O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

terça-feira, 6 de maio de 2014

Homenagens perigosas

 ●  + 14 comentários  ● 


Tal como mais de 52 mil outros apoiantes, lá estive no passado domingo na festa de homenagem à nossa equipa campeã do 33º título. Tal com mais de 52 mil, estive pela homenagem mais do que pelo jogo de futebol, mas seguramente tal como mais de 52 mil queria ter ganho o jogo. Para coroar um dia especial.
Não foi isso que aconteceu, como aliás também não aconteceu, e não será apenas por mera coincidência, a nenhum dos outros finalistas das competições europeias. Nenhuma das 4 equipas que vão discutir a Champions League ou a Liga Europa conseguiram ganhar os seus jogos, sendo que 3 delas jogaram em casa. E se o Benfica já era campeão e até se compreende alguma desconcentração ou até menor intensidade de jogo, o Real Madrid por exemplo, pode ter hipotecado definitivamente as hipóteses de ser campeão com o empate frente ao Valência. E o Real Madrid é treinado por Ancelotti, não é treinado por Jorge Jesus. Para além de ter o plantel que tem...
É bem possível que a explicação mais plausível seja a existência de uma certa descompressão, após se ter alcançado um patamar desportivo elevado e que todas as equipas sonham no início da época: estar na final de uma prova europeia. Não será também por mero acaso que na época passada, o Benfica também empatou esse jogo seguinte à brilhante exibição com o Fenerbahce: 1-1 com o Estoril. Um ano depois o episódio repete-se, mas agora com direito a festa de homenagem...
O futebol tem de facto coisas engraçadas...
Tendo ganho o título, com eficácia brilhante, é normal que se homenageiem os campeões. E o normal é que essa homenagem aconteça no primeiro jogo a seguir à conquista do título ou ao último jogo em casa. Isso é o que normalmente os sócios e adeptos esperam que aconteça. Mas não será perigoso quando isso acontece antes de uma série de jogos que queremos ganhar para juntar as respectivas conquistas ao nosso Museu?
Não tenho respostas porque não há respostas unânimes e assim sendo cada um que pense o que quiser. Mas não tenho dúvidas que este tipo de homenagem pode provocar uma ruptura no caminho que a equipa estava a traçar nos últimos meses, folgando na concentração e descomprimindo nos processos de jogo, o que pode ser fatal para as próximas 3 finais. Pessoalmente preferiria que essa homenagem não tivesse existido, pelos prejuízos que pode provocar, optando isso sim, por comemorar – no dia do jogo - toda e qualquer taça que venha a ser ganha. Mas é uma simples opinião.
Nem tudo correu bem no domingo. Perdemos a Taça de Portugal no Futsal masculino, e teremos de esperar para ver se o texto que escrevi no ano passado quando Paulo Fernandes foi despedido, tinha ou não razão de ser. Se as questões que então coloquei eram ou não justificadas. Dou o benefício da dúvida até ao final do play-off.
Parabéns às Senhoras do Futsal que ao invés conquistaram a 1ª Taça de Portugal de Futsal feminino. E claro parabéns também ao Vólei pelo bicampeonato. Uma proeza, pois temos poucas tradições nesta modalidade.
Entramos agora na recta final do Futebol, estamos a 3 vitórias de uma época notável e histórica, ou a 3 jogos de uma época que nunca será menos que excelente. Os nervos começam a imperar e confesso que me sinto mais intranquilo agora, do que até aqui onde tudo me parecia natural, como se o meu palpite de que íamos ser campeões não tivesse qualquer possibilidade de ser mal sucedido.
A intranquilidade vem também do facto de se tratar de finais, onde num só jogo se decide tudo e ambas as equipas partem do mesmo ponto zero. A vantagem psicológica do Benfica por ser melhor equipa ou por ter ganho o campeonato, é nula aqui! Os adversários, em particular o Rio Ave, sabem que cada jogo começa em 0-0 e se os amigos da arbitragem derem um empurrão, a coisa pode tornar-se difícil. Resolver em 90 mn é diferente de resolver em 30 jornadas ou em duas mãos...

14 comentários via blogger

  1. Não pude responder em tempo útil aos amigos comentadores do ultimo post, mas agradeço-lhes agora. À Alma Encarnada, ao nunomaf e Frank, pelos comentários que tiveram a maçada de deixar.
    E sim, o nome "o Belo Voar da Águia" é um titulo bonito, é um nome bonito para um blogue ou qualquer espaço de debate benfiquista... escolheram bem .. :)

    Quanto ao Bruno Conte, não sendo advogado do "diabo", fico contente a dobrar, por termos passado ...

    ResponderEliminar
  2. eagle01, mais do que as homenagens, críticas por antecipação como a tua é que são perigosas. Existem muitos ses, muitas interrogações no teu texto, que na verdade contribuirão mais para um nervoso coletivo de muitos adeptos. Eu não estou intranquilo. Confio nos jogadores e no treinador e tenho a certeza que vão dar o seu melhor nas finais que se adivinham. Isso chega-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma opinião.. eu exprimi um desabafo porque ao contrário de ti, lembro-me que também houve muitas homenagens após a conquista do titulo em 2004, na mesma semana em que jogamos a final da Taça com o Setúbal, e depois estivemos a ganhar e acabamos por perder da mesma forma que com o Guimarães (neste caso em condições completamente distintas, pois não houve homenagens)..

      Isto não pode ser sina, mas sim a consequência de uma forma de viver o futebol... E nós caímos frequentemente na tentação de empolar o que deveria ser considerado normal. As conquistas...

      Mas bom, só depois percebi que estava na forja uma nova campanha de angariação de sócios, na qual o Sr.º Vieira aparece como personagem central, e que por isso mesmo era necessário criar a tal bendita homenagem... a vaidade não os afoga, o que é pena...

      Registo também que este despretencioso texto te provocou algum nervosinho, mas não sei se é de não ter muito tempo para ler tudo que aqui se escreve, ou se é por simples distracção, mas não recordo de ficares nervoso quando se critica estupidamente o treinador, por muito menos do que isto...

      Eliminar
    2. Desculpa, não percebi o teu último parágrafo. Não sei o que pensas que vai na minha cabeça mas eu esclareço-te já de antemão: sempre apoiei Jorge Jesus e nunca irás encontrar nenhum comentário meu a criticá-lo porque pura e simplesmente as críticas que se lhe podem apontar ao pé das virtudes, qualidades e vantagens que tem são minúsculas.

      Não fui um dos que ficou desiludido no final da época passada. Como poderia ficar desiludido com a grande época que fizemos? Só claudicámos na final da Taça de Portugal, mas aí já nos tinham tirado o tapete. Fiquei antes indignado com o que se passou ao longo da época, sobretudo em Paços de Ferreira. E irritado com os benfiquistas que aplaudiram a equipa durante a época e no final, após roubos consecutivos favorecendo sempre o fcp, caíram em cima do treinador. Nessa altura, o meu desejo foi que LFV mantivesse o treinador. Sempre acreditei que no ano seguinte os títulos aparecessem.

      Não tenho defendido Jorge Jesus porque ele é maior e vacinado e não precisa de defesa. Tenho, em vez disso, pedido para se fazerem as contas só no fim. Entretanto há que apoiar SEMPRE! É nesse sentido que critiquei o teu post. Por estares a especular cenários sem necessidade, na minha opinião. E não compares hoje com 2004. Não tem nada a ver. O Benfica de 2014 está a anos-luz desses tempos.

      Finalmente, constato que neste espaço há uma luta diária entre anti-Vieiras e os outros, que não sendo necessariamente apoiantes do Presidente são logo rotulados de carneiros. Não será o teu caso, mas na resposta vieste falar do LFV com que intenção?

      Estive na Luz neste fim-de-semana e até acho que a homenagem foi bem fraquinha. Não é por aí que irá haver desconcentração.

      Eliminar
  3. Quem é o Bruno Conte ?

    Se, alegadamente está a referir-se ao treinador do Juventus, o seu/dele primeiro nome é " António " !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo? Confio em ti... Obrigado.. de onde veio o Bruno? Devo estar obcecado com o Carvalho....

      Eliminar
  4. nao tem qualquer influencia nos jogos que se seguem. acreditar nisso é acreditar em supersticoes, professores bambo e etc. ha que acreditar é no trabalho, e aqyela festa foi simples, pequena, de curta duracao, e quem foi ao estadio mereceu-a.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "nao tem qualquer influencia nos jogos que se seguem" no final da época, com vários jogadores lesionados ou dando claros sinais de fadiga, acho que estás a ser muito corriqueiro e a repetir o que muito teórico por aí defende...

      Eu acredito no trabalho, começo é a duvidar da condições física e de tantos impedimentos.... se não ganhamos ao Setúbal, e isso não é qualquer problema, será que não posso questionar estes dois factores que acabei de referir?

      Eliminar
  5. A obrigação de ganhar uma final e quem a joga para ganhar, se há dois finalistas?

    E porque será que a pressão é sempre colocada sobre o Benfica e não colocada no outro lado, já que do outro lado o discurso ganhador é identico ao do Glorioso... Apostam, ambos os finalistas na vitoria ????
    Tal dessintonia entre a pressão sobre um e o discurso ganhador de outro, sem o vice-versa ser admitido, a que se deve?????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebo bem onde queres chegar, mas parece-me que te esqueces de um factor: os orçamentos. Aceita-se como natural que o Benfica é favorito porque tem melhores jogadores. Tudo isto é muito polémico, porque na realidade estarão 11 de cada lado. E ser melhor não quer dizer que se marquem mais golos. Quem defende, e o Benfica mostrou recentemente isso com 10 e 9, pode ser bem mais sucedido do que quem joga com 11 e até tinha melhores orçamentos (pelo menos a Juventus)...

      Destrocando por miúdos, é muito difícil criares um cenário que coloque pressão no Rio Ave porque a máquina mediática quer é o Benfica...

      Eliminar
  6. Não trocava Jesus por Ancelloti. :)

    Não acho que a festa seja assim tão preocupante. Foi bastante rápida e sem grandes alaridos. Se tivessem ido para o Marquês aceito que podia causar dissabores como, por exemplo, no ano do Trap. Agora, sinceramente, não acho que seja relevante. Assim espero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Assim espero."

      Assim esperamos...

      Eliminar
  7. Todos, ou quase todos, condenaram os jogadores do SLB pq na época passada após vencerem o Maritimo na Madeira celebraram a vitória como se tivessem ganho o campeonato, atribuindo que o empate com o Estoril foi por causa dessa comemoração.
    Este ano venceuse o Olhanense e comemorou-se a conquista do título até às tantas havendo dias depois o jogo decisivo com a Juventus.
    O que não se diria se o SLB tivesse sido eliminado. "Ah e tal andaram a comemorar até às tantas e por isso foram eliminados". Mas como se viu os jogadores foram heróis e passaram à final e ninguém se lembrou da festança.
    Onde se provou que uma coisa não tem que ver com a outra. Na época passada além de erros houve muito azar à mistura.
    Esperemos que esta época além da qualidade de jogo e jogadores a sorte continue a acompanhar a equipa. Mas em vez de ficarem à espera dela vão à procura que vão descobrir onde ela está.

    MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Mas como se viu os jogadores foram heróis e passaram à final e ninguém se lembrou da festança."

      Sim, é verdade, mas o Benfica partia com vantagem e pode adoptar uma táctica reactiva, de esperar para ver, e com isso foi solidário e conseguiu aguentar o 0-0. Contra o Rio Ave não temos qualquer vantagem, temos mesmo de estar no máximo da concentração. Será que estaremos?

      "Onde se provou que uma coisa não tem que ver com a outra"

      Penso que não podes tirar essa conclusão. Ou quando muito podes dizer que há 50% de probabilidades de acontecer... porque de facto aconteceu 1 vez em duas ...

      "Esperemos que esta época além da qualidade de jogo e jogadores a sorte continue a acompanhar a equipa. Mas em vez de ficarem à espera dela vão à procura que vão descobrir onde ela está."

      A sorte, sim, a sorte faz parte do jogo e tem de se procurar.. resta saber se a conseguimos encontrar, é bem verdade.. só que eu continuo a achar que se partirmos concentrados, sem festas atrás de festas (chegou a do Marquês) se calhar temos mais hipóteses de a encontrar... é o que eu penso, posso estar enganado mas é o que eu penso...

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes