Exclusivo NGB: Ideia 3. A BenficaTV
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 5 de novembro de 2013

Exclusivo NGB: Ideia 3. A BenficaTV

 ●  + 6 comentários  ● 
Como explicámos anteriormente, o conceito para a BenficaTV não é novo. Foi apresentado em Junho no tópico O Fim das dúvidas na BenficaTV? e passa por aquilo que é um pouco a forma de pensar do Presidente e que entendemos que seja o caminho certo para o SLBenfica: Ou se faz em grande ou não vai resultar.


Esta ideia assenta sobre três pilares de funcionamento, alguns deles com ideias que, felizmente, vimos serem implementados na BenficaTV desde o verão:



A Liderança

Sem desprimor para o Ricardo Palacin, a "nova BenficaTV" está muito mais próximo de um canal desportivo do que de um canal temático onde o Ricardo tem o seu percurso criado (e bem). Nesse sentido, preferencialmente sem desaproveitar o Ricardo Palacin, a sugestão passa por um liderança com experiência de canal generalista e/ou desportivo. Nesse contexto, o "Sr Televisão" tem uma vista experiência no conhecimento de recursos com capacidade para essa função e penso que seria um bom consultor que definisse um bom futuro Director Geral da plataforma de televisão do SLBenfica.

Em Junho tinhamos sugerido, e podem reler o tópico para perceber o fundamento da escolha, dois nomes: 1) Pedro Pinto (da TVI) que constituiria a escolha principal e 2) Carlos Daniel.

Não vou novamente reforçar todos os conceitos, pelo que recomendo a leitura novamente do tópico onde detalhámos todo o conceito para a BenficaTV em Junho, ainda antes do arranque em Premium, como sempre, tentamos antecipar os factos ao invés de falar dos factos consumados. Ou seja, agora é facil dizer que conceitos como o "Alta Fidelidade" é um programa que interessa os benfiquistas (apesar do nome infeliz de tão colado que é ao conceito do Daniel Oliveira)... dificil era em Junho estar a sugerir esse tipo de conteúdos, como nós fizemos no tópico O Fim das dúvidas na BenficaTV?

Este modelo de liderança passa pela reconversão de processos, pelo coaching dos recursos, pelo reposicionamento da informação, pela abertura a novos conceitos e programas de informação, etc. Só conseguimos isso com alguém com vasta experiência no panorama de televisão e jornalismo.

Aproveito para voltar a um tema que deveria ter sido âmbito na ideia anterior (Exclusivo NGB: Ideia 2. - A Comunicação) que passa pelo conceito de media training. Ou seja, é minha perspectiva que todos os elementos da SAD com exposição pública deveriam ser sujeitos a media trainings regulares. Basicamente trata-se de formação para executivos que são expostos a falar em público ou perante orgãos de comunicação social.

As Plataformas

A integração da TV com os o mundo web é um dado adquirido! Todas as plataformas de TV (Meo, ZON, etc) trabalham directamente no contexto desta integração e  na minha perspectiva está aqui o caminho para discriminar positivamente os sócios do SLBenfica na assinatura da BenficaTV.
Além da subscrição da BenficaTV nas plataformas de TV, deveriamos trabalhar na possibilidade de haver uma solução de subscrição da BenficaTV em PC e em tables/smartphones que permitisse assistir aos conteúdos online.

Esta perspectiva permitiria, por exemplo, acesso a alguns conteúdos gratuitos (não premium) e que relativos a programação já decorrida, ou então o acesso em regime de acesso integral que permitisse assistir à BenficaTV a qualquer hora e em qualquer local.

Esta subscrição deveria ser gratuita ou com um valor residual para sócios assinantes da BenficaTV e depois com valores diferenciados para assinantes da BenficaTV não sócios e sócios não assinantes da BenficaTV.

Mas não ficariamos por aqui, a implementação de uma rede WiFi de alta capacidade no Estádio da Luz, suportado no nosso parceiro de comunicações Portugal Telecom iria permitir a interacção dos benfiquistas e dos assinantes da BenficaTV com os jogos que assistem no Estádio da Luz.

Hoje em dia, muitos dos benfiquistas de Lisboa "desvalorizam" os jogos na Luz na BenficaTV porque simplesmente... vão ao Estádio. Ora, porque não dar a esses benfiquistas conteudos moveis para acederem no estádio, por exemplo, às repetições dos lances?

Basicamente passaria por ter uma rede com password disponibilizada nos ecrans do Estádio e que expiraria após as reportagens da zona mista pós-jogo e que permitiria aos utilizadores de tablets ou smartphones acederem à emissão online e, por exemplo, poderem assistir a repetições dos lances na bancada ao invés de ficarem "apenas" pendurados nos relatos da rádio.

Ir disponibilizando ao longo da emissão pequenos conteúdos (fotos ou videos) que possam ser partilhados nas redes sociais pelos benfiquistas no Estádio, por exemplo, ao intervalor e no final do jogo.

A existência desta rede WiFi permitiria toda esta interacção com os benfiquistas sem que isso representasse custos com trafegos de dados para os utilizadores.

Os conteudos

Por fim, relativamente aos conteudos, como já disse anteriormente já tivemos oportunidade de detalhar este tema anteriormente no tópico referido, contudo, onde recordo que já tinhamos (em Junho e por isso muito antes da noticia de anteontem do Record) levantado a hipótese da Rádio Benfica.

Não vale a pena agora detalhar mais uma vez o tema dos conteudos, como já referimos podem ler revisitar tudo no tópico O Fim das dúvidas na BenficaTV?

Gostaria apenas de destacar o projecto da Benfica que sugerimos que passasse por um projecto de parceira com o grupo lider do mercado no segmento de rádio e entertenimento: A MediaCapital Radios, onde o nosso grande benfiquista é Director da Rádio Comercial.

Isto permitiria desafiar o nosso Pedro Ribeiro a voltar aos tempos antigos em que fazia o acompanhamento de pista aos jogos de futebol, muitos no antigo Estádio da Luz, sem que isso tivesse que representar a sua saída de um projecto profissional de enorme escala que lidera com elevadíssima capacidade. O Pedro poderia ser o lider deste projecto Rádio, enquanto quadro e director da MCR, mantendo todo o seu projecto profissional, à semelhança do que ocorre com a sua participação no programa Maisfutebol da TVI24.

Cenas dos próximos capítulos: Conceito de Comunicação nas Bancadas do Estádio da Luz


6 comentários blogger

  1. Excelentes ideias, conteúdos esclarecidos.. será que a Direcção do Benfica e seus "olheiros" dos blogues irão perceber alguma coisa? Tenho algumas dúvidas...

    ResponderEliminar
  2. Muitas destas ideias são interessantes, mas a questão é saber se o custo da sua implementação é compensado pelo número de subscritores novos que se podem adquirir.
    Não será mais importante pensar no que fazer para fidelizar doze meses por ano, os actuais assinantes, principalmente num ano de mundial e por isso com perto de três meses sem futebol a sério no canal.
    Qual é o impacto para a Benfica TV se metade dos actuais subscritores, chegar a meio de Maio e der baixa do serviço e só voltar em Agosto?
    Recebendo o Benfica, abatidos IVA e pagamento à plataforma, por subscritor perto de sete euros e meio, sabendo que os valores de publicidade, conforme entrevista de Soares de Oliveira, são residuais, que os custos do canal serão no mínimo de Eur 9,5 Mio, ao que tenho ouvido dizer a membros da Direcção, quantos assinantes precisamos de ter a tempo inteiro para chegarmos aos Eur 20 Mio que será o minimo aceitável de receita liquida após abatidos os custos.
    Quanto mais penso no assunto, mais dúvidas tenho se a relação custo - beneficio será lucrativa. Espero bem que sim.
    Uma nota final: já alguém pensou que entre juros do passivo (Eur 22 Mio por ano) e Benfica TV (Eur 9,5 Mio por ano), estamos a gastar mais de 30 milhões por ano fora do nosso negócio principal, que é o futebol. Não haveria melhores formas de gastar este dinheiro? O Neymar custou ao que parece 57 milhões.

    ResponderEliminar
  3. O Ribeiro só virou "abutre" porque não deram tacho...

    ResponderEliminar
  4. http://a-magia-do-futebol.blogspot.pt/2013/11/palavras-dos-outros-liv.html

    ResponderEliminar
  5. Mas o Carlos Daniel não e lagarto? Eu

    ResponderEliminar
  6. Caro JCM,

    Posso informar-lo que os custos previstos com o projecto da Benfica TV nos próximos 3 anos é de cerca de 8,5 a 9,5 milhões anos, onde estão incluidos todos os custos com Pessoal, instalações, equipamento, conteúdos etc... e que como é natural ao fim destes três anos de a estrutura de custos se mantiver, este vão ser muito menores porque entretanto estarão amortizados determinados investimentos que foram agora realizados, como são por exemplo o do equipamento.

    Também não sei se sabe, a Benfica TV cobre quase na totalidade dos custos anuais, só com aquilo que recebe actualmente dos operadores de subscrição de TV, que PAGAM para que o canal seja emitido nas suas plataformas. Em contra partida o Benfica dá um feed como comissão, das subscrições que cada operador consiga angariar para a Benfica TV; inclusive o Benfica tem comissões diferenciadas por objectivos alcançados por parte das operadoras.

    Quanto a receitas de publicidade; estas só são residuais (tendência para deixarem de ser) nos espaços publicitarios da Benfica TV; já por exemplo em relação á publicidade estática no estádio é bem diferente para melhor e que está em continuo crescimento.

    Depois não se pode esquecer que os actuais pouco mais de 220 mil assinantes, só se referem ao mercado nacional e não incluem os assinantes da operadora ZAP (mercado Angolano e de Moçambique), Orange (França) e da PS (Canadá)... e outros acordos estão a caminho, com outros operadores nos EUA e Alemanha por exemplo... paises com uma grande comunidade de Benfiquistas residentes. A este segmento de mercado da Benfica TV, ainda temos que adicionar os mais de 30 acordos individuais que a Benfica TV tem realizado com diferentes emissoras de televisão por esse mundo fora.

    Em conclusão tendo em conta só os actuais 220 mil assinantes a 7,5€ (números seus) a Dez meses, estamos a falar numa receita liquida de 16,5 MILHÕES de EUROS ano se forem a 12 meses, então sobe para os 19,8 MILHÕES ANOS; repito só com assinaturas, agora basta somar todas as outras receitas e de certeza que ultrapassa no minimo mais de 25 Milhões ano, ou seja, na pior das hipoteses fica um pouco acima dos valores propostos pelo tubarão JO e somos nós que mandamos no nosso futuro.

    Como é bom de perceber, estes números tem tendencia a aumentar e não a diminuir, pois há muito mais segmentos de mercado que podem ser explorados comercialmente e que estão associados ao projecto da Benfica TV. Já vai o tempo que todos os direitos existentes e por inventar estavam na posse da Olivedesportos.

    Espero que o tenha ajudado a esclarecer todo o potencial económico-financeiro que o projecto da Benfica TV, já tem e vai continuar a ter cada vez mais para o Benfica... é que este projectpo é um investimento estratégico e não um custo, como o erradamente o JCM afirma. Inclusive a Benfica TV pode vir a libertar liquidez para o Benfica aos poucos poder começar a estar menos dependente de finaciamento externo, principalmente do que é renumerado.

    LR

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares