Exclusivo NGB: Ideia 5. - Benfica Business Angels
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Exclusivo NGB: Ideia 5. - Benfica Business Angels

 ●  + 1 comentário  ● 
Esta 5a ideia é mais uma daquelas que, se o SLBenfica quiser, pode investir parte do seus recursos financeiros em proveito próprio, numa ideia diferenciadora e dinamizadora num novo projecto empresarial:

Constituição de uma empresa do Grupo Benfica, com uma estrutura de capital de risco. Confuso? Vamos lá explicar isto...

Na prática passaria por criar uma encubadora de ideias e projectos que facilite os processos de financiamento de start-ups ligadas seja em segmentos de engenheria, medicina ou desporto. 

Ou seja, dedicar anualmente uma verba para investir no desenvolvimento e arranque de novos projectos inovadores de base técnica ou desportiva. 

Nos próximos capítulos iremos apresentar uma ideia e especialmente os motivos para requalificar o espaço agora ocupado pelo sintético da Luz. Integrado no que iremos apresentar como opção para esse espaço, nasceria o “Benfica Coporate Center”, uma espécie de ponto de encontro entre empreendedores que procuram capital e os investidores que procuram boas oportunidades de investimento.

À semelhança do que foi feito para o Benfica Stars Fund, o SLBenfica criaria um espaço empresarial para instalar a fase de arranque de projectos empresarias de cariz técnico ou desportivo. Além da disponibilização do espaço e condições de arranque, o SLBenfica posicionar-se-ia como investidor desses projectos, em regime de capital de risco.

Objectivos essenciais:
  • Apoio a Jovens empreendedores e a projectos de jovens universitários e/ou recém-licenciados empreendedores no lançamento de iniciativas inovadoras..
  • Potencial de Integração futura dos projectos no Grupo Benfica, como accionista/sócio do desenvolvimento dos projectos empresariais
  • Benefício de usufruto preferencial dos produtos/serviços integrados nos projectos apoiados pelo fundo Benfica Business Angels
  • Alojar os projectos empresariais de arranque, disponibilizando as infra-estruturas de escritórios ou espaços/recursos técnicos.
Ou seja, desta forma o SLBenfica posicionar-se-ia como dinamizador de projectos que visassem a inovação no desporto, a criação e desenvolvimento de novos processos de treino e gestão fisiológica dos atletas, criação de novos equipamentos/acessórios desportivos ou de treino para diferentes desportos ou até mesmo novos modelos empresariais de dinamização das receitas do Clube ou de empresas do grupo Benfica.

Seria, no Grupo Benfica criado um comité estratégico que integraria o projecto Benfica Business Angels que iria constituir-se como estrutura de decisão e análise dos projectos e candidatos, equipa essa que nem sequer teria necessariamente que ser parte da estrtura de recursos humanos da SAD ou da SGPS, podendo ser consultores externos (ou não!).

O conceito, necessariamente (ou talvez não) seria apoiado em parceiros financeiros deste projecto empresarial, de forma a permitir uma eficaz gestão dos capitais. Entidades nacionais (BES, CGD, etc) ou instituições financeiras internacionais.

Ao nível do desenvolvimento de projectos de inovação e Investigação, passaria por um conjunto de protocolos de colaboração e relação com entidades de ensino como a Faculdade de Motrocidade Humana, Faculdade de Medicina da Univ. Lisboa, Faculdade de Ciencias e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, etc. apenas para referir algumas de Lisboa, há ainda entidades privadas e publicas no Porto, Braga, Coimbra ou Aveiro com muito trabalho desenvolvido nesta área e com jovens ávidos de apoio às suas ideias e projectos.

Obviamente que um modelo destes, com impacto positivo não só para o SLBenfica, como também para o país poderia contar com apoios institucionais do Estado Português e União Europeia (Ferramentas/Processos de Apoio ao Investimento e Empreendedorismo)

Próximos capítulos sobre Formação: "Projecto Mística", Formar Formadores e Academia Sub13.

1 comentários blogger

  1. Ideia interessante como outras já apresentadas. De qualquer forma chamo atenção ao autor, que uma actividade empresarial deste genero está longe do core business da SAD. E que este tipo de aposta só faz sentido ao longo do tempo, como tal não pode estar dependente de uma só direcção e respectivo presidente, tem que ter consequencia no tempo, logo não pode estar ao sabor dos resultados desportivos da principal equipa de futebol do clube, com os adeptos a quererem mudar de presidente só porque não se ganha.

    LR

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares