Leandro bonfin, bruno gama,bruno moraes e mais muitos mais que a memoria já não é a mesma... eles falham tanto ou mais que nós, no entanto tudo isto é camuflado com vitórias corruptas.
    Verdadeiros lideres como apontaste,( j.costa e p.santos), não fazem o que faziam estes dois, todos os jogos ,e sempre escapavam impunes, é só consultar o youtube, com árbitros a fugir, jogadores adversários a sangrar ( à grande Acosta). Será que essa mentalidade e força mental não vinha da amarelinha do póvoas? Não eram homens da canela ao pescoço, davam porrada da canela até ao pescoço, sempre com a conivência dos três de preto, é diferente.
    Olhavas para a tua casa, não era perfeita, a dos outros também não o era, a diferença estava quase sempre nas encomendas feitas aos três macacos de preto, golos anulados de meio campo, penaltys fora da área, a área do baia era enorme, abdómens transformados em braços etc etc, A cosmos liderava o mercado, e ainda hoje trata das viagens da federação, somos contemporâneos não preciso de alongar-me. Terminar a 15 pontos é uma mistura da nossa incompetência com o desanimo normal com o decorrer da época.
    Ressalvo, estávamos uma merda, todos os anos era uma penitência pós 93/94, mas os outros merda estavam, dominavam nas trevas, as coisinhas que se sabe do apito dourado fizeram muita diferença, caso contrário poderíamos ter mais algumas supertaças e um ou outro campeonato.
    2.O Benfica perdia, não APENAS por causa da corrupção, não apenas por certos jogadores do rival terem talento, mas porque a parte anímica da equipa do FCPorto fazia a diferença, e nos jogos a doer, nos jogos de homens eles diziam sempre presente! E os nossos não.
    Em parte, concordo, mas de imensos, tantos "benficas-portos" e vice versa da altura (94/2004) existe apenas três que entendo que o arbitro não teve interferência directa no resultado. Sempre em prejuízo do Benfica. Foi um tal jogo na luz, em que jardel chegou com o peito onde Jorge soares não chegou com a cabeça, o jogo da supertaça 0-5 na luz, e um nas antas 3-1 que o souness resolveu jogar com três centrais. Aquilo era Drulovic ou Capucho a cruzar e Jardel a cabeçar, valeu Preud, Homme talvez 98/99.

    De qualquer maneira, muito bem estruturado o post. Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, o Porto tambem tinha muita merda de jogadores. Mas a estrutura estava lá, todos com muitos anos de casa, e quando os jogos eram a doer diziam presente.

      Se o benfica acabasse os campeonatos a 3/4 pontos do Porto, aceitava o argumento da corrupção. Mas quando se acavaba sempre a mais de 20, o argumento cai no ridículo, na minha opiniao.

      Eliminar
    2. o que o benfica 365dias diz tem algum sentido porque esse argumento dos 15/20 pontos tem que se lhe diga eles sempre foram especialista em afastar cedo a concorrência fazendo uma diferença de perto de 10 pontos logo no inicio esperando depois que essa diferença acabasse por fazer mossa, e fazia e com planteis fracos ainda era mais natural acontecer, exemplo disso tens em 2010/11 é verdade que eles tinham melhor plantel, no onze até acho que éramos melhores, mas sobretudo a diferença não era tão grande como aconteceu no fim e todos sabemos o que aconteceu nos primeiro cinco jogos e épocas parecidas existiram varias no nosso período negro.
      A parte em que tens razão é que objectivamente não fomos impedidos de ganhar fomos impedidos de lutar até ao fim e era natural que, mesmo tendo planteis fracos ou até mais fracos, tivesses ganho em alguns desses anos como é exemplo a época 2004/05 em que não tendo nem o melhor plantel, nem talvez a melhor equipa, mas em que ganhamos.

      Eliminar
    3. Tu és doente , sim doente completamente doente tudo o que escreves te é doença mental da mais profunda adoraria ter uma conversa contigo pessoalmente porque gente doente como tu dá gosto rebaixar por completo , repara eu sei que isto supostamente é um blog de benfiquistas eu sei que estou "a mais" mas eu amo futebol e tenho respeito por todos os clubes e ingresso imenso pelas historias ate dos rivais . mas aquilo que tu escreves te é uma mentira profunda basicamente disseste que tudo que foi escrito (e bem escrito ! Atenção sou portista!) foi uma merda , discordas com tudo que dá valor a um rival quando tu sabes ou devias que de durante esses anos não tinhas equipa falas de todos esses jogadores e alguns que dizes serem maus como os que tinhas nesses anos mas de maus RM comparacao com os teus são vedetas ,/falas em pena por exemplo pah se tivesse vestido essa camisola que tu amas e que deves preferir a vida da tua mãe o pena seria o maior mas não vestio a camisola do porto.. Tu és doente serio gostava de te conhecer lol

      Eliminar
  6. Eu ao contrário do Redmoon nasci e cresci a ver um Benfica vencedor e dominador; reconheço como o Redmoon escreveu, que o Benfica durante os anos 80 começou a partilhar o sucesso desportivo com o Fruta Com Putas e que a partir dos anos 90 começou a perder gás e a ficar cada vez mais fragilizado, começando a definhar com Manuel Damásio e chegando ao ponto de quase acabar durante o mandato de Vale e Azevedo. Agora o que pelos vistos o Redmoon não sabe, pois não viu com os próprios olhos aquilo que eu vi, ouvi e soube a partir de 1983 com a chegada do criminoso Pinto da Costa á presidência do Futebol Clube do Porto, hoje Fruta Com Putas. Essa fragilidade e consequente incompetência por parte do Benfica só surgiram por causa dos esquemas criminosos e corruptos montados pelo velho criminoso peidoso senil do Pinto da Costa que tudo fizeram para enfraquecer o Benfica e fortalecer o Fruta Com Putas de forma ilícita. Infelizmente até alguns ilustres Benfiquistas de forma inconsciente serviram este propósito, estou a falar claro de Fernando Martins. Como todos nós sabemos em casa que não há pão todos ralham e ninguém tem razão; no futebol é igual se não pior; a organização do clube e a estrutura podem ser as melhores, a equipa a melhor, o treinador o melhor, mas se não se ganha, logo tudo é posto em causa e aparece logo alguém a querer eleições e a querer modificar tudo de um dia para o outro, entrando em ruptura total com o glorioso passado, toca a mudar de jogadores, treinadores etc... acaba-se a estabilidade necessária a qualquer projecto que vise o sucesso e aos poucos está instalada a revolução e tudo começa de novo, mas claro não parecem os resultados e mais uma revolução e começa de novo... e a cada revolução tudo fica mais fragilizado; é um ciclo que nunca mais acaba até que a realidade se imponha e foi o que aconteceu com o mandato de Vale e Azevedo. Entretanto em contra ciclo as vitórias trazem estabilidade e sucesso, com o sucesso vem o dinheiro, mesmo que estás sejam conseguidas de forma ilícita e criminosa; ao minar criminosamente a concorrência esta não só fica mais fraca como quase sempre muitas das suas fontes de receita, no caso a os milhões da LC, não só se perdem como vão directamente para os bolsos dos criminosos e é assim em qualquer área da sociedade que seja dominada durante anos por uma associação criminosa; vide o modus operandi da Máfia por exemplo. E claro o dinheiro trás poder... todo o tipo de poder o lícito e o ilícito. Quem não se lembra que a determinada altura o Fruta Com Putas sem massa critica que o justificasse conseguia montar planteis de milhões e o Benfica planteis de tostões... o que leva depois os mais incautos ou os menos conhecedores do modus operandi destas associações criminosas a valorizar as vitórias e o sucesso dos criminosos porque estes tinham melhores equipas e jogadores... esquecem-se ou não sabem é como é que os criminosos conseguiram os meios para os comprar.

    João Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande João na mouche; muito bem analisado. Sem dúvida que foram os constantes crimes cometidos pelo criminoso velho senil peidoso do Ponto da Costa que ele conseguiu aos poucos levar o Benfica quase ao descalabro; em primeiro lugar porque o Benfica tinha que constituir planteis muito superiores aos criminosos, logo muito mais despendiosos para lhes ganhar o que começou acontecer quase á vez e mesmo assim ou ganhávamos por um ou dois pontos de vantagem (a vitória valia 2 pontos) ou ganhavam eles com os mesmos pontos de vantagem, mas com planteis muito inferiores ao Benfica. Era cada roubo que nos faziam que muito mais havia a fazer. Aí começou o desequilíbrio econômico financeiro isto numa altura em que se deu a transição da TCE para a LC, até essa altura o Fruta Com Putas não tinham dinheiro para mandar cantar um cego e o que havia era para corromper agentes desportivos e comprar resultados. Depois quando eles já dominavam completamente todas as estruturas do futebol português e quando o Benfica deveria estar mais unido que nunca; foi precisamente o contrário começou a tal história que em casa onde não há pão todos ralham mas ninguém tem razão; enquanto isso o polvo foi crescendo e ficando dia para dia mais forte.

      Detecta Anormaloides Filhos da Fruta.

      Eliminar
    2. Como disse, independentemente de tudo isso, eu estava lá quando Artur Jorge chegou à Luz, e vi os Paneiras e os Isaias partir, para serem substituidos pelos Clóvis, os Nelos, os Tavares e os Ruis Esteves.

      Não foram os portistas que fizeram isto, segundo creio. Fomos nós. Fruto das dificuldades financeiras da época? talvez... Mas o nosso descalabro começou aí. Até então, mal ou bem, as coisas iam sendo divididas entre o Benfica e o FCPorto.

      Eliminar

  7. .

    Sem dúvida, é tudo uma questão de competência. AQUI, competência é a palavra-chave.

    Aliás, já o ano passado houve MUITA, muita competência.

    Assim ao calhas:


    Jogo no Pombal - SLB / FCP - o FCP foi IMPEDIDO de ganhar.

    Jogo em Alvalade - SCP / FCP - o FCP foi IMPEDIDO de ganhar.

    Jogo no Estoril - E.Praia / FCP - o FCP foi IMPEDIDO de ganhar

    Lá está: palavra chave: Competência. Sim, competência de A S Dias, Proença e Bruno Paixão..

    E, isto, ao mesmo tempo que os Capelas, Duartes Gomes, Esteves, Motas, Paixões inclinavam os campos a favor do Beneficia.

    - - -


    ÉPOCA ACTUAL....

    Boavista - Benfica - o empate era o mais justo - golo limpo mal ANULADO ao Boavista - mas, a competência de terminar a jogar 14 contra 10 assim não permitiu.

    Setúbal - Benfica - aos 19 mts - golo limpo MAL ANULADO ao Setúbal - seria o empate. Mas a competência assim não permitiu. E mais uma vez o jogo acaba 14 contra 10.

    Estoril - SLB - IDEM ASPAS... Beneficia - Moreirense IDEM ASPAS...


    Jogar (quase) sempre 14 contra 10 vale?! vale... Penalties cavados, forjados a favor, vale?! vale......
    Penalties contra que não se marcam. Expulsões e amarelos aos adversários... e as não-expulsões aos Maxis e Enzos...
    Vale?! vale.... Vale Tudo (e Azevedo) !!!!

    Clarpo que assim é fácil ser competente. Lá está 4 milhões de portugueses dizem quem é competência.

    Mas, felizmente há mais de 6 milhões que não usam palas, não usam lentes encarnadas e sabem bem o que significa competência.

    Aliás, já dizia o outro:

    "Vale mais ter os homens competentes nos lugar chave do que comprar um bom ponta de lança."

    E os homens competentes chamam-se:

    Mário Competente Figueiredo, João Competente Rodrigues, Vitor Competente Pereira, Fontelas Competente Gomes, Lucílio Competente Baptista, António Competente Rola,
    Carrajola Abreu, José Guilherme, Nuno Lobo, Duarte Gomes, João Capela, Hugo Miguel, Pedro Proença, Bruno Paixão, Manuel Mota, A Soares Dias, Nuno Almeida, Bruno Esteves,
    Paulo Baptista, Cosme Machado... etc, etc...

    Pedro Albergaria - Coimbra




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó meu anormaloide acéfalo filho da fruta, mas depois de tantos de crimes cometidos pelo o presidente do teu Fruta Com Putas, o velho peidoso senil do Pinto da Costa; desde o caso quinhentinhos, Calheiros e/ou apito dourado ainda tens a lata de vir aqui cagar pela boca tanto disparate. Mas quem é tu anda a receber árbitros que vão arbitrar o teu Fruta Com Putas em sua casa na véspera do jogo... pois é o criminoso do velho peidoso senil do Pinto da Costa. Vai mas é lá para o curral ó meu.

      Detecta Anormaloides Acefalos Filhos da Fruta

      Eliminar
    2. Ó meu Anormalóide Acéfalo Filho da Fruta; então não falas dos crimes cometidos há mais de 30 anos pelo velho peidoso senil do Pinto da Costa, presidente da associação criminosa Fruta Com Putas; o criminoso que recebe árbitros dos jogos do Fruta Com Putas de véspera em sua casa!!! E o caso quinhentinhos estás esquecido? O caso Calheiros? Ou o mais recente apito dourado. Que tal falares do vosso lacaio e árbitro herói do Pedro Proença que vos já entregou um título em mãos e foi logo a seguir premiado pelo Fruta Com Putas. Ou até o Super-Dragão Jorge de Sousa que ainda agora foi outra vez nomeado para o jogo da taça; quando constantemente inventa grandes penalidades a favor do seu clube/associação criminosa de coração e rouba os mesmos aos lagartos. Tenho pena que não sejas mais um dos acéfalos que são aqui meus vizinhos nas Antas para eu te mostrar que ser apoiastes de criminosos faz deles igualmente criminosos.

      Detecta Anormaloides Acéfalos Filhos da Fruta

      Eliminar
    3. Se é para insultar, então tenho o mesmo direito!!!

      Estás enganado panão imbecil... o nosso Presidente tem o cadastro, o registro criminal limpo.

      O nosso Presidente nunca foi condenado em Tribunal.
      Nunca precisou de mudar o nº de sócio para poder concorrer a eleições.
      Nunca foi sócio de outros clubes...
      Não sacou milhões ao BPN e aos BESfica!!!!
      E sobre escutas e frutas a árbitros DIZ-me um clube que NUNCA o tenha feito?!

      Um só clube que nunca tenha aliciado, subornado um árbitro?!

      Deves ser mesmo imbecil...

      E AINDA por cima Anónimo..


      Pedro Albergaria - Coimbra


      Eliminar
  8. Para quem quiser compreender melhor como é que a associação criminosa fundada e liderada pelo velho peidoso senil do Pinto da Costa nasceu, cresceu e continua viva; dou um conselho vejam a trilogia cinéfila "O Padrinho" e vão compreender. "O Padrinho" é uma história que conta a ascensão de um simples criminoso a Padrinho de uma das mais importantes famílias mafiosas, E com o passar dos anos e dos crimes entretanto cometidos, incluindo o suborno claro, não só fica mais rico, como cresce em poder político e social ao ponto de dominar quase tudo e todos, o que o leva quase a ser intocável judicialmente... só como em tudo na vida, já depois de estar de papo cheio, falta aquilo que sempre ansiou o respeito e o reconhecimento pelas pessoas de bem (dai o Pinto da Costa, passar a vida a deitar, sonhar e acordar com o Benfica no pensamento) o que o leva a querer que a sua riqueza e negócios ilícitos sejam aos poucos transformados em negócio lícitos e desta forma dar um ar de respeitabilidade ao nome da sua criminosa família. Mas como se sabe um criminoso é e será sempre um criminoso.

    João Santos

    ResponderEliminar
  9. Bom post, subscrevo.

    Apenas um reparo, de facto o FCP conseguiu ao longo dos tempos jogadores mentalmente fortes, mas muito graças às vitórias que foi tendo ano após ano o que moraliza qualquer jogador. Se obteve todas essas vitórias de forma justa e correcta, obviamente que não.

    A. Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou de acordo contigo, A. Lopes. Eu também acho que não se podem separar as duas coisas. O facto de ganhar de forma menos correcta, acaba por moralizar os jogadores que por sua vez estarão ainda mais perto de vencer outra vez. Já pra não falar do facto de que ir à champions todos os anos criava condições financeiras para poder ter melhores planteis. Uma coisa leva a outra mas o que importa referir é que tudo começou com corrupção. Eu até fiquei surpreendido com o facto de em 2004 o porto ainda precisar de ir à fruta. Mas a verdade é que foram 20 anos do mesmo. E o Redmoon tem toda a razão também. Não podemos nunca é branquear os anos negros da fruta e das viagens ao Brasil

      Eliminar
  10. Redmoon


    O problema em teorizar é que não se chega a lado nenhum.

    Pouco importa os critérios de escolha de jogadores, se a parte mental vem em primeiro lugar ou se vem a parte técnica.

    O que importa são os nomes.

    Quais os reforços que escolherias para o futuro?

    Diz nomes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entras num campo dificil, porque eu nao faço prospeçao de mercado, e os jogadores que melhor conheço sao os das melhores equipas.

      Mas posso dizer-te nomes de alguns jogadores de quem gosto particularmente: O Gattuso, o Turam, o Suarez, o Mozer, o Di Maria...

      Eu gosto de jogadores que podiam ter todo o estadio a assobiar, que continuava a nao ser nada com eles: O Di Maria era assim, tal como o meu jogador favorito de todos os que vi no Benfica: o Isaias: podia chutar 10 bolas para fora do estadio, ter o estadio inteiro contra ele, e no ultimo minuto voltava a chutar do meio campo e marcava o golo da vitoria. Quantas e quantas vezes vi o Benfica ganhar assim, aliás, acho que o descalabro do Brenfica começou quando ele saiu.

      E tambem te digo um que nunca gostei: Nuno Gomes. Esse era um exemplo de alguem que nos jogos a doer ninguem o via. O Jorge Costa dava lhe uma trancada no primeiro minuto de jogo, e era ver o Nuno Gomes a fugir da bola até ao minuto 90. Por isso é que ele queria jogar sempre ao primeiro toque. A bola queimava-lhe no pé, e mesmo quando tinha a baliza à sua mercê, preferia passar a outro só por medo de fallhar um golo certo.

      Eliminar
    2. Ya bom post,eu também sou benfiquista desde esses tempos adorei magnusson,Isaías,j.v.p,paneira,futre,mozer,enfim.hoje tamos melhores mais perto de ganhar e sim fomos prejudicados pela fruta e todo o ódio que o pintinho instalou no porto,mas agora há competência para não termos mais travessias no deserto.temos muito ainda por lutar e sinceramente acho que aquilo no porto tá perto do fim o pintinho já perdeu muita força e tem se visto como akilo já não é o mesmo e o alexandre pinto da costa vai dar cabo daquilopor dentro.miguel gomes

      Eliminar
  11. Perfeito, partilho deste post a 100%.

    Ainda ontem aqui comentei noutro post, aquilo que te referes que deve ser um jogador para o Benfica. Temos que ter jogadores fortes fisicamente, psicologicamente de ferro, preparados para os ambientes mais hostis e que nesse momento assumam a sua responsabilidade sem se esconder. Jogadores tipo Luisão, Maxi, Enzo, Sálvio, Fejsa, Jardel...

    Falei nisto a propósito de achar que apesar do seu grande talento, o Bernardo Silva ainda não está preparado para responder a este tipo de exigência que é o Benfica hoje em dia, principalmente desde que Rui Costa e Jorge Jesus iniciaram as suas funções no clube.

    Tribal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas também não deixa de ser verdade que nem todos os 11 jogadores têm de ter um espírito bélico. Às vezes basta haver uma estrutura, que permita a outros mais tenrinhos crescer na sua sombra.

      Às vezes quando nos sentimos protegidos, ajuda a libertar-nos e a ganhar uma nova força. E o crescimento torna se mais facil.

      Eliminar
  12. Muito bem e nao tenho nada a acrescentar e aprecio o espirito de auto-critica!

    ResponderEliminar
  13. E uma excelente reflexão, mais ou menos aquilo que penso e sempre disse em relação a esses tempos. O que marcou a diferença até meados de 90, além de muitas boas equipas que o Benfica teve, era precisamente essa força mental, por exemplo em 1987 eles tinham uma equipa muito melhor que a nossa, e nós conseguimos fazer a dobradinha, apesae de eles terem ganho o titulo mais importante.
    Quanto ao Gaitan discordo que tenha essa força mental, pois nas duas finais europeias, foi de uma banalidade confrangedora, fez-me lembrar magnusson naquelas duas finais dos campeões, ao contrario por exemplo Maxi esse sim é jogador à Benfica.
    Mas ao Benfica falta alguem que consiga que o clube ultrapasse o estigma das finais europeias perdidas, mais que ganhar campeonatos, é preciso acabar com esse estigma que já dura há mais de 50 anos.
    Lembrar que para mal dos nossos pecados, eles durante esses 20 anos ganharam 3 titulos europeus, além de uma Taça Intercontinental, o que a meu ver vai de encontro à tua reflexão

    ResponderEliminar
  14. Redmoon muito bom post, e verdadeiro assim dá prazer ler.

    Mas vais ter aqui muita gente a criticár, sobre tudo porque dizes que o presidente
    conseguiu criár condições financeiras para ir buscár bons jogadores.

    Eu penso como tu que o Benfica quando joga com determinados clubes entra em
    panico, mesmo hoje falta-le essa mentalidade, porque na liga dos campiões o
    Benfica não é inferior a ninhuma equipa do grupo, mas quando entra em campo
    dão a sensação que já estão derrotados, e isso é um trabalho que tem que ser
    feito pelo treinadore, porque quando Koeman treinou o Benfica jogava sem
    complexos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu penso que a mentalidade é o que tem levado mais tempo a mudar. Ainda se notam vicios antigos. E os jogos com o FCP (excecao ao ultimo ano) sao prova disso, como se o Benfica entre sempre em campo com algum estigma mental que os tempos modernos ja nao justificam.

      Eliminar
  15. Estou de acordo com muita coisa mas o post continua a enfermar de alguns erros. As simplificações pecam sempre por defeito porque é necessário termos uma visão holística dos factos.

    "...nunca nesses tempos o Benfica se pode desculpar com a corrupção para o facto de nunca ou quase nunca ter conseguido ser campeão."

    Num sistema de vasos comunicantes, como é o futebol português, apesar de toda a incompetência que existia no Benfica, a corrupção contribuía efectivamente para enfraquecer o clube não ajudando nada a sua recuperação.
    Se estamos deitados no chão e alguém continua a dar-nos pontapés não podemos dizer que a culpa é nossa por estarmos deitados no chão!

    Há quem defenda os nazis quando dizem que muito da culpa do holocausto recai sobre os próprios judeus porque não souberam reagir, isto é, não tiveram tomates. Eu não estou nada de acordo. Nunca podemos branquear os crimes, sejam eles de que tipo for, mesmo que tenhamos alguma culpa no cartório.
    Não podemos desculpar um ladrão de roubar a nossa casa dizendo que fomos roubados porque não trancámos a porta.

    "...porque um dos méritos do FCPorto durante muitos anos foi saber escolher para os seus planteis, jogadores de futebol com personalidade."

    Outra confusão. Essa pregoada "personalidade" mais não era do que o sentimento de impunidade que sentiam sempre que jogavam, o que os tornava arrogantes, porque sabiam que podiam fazer o que queriam. O sentimento de impunidade cria muita "personalidade" nas pessoas. Olhem para os membros das máfias.

    Há muita gente que continua com má memória e se esquece que o Porto fez da utilização contínua de químicos uma arma que lhes deu muitos proveitos. Um dos efeitos secundários era precisamente esse sentimento de "personalidade", "arrogância", através da agressividade que incutia nos jogadores. Houve jogadores que utilizaram os químicos durante muitos anos (Deco, Jardel, os "5 carecas" e muitos outros, tudo gente com muita "personalidade").

    Não há dúvida que quanto mais competentes formos melhor resultados obtemos. Isso acontece em todo o lado.
    No entanto, o que acontece é que actualmente o doping acabou lá para cima (daí as dificuldades físicas cada vez maiores que sentem) e os árbitros já não vão na cantiga de outrora.
    As redes sociais fizeram aquilo que a polícia e o juízes não quiseram fazer, começaram a denunciar muitos coisa do que se passa sem medos, inclusive com vídeos. A vergonha também conta.
    No entanto, as tentativas de apagar e silenciar muito do que é publicado continua. Nem imaginam o que tentaram fazer para retirar as escutas do Youtube! Todos os vídeos de lances escandalosos e comprometedores para os árbitros e para o Porto ao longo dos últimos 30 anos foram retirados do Youtube. Porquê?
    E podia continuar a desbobinar casos e factos que contradizem o post. Por hoje é tudo!

    A força mental também se educa. Vem acima de tudo da confiança e da auto estima. Quando és continuamente arrastado para baixo, quando verificas que os teus esforças dentro do campo estão a ser constantemente sabotados pelos árbitros é muito difícil manter a força anímica, a força mental e a auto estima.





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com muito do que escreveste. E gostei principalmente deste argumento:

      "Outra confusão. Essa pregoada "personalidade" mais não era do que o sentimento de impunidade que sentiam sempre que jogavam, o que os tornava arrogantes, porque sabiam que podiam fazer o que queriam. O sentimento de impunidade cria muita "personalidade" nas pessoas. Olhem para os membros das máfias. "

      Não sei se é sempre assim. Mas também é assim sem duvida alguma.

      Mas tambem nao me queiras dizer que flops como Roger ou Sabry (jogadores que eram ídolos da bancadas, repare-se), nao tinham espirito competitivo porque no benfica nao havia sentimento de impunidade.

      Eliminar
    2. Flops tiverem eles aos magotes mas com a ajuda da amarelinha iam disfarçando a incompetência. E a ajuda dos árbitros. O Benfica não conseguia fazer o mesmo (disfarçar a incompetência com golpadas), como aconteceu com esses que dizes porque comprar maus jogadores todos os clubes fazem. Eu tenho uma extensa lista com dezenas de flops dos gajos. Se quiseres coloco-a aqui.
      Até flops vendidos por dezenas de milhões. Grandes barretes enfiaram eles a outros clubes estrangeiros até com a cumplicidade de treinadores (Artur Jorge e Jorge Plácido no Matra Racing de Paris), Secretário, Emerson, etc. São dezenas.

      As coisas não são assim tão simples como dizes. Mas está tudo a mudar e já estamos todos à espera que os gajos publiquem o R&C do ano passado que vai fazer muita gente engolir em seco. O "Capachinho" já foi ontem dar uma entrevista ao Porto canal a preparar os gajos para o que aí vem.

      Por outro lado foi bom, obrigou o Benfica a fazer um "reset" e sai muito mais forte. Já estava à espera.

      Eliminar
    3. Dave Matthews17/10/14, 23:54

      Os químicos que o Deco e o Jardel consumiam não melhoravam o rendimento desportivo...

      O Jardel fez a sua melhor época no Sporting, foram químicos? O Deco jogou 4 anos no Barcelona e é considerado um dos 10 melhores jogadores da história num clube que teve cerca de 10 bolas de ouro. Químicos?

      Carecas precoces há em todo o lado.

      Eles ganharam porque eram simplesmente melhores e porque nós eramos mal geridos. Nos anos do Penta nunca ficamos a menos de 9 pontos, achas que as arbitragens justificam tantos pontos? Não seriam os Rojas, Bossio's, Ronaldo's, aqueles Ingleses todos miseráveis, etc. que nos faziam perder.

      É que nós tínhamos só João Pinto e Preud'homme e mais para o fim Poborsky e Nuno Gomes, eles tinham Jardel, Drulovic, Zahovic, Conceição, Baía, Aloísio, Jorge Costa, Couto, Domingos, João Pinto, etc. Vê-se bem a diferença de qualidade.

      Depois com o Porto de Mourinho não tínhamos hipótese...

      Na altura do Jesualdo também só ficamos perto no ano do Fernando Santos e nesse ano se alguém se pode queixar dos árbitros são os lagartos.

      Tirando o ano do golo do Maicon, não temos o mínimo motivo de queixa, quem fica a 9 ou 10 pontos tem que admitir que o adversário é melhor e que mereceram ganhar.

      Eles até podiam ter comprado um ou outro árbitro, mas não foi esse motivo porque ganharam.

      As pessoas esquecem-se que o Pinto da Costa pode ser um grande trafulha e um tipo sem escrúpulos, mas algo que é óbvio também é que o tipo percebe disto. Nós com um presidente com o conhecimento que ele tem de futebol tínhamos ganho o que eles ganharam ou mais.

      Achas que alguém que percebesse de futebol teria deixado escapar o Mourinho 2x como o Vieira? Ou teria dispensado o João Pinto, ou deixado fugir um jogador como o Deco? Ou o Maniche a custo 0. O Jardel esteve apalavrado com o o Benfica 2x...

      Isto são tudo decisões que mudam a história e os títulos e já nem falo das mais recentes como James, Falcão, Alex Sandro e mesmo Moutinho todos jogadores que podiam ter sido nossos com um bocado de competência.

      Felizmente temos melhorado nos últimos anos e estamos num bom caminho para passarmos a ser nós a ter a hemogenia (este ano é fundamental), principalmente porque na parte empresarial (exploração de receitas como BTV) o Vieira tem feito um bom trabalho e na parte do futebol deixou trabalhar que sabe, tanto na equipa principal (melhor valorização de jogadores e melhores compras) e na formação que a equipa dele começou do 0 e neste momento é a melhor do país.

      Agora de 94 a 2009 nós fomos muito incompetentes e eles super competentes, por isso ganharam quase tudo. Com o Jesus melhoramos e estes últimos 5 anos têm sido equilibrados, agora falta sermos nós a dominar.

      Como disse esta época é fundamental porque se o Porto continuar a ter metade das nossas receitas como vem acontecendo em breve vão deixar de poder competir conosco, já que em futebol em geral quem ganha é quem tem maior orçamento. O Porto tentou contrariar isso com empréstimos e jogadores detidos por fundos, quando deixarem de ter ativos para vender (neste momento só têm Jackson e os laterais com bom valor) vão deixar de ter dinheiro para investir e aí os planteis vão piorar.

      Eliminar
    4. Muito bem Dave Matthews, também é assim que penso. E reconhecer merito nos outros, ao contrario do que muitos pensam nao é defeito, é virtude. Obriga nos a melhorar.

      Eliminar
    5. "Depois com o Porto de Mourinho não tínhamos hipótese..."

      O Porto de Mourinho é a equipa do apito dourado. Essas duas épocas não há volta a dar, foram levados ao colo e há provas no youtube.

      Devo lembrar que o Benfica, na primeira dessas duas épocas (2002/2003), fez 75 pontos. O Sporting, tinha ganho o campeonato na época anterior com os mesmos 75 pontos.

      Eliminar
    6. Dave Matthews, as tuas declarações soam-me suspeitas, porque embora possa conter alguma verdade, mostra um tal nível de ignorância que não é habitual. O PC poderá ter algum conhecimento, que o tem, mas o que dizes a negação de tudo aquilo que aconteceu nos últimos 30 anos. Existem centenas de documentos, testemunhos, vídeos, livros que te desmentem. Basta consultares as fontes na net. São todos mentirosos?

      Quanto às drogas, estares a desmentir aquilo que são factos é porque ou estás mal informado ou estás a tentar branquear crimes que toda agente bem informada sabe que aconteceram.
      Se não sabes, tenta informar-te quais são os efeitos da cocaína no corpo humano. A cocaína é um doping.
      Para tua informação, o Deco no Barcelona costumava vir ao Porto periodicamente fazer "visitas de estudo". Ainda há pouco tempo o fez, pouco antes de ser apanhado nas teias do doping. Não era o único que fazia isso.
      Isso que dizes sobre o doping é de alguém que não percebe nada dos efeitos secundários do doping.

      O Porto tem vindo a perder força em primeiro lugar porque já não pode utilizar o doping, desde o ano passado que a UEFA agora instituiu o cadastro, a corrupção agora é mais difícil de esconder com as redes sociais. Além disso, as pessoas estão muito mais bem informadas, mesmo os árbitros já não se querem sujeitar a ver o seu nome denunciado nas redes sociais.

      Não é por acaso que o Porto se rodeou durante muitos anos de um manto de silêncio, foi isso que lhes permitiu fazer tudo que quiseram durante tantos anos (não havia testemunhas) o mesmo que permitiu não haver testemunhas que confirmassem as acusações do Apito Dourado. Ficaram apenas as escutas.
      Se duvidas do que eu digo, mesmo hoje vai ao Porto e tenta entrevistar algumas pessoas, antigos atletas, dirigentes, etc, e começa a fazer-lhes perguntas inconvenientes sobre doping, corrupção de árbitros, etc., e vais ver o que te acontece.

      E se me vens falar de flops do Benfica, Rojos e Bossios, deixo-te aqui uma pequena lista de flops dos gajos. Lista essa que está incompleta pois só tem os mais recentes. Enjoy yourself!

      Bellushi, Sapunaru, Fucile, Christian Rodriguez, Atsu, Predigers, Walters, Tomas Costa, Souza, Bollattis, Kieszec, Stepanov, Emidio Rafael, Sereno, Miguel Lopes, Addy, Tomás Costa, Souza, Mariano Gonzalez, Ruben Micael, Walter, Bracalli, Kleber, Kelvin, Djalma, Janko, Ruben Micael, Bolat, Quinones, Izmaylov, Liedson, Delatorre, Sebá,
      Kléber, Sereno, Addy, Micael, Janko, Stepanov, Mariano, Tomás Costa, Nelson Benitez, Valeri, Prediger, Orlando Sá, Lino, Bolatti, Andrés Madrid, Rabiola, Luis Aguiar, Leandrinho, Kazmierczak, Jorginho, Renteria, Edgar, Bruno Moraes, Lucas Mareque, Sokota, Areias, Leandro (defesa esquerdo), Sonkaya, Sandro (V. Setúbal), Ibarra, Seitaridis, Hugo Leal, Rossato, Claúdio Pitbull, Leandro Bonfim, Maciel, Evaldo, Tiago Rodrigues, Bracali, Sergio Oliveira, Caballero, Seri, Ukra, Sereno, Djalma, Bolat, etc, etc.

      Já para não falar nos flops de há 10, 15 , 20 e 25 anos. São muitas dezenas!!!

      Segue a lista dos gajos conhecidos do doping:

      Doriva, Emerson, Demol, Jaime Pacheco, Jaime Magalhães, Semedo, André, Bandeirinha, Domingos Paciência, Casagrande, Deco, Inácio, Gomes (bi-bota), João Pinto, Fernando Mendes, Moreira (júnior), Emanuel Garcia, Rui Pedro (júnior) e Fábio Pereira (júnior), Postiga, Carlos Alberto, António C. Santos, João Pinto (a quem trocaram a urina pela do Veloso que foi acusado falsamente de doping em 84).
      Não foi só o Madjer, era a equipa toda que jogou com o Bayern em Viena, assim como na Intercontinental em Tóquio. Pergunta ao Dr. Domingo Gomes e ao Póvoas.
      A lista é infindável. Por isso ganharam tanto.
      A tua conversa não passa de areia atirada para os olhos dos incautos.




      Eliminar
  16. Citando: "Quem já jogou à bola e partilhou balneários durante 30 jogos por ano, sabe perfeitamente que no dia em que um treinador chegar ao balneário e pedir aos seus jogadores para facilitarem certo jogo, não mais esse treinador terá qualquer hipótese de ter os jogadores do seu lado. "

    Estás muito enganado Redmoon... Muito mesmo!

    Se eu te contasse o que vi enquanto joguei futebol... Estás mesmo muito enganado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh pá, sem entrar no campo do que tu viste e do que vi, todos nós temos as nossas histórias e coisas em que acreditamos.

      Como disse, nunca vi um ex jogador do FCP, os tais treinadores do sistema chegarem a treinadores do FCP.

      Vi Pedro Emanuel e outros ex do FCP roubarem pontos ao FCP muitas vezes.

      Não estou a dizer que nao haja maroscas. Mas as evidencias neste campo sao muito fracas.

      Eliminar
    2. Eu gostava de saber o que é que alguns leitores acham do tempo em que tínhamos na primeira divisão treinadores como o João Alves, Raul Aguas,Filipovic, Diamantino, Álvaro Magalhães, Carlos Manuel etc.

      Paulo

      Eliminar
    3. Camarada Lua Vermelha, rematando um bocadinho ao lado do teu post, "acradita" se quiser mas o Sabry não tinha nada a ver com o pequeno Roger do bibi, sócio do homem da pasta futebolística na altura.O faraó tinha uma perna da largura do braço e o Roger era um "abre latas" refinado com o problema muito poeirento de já ser da classe alta. Será que o Edilson, jogador parmalat não cabia ai num Onze qualquer ... o deleite da parceria é outra coisa ( no brasil jogou em 15 clubes ).
      As "maroscas" são um caso cientifico, as evidências são mais que muitas até nas presidências das sad´s quanto mais nos treinadores que vão treinar aqueles atletas dos fundos e co-propriedades. Aqueles que manifestarão muito o Ser Benfiquista tiveram as pernas cortadas no panorama nacional. O mais flagrante, o Toni do Benfica. Depois o seleccionador Humberto, o Alves, o Paneira, o Mozer, o Ricardo Gomes e poderia mencionar um Valdo, um Aimar ou outros que nem sequer tiveram bicicleta para andar. É bom lembrar que a Instituição poderia sempre formar algum ex atleta como se proporcionou ao Toni vários Onzes, começando primeiro como adjunto do panamá da macieira.
      Poderia recuar à era do olibeirinha mais novo, e as suas viagens até ao apodrecimento, mas para não demorar-me muito, o meu caro deve dar atenção aos movimentos das co-propriedades e por vezes a algumas lesões para jogos cruciais. O super agente marca o tabuleiro e cria os equilíbrios possíveis com a ajuda da matemática;) e fenomenal mente dizer que após queimar 3 lampiões, Toni, Jesualdo e o Santos ( foi num instante com orçamentos maravilha ;), os lideres de campo muito dificilmente seriam ex atletas do Glorioso ou professores catedráticos do Benfica...
      O Luisão não tendo perfil para treinador, talvez só se forem buscar o nº 7 ;)...isto de andar sempre competitivo nas sangrias também terá os seus custos no futuro. Faz parte da sua personalidade não ter ninguém acima dele naquelas coisas dos "punhos na mesa" e popularidade. Aprendeu a fazer fotocópias com o pintinho nos tempos de alverca !!...mas os milhões por vezes avariam o "sistema " e muda-se de linha.

      nota: a melhor do pedro emanuel é a saída a zerinhos do baovista para lá. Depois entra na linha do domingos, costa, conceição, do bigodes que treina o penafiel ou no mais avançado que está a ser preparado para ser um possível próximo treinador dos tripas, o fabulástico espirito santo. Até podia cheirar outra linha como a do couceiro, jardim ou campos do monaco , etc e tal e os filhos dos macacos tinham que ser mencionados mais pormenorizadamente descascando bem as bananas, se forem do lidl é pura coincidência. Foi um Sir que afirmou que por aqui se comprava campeonatos como se fosse ao superMercado.

      Glorioso abraço, rumo ao 34º, com estes ou contra aqueles.

      BTT

      Eliminar
  17. Caro Redmon,

    Sinceramente que não gosto de pessoas que são facciosas, que só veêm o seu clube à frente e nada mais!
    Agora, Redmon, outra coisa bem diferente é ver alguém com pouca memória e a não dar a devida relevância aos anos obscuros do futebol português marcados pela mais corrupta instituição que actua no futebol - o FCP.
    Isso, claramente não aceito e sabes porquê:
    - porque vi no estádio das antas Amaral rematar do meio da rua e o golo se-lhe anulado;
    - porque vi num só jogo Ricardo Rocha ser expulso sem que cada uma das faltas em que foi amarelado ter existido sequer
    - porque vi na época de Quique Flores Pedro proença oferecer um penalty ao Porto lançando-o para a vitória nesse campeonato
    - porque vi na última jornada de 2013 um jogo entre Paços de Ferreira e Porto em que descaradaemnte se invetaram penaltis para o Porto e se deixaram de marcar para o Paços ,,,
    - porque vi Proença oferecer o titulo de 2011/1012 ao Porto mediante entre outros eventos facilitar um golo a Maico ...
    Poderia estar horas a escrever, mas uma coisa te digo jamais aceito essa forma branquear a corrupção do Porto.
    Pedro R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguem branqueou nada. Eu tambem me lembro desses erros e sei o que me custaram. O Benfica era empurrado para baixo? Sem duvida nenhuma.

      Mas nao ganhavamos campeonatos por casa disso?! Nos viamo nos gregos para acabar em segundo, quanto mais em primeiro!

      Eliminar
  18. Dave Matthews17/10/14, 23:20

    Completamente de acordo com o que foi escrito, é algo que venho dizendo em muitas conversas de café. O Porto comprou árbitros quando nem sequer precisava, um bom exemplo é o caso do apito dourado que remonta sobretudo a 2003/2004, ora eu nesse ano via futebol e sei bem que a melhor equipa por larga distância era o Porto do Mourinho, vocês acham que eles precisavam de árbitros para ganhar ao Estrela e Beira Mar?

    Eles têm ganho mais que nós sobretudo porque têm tido melhores equipas e melhores treinadores, ou seja têm sido mais competentes, os árbitros podem ter ajudado em alguma coisa mas o fator principal é a qualidade desde o Presidente (por muito que nos custe é dos dirigentes que mais percebe de futebol no mundo ao contrário do nosso), a treinadores e jogadores.

    Na década de 90, depois do desmantelamento feito por Artur Jorge em 94 (aqui tenho dúvidas se terá sido mais que incompetência) os nossos planteis foram miseráveis, nos anos do penta o mais perto que ficamos foi 9 pontos, ou seja por muito que os árbitros ajudassem as nossas equipas não tinham qualidade para ganhar.

    Depois em 2000 já depois de Vale e Azevedo ter perdidos as eleições para Vilarinho, cometemos o maior erro da nossa história, tínhamos um plantel limitado, mas para compensar tínhamos um dos melhores treinadores da história do futebol: Mourinho (a única coisa boa que Vale e Azevedo fez). No época a seguir Vieira estupidamente cometeu o mesmo erro de Vilarinho, desta vez com motivos mais ridículos, por querer impingir o Jesualdo na equipa técnica do Mourinho, voltamos a perdê-lo (estivemos um mês a negociar com ele, quando viu que Vieira não lhe dava as condições que queria assinou pelo Porto), ou seja não contratamos o melhor treinador Português de sempre e ainda o demos de mão beijada ao maior rival, que granças a ele teve os 2 melhores anos da história.

    Já nem falo da perda de jogadores brilhantes como Deco (melhor jogador dos últimos 20 anos em Portugal), Maniche, Jardel (2x), JVP para os rivais por incompetência nossa...

    Como disse com o Porto do Mourinho não tivemos hipótese, apesar da nossa equipa ser a melhor desde 94, com Simão, Tiago, Miguel, Petit e Luisão.

    Em 2005 ganhamos mais na base da competência do treinador e do falhanço dos rivais (que tinham planteis melhores que o nosso).

    Em 2006 tínhamos equipa para lutar mas o Koeman estava mais preocupado com a Champions do que com o campeonato.

    Em 2007 o 11 era bom mas o banco era terrível, com jogadores como João Coimbra e Beto a serem os primeiros a entrar. As lesões prolongadas de Rui Costa e Luisão tornaram tudo ainda mais difícil.

    No ano a seguir o Vieira deu cabo do melhor plantel em Portugal, vendendo a dias de começar o campeonato o Simão e o Manuel Fernandes de uma assentada. Para o lugar do Simão ainda veio Di Maria, muito verde ainda para ser decisivo, no caso do Manuel Fernandes ficamos sem ninguém e o Porto passeou outra vez.

    Depois voltou-se a falhar na escolha do Quique, que tinha um excelente plantel mas não tinha 'unhas'. Era tão estúpido que achava que o Léo tinha que ficar no banco para aprender com o Jorge Ribeiro. Nesse ano temos razões de queixa (penalty do Lisandro quando se tivéssemos ganho aquele jogo passávamos para primeiro), mas no fim da época jogamos tão pouco que esse lance deixou de ser decisivo. Quando se fica a 11 pontos parece mal falar em árbitros...

    No ano do AVB o porto tina melhor plantel (Hulk, Falcão, Moutinho, etc) ganharam com mérito. Apesar do roubo das 4 primeiras jornadas eles mostraram mais á frente que eram melhores.

    Em 2012 sim, fomos prejudicados á grande pois aquele lance do Maicon mudou o campeonato.

    Em 2013 eram equipas muito idênticas, eles tiveram mais sorte que nós simplesmente.

    Nestes anos todos só vejo 2012 em que fomos de facto prejudicados. E mesmo nesse ano não é líquido que fossemos campeões (eles ficaram com +6 pontos). Os outros eles ganharam porque tinham melhor equipa, melhor treinador e o seu presidente tomou melhores decisões que o nosso, simples.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um exclente resumo do que se passou, onde sao enumerados muitos erros de POLiTiCA DESPoRTIVA, cometidos por NÓS próprios.

      E erros que custaram caro e mudaram a historia.

      La em cima podia haver fruta e putas. Mas enquanto nos tinham os donos dos Bras e Bras a brincar ao faz de conta que percebo de futebol, lá em cima eles brincavam ao que sabiam brincar.

      Eliminar
    2. Dave Matthews18/10/14, 12:13

      RedMoon,

      Acho que é óbvio para quem quiser ser sério que foi a nossa falta de competência e a competência dos outros que levou há hemogenia que ocorreu.

      Nos anos do penta ficamos a 14, 9, 27, 11 e 15 pontos. Olhar para estes números e dizer que a culpa é dos árbitros é enganar-nos a nós próprios, o que nunca é bom.

      Nos anos de Mourinho qualquer pessoa séria tem de dizer que eles eram melhores. Depois no Tetra com Jesualdo e Co Adriaanse só no ano do Fernando Santos lutamos pelo título a sério, e nesse ano o que nos lixou foram as lesões de Rui Costa e Luisão, não os árbitros. Fomos roubados no dragão com Quique? Fomos mas acabamos a 11 pontos, ou seja esse jogo ajudou mas nós para o final dessa época não jogávamos nada, nem com ajudas lá tínhamos ido.

      Com o Villas Boas fomos roubados no início, mas eles ficaram a 21 pontos, deram-nos 5-0, etc. Quando é assim temos que admitir que eram melhores e iam ganhar sempre, mesmo com os árbitros a roubar para nós o que roubaram para eles.

      Ou seja em tantos campeonatos perdidos o de 2012 é o único que dá para reclamar. 1 em 15.

      E essa dos treinadores é desculpa de mau perdedor, o Conceição ganhou ao Porto o ano passado, o Domingos ficou á frente deles em 2010 (acham que o Porto queria ficar de fora da Champions?), o Pedro Emanuel eliminou-os da Taça. Essa desculpa é como aquela malta do café que diz que os adversários jogam melhor contra o Benfica do que contra o Porto, só cai nela quem pensa que temos o direito de ganhar todos os anos e não temos que o demonstrar no campo.

      O mesmo Porto teve pelo menos 3 treinadores Benfiquistas: Fernando Santos, Jesualdo e Paulo Fonseca. É tão sério dizer que os ex jogadores ajudam o Porto como dizer que o Paulo Fonseca só fez porcaria porque estava a tentar lixá-los.

      Há que dar a importância que os nossos erros próprios merecem, que são bem mais graves que o dos árbitros e foram muito mais prejudiciais ao clube.

      Já pensaram que em 2004 podíamos ser nós a ter Mourinho, Deco e Maniche, sem gastar mais do que o que gastamos neles da primeira vez. Os outros jogadores que o Porto tinha nessa equipa foram baratos, Paulo Ferreira, Nuno Valente, Pedro Mendes, etc.

      Ou seja não custa muito imaginar que podíamos ter sido nós os Campeões da Europa, ou pelo menos ter chegado perto. Uma coisa é certa com Mourinho desde 2000 até 2004 tínhamos ganho 4 campeonatos ou no mínimo 3. Isso é que nos lixou.

      Porque muito do sucesso do Porto nos anos seguintes foi devido a essas receitas da Champions, sobretudo da valorização de jogadores. Basicamente é isto bastava termos sido nós a ficar com o Mourinho que a hemogenia de 2001 a 2010 podia ter sido nossa.

      Felizmente estamos melhor, mas esta direção fez muita porcaria antes de ser minimamente competente. Mas temos que reconhecer que em muitas áreas: parte empresarial, prospecção e formação a melhoria tem sidos substancial e acho que nas 3 estamos melhores que os Porto.

      Como disse ganhar este ano é fundamental, o Porto não sabe perder e com Pinto da Costa a delegar cada vez mais, outro ano de derrotas, ainda para mais um em que apostaram tudo no presente (empréstimos, jogadores detidos por fundos) podia fazer ruir a famosa 'estrutura'.

      Vamos ver como será abordado o mercado em Janeiro, se o Lisandro não se assumir e o Júlio César não melhorar em termos físicos precisamos de um jogador de qualidade inquestionável para cada uma destas posições pois Artur e Jardel são dois jogadores que podem muito bem custar-nos um campeonato. Preocupa-me mais isso que a possível venda do Enzo, pois já teremos Amorim e Fejsa.

      Eliminar
  19. BENFIQUISTA DE GAIA18/10/14, 09:41

    como certas pessoas teem memoria de passarinho......entao vamos esquecer os roubos que aconteceram e que davam cabo de qualquer equip..fosse ela grande ou pequena......ISSO ERA A PRINCIPAL CAUSA....lembro_me de 2 campionatos tirados pelo proenca e so nao deu 3 porque nao calhou.. (e ainda foi ao seixal)..POR MUITO BOA QUE UMA EQUIP FOSSE NAO TERIA GRANDES CHANCHES) dizer que nao era so o sistema e errado....era o sistema com 90% de causa...o resto eram trocos.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por muito que gostes de te enganar a ti próprio, Diabo de Gaia... em 2022, se não fosse o vosso sócio cativo Proença levavas uma goleada em pleno Pombal...

      Javi Garcia e Maxi eram expulsos e houve 2 penalties contra o GloriGozo Nacional que o Proença não quis marcar!!!!

      Vai ver as imagens do Cardoso a jogar voleibal a 1 metro da sua baliza aos 82 minutos!!!!

      Mentir é feio!!!

      Panão

      Pedro Albergaria - Coimbra




      Eliminar
  20. Redmoon, um Benfica competente? Não deves estar bom da cabeça. Um Benfica que em 14 anos de presiMENTE ganha 3 Campeonatos é sinal de competência? Esse deve ser o teu Benfica, não o meu.

    ResponderEliminar
  21. Começou a lavagem OMO lava mais branco!

    O PC ainda vai conseguir ser legitimado antes de ir fazer companhia ao poncio.
    Tudo com a preciosa colaboração de alguns Benfiquistas.

    O PC ainda vai vencer mais esta guerra da legitimação antes de patinar. E tu RedMoon - a quem normalmente admiro os textos - estás a colaborar. Ainda bem que ainda existem por aí alguns Benfiquistas menos distraídos que não deixaram passar este teu "ERRO" em claro.

    RMC

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes